You are on page 1of 4

 

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo
da disciplina de Educação Visual e Tecnológica
 

Jackson Pollock
Manual e Guia de exploração do Jackson Pollock para
utilização em contexto de Educação Visual e Tecnológica

José Alberto Rodrigues


 

 
 

Este recurso foi produzido no âmbito da formação contínua de professores e faz parte integrante da investigação do trabalho de
doutoramento em Multimédia em Educação, pela Universidade de Aveiro do professor José Alberto Rodrigues, com o mesmo nome
desta oficina de formação. A identificação do autor deste documento é a constante desta página e constituí recurso educativo em EVT.

 
Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT
Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica

©
Caracterização e Ficha Técnica do Jackson Pollock

Nome Jackson Pollock


Tipo de ferramenta Web 2.0
Autores e/ou Criadores ©
Miltos Manetas

Versão Online (de 2003) e também para iPhone App


Tipo de versão Gratuita, sem necessidade de qualquer registo
URL’s https://wbx-
files.s3.amazonaws.com/jacksonpollock_by_miltos_manetas.swf
Língua(s) Não aplicável
Tipo de funções Criação de pinturas digitais explorando a técnica de Jackson
Pollock
Recursos necessários Computador com ligação à Internet e browser e Flash Player

Breve descrição A aplicação Jackson Pollock é uma ferramenta baseada na Web


2.0 que permite aos utilizadores criarem as suas obras digitais
tendo por base a técnica utilizada pelo artista plástico Jackson
Pollock. De fácil utilização, a obra digital criada pode, no final, ser
impressa.
A criação desta aplicação foi criada em 2003 por Miltos Manetas.
Esta versão foi criada para a Web e para telefones móveis iPhone.

1
Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT
Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica

©
Manual e Guia de Utilização e Exploração do Jackson Pollock

1. Para acedermos a esta ferramenta, devemos, no browser da Internet, digitar o seguinte


endereço: https://wbx-files.s3.amazonaws.com/jacksonpollock_by_miltos_manetas.swf

Podemos ainda aceder à mesma através da página http://www.jacksonpollock.org/ e


visualizar informações adicionais bem como algumas curiosidades sobre a aplicação
em questão (Figura 1). Refira-se que esta aplicação foi também concebida para
telefoneis móveis iPhone.

 
Figura 1. Página inicial do Jackson Pollock.org

2. Para iniciarmos o trabalho de criação com esta ferramenta, basta acedermos a


http://www.jacksonpollock.org/ ou então directamente neste endereço: https://wbx-
files.s3.amazonaws.com/jacksonpollock_by_miltos_manetas.swf

3. Ao abrirmos a página referida no ponto 2, no browser da Internet aparecerá uma


simples página completamente em branco (Figura 2).

 
Figura 2. Área de trabalho do Jackson Pollock

4. A interacção na área de trabalho faz-se como o movimento do rato sobre a mesma. A


metáfora existente é a de o rato ser um balde de tinta. Se ficarmos parados com o rato
num local, a mancha sai muito densa. Ao contrário, movimentos rápidos dão linhas

2
Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT
Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica

mais finas e “impetuosas” com alguns salpicos à mistura. Se carregarmos no botão


esquerdo do rato, a aplicação altera automática e aleatoriamente a cor da pintura
(sendo que se inicia sempre com preto) (ver Figura 3).

 
Figura 3. Exemplo de um trabalho produzido no Jackson Pollock

5. Terminada a criação, a aplicação não permite guardar a obra criada. No entanto, é


sempre possível iniciar uma obra nova, caso não gostemos do trabalho realizado
(bastando carregar na tecla space) ou, tal como se pode ver na figura 4, se
carregarmos com o botão direito em cima da área de trabalho, no menu rápido
podemos aceder à função de Print, imprimindo-se o trabalho realizado. Como nota
adicional, esta impressão pode sempre ser impressa em pdf numa impressora virtual e,
posteriormente, enviada por e-mail ou trabalhada noutros programas.

Figura 4. Menu rápido do Jackson Pollock que permite a impressão do trabalho