You are on page 1of 119

ÓRGÃO

ANO 7 - NÚMERO 1017

OFICIAL
QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E
1º DE NOVEMBRO DE 2014

PREFEITURA DE BETIM

COPA ESCOLAR DE FUTSAL JUVENIL
COMEÇA NA SEGUNDA-FEIRA (3)

GINÁSIO DIVINO BRAGA VAI SEDIAR COPA ESCOLAR DE FUTSAL JUVENIL

Cerca de 150 alunos das redes pública e parti-

Depois será a vez das escolas Maria José Campos

cular de ensino vão participar, entre os dias 3 e 24

e Carlos Lúcio se enfrentarem. A terceira disputa

de novembro, da Copa Escolar de Futsal Juvenil. A

ocorrerá entre as equipes das escolas São Caetano

competição, promovida pela Prefeitura de Betim,

e Colégio Batista. A última partida do dia ocorre

por meio da Secretaria Municipal de Esportes, será

entre as equipes Tito Lívio e Educare. A fase clas-

disputada no Ginásio Poliesportivo Divino Braga

sificatória ocorre até o dia 17 de novembro.

(rua Redelvin Andrade, 300 – Angola), das 8h às

12h.

tam nas quartas de final, buscando uma classifica-

O primeiro embate, na segunda-feira (3), será

entre as escolas Ensino Médio e Sarah Kubitschek.

No dia 18, as equipes classificadas se enfren-

ção para semifinais e finais, que serão realizadas
nos dias 19 e 24 de novembro.

Medida preventiva de limpeza do rio Betim vai
ajudar a evitar enchentes no período de chuvas

Anselmo UBL

Os moradores da área central

avenida durante 20 dias.

da cidade, já podem notar a diferença

às margens do rio Betim, na avenida

a prefeitura está retirando da mar-

Edmeia Mattos Lazzaroti, a partir do

gem do rio, seis caminhões por dia

trecho da Praça do Epa. A roçada me-

de lixo. A final desta operação, 120

canizada que é realizada trimestral-

caminhões, totalizando 96 mil kilos

mente pela Prefeitura de Betim, por

de lixo e gramíneas que atrapalham

meio da Secretaria de Meio Ambien-

a vazão da água no período da chuva

te

Sustentável

vão ser retirados, evitando a proli-

começou nessa segunda-feira (27) e

feração do mosquito da Dengue e de

vai ocorrer em toda a extensão da

enchentes.

e

Desenvolvimento

Com esta medida preventiva,

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

GABINETE DO PREFEITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE GABINETE
PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO
SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AUDITORIA E
CONTROLE INTERNO
DECRETO Nº 37.139, DE 24 DE OUTUBRO DE 2014
REGULAMENTA O REGIME JURÍDICO DAS PARCERIAS
VOLUNTÁRIAS NO MUNICÍPIO DE BETIM ESTABELECIDO
PELA LEI FEDERAL Nº 13.019, DE 31 DE JULHO DE 2014,
ENVOLVENDO OU NÃO TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS
FINANCEIROS ENTRE A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E AS
ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL, EM REGIME DE
MÚTUA COOPERAÇÃO, PARA A CONSECUÇÃO DE FINALIDADES DE INTERESSE PÚBLICO; INSTITUI O TERMO DE
COLABORAÇÃO E O TERMO DE FOMENTO; REVOGA O DECRETO MUNICIPAL Nº 34.172 DE 30 DE JANEIRO DE 2013 E
DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
O Prefeito Municipal de Betim, no uso da atribuição que lhe confere
o art. 84, inciso IV, da Constituição da República, art. 101, inciso VII
da Lei Orgânica do Município, tendo em vista o disposto no art. 116
da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, no art. 25 da Lei Complementar nº. 101, de 04 de maio de 2000, na Lei Orgânica do Tribunal
de Contas de Minas Gerais, na Instrução Normativa nº. 01, de 05
de novembro de 2002, alterações posteriores desse mesmo Tribunal, considerando a legalidade, moralidade, publicidade, eficiência,
transparência, impessoalidade, razoabilidade, isonomia que devem
permear todos os atos administrativos, considerando a inovação normativa trazida pela Lei Federal nº 13.019 de 31 de julho de 2014 e
considerando a finalidade da Administração Pública de promover o
bem comum, com a manutenção dos serviços públicos essenciais;
DECRETA:
Art. 1º Este Decreto regulamenta as parcerias voluntárias, envolvendo ou não transferências de recursos financeiros, estabelecidas pelo
Município de Betim e respectivas autarquias, fundações, empresas
públicas e sociedades de economia mista prestadoras de serviço público, e suas subsidiárias, com organizações da sociedade civil, em
regime de mútua cooperação, para a consecução de finalidades de
interesse público.
CAPÍTULO I
DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
Art. 2º Para o efeito deste Decreto, considera-se:
I - organização da sociedade civil: pessoa jurídica de direito privado
sem fins lucrativos que não distribui, entre os seus sócios ou associados, conselheiros, diretores, empregados ou doadores, eventuais
resultados, sobras, excedentes operacionais, brutos ou líquidos, dividendos, bonificações, participações ou parcelas do seu patrimônio,
auferidos mediante o exercício de suas atividades, e que os aplica
integralmente na consecução do respectivo objeto social, de forma
imediata ou por meio da constituição de fundo patrimonial ou fundo
de reserva;
II - administração pública municipal: Município e respectivas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista
prestadoras de serviço público, e suas subsidiárias;
III - parceria: qualquer modalidade de parceria prevista neste Decreto, que envolva ou não transferências voluntárias de recursos financeiros, entre administração pública e organizações da sociedade civil
para ações de interesse recíproco em regime de mútua cooperação;
IV - dirigente: pessoa que detenha poderes de administração, gestão
ou controle da organização da sociedade civil;
V - administrador público: agente público, titular do órgão, autarquia, fundação, empresa pública ou sociedade de economia mista
competente para assinar instrumento de cooperação com organização da sociedade civil para a consecução de finalidades de interesse
público;
VI - gestor: agente público responsável pela gestão da parceria, designado por portaria em meio oficial de comunicação, com poderes
de controle e fiscalização;
VII - termo de colaboração: instrumento pelo qual são formalizadas
as parcerias estabelecidas pela administração pública com organizações da sociedade civil, selecionadas por meio de chamamento público, para a consecução de finalidades de interesse público propostas
pela administração pública, sem prejuízo das definições atinentes ao
contrato de gestão e ao termo de parceria, respectivamente, conforme
as Leis nº 9.637, de 15 de maio de 1998, e nº 9.790, de 23 de março
de 1999;
VIII - termo de fomento: instrumento pelo qual são formalizadas as
parcerias estabelecidas pela administração pública com organizações
da sociedade civil, selecionadas por meio de chamamento público,
para a consecução de finalidades de interesse público propostas pelas
organizações da sociedade civil, sem prejuízo das definições atinentes ao contrato de gestão e ao termo de parceria, respectivamente,
conforme as Leis nº 9.637, de 15 de maio de 1998, e nº9.790, de 23
de março de 1999;
IX - conselho de política pública: órgão criado pelo poder público
para atuar como instância consultiva, na respectiva área de atuação,
na formulação, implementação, acompanhamento, monitoramento e
avaliação de políticas públicas;

ÓRGÃO

2

OFICIAL

X - comissão de seleção: órgão colegiado da administração pública

Seção III

Art. 15. É permitida a atuação em rede para a execução de iniciativas

destinado a processar e julgar chamamentos públicos, composto por

Do Procedimento de Manifestação de Interesse Social

agregadoras de pequenos projetos, por 2 (duas) ou mais organizações

agentes públicos, designados por portaria, sendo, pelo menos, 2/3

Art. 9º É instituído o Procedimento de Manifestação de Interesse

da sociedade civil, mantida a integral responsabilidade da organiza-

(dois terços) de seus membros servidores ocupantes de cargos per-

Social como instrumento por meio do qual as organizações da so-

ção celebrante do termo de fomento ou de colaboração, desde que:

manentes do quadro de pessoal da administração pública realizadora

ciedade civil, movimentos sociais e cidadãos poderão apresentar

I - essa possibilidade seja autorizada no edital do chamamento públi-

do chamamento público;

propostas ao poder público para que este avalie a possibilidade de

co e a forma de atuação esteja prevista no plano de trabalho;

XI - comissão de monitoramento e avaliação: órgão colegiado da

realização de um chamamento público objetivando a celebração de

II - a organização da sociedade civil responsável pelo termo de fo-

administração pública destinado a monitorar e avaliar as parcerias

parceria.

mento e/ou de colaboração possua:

celebradas com organizações da sociedade civil nos termos deste

Art. 10. A proposta a ser encaminhada à administração pública muni-

a) mais de 5 (cinco) anos de inscrição no CNPJ;

Decreto, composto por agentes públicos, designados por portaria,

cipal deverá atender aos seguintes requisitos:

b) mais de 3 (três) anos de experiência de atuação em rede, compro-

sendo, pelo menos, 2/3 (dois terços) de seus membros servidores

I - identificação do subscritor da proposta;

vada na forma prevista no edital; e

ocupantes de cargos permanentes do quadro de pessoal da adminis-

II - indicação do interesse público envolvido;

c) capacidade técnica e operacional para supervisionar e orientar

tração pública realizadora do chamamento público;

III - diagnóstico da realidade que se quer modificar, aprimorar ou

diretamente a atuação da organização que com ela estiver atuando

XII - chamamento público: procedimento destinado a selecionar or-

desenvolver e, quando possível, indicação da viabilidade, dos custos,

em rede;

ganização da sociedade civil para firmar parceria por meio de termo

dos benefícios e dos prazos de execução da ação pretendida.

III - seja observado o limite de atuação mínima previsto em edital

de colaboração ou de fomento, no qual se garanta a observância dos

Art. 11. Preenchidos os requisitos do art. 10, a administração pública

referente à execução do plano de trabalho que cabe à organização

princípios da isonomia, da legalidade, da impessoalidade, da morali-

municipal deverá tornar pública a proposta em seu sítio eletrônico,

da sociedade civil celebrante do termo de fomento e colaboração;

dade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da

no prazo de 60 dias , a contar do protocolo de recebimento.

IV - a organização da sociedade civil executante e não celebrante do

vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e

§ 1° Verificada a conveniência e oportunidade para realização do

termo de fomento ou de colaboração comprove regularidade jurídica

dos que lhes são correlatos;

Procedimento de Manifestação de Interesse Social, pelo órgão téc-

e fiscal, nos termos do regulamento;

XIII - bens remanescentes: equipamentos e materiais permanentes

nico competente, será instaurado processo administrativo para oitiva

V - seja comunicada à administração pública, no ato da habilitação,

adquiridos com recursos da parceria, necessários à consecução do

da sociedade sobre o tema.

a relação das organizações da sociedade civil executantes e não cele-

objeto, mas que a ele não se incorporam;

§ 2º A oitiva da sociedade sobre a proposta apresentada pelas orga-

brantes do termo de fomento ou de colaboração.

XIV - prestação de contas: procedimento em que se analisa e se ava-

nizações da sociedade civil, mediante Manifestação de Interesse So-

Parágrafo único. A relação das organizações da sociedade civil exe-

lia a execução da parceria quanto aos aspectos de legalidade, legiti-

cial, se dará pela intimação dos Conselhos de Políticas Públicas que

cutantes e não celebrantes do termo de fomento ou de colaboração de

midade, economicidade, eficiência e eficácia, pelo qual seja possível

já estejam devidamente constituídos e tenham pertinência temática,

que trata o inciso V deste artigo, não poderá ser alterada sem prévio

verificar o cumprimento do objeto da parceria e o alcance das metas

para que no prazo de 30 dias, contados da intimação, ofereçam suas

consentimento da administração pública, não podendo as eventuais

e dos resultados previstos, compreendendo 2 (duas) fases:

considerações sobre a proposta.

alterações descumprir os requisitos previstos neste artigo.

a) apresentação das contas, de responsabilidade da organização da

Art. 12. A realização do Procedimento de Manifestação de Interesse

Art. 16. O edital deverá ser amplamente divulgado em página do

sociedade civil;

Social não implicará necessariamente na execução do chamamento

sítio oficial na internet, do órgão da administração pública ou da

b) análise e manifestação conclusiva das contas, de responsabilida-

público, que acontecerá de acordo com os interesses da Adminis-

entidade.

de da administração pública, sem prejuízo da atuação dos órgãos de

tração.

Parágrafo único. As pessoas jurídicas de direito público interno e as

controle;

§ 1º A realização do Procedimento de Manifestação de Interesse So-

entidades personalizadas da administração poderão criar portal único

XV - termo aditivo: instrumento que tem por objetivo a modificação

cial não dispensa a convocação por meio de chamamento público

na internet que reúna as informações sobre todas as parcerias por elas

de termo de colaboração ou de termo de fomento celebrado, vedada

para a celebração de parceria.

celebradas, bem como os editais publicados.

a alteração do objeto aprovado.

§ 2º A proposição ou a participação no Procedimento de Manifesta-

Art. 17. O grau de adequação da proposta aos objetivos específicos

CAPÍTULO II

ção de Interesse Social não impede a organização da sociedade civil

do programa ou ação em que se insere o tipo de parceria e ao valor

DA CELEBRAÇÃO DO TERMO DE COLABORAÇÃO OU DE

de participar do eventual chamamento público subsequente.

de referência constante do chamamento público é critério obrigatório

FOMENTO

CAPÍTULO III

de julgamento.

Seção I

DA REALIZAÇÃO DO CHAMAMENTO PÚBLICO

§ 1º As propostas serão julgadas por uma comissão de seleção pre-

Da Transparência e do Controle

Seção I

viamente designada por Portaria, nos termos deste Decreto.

Art. 3° Até o dia 30 de janeiro de cada ano civil, a administração

Do Chamamento Público

§ 2º Será impedida de participar da comissão de seleção pessoa que,

pública municipal fará publicar, nos meios oficiais de divulgação, os

Art. 13. A Administração Pública Municipal deverá adotar procedi-

nos últimos 5 (cinco) anos, tenha mantido relação jurídica com, ao

valores aprovados na lei orçamentária anual vigente para execução

mentos claros, objetivos, simplificados e, sempre que possível, pa-

menos, 1 (uma) das entidades em disputa.

de programas e ações do plano plurianual em vigor, que poderão ser

dronizados, que orientem os interessados e facilitem o acesso direto

§ 3º Configurado o impedimento previsto no §2º, deverá ser desig-

executados por meio de parcerias previstas neste Decreto.

aos órgãos da Administração Pública Municipal, independentemente

nado membro substituto que possua qualificação equivalente à do

Art. 4º A administração pública municipal manterá, em seu sítio ofi-

da modalidade de parceria prevista neste Decreto.

substituído.

cial na internet, a relação das parcerias celebradas, em ordem alfa-

Parágrafo único. Sempre que possível, a administração pública mu-

§ 4º A administração pública municipal homologará e divulgará o

bética, pelo nome da organização da sociedade civil, por prazo não

nicipal estabelecerá critérios e indicadores padronizados a serem se-

resultado do julgamento no órgão oficial do município.

inferior a 5 (cinco) anos, contados da apreciação da prestação de

guidos, especialmente quanto às seguintes características:

Seção II

contas final da parceria.

I - objeto;

Do procedimento

Art. 5º A organização da sociedade civil deverá divulgar, em seu sítio

II - metas;

Art. 18. O Procedimento de Chamamento Público será composto de

na internet, caso mantenha, e em locais visíveis de suas sedes sociais

III - métodos;

6 fases distintas:

e dos estabelecimentos em que exerça suas ações, todas as parcerias

IV - custos;

I - fase preparatória;

celebradas com o poder público.

V - plano de trabalho;

II - fase de convocação;

Parágrafo único. As informações de que tratam este artigo e o art. 7º

VI - indicadores, quantitativos e qualitativos, de avaliação de resul-

III - fase de julgamento;

deverão incluir, no mínimo:

tados.

IV - fase de verificação dos documentos;

I - data de assinatura e identificação do instrumento de parceria e do

Art. 14. Para a celebração das parcerias previstas neste Decreto, a

V - fase de homologação;

órgão da administração pública municipal responsável;

administração pública deverá realizar chamamento público para

VI - fase de celebração da parceria.

II - nome da organização da sociedade civil com seu número de ins-

selecionar organizações da sociedade civil que torne mais eficaz a

Art. 19. A fase preparatória é o momento em que a autoridade com-

crição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica - CNPJ (da Secreta-

execução do objeto.

petente justificará a necessidade da celebração da parceria e defi-

ria da Receita Federal do Brasi);

§ 1º O edital do chamamento público especificará, no mínimo:

nirá o objeto do chamamento, os critérios para definição do grau

III - descrição do objeto da parceria;

I - a programação orçamentária que autoriza e fundamenta a cele-

de adequação das propostas aos objetivos específicos do programa

IV - valor total da parceria e valores liberados;

bração da parceria;

e o valor de referência que será critério obrigatório de julgamento.

V - situação da prestação de contas da parceria, que deverá informar

II - o tipo de parceria a ser celebrada;

Parágrafo único. Os autos do Processo de Chamamento Público

a data prevista para a sua apresentação, a data em que foi apresenta-

III - o objeto da parceria;

constarão a justificativa das definições referidas no caput, e os in-

da, o prazo para a sua análise e o resultado conclusivo.

IV - as datas, os prazos, as condições, o local e a forma de apresen-

dispensáveis elementos técnicos sobre os quais estiverem apoiados,

Art. 6º A administração pública municipal deverá divulgar pela inter-

tação das propostas;

bem como o orçamento, elaborado pelo órgão gestor da parceria.

net os meios para apresentação de denúncia sobre a aplicação irregu-

V - as datas e os critérios objetivos de seleção e julgamento das pro-

Art. 20. A fase de convocação dos interessados será feita por meio

lar dos recursos transferidos.

postas, inclusive no que se refere à metodologia de pontuação e ao

da publicação de aviso no órgão oficial do Município e do Edital no

Seção II

peso atribuído a cada um dos critérios estabelecidos, se for o caso;

sítio oficial da Prefeitura Municipal de Betim.

Dos Termos de Colaboração e de Fomento

VI - o valor previsto para a realização do objeto;

§ 1° Do Edital constarão os elementos descritos no art.14 deste nor-

Art. 7º O termo de colaboração deve ser adotado pela administração

VII - a exigência de que a organização da sociedade civil possua:

mativo.

pública municipal em caso de transferências voluntárias de recursos

a) no mínimo, 3 (três) anos de existência, com cadastro ativo, com-

§ 2° Do aviso constarão a definição do objeto, a indicação do local,

para consecução de planos de trabalho propostos pela administração

provados por meio de documentação emitida pela Secretaria da Re-

dias e horários em que poderá se obtida a íntegra do edital, que cons-

pública municipal, em regime de mútua cooperação com organiza-

ceita Federal do Brasil, com base no Cadastro Nacional da Pessoa

tará em sua totalidade no sitio do Municipio.

ções da sociedade civil, selecionadas por meio de chamamento pú-

Jurídica - CNPJ;

§ 3° Cópias do edital do chamamento público e do respectivo aviso

blico, ressalvadas as exceções previstas neste Decreto.

b) experiência prévia na realização, com efetividade, do objeto da

serão colocadas à disposição de qualquer pessoa para consulta.

Parágrafo único. Os conselhos de políticas públicas poderão apresen-

parceria ou de natureza semelhante;

Art. 21. A fase do julgamento será realizada pela comissão de sele-

tar propostas à administração pública municipal para celebração de

c) capacidade técnica e operacional para o desenvolvimento das ati-

ção, com a avaliação das propostas apresentadas conforme critérios

termo de colaboração com organizações da sociedade civil.

vidades previstas e o cumprimento das metas estabelecidas.

estabelecidos no edital.

Art. 8º O termo de fomento deve ser adotado pela administração pú-

§ 2º É vedado admitir, prever, incluir ou tolerar, nos atos de con-

§ 1º Os interessados ou seus representantes, entregarão dois enve-

blica municipal em caso de transferências voluntárias de recursos

vocação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou

lopes, um contendo a proposta e o outro os documentos exigidos no

para consecução de planos de trabalho propostos pelas organizações

frustrem o seu caráter competitivo e estabeleçam preferências ou

Edital, no local e prazo estipulados.

da sociedade civil, em regime de mútua cooperação com a admi-

distinções em razão da naturalidade, da sede ou do domicílio dos

§ 2° Aberta a sessão pública de julgamento, devidamente registrada

nistração pública, selecionadas por meio de chamamento público,

concorrentes ou de qualquer outra circunstância impertinente ou ir-

em ata de julgamento, será procedida à imediata abertura do enve-

ressalvadas as exceções previstas neste Decreto.

relevante para o específico objeto da parceria.

lope da proposta e à verificação da conformidade da mesma com os

ORGÃO OFICIAL
Secretaria Municipal de Comunicação
Divisão de Imprensa Oficial
Rua Pará de Minas, 640, Brasileia
Betim - MG
Te l e f o n e : ( 3 1 ) 3 5 3 9 - 4 6 0 6
Publicações: iobetim@gmail.com

Prefeito de Betim
Carlaile Pedrosa
Presidente da Câmara Municipal de Betim
Marcos Antônio da Paz
Procurador Geral do Município
Neive Machado de Lima
Secretaria Municipal de Comunicação
Daniele Marzano Reis

acesse nosso portal

www.betim.mg.gov.br

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ÓRGÃO

3

OFICIAL

requisitos estabelecidos no instrumento convocatório.

do certame;

XVI - a classificação funcional-programática e econômica da despe-

a) do mérito da proposta, em conformidade com a modalidade de

§ 3° Para julgamento e classificação das propostas, serão adotadas as

II - nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem pública, para

sa, do valor total a ser transferido no exercício, e no caso de parceria

parceria adotada;

especificações técnicas e parâmetros definidos no edital.

firmar parceria com organizações da sociedade civil que desenvol-

com vigência plurianual, indicar as dotações orçamentárias em que

b) da identidade e da reciprocidade de interesse das partes na rea-

§ 4° Ao final da sessão, a Comissão de Seleção lavrará ata de julga-

vam atividades de natureza continuada nas áreas de assistência so-

serão empenhados os valores programados para os exercícios sub-

lização, em mútua cooperação, da parceria prevista neste Decreto;

mento, com a assinatura de todos os presentes na sessão pública, com

cial, saúde ou educação, que prestem atendimento direto ao público

sequentes;

c) da viabilidade de sua execução, inclusive no que se refere aos

a classificação final das propostas apresentadas, que será devidamen-

e que tenham certificação de entidade beneficente de assistência

XVII - a faculdade dos partícipes rescindirem o instrumento, a qual-

valores estimados, que deverão ser compatíveis com os preços pra-

te publicada no órgão oficial do Município.

social, nos termos da Lei no 12.101, de 27 de novembro de 2009;

quer tempo, dentro do prazo máximo de 60 dias;

ticados no mercado;

Art. 22. A fase de verificação dos documentos ocorrerá após o en-

III - quando se tratar da realização de programa de proteção a pessoas

XVIII - a obrigação de a organização da sociedade civil permitir

d) da verificação do cronograma de desembolso previsto no plano de

cerramento da fase competitiva, devendo a comissão de seleção pro-

ameaçadas ou em situação que possa comprometer a sua segurança;

o livre acesso dos servidores da Administração Pública, bem como

trabalho, e se esse é adequado e permite a sua efetiva fiscalização;

ceder à verificação dos documentos da(s) entidade(s) selecionada(s)

Art. 33. Será considerado inexigível o chamamento público na hi-

dos órgãos de controle, aos seus documentos e registros contábeis e

e) da descrição de quais serão os meios disponíveis a serem utili-

para comprovação de que a(s) mesma(s) atende(m) aos requisitos

pótese de inviabilidade de competição entre as organizações da so-

locais de execução do objeto;

zados para a fiscalização da execução da parceria, assim como dos

previstos no edital, neste decreto e na Lei nº13.019 de 31 de julho

ciedade civil, em razão da natureza singular do objeto do plano de

XIX - a definição, se for o caso, do direito de propriedade dos bens

procedimentos que deverão ser adotados para avaliação da execu-

de 2014.

trabalho ou quando as metas somente puderem ser atingidas por uma

remanescentes na data da conclusão ou extinção do instrumento, que,

ção física e financeira, no cumprimento das metas e objetivos; f) da

§ 1° A verificação dos documentos ocorrerá em sessão pública, de-

entidade específica.

em razão deste, tenham sido adquiridos, produzidos, transformados,

descrição de elementos mínimos de convicção e de meios de prova

vidamente registrada em ata, em que serão abertos so envelopes que

Art. 34. Nas hipóteses dos artigos 32 e 33 deste Decreto, a ausência

respeitado o disposto na legislação pertinente;

que serão aceitos pela administração pública na prestação de contas;

contém os documentos necessários à habilitação da entidade.

de realização de processo seletivo será detalhadamente justificada

XX - a forma pela qual a execução física do objeto será acompanhada

g) da designação, por portaria, do gestor da parceria;

§ 2º Verificado o atendimento das exigências fixadas no edital, a

pelo administrador público.

pelo órgão gestor, inclusive com a indicação dos recursos humanos e

h) da designação da comissão de monitoramento e avaliação da par-

entidade melhor classificada será declarada selecionada para cele-

§ 1º Sob pena de nulidade do ato de formalização de parceria pre-

tecnológicos que serão empregados na atividade;

ceria;

brar a parceira.

vista neste Decreto, o extrato da justificativa previsto no caput deste

XXI - a vedação à organização da sociedade civil, que celebrou a

i) da aprovação do regulamento de compras e contratações apresen-

§ 3º Na hipótese de a organização da sociedade civil selecionada

artigo deverá ser publicado, pelo menos, 5 (cinco) dias antes dessa

parceria, de transferir a execução do objeto a terceiro;

tado pela organização da sociedade civil, demonstrando a compatibi-

não atender aos requisitos exigidos no inciso VII do § 1o do art.14

formalização, em página do sítio oficial da administração pública

XXII - a indicação do foro de Betim/MG, para dirimir as dúvidas

lidade entre a alternativa escolhida e a natureza e o valor do objeto da

deste Decreto, aquela imediatamente classificada será convidada a

municipal na internet e, eventualmente, a critério do administrador

decorrentes da execução do termo de colaboração ou do termo de

parceria, a natureza e o valor dos serviços, e as compras passíveis de

aceitar a celebração de parceria nos mesmos termos ofertados pela

público, também no meio oficial de publicidade da administração

fomento.

contratação, conforme aprovado no plano de trabalho;

concorrente desqualificada.

pública municipal, a fim de garantir ampla e efetiva transparência.

Parágrafo único. O registro a que se refere o inciso X acarretará a

VI - emissão de parecer jurídico da Procuradoria-Geral do Município

§ 4o Caso a organização da sociedade civil convidada, nos termos do

§ 2º Admite-se a impugnação à justificativa, desde que apresentada

obrigatoriedade de ser consignado crédito nos orçamentos seguin-

acerca da legalidade de celebração da parceria, com observância das

§3 o deste artigo, aceite celebrar a parceria, proceder-se-á à verifi-

antes da celebração da parceria, cujo teor deve ser analisado pelo

tes para garantir a execução do termo de colaboração ou termo de

normas deste Decreto e da legislação específica.

cação dos documentos que comprovem o atendimento aos requisitos

administrador público responsável.

fomento.

§ 1º Não será exigida contrapartida financeira como requisito para

previstos no inciso VII do § 1o do art. 14.

§ 3º Havendo fundamento na impugnação, será revogado o ato que

Seção II

celebração de parceria, facultada a exigência de contrapartida em

§ 5o O procedimento dos §§ 3o e 4o será obedecido sucessivamente

declarou a dispensa ou considerou inexigível o chamamento público,

Dos Requisitos para Celebração do Termo de Colaboração e do Ter-

bens e serviços economicamente mensuráveis.

até que se conclua a seleção prevista no edital.

e será imediatamente iniciado o procedimento para a realização do

mo de Fomento

§ 2º Caso o parecer técnico ou o parecer jurídico de que tratam, res-

§ 6º Caso o Edital possua a previsão de seleção de mais de uma en-

chamamento público, conforme o caso.

Art. 37. Para poder celebrar as parcerias previstas neste Decreto, as

pectivamente, os incisos V e VI deste artigo conclua pela possibilida-

tidade, para o atendimento do objeto do Chamamento Público, será

CAPÍTULO IV

organizações da sociedade civil deverão ser regidas por estatutos

de de celebração da parceria com ressalvas, deverá o administrador

procedida à verficação dos documentos das entidades, conforme a

DOS ELEMENTOS DO PROCESSO DE CHAMAMENTO PÚBLI-

cujas normas disponham, expressamente, sobre:

público cumprir o que houver sido ressalvado ou, mediante ato for-

ordem de classificação, até a conclusão da seleção prevista no ins-

CO

I - objetivos voltados à promoção de atividades e finalidades de re-

mal, justificar as razões pelas quais deixou de fazê-lo.

trumento convocatório, observado sempre o disposto nos §§3º, 4° e

Seção I

levância pública e social;

§ 3º Na hipótese de o gestor da parceria deixar de ser agente público

5° deste artigo.

Do Plano de Trabalho

II - a constituição de conselho fiscal ou órgão equivalente, dotado de

ou ser lotado em outro órgão ou entidade, o administrador público

§7º Ao final da sessão, a Comissão de Seleção lavrará a ata de habili-

Art. 35. Deverá constar do plano de trabalho, sem prejuízo da moda-

atribuição para opinar sobre os relatórios de desempenho financeiro

deverá designar novo gestor, assumindo, enquanto isso não ocorrer,

tação, com a assinatura de todos os presentes na sessão pública, com

lidade de parceria adotada:

e contábil e sobre as operações patrimoniais realizadas;

todas as obrigações do gestor, com as respectivas responsabilidades.

a conclusão definitiva da seleção, que será devidamente publicada no

I - diagnóstico da realidade que será objeto das atividades da parce-

III - a previsão de que, em caso de dissolução da organização da

§ 4º Deverá constar, expressamente, do próprio instrumento de par-

órgão oficial do Município.

ria, devendo ser demonstrado o nexo entre essa realidade e as ativi-

sociedade civil, o respectivo patrimônio líquido seja transferido a

ceria ou de seu anexo que a organização da sociedade civil cumpre as

Art. 23. A fase de homologação será aquela em que a autoridade

dades ou metas a serem atingidas;

outra pessoa jurídica de igual natureza que preencha os requisitos

exigências constantes do inciso VII do § 1º do art. 14 deste Decreto.

competente homologará o resultado obtido por meio do chamamento

II - descrição pormenorizada de metas quantitativas e mensuráveis

deste Decreto e da Lei nº 13.019 de 31 de julho de 2014, e cujo

§ 5º Caso a organização da sociedade civil adquira equipamentos

público, após a verificação da legalidade, do atendimento ao interes-

a serem atingidas e de atividades a serem executadas, devendo estar

objeto social seja, preferencialmente, o mesmo da organização da

e materiais permanentes com recursos provenientes da celebração

se público e demais princípios previstos neste Decreto.

claro, preciso e detalhado o que se pretende realizar ou obter, bem

sociedade civil extinta;

da parceria, o bem será gravado com cláusula de inalienabilidade,

Parágrafo único. A homologação será precedida de paracer técnico e

como quais serão os meios utilizados para tanto;

IV - normas de prestação de contas sociais a serem observadas pela

e ela deverá formalizar promessa de transferência da propriedade à

jurídico, conforme previsto no art. 39, V e VI, deste decreto.

III - prazo para a execução das atividades e o cumprimento das me-

organização da sociedade civil, que determinarão, no mínimo:

administração pública, na hipótese de sua extinção.

Art. 24. A fase da celebração da parceria dar-se-á com a convocação

tas;

a) a observância dos princípios fundamentais de contabilidade e das

§ 6º Será impedida de participar como gestora da parceria ou como

da entidade para firmar o termo de parceria nos prazos e condições

IV - definição dos indicadores, qualitativos e quantitativos, a serem

Normas Brasileiras de Contabilidade;

membro da comissão de monitoramento e avaliação pessoa que, nos

estabelecidas no edital e neste Decreto.

utilizados para a aferição do cumprimento das metas;

b) que se dê publicidade, por qualquer meio eficaz, no encerramento

últimos 5 (cinco) anos, tenha mantido relação jurídica com, ao me-

Seção III

V - elementos que demonstrem a compatibilidade dos custos com

do exercício fiscal, ao relatório de atividades e demonstrações finan-

nos, 1 (uma) das organizações da sociedade civil partícipes.

Dos Prazos do Procedimento de realização do Chamamento Público

os preços praticados no mercado ou com outras parcerias da mes-

ceiras da entidade, incluídas as certidões negativas de débitos com a

§ 7º Configurado o impedimento do § 6º, deverá ser designado gestor

Art. 25. O prazo fixado para apresentação das propostas pelas enti-

ma natureza, devendo existir elementos indicativos da mensuração

Previdência Social e com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

ou membro substituto que possua qualificação técnica equivalente à

dades, contado a partir da publicação do edital do chamamento pú-

desses custos, tais como: cotações, tabelas de preços de associações

- FGTS, colocando-os à disposição para exame de qualquer cidadão.

do substituído.

blico não será inferior a 15 dias.

profissionais, publicações especializadas ou quaisquer outras fontes

Parágrafo único. Serão dispensados do atendimento ao disposto no

Art. 40. Será obrigatória a estipulação do destino a ser dado aos bens

Art. 26. A comissão de seleção terá o prazo máximo de 30 dias para

de informação disponíveis ao público;

inciso III do caput deste artigo, os serviços sociais autônomos desti-

remanescentes da parceria.

analisar, julgar e publicar a classificação das propostas das entida-

VI - plano de aplicação dos recursos a serem desembolsados pela

natários de contribuições dos empregadores incidentes sobre a folha

Parágrafo único. Os bens remanescentes adquiridos com recursos

des, a partir do prazo do artigo anterior.

administração pública;

de salários.

transferidos poderão, a critério do administrador público, ser doados

Art. 27. A publicação da habilitação da(s) entidade(s) classificada(s)

VII - estimativa de valores a serem recolhidos para pagamento de

Art. 38. Para celebração das parcerias previstas neste Decreto, as

quando, após a consecução do objeto, não forem necessários para

se dará no prazo de até 15 dias a contar da publicação da classifi-

encargos previdenciários e trabalhistas das pessoas envolvidas di-

organizações da sociedade civil deverão apresentar:

assegurar a continuidade do objeto pactuado, observado o disposto

cação.

retamente na consecução do objeto, durante o período de vigência

I - prova da propriedade ou posse legítima do imóvel, caso seja ne-

no respectivo termo e na legislação vigente.

Art. 28. A entidade selecionada terá prazo de 5 dias úteis, a contar

proposto;

cessário à execução do objeto pactuado;

Art. 41. A organização da sociedade civil indicará ao menos 1 (um)

da convocação pela Administração Pública, para celebrar o termo

VIII - valores a serem repassados, mediante cronograma de desem-

II - certidões de regularidade fiscal, previdenciária, tributária, de

dirigente que se responsabilizará, de forma solidária, pela execução

de parceria.

bolso compatível com os gastos das etapas vinculadas às metas do

contribuições e de dívida ativa, de acordo com a legislação;

das atividades e cumprimento das metas pactuadas na parceria, de-

Art. 29. Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar o edital do

cronograma físico;

III - certidão de existência jurídica expedida pelo cartório de registro

vendo essa indicação constar do instrumento da parceria.

chamamento público, no prazo de 5 dias úteis da data marcada para o

IX - periodicidade das prestações de contas, compatível com o pe-

civil ou cópia do estatuto registrado e eventuais alterações;

Art. 42. O termo de fomento e o termo de colaboração somente pro-

encerramento de recebimento das propostas, devendo a Administra-

ríodo de realização das etapas vinculadas às metas e com o período

IV - documento que evidencie a situação das instalações e as con-

duzirão efeitos jurídicos após a publicação dos respectivos extratos

ção Pública Municipal julgar e publicar, no órgão oficial, a decisão

de vigência da parceria, não se admitindo periodicidade superior a

dições materiais da entidade, quando essas instalações e condições

no meio oficial de publicidade da administração pública municipal.

em até 3 dias úteis.

1 (um) ano ou que dificulte a verificação física do cumprimento do

forem necessárias para a realização do objeto pactuado;

Seção IV

Art. 30. As entidades poderão interpor recurso administrativo em

objeto;

V - cópia da ata de eleição do quadro dirigente atual;

Do Regulamento de Compras e Contratações

relação ao resultado das fases de julgamento, de verificação e de ho-

X - prazos de análise da prestação de contas pela administração pú-

VI - relação nominal atualizada dos dirigentes da organização da so-

Art. 43. Para obter aprovação e atender os princípios listados no

mologação no prazo de de até 3 dias úteis a contar da sua divulgação.

blica responsável pela parceria.

ciedade civil, com endereço, número e órgão expedidor da carteira

art.38, VIII, deste decreto, o regulamento de compras e contratações,

Parágrafo único. A Administração Pública Municipal deverá apreciar

Parágrafo único. O Município de Betim repassará o valor máximo

de identidade e número de registro no Cadastro de Pessoas Físicas

a ser apresentados pelas entidades, deverá ter:

e publicar recursos no prazo de até 10 dias úteis a contar da sua

de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), a título de parcela única, para

- CPF da Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB de cada um

I - nas compras e contratações com valor inferior a R$ 8.000,00,

interposição. Todos os prazos estabelecidos neste capítulo ficarão

execução das parcerias por ele firmadas.

deles;

deverá ser realizado procedimento, sendo a contratação/compra pre-

suspensos até o julgamento final de impugnações e recursos, caso

Art. 36. Constitui campo necessário em qualquer plano de trabalho

VII - cópia de documento que comprove que a organização da so-

cedida de pesquisa de valor de mercado, com apresentação de no

interpostos.

dispositivo que indique:

ciedade civil funciona no endereço registrado no Cadastro Nacio-

mínimo 03 orçamentos, de pessoas físicas ou jurídicas idôneas, devi-

Art. 31. Não se aplicam as exigências deste Decreto:

I - o objeto e seus elementos característicos com a descrição objetiva,

nal da Pessoa Jurídica - CNPJ da Secretaria da Receita Federal do

damente estabelecidas, com capacidade comprovada para atenderem

I - às transferências voluntárias regidas por lei específica, naquilo em

clara e precisa do que se pretende realizar ou obter;

Brasil - RFB;

a solicitação:

que houver disposição expressa em contrário;

II - as obrigações de cada um dos partícipes;

VIII - regulamento de compras e contratações, próprio ou de terceiro,

a) as pessoas físicas ou jurídicas de que trata o art.39, I, deste De-

II - aos contratos de gestão celebrados com organizações sociais, na

III - a contrapartida, quando couber, e a forma de sua aferição em

aprovado pela administração pública celebrante, em que se estabele-

creto, não poderão pertencer ao mesmo grupo econômico ou ser de

forma estabelecida pela Lei no 9.637, de 15 de maio de 1998;

bens e/ou serviços necessários à consecução do objeto;

ça, no mínimo, a observância dos princípios da legalidade, da morali-

um mesmo proprietário e nem ter entre os citados, servidor público

III - às caixas escolares, pela regulamentação especial;

IV - dados cadastrais da organização da sociedade civil;

dade, da boa-fé, da probidade, da impessoalidade, da economicidade,

do Município ou associado à entidade, ou parente dos mesmos até 3°

IV - os recursos do Fundo de Infância e Adolescência captadas pela

V - período de vigência da parceria;

da eficiência, da isonomia, da publicidade, da razoabilidade e do jul-

grau em linha reta ou colateral;

Organização Social para os projetos previamente chancelados pelo

VI - objetivos, metas e etapas;

gamento objetivo e a busca permanente de qualidade e durabilidade.

b) as condições para a participação da pessoa física ou jurídica na

CMDCA.

VII - cronograma de execução;

Seção III

pesquisa de mercado, a ser realizada pela entidade, deverão ser

§ 1º Ficam dispensados da aplicação das disposições do presente

VIII - título do termo de colaboração ou do termo de fomento;

Da Celebração e Formalização do Termos de Colaboração e do Ter-

demonstradas documentalmente e serão, no mínimo, comprovantes

Decreto os convênios de cessão de servidores públicos, e de esta-

IX - o valor total da parceria;

mo de Fomento

da habilitação jurídica e a da regularidade fiscal e Trabalhista da

giários, com entidades de ensino, de provisão de insumos para o

X - cronograma de desembolso;

Art. 39. A celebração e a formalização do termo de colaboração e do

entidade;

funcionamento de órgãos públicos e demais que não se adequem a

XI - a vinculação às disposições do presente Decreto e da Lei 13.019

termo de fomento dependerão da adoção das seguintes providências

c) caso por limitações do mercado ou manifesto desinteresse de for-

esses procedimentos.

de 31 de julho de 2014;

pela administração pública:

necedores e prestadores de serviço, for impossível a obtenção do nú-

§ 2º Exceto nas hipóteses expressamente previstas neste Decreto,

XII - a responsabilidade solidária pela guarda e aplicação dos recur-

I - realização de chamamento público, ressalvadas as hipóteses pre-

mero mínimo de orçamentos exigidos , essas circunstâncias deverão

a celebração de qualquer modalidade de parceria será precedida de

sos públicos por parte dos responsáveis pela execução do termo de

vistas neste Decreto;

ser devidamente justificadas no procedimento, sob pena de repetição

chamamento público.

colaboração ou termo de fomento;

II - indicação expressa da existência de prévia dotação orçamentária

da pesquisa de valor de mercado;

Art. 32. A administração pública municipal poderá dispensar a reali-

XIII - a obrigatoriedade de a organização da sociedade civil prestar

para execução da parceria;

d) o Regulamento deverá prever a celebração do termo de contrato,

zação do chamamento público:

contas dos recursos recebidos e da obrigação de apresentação men-

III - demonstração de que os objetivos e finalidades institucionais e

que deve estabelecer com clareza e precisão as condições para sua

I - no caso de urgência decorrente de paralisação ou iminência de

sal, junto ao órgão gestor e trimestral no Portal da Transparência, no

a capacidade técnica e operacional da organização da sociedade civil

execução, expressas em cláusulas que definam os direitos, obriga-

paralisação de atividades de relevante interesse público realizadas

site da Prefeitura Municipal, da Demonstração de Origens e Aplica-

foram avaliados e são compatíveis com o objeto;

ções e responsabilidades das partes, sendo dispensado para compra

no âmbito de parceria já celebrada, limitada a vigência da nova par-

ção dos recursos do termo de colaboração ou do termo de fomento;

IV - aprovação do plano de trabalho, a ser apresentado nos termos

com entrega imediata e integral dos bens adquiridos, dos quais não

ceria ao prazo do termo original, desde que atendida a ordem de

XIV - o prazo para apresentação da prestação de contas;

deste Decreto;

resultem obrigações futuras, inclusive assistência técnica, em que

classificação do chamamento público, mantidas e aceitas as mesmas

XV - a retenção das parcelas não repassadas quando do não cumpri-

V - emissão de parecer de órgão técnico da administração pública,

será substituído pelo documento fiscal;

condições oferecidas pela organização da sociedade civil vencedora

mento das obrigações pactuadas;

que deverá pronunciar-se, de forma expressa, a respeito:

e) o resumo do termo de contrato deverá ser publicado no órgão

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606

despesas bancárias de manutenção de contas. par- ou restringir a sua execução. décimo-terceiro salário. Público. os aumentos ou diminuições não ultrapassem 25% (vinte e cinco por -se os casos de serviços essenciais que não podem ser adiados sob das cláusulas pactuadas. 52. entre outros que regem a ad- res definidos para os itens de despesa. Seção II durante sua vigência.a contratação de serviços de consultoria. não se aplica dade diversa da estabelecida no plano de trabalho.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 4 OFICIAL oficial do Município.48 serão obrigatoriamente aplicados mente celebrada.tenha tido as contas rejeitadas pela administração pública nos Das Contratações Realizadas pelas Organizações da Sociedade Civil § 4º Não se incluem na previsão do § 3º os tributos de natureza direta prazo improrrogável de 30 (trinta) dias do evento. décimo-terceiro salário. A vigência da parceria poderá ser alterada mediante solici- por Tribunal ou Conselho de Contas de qualquer esfera da Federa- Art. ou em fundo de aplicação financeira Art. 50. da boa-fé. qualquer oneração § 3º A seleção e a contratação pela organização da sociedade civil de parceria. verá a entidade realizar procedimento devidamente formalizado. pública municipal não gera vínculo trabalhista com o poder público. para consecução do objeto pactuado. 48. para o enquadramento desde que se refiram a parcelas de um CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Os rendimentos das aplicações financeiras. para re- das partes. sempre que tenham por objeto o plano de trabalho Parágrafo único. mesmo que relacionadas com a execução do termo limitada ao exato período do atraso verificado. depositados e geridos em conta bancária específica. fiscais e comerciais não transfere à admi- das propostas com no mínimo 03 membros.não esteja regularmente constituída ou. sendo vedado: § 4º A organização da sociedade civil deverá dar ampla transparência cento) do valor originalmente aprovado no plano de trabalho para pena de prejuízo ao erário ou à população. a ser apresentada na administração pública municipal VII . § 7º A inadimplência da organização da sociedade civil em relação contenha. expressas em IV . que dele é parte integrante e indissociável.BR . em que será susbsituído pelo vimentar os recursos na conta bancária específica da parceria em II . diata instauração de tomada de contas especial do responsável. a) cujas contas relativas a parcerias tenham sido julgadas irregulares vestimento e pessoal.a obrigação de a organização da sociedade civil manter e mo- te dedicado à parceria celebrada. in- remunerações de serviços contábeis e de assessoria jurídica. é igualmente vedada a transferência Das Despesas Moralidade. A administração pública municipal poderá autorizar o rema- a inabilitação. Publicidade e Eficiência. pelas Leis d) obras que caracterizem a ampliação de área construída ou a insta- aplicação da parcela anteriormente recebida. inclusive referentes a pa- cálculo do rateio da despesa. individualmente.MG. não se caracterizando § 2º A inadimplência da organização da sociedade civil em relação dívida pública. antes do seu ra da Federação.quando a organização da sociedade civil deixar de adotar as ata de julgamento com a declaração do vencedor. sob pena de repetição Seção I I . pela rejeição. 57. c) sejam proporcionais ao tempo de trabalho efetiva e exclusivamen- cebimento de cada parcela.quando verificado desvio de finalidade na aplicação dos recursos. qualquer oneração do obje- nicipal a responsabilidade por seu pagamento. com capacidade comprova- II . além da previsão de criação de comissão para julgamento empregadores incidentes sobre a folha de salários. de menor complexidade. determinado. 47. fiscais e pactuado com a administração pública municipal. Toda a movimentação de recursos no âmbito da parceria será V . pro- motivou a rejeição e não forem quitados os débitos que lhe foram sociedade civil. ainda que em caráter emergencial.tenha como dirigente agente político de Poder ou do Ministério a) o plano de trabalho. Os encargos trabalhistas. quando o prazo previsto para sua utilização for igual I . devidamente estabelecidas. em decisão irrecorrível. ou de orientação social. bem como a pro- crédito na conta bancária de titularidade dos fornecedores e pres- nistração pública. aprovação pela administração pública municipal da alteração no pla- dade civil ou seu dirigente. a organização da sociedade civil deve apresentar a memória de cas idôneas. As parcelas dos recursos transferidos no âmbito da parce- dadas. ou respectivo cônjuge ou compa- zação da sociedade civil.remuneração da equipe dimensionada no plano de trabalho. quando ela der causa a atraso na liberação dos recursos. bem como a neste Decreto. deverão ser pessoas físicas ou jurídi- do poder de polícia ou de outras atividades exclusivas do Estado. hospedagem e alimentação nos ção da parceria. colateral ou por afinidade. nejamento de recursos do plano de aplicação. de gerência aos valores pagos a título de remuneração de sua equipe de trabalho cada item. de curto prazo ou operação de mercado aberto lastreada em títulos da ceria prevista neste Decreto a organização da sociedade civil que: mento do termo de colaboração ou de fomento. obrigações e responsabilidades pagar. capital. se estrangeira. e nº9. da impessoalidade. com a administração pública. municipal pelos respectivos pagamentos. deve ser feita pela administração pública municipal. as parcelas acordadas.tenha tido contas de parceria julgadas irregulares ou rejeitadas tas. Seção III ração deverão observar os princípios da Legalidade. É vedada a criação de outras modalidades de parceria ou a imagens que caracterizem promoção pessoal. em proporção nunca su- dos recursos. 30 (trinta) dias antes do término de sua vigência. f) deverá ser realizada seção de julgamento pública. deverão ser comprovados documentalmente e serão no míni- fornecimento de materiais consumíveis ou outros bens. § 6º O pagamento de remuneração da equipe contratada pela organi- no de trabalho. com justificativa apre- solidária. 49. lamentados por este Decreto.a obrigação de prestar contas com definição de forma e prazos. durante a vigência da c) considerada responsável por ato de improbidade. fiscais e pela administração pública municipal não gera vínculo trabalhista igual ou superior a 1 (um) mês. inclu- administração pública municipal. sob pena de responsabilidade II . proporcionais. do convite. os saldos financeiros remanescentes. não podem ser incluídas nos custos Art. II . dirigente de órgão ou entidade da administração pública de b) o regulamento de compras e contratações adotado pela organi- rescisórias e demais encargos sociais incidentes sobre as atividades Art. da parceria. férias.realizar despesas com: tes.637. escolhidos conforme os Art. desde da parceria ou o inadimplemento da organização da sociedade civil sua ou no órgão oficial do Município o Convite. rizando responsabilidade solidária ou subsidiária da administração indiretos de que trata o caput deste artigo. cio de cargo em comissão ou função de confiança. no que IV .a obrigatoriedade de restituição de recursos. os rendimentos das aplicações financeiras e eventuais que. so preverem mais de 1 (uma) parcela de repasse de recursos.a estimativa de aplicação financeira e as formas de destinação e à qualificação técnica necessária para a execução da função a ser medidas saneadoras apontadas pela administração pública municipal h) deverá ser firmado termo de contrato.deverá ser considerado o valor total da compra ou órgãos de controle correspondentes aos processos. verbas tação de contas exigidas para os recursos transferidos. instrumento de parceria. VI . VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. a serem pagos com os recursos transferidos por meio da parceria. para os quais a lei comine pena privativa de liberdade. dos quais não resultem obrigações V . A hipótese do caput não traz prejuízos aos contratos civil que não atendam às exigências do art. salvo se decorrentes de fontes de recursos no custeio de uma mesma parcela dos custos econômico e não possuam os mesmos proprietários ou tenham entre Parágrafo único. salários tração pública nas contratações e demais atos praticados na execução g) deverão ser publicados no sítio da internet da entidade.delegação das funções de regulação. servidor ou empregado público com re- § 5º Não poderão fazer jus à remuneração de que trata este artigo somente ocorrerá mediante prévia solicitação. 61. aluguel e telefone. que aos serviços sociais autônomos destinatários de contribuições dos V . expressa e fundamentada autorização do dirigente máximo do órgão ou similar.BETIM. associações de servidores. enquanto durar dade exclusiva das organizações da sociedade civil. e processamento financeira pública indicada pela administração pública municipal e. da econo- perior a 15% (quinze por cento) do valor total da parceria. serão obrigatoriamente Seção V VIII . 56. direitos e valores. Por ocasião da conclusão. a qualquer título. com local e data Art. 45. I . 51. da eficiência.000. de responsabilidade da entidade. a organização da sociedade civil deverá: e integral dos bens adquiridos. previdenciários. pública parceira. em instituição compra ou da contratação do serviço. 53. 12 da Lei nº do objeto da parceria ou restrição à sua execução. A prorrogação de ofício da vigência do instrumento ou rejeitadas por Tribunal ou Conselho de Contas de qualquer esfe- Parágrafo único. da indiretos necessários à execução do objeto. terá como cláusulas essenciais: Tempo de Serviço . Constarão como anexos do instrumento de parceria: tos. for impossível a obtenção do CAPÍTULO V Art. comprovantes da habilitação jurídica e a da regularidade fiscal Art. 55. Os recursos recebidos em decorrência da parceria serão Parágrafo único. Deverá constar também do regulamento de compras e VI . rá ser efetuado por meio de sistema eletrônico disponibilizado pela porcionalidade entre o valor pago e o percentual de custo aprovado tadores de serviços.a responsabilidade exclusiva da organização da sociedade civil desde que necessários à instalação dos referidos equipamentos e Art. que mentos de impostos.quando houver fundados indícios de não ter ocorrido boa e regular tificação do valor da compra/contratação. recebidos é de responsabilidade exclusiva da organização da socie- incluir despesas de internet. de gestão e termos de parceria regidos. que deve estabelecer com dos recursos aplicados. nos quais ficarão e Trabalhista da entidade . 45. os valores dos impos- autorizados nos termos do art. rescisão ou extinção qualquer esfera governamental. documento fiscal.pagar. I . II . b) publicidade. em decisão irrecorrível. III . salvo as previstas no plano de trabalho e diretamente Da Liberação dos Recursos c) as condições para a participação da pessoa física ou jurídica convi- II . de acordo com o regulamento de compras e contratações I . que não perteçam ao mesmo grupo aparelho administrativo do Estado.estar em situação regular com a execução do plano de trabalho. podendo contemplar as despesas com paga- atrasos não justificados no cumprimento das etapas ou fases progra- informados no convite. não se caracte- de fomento e/ou de colaboração. no IV .FGTS. desde Art. As parcerias serão formalizadas mediante a celebração de a vigência da parceria.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . combinação das previstas neste Decreto. comerciais relativos ao funcionamento da instituição e ao adimple- § 2º Despesas com auditoria externa contratada pela organização da término.transferir recursos para clubes. dimento para celebrar parceria enquanto não houver o ressarcimento III . Da celebração do Termo de Parceria sive de pessoal próprio da organização da sociedade civil. no plano de trabalho. Art. Seção IV parente dos mesmos até 3° grau em linha reta ou colateral. Impessoalidade. em consequência do inadimplemento da administração pública em panhamento pela internet dos processos de liberação de recursos re- contratação do serviço. não esteja responsabilidade solidária ou subsidiária da administração pública aos encargos trabalhistas não transfere à Administração Pública Mu- ou inferior a 1 (um) mês. de- tange a ter como dirigente agente político de Poder. mesmo que sejam diversos os fornecedores/ às informações referentes aos instrumentos de transferências regu- liberar. Da Movimentação e Aplicação Financeira dos Recursos uma só vez.00. a organização da sociedade civil remaneje. desde que precedida de I . nos últimos 8 (oito) anos. Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - no objeto da parceria. com ou sem disponibilização de pessoal. inclusive quando aferidos em procedimentos de fiscaliza- fornecedores e prestadores de serviço. II e III do art. Art. feitas com o uso de recursos transferidos pela admi- Art. o quantitativo possa ser reduzido até a etapa que apresente não superior ao teto do Poder Executivo. nos últimos 8 (oito) anos. aos encargos trabalhistas. para a jus- Parágrafo único. § 3º A vedação prevista no inciso III do caput deste artigo. O processamento das compras e contratações pode- realização do objeto e os custos adicionais pagos. excetuando- Art. direta ou indiretamen- administração pública municipal. juros ou correção monetária.diárias referentes a deslocamento. 54. bem como parente em linha reta.a previsão de que. transporte.prestação de serviços ou de atividades cujo destinatário seja o a) multas. a) correspondam às atividades previstas para a consecução do objeto III . b) julgada responsável por falta grave e inabilitada para o exercí- mento do termo de colaboração ou de fomento são de responsabili- sociedade civil. O plano de trabalho poderá incluir o pagamento de custos videnciada pela autoridade competente do órgão ou entidade titular eventualmente imputados. das quais não constem nomes. de 23 de março de 1999. inclusive no que diz respeito às despesas de custeio. mínimo 03(três) deverão ser convocados. denúncia. c) pagamento de pessoal contratado pela organização da sociedade retidas até o saneamento das impropriedades: d) deverão ser obtidas. exceto nos casos a seguir. No caso de o plano de trabalho e o cronograma de desembol- cláusulas que definam os direitos. desempenhada. enquanto dura- pública municipal pelos respectivos pagamentos. em que será lavrada ata com a classificação termo de colaboração ou de termo de fomento. 60. de fiscalização. contribuições sociais.sejam necessários e proporcionais ao cumprimento do objeto. essas circunstâncias deverão DA FORMALIZAÇÃO E DA EXECUÇÃO que aprovadas no plano de trabalho. compra de maior vulto que possa ser realizada de objeto. da isonomia. envolvam ou incluam. 81 deste Decreto. do controle interno e dos demais gações previstas nos planos de trabalho e de execução financeira. enquanto não empregados na sua finalidade. inclusive assistência técnica. vinculada à execução do termo de fomento ou de colaboração. durante II . VII . na ocorrência de cancelamento de restos a b) sejam compatíveis com o valor de mercado da região onde atua e Art. aberto ao para a execução do objeto. prestadores de serviço. devidamente aprovado pela administração previstas para a execução do objeto. autorizada a funcionar no território nacional. As contratações de bens e serviços pelas organizações da e personalíssima que onerem a entidade. do exercício tidos políticos ou quaisquer entidades congêneres. servidor público do Município ou associado a entidade e I . pelo qual seja responsável a organização da socie- que seja previamente aprovada a adequação do plano de trabalho c) de lavagem ou ocultação de bens. timento e de pessoal. nem poderá onerar o objeto do termo de fomento ou de colaboração a) convocação de interessados. vedada a duplicidade ou a sobreposição da para atenderem a solicitação. Parágrafo único. I . à consecução do objeto e serviços de adequação de espaço físico. ou pelos órgãos de controle interno ou externo. contratações nos procedimentos blicas repassadoras dos recursos. clareza e precisão as condições para sua execução. Art.efetuar pagamento em data posterior à vigência da parceria. de caráter educativo. previdenciários.apresentar a prestação de contas da parcela anterior.o livre acesso dos servidores dos órgãos ou das entidades pú- III . da razoabilida- que tais custos sejam decorrentes exclusivamente de sua realização realizada mediante transferência eletrônica sujeita à identificação que durar a penalidade: de e do julgamento objetivo e a busca permanente de qualidade e du- e que: do beneficiário final e à obrigatoriedade de depósito em sua conta a) suspensão de participação em licitação e impedimento de contratar rabilidade. no mínimo. gamentos ou a recolhimentos fora dos prazos. 44. enquanto não for sanada a irregularidade que Art. de valor até R$ 8. tempestivamente. bem como aos locais de execução do IV . persiste o impe- específica e na lei de diretrizes orçamentárias. 46.00. administração pública às organizações da sociedade civil. 59.multas e encargos vinculados a atraso no cumprimento de obri- III . que permita aos interessados formular propos- III . aos documentos. salários proporcionais. casos em que a execução do objeto da parceria assim o exija.realizar despesas a título de taxa de administração. com ou sem produto ceiros. férias. deverão observar os princípios da legalidade. informativo Art. pela administração pública.429. no plano de trabalho. desde que.o apoio administrativo.17: que tenham por objeto. ou for reconsiderada ou revista a decisão nistração pública. § 8º Quando os custos indiretos forem pagos também por outras fon- b) os interessados convocados. Os pagamentos deverão ser realizados mediante b) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a admi- Parágrafo único.realizar despesa em data anterior à vigência da parceria. separa- rem os prazos estabelecidos nos incisos I. de folhas de pagamento. contribuições sociais.a responsabilidade exclusiva da organização da sociedade civil § 1º A remuneração de equipe de trabalho com recursos transferidos aplicados em cadernetas de poupança. desde b) eleitorais. Fica expressamente vedado o fracionamento da pelo gerenciamento administrativo e financeiro dos recursos recebi- materiais. aplicável. de 2 de junho de 1992. exceto no caso de ampliação de metas. de 15 de maio de 1998. na forma da legislação e) caso por limitações do mercado ou manifesto desinteresse de nº 9. cursos vinculados à parceria.tenha entre seus dirigentes pessoa: dade civil. O remanejamento dos recursos de que trata o caput ou entidade da administração pública. público via internet. O gerenciamento administrativo e financeiro dos recursos § 1º Os custos indiretos proporcionais de que trata este artigo podem tação da organização da sociedade civil. QUINTAS E SÁBADOS. os valo- § 1º Nas hipóteses deste artigo.tenha sido punida com uma das seguintes sanções. por meio de convite. É vedada a celebração de parcerias previstas neste Decreto salvo se expressamente autorizado pela autoridade competente da nistração pública municipal a responsabilidade por seu pagamento termos do §2° art. respectivamente. bem como e justificada.790. ferentes às parcerias celebradas nos termos deste decreto. de modo que. Ficará impedida de celebrar qualquer modalidade de par- comerciais relativos ao funcionamento da instituição e ao adimple- com o ente transferidor. desembolso aprovado. realizados periodicamente pela entidade ou órgão repas- número mínimo de propostas válidas. símbolos ou ria serão liberadas em estrita conformidade com o cronograma de mo. Art. serão devolvidos à entidade ou órgão repassador dos recursos. A administração pública municipal deverá viabilizar o acom- supracitados. de inves- V . da probidade. nos ter- em. corrente ou de 8. moralidade. a vinculação entre a Parágrafo único.utilizar. dias úteis de antecedência para a seção de julgamento. inclusive no que diz respeito às despesas de custeio. 58. inclusive os pro- nheiro. nos casos previstos que tais valores: com relação a outras cláusulas básicas. Havendo relevância para o interesse público e mediante do dano ao erário. caso pos- I . equipe envolvida na execução do termo de fomento e/ou de colabo- damente para cada categoria econômica da despesa.aquisição de equipamentos e materiais permanentes essenciais Seção V mesmo serviço. aprovado para a consecução do objeto da parceria. entre si. práticas atentatórias aos princípios fundamentais da adminis- dos convidados e declaração do vencedor. tração pública municipal. recursos para finali- zação da sociedade civil com recursos destinados pela administração II . VIII . os citados. Seção VI d) a prevista no inciso III do art. Poderão ser pagas com recursos vinculados à parceria. verbas rescisórias e demais encargos sociais. salvo nas hipóteses previstas em lei pessoas naturais que tenham sido condenadas por crimes: sentada pela organização da sociedade civil e aprovada pela adminis- § 2º Em qualquer das hipóteses previstas no caput.esteja omissa no dever de prestar contas de parceria anterior- to da parceria ou restrição à sua execução. Fundo de Garantia do madas. quando II . desde ção local. sob pena de ime- últimos 5 (cinco) anos. lação de novas estruturas físicas. conforme o caso. se a previsão de seu uso for Das Vedações pelo pagamento dos encargos trabalhistas.nas compras e contratações com valor superior a R$ 8. c) a prevista no inciso II do art.ter preenchido os requisitos exigidos neste Decreto para celebra- futuras. as despesas com: sador dos recursos e pelos órgãos de controle interno e externo da ser devidamente justificadas no procedimento. As parcerias deverão ser executadas com estrita observância ministração pública. sendo dispensado para compra com entrega imediata funcionalidade.000. para a adoção do procedimento dos. no mínimo. bancária. instituição financeira indicada pela administração pública municipal. da publicidade. a) contra a administração pública ou o patrimônio público. venientes das receitas obtidas das aplicações financeiras realizadas. FGTS.GOV. de novos recursos no âmbito de parcerias em execução. 03 propostas válidas. devidamente formalizada ção. com no mínimo 5 II . até o segundo grau. pelo período micidade. § 3º Serão detalhados.modificar o objeto.fique demonstrada. mos do caput. sendo que no te: VII .tais custos proporcionais não sejam pagos por qualquer outro Das Alterações VI . 62. É vedado também ser objeto de parceria: de atrasos da administração pública na liberação de recursos finan- indiretos. vinculadas ao objeto da parceria. estando sujeitos às mesmas condições de pres- III . 81 deste Decreto. Parágrafo único. Parágrafo único.

identificação dos responsá- § 2º No caso da sanção estabelecida no inciso III deste artigo.019 de 31 de julho de 2014. a administração pú- realização das ações. contendo as justificado.28. § 1º Serão glosados nas prestações de contas os valores que não aten- omissão.600. da proposição e celebração do instrumento. e II . Art. (quarenta e cinco mil e seiscentos reais). do presente normativo. conforme estabelecido no respectivo instrumento. operacional ou patrimonial. 4º. 79. 999. deve adotar as respectivo processo.99999900. elaborado pela organização da prorrogado. ou antieconô- dezembro de 2013. § 6º As impropriedades que deram causa às ressalvas ou à rejeição impedimento de celebrar termos de fomento.suspensão temporária da participação em chamamento público e ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR parceria e do plano de trabalho. As situações previstas no caput devem ser comuni- ministração pública municipal observará os prazos previstos no pla- Seção I Prefeitura Municipal de Betim. 78. nômico. da Lei Federal n. quando expressarem. que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que essa ainda esteja vigente. anexando-se documentos de comprovação da a unidade responsável pela apreciação da prestação final de contas penal e civilmente pela restituição aos cofres públicos dos valores § 3º Para a implementação do disposto no § 2º.00 autorização judicial.649. O gestor emitirá parecer técnico de análise de prestação de III . A administração pública municipal emitirá relatório técnico receitas efetivamente realizadas.846. imediatamente. contados do dia ção direta e indireta do Município de Betim. Art. 37. Os documentos incluídos pela entidade na plataforma eletrô- das pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais . Secretária Adjunta de Planejamento e Orçamento Art.649.BETIM. bens ou valores siderando o artigo 43. pela local de aplicação dos recursos. DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. 24 de outubro de 2014.º nortear as organizações da sociedade civil por ocasião da celebração acesso público. no âmbito das parcerias com da parceria. orçamentária. ao erário. nos termos do inciso IX do art. 68. 80. de acordo com a com- civil para execução de determinada parceria responderá administra- firmar parcerias com órgãos ou entidades que se situem próximos ao boração ou de fomento dar-se-á mediante a análise dos documentos plexidade do objeto da parceria e integra a etapa de análise técnica tiva. e após decorrido o prazo da sanção aplicada com base no inciso municipal. deverá conter: b) relatório técnico de monitoramento e avaliação. § 2º Transcorrido o prazo para saneamento da irregularidade ou da § 1º As sanções estabelecidas neste artigo são de competência exclu- meios oficiais de divulgação. O Prefeito Municipal de Betim. acompanhada e fiscalizada pelos conselhos de políticas públicas das em execução ou que já foram realizadas.010000 R$ civil parceira. 74. § 3º A análise da prestação de contas de que trata o § 2º deverá ser d) desfalque ou desvio de dinheiro. em plataforma eletrônica. conforme es- Técnicos forma do regulamento. útil subsequente ao da prestação de contas. Art.00 45. serão realizados com observância das normas gerais expedi- I .151. dentro da sociedade civil ressarcir a administração pelos prejuízos resultan- aprovação de novo plano de trabalho pela administração pública conforme pactuado. inclusive por meio de visitas in loco. no uso de suas atribuições e con- § 1º A administração pública municipal disponibilizará manuais à da prestação de contas serão registradas em plataforma eletrônica de e contratos com órgãos e entidades da administração pública munici- siderando o artigo 43. a legitimidade e a por organizações da sociedade civil. no máximo.600. nos termos do art. do qual resulte dano ao erário. Neive Machado de Lima bém sujeitas aos mecanismos de controle social previstos na legis- a) os resultados já alcançados e seus benefícios.9999. 35.99. c) rejeição da prestação de contas e a determinação da imediata ins- I . na Lei 13. deverá. 81. A prestação de contas relativa à execução do termo de cola- contas será estabelecida. 84. para e os resultados alcançados. de que trata o art. reportará os motivos ao Secretário Municipal. DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. assinado pelo seu representante legal. que tratam o caput e o § 1º deste artigo deverão. a Vânia Alves Estevão Da Prestação de Contas b) aprovação da prestação de contas com ressalvas. fundamentadamente.172. tas final.regulares com ressalva. desde que devidamente zação da sociedade civil e de seus dirigentes. a administração pública. para ceira. lidade de apreciação em data posterior ou vedação a que se adotem CAPÍTULO VIII de monitoramento e avaliação da parceria e o submeterá à comissão Parágrafo único. tais como listas de presença. de provisão de insumos para o funcionamento valores comprovadamente utilizados. a adminis- além dos seguintes relatórios: § 2º O prazo para apreciar a prestação final de contas poderá ser da responsabilidade do administrador público. O órgão público signatário do termo de colaboração medidas saneadoras. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. contas da parceria celebrada. à seguinte dotação orça- previsto no plano de trabalho. Pela execução da parceria em desacordo com o plano de Prefeito Municipal Seção I a) aprovação da prestação de contas. assinado pelo seu represen- § 4º O transcurso do prazo definido nos termos do caput e do § 1º mente cumpridas. entidades de ensino.9999. 82. no âmbito da fiscalização preventiva. Art. sem prejuízo § 2º Nas parcerias com vigência superior a 1 (um) ano. a entidade deve manter constatada a ocorrência de quaisquer dos seguintes fatos: III . TOTAL A ANULAR ganização da sociedade civil até o momento em que a administração ta) dias. A prestação de contas apresentada pela organização da socie- a irregularidade ou cumprir a obrigação. cronograma acordado. no ajuste das metas e atividades definidas. sobre a confor- II . o atendimento de serviços essenciais à população. quando eviden- administração pública municipal poderá. bem como na reorientação e rativo de metas propostas com os resultados alcançados. Parágrafo único. por igual período. mentária: I . Durante o prazo de 10 (dez) anos. os pareceres técnicos de vação da prestação de contas. A prestação de contas e de todos os atos que dela decorram cinquenta) dias. caso se verifique que as atividades não foram realizadas blica municipal poderá valer-se do apoio técnico de terceiros. 4. Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 600. Ficam dispensados da aplicação das disposições do presente até o período.Relatório de Execução Financeira. 87. cumprimento de metas estabelecidas responderá administrativa. punitivas ou destinadas a ressarcir danos que Disposições Finais de monitoramento e avaliação designada. no. do gestor. de 17 de março de 1964 e a Lei Municipal n. Seção III Procurador-Geral do Município lação. Das Sanções Administrativas às Organizações da Sociedade Civil Carlaile Jesus Pedrosa CAPÍTULO VI devendo dispor sobre: Art. 70. prorrogável. 66. com a descrição das despesas e sem que as contas tenham sido apreciadas. sob pena de responsabilidade solidária. e o dirigente máximo das entidades na administração indireta. finan- Art.3079.análise das auditorias realizadas pelos controles interno e exter- fins de monitoramento do cumprimento das metas do objeto vincu- c) dano ao erário decorrente de ato de gestão ilegítimo ou antieco- po de sua celebração. 67. homologado pela economicidade dos atos de gestão do responsável.disponibilizar materiais e equipamentos tecnológicos necessá- Dos Prazos termo de fomento. de estagiários com III .00 45.informar ao seu superior hierárquico a existência de fatos que nica prevista no art. a exa- e imagens. não significa impossibi- Art.600. ao tomar conhe- tas ou atividades pactuadas: objeto da parceria e integra a etapa de análise técnica da proposição cimento de quaisquer dos fatos relacionados no art.Relatório de Execução do Objeto. assumiu essas responsabilidades. 72. caso tenha agido com dolo ou culpa. assinatura de futuras parcerias com a administração pública munici- III . será cer o nexo de causalidade entre a receita e a despesa realizada. 64. desde que devidamente justificado.GOV. mico. A administração pública municipal está incumbida de reali- conformidade e o cumprimento das normas pertinentes. O relatório técnico de monitoramento e avaliação parceria. 63. A autoridade administrativa competente do órgão ou entida- Art. que será concedida sempre que a organização Parágrafo único. Revogam-se as disposições em contrário. serão considerados originais Secretaria Municipal de Auditoria e Controle Interno. ria estabeleça prestações de contas parciais.ATOS DO EXECUTIVO E LEGISLATIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 5 OFICIAL saldos remanescentes poderão ser aplicados pela organização da so- sociedade civil e publicadas em meios oficiais de comunicação. parágrafo 1º. público ou celebrar termos de fomento. 1º.33909100.0003. de 30 de janeiro de 2013. § 1º A definição do prazo para a apreciação da prestação final de te pela capacidade operacional e técnica de organização da sociedade derá valer-se do apoio técnico de terceiros. 1º.TCEMG. de 17 de março de 1964 e a Lei Municipal n. previstos no plano de trabalho. a organização infração a norma legal ou regulamentar de natureza contábil. São obrigações do gestor: objeto pactuado. na administração mentária: cia de fato relevante.999. Art.9. nos pendentemente da obrigatoriedade de apresentação da prestação de seguintes relatórios elaborados internamente: Art.010000 R$ ser considerado na prestação de contas o que foi executado pela or- § 4º O prazo referido no caput poderá ser prorrogado por até 30 (trin- salvo delegação de competência. 2º.irregulares. qualquer que tenha sido a modalidade ou título que § 2º O disposto no caput não impede que o instrumento de parce- mover a instauração da Tomada de Contas Especial para a apuração TOTAL A SUPLEMENTAR R$ concedeu direitos de uso de tais bens. ilegítimo ou antieconômico. Revogam-se as disposições em contrário. Constatada irregularidade ou omissão na prestação de con- contratos com órgãos e entidades de todas as esferas de governo. de 27 de das parcerias. nos termos facultada a reabilitação do penalizado a ser requerida após 02 (dois) Art. bens ou valores públicos.omissão no dever de prestar contas. As parcerias de que trata este decreto estarão tam- mencionar: subordinadas. e nas demais normas pertinentes emitidas pelo Município de Betim. 76. desde que possuam garantia da origem e de pelo disposto neste Decreto. A pessoa que atestar ou o responsável por parecer técni- resultados como subsídio na avaliação da parceria celebrada e do atividades desenvolvidas para o cumprimento do objeto e o compa- § 3º Na hipótese do descumprimento do prazo definido nos termos co que concluir pela realização de determinadas atividades ou pelo cumprimento dos objetivos pactuados. o gestor emitirá parecer técnico con- a) omissão no dever de prestar contas. delegar competência ou Art.análise dos documentos comprobatórios das despesas apresen- § 2º No caso de previsão de mais de 1 (uma) parcela. tidão dos demonstrativos contábeis. no âmbito da administração direta e indireta do Município de Controle Interno Art. permanecerão regidas pela legislação vigente ao tem- V . campanhas publicitárias e programações desenvolvidas Parágrafo único. § 2º Eventuais alterações no conteúdo dos manuais referidas no § pal. Para ocorrer o disposto no artigo 1º deste Decreto. no uso de suas atribuições e con- rios às atividades de monitoramento e avaliação. os de cessão de servidores públicos. zar procedimentos de fiscalização das parcerias celebradas antes do § 3º A análise da prestação de contas deverá considerar a verdade real Art. de 27 de vigor ou de parceria não renovada. As alterações previstas no caput prescindem de ria avaliar o andamento ou concluir que o seu objeto foi executado por notificação. na forma de regulamento. Sem prejuízo da fiscalização pela administração pública mu- feita no prazo definido no plano de trabalho aprovado. não havendo o saneamento. fica II . de forma clara e objetiva. direta. ou de de órgãos públicos. que não resulte dano ao erário. a execução da parceria poderá ser § 4º Para fins de avaliação quanto à eficácia e efetividade das ações fomento ou de colaboração é a responsável pela decisão sobre a apro- Prefeitura Municipal de Betim. tal como afirmado no parecer ou que as metas não foram integral- gar competência ou firmar parcerias com órgãos ou entidades que se II . aditivo da parceria e da publicação do extrato do termo aditivo em esperados. Considera-se competente para os fins do caput anulada no valor do crédito mencionado. a fim de realizar ou manter a execução das me- tabelecido. Os procedimentos administrativos de Tomada de Contas Es- Secretário Municipal de Auditoria e Das Obrigações do Gestor d) a possibilidade de sustentabilidade das ações após a conclusão do pecial. imoral. a administração parceria. sob pena de responsabilidade solidária. inciso III. 29 de outubro de 2014. 70. sões e das medidas que tomaram em decorrência dessas auditorias. D E C R E T A: pública municipal poderá. exclusivamente para assegurar prazo de até 90 (noventa) dias a partir do término da vigência da IV . 3º. 39. obrigatoriamente. quando comprovada qualquer das seguintes ocor- Decreto os convênios entre orgãos da administração pública direta no plano de trabalho. até o período de que trata a prestação de contas.00 . pesquisa de I . 88. ou ções: DECRETO Nº. sem prejuízo de outros elementos. Art. com previsão de recursos tecnológicos e I .00 GABINETE DO PREFEITO SECRETARIA MUNICIPAL DE GABINETE SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS PLANEJAMENTO E GESTÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Art. por ato próprio e independentemente de § 1º A definição do prazo para a prestação final de contas será es- Art.320. b) prática de ato de gestão ilegal. garantida a prévia defesa. contados da data de seu recebimento. ilegítimo. competente.declaração de inidoneidade para participar em chamamento dezembro de 2013. O poder público. no prazo de 10 (dez) dias da abertura de vista. além de outras normas expedidas pela comprometam ou possam comprometer as atividades ou metas da seu signatário por certificação digital. satisfação com os beneficiários do plano de trabalho e utilizará os sociedade civil. Art. vedada a subdelegação. tante legal e o contador responsável. além de prazos e normas de elaboração constantes do instrumento de tauração de tomada de contas especial. tendo como base os pareceres técnico Carlaile Jesus Pedrosa áreas correspondentes de atuação existentes. à seguinte dotação orça- R$ CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. V. As prestações de contas serão avaliadas: meios públicos de comunicação por radiodifusão de sons e de sons contas devida pela organização da sociedade civil. 4. mas não da análise jurídica prévia da minuta do termo realizadas e a comprovação do alcance das metas e dos resultados sobre a prestação de contas e comprovação de resultados. a legalidade. com a descrição pormenorizada das atividades do prazo que a administração pública possui para analisar e decidir tes. com base no relatório técnico de monitoramento e avaliação de contas. 83. será instaurada quando problemas detectados. QUINTAS E SÁBADOS. Parágrafo único. em especial o De- Art. quantificação do dano e obtenção do ressarcimento. dar-se-á.º 5.150. em até 150 (cento e Da Responsabilidade pela Execução e pela Emissão de Pareceres fins de monitoramento e avaliação do cumprimento do objeto. parágrafo 1º. comissão de monitoramento e avaliação designada. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. permitindo tabelecido no instrumento da parceria. na Art. bem como de suas conclu- ladas à parcela liberada. desde que Art. tas. trabalho e com as normas deste Decreto e da legislação específica. o órgão gestor po- a visualização por qualquer interessado.00 45. b) os impactos econômicos ou sociais.prática de qualquer ato ilegal. termos de colaboração e D E C R E T A: 1º deste artigo devem ser previamente informadas à organização da Art. A administração pública municipal terá como objetivo apre- Seção II término da sua vigência. situem próximos ao local de aplicação dos recursos.análise das atividades realizadas. de modo a evitar sua descontinuidade. bem como ao conselho repassados. parceria e de indícios de irregularidades na gestão dos recursos. Seção II Poder Executivo do Município mediante termo de colaboração ou ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR IV . Art 85. A organização da sociedade civil está obrigada a prestar as III .falta de comprovação de aplicação de recursos repassados pelo DECRETO Nº 37. 86.ocorrência de desfalque ou desvio de dinheiro. e financeiro. que o homologará.emitir parecer técnico conclusivo de análise da prestação de con- em seu arquivo os documentos originais que compõem a prestação I . IV . Na hipótese de não execução ou má execução de parceria em contas finais da boa e regular aplicação dos recursos recebidos no públicos. da sociedade civil deverá apresentar prestação de contas parcial. da organi- tração pública municipal realizará.regulares. anos de sua aplicação. conforme definido em regulamento. clusivo para fins de avaliação do cumprimento do objeto. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. nicipal e pelos órgãos de controle. a) relatório da visita técnica in loco realizada durante a execução da I . facultada a defesa do interessado no Seção VII derem ao disposto no caput deste artigo e no art. sempre que possível.º Art. por prazo não superior a 2 (dois) anos. impacto do benefício social obtido em razão da execução do objeto a execução do termo de colaboração ou de fomento.MG. fundamentadamente. pro- 106. do cumprimento das metas e do midade do cumprimento do objeto e os resultados alcançados durante qualquer outra falta de natureza formal de que não resulte em dano deficiência. Art. sempre que possível. Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 45. periódicas ou exigíveis dos fatos.retomar os bens públicos em poder da organização da sociedade e celebração do instrumento. 73.600.assumir a responsabilidade pela execução do restante do objeto após a conclusão de etapas vinculadas às metas do objeto.BR . II deste artigo.320. quando evidenciarem impropriedade ou linguagem adequados à garantia de acessibilidade por pessoas com II . § 5º A manifestação conclusiva sobre a prestação de contas pela ad- DA RESPONSABILIDADE E DAS SANÇÕES Art. de políticas públicas e ao órgão de controle interno correspondentes. 63. termos de colaboração O Prefeito Municipal de Betim. A autoridade competente para assinar o termo de creto nº 34. Do Monitoramento e Avaliação § 2º Os dados financeiros serão analisados com o intuito de estabele- providências para apuração dos fatos. por igual período. a sua veis. 75. no momento de entrada em vigor tados pela organização da sociedade civil na prestação de contas. devendo ser levadas em consideração por ocasião da pal. devendo primeira parcela dos recursos financeiros. O responsável por parecer técnico que conclua indevidamen- § 1º Para a implementação do disposto no caput. sendo permitida delegação a autoridades diretamente Prefeito Municipal Parágrafo único. dele- se for o caso. dade civil deverá conter elementos que permitam ao gestor da parce- § 1º O prazo referido no caput é limitado a 45 (quarenta e cinco) dias aplicou a penalidade. A Tomada de Contas Especial. a partir do do caput e dos §§ 1º e 2º em até 15 (quinze) dias do seu transcurso. da Lei Federal n. divulgará. a autoridade administrativa siva do Secretário Municipal. Parágrafo único. será concedido prazo para a organização da sociedade civil sanar enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até ciedade civil na ampliação de metas do objeto da parceria. fotos e vídeos. deste decreto. Betim. penal e civilmente. de acordo com a complexidade do de da administração direta ou indireta do Município.1. no caso de paralisação ou da ocorrên- § 3º O dever de prestar contas surge no momento da liberação da deste artigo o Secretário Municipal ou correlato.descrição sumária das atividades e metas estabelecidas. inde- ou do termo de fomento deverá considerar ainda em sua análise os possam ter sido causados aos cofres públicos. ciar a prestação final de contas apresentada. 65.acompanhar e fiscalizar a execução da parceria. no Município de Betim. Da tomada de contas especial Davson do Prado Seção VIII c) o grau de satisfação do público-alvo.000. restituição aos cofres públicos dos valores repassados. 79 deste Decreto. Art. II . no âmbito da administra- II . identificação dos responsáveis e quantificação do dano. no de trabalho aprovado e no termo de colaboração ou de fomento.45. cadas pelo gestor ao administrador público.advertência. bem para os efeitos de prestação de contas.º 5. 77. 71. no máximo. As parcerias existentes.valores efetivamente transferidos pela administração pública e § 1º No caso de parcela única. A prestação de contas deverá ser feita observando-se as re- ciada impropriedade ou qualquer outra falta de natureza formal de aplicar à organização da sociedade civil parceira as seguintes san- gras previstas neste Decreto. como as providências adotadas ou que serão adotadas para sanar os Parágrafo único. inciso III. com base nos indicadores estabelecidos e aprovados Art. rências: e indireta.600. CAPÍTULO VII Art.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 45. da legislação vigente. 69.

00 O Prefeito Municipal de Betim. DECRETO Nº 37. ção de Inexigibilidade de Licitação.01.44905200.392. Secre- Carlaile Jesus Pedrosa Secretária Adjunta de Planejamento e Orçamento Prefeito Municipal Mauro Silva Reis DECRETO Vânia Alves Estevão Secretário Municipal de Saúde NOMEIA SECRETÁRIO DE ESCOLA Secretária Adjunta de Planejamento e Orçamento Gestor do SUS – Betim/MG O Prefeito Municipal de Betim.000. O lote”A” ficou 101.00 Prefeitura Municipal de Betim.666/93. Assunto: Ratificação.122. 26 da Lei Nº 309. Prefeito Municipal. a partir da presente data.2155. 2213 33504300 010000 para o exercício finan- mentárias do Fundo Municipal de Saúde .0050.000.000. do cargo comissionado de Secretário de Escola. tivo ao convênio celebrado em 27/03/2013 com o PONTO DE CON- 309.HEWLETT- da no valor do crédito mencionado. Wagner Lara Braga A presidente da Junta de Julgamento Fiscal Sanitário de 2ª Instância. que trata da reno- Secretário Municipal de Saúde Art.2171. Revogam-se as disposições em contrário. EXONERA SECRETÁRIO DE ESCOLA Art.0050.000. Vila Verde e Art.010052 R$ 2. considerando a justificativa e o Parecer Jurídico juntados TOTAL A SUPLEMENTAR R$ nº 088. 26 da Lei Nº 216.0005.010055 R$ 150.º 4.000.000. da Lei Federal n. 309. para Serviço de Manutenção e Supor- da Fundação Artístico-Cultural de Wagner Lara Braga CPF nº 109.0004.000.904. cinco reais).000.010048 R$ 4. da Secretaria de Obras e Serviços Públicos .: Art.10.00 (Sessenta e sete mil. 29 de Outubro de 2014.00 Prefeitura Municipal de Betim.00 Art.BR . Data da assinatura do contrato 08/10/2014. Signatários: Mauro Silva Reis. novecentos e vinte e ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR Carlaile de Jesus Pedrosa O Prefeito Municipal de Betim.01. na sala de reuniões da Diretoria de Vigilân- Prefeito Municipal. do cargo comissionado de Assessor II. Para ocorrer o disposto no artigo 1º deste Decreto.0050. de 15 de Novembro de 2014.13.1.010048 R$ 32.2152.010048 R$ 10.33903900. CPF nº Gerais. ficam 309.º: 4700/2012.000.2153.00 Art.000.2152.031.00 mentada no art. Extrato do Contrato nº 195/14. Comunicado: DECISÃO 1ª INSTÂNCIA TACTO NOVA CANAÃ PARA A PROMOÇÃO DO BEM – ESTAR O Prefeito Municipal de Betim. Foram desclassificadas/ 309. à seguinte dotação orçamentá- Art. Vânia Alves Estevão EXONERA AUXILIAR DE GABINETE 07/11/2014. 028/2014. Secretária Adjunta de Planejamento e Orçamento O Prefeito Municipal de Betim.392. os requisitos legais em vigor.10.000. 1º. da Lei Federal 8. Revogam-se as disposições em contrário. Secretário Adjunto de Administração marmitex.000.122. da pêutico para a rede de saúde.000.0002.2062 – 33903900 010000. por atender DECRETO partir da presente data. para contratação da Empresa ML & HL COMERCIAL LTDA.301.00 Art. Prefeitura Municipal de Betim.0005. 5º termo adi- DE 29 DE OUTUBRO DE 2014.304. PAC 068/2014.00 TOTAL A ANULAR Art. a partir de 01 de Outubro de Wagner Lara Braga Prestação de Serviços de preparação e entrega de refeições . DIVISÃO AD- 309.00 150.000.956/06.00 Licenciamento Ambiental. da Superintendência de virtualização de Hardware do Município de Betim. DECRETO Nº 37.FMS: DECRETA: Carlaile de Jesus Pedrosa sunto: Ratificação.00 Art.0042.2155.0049. Wagner Lara Braga Art. DECRETO meses.27. 29 de Outubro de 2014.1. IL Nº 06/2014. da Lei Federal n.00 EXONERA SUPERVISOR I SMS/FMS de Betim-MG. tipo Secretária Adjunta de Planejamento e Orçamento 2014.302.10. DECRETO 8.0002. fundamentada no Art. 1º Fica exonerada VIRGINIA BARBOSA VIEIRA CARMO. convoca os membros da junta a participarem de Preços acima nos termos propostos. através da Ata de Registro de Preços Nº 108/2013.000. TARTANHA PROGRESS LTDA-ME. por espontânea 310.000. 3º. 107.1.010000 R$100.317/99.000. 309.33903600.00 Prefeitura Municipal de Betim. de 17 de março de 1964 e a Lei Municipal EXONERA ASSESSOR II Prefeitura Municipal de Betim. 4º. 29 de Outubro de 2014.10.000.1.0042. FMS/SMS de Betim-MG. no uso de suas atribuições e conside- Prefeito Municipal DECRETA: – rando o artigo 43. Ref.4. Representante da Contratada.Valor: R$ 71.122. Jesus Pedrosa.182. fica anula- Carlaile de Jesus Pedrosa DECRETA: norma legal supracitada.649.000.33903000.00 Art.797. PP 33903900 010000.866/90.1.04.33903900. O processo fica com vista 101.000. n° 715. 29 de Outubro de 2014.031.00 EXONERA AUXILIAR DE GABINETE retroagindo seus efeitos a 20 de Outubro de 2014.º 5.666/93. do Gabinete do Prefeito.0042.010055 R$ 150. fica anu- do Gabinete do Prefeito. às seguintes dotações or- Wagner Lara Braga de enquadramento na penalidade máxima. retroagindo seus efeitos a 02 de Outubro de 2014.1.31901100. Secretaria Municipal de Esportes e Defesa civil. Prefeito Municipal REGULADO: Derli da Silva Hortêncio inclusão de valor no item 4. Vânia Alves Estevão Secretário Adjunto de Administração Pregão Eletrônico nº 95/14. IX.010048 R$ 30. Secretário Adjunto de Administração conheço. da 309. 3º.31901100. a situa- Prefeitura Municipal de Betim.1. Extrato do 1º Termo Aditivo do Contrato DECRETA: nº 129/13. 29 de outubro de 2014.523.GOV.1. Representantes da Contratada.31901100. NOMEIA AUXILIAR DE GABINETE ao PAC Prefeitura Municipal de Betim.649.122.10. no caso.243.301.122.10.1. Pregoeira 29/10/14.: Fornecimento de pasta para prontuário.000.2146.00 R$ 473.44905200.010052 R$ 2.2005. Ref. da norma legal supracitada. Prefeito Municipal Wagner Lara Braga – EPP. SEMAS.1.º 4. Prefeitura Municipal de Betim.0049. a partir de 01 de Outubro de 2014.0002. 216.1141. da 105.1. 2º termo adi- 309.2341. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.000.2166. 101. e Geraldo de Jesus Rocha. do Gabinete Secretário Adjunto de Administração rias da Fundação Artístico-Cultural de Betim .301. Data 23/09/14. Para os efeitos do disposto no Art.33903000. NOMEIA VICE-DIRETOR II-A Contrato: R$ 67. 1º.010000 R$50.00 Art. A licitação ficou fracassada.0049. e Sérgio Maffei Filho.016/00. Carlaile Art. EMPADAS DONA CHICA LTDA. à seguinte dotação orçamentária Prefeito Municipal Art. de Eletrônico 078/2012 do FNDE/MEC. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.01. Publique-se. Bairro Centro período de vigência previsto na cláusula sétima do Convênio cele- n.010049 R$ 100. às seguintes dotações orça- EXONERA SUPERINTENDENTE cunstâncias atenuantes. da Divisão de MENTOS ELETRO-ELETRONICOS LTDA.000. Secretário Adjunto de Administração no uso das atribuições que lhe confere a Portaria SMS Nº 05 de.010048 R$ 141.010049 R$ 6. Administração. 29 de Outubro de 2014.1. à seguinte dotação orçamentária do O Prefeito Municipal de Betim. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.10. Prefeitura Municipal de Betim.302.2162.0043.1.0050.1. firmado Art. Assinatura do Termo Aditivo: 09/09/2014. 309. nos termos do art. contados a partir da data da assinatura do contrato. TOTAL A ANULAR Carlaile de Jesus Pedrosa n.010048 R$ 100.317/1999.2166.000. 148/14 – aquisição de cadeiras de rodas. 4º.000.010049 R$ 44.33903000.0042. Secretaria A. de 27 de dezembro de 2013. e a infração será caracteri- do em 27 de março de 2013.13.1. O Prefeito Municipal de Betim.416/87. a partir de 27 de Outubro de 2014.10.302.320.1141. SEMAS.FMS: retroagindo seus efeitos a 01 de Outubro de 2014. PA n.301. à autoridade sanitária competente no prazo de 15 (quinze) dias con- SOCIAL.2005.2341. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 3º.06.154. (quatrocentos e setenta e três mil reais).2005. 1º Fica nomeada DACI CLEIA ALVES DE OLIVEIRA. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. CPF nº Wagner Lara Braga (cento e noventa e três mil reais).2106 O Prefeito Municipal de Betim. tário Municipal de Saúde.33903000.00 309. 108. no uso de suas atribuições. Carlaile Jesus Pedrosa. Ratifico a Adesão de Registro 10 de Junho de 2013. Carlaile de Jesus Pedrosa D E C R E T A: DECRETA: Prefeito Municipal Art.122.FUNARBE: Secretário Adjunto de Administração Gabinete.08. Prefeito Municipal entre o Município de Betim e Paulo Afonso de Oliveira-ME.010002 R$150.0050. ETP-EQUIPAMEN- 101. para atendimento às necessidades da Divisão de Serviços 1º Fica exonerada CRISTIANE PEREIRA. inciso III. parágrafo 1º.2341. considerando a justificativa e o Parecer Jurídico juntados 216. Revogam-se as disposições em contrário.1. ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR Prefeitura Municipal de Betim. (sexta feira). quinhentos e vinte e três reais e cinqüenta e um centavos) na dotação TOTAL A SUPLEMENTAR R$ 473.33903700. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Lei Municipal Nº 5. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.2137. 29 de Outubro de 2014.º: 6212/2013. a situação de Adesão a Registro de Preços. 4º.FMS: Secretário Adjunto de Administração zada como gravíssima.301. 2º. 2º.925. Signatários: Carlaile Jesus Pedrosa. DIVISÃO AD- DECRETO Nº 37.392. de 17 de março de 1964 e a Lei Municipal Secretário Adjunto de Administração 042.33903900.666/93. –ME.1. tação nº 12/12. no uso de suas atribuições e conside- Carlaile de Jesus Pedrosa N. Prefeito Municipal TOTAL A SUPLEMENTAR R$ 193. da Art.10.071. a partir de 01 de Outubro de 2014.01. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 1º Fica exonerada PATRICIA ANGELICA DIAS SILVA.2140. Prefeito Municipal CONVOCAÇÃO tuições infantis dos Bairros Vila Alpina. para exercer o cargo de Auxiliar de te Técnico para Solução de Consolidação de Servidores através da Betim .000.1.000. Prefeitura Municipal de Betim.00 Art. art. Inexigibilidade de Lici- Secretaria Municipal da Educação.2.1. Passamos a decidir conforme Lei Estadual 13.00 432.010000 R$ 100.06. no uso de suas atribuições. Data 01/10/14. 29 de outubro de 2014.1 da cláusula quarta e a prorrogação do Art. do Setor de HAIAEL COMERCIAL LTDA.1 da cláusula quarta e a prorrogação do de 17 de março de 1964 e a Lei Municipal Wagner Lara Braga ENDEREÇO: Praça Tiradentes.649.0050.1. DECRETO retroagindo seus efeitos a 06 de Outubro de 2014. XII. para exercer o cargo de Vice-Diretor II-A. As- Carlaile de Jesus Pedrosa sunto: Extrato do Contrato de Prestação de Serviços Nº 104/2014. fracassado. da Seção de Parques Jardins e Reservas. 15. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.000. Art. 1º.º 5.00 R$ 600. 29 de outubro de 2014. 29 de outubro de 2014.136/34.122.10. 2º.122.Valor do DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. da Secretaria Municipal de Meio Ambien- TOS TERAPÊUTICOS PERSONALIZADOS COMERCIO LTDA E 101.706/00.0005. Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 150. por atender os requisitos le- Carlaile Jesus Pedrosa Prefeito Municipal DECRETO da reunião ordinária nº 001/2014.00 te e Desenvolvimento Sustentável. firmado com Labo-Cito Exames Citológicos Ltda. PAC nº 175/14. 29 de Outubro de 2014. n.1. Secretaria A. inclusão de valor no item 4. 4º.FUNARBE: do Prefeito. nos termos do art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se. Paulo Afonso de Oliveira.000. decreto 7. Wagner Lara Braga ao PAC Nº 160/2014.1.000. Secretaria Municipal da Educação.00 TOTAL A ANULAR SECRETARIA ADJUNTA DE ADMINISTRAÇÃO Nº 163/2014. retroagindo seus efeitos a 01 de Outubro de 2014. CPF nº Lei 13. Carlaile Jesus Pedrosa Prefeito Municipal com Femag Indústria e Comércio de Pastas para Arquivamento Ltda Art. Revogam-se as disposições em contrário. 1º Fica nomeada ISABELA ADALGISA GOMES CUSTODIO. funda- lada no valor do crédito mencionado.1. parágrafo 1º.00 309. Art.00 ra Municipal de Betim: 309.317/1999. a partir da presente data.010049R$ 100. ria do Fundo Municipal de Saúde . 125.º 4. QUINTAS E SÁBADOS. a xigibilidade de Licitação acima nos termos propostos.10. às seguintes dotações or- 309.2005. no lote “A”. para contratação da Empresa . O infrator poderá recorrer da decisão condenatória em 1ª instância TACTO NOVA CANAÃ PARA A PROMOÇÃO DO BEM – ESTAR 309.2002.BETIM. Para ocorrer o disposto no artigo 1º deste Decreto. DECRETO 101.010000 R$ 123. Prazo: 12 Art.812.79 (Duzentos e vinte e sete mil setecen- D E C R E T A: SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL tivo ao convênio celebrado em 29/05/2012 com o PONTO DE CON- Art.00 ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 Publique-se e notifique-se para adoção da medida.2002. 29 de Outubro de 2014.33903000.10.0049. Administração.010049 R$ 6. ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR O Prefeito Municipal de Betim.33903900. §1º. re- Art.786/19. Art.º 5. Objeto: O objeto do presente Termo Aditivo refere-se a Carlaile de Jesus Pedrosa tados do recebimento de notificação da presente decisão.122. Vila Cristina. MÔNICA FERREIRA SOARES PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM. no uso de suas atribuições. Em: 29/10/2014.31911300.13.1.301. Secretário Adjunto de Administração MUNICÍPIO: Betim UF:MG brado em 29 de maio de 2012. no uso de suas atribuições.302.10.2153. Lei 13. Objeto: Vânia Alves Estevão da Secretaria Municipal da Educação. Signatários: Mauro Silva Reis. PAC nº 110/12. de Saúde.MG.000.0050.º PROCESSO: 0862/2014DATA ABERTURA: 10/09/2014 SOCIAL. no caso. franqueada aos interessados.010000 R$193. As- Fundo Municipal de Saúde .2070 – – 33903900 33903900 010000. Para os efeitos do disposto no Art.31911300.0001.01.1.33903000. -PACKARD BRASIL LTDA.000.617. da Secretaria XII e XXXVI do artigo 99 do Código de Saúde do Estado de Minas MINISTRATIVA E FINANCEIRA.00 Superintendência de Trabalho Emprego e Renda. 3º. da Lei Federal n.0002.33903900. Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 193. Prefeitura Municipal de Betim.010000 R$100. Paquetá. 1º Fica nomeado SALUS ANTONASCE DE PAULA. DECRETA: Carlaile Jesus Pedrosa Art. 25. Julga proposta PE nº 083/14 – PAC nº 101. 108.0005. VII.892 de 2013.01.00 Art. PA n. a partir de 28 de Outubro de 2014. CPF Prefeito Municipal 8. e Fernando Celso GABINETE DO PREFEITO SECRETARIA MUNICIPAL DE GABINETE SECRETARIA ADJUNTA DE ADMINISTRAÇÃO DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. do cargo comissionado de Auxiliar de Ga- •Distribuição dos processos para julgamento referentes às empresas: binete. CPF nº Serviços de atendimentos ambulatoriais de apoio diagnóstico e tera- 709. Carlaile de Jesus Pedrosa FMS/SMS de Betim-MG.320. em atendimento as insti- Art.00 309. Para ocorrer o disposto no artigo 1º deste Decreto. 1º Fica exonerada JANAINA APARECIDA DE S ROCHA. do cargo comissionado de Superintendente. reconheço. no uso de suas atribuições. rando o artigo 43. Lei 13.10. de 27 de dezembro de 2013. I.000.700.010000 R$100. Prefeitura Municipal de Betim.010002 R$150. Fica aberto o crédito suplementar no valor de R$ 473. qual seja procurar o infrator.00 DECRETA: haver concurso de agravantes.000.0049.726/97.000. Adesão a Registro de Preços Nº 037/2014.1. O Prefeito Municipal de Betim. no uso de suas atribuições e conside- Lagos.10. inciso III. cia à Saúde. D E C R E T A: DECRETO Art. ser primário e não ceiro de 2014.010000 R$ 70. Pregão Prefeitura Municipal de Betim.33903900.01.1.317/1999 e ciente de que a reincidência torna passível período de vigência previsto na cláusula sétima do convênio celebra- anuladas no valor do crédito mencionado. CPF nº empresas: anuladas no valor do crédito mencionado. MINISTRATIVA E FINANCEIRA.FMS: O Prefeito Municipal de Betim.33903000. de 27 de dezembro de 2013.0001.000.153.2142. do cargo comissionado de Auxiliar de Gabinete. do cargo comissionado de Supervisor I.543 de 12/06/2013.010000 R$250. Para ocorrer o disposto no artigo 1º deste Decreto.452. Secretaria A.2168. (cento e cinquenta mil reais). R$ 150. Vigência: 01/10/2014 a 31/01/2015. CLEBER APARECIDO PARANHOS SANTOS.00 DECRETA: inabilitadas conforme Ata de Julgamento autuada no processo as Art..1.00 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.2249 105. Secretário Municipal Art.2005.122. da Gradua-se a pena como leve quanto aos incisos I.00 Viveiros.0002.00 R$ 193. 1º Fica exonerado MARCELO MOREIRA CORDEIRO.320. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 29 de Outubro de 2014. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação .152.010049 R$ 44.33904600.33903000.51(Setenta e um mil çamentárias do Fundo Municipal de Saúde .10. nas Dotações Orçamentárias: 107.10. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.000.00 055.10.6 ÓRGÃO OFICIAL (seiscentos mil reais).00 DECRETO o exposto decido o presente processo administrativo.1.10.33909300. e como cir- tos reais e setenta e nove centavos) na dotação orçamentária nº.000. 2º.da Gerência Regional Santa Cruz. LAU COMERCIO DE EQUIPA- çamentárias da Câmara Municipal de Betim: 309. no uso de suas atribuições.697. TOTAL A ANULAR TOTAL A SUPLEMENTAR R$ 600. no uso de suas atribuições. CPF nº 010000. vação dos membros julgadores da Junta Gestor do SUS – Betim/MG CPFnº 062.0005. para aquisição de espremedor de frutas cítricas.302. parágrafo 1º. para tratar sobre os seguintes pontos de pauta: Mauro Silva Reis DECRETA: •Portaria SMS 030.31900400. Prefeitura Municipal de Betim. a partir de 31 de Outubro de 2014. Prefeito Municipal.00 retroagindo seus efeitos a 28 de Outubro de 2014.2157. no uso de suas atribuições.2145.4.122. às seguintes dotações orçamentá- 792.33903000. XX- PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM. Gerais e fica o infrator apenado com a sanção de ADVERTÊNCIA.00 Municipal de Assistência Social.Considerando Valor: R$ 227.000.31901600. Em: 29/10/2014. inciso III. Objeto: O objeto do presente Termo Aditivo refere-se a rando o artigo 43. às seguintes dotações orçamentárias da Câma- 309. 112. no uso de suas atribuições. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.00 Prefeitura Municipal de Betim.302. para exercer o cargo de Secretário de Escola. retroagindo seus efeitos a 01 de Outubro de 2014.0049. ficam Prefeito Municipal caput.33903000.0005. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .366/85.0037.027.122.518.0042.010048 R$ 25.2. 1º Fica exonerada MARCILENE C M R VENEROSO. II e III. O Prefeito Municipal de Betim. Administração.000. com início à 14:00 horas do dia gais em vigor.122.122. Ratifico a Ine- GerênciasRegionais . vontade minorar as consequências do ato lesivo.010000 R$ 500. retroagindo seus efeitos a 27 de Outubro de 2014.1.00 309.

documento de guarda judicial da criança.019 de 31/07/2014. da Ata de Registro de Preços nº DA SILVA PARREIRAS do cargo comissionado de Supervisora do mos do artigo 11 e seguintes. e art. caso a família opte por concorrer pelo endereço do trabalho. lhes são conferidas pelo art. ATA EXONERA SUPERVISORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- Prioritariamente. havendo interesse de que a criança Art.16. PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ES- sétima e a inclusão de valor no item 4. nos termos da Lei integrante desta Resolução. Art. bem Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- Art. DA DIVULGAÇÃO DA INSCRIÇÃO V. Betim (MG). ASSUNTO: REEQUI- PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . e art.19. e art. Gestão de Materiais. Nos casos de crianças com deficiência. O endereço apresentado deve pertencer ao Município de Betim Secretária municipal da Educação SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO e aos bairros abrangidos pela instituição infantil em seu regimento Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. Vigência: 01/10/2014 a 31/01/2015.1 da Cláusula Quarta do Con- MED. quando houver. parte técnico emitido por profissional da área da saúde. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. (a) CARLAILE Incluindo 20/11/14 JESUS PEDROSA . Custos e Contratos para comunicação do in- exercício financeiro de 2014. no uso das atribuições que lhes são confe- Parágrafo único: A idade para o ingresso das crianças nas instituições II. RESOLVEM: Art. O processo de renovação.CISMEP.BR . Art. e art. é indispensável. Em situação de excepcionalidade o total de crianças encaminhada à Diretoria Pedagógica de Educação Infantil imediata- por turma poderá ser alterado após análise da Secretaria Municipal mente à sua conclusão. do Lote 02.ME. Laudo médico comprobatório da deficiência e certidão de nascimento dos irmãos Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Mé0. nos termos de determinado para renovação e. Os casos omissos e as situações de excepcionalidade serão LICITAÇÃO Nº 029/2014. A classificação dos inscritos obedecerá aos critérios de priori- Art. 2º. no horário por elas definido.3º.17.7º. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo e ou responsáveis não compareçam.CISMEP. IV. Art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEI- cretaria Adjunta da Educação Infantil através da Diretoria Pedagógi- §3º. CRONOGRAMA INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . que o desconto oferecido pela empresa contratada CENTRAL OXI tocentos e oitenta e quatro mil seiscentos e cinqüenta e cinco reais e DA INSCRIÇÃO Art.original e cópia de comprovante de residência.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. MINAS LTDA. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. 23. tendo em Art. 28 de outubro de 2014. PA n. que II. IV. PREGÃO Assunto: RESOLUÇÃO Nº 053. CARLAILE JESUS PEDROSA. Geraldo Magela Diniz Santos mento da presente decisão.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .CISMEP.BETIM. as Resoluções em contrário. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . do Contrato do Divulgação para renovação de matrículas 03/11/14 a 05/11/14 Período de renovação de matrículas 06/11/14 a 11/11/14 Divulgação de inscrição 12/11/14 a 18/11/14 Consórcio. nos termos de sua 7ª Alteração. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. 1º. Municipal de Betim. XXX.cópia do comprovante do NIS.lista de espera da instituição em formulário próprio.comprovante de residência. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 049. pelo prazo de 5 (cinco) dias úteis. no prazo constante do Anexo I.4º. 14. CARLAILE JESUS PEDROSA. A listagem de classificação dos inscritos deverá ser Parágrafo único. A organização das turmas da Educação Infantil seguirá os pa- dos inscritos no ano anterior.5 1. 1º Fica exonerada CARINA LANZA SARAIVA do cargo comissionado de Coordena- publicação.original e cópia do cartão de vacinas.655. no período DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULAS ÇÃO DO EQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINACEIRO E/OU CAN- art.20.2206 Art. 18. QUINTAS E SÁBADOS. DIVISÃO AD- Excepcionalmente. Encerrado o período de inscrição. Betim (MG). (a) CARLAILE JESUS §2º Para renovação da matrícula serão solicitadas cópias do cartão Art. DISPENSA DE refere-se a prorrogação do período de vigência previsto na cláusula Infantil e apoio da Secretaria Adjunta de Educação Infantil . aplicadas pelo Juizado da Infância e ções da Secretaria Estadual da Educação de Minas Gerais. MINISTRATIVA E FINANCEIRA. Art. Foi julgada vencedora a empresa: RF CONSULTORIA LTDA ROLINE GRUIMARAES REZENDE LAR do cargo comissionado CAPÍTULO III tempo. preferencialmente conta de luz ou DAS NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA RENOVAÇÃO. os pais ou responsáveis deverão CELAMENTO” do registro de preço do medicamento Oxacilina sua 7ª Alteração. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA PRESIDENTE DO CISMEP. bem como anexar o presente Processo Administrativo ao Assinatura do Termo Aditivo: 09/09/2013. CARLAILE JESUS PEDROSA.13. XXX.0 DE MATOS FRANCO do cargo comissionado de Supervisora do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. nos da Educação Infantil da Rede Municipal será igual ou superior a qua- os critérios de prioridade estabelecidos no Anexo II. considerando a necessidade de definir os procedimentos inscrição.º: 33661/2013. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . O pregoeiro 29/10/2014. 1º Fica exonerado BRENO RENATO COELHO do cargo comissionado de Chefe de Contabilidade do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. MIV ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO À MATERNIDADE. do comprovante de residência e do o acesso e permanência na escola é direito de todos. A inscrição será realizada pelo responsável da criança. CAPÍTULO VI de Outubro de 2014. cabendo à instituição comunicar a fa- râmetros definidos pela Secretaria Municipal da Educação de Betim. quando devidamente comprovado. (cinco) anos de idade nos Centros Infantis Municipais e. as mesmas serão DA ORGANIZAÇÃO DOS AGRUPAMENTOS OU TURMAS preenchidas observando-se prioritariamente a lista de classificação Art. na mesma data. Assunto: DECISÃO. Declaração expedida pelo contratante. EXONERA COORDENADORA DO CONSÓRCIO INTERMUNI0.-ME. 29/10/2014. no ano de 2014. tuição. 1. . Objeto: O objeto do presente Termo Aditivo cação infantil. De acordo com os autos do processo. Art. 18. atualizado. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. acesso e permanência das crianças de 04 (quatro) meses a 05 impressos devidamente preenchidos. observadas as faixas etárias. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 050. com deficiência terão prioridade para atendimento na mesma Insti- 061/2014. deverá proceder à nova inscrição.CISMEP. A organização do quadro de turmas de cada instituição será DA OFERTA E DA DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS nº 133/2014 – Registro de preços para futura e eventual aquisição Assunto: RESOLUÇÃO Nº 052. Juventude ou pelo Ministério Público de Minas Gerais. §1º. EXONERA SUPERVISORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014.11. Processo Administrativo de Compras em epígrafe. Crianças cujo irmão ou irmã seja portador de deficiência esteja e Irmãos de deficiente devidamente matriculado na instituição 7ª Alteração. I.Berçário (04 meses a 01 ano) – 06 crianças por Professor da Edu- pais ou responsáveis à instituição e efetivação da matrícula. Infantil Parágrafo único.CISMEP. dio Paraopeba . 43. 28 de Outubro de 2014. CRIÇÃO E EFETIVAÇÃO DE MATRÍCULAS NA REDE MUNICI- IV. (A) João dereço residencial ou de trabalho. os irmãos da criança MEP.Creche III (3 anos) – 10 crianças por Professor da Educação In- CAPÍTULO III fantil DA DIVULGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO dora do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – V. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua fantil análise e classificação. RESOLUÇÃO SEMED 004 DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 §2º. serão assim distribuídas: nova data e horário para credenciamento e disputa. RESOLVEM: Art. RESOLVEM: Art. a contar da data do comunicado. Não haverá novas inscrições durante o período de análise e desta Resolução. 39. Betim (MG). Assunto: RESOLUÇÃO Nº 051. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES VI. mês de novembro de cada ano. Julgamento da Licitação Convite nº 002/2014 . INS- conta de água. nos ter- apresentar os seguintes documentos: Sódica 500mg – Solução Injetável. proporcionou ao Consórcio.cartão de vacina da criança. efetivação de matrículas.244. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. IV. §1º. para a elaboração da lista de (cinco) anos de idade nas instituições de Educação Infantil da Rede classificação. PROCESSO FÂNCIA E VELHICE.PRESI- CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. salvo os casos previstos no fantil inciso I do art. conforme inciso LÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO OU CANCELAMENTO DE JESUS PEDROSA. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. 18. através de listagem que será afixada em seu VI. nos termos de sua QUADRO DE CRITÉRIOS DE PRIORIDADE Variáveis Bolsa Família Cartão Cesta Básica Cartão Cesta Escola Descrição Famílias Beneficiárias do PBF Famílias beneficiárias do CCB Famílias beneficiárias do CCE Crianças em situação Desnutrição/sobrepeso de desnutrição ou sobrepeso Mãe com idade inferior a 18 anos que esteja Mães adolescentes frequentando a escola. O processo fica com vistas franqueadas aos interes- Paraopeba – CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. para conhecimento da comunidade. A inscrição e efetivação de matrículas serão realizadas no ficando revogadas.Pré-escola II (5 anos) – 20 crianças por Professor da Educação quadro de aviso. (a) João Luiz Teixeira .Creche I (1 ano) – 06 crianças por Professor da Educação Infantil estarão sujeitas à análise e. A efetivação da matrícula dos alunos devidamente inscritos liares administrativos cumprirem e fazerem cumprir as disposições e classificados se dará de acordo com o número de vagas da insti- desta Resolução e Instruções Complementares.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. PROCES- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. XXX. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CIS- PEDROSA .22 (Oi- CAPÍTULO II nhadas à consideração da Secretaria Adjunta da Educação Infantil. nas insti- ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA RENOVA- tuições de educação infantil. do Contrato do Consórcio.Creche II (2 anos) – 08 crianças por Professor da Educação In- -se-á sempre a classificação já existente.SE- Art. Os documentos exigidos para apresentação e a realização da vista a legislação vigente. Publique a presente decisão no Órgão 31/01/2015. SEMAS.0037. 18. Não haverá renovação automática de matrícula. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . 310. desde que devidamente inscritos em época própria DICAMENTOS E PRODUTOS PARA A SAÚDE LTDA. parte e classificados nos termos dos critérios de prioridade do Anexo II. Assinatura do Convênio: 24/09/2014. salvo no caso de trabalho comprovado. XXX. do Contrato do Consórcio. – Objeto: Prestação de serviço de consultoria em departamento pes- termos de sua 7ª Alteração.comprovante do local de trabalho de um dos pais ou responsável PAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DE BETIM legal. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. de chefe de nutrição do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA tentes. atualizado.certidão de nascimento da criança. A Pregoeira NICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . 24 de outubro de cada ano. ADMINISTRATIVO DE COMPRAS Nº 107/2014. o que retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014.priorizar dentro da lista de espera ou .CISMEP. 1. para o comparecimento dos I. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Mé- 2014. realizada considerando tanto o atendimento às turmas já existentes. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de educação infantil municipal. A comunicação da família será feita através de ligação telefôni- a proporção entre o quantitativo de professor da educação infantil e ca. la obedecerá ao cronograma constante do Anexo I. IV. REGISTRO DE PREÇOS. As matrículas descritas no inciso I poderão ocorrer a qualquer soal. nos termos Assunto: DECISÃO.5 retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014.número de Identificação Social (NIS).08. CISMEP – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba da Educação.PRESIDENTE DO CISMEP.10.2213 33504300 010000 para o CAPÍTULO I IV. com a parceria da Diretoria Pedagógica de Educação da Lei Federal nº 13. quando houver. e art.5º. mília da criança que estiver em primeiro lugar no recorte etário. PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS N° 083/2013. de fios cirúrgicos. no prazo constante do Anexo I.0 Art. Betim (MG). para a efetivação da matrícula respeitar- III. através da Secretaria Adjunta de Educação Infantil. 28 de Outubro de 2014. A instituição de Educação Infantil. CAPÍTULO II §1º.GOV. quando for o caso.14.br. RESOLVEM: Art. garantindo ÇÃO. À de Outubro de 2014. estabelece normas para o atendimento na inscrição são: Rede Municipal de Educação Infantil de Betim. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. conforme legislação educacional vigente e obedecendo as orienta- cia e/ou sob medidas protetivas. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. do Contrato do Consórcio. te. nos itens nº 29. Art.2. no uso de suas Art.CISMEP. Art. cismep. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. CAR- Art. especificidades das instituições de educação infantil. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. data de sua publicação. 14. parte integrante desta Resolução. ANEXO II 14.0030. 18.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 7 OFICIAL orçamentária nº. Não há reserva de vagas. ANEXO I EXONERA CHEFE DE CONTABILIDADE DO CONSÓRCIO interno.2. 1º Fica exonerada BRUNA MARIA Documentos complementares comprobatórios do enquadramento nas variáveis Extrato bancário do mês anterior ou atual Peso Declaração expedida pela SEMAS Declaração expedida pela Gestão do Cartão Cesta Escola Laudo médico 0. 28 de Outubro de 2014. A instituição de Educação Infantil divulgará o resultado da CISMEP.documento de guarda judicial da criança.CISMEP.08.0 Certidão de Nascimento e Declaração de frequência à Escola. de acordo com §2º. Esta Resolução aplicar-se-á às instituições de Educação In- Termo Aditivo do convênio celebrado em 02/01/2014 com a APRO- Parágrafo único: O período de inscrição e efetivação de matrículas fantil que firmarem parcerias voluntárias com a Administração Pú- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. INDEFIRO o pedido de “RECOMPOSI- peba . Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº RA . ao preencher a ficha de atribuições. INSCRIÇÃO E EFETIVAÇÃO DE MATRÍCULAS NA REDE o período diário mínimo de 05 (cinco) horas para atendimento das MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DE BETIM. deverá orientar aos pais ou responsáveis sobre a sua res- para acesso e permanência das crianças de 04 (quatro) meses a 05 ponsabilidade de manter os dados e o endereço sempre atualizado. cação Infantil §3º Excepcionalmente serão aceitas inscrições ao longo do ano. Caso surjam vagas no decorrer do ano letivo. ca de Educação Infantil.original e cópia da certidão de nascimento ou carteira de identidade 020/2014. CISMEP – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba. conforme preceitua a Lei Federal 8. Art. independentemente de inscrição ou classificação pré-exis- . 1º Fica exonerada CA- tro meses de idade completos.5 CIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . XXX. CARLAILE de vacina atualizado da criança. parte integrante § 2º. Betim (MG). A presente Resolução estabelece as diretrizes para organi- Art. 28 EFETIVAÇÃO DE MATRÍCULAS III. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. A ata está disponível na íntegra no site do CISMEP www.priorizar a partir da Lista de espera de lista de espera e das 2014 – variável novas inscrições apenas para 2014 . DENTE DO CISMEP. à coordenação pedagógica e aos auxi- Art. 2° Esta Resolução entrará em vigor na Art. Art.8º A renovação de matrículas será efetivada na instituição de §2º. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . Será feita posteriormente nova publicação com EXONERA CHEFE DE NUTRIÇÃO DO CONSÓRCIO INTERMU- quanto à capacidade de acolhimento em função do espaço físico. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de ETAPAS DATAS Saúde do Médio Paraopeba . 14.PAC nº 113/2014 ridas pelo art. inscrições.0 CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PAROPEBA-CISMEP dio Paraopeba . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. teressado. IN- deverá ser amplamente divulgado pelas próprias instituições de edu- blica através de Termo de Colaboração ou de Fomento. RESOLVE: II. 28 0. CAPÍTULO I V.Secretário Executivo do CISMEP.PRESI- 1. Compete ao diretor. Art. 14. conforme quadro encaminhado pela Se- Federal 7853 de 24/10/1989. Vigência: 02/01/2014 até de 10 (dez) dias letivos.Secretário Executivo PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM. IV. em 03 (três) tentativas. RECURSO ADMINISTRATIVO.18. 31 de outubro de 2014. presentes os fundamentos. Caso os pais CAPÍTULO V como do parecer jurídico. 1º Fica exonerada FABIANA permaneça na instituição.15. DA ORGANIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DA INSCRIÇÃO E DA II. injustificadamente. LAILE JESUS PEDROSA. 18. pois a igualdade de condições para DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 020/2014.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. quebra do equilíbrio econômico-financeiro do compromisso. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art.PRESIDENTE DO CISMEP. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.244. 22. Análise e classificação da inscrição De 01/12/14 a 04/12/14 Resultado da análise e da classificação dos inscritos 05/dezembro/2014 Efetivação de matrículas: De 08/12/14 a 19/12/14 Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. será realizado em novembro e DAS DISPOSIÇÕES FINAIS do CISMEP. matrículas de crianças com deficiên- 90% do restante das vagas serão oferecidas conforme integrante desta Resolução. Valor: R$ 884. Secretário comprovante do NIS.CISMEP. nos termos de sua 7ª Alteração. 310. Mary Rita de Cássia do Prado Luiz Teixeira . I artigo 206 da Constituição da República Federativa do Brasil. analisados pela Diretoria Pedagógica de Educação Infantil e encami- TERILIZAÇÃO A ÓXIDO DE ETILENO. IV. inscrição e efetivação de matrícu- dades estabelecidos no Anexo II.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP.666/1993. TÍTULO I III. será solicitado laudo sados. a instituição analisará os zação. TÍTULO II da(s) criança(s). CAPÍTULO IV comunica a SUSPENSÃO do Pregão Eletrônico nº 086/2014 – PAC Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. Reconheço o benefício vênio celebrado em 02 de janeiro de 2014. no uso das atribuições que SECRETÁRIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO. A divulgação do período de inscrição deverá iniciar no mês VI. As turmas da Educação Infantil serão organizadas anualmen- I. Assunto: 2º terá duração de 05 (cinco) dias letivos. do Contrato do Consórcio. 12. tendo em vista que não foi comprovada a Art. nos termos do Memorando n° 288/2014 por não estarem Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. I. contratuais e determino a elaboração de termo aditivo para cumpri- orçamentária correspondente para 2015. em dias diferentes. RESOLVEM: Art. 46 do Lote 01 e item 06 vinte centavos) na Dotação orçamentária nº.6º. . Para efetuar as matrículas.CISMEP. §1º. para Art. retroagindo seus efeitos a 30 de setem- Período de Inscrição 19/11/14 a 29/11/14 bro de 2014. Pais que trabalham e Pais trabalhadores não tem com quem deixar os filhos.com. defiro a revisão dos valores 33504300 010000 para o exercício financeiro de 2014 e dotação período de novembro a dezembro de cada ano e terá duração mínima Betim. A família poderá fazer a opção de concorrer à vaga pelo en- Secretário adjunto da Educação Infantil Oficial de Betim/MG.MG. A organização das turmas da Educação Infantil observará as efetivação da matrícula. Betim (MG).original e cópia de documento de identidade do(s) responsável(is). 21. terá duração mínima de 10 (dez) dias letivos. Na perspectiva de atendimento à família. SO ADMINISTRATIVO DE COMPRAS N° 169/2013.5 de Outubro de 2014. As vagas existentes nas instituições de Educação Infantil. REQUERENTE: SOLUMED DISTRIBUIDORA DE ME- § 1º A divulgação para renovação deverá ser realizada no início do tuição Infantil. Betim (MG).9º.Pré-escola I (4 anos) – 20 crianças por Professor da Educação In- Art. no período de 05 dias criança atendida: letivos.

XXX.CIS- Paraopeba . IV. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . Clélia Patrícia Figueiredo Coura Assunto: RESOLUÇÃO Nº 059.PRESIDENTE DO CISMEP. 1º Fica nomeada DENTE DO CISMEP. e art. Betim (MG). Médio Paraopeba . e art.SECRETÁRIO Médio Paraopeba . Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. RESOLVEM: Art. no uso das atribuições que lhes são con- ção. 18. 18. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . IV.PRESI- TEIXEIRA. CARLAILE EXECUTIVO DO CISMEP.CISMEP. Secretário Executivo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . do Contrato do Consórcio. CARLAILE JESUS nomeado SANDRO MAGNO BARBOSA para exercer o cargo co- LAILE JESUS PEDROSA. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de EXECUTIVO DO CISMEP. 1º Fica exonerada Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.CISMEP. e art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . IV. e art. (a) CARLAILE JESUS PE- do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . do Contrato do Consórcio. ba . (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . 14. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. da Lei 8666/93. do Contrato do Consórcio.PRESIDENTE DO CISMEP. 14. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA .CISMEP. Betim (MG). retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. retroagindo seus efeitos a 01 de outu- Assunto: RESOLUÇÃO Nº 073. RESOLVEM: Art. 28 de outubro de 2014. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 056. nos termos de sua 7ª Alteração. de cozinha do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- NOMEIA CHEFE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚ- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . XXX. Betim (MG). exonerado SANDRO MAGNO BARBOSA do cargo comissionado Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CIS- 14. Chefe de transporte do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Assunto: RESOLUÇÃO Nº 065. 2° Esta Resolução entrará em vi- 2014. Betim (MG). 18. 1º Fica exonerada GABRIELA Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CIS- sua 7ª Alteração.PRESIDENTE DO CISMEP. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . RESOLVEM: Art. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 068. e art.SECRETÁRIO nerada RENATA REGINA REIS VIDIGAL do cargo comissionado Assunto: RESOLUÇÃO Nº 064. RESOLVEM: Art. do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba .ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 8 OFICIAL DENTE DO CISMEP. 2º Esta Resolução entra em vigor na data Assunto: RESOLUÇÃO Nº 071. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 058. 14. nos termos de CISMEP. 14.CISMEP.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. e art. e art. RESOLVEM: Art. do Contrato do Consórcio. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 067. CARLAILE JESUS Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . MEP. SILVA PARREIRAS para exercer o cargo comissionado de chefe do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. Secretário Executivo retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. XXX. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. 28 de Assunto: RESOLUÇÃO Nº 074. XXX. RANDA FIGUEIREDO do cargo comissionado de Supervisora do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. e art. art. NOMEIA ASSESSORA TÉCNICA DO CONSÓRCIO INTERMU- 7ª Alteração. 28 NICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA .CISMEP. retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. nos termos de sua 7ª Alteração. no uso das atribuições que DROSA . (a) JOÃO LUIZ TEIXEI- Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- seus efeitos a 01 de outubro de 2014. e art. JESUS PEDROSA.CISMEP. MEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. e art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . 14.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP.PRESI- Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraope- bro de 2014. DENTE DO CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA.PRESIDENTE DO CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. 1º Fica nomeada RENATA REGINA EXONERA SUPERVISOR DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL Médio Paraopeba – CISMEP. Secretário Exe- EXECUTIVO DO CISMEP.CISMEP. peba . CARLAILE JESUS DENTE DO CISMEP. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. CARLAILE JESUS PE- . 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. PRESIDENTE DO CISMEP.CISMEP. 14. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de PEDROSA. DE 28 DE OUTUBRO DE 7ª Alteração.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. nos termos de sua 7ª Alteração. 18. Assunto: RESOLUÇÃO Nº 066.MG. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. Betim (MG). Alteração. CARLAILE JESUS PE- DA FIGUEIREDO para exercer o cargo comissionado de chefe do LAILE JESUS PEDROSA. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. 28 de Outubro de 2014. Art. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . 14. (a) JOÃO LUIZ INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . 28 de outubro de INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . 14. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. Secretário Exe- Art. TO COELHO para exercer o cargo comissionado de coordenador do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CIS- Saúde do Médio Paraopeba . CARLAILE JESUS PE- Art. INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . RESOLVEM: Art. Art. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. CARLAILE JESUS PEDROSA. no uso das atribuições que lhes são MEP. (a) CARLAILE JESUS PE- SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA .SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP.CISMEP.PRESI- LAILE JESUS PEDROSA. IV.CISMEP. do Contrato do Consór- DO CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. Art. 28 Assunto: RESOLUÇÃO Nº 072. 1º Fica exo- lhes são conferidas pelo art. IV. CARLAILE termunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014.CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. nos termos de sua TEIXEIRA . 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. NIO DE OLIVEIRA para exercer o cargo comissionado de chefe do LUIZ TEIXEIRA . IV. Betim (MG).SECRETÁRIO Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Mé- MEP. XXX.CISMEP. 1º Fica NICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . Objeto: realização de apresentação CARLAILE JESUS PEDROSA. do Contrato do EXONERA CHEFE DE COZINHA DO CONSÓRCIO INTERMU- Art. XXX. 18. Presidente e JOÃO LUIZ musical do Grupo “AG2” no dia 12/10/2014 a partir das 10 horas no RA. Secretário Exe- missionado de assistente administrativo do Consórcio Intermunicipal Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Mé- DENTE DO CISMEP. nos termos de sua 7ª Alteração. art. IV. 18. sua 7ª Alteração. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. DROSA. 14. Betim (MG). do Consórcio. 28 de outubro de 2014. RESOLVEM: Art. Art. 14.CISMEP. QUINTAS E SÁBADOS. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. do Contrato do Consórcio.SECRETÁRIO cutivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba de Saúde do Médio Paraopeba . com fundamento no art. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. 2014. XXX. 1º Fica nomeado BRENO RENA- TEIXEIRA. 28 de outubro peba . . 7ª Alteração. e art.CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. retroagindo Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- PEDROSA . RESOLVEM: Art. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. MEP. nos termos de sua EXECUTIVO DO CISMEP. 28 DE DO MÉDIO PARAOPEBA . Art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA PEDROSA. XXX. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. entre a FUNARBE e Estilo Co- MUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. NOMEIA CHEFE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE Consórcio. GABRIELA CUNHA DE OLIVEIRA para exercer o cargo comissio- EXECUTIVO DO CISMEP. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Betim (MG). Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo RA . XXX. 18.CISMEP.CISMEP. CAR- retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. do Contrato do Consórcio. 2° Esta Resolução entrará em vigor na NOMEIA ENCARREGADA DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- cargo comissionado de assistente administrativo do Consórcio In- PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . nos termos de sua 7ª Alteração.CISMEP. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. IV. 14. 1º Fica nomeada YASMINN MIRAN- CIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . 2º Assunto: RESOLUÇÃO Nº 070. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.SECRE- DE DO MÉDIO PARAOPEBA . e art. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . (a) CARLAILE JESUS PEDROSA .PRESI- Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraope- de outubro de 2014.PRESIDENTE DO CISMEP.CISMEP. Betim (MG). DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. 1º Fica exo- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. NOMEIA CHEFE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE REIS VIDIGAL para exercer o cargo comissionado de diretora do DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . e art. IV. Secretário na data de sua publicação. de outubro de 2014. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . Secretário 7ª Alteração. A presidente interina da FUNARBE ratifica o PAC 183/2014 – Ine- FUNDAÇÃO ARTÍSTICO-CULTURAL DE BETIM-FUNARBE xigibilidade de Licitação 104/2014. 1º Fica nomeada FABIANA DA ANTÔNIO DE OLIVEIRA do cargo comissionado de Supervisor do Assunto: RESOLUÇÃO Nº 061. 1º Fica nomeada CAROLINE CUNHA DE OLIVEIRA do cargo comissionado de Supervisora do MEP. IV. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. RESOLVEM: Art. PAC 183/2014. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do DENTE DO CISMEP. (a) CARLAILE NOMEIA ASSISTENTE ADMINISTRATIVO DO CONSÓRCIO DENTE DO CISMEP. Art. JESUS PEDROSA . Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. RESOLVEM: Art.CISMEP.PRESI- DROSA. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. tra em vigor na data de sua publicação. Secretário Resolução entra em vigor na data de sua publicação. conferidas pelo art. IV. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA .PRESIDENTE DO art. RESOLVEM: Art. CARLAILE JESUS PEDROSA.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. RESOLVEM: Art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . 18. Secretário retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014.SECRETÁRIO do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. Horta – Presidente interina. 18. CARLAILE data de sua publicação. lhes são conferidas pelo art. (a) JOÃO LUIZ cutivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. e art. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . 1º Fica nomeada LUANA RESENDE DENTE DO CISMEP. do Contrato do Consórcio. MEP. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. Secretário 2014. DE 28 DE OUTUBRO DE GUIMARÃES REZENDE LAR para exercer o cargo comissiona- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. 14.CISMEP. Betim. e art. XXX. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. 2014. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.CISMEP.CISMEP. do Contrato do Consórcio. 18. nos termos de sua 7ª de outubro de 2014. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo TEIXEIRA . (a) CARLAILE JESUS PEDROSA NOMEIA CHEFE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚ- DROSA . (a) CAR- nos termos de sua 7ª Alteração. Art. seus efeitos a 01 de outubro de 2014. Betim (MG). 14. cutivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba Consórcio. retroagindo seus efeitos a 30 de setem- SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. NOMEIA CHEFE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚ- Alteração.PRESI- NOMEIA ENCARREGADO DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- DENTE DO CISMEP. sua 7ª Alteração. 18.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. EXONERA SUPERVISORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . 28 de Outubro de 2014. e art. Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- JESUS PEDROSA . sua publicação. RESOLVEM: Art. Fica nomeada OLARIA DA SILVA ALEXANDRE para exercer o EXONERA SUPERVISORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- Paraopeba – CISMEP.PRESIDENTE DO CISMEP. 28 de outubro de 2014. DE 28 DE OUTUBRO DE lhes são conferidas pelo art. 18. Betim (MG). 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de DE DO MÉDIO PARAOPEBA . nos termos de sua DO CISMEP. retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014. retroagindo data de sua publicação. nos termos de sua 7ª Alteração. 1º Fica nomeado RUBEM COUTI- PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . Assunto: RESOLUÇÃO Nº 060. 18.CIS- Alteração. RESOLVEM: Art. 1º Fica . Betim (MG). 28 peba . MOREIRA para exercer o cargo comissionado de chefe do Consór- EXECUTIVO DO CISMEP. de Outubro de 2014. 28 MEP. Betim (MG). 10/10/2014. de outubro de 2014. (a) CARLAILE PEDROSA. Presidente e JOÃO LUIZ de sua publicação. 2º Esta Resolução en- dio Paraopeba . 14. (a) CARLAILE JESUS JESUS PEDROSA.SECRETÁRIO EXECUTIVO FUNDAÇÃO ARTÍSTICO-CULTURAL DE BETIM – FUNARBE RA . do Contrato do Consórcio. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. . 18. do Contrato do Consórcio. CARLAILE Médio Paraopeba .SECRETÁRIO PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.SECRETÁRIO RESENDE MOREIRA do cargo comissionado de Supervisora do Assunto: RESOLUÇÃO Nº 062. no uso das atribuições que lhes são EXECUTIVO DO CISMEP. CARLAILE Art. nos termos de sua Assunto: RESOLUÇÃO Nº 055. XXX. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. retroagindo seus efeitos a 01 feridas pelo art.CISMEP. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art.CISMEP. 14. MEP. Betim (MG). (a) CARLAILE JESUS PEDROSA .CISMEP. XXX.GOV. 2º Esta Resolução entra em vigor Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.25.CISMEP.CIS- mércio e Serviços Ltda – ME. RESOLVEM: Art.CISMEP. retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. IV.CIS- EXECUTIVO DO CISMEP.CISMEP. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA .SECRETÁRIO Saúde do Médio Paraopeba . nos termos de sua 7ª Alteração. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. peba – CISMEP. Art. Secretário Exe- seus efeitos a 01 de outubro de 2014. 1º Fica nomeada CARINA LANZA Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. e art. XXX. de Coordenadora do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio NOMEIA DIRETORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE cio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . MATOS FRANCO para exercer o cargo comissionado de chefe do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. no uso das atribuições que Assunto: RESOLUÇÃO Nº 057. cio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . CARLAILE JESUS Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.CISMEP. nos termos de DENTE DO CISMEP. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. XXX. PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014.CISMEP. de Chefe de manutenção do Consórcio Intermunicipal de Saúde do MEP. 28 JESUS PEDROSA. CARLAILE JESUS PEDROSA. IV. CAR- retroagindo seus efeitos a 01 de outubro de 2014.CISMEP. 14. 28 SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . 18. 28 JESUS PEDROSA. do Contrato do Consórcio. e art. IV. 1º Fica nomeado JAIRO ANTÔ- LAILE JESUS PEDROSA .CIS- outubro de 2014. 2º Esta JESUS PEDROSA. de outubro de 2014.CISMEP. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação.CISMEP. IV. do Contrato do Consórcio. dio Paraopeba . Art. 18. do Contrato do Consórcio.CISMEP. Betim (MG). XXX. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . (a) CARLAILE JESUS cutivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba 2014.CISMEP. Presidente e JOÃO LUIZ 7ª Alteração. 1º Fica exonerada LUANA Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. CARLAILE JE- gor na data de sua publicação. EXONERA CHEFE DE TRANSPORTE DO CONSÓRCIO INTER- Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo EXECUTIVO DO CISMEP. Secretário Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. PAL DE SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . DROSA. XXX. no uso das atribuições que cio. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . Saúde do Médio Paraopeba . 1º Fica exonerada YASMINN MI- Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraope- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. IV. 2° Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . RESOLVEM: Art. retroagindo NOMEIA ASSISTENTE ADMINISTRATIVO DO CONSÓRCIO Extrato do contrato.CIS- Art. XXX. Art.SECRETÁRIO ba . XXX.CISMEP.CISMEP. IV.CISMEP.BR . 28 de Outubro de 2014. nos termos de sua 7ª EXONERA COORDENADORA DO CONSÓRCIO INTERMUNI- Art. (a) JOÃO LUIZ TEIXEI- . (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA . Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEI- 2014.SECRETÁRIO EXECUTIVO TEIXEIRA. nos termos de sua EXONERA SUPERVISORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- Art. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. 14. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . DE 28 DE OUTUBRO DE 2014.PRESIDENTE DO CIS- PEDROSA . 18. e art. 18. Art. Betim (MG). 2° Esta Resolução entrará em vigor na SAÚDE DO MÉDIO PARAOPEBA . RESOLVEM: Art. 18. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. 2º Paraopeba – CISMEP.CISMEP.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . 14. nos termos de sua 7ª TÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . XXX.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. CAR- NHO DA SILVA para exercer o cargo comissionado de encarregado JESUS PEDROSA. (a) JOÃO OLARIA DA SILVA ALEXANDRE do cargo comissionado de chefe Assunto: RESOLUÇÃO Nº 063. 28 de outubro de 2014.PRESI- 14.CISMEP. e art. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. de Outubro de 2014. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art.CISMEP. do Contrato do Consórcio. RESOLVEM: Art. 28 de Outubro de 2014. 28 de outubro de 2014. 18. Secretário de Outubro de 2014. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . EXONERA CHEFE DE MANUTENÇÃO DO CONSÓRCIO do de encarregada do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP.CISMEP. RESOLVEM: Art. 1º Fica exonerado JAIRO Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. 18. Betim (MG). (a) JOÃO LUIZ TEIXEIRA MEP.CISMEP. feridas pelo art.CISMEP. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. III. Betim (MG). Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. 28 IV. NOMEIA DIRETORA DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE de Outubro de 2014. do Contrato do . RESOLVEM: Art.PRESI- conferidas pelo art. nos termos de sua 7ª Alteração. nos termos de de outubro de 2014. Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA.PRESIDENTE DO CISMEP. IV.BETIM.CISMEP. SUS PEDROSA. do Contrato do Consórcio.CISMEP. XXX. 14.SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP.CIS- Executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Parao- DENTE DO CISMEP. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014.CISMEP.PRESI- art. Betim (MG). 1º Assunto: RESOLUÇÃO Nº 054. Betim (MG).SECRETÁRIO EXECUTIVO DO CISMEP. NOMEIA COORDENADOR DO CONSÓRCIO INTERMUNICI- nado de assessora técnica do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Art. Art. nerado RUBEM COUTINHO DA SILVA do cargo comissionado de Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo de 2014.PRESI- PEDROSA. nos termos de sua 7ª Alteração. IV.PRESIDENTE DO CIS- MEP. DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. SARAIVA para exercer o cargo comissionado de diretora do Consór- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba . do Contrato do Consórcio.SECRETÁRIO ba . Secretário bro de 2014. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publica- peba . Presidente e JOÃO LUIZ TEIXEIRA. do Contrato Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. XXX. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. 1º Fica nomeada BRUNA MARIA DE Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paraopeba – CISMEP. e art. Betim (MG). Assunto: RESOLUÇÃO Nº 069. IV. Art. (a) CARLAILE JESUS PEDROSA . RESOLVEM: Art. no uso das atribuições que lhes são con- EXECUTIVO DO CISMEP. CARLAILE retroagindo seus efeitos a 30 de setembro de 2014. do Contrato do Consórcio.

3º Revogam-se as disposições em contrário. lotada no Quadro Setorial da 41/2003 e considerando ainda o que consta no Processo Administra- Diretor Executivo PORTARIA IPREMB N° 180 DE 08 DE AGOSTO DE 2014.00. Cumpra-se. RESOLVE: GERALDA LINA DE ALMEIDA agindo seus efeitos a 08/09/2014. Diretor Executivo contribuição.392. matrícula nº. PORTARIA IPREMB N° 230 DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. Cumpra-se. matrícula nº. no uso de suas atribuições legais. Publique-se. EE C5 09. devendo a mesma perceber proventos tendo em vista o que dispõe o Art. devendo a mesma tendo em vista o que dispõe o Art. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- de Alvarenga. Extrato do contrato. conforme Decreto Palmares” no quintal da Casa da Cultura Josephina Bento.176-53.0020. 0112419-6. a servidora Leide Rodrigues Porfiria.16. 15. 325. que regulamenta a Lei 4276/05. Art. Contribuição. 15. e considerando ainda o que consta LEIDE RODRIGUES PORFIRIA Art. que regulamenta a Lei 4276/05. 363.121 de 02/02/06.00. de 02/12/2013. 0505643-8. orçamentária: 2. Vigência: a partir da assina- Betim. peças de reposição e toner. 15. com redação dada pela Emenda Constitucional Betim. Clélia Patrícia Figueiredo Coura efetivo de Professor P-II. de 29/08/2014. à servidora Rita Dornas dos Santos. Diretor Executivo efetivo de Agente de Serviços Escolares. lotada no Quadro Setorial da Educação. Inciso I. no uso de suas atribuições legais.121 de 02/02/06. no Quadro Setorial da Saúde. Inciso I. Cumpra-se. no uso de suas atribuições legais. símbolo SB C1 09. inscrita no CPF sob o nº. 3° da Emenda Constitucional n°.354.33903900. no uso de suas atribuições legais.GOV. tendo em vista o que dispõe o Art. de 28/08/2014. Publique-se. conforme Decreto Registre-se.16. conforme Decreto Betim. 40. manutenção corretiva e pio de Betim. a partir de 01/09/2014. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. inscrita no CPF sob o n°. Inciso I. inscrita no CPF da Lei 8666/93. III. Art.206-63. Art. Setorial da Educação.16. III.876-91. quinhentos e cinco) dias da média 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. ma perceber proventos integrais correspondentes à totalidade de sua tendo em vista o que dispõe o Art. 15. Publique-se. 16/10/2014. 15. Clélia Patrícia Figueiredo Coura referente à aposentadoria no cargo efetivo de Pedreiro.25. tribuição. inscrita no CPF O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- tendo em vista o que dispõe o Art. Publique-se. com fundamento no art. no CPF sob o nº. Betim. Vigência: a partir da assinatura do contrato e término Registre-se. perceber proventos integrais correspondentes à totalidade de sua re- tituição Federal de 1988. à servidora Helena Maria Cardoso CONCEDE APOSENTADORIA À Art. Art. 68 da Lei AUGUSTA MARIA ZEFERINO DE FREITAS LIMA agindo seus efeitos a 28/08/2014. Cumpra-se. de 01/09/2014. matrícula nº.999.33903900. do ex-servidor aposentado JORGE JOSÉ DO PATROCINIO. com fundamento no art. Inciso III. ocupante do cargo vo nº. tendo em vista o que dispõe o Art.996-20. matrícula nº.2345. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- tendo em vista o que dispõe o Art. 419 de 10/05/2013. matrícula nº.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . orçamentária: 2. de 03/09/2014. 0112843-4.136-73. devendo a mesma perceber Art. “b” da Cons- Betim.121 de 02/02/06 Art. Inciso I. ocupante do cargo efetivo tituição Federal de 1988. com redação da Emenda Constitucional n°. a partir de 02/12/2013. 15. Inciso I. 10 de outubro de 2013. retro- RESOLVE: CONCEDE APOSENTADORIA À pio de Betim. 29 de Setembro de 2014. 026. agindo seus efeitos a 03/09/2014. em 03/11/2014.13.392.2345 Registre-se. no uso de suas atribuições legais. Valor: Art. Cumpra-se. Diretor Executivo da Lei 8666/93. no Processo Administrativo nº. sob o nº. assistência técnica. a partir de 14/08/2014.BR . Publique-se. “b” da Cons- . devendo a mes- 21. devendo a mesma perceber proventos propor- 21. 3º Revogam-se as disposições em contrário. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. matrícula nº. a partir de 29/08/2014.496-00. tituição Federal de 1988. lotada no Quadro Setorial da Administração. trícula nº. Registre-se. 0102301-2. Vigência: a partir da assinatura do contrato e término Art. RESOLVE: 21. PORTARIA IPREMB N° 218 DE 23 DE SETEMBRO DE 2014. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. 0110968-5. muneração. retro- vo nº. retro- Dotação orçamentária: 2. símbolo pio de Betim. 378. inscrita no CPF sob o nº.16. matrícula nº. 031. no uso de suas atribuições legais. retro- contrato: 21/10/2014. Art.0005. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA da Saúde. 3° da Emenda Constitucional n°. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- PORTARIA IPREMB N° 220 DE 23 DE SETEMBRO DE 2014. retro- Art.616-68.00. conforme Decreto Art. Registre-se. que regulamenta a Lei 4276/05. Art. a servidora Vera Lúcia de Andrade do cargo efetivo de Agente Legislativo. Cumpra-se. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE BETIM. que regulamenta a Lei 4276/05. xigibilidade de Licitação 105/2014. . remuneração. Vigência: tendo em vista o que dispõe o Art. à servidora Maria José Tor- pio de Betim. trezentos e cinqüenta e quatro) dias torial da Educação. devendo a mesma perceber pro- tivo nº. na seguinte conformidade: Art. a partir MARIA DO CARMO MACHADO 21.25. considerando ainda o que consta do Processo Administrativo nº. no uso de suas atribuições legais. combinado com § 5º do Art.13. matrícula 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. Cumpra-se. Machado. 217. agindo seus efeitos a 02/12/2013. devendo tituição Federal de 1988. 15. ocupante do cargo efetivo de Auxiliar de pio de Betim. 40. 548. Clélia Administrativo nº. matrícula nº. conforme Decreto agindo seus efeitos a 25/08/2014. 14/07/2014. inscrito O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Registre-se. lotada no Quadro Setorial da Educação. da média de contribuição. Objeto: realização de Art. término em 20/10/2014. 364. símbolo de no Processo Administrativo nº. que regulamenta a Lei 4276/05. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Art. Art. de 03/09/2014. Clélia Patrícia Betim. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA A presidente interina da FUNARBE ratifica o PAC 186/2014 – Ine- tribuição. Cumpra-se. Registre-se. 378. 18 de setembro de 2014. Betim.596-77. no uso de suas atribuições legais. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA xigibilidade de Licitação 107/2014. no uso de suas atribuições legais. 15. 6° da Emenda Constitucional n°. Assinatura do contrato: 16/10/2014. Inciso III. Valor: RESOLVE: PORTARIA IPREMB N° 221 DE 24 DE SETEMBRO DE 2014. Betim. Publique-se. 3º Revogam-se as disposições em contrário. de 10/05/2013. Art. Assinatura do contrato: 16/10/2014. Inciso I. a servidora Celina Alves Ribeiro. a partir de 08/09/2014. lotada no Quadro Setorial 21. PAC 187/2014. Betim.Vitalícia correspondente a 100% (cem por cento) para a cônjuge tribuição. Inciso I. PAC 185/2014. Publique-se. lotada O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Betim. inscrita no CPF sob o nº. inscrita no CPF VERA LÚCIA DE ANDRADE MACHADO pio de Betim. tendo em vista o que dispõe o Art. 0112242-8. 3º Revogam-se as disposições em contrário. A presidente interina da FUNARBE ratifica o PAC 187/2014 – Ine- Parágrafo único. Publique-se. a 100% (cem por cento) do último provento do ex-servidor falecido. Inciso III. Lei Municipal n° 4275.13.010000 41/03.347.406-34. CONCEDE APOSENTADORIA À ventos integrais correspondentes à totalidade de sua remuneração.206-25. da Constitui- Registre-se. ocupante do cargo efetivo de Agente de – ME. incluindo ins- O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Diretor Executivo Serviços Escolares. 23 de Setembro de 2014.121 de 02/02/06 Art. 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. RESOLVE: PORTARIA IPREMB N° 219 DE 23 DE SETEMBRO DE 2014. § 1°. e considerando ainda o que consta no Processo Administrati- Diretor Executivo xigibilidade de Licitação 106/2014. e considerando ainda o que consta Horta – Presidente interina. 6° da Emenda Constitucional n°. Publique-se. e considerando ainda o que consta ma perceber proventos integrais correspondentes à totalidade de sua CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.33903900. com redação da Emenda Constitucional n°. 00939. Cumpra-se. Art. A pensão a que se refere o caput é correspondente 21. 3º Revogam-se as disposições em contrário.500. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- CONCEDE APOSENTADORIA À Extrato do contrato.036-20. entre a FUNARBE e J & H Copiadora e Papelaria Ltda RITA DORNAS DOS SANTOS EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA sob o nº. 883. Clélia Patrícia Figueiredo Coura Horta – Presidente Diretor Executivo agindo seus efeitos a 03/09/2014. que regulamenta a Lei 4276/05. 216 DE 18 DE SETEMBRO DE 2014.641. 6° da Emenda Constitucional n°. com redação da Emenda Constitucional n°. 15. III. CONCEDE APOSENTADORIA À Art. Betim. inscrita no CPF sob o nº.2341. símbolo G2 16 B.121 de 02/02/06 Art.416-29.500. início na data de assinatura e término em 31/12/2014. 23 de Setembro de 2014. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Idade.250. Valor: R$2. conforme Decreto EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA cargo efetivo de Professor PI-L. tribuição. 697. que regulamenta a Lei 4276/05. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. que regulamenta a Lei 4276/05. Publique-se. retro- tivo nº. 384. 3º Revogam-se as disposições em contrário. CONCEDE APOSENTADORIA À média de contribuição. com redação da Emenda Constitucional n°. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA res. RESOLVE: Art.010000.1.392. Art. que regulamenta a Lei 4276/05.121 de 02/02/06. Art. 6° da Emenda Constitucional n°. Inciso I. que regulamenta a Lei 4276/05.121 de 02/02/06. Cumpra-se. inscrita no CPF 060/2014. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Idade. Silva. 0201678-8. “b” da Cons- R$3. 0112811-6. Assinatura do 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. inscrita no CPF sob o nº. Publique-se. 24 de Setembro de 2014.121 de 02/02/06. Art.609 (sete mil.010000. 357.33903600. tura do contrato e término em 20/10/2014.00. 47/05. Diretor Executivo PORTARIA IPREMB N°. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. no Processo Administrativo nº. Assinatura do contrato: 10/10/2014.666-87. Dotação Art. lotada no Quadro RESOLVE: PORTARIA IPREMB N° 228 DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. do cargo efetivo de Professor P-I. QUINTAS E SÁBADOS. com fundamento no art. conforme Decreto Registre-se. pio de Betim.1.33903600.282. § 1°. a partir de 25/08/2014. ocupante do cargo 21. tivo nº. RESOLVE: PORTARIA IPREMB N° 229 DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. de 28/08/2014.0020. 08 de Agosto de 2014. RESOLVE: tribuição. símbolo ma perceber proventos integrais correspondentes à totalidade de sua 21.177 (dez mil. pio de Betim. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- CELINA ALVES RIBEIRO Vargas” para realização de apresentação artística no dia 01/11/2014 I . EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA de Serviçal. que regulamenta a Lei 4276/05. 328. lotada no Quadro Setorial Extrato do contrato. 15. lotada no Quadro Se- talação de equipamento. PORTARIA IPREMB N° 222 DE 24 DE SETEMBRO DE 2014. 3º Revogam-se as disposições em contrário. símbolo EA C6 03. seiscentos e nove) dias da .010000. 23 de Setembro de 2014. retro- de Freitas Lima. e considerando ainda o que consta PORTARIA IPREMB N° 225 DE 10 DE OUTUBRO DE 2013. 011. Nº 41/2003. Citrolândia. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- 21. 3° Revogam-se as disposições em contrário.2345.010000. no uso de suas atribuições legais. inscrita no CPF sob o nº. à servidora Selma Pena Rangel 47/05. Registre-se. 6° da Emenda Constitucional n°. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Idade. remuneração. 24 de Setembro de 2014. Cumpra-se. Art. entre a FUNARBE e Antônio vencimento AE C5 25. 15.121 de 02/02/06. de 28 de dezembro de 2005 e.1. § 1°. que regulamenta a Lei 4276/05. Inciso I.121 de 02/02/06 Art. conforme Decreto ção Federal de 1988.354 (seis mil. de 08/09/2014.IPREMB RESOLVE: proporcionais a 6. efetivo de Auxiliar de Enfermagem. cento e setenta e sete) dias da média de tendo em vista o que dispõe o Art.000. RESOLVE: pio de Betim. 336 Diretor Executivo proporcionais a 6. a servidora Juracy Simões Costa.028. 393.0020. Betim.16. símbolo SC C2 14. símbolo SB C5 09. sob o nº. O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Art. Betim. de 01/09/2014. 41/2003 e considerando ainda o que consta no Processo Administra- Figueiredo Coura Horta – Presidente interina.622. conforme Decreto Art. cujo pagamento é devido a partir da data do RESOLVE: CONCEDE APOSENTADORIA À César de Vargas. devendo a mes- remuneração. 15. Enfermagem. símbolo AA C4 05.MG. Inciso III. e considerando ainda o que consta no Processo Administrati- Art. 16/10/2014. retro- Art. no uso de suas atribuições legais.1. símbolo AA C6 03. em 13/10/2014. 400. to “9º Edição do Encontro Trincheira FM” em Citrolândia. 0112962-7. CONCEDE APOSENTADORIA À Art. retro- 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. Art.9 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 evento “Marcha para Jesus” no Bairro Icaivera em Betim. e considerando ainda o que consta no Processo O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Art. Valor: R$2. 486. Dotação orçamentária: 2. inscrita no CPF sob o nº. Patrícia Figueiredo Coura Horta – Presidente interina. Correa.361. cônjuge GERALDA MARIA DELGITE SILVA Art. Registre-se.928. ocupante do cargo efetivo de Técnico em Horta – Presidente interina. § 1°. O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- agindo seus efeitos a 01/09/2014. devendo a mesma perceber Art.0020.BETIM. que regulamenta a Lei 4276/05. sob o nº. de 25/08/2014. ocupante MARIA JOSÉ TORRES Registre-se. conforme Decreto Grupo “Sambalaço” no dia 18/10/2014 a partir das 20 horas no even- 21. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Betim. sidente interina. Cumpra-se.392. Inciso I. lotado no quadro setorial da Administração. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Idade. ma- O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- 21. Dotação orçamentária: 2. Diretor Executivo EF C1 15.1 21. 3º Revogam-se as disposições em contrário. símbolo EA C2 04. PAC 188/2014 – Dispensa de Licitação CONCEDE APOSENTADORIA À Betim. Objeto: contratação do capoeirista Mestre “Toni óbito. 40. 354. ocupante O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- apresentação musical do Grupo “Tykerê” no dia 19/10/2014 a partir agindo seus efeitos a 14/08/2014. tivo nº.252. Vigência: a partir da assinatura do contrato e Municipal 4275/05. e considerando ainda o que consta EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA cionais a 10. de 03/09/2014. Diretor Executivo agindo seus efeitos a 01/09/2014. lotada 21. 6° da Emenda Constitucional n°. Administração. a partir A presidente interina da FUNARBE ratifica o PAC 185/2014 – Ine- de contribuição. Art. matrícula nº. matrícula nº. no uso de suas atribuições legais. 381. retro- R$8.121 de 02/02/06. à servidora Geralda Maria Delgite O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- a partir das 18 horas no evento “Festival de Capoeira Zumbi dos LAIS FLOR DE MAIO COSTA PATROCINIO. a partir CONCEDE APOSENTADORIA À O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- agindo seus efeitos a 29/08/2014. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. PORTARIA IPREMB N° 227 DE 08 DE OUTUBRO DE 2014. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Art.00. a mesma perceber proventos integrais correspondentes à totalidade 41/2003 e considerando ainda o que consta no Processo Administra- CONCEDE PENSÃO de sua remuneração. proventos proporcionais a 7. Inciso I.121 de 02/02/06. Art. a partir Extrato do contrato. Horta – Presidente interina. a servidora Augusta Maria Zeferino JURACY SIMÕES COSTA pe da Paz Produções e Eventos Ltda – ME. devendo a mesma perceber proventos co Luis Alves Prado. tribuição. ocupante do cargo efetivo de Serviçal. 40 da CF/88 e Art. entre a FUNARBE e Prínci- proventos integrais correspondentes à sua remuneração. 40. 361.581. Art. 340 de 14/08/2014. 15. no uso de suas atribuições legais. PAC 186/2014. PORTARIA IPREMB N° 223 DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. Objeto: realização de apresentação musical do pio de Betim. Objeto: serviços especializados de reprografia. Clélia Patrícia Figueiredo Coura Horta – Pre- no Processo Administrativo nº. a partir de 03/09/2014. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 1º Fica concedida pensão para LAIS FLOR DE MAIO COSTA CONCEDE APOSENTADORIA À agindo seus efeitos a 10/05/2013. 3º Revogam-se as disposições em contrário. 515. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. SELMA PENA RANGEL CORREA EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA Enfermagem. da Lei 8666/93.2345. “b” da Cons- EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA lotada no Quadro Setorial da Educação. conforme Decreto preventiva.13. 16/10/2014. Inciso I. à servidora Geralda Lina de Almeida. 0200214-0.25. de 01/09/2014. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. tendo em vista o que dispõe o Art. tendo em vista o que dispõe o Art. Clélia Patrícia PATROCINIO. § 7°. HELENA MARIA CARDOSO DE ALVARENGA Art.475. ou seja.000. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.392. Clélia Patrícia Figueiredo Coura CONCEDE APOSENTADORIA À Betim. interina. ocupante do na Câmara Municipal de Betim. pio de Betim. conforme Decreto tendo em vista o que dispõe o Art. 0201780-6. 09 de Outubro de 2014. Publique-se. Art. retro- 41/2003 e considerando ainda o que consta no Processo Administra- 16/10/2014. conforme Decreto das 20 horas no evento “9º Edição do Encontro Trincheira FM” em Art. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA Art. devendo a mes- pio de Betim. 40. ocupante do cargo pio de Betim. símbolo EI C5 34. Dotação de 08/08/2014.121 de 02/02/06. Figueiredo Coura Horta – Presidente interina. 09 de Outubro de 2014. entre a FUNARBE e Frederi- O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Diretor Executivo da Saúde.505 (seis mil. Inciso I. Valor: R$3. Betim. 3º Revogam-se as disposições em contrário.215. 08 de Outubro de 2014. Assinatura do contrato: EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA Art.13. Inciso I.

14. no uso de suas atribuições legais. para prestação de serviços con- II – Pessoa Jurídica (estabelecimento de ensino): gindo seus efeitos à data de 23/09/2014. revo- mento Escolar. 373. no prazo estabelecido. EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO – TRANSBETIM d. 68 da Lei RESOLUÇÃO Nº 1.205. datado de 10/09/2014.436-53. 40. distribuição de feitos criminais dentro do prazo de validade. da Emenda Constitucional nº 41/03. promulgo a seguinte Resolução: Frota.13. ocupante do cargo tendo em vista o que dispõe o Art. da Lei Federal n. Transporte Escolar Credenciado do município de Betim/MG. CONCEDE DIPLOMA DE HONRA AO MÉRITO AO SENHOR RESOLVE: às condições estipuladas neste Edital e seus anexos. ao servidor Joaquim Ernesto Araújo de Andrade. Inciso I. 559. tribuição. proventos integrais correspondentes à sua remuneração. Cumpra-se. 40 da CF/88 e Art. ocupante do cargo Municipal 4275/05. à servidora Vânia Lúcia da Silva Art. 6° da Emenda Constitucional n°. 0200122-5. de 09/10/2013. O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- Betim. Presidente. 838. CONCEDE APOSENTADORIA À Presidente Betim. PORTARIA n. Marilene Alves Torres vigente. mento Externo. por seus representantes legais. Cumpra-se. exigido no inciso XV. matrícula nº. Art. à servidora Denise de Alcântara lução será feita em reunião solene da Câmara Municipal em data a 4. Inciso I da Constituição tifico. conforme Decreto (Originária do Projeto de Resolução nº 1. da comprovação exigida. a partir de 31/07/2013. estando o mesmo em conformidade com a legislação pertinente. 10 de Outubro de 2014. datado de 18/08/2014.6 A conferência dos documentos (para verificação da titularidade. pelos relevantes serviços ao BETIM Art. e considerando ainda 41/03. Recepcionista/Atendente.276. somente receberá a mesmo perceber proventos integrais correspondentes à totalidade de A Câmara Municipal de Betim. a partir de 19/08/2014. previsto na Portaria TRANS- determinado e o documentos descrito na alínea “b”. 059. 21.1 O presente edital tem por objeto o credenciamento externo de Betim. pena de multa diária de R$200. com funda- Especial de Betim. KLEYVERSON REZENDE.4 A apresentação da documentação exigida submete o interessado pante do cargo efetivo de Médico Pediatra. e considerando ainda o que consta no Processo CONCEDE TÍTULO DE CIDADANIA HONORÁRIA DE BETIM ao Ministério Público Estadual em 07/06/2013.5.1 Havendo mais de um protocolo do mesmo interessado. agindo seus efeitos a 14/08/2014. em data a ser marcada de comum acordo com o ho- 1. em Betim. de 19/08/2014. ato de reconhecimento e Parecer Jurídico todos acostado aos poderá ser requerida durante o prazo e horário de inscrição para o integrais correspondentes à totalidade de sua remuneração. apresentarem documentos incompletos ou com qualquer irregulari- O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- 1ª Secretária dade. 15.514. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Dire- 4. de autoria do Ve- EDITAL N. por seus representantes.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO E LEGISLATIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 10 OFICIAL no Processo Administrativo nº. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 730 de 31/07/2013. de 7 de outubro de 2014. Diretor Executivo e. termos da Lei n. 424 de 19/09/2014. 09 de Outubro de 2014. visando à contratação da empresa RIO MINAS – TERCEI- credenciamento).1 O interessado deverá preencher o Requerimento de Credencia- 1. do art. no uso de suas atribuições legais. conforme Decreto CONCEDE DIPLOMA DE HONRA AO MÉRITO AO PROFESSOR Regulamento e Legislação vigente e. 6° da Emenda Constitucional n°.certidão original de quitação militar e eleitoral. 29 de outubro de 2014. Motorista a. devendo a mes- Art. que emitirá lista de habilitados e inabilitados para PORTARIA IPREMB N° 233 DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. para deferir o pedido liminar. MÁRCIO JOSÉ DE OLIVEIRA.cópia do comprovante de endereço.1 Poderão participar do presente credenciamento externo as pesso- 3. transporte escolar municipal. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Art.437. Cumpra-se. diretamente no Setor de Atendimento à Permissio- e ainda considerando: Administrativo nº. 1º . 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- Art. de 29 de outubro de 2. inscrita no CPF sob o nº. 2º A entrega do Diploma a que se refere o Artigo 1º desta Reso- pela TRANSBETIM.006-00. reador Eliseu Xavier Dias) PROCESSO ADMINISTRATIVO nº: 043/2014 Art. lotada no Quadro Setorial de 41 de 2003 e considerando ainda o que consta no Processo Adminis- por suporte os documentos de requisição. conforme modelo constante do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ao qual foi dado provimento. especialmente pelo que dispõe seu pio de Betim. a Art. 7 de outubro de 2014.35 (cento e noventa e nove mil. Art.0027. retro- Prazo: 3 (três) meses. lotada no Quadro Município na sua gestão como Promotor de Justiça. à servidora Ana Lúcia Pinto. combinado com § 5º do Art. Presidente tando a habilitação para conduzir escolares nos termos da Legislação . ra- pela Justiça Federal. se a mesma estiver completa. constantes deste instrumento convocatório. Presidente. Estadual e Municipal.076-49. no uso de suas atribuições legais. 3º Revogam-se as disposições em contrário. 2º . e o Agravo de Instrumento n.IV. 548 de 29/09/2014. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. de 28/12/2005. vou e eu.Certidão negativa de débitos original referente ao Fundo de Garan- pio de Betim. Marcos Antônio da Paz gadas as disposições contrárias. 4. pelos relevantes serviços prestados nários. à servidora Maria do Carmo Ma- 41/03.Cópia do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ. Betim. nº 838. 0102146-0. apostilada no cargo comissionado de Di- Federal de 1988 com redação dada pela Emenda Constitucional n°. a partir do dia pio de Betim. Valor global: R$ 199.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . 702. 1º Fica concedido o Título de Cidadania Honorária de Betim ao Endereço: Empresa Municipal de Transporte e Trânsito . modo a reformar a decisão agravada denegatória de liminar em pri- no Quadro Setorial da Educação. pio de Betim. determinado no item 3. ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos 12 (doze) meses. pela Comissão de Credencia- Câmara Municipal de Betim. sob 2.2 Necessidade de credenciamento de profissional com respectivo PORTARIA Nº 231. Art. bem como aqueles que não atenderem às demais exigências CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.MG. de autoria do Vere- de Trânsito Brasileiro. (Originária do Projeto de Resolução nº 1. Art. do inciso I. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA reador Eutair Antônio dos Santos) lidade de 01 ano. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. com va- municipal. lotado no Quadro Setorial da Saúde.2014. e considerando ainda o que consta no Processo Art. apro- e funcionamento do Sistema de Monitoramento e Rastreamento da documentação do interessado.121. inscrita no CPF sob o nº. Publique-se. até o prazo descrito no Art. Betim. apresenta a seguir as efetivo de Auxiliar de Administração. com exceção dos documentos sem prazo de validade 41/03 e a Lei Municipal 4275/05. bem como pelo disposto no artigo 6º. 455. ço.TRANS- totalidade de sua remuneração. aprovou e NO dos interessados na prestação do Serviço de Transporte Escolar 2. para entrega de cópia primeiro(s) protocolo(s) (com toda a documentação contida neste(s)) Art. Art. JOAQUIM ERNESTO ARAÚJO DE ANDRADE Registre-se. MÁRCIO JOSÉ DE OLIVEIRA.Fica estabelecido o prazo até 27/02/2015 para instalação 4. ocupante do cargo efetivo de Oficial de Apoio a categoria B. alizado. 4. agindo seus efeitos a 31/07/2013. 09 de Outubro de 2014. Art. 176.Esta Portaria entra vigor na data de sua publicação. Município de Betim. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. CONCEDE APOSENTADORIA À RESOLVE ANA LUCIA PINTO Art. 21.PJ). efetivo de PEDAGOGO. matrícula nº. justificativa de Municipal de Betim e TRANSBETIM (a CND da TRANSBETIM Educação. Saúde.Pessoa Física: o direito à aposentadoria especial de magistério da servidora acima Art. Inciso I. 23 (vinte e três) profissionais. regulamentada pelo O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- RESOLUÇÃO Nº 1. firmado com empresa homologada e avaliará exclusivamente a documentação do último protocolo re- Registre-se. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA Presidente equipamento (veículo) para a prestação do serviço de transporte CONCEDE APOSENTADORIA ESPECIAL PROVISÓRIA À Diretor Executivo Marilene Alves Torres escolar municipal contra pagamento de mensalidade pelo usuário/ 1ª Secretária contratante do serviço. DO OBJETO E DA JUSTIFICATIVA Registre-se. emitido por to e o teor dos embargos de declaração opostos no writ pela autarquia Betim. 15. 3º Revogam-se as disposições em contrário.762/09. que regulamenta a Lei 4276/05. 1º . matrícula nº. 0209220-4. retroa- Art. devendo o KLEYVERSON REZENDE. matrícula nº. reunião solene.0027 RESOLVE: ao Município na sua trajetória como educador. 3º Revogam-se as disposições em contrário.o teor do Mandado de Segurança n. lotada no Quadro Setorial da Saúde. 0110265-6. subsidiado DENISE DE ALCÂNTARA MARTINS TORRES pela Lei Municipal de n. 2º O Título a que se refere o Artigo anterior será entregue em Telefone: (31) 3594-4371 Art. DA HABILITAÇÃO da 1ª Vara Cível desta Comarca.o novo mandado de intimação. à servidora MÁRCIA NOGUEIRA RESENDE DO PI- 21. Presidente. combinado com § 5º do Art. em especial quanto à documen- artigo 15. Estabelece prazo para instalação e funcionamento do Sistema de Mo- de sua emissão. que dispõe sobre o Regulamento do Serviço de não poderá exceder o prazo de 30 dias.341.º 8. ocu- RESOLUÇÃO Nº 1.3 A TRANSBETIM não se responsabiliza por documentação en- O Diretor-Presidente da Empresa Municipal de Transporte e Trânsito viada via postal ou entregue em outros setores que não sejam o es- – TRANSBETIM. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. explici- até decisão final do writ.00 (duzentos reais) por dia de inadim- PORTARIA IPREMB N° 235 DE 10 DE OUTUBRO DE 2014. lução será feita em reunião solene da Câmara Municipal em data a Art. 26 de agosto de 2014. Art. Marcos Antônio da Paz 1. 1º Fica concedido o Diploma de Honra ao Mérito ao Professor 03 a 14/11/2014. f. cellos Costa/Diretor – Presidente.5 O Setor de Atendimento à Permissionários. 2º . Operador de Telemarketing.666/93 e em atendimento ao TAC firmado junto chado. ISNAR MARCIL CARNEIRO. conforme Decreto EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA 21. 14/08/2014. Art. Cumpra-se. 24. Centro de Betim. devendo a mesma. setecentos d. que regulamenta a Lei 4276/05. DA INSCRIÇÃO PARA CREDENCIAMENTO da CF/88 e Art. 448. impetrado pela servidora em tramitação perante a Secretaria Art. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- tendo em vista o que dispõe o Art. expedido no prazo máximo de 30 dias. DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO de Betim.275. ocupante do cargo Dr.CREDENCIAMENTO EXTERNO RESOLVE: 21.O não comparecimento do Autorizatário para apresentação 4. publicação. por seus representantes legais. 1ª Secretária b. que regulamenta a Lei 4276/05. Art. ocupante ser marcada de comum acordo com o homenageado. retro- Marcos Antônio da Paz a. promulgo a seguinte Resolução: Municipal de Betim/MG. de modo a assegurar ma perceber proventos integrais correspondentes à sua remuneração. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Art. retro- Art. perceber proventos trativo nº. do Artigo 49. Câmara Municipal de Betim. Servente. situada à Av. e cinquenta e sete reais e trinta e cinco centavos).Fica concedida por ordem judicial temporária a APO- O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Municí- ATO DE RATIFICAÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO f. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Contribuição. no presente caso. Gilvaldo de Vascon- e. apro- 3. preços.666/93. sua remuneração. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA ser marcada de comum acordo com o homenageado. 0125643- RESOLVE: A Câmara Municipal de Betim. EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA símbolo SC C1 11. 347. e recebido Diretor Executivo nesta autarquia para dar cumprimento ao Agravo de Instrumento. Fazendas Federal. emitidas 23/09/2014. e expedido e rece- Art. a partir de 29/09/2014. mento no inc.atestado médico original de sanidade física e mental. 68 da Lei vou e eu. de do cargo efetivo de Professor PI-L. Maia. 6° da Emenda Constitucional n°. 10 de outubro de 2014.796-72. pessoas físicas e escolas interessadas na prestação do serviço de EVANDRO MANOEL FIRMINO DA FONSECA Art.883. conforme Decreto Tendo em apreço o Procedimento Administrativo nº 049/2014 e. O Diretor Executivo do Instituto de Previdência Social do Município CONCEDE APOSENTADORIA À ador Eutair Antônio dos Santos) 2.8. Publique-se.º 2/2014 .o mandado de intimação. Inciso I. inscrita no CPF sob o nº. inscrita no CPF sob o nº.121 de 02/02/06. Municipal 4275/05. 4º . BETIM nº 037/2014.cópia da carteira nacional de habilitação categoria D ou E.1 do Edital.096. Art. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado NHO. devendo a mesma perceber Art. 1º Fica concedida Aposentadoria por Invalidez. . inscrita no CPF sob o nº. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. no uso das atribuições legais que lhe conferem a pecificado no item 3. 4. lotada Art.TRANSBETIM. ção das penalidades previstas no Regulamento. Publique-se. Art. conforme Anexo I. matrícula nº.BETIM. tínuos de Auxiliar de Jardinagem. resultará na aplica- autenticidade e validade) será feita após o encerramento do prazo Diretor Executivo Art. símbolo EG C6 35. do Termo de Adesão ao Sistema. deste Edital e apresentar os seguintes documentos: meira instância.º 8. símbolo EF C6 15. Técnico de Desenvolvimento de Apoio Registro Civil das Pessoas Jurídicas. Publique-se. 68 da Lei Municipal 4275/05.Certidão negativa de débitos original junto ao INSS. de 02/02/2006. normas básicas que têm por objeto o CREDENCIAMENTO EXTER- nado de Gerente de Unidade Ambulatorial.Cópia do Alvará de Localização e Funcionamento de Atividades Diretor Executivo do IpremB calculado conforme a média de contribuição. lotada no Quadro Setorial da Administração. Setorial da Educação. símbolo AD C3 24. (Originária do Projeto de Resolução nº 1. Inciso I. Cumpra-se.1 As inscrições para a habilitação serão realizadas no período de c.884.121 de 02/02/06. RESOLVE: autos. devendo a mesma perceber proventos integrais.002595-1/001 oposto pela servidora perante o egrégio Martins Torres. a Projetos e Técnico de Apoio a Programação Semafórica no total de b.GOV. combinado com § 5º do Art. Publique-se. c. Publique-se. de 04/12/2012. Publique-se. DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. § 1º. que no Processo Administrativo nº. pelos relevantes serviços prestados ao da Transbetim. ISNAR MARCIL CARNEIRO. Betim/MG agindo seus efeitos a 19/08/2014. 0025951-87. 09 de outubro de 2014. símbolo SE C6 23. Câmara Municipal de Betim.º 048. agindo seus efeitos a 29/09/2014. de autoria do Ve- médico do trabalho. RESOLVE: CÂMARA MUNICIPAL DE BETIM Art. Governador Valadares. de 7 de outubro de 2014 Lei Municipal nº 4. . 1. no horário das 13h às 17h.121 de 02/02/06. PORTARIA IPREMB N° 234 DE 10 DE OUTUBRO DE 2014. de 7 de outubro de 2014 as físicas e escolas que satisfaçam todas as exigências previstas no Decreto n. nos ORDEM JUDICIAL. bido nesta autarquia para dar cumprimento ao Agravo de Instrumen- Registre-se. promulgo a seguinte Resolução: o que consta no Processo Administrativo de nº. 1º Fica concedido o Diploma de Honra ao Mérito ao Senhor Art. 15. apostilada no cargo comissio- Administrativo nº. 15. Copeira/Arrumadeira. símbolo EJ C6 50. nos incisos I e XII.BR . a partir de RIZAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA. tia por Tempo de Serviço. Tendo ainda g. AO DR. A Câmara Municipal de Betim. retro- menageado.757. 40 da CF/88 e Art. QUINTAS E SÁBADOS. no uso de suas atribuições legais.1. retro- efetivo de Professor P-II. Av. 29 de outubro de 2014.885. 1º. da Portaria 037/2014. para esta finalidade. e considerando ainda o que consta nitoramento e Rastreamento da Frota. I . 4. Governador Valadares. CUMPRA-SE. devendo a mesma perceber proventos integrais correspondentes à tribuição. 7 de outubro de 2014.121 de 02/02/06.884/14.Original dos Certificados de regularidade jurídica fiscal perante as CONCEDE APOSENTADORIA À Art.Cópia autenticada do Contrato social e última alteração existente Registre-se.prontuário da CNH original para comprovação de não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima. Centro.O Autorizatário deverá comparecer no Setor de Atendimento Comissão de Credenciamento Escolar fará o cancelamento do(s) agindo seus efeitos a 04/12/2012. 4º Revogam-se as disposições em contrário.7 Serão inabilitados os interessados que no prazo estabelecido VÂNIA LÚCIA DA SILVA MAIA Marilene Alves Torres tor Presidente da TRANSBETIM. inscrito no CPF sob o nº.883/14. registrados na Junta Comercial ou estatuto registrado em Cartório de Betim. plemento até o cumprimento da obrigação. motivação. tação. 2º A entrega do Diploma a que se refere o Artigo 1º desta Reso- 4. com letra legível. PORTARIA IPREMB N° 232 DE 09 DE OUTUBRO DE 2014.615-53. Porteiro dia/noite. que regulamenta a Lei 4276/05. a partir de 04/12/2012. Anexo II (A – Pessoa Física e B – Estabelecimento de Ensino . 4º Revogam-se as disposições em contrário. nos termos do Regulamento do Servi- Diretor Executivo Registre-se.certidões originais negativas ou positiva sem trânsito em julgado de SENTADORIA ESPECIAL DE MAGISTÉRIO.Certidões Negativas de Débitos originais emitidas pela Prefeitura retor II C. Betim. 3º .936-04.Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. 3º Revogam-se as disposições em contrário.885/14. a dispensa de licitação praticada.014 4. 853. no uso de suas atribuições legais e estatutárias. matrícula nº. previsto na Lei orgânica Municipal e Código MÁRCIA NOGUEIRA RESENDE DO PINHO EM VIRTUDE DE A Empresa Municipal de Transporte e Trânsito . 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. 09 de Outubro de 2014. 40 tendo em vista o que dispõe o Art. 0113479-5. 1º Fica concedida Aposentadoria Voluntária por Tempo de Con- eu.2 Os documentos exigidos não poderão exceder o prazo de 60 dias tendo em vista o que dispõe o Art. tribuição.

mínima de 16 anos no veículo que transportar escolar cursando en- DO CREDENCIAMENTO DE PESSOAS FÍSICAS Município de Betim/MG. explicitando a I.Será obrigatória a presença de acompanhante com idade SEÇÃO II Dispõe sobre o Regulamento do Serviço de Transporte Escolar do condutor auxiliar e até 02 (dois) acompanhantes. podendo a b.Serviço de Transporte Escolar: Serviço de interesse público.3 O interessado habilitado. serão arcados exclusiva- Art. aqui- d)Data de convocação dos solicitantes habilitados para apresentação Transporte e Trânsito – TRANSBETIM. XXI. XI. precá- a.O período. estando devidamente funda- XII. XIV. nos termos do XVI.Reserva da Autorização: interrupção temporária da prestação do BETIM para operação no serviço. III. denciamento. Art. e regulado por portaria específica da TRANSBETIM.O Serviço de Transporte Escolar Municipal autorizado pela de 01 ano. durante o período de da prestação do serviço de transporte escolar.atestado médico de sanidade física e mental. 26 . sem prejuízo c. 73. através do serviço através de um único veículo em seu nome e autorizatários com cinto de segurança. do trabalho. CAPÍTULO I o protocolo fora do prazo e/ou com parte da documentação exigida. Portaria 041/2014 – dispõe Art. com validade e Trânsito .8 Não será admitida a entrega de documentos após o prazo de ha- Escolar Municipal. 4º . 9º . poderá solicitar reserva de autorização por um período de 06 f. XIX. maior de 16 anos. cartório. registrado e com firma reconhecida. portanto. estu- mento próprio.É vedado ao autorizatário: I.Autorizatário: pessoa física ou pessoa jurídica (escola) credencia- Betim/MG. até 1 (um) Art. contratada. ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos 7. VII. da Portaria TRANSBETIM 037/2014 (Anexo I). a qual oferecerá subsídios à decisão sito . independentemente do serviço de transporte tor Presidente da TRANSBETIM.Vistoria: Inspeção veicular realizada por empresa especializa- (seis) meses. DO CREDENCIAMENTO dastro de condutores escolares da TRANSBETIM.comprovante de inscrição no INSS. os documentos descritos nos incisos I.O embarque e o desembarque dos escolares deverá ser feito d.Certidão negativa de débitos junto ao INSS. 5. deral. 23 . 6º .O escolar com idade entre 1 (um) e 4 (quatro) anos deverá ser Parágrafo único: a autorização será emitida em nome do estabele- Betim. 29 – O serviço de transporte escolar terá sua qualidade e efici- §1º: A abertura do credenciamento fica condicionada a constatação Lei Municipal nº 4. nos termos do capítulo Art. poderá ser expedida autorização Justiça Federal. com validade 9. veículo credenciado para o serviço.CIJAI: Comissão Interna de Julgamento de Auto de Infração Art.1 do Edital. DO CGO à escola e vice-versa.4 O recebimento da autorização emitida implica aceitação integral municipal. automaticamente extinta. DO CREDENCIAMENTO DE PESSAS JURÍDICAS (SOMENTE j. b) Anexo II-A e II-B: Requerimento de Credenciamento Externo.cassação da autorização. de qualquer ente federado. dimento de sua própria demanda. 5. perante à TRANSBETIM. como autônomo ou micro- BETIM que autoriza o veículo. de 15 de agosto de 2.CRLV .Credenciamento: período pré-estabelecido pela TRANSBETIM. ciamento Externo tem previsão no Regulamento do Serviço.carteira de trabalho assinada pelo Autorizatário (escola) ou pela I do art.A autorização será extinta nos seguintes casos: m.Certificado de segurança para veículos dotados de gás natural publicação no Órgão Oficial do Município. CAPÍTULO IV b. deverá ser pago através de boleto bancário a ser emitido pelo Setor no Serviço de Transporte Escolar Municipal.Este regulamento estabelece normas para a prestação de mentos exigidos.comprovante de endereço. que b)Período e horário para protocolo das solicitações e documentação tados em veículos apropriados e equipados. 16 .014. 15 . Art. no Órgão Oficial do Município. os bairros de resi- c. emitido por médico e irretratável das regras contidas neste Edital e seus anexos. que atenda os requisi- Art.Laudo de inspeção veicular emitido por empresa especializa- 11.certidões negativas ou positiva sem trânsito em julgado de distri- tação do veículo. 32 .11 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 deste instrumento convocatório. discricionário. a partir da convocação para apresen- tos do Capítulo XIII. Tempo de Serviço.atestado médico de sanidade física e mental. mediante pagamento de mensalidade definida Art. poderá utilizar o sistema de rastreamento e monitoramento da frota.Certidão negativa de débitos referente ao Fundo de Garantia por 5. DOS ANEXOS DESTE EDITAL da e credenciada junto ao DETRAN/INMETRO e homologada pela Parágrafo único: a formalização do pedido de reserva fica condicio- Justiça Federal. 24 . contados da data da publicação da cassação. 8.1 Para entrega / protocolo realizado por procurador legalmente TRANSBETIM pela administração do serviço envolvendo o controle TRANSBETIM deverá formalizar sua intenção por meio de requeri- j.carteira nacional de habilitação categoria D ou E. 5º . 3º . 11 . a autorização será e com a inscrição “Transporte Escolar”. 8º . dências para a escola e vice-versa.Manter vínculo empregatício na administração direta ou indireta Pessoas Jurídicas. quando de 01 ano.O veículo cadastrado para o serviço só será conduzido por 12 (doze) meses. do endereço eletrônico: planejamento. na categoria aluguel dência dos escolares atendidos e os trajetos realizados pelo veículo d. 17 . dentro do prazo esta- ência avaliadas periodicamente.Autorização: ato administrativo. 27 . explicitando a para apresentação do veículo no prazo e condições previstos no Re- lamento para habilitação. emitido por médico rio e intransferível pelo qual a Empresa Municipal de Transportes de fabricação II. Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Dire- Escola.O autorizatário que desejar renunciar à autorização junto à i.quitação militar e eleitoral.TRANSBETIM.Termo de adesão vigente do serviço de rastreamento.1 A Autorização de tráfego terá vigência de 12 (doze) meses poden- do período de tempo. serão preliminarmente apreciados pela Comis- XIII. 28 .carteira de trabalho assinada pelo Autorizatário (escola) ou pela mentados e protocolizados no prazo de 05 (cinco) dias da publicação condutor auxiliar e acompanhante. serão fixados em Portaria expedida pela TRANSBETIM e divulgada com segurança. 8. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado Portarias complementares e vigentes. Estadual e Municipal. nos termos deste Regulamento. mediante apresentação de todos escolar.O escolar até 1 (um) ano de idade deverá ser transportado em TIM. implantação e manuten- do veículo. que para isso de novas demandas e a sua incapacidade de atendimento pelos auto- RESOLVE: belecido no Edital e de forma completa. nos termos do artigo anterior. g. entre outros.º 037. Para o estabelecimento de ensino: 4. DO JULGAMENTO DOS RECURSOS por veículo escolar. expedido no prazo máximo de 30 dias. rizatários ativos no serviço. vigentes. a procuração original devidamente registrada em dos e melhorias para o serviço. 11.renúncia do autorizatário. para entrega da documentação exigida neste Regu- Art. víssima. na TRANSBETIM. em nome do autorizatário. será feita através do Órgão Oficial do Município. respeitada a capacidade do veículo e em f.Órgão Autorizador: Empresa Municipal de Transporte e Trân- to e pagamento de mensalidade. QUINTAS E SÁBADOS. pessoa física. Empresa Contratada se for o caso. 05 (cinco) dias úteis após a divulgação da habilitação / inabilitação. de sua residência TRANSBETIM solicitá-los para verificação.1 A divulgação dos nomes dos interessados habilitados e inabilita- VIII.Para a interpretação deste Regulamento.Com capacidade até 20 lugares: no máximo com 04 anos completos I. deste Creden- XX. emitido por médico do ser renovada ou rescindida nos termos do Regulamento. no uso das atribuições legais que lhe conferem a Art.Seguro APP e responsabilidade civil. em atendimento às regras do Regulamen- só poderá participar de novo credenciamento após 24 (vinte e quatro) habilitação para conduzir escolares nos termos da Legislação vigen- gulamento. 90 dias para apresentação do veículo + 30 dias para apresentação mente pelo autorizatário. veículo + 15 dias para apresentação do Laudo de Inspeção veicular Art.comprovação de não ter cometido nenhuma infração grave ou gra- a ser proferida pelo Diretor-Presidente da TRANSBETIM. ção (um veiculo credenciado) e cada autorizatário pessoa jurídica. expedido no prazo máximo de 30 dias. nada a comprovação da devida notificação aos pais/contratantes.9. §3º . Portaria 038/2014 – Dispõe sobre Mo- DA AUTORIZAÇÃO Art.Contrato. colar deverão solicitar. representante legal.00 por veículo. DISPOSIÇÕES FINAIS colo do formulário e documentação exigida. será considerada e penalizada pela fiscalização como trans- 11. pela TRANSBETIM. deverá ser feita pelo próprio interessado e no caso de escola pelo seu sa e contraditório ou regulamentar. III e IV a seguir: l. os condutores titular e auxiliar a ope- prestação do Serviço de Transporte Escolar Municipal será entre- Art.Autorização de Tráfego (AT): documento emitido pela TRANS- Art. realizar fretamento.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .1 Constituem anexos deste Edital: TRANSBETIM. IV.Operadores: autorizatários pessoa física e jurídica. que l. DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS serviço nos casos previstos neste Regulamento. se for o caso.carteira nacional de habilitação categoria D ou E. e. Parágrafo único: a formalização do pedido de renúncia fica condicio- k. deverá ser ativado sempre que o operador for realizar a jornada de exigida.Transporte Escolar: transporte de escolares. execu- publicadas no órgão oficial do município. que Especial de Betim: a) Anexo I: Portaria 037/2014 . da junto à TRANSBETIM. a serem analisados e defe- buição de feitos criminais dentro do prazo de validade. para instalação e funcionamento do Sistema de Monitoramento e precário. EXTERNO serão comunicadas aos interessados sempre mediante Art. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. nas condições estabelecidas neste Regulamento. quais os estabelecimentos de ensino. 25 – O autorizatário. dos interessados na prestação do serviço de transporte escolar meses.Certificado de regularidade jurídica fiscal perante as Fazendas Fe- constituído para esta finalidade. serviço com os pais ou responsáveis pelos escolares. denciamento. condutor identificado na respectiva Autorização. serviço. §2º . os Auto- XV.quitação militar e eleitoral. de suas resi- d. para prestação Art. 18 .O escolar deverá ser transportado exclusivamente sentado R$13. 22 . 35 – No Edital de credenciamento constarão: DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ.Deter qualquer outra delegação para prestação de serviço público g. para prestação do Serviço de Transporte Art.Com capacidade acima de 20 lugares: no máximo com 09 anos SEÇÃO I de 01 ano.Caso o autorizatário necessite afastar-se da prestação do e.certidões negativas ou positiva sem trânsito em julgado de distri- rizatários deverão executar a prestação do serviço.Renúncia à Autorização: desistência voluntária da autorização.O credenciamento será efetuado sempre que necessário. IX. será convocado. te.Serão admitidos autorizatários pessoa física. I. 30 – Todos os custos provenientes da operação do serviço. emitidas pela Regulamento do Serviço de Transporte Escolar Municipal e demais ser prestado exclusivamente por autorização mediante prévio cre- ridos ou não pela TRANSBETIM. contado a partir da convocação.com pessoa jurídica (somente escola) para prestação do serviço estrita- conformidade com a legislação vigente. gue ao autorizatário e publicada no Órgão Oficial do Município de gunda quinzena do mês de janeiro. além dos docu- dos cadastros. sendo vedado o transporte Art. vigentes.Escolares: estudante da pré-escola ao ensino médio transportado DO SERVIÇO do trabalho. 34 . pesquisa com os contratantes do serviço. realizado no âmbito do município de Betim.MG. respeitada a legislação vigente.Veículo zero km: ção de tecnologias de controle.BETIM. lecimento de Ensino. da decisão recorrida. inciso município de Betim. II.1 Os recursos apresentados contra as decisões tomadas na fase de pelo Autorizatário . O Diretor-Presidente da Empresa Municipal de Transporte e Trânsito as exigências estabelecidas em edital no prazo preestabelecido. de empresa contratada exclusivamente para esta finalidade. porte clandestino. seus alunos. de transportar os alunos da pré-escola ao ensino médio. X. IV.Condutor: condutor titular ou condutor auxiliar inscrito no ca- nada a comprovação da devida notificação aos pais/contratantes. sob pena de cancelamento da solicitação: sição. 33 – A prestação do serviço de transporte escolar pelo Estabe- 11. sob autorização e gerenciamento da Empresa Municipal de aprovação da inspeção veicular.Os operadores e os veículos serão cadastrados na TRANS- f. CAPÍTULO IV h. mediante publicação. III. a habilitação e inabilitação dos solicitantes serão Parágrafo único: nenhum veículo ingressará no serviço sem a devida mentação necessária. protocolarem os mesmos. 13 – Após finalização do credenciamento a autorização para a ESCOLAS) k. Serviço de Transporte Escolar do Município de Betim/MG.Acompanhante: profissional.Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo vigen- nitoramento e Rastreamento da Frota. prazos e procedimentos para o credenciamento Art.Cada autorizatário pessoa física deterá uma única autoriza- “bebê conforto”. III. 4.quitação militar e eleitoral.4 Os casos omissos serão dirimidos pelo Presidente da TRANS- Art. CAPÍTULO II I. II. Para os acompanhantes: XVIII. legislação vigente. a Parágrafo único: em casos emergenciais. 2º .3 O presente credenciamento não gera qualquer tipo de vínculo mente para seus alunos e através de veículos próprios ou de veículos de menores de 10 anos no banco dianteiro. com validade 6.atestado médico de sanidade física e mental. buição de feitos criminais dentro do prazo de validade emitidas pela 10. Financeiro da TRANSBETIM.2 O interessado inabilitado poderá interpor recurso.9 A entrega / protocolo dos documentos exigidos para habilitação por infração legal.Os interessados na prestação do Serviço de Transporte Es- Art.carteira de identidade e CPF. específica e temporária para um condutor auxiliar trabalhar em outro Especial de Betim.comprovante de endereço.Veículo escolar: veículo automotor licenciado no DETRAN do solicitado. mentos exigidos. TRANSBETIM é restrito ao município de Betim e tem a finalidade c.Custo de Gerenciamento Operacional (CGO) – Remuneração à Art. define-se: do Laudo de Inspeção veicular.Cada autorização conterá 1 (um) único veículo. firmado pela Escola dos. a. condutor. no valor mínimo de mento do objeto do presente CREDENCIAMENTO EXTERNO de- Art. poderá credenciar o número de veículos suficiente para aten- transportado em “cadeirinha”. da credenciada junto ao DETRAN/INMETRO e homologada pela 11. sem expedição da autorização da TRANSBE- empregatício. a título rogação da reserva.Suspensão do Operador: proibição de trabalho por determina- Art.Após conferência da autenticidade e validade dos docu- vierem a ser implantadas e homologadas pela TRANSBETIM. Comercial ou estatuto registrado em Cartório de Registro Civil das 4. completos de fabricação. Transporte Escolar Municipal após prévio credenciamento.A prestação do Serviço de Transporte Escolar será realizada não comparecer para operação ou para protocolo do pedido de pror- te em nome do estabelecimento de ensino ou da Empresa Contratada sobre a inspeção veicular e Portaria 048/2014 – Estabelece prazo mediante prévia e expressa autorização da TRANSBETIM. PERÍODO DE VIGÊNCIA DA AUTORIZAÇÃO DE TRÁFEGO XVII. II. obedecendo à regulamentação da via e normas legais veicular ou de adaptação para condutores portadores de deficiência.Para o autorizatário e condutor auxiliar (ambos pessoas físicas) Art. processo administrativo que assegure ampla defe- II. para conclusão do processo de cre- Art.aposentadoria por invalidez permanente ou morte do autorizatário.500.1 O Custo de Gerenciamento Operacional – CGO. prorrogáveis por igual período.Contrato social e última alteração existente registrados na Junta bilitação descrito no item 3. 1 (um) con- ser adequado à idade/estatura do escolar. a)Modelo do formulário de solicitação de credenciamento e docu- Art. Art.Veículo usado nos termos abaixo: 30 dias para apresentação do DO CREDENCIAMENTO habilitação para conduzir escolares nos termos da Legislação vigen- sistência e acompanhamento de escolares.Regulamento do Serviço de Trans- CAPÍTULO III deverá ocorrer com antecedência mínima de 30 (trinta) dias. substituição e manutenção do veículo. são de Credenciamento Escolar. 7. 19 . unilateral. 7º . ensino fundamental.Cassação da Autorização: devolução compulsória da autorização da administração direta ou indireta de qualquer ente federado.transbetim@gmail. fiscalização.comprovante de endereço.1 Após credenciamento e recebimento da Autorização. b. cimento de ensino.BR . e. 1º . orientado para as- II. §1º . 20 . 31 – O credenciamento será realizado em duas modalidades: te.762/09. deverá ocorrer com antecedência mínima de 30 (trinta) dias. Art.TRANSBETIM autoriza terceiro a prestar Serviço de b. através de Edital. to. mediante formalização de contra- Empresa Contratada se for o caso. será retida também.O autorizatário que tenha sido penalizado com a cassação.2 Quaisquer esclarecimentos necessários ao perfeito conheci- CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. realização das vistorias aleatórias. expedido no prazo máximo de 30 dias. e outras tecnologias que Art. Para os condutores: 5.Seguro DPVAT categoria 3 (três) devidamente quitado conforme Rastreamento. o autorizatário a. sempre que necessário.Se após o período de reserva de autorização. poderá nos finais de semana. 29 de outubro de 2014.O credenciamento das escolas será efetuado sempre na se- empreendedor individual. BETIM. 14 . com reconhecimento de firma da assinatura. na ocupação de motorista de transporte rar no Serviço de Transporte Escolar Municipal. c)Data de divulgação dos solicitantes habilitados e inabilitados. 10 – Só serão conferidos os documentos dos solicitantes que Art. através de Edital a ser publicado pela TRANSBETIM.Credenciamento de pessoas físicas do trabalho. VI. 12 – Os habilitados serão convocados. no prazo de fração II. 21 .Substituição: troca de veículo na mesma autorização. TRANSBETIM. habilitação ao Credenciamento Externo. do Código de Trânsito Brasileiro. com empresa especializada para realização do transporte escolar de 5. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado 10.O autorizatário deverá informar à TRANSBETIM. verão ser solicitados à Comissão de Credenciamento Escolar.CONJURE: Comissão de Julgamento de recursos de auto de in- I. que com autorização válida emitida pela TRANSBETIM para operação a ele vinculado. XIII do Código de Trânsito Brasileiro – CTB e demais legislações para nos prazos abaixo descritos apresentar o veículo e laudo de trabalho no Serviço de Transporte Escolar Municipal. Para os veículos: porte Escolar Municipal. Art. dutor titular (o próprio autorizatário se pessoa física).GOV. adesão ao sistema de rastreamento e monitoramento da frota. PORTARIA n. 36 – Os documentos necessários para o credenciamento são: DAS DEFINIÇÕES a. não sendo aceitos.Alvará de Localização e Funcionamento de Atividades em Betim. 6.1 As decisões referentes a este processo de CREDENCIAMENTO credenciamento. através do proto- recessos e férias escolares ou em feriados prolongados. h.Caberá ao autorizatário firmar contrato de prestação de a. V. – TRANSBETIM. I.O cinto de segurança ou sistema de retenção equivalente deverá escolar ocorrer através de veículos próprios ou através de empresa ANEXO I Art. através de publicação.Credenciamento de pessoas jurídicas (somente escolas) i. 9.O solicitante será credenciado somente se cumpridas todas sino infantil e opcional no veículo que transportar escolar cursando Art.

cializadas neste tipo de serviço. VI. mentação e com apresentação do Certificado de Segurança Veicular será efetuada através de laudo de descaracterização. DAS INFRAÇÕES te em nome do autorizatário e com a inscrição “Transporte Escolar”.capacidade de. conforto. ração das características originais do veículo. 47 . 43 . por parte do autorizatário ou condutor auxiliar.Atestado médico dos condutores e acompanhantes.Teto solar. em toda a extensão das partes laterais e traseira da car- Art. neste caso. laudo de § 2º. verificação de segurança. § 4º. não forem renovados os documentos vencidos do mesmo. respeitada a regula- § 1º. vantes de dados do equipamento registrador instantâneo inalterável nente. tado de Minas Gerais .Seguro APP e responsabilidade civil. TRANSBETIM. ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos Minas Gerais -JUCEMG. nos termos da legislação vigente. nos seguintes va- de Betim. SEÇÃO I veículos credenciados para o serviço. do trabalho.Para cadastramento do condutor auxiliar. os seguintes documentos: superior a 20 lugares. CPF DA SUBSTITUIÇÃO E BAIXA CAPÍTULO VIII Justiça Federal. Operar no serviço de transporte escolar municipal fora da jornada declarada. Transportar alunos do ensino infantil sem a presença do acompanhante.Descaracterização do veículo e baixa da placa de aluguel. de no veículo que venha a ser constatada no laudo de vistoria. laudo emitido pelo § 3º. nas demais legislações: DA RENOVAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO DE TRÁFEGO (AT) a. exceto original de fábrica. Estadual e Municipal. exceto o registrador instantâneo inalterável didas administrativas. sob lação: Art.Certidão Negativa de Débitos emitida pela Prefeitura Municipal de escolar. no mínimo.estatuto social comprovando que está incluído no objeto da en- previamente pela TRANSBETIM.R$95. do período estabelecido para renovação da Autorização de Tráfego IV. será exigida a apresentação de seguintes equipamentos e documentos.00 por veículo. 49 . da credenciada junto ao DETRAN/INMETRO e homologada pela to falso ou adulterado. DETRAN). mediante: IV. 12. emitidas pela III.Capacidade diferente da estabelecida pelo fabricante. conforme art.G 1 . lado de acordo com as normas do CONTRAN. no período estabelecido em Edital. a seu critério. 39 – Não havendo a devida atualização de documentos dentro III. novo.Retenção. III. além da taxa de inclusão de auxiliar.Faixa horizontal na cor amarelo trânsito com 40 cm de largura.Luz de freio elevada. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado e endereço.CRLV . ramento e rastreamento. transporte. quando do seu vencimento ou alteração. o credenciamento será imediatamente cancelada e no caso de zação de cortinas ou qualquer outro material que impeça ou reduza a ríodo. 56 . em caso de veículo de cor amarela. no valor mínimo de zendo as exigências do Código de Trânsito Brasileiro e legislação V. No exercício da fiscalização poderão ser utilizados equipamen- de 01 ano.A baixa do condutor auxiliar será processada automatica- sito Brasileiro. II.Caso fortuito ou de força maior – por prazo a ser determinado os mesmos documentos exigidos para o autorizatário pessoa física.cadastro Nacional de Pessoa Jurídica . ou quando da solicitação expressa da (quinze) anos de fabricação se acima de 20 lugares. Para os acompanhantes: VI. 65 . neste Regulamento e em normas complementares. inscrições ou equipa- Art. 54 . a representação dos autorizatários do serviço de transporte Art. por seus agentes. IV.Certificado de segurança para veículos dotados de gás natural dutor. I. publicidade. constituídas ex- tremidades da parte superior dianteira e lanternas de luz vermelha a segurança do veículo. 68 .Na hipótese de ocorrência de acidentes que comprometam torizatário que reincidir pela terceira vez.BR . V.certidão negativa de débitos junto ao INSS. apresentação dos seguintes documentos.BETIM. na ocorrência o inciso VI. Operar sem o rastreador ou com o mesmo com defeito ou desligado durante a jornada de trabalho.G 3 .Quitação geral de débitos vencidos e a vencer perante a TRANS- V. Art.Laudo de inspeção veicular emitido por empresa especializa- Art. dispostos no veículo em posição determinada pela TRANSBETIM. citação formal pelo autorizatário e deferimento prévio da TRANS- no Código de Trânsito Brasileiro. prevista na tabela do art.No caso de extravio. VIII. tidade. na primeira quinzena do mês b.A solicitação da baixa do credenciamento será efetuada III. Art.apresentar. IX. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. sem que as mesmas sejam escolares.Multa Art. na renova- VII. Os Veículos adaptados para condutores portadores de deficiên- § 2º. sendo vedado seu seguintes casos: II. do Serviço de Transporte Escolar vi- buição de feitos criminais dentro do prazo de validade. Cabe à TRANSBETIM. serão Art. dois centavos).Lanternas de luz branca. condutor auxiliar ou acompanhante (os dois últimos identificados na autorização). 62 . o au- vamente para fins de legitimidade representativa da classe e/ou de XIII. PENALIDADES E MEDIDAS ADMINISTRA- Especial de Betim: XII. documen- Art.76 (cento e noventa e um reais e setenta e seis cen- o caso). Dar carona a pessoas diversas.CRLV e DPVAT do veículo e renovação do termo de adesão do cia física serão aceitos. II. a ocorrência no prazo de 36 horas à TRANSBETIM e. dicionada à inexistência de qualquer insuficiência e/ou irregularida- viários de passageiros. roçaria e dístico ESCOLAR na cor preta. atrair ou aliciar.atestado médico de sanidade física e mental. nas Art. credenciamento para pessoa física o mesmo só poderá pleitear o seu transparência das áreas envidraçadas do veículo.Lacre na porta e vão da escada traseiros do veículo. conforme descrito IV.R$383. observando-se deverá ser respeitada a idade máxima descrita no inciso II do art.carteira de trabalho assinada pelo Autorizatário. devidamente credenciadas junto ao lização do serviço em vias públicas.Apresentação da certidão de baixa definitiva de veículo expedida I.R$191.Certidão negativa de débitos junto ao INSS e FGTS (quando for expedido pelo INMETRO. exceto ponde pelas ações ou omissões de seus prepostos.Poderão ser cadastradas junto à TRANSBETIM. uso em serviço. CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.realizar cobrança individual de preço ou venda individual de bi- ção da AT. respeitado o período de lo com as seguintes características ou equipamentos: DA SUBSTITUIÇÃO EMERGENCIAL DO VEICULO renovação (primeira quinzena de janeiro): I. SEÇÃO II veicular ou de adaptação para condutores portadores de deficiência.GOV.Certidão de quitação de débitos emitida pela TRANSBETIM. de Portaria por parte da TRANSBETIM. bem como aquele que por sua forma ou natureza comprometa a segurança dos usuários ou da via. 45 .carteira de identidade e CPF. Não havendo a homologação das empresas de vistoria. em desacordo com ele ou com a mesma vencida ou suspensa Utilizar pontos de embarque e desembarque fixados para o transporte coletivo para início ou fim de viagem Deixar de portar documentação exigida neste Regulamento e legislação vigente. sem prejuízo da aplicação daquelas previstas SEÇÃO III III. 20 lugares .última alteração contratual ou estatuto (para escolas) II.certidão negativa de débitos referente ao Fundo de Garantia por posição determinada pela TRANSBETIM. Descumprir normas e determinações emitidas pela TRANSBETIM Transportar escolares no veículo sem condições de segurança Não manter atualizado o seguro de acidentes pessoais a favor das pessoas transportadas Opor-se ou dificultar a fiscalização dos órgãos competentes.A emissão da autorização ou renovação da mesma fica con- IV. condutor. n.Devolução do selo de vistoria.angariar. § 2º. CAPÍTULO VII víssima. prorrogáveis por igual pe- – AT. e jurídicas deverão renovar anualmente. bem como a utili- II. 70 – A autorização para transporte escolar será suspensa. emitido por médico VII. Art.52 (trezentos e oitenta e três reais e cinquenta e rastreamento. intervindo quando e Betim e TRANSBETIM. pessoa para uti- ou a renovação da AT. VI. sistema de monito- infrator. – por 90 dias.Quitação geral de débitos vencidos e a vencer perante a TRANS- estabelecidas neste Regulamento e demais instruções complemen- c. 44 . DA RETENÇÃO SEÇÃO IV II. IV. além das previstas no Código de Trânsito VI. V. para assegurar-lhe continuidade e II. 58 . 53 . 60 – Para utilização de veículo reserva faz-se necessária soli- Art. compõem o serviço de transporte escolar municipal. Art. 68 deste Regulamento. pontos do automaticamente e seus débitos serão incluídos perante a Dívida X. Art. todas as empresas espe- III. de desvio da finalidade III. Art. 69 – A retenção do veículo será aplicada na forma estabelecida DA BAIXA DO CREDENCIAMENTO lugares.Sistema de monitoramento e rastreamento da frota de empresa para continuidade da prestação do serviço. 61 . SEÇÃO III SEÇÃO IV I. furto ou roubo de qualquer documento Art. por veículo.Comprovação da notificação dos pais/contratantes realizada com o dístico ESCOLAR na cor amarela. da credenciada junto ao DETRAN/INMETRO e homologada pela deverá atender aos seguintes critérios: II. meia altura. e municipal. zação e funcionamento da cooperativa.A fiscalização consiste no acompanhamento permanente. insta- poderão manter veículo reserva em sua propriedade. no que couber: XIV. 52 . pertinente e observando os aspectos de segurança.O Autorizatário deverá manter sob sua guarda os compro- § 1º. Art.certidões negativas ou positiva sem trânsito em julgado de distri- Tempo de Serviço. Parágrafo único – receberá a pena de cassação da autorização. 71 .relação dos cooperados. ciadas junto ao INMETRO. a TRANSBETIM poderá autorizar a alte- ou em nome de terceiros na categoria particular. 57 .CNPJ.Os documentos constantes neste artigo deverão ser reno- que completar 10 (dez) anos de fabricação se até 20 lugares e 15 SEÇÃO I a.Dístico ESCOLAR conforme estabelecido pelo Código de Trân- § 1º. Brasileiro e legislação pertinente: VII. po- da forma que se fizer necessária. 67 – A multa será aplicada na ocorrência de qualquer infração I.comprovação de não ter cometido nenhuma infração grave ou gra- na legislação federal pertinente e na Junta Comercial do Estado de homologada pela TRANSBETIM.88 (noventa e cinco reais e oitenta e oito centavos).500.As infrações às disposições deste Regulamento sujeitarão o R$13. Art. ólicas. de janeiro. Art. 14 (quatorze) lugares. através lhete de passagem. conforme a natureza da falta às seguintes penalidades e me- f. com laudo de modificação expedido pelo INMETRO. o controle e a fiscalização do Serviço. deverá submetê-lo a imediata vistoria como condição imprescindível DOS RECURSOS devidamente registrada nos órgãos públicos e entidades previstos XV.15 (quinze) anos de fabricação para os veículos com capacidade veículo.Para fixação de inscrições ou propaganda na parte externa administrativo ou em campo. 40 . VII. mediante comprovação pela seguradora ou BO – por 90 reingresso quando da abertura de novo período de credenciamento. cujo objeto seja a prestação de serviço de XVI. exclusi- XII. a obrigatoriedade do uso de acompanhante dependendo do grau de dispensando. conforto e estética mento de uso determinado pela TRANSBETIM.certidões negativas ou positiva sem trânsito em julgado de distri- II.realizar embarque ou desembarque de pessoas nos terminais rodo- DO CADASTRAMENTO DE ASSOCIAÇÕES E COOPERATIVAS locidade e tempo. § 2º. conservação. II.Selo de vistoria fixado pela TRANSBETIM. e. em proveito próprio ou prejuízo de terceiros. A comprovação da retirada dos itens mencionados neste artigo lores: II. 50 .10 (dez) anos de fabricação para os veículos com capacidade até VI. municipal.Baixa e descaracterização do veículo vinculado à autorização. Declaração de Extravio de Documentos com firma I. deste Regulamento e de normas complementares. 37 – Uma vez credenciados. nas hipóteses de suspensão grupos da classe. III.Taxa de renovação do credenciamento quitada. ou interna do veículo deverá ser protocolizada solicitação e deferida sando o cumprimento dos dispositivos da legislação federal. de velocidade pelo prazo previsto em Resolução do CONTRAN. Os agentes da TRANSBETIM terão livre acesso e trânsito aos f. público.Os operadores deverão equipar e portar nos veículos os o padrão estabelecido no Código de Trânsito Brasileiro e requisitos G3 vigente emitido pela TRANSBETIM.Em face às penalidades impostas pela TRANSBETIM ca- Grupo G1 G1 G1 G2 G2 G3 G3 G3 G3 G3 G3 G3 G3 Descrição Não utilizar veículo devidamente caracterizado para o transporte exclusivo de escolares. Ocorrência Policial expedida por Delegacia de Polícia Civil ou.Os equipamentos deverão estar dispostos no veículo em GPRS) e outros. 55 . de normas legislação vigente. a faixa deverá ser na cor preta e mentos e características definidas nas legislações federal. 48 . 64 . de ingestão de bebidas alco- c. 68 deste Regulamento. com validade Federal. Na hipótese de substituição de veículo por outro usado. devidamente SEÇÃO III reconhecida em cartório. DAS PENALIDADES E MEDIDAS ADMINISTRATIVAS e. III.Autorização de Tráfego expedida pela TRANSBETIM. X.Para a substituição e/ou baixa do veículo cadastrado. na II. equipa- hipótese de constatação pela fiscalização. higiene.O veículo para prestação do serviço de transporte escolar BETIM.Encosto de cabeça para veículos com capacidade até 20 (vinte) Art.Todos os veículos emergenciais ou reservas deverão seguir G3 Art. comprovado por Boletim de Ocorrência Art. Art.documento de identidade e CPF do representante legal. Art. satisfa- IV.Devolução da autorização. d. mente no caso da baixa do credenciamento e/ou quando.Apresentação de documento do veículo em categoria particular Art.sistema de retenção para transporte de crianças conforme defini- das as avarias e antes de colocar o veículo novamente em operação. a obrigatoriedade do veículo substituto ser Art. Para o veículo: Art. será baixa- IX.Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo vigen- vados a cada 5 (cinco) anos.O autorizatário que não solicitar a baixa do credenciamento VIII. estadual e no uso da autorização para o transporte escolar.Turbo-compressor.Os veículos serão submetidos a vistorias semestrais para Art. Serviço de Transporte Escolar Municipal. TRANSBETIM.Película ou tela escurecedora. desde que aprovados pelo DETRAN-MG e sando da capacidade de até 20 lugares para acima de 20 lugares. 59 . do neste Regulamento e demais legislações.ata da assembléia de eleição da atual diretoria.certificado de regularidade jurídica fiscal perante as Fazendas inspeção veicular geral ou específico emitido por entidades creden- TIM serão consubstanciadas em atos formais. pela TRANSBETIM.permanecer com suas características originais de fábrica.Seguro APP e responsabilidade civil. CAPÍTULO V XI.Laudo de aferição do registrador instantâneo inalterável de ve- Art. além dos exigidos na legis- deste Regulamento. à DA VISTORIA DA SUSPENSÃO E CASSAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO BETIM. ficando estabelecido que. tais como: medidor de velocidade. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado IV. Sistema de Monitoramento e Rastreamento da Frota (GPS/ d. 41 . Art. em caráter perma- o. sem prejuízo da multa cabível. vistoriado e conforme estabelece as normas do CTB. terminais rodoviários. após repara- dias.O veículo será obrigatoriamente substituído por outro mais DAS INFRAÇÕES. As determinações decorrentes da competência da TRANSBE- b. emitido pela I. 66 .Suspensão e/ou cassação da autorização.Comprovação da sociedade constituída sob a forma de cooperativa. 42 . até o último dia útil do mês de dezembro subsequente ao ano TIVAS III. Especial de Betim. buição de feitos criminais dentro do prazo de validade emitidas pela XI. V. Cooperativas e/ou Associações. prorrogáveis por igual período. por si ou seu preposto. I. BETIM. abram mais do que 15 (quinze) centímetros.São infrações. CAPÍTULO IX I.Termo de adesão vigente do serviço de rastreamento. A vistoria nos veículos será realizada por empresa especializa- I.Constitui infração a ação ou omissão que importe na inob- b.MG.A substituição emergencial de veículo será autorizada nos I. DO VEÍCULO I.quitação militar e eleitoral. a critério da TRANSBETIM. tempo. 136 do Código de Trânsito Brasileiro Transportar pessoas acima da capacidade do veículo Não tratar com urbanidade as pessoas transportadas ou responsáveis pela fiscalização Transportar bagagem desacompanhada da pessoa transportada ou produto que pelas suas características seja considerado perigoso ou apresente risco. 46 . no prazo inferior a 90 (noventa) clusivamente por autorizatários do município de Betim. É permitida a permuta de veículos entre os autorizatários do VIII.Sinistro. Excepcionalmente.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .Furto ou roubo do veículo. estadual Justiça Federal. exceto original de fábrica. serão exigidos gente.Manutenção do veículo – por 30 dias.Protetor de pára-choque. expedido no prazo máximo de 30 dias. o autorizatário res- TRANSBETIM. fosca ou amarela dispostas nas ex- Art.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 12 OFICIAL m. Art.Vida útil: de velocidade e tempo.Os documentos deverão estar no prazo de sua validade e tos. Realizar o transporte remunerado de pessoas de que trata esse Regulamento sem autorização. o autorizatário deverá informar formalmente da autorização previstas no art. § 3º. constando número de identidade. 51 . III. prorrogáveis por igual período.alvará de localização e funcionamento de atividades em Betim.certidão negativa de débitos trabalhistas da comarca de locali- Art. mediante a dispostas na extremidade superior da parte traseira. 63 . hipóteses previstas no art. VII. deficiência (a ser determinado pela TRANSBETIM de acordo com mais novo que o substituído.retirada de qualquer adesivo. a. os autorizatários pessoas físicas e 20 lugares pelo DETRAN em caso de perda total ou subtração criminosa do II.Certidão Negativa de Débitos emitida pela Prefeitura Municipal § 1º.Devolução da autorização de tráfego Parágrafo único – para efeito deste Regulamento.CNH dos condutores.Bagageiro externo exceto o original de fábrica.Elevador para os veículos zero km com capacidade superior a DA FISCALIZAÇÃO 12 (doze) meses.As cooperativas e associações representativos da classe as penas da lei.Dispositivo que impeça que as janelas.Alvará de localização (para escolas). 38 – Deverão também ser apresentados os seguintes documen- Art. incluído o con- III.Caberá à TRANSBETIM exigir. exceto a exclusiva do TRANSBETIM. padrões fixados. QUINTAS E SÁBADOS.Cinto de segurança em número correspondente ao da lotação. refletiva ou não. bem como em suas áreas de entorno.OCEMG. 70.Equipamento registrador instantâneo inalterável de velocidade e DETRAN / INMETRO poderão realizar a vistoria dos veículos que de parada ou embarque e desembarque de passageiros do transporte Ativa do Município.Seguro DPVAT categoria 3 (três) devidamente quitado conforme CAPÍTULO VI exigidos: servância.comprovante de endereço.opcional.comprovante de registro na Organização das Cooperativas do Es- dendo a TRANSBETIM requisitá-los a qualquer momento. a seguir: antecedência mínima de 30 (trinta) dias.Engate e suporte de reboque em desacordo com a legislação vi- dias. pas- tavos).Fecho interno de segurança nas portas.G 2 . tares.No Serviço de Transporte Escolar não será admitido veícu- SEÇÃO II tos.

2º. 14 As empresas interessadas em fornecer os equipamentos e nitoramento e Rastreamento da Frota.Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. será processada na recondução.Os valores das taxas e multas estipulados neste Regulamento serão automaticamente corrigidos.Localização no mapa. aqueles que não manifestarem interesse pela continuidade I.00 (sessenta reais).Acesso seguro e personalizado XXIX. 2º . vencimento da data do credenciamento ou renovação da AT e a se- Lei Municipal nº 4. de monitoramento e rastreamento.Permuta: R$ 60.CND Trabalhista. desta Portaria deverão ser homologados pela TRANSBETIM. denciado. no uso das atribuições legais que lhe conferem a Lei Municipal nº 4. recebendo eventos tuídos. Edital de Credencia- ciada junto à TRANSBETIM.Quilometragem percorrida III. no prazo de 30 (trinta) dias. telefone para suporte técnico quando necessário e e outros Art.Atualizações de transmissões a cada 30 segundos com ignição após sua homologação. com efeito suspensi- Betim. de março de Art. de março de 1998 e suas al- ção das penalidades previstas no Regulamento. § 1º. deverão apresentar à TRANSBETIM.014 Dispõe sobre a inspeção veicular do Serviço de Transporte Escolar Credenciado do Município de Betim/MG. poderão solicitar sua homologação BETIM nº 037/2014. 12.Acesso sistema via web III. movimento. 6º. cerca virtual ele- CAPÍTULO VII lacionados: cedoras desta tecnologia. As empresas homologadas deverão fornecer aos pais que aderirem ao serviço: I. apresentando valores de referência para prestação do Serviço de (oito) horas. para o julgamento tor Presidente da TRANSBETIM dos XIII. Art. parado) Art. deverão apresentar suas permissões.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . 36 deste Transmite dados por pacotes a um desejado dispositivo/servidor que Regulamento: “comprovação de não ter cometido nenhuma infração estiver programado para o recebimento do mesmo.Relatório proximidade de pontos interesses.) XXVII. VIII.Armazenar dados automaticamente em caso de falha de comu- dados relativos a implantação. 1º. a ser cobrado na data do cadastro/renovação da AT. na forma de recondução. como forma de redundância. Toda e qualquer despesa relativa à implantação e manutenção Art.Relatório gerencial automático enviado até 05 e-mail cadastra- base cartográfica (google. Os veículos serão submetidos à inspeção / vistorias semestrais para verificação de segurança. desligado. 83 – Poderá a TRANSBETIM elaborar planilha de custos V. dias contados da data da notificação válida. via e-mail e mensagem no celular III. Art. e. desligado considerando o pagamento integral pelo próprio Autorizatário ou Art. 12. para visualização do trajeto realizado pelo Autorizatário fora do horário da jornada declarada. dos equipamentos e transmissão dos dados do sistema de monitora- exclusivo os seguintes acessos: normas e resoluções do CONTRAN vigentes afins. publicação. Art. o download dos dados como forma de backup para utilização futura. DA REMUNERAÇÃO GPRS da Frota do Serviço de Transporte Escolar Credenciado do X. e envio posterior tão logo o sinal GSM/GPRS ting e manutenção do sistema. Trânsito – TRANSBETIM. Betim.00 (vinte Art. 3º . no sistema de seu número de celular para recebimento de alertas de mensagem no celular. nos § 1º. com efeito suspensivo. Os equipamentos para monitoramento on-line em tempo real IV. § 2º.A tramitação de requerimentos junto à TRANSBETIM não implica que débitos anteriores tenham sido quitados ou remidos. nicipal Credenciado poderá operar no serviço sem a devida implan- consulta pelo período mínimo de 36 meses.º 41. III – GPS – Sistema de posicionamento global que fornece dados emitidos pela TRANSBETIM. mesmo dados apenas de seu veículo. 8º. Art. Betim. no 2º semestre/2014.O não comparecimento do Autorizatário para apresentação dade em um único ambiente. padrões e procedimentos especificados na(o): I. mediante apresentação dos seguintes docu- Transporte Escolar Credenciado do município de Betim/MG. tervalo de até 30 segundos. Os Autorizatários só poderão firmar contrato para monitora- colares solicitados. as exigências dispostas nos incisos I e II Art.Proposta comercial. para atendimento do disposto no porte Escolar Municipal. 15 de agosto de 2014. garantindo confiabilidade dados. 73 do mento e rastreamento correrão por conta do Autorizatário.Capítulo XIII do Código de Trânsito Brasileiro – CTB e demais TRANSBETIM. A empresa homologada deverá. movimento.Relatórios de transmissões Art. II. Art. os veículos em questão deverão ser substi- quantidade e a localização da frota empenhada. Art. As remunerações citadas neste artigo deverão ser gação de empresas fornecedoras desta tecnologia.Acesso individual para os pais/responsáveis para visualização Laudo de Aprovação da inspeção / vistoria. deverá cadastrar obrigatoriamente con- sultados de uma determinada atividade. da Portaria 037/2014. ligada tware descritos nesta Portaria. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 15 de setembro de 2014. 5º Nenhum Autorizatário do Serviço de Transporte Escolar Mu- Art.Cadastro de usuário.) vo. 6º. nos termos do TAC firmado II. 79 – A cobrança da Taxa de CGO.Autogerenciamento do sistema XXIV. estar apta a fornecer os equipamentos e sof- Parágrafo único.Certidão de isenção tributária ou pagamento pela utilização da Art. . IV. 73 . que o veículo inspecionado foi aprovado em cumprimento a todas forma proporcional ao período restante do ano em curso. à CIJAI no prazo de 30(trinta) Art. ligado.Aparelho GPS com transmissão de dados via GPRS homologados CAPÍTULO VI retor Presidente da TRANSBETIM do serviço. 86 .762/09. para o CONJURE.Os casos omissos serão dirimidos pelo Presidente da TRANSBETIM. de 15 de agosto de 2.Cadastro de pontos de interesse (escolas. I. quando em jornada. 82. po- O Diretor-Presidente da Empresa Municipal de Transporte e Trânsito XIII.Gráfico de perfil de condução do veículo (velocidade média. por GPS a serem instalados na frota de veículos do serviço de Trans- de trajeto realizado pelo seu filho no horário preestabelecido pelo substituição do selo de vistoria afixado no veículo. que serão reconduzidos à nova corrido mutado. 77 – Na recondução serão aceitos os veículos cadastrados. 80 – Para recondução. à instituição bancária designa- CAPÍTULO II XX. DOS EQUIPAMENTOS DE MONITORAMENTO E RASTREA- os veículos cooperados ou associados. marke- e funcionamento do Sistema de Monitoramento e Rastreamento da nicação GSM/GPRS. CAPÍTULO XII IV.Norma Técnica ABNT NBR 14040. equipamentos e características definidas nas legislações federal. pelo pai. índice de reajuste anual. As empresas interessadas deverão especificar também. trônica DAS DISPOSIÇÕES GERAIS I. com a opção de realizar Art. Estabelecer as diretrizes básicas da inspeção de segurança para os veículos que compõem a frota do Serviço de Transporte Escolar Credenciamento do Município de Betim/MG.18 (dezoito) anos para veículos com capacidade acima de 20 (vin- relativos a operação dos veículos cadastrados no Sistema de Trans- te) passageiro.Emissão de relatórios sintéticos e analíticos e cinco reais). deverão XVI.Relatório viagens. pais e responsáveis.762/09. Art. Art. dados para relatórios e estudos futuros.Alerta via mensagem de chegada Van: escola / casa aluno (números cadastrados) II.Interatividade do sistema com usuário. sob o gerenciamento da Empresa Municipal de Transporte e km percorrido. no ato da aprovação da permuta. 10. 2º. porte Escolar para a Central de Monitoramento da Transbetim. 16. pelo índice IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado da Fundação Getúlio Vargas) acumulado no período anterior ou por outro índice que venha a substituí-lo e acordados entre as partes. 87 . 75 – Os atuais permissionários com Termo de Permissão ativos.Certificado de Regularidade do FGTS. Estadual e Municipal. Os Autorizatários do Serviço de Transporte Escolar Cre- Art. cadastrados se reprovados em vistoria de inspeção veicular. tecnologia que au- Art. RESOLVE: portaria específica. no uso das atribuições legais que lhe conferem a Art. em segunda instância.13 (treze) anos para veículos com capacidade para até 20 (vinte) DO SISTEMA DE MONITORAMENTO E RASTREAMENTO passageiros. disponibilizando para o as exigências da norma Técnica ABNT NBR 14040.Certificado de segurança de navegação online do site e sistema. MENTO a TRANSBETIM.Busca de endereços XXIII. definitiva e automaticamente extintos. deverão atender os seguintes requisitos: Autorizatário. município de Betim/MG. higiene. sob o gerenciamento da TRANSBETIM.MG. com perfil de dia / horário de acesso IV. autorizado por credencia- Autorizatários. I. 1998 e suas alterações e do Capítulo XIII do CTB e demais normas e existentes nas pastas cadastrais dos permissionários que não excede- CAPÍTULO IV III. VI. antes do início da prestação do serviço. no prazo estabelecido. 1º.Acesso restrito a Transbetim com dados de todos os veículos Es- Parágrafo único: O Laudo de Inspeção / Vistoria deverá explicitar § 2º. 1º. Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Diretor Presidente da TRANSBETIM PORTARIA n. resultará na aplica- vel. .º 038. processos relativos a imposição de penalidade previstas neste Regulamento.Acesso individual para o Autorizatário. 7º. exigido no inciso XV. 4º . 4º. O monitoramento via GPS/GPRS consiste no envio de dados II. deste Regulamento. etc. terações. Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Dire- VII. da Transbetim. no caso da ocorrência de contratos com valores veicular. mento e rastreamento com empresas devidamente homologadas pela II. do credenciamento. II. dutor auxiliar. 72 . 9º. 29 de outubro de 2014. para entrega de cópia DO SOFTWARE MONITORAMENTO E RASTREAMENTO III. sáveis (os dois últimos) contratantes do serviço de monitoramento Art. as empresas especializadas deverão cumprir todas as diretrizes. 15 de agosto de 2014. devidamente credenciadas junto ao DETRAN / INMETRO poderão realizar a vistoria dos veículos que compõem o serviço de transporte escolar municipal.Certificado de navegação segura do site. 89 – O presente Regulamento entra em vigor na data de sua V. 74 – Será publicado pela TRANSBETIM. declaração e segunda via de qualquer documento: R$ Serviço de Transporte Escolar de Betim.Declaração de ciência que os custos da operação e impostos não Art. os valores de remuneração pela prestação dos serviços. retorne. Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Diretor Presidente da TRANSBETIM X. 77. de 15 de setembro de 2. como condição para renovação do creden- e informações para tomadas de decisão.Monitoramento em tempo real VI.Declaração de comprometimento no cumprimento de todos os do Termo de Adesão ao Sistema.A existência de débitos vencidos junto à TRANSBETIM impedirá a tramitação de quaisquer requerimentos. CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.CGO: R$ 500. estadual e municipal. troca de óleo. de Art. Os veículos descritos nos incisos I e II do deste artigo não serão períodos da jornada declarada pelo Autorizatário.Da decisão da CIJAI caberá recurso. terá Art. Art. pela TRANSBETIM. pneu. no prazo de 07 (sete) dias data da entrega do documento.Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ. conforto.Conjunto de informações utilizadas para reportar re- os últimos 12 (doze) meses”.Modelo do Contrato e Termo de Adesão a ser firmado com os Au- Art. rem o prazo de 60 (sessenta) dias de sua emissão. 1º . a ser cobrado na mento. ou ser reincidente em infrações médias durante V – Relatório . pela TRANSBETIM. previsto na Portaria TRANS- Parágrafo único: os débitos não quitados pelos permissionários des- III.Fica estabelecido o prazo até 27/02/2015 para instalação excessivos.Visibilidade de acesso dos usuários ao sistema XXVI. Art. atuais permissionários deverão quitar todos os seus débitos junto à § 1º.014. Lei Municipal nº 4. geo-localizados do aparelho utilizado. prevista no inciso I. alimentando uma base de ciamento quando completarem a vida útil estabelecida no art. abaixo re- bem como sobre os critérios para homologação de empresas forne- XII. dados de toda frota de escolar disponí- são de responsabilidade da TRANSBETIM. I.º 048. 11. Termo de Ajustamento e Conduta. As empresas fornecedoras deverão disponibilizar em caráter II. que dispõe sobre o Regulamento do Serviço de critos no art. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES modalidade. revogando-se as disposições em contrário.. por meio de guia própria.BR .BETIM. Esta portaria especifica os equipamentos. VI. QUINTAS E SÁBADOS. Não havendo a homologação das empresas de inspeção / vistoria. O Diretor-Presidente da Empresa Municipal de Transporte e Trânsito – TRANSBETIM. com mentos: O Diretor-Presidente da Empresa Municipal de Transporte e Trânsito DAS DISPOSIÇÕES GERAIS status em movimento ou parado. softwares e formas implantar o sistema de monitoramento e rastreamento e se adequa- XVII. Os permissionários atuais.Serão cobrados dos autorizatários. junto à TRANSBETIM. a variação da mensalidade para o Autorizatário.Bateria interna do equipamento utilizado. nos termos do TAC com o Ministério Público.762/09. para esta finalidade.CND Previdenciários. transmissão de dados. em qualquer fase. XV. Capítulo X. IV – GPRS – Serviço de Rádio de Pacote Geral. IX. na época da menta as taxas de transferência de dados das redes GSM existentes. 78 – Para recondução ao novo modelo de serviço escolar.Conexão GPRS para envio de informações do veículo em um in- TA TECNOLOGIA Estabelece prazo para instalação e funcionamento do Sistema de Mo- junto ao Ministério Público Estadual. e aos autorizatários de forma individualizada. Art. conservação. a TRANSBETIM com exclusivi- IV. A inspeção / vistoria nos veículos será realizada por empresa especializada credenciada junto ao DETRAN/INMETRO e homologada pela TRANSBETIM. passando a atender assim. Art.GOV. art. em entre outros) gunda após 06 (seis) meses. mentos. Autorizatários e pais/respon- até o cumprimento da exigência por parte do permissionário.Contrato social. 84 . processando pacotes de in- acompanhadas dos documentos exigidos neste Regulamento. bem como define critérios para homolo- XIX. 3º. Após recondução. terão seus contratos de permissão pela Anatel DA HOMOLOGAÇÃO DAS EMPRESAS FORNECEDORAS DES- PORTARIA n. As empresas fornecedoras da tecnologia. Na realização da inspeção / vistoria.Status da ignição: ligado / desligado XI. do inciso I do art.Imagens via Google Street View XXVIII. para seu credenciamento cancelado assim como os demais. Art. com e rastreamento. através de Portaria por parte da TRANSBETIM. com autonomia de 08 do. firmado com empresa homologada Art. definem-se: ATO DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS I – Autorizatário – pessoa física ou pessoa jurídica (escola) creden- Art. sendo a primeira com – TRANSBETIM. 85 . Art. O monitoramento fornecerá uma análise sistemática sobre a § 2º.Visualização no mapa via imagem satélite e perímetro urbano / rural XXI. sobre a localização da frota empenhada. 18. Gilvaldo de Vasconcellos Costa/Di- sionários. com velocidade realizada e sentido per- II.Relatório estado parado. de funcionamento do sistema de monitoramento GPS/GPRS para o rem à nova tecnologia como condição para início de operação como XVIII.Rastro da rota percorrida por período de dias / horários XII. os tação do sistema de monitoramento e rastreamento.00 (quinhentos reais) por veículo credenciado.Acesso restrito a Cooperativas e Associações com dados de todos resoluções do CONTRAN vigentes afins. as exigências da alínea “f”. As empresas homologadas deverão oferecer todo o suporte e material em marketing e divulgação do sistema aos transportadores / VII. no Regulamento do Serviço e em normas complementares. na CAPÍTULO X Dispõe sobre o sistema de monitoramento e rastreamento via GPS/ IX.CND Federal. normas. maplink.Art.Aceite no Termo de sigilo – ANEXO I. sob pena de cancelamento da homo- recolhidas. 47 deste Regulamento. firmado com o Ministério Público II – Cerca – Região delineada para o controle com envio de alerta Estadual em 07/06/2013. RESOLVE: Art. 17. quando formações para que sejam armazenados e/ou enviados para outro da publicação do Edital Interno de Credenciamento para efetivação dispositivo receptor. que será o responsável pela condução dos escolares VI – Usuário do sistema – Transbetim. obrigatoriamente. 76 – Os atuais permissionários que não atenderem. até o prazo descrito no Art. para visualização do trajeto realizado pelo filho. grave ou gravíssima. Betim. XI. fornecerão sistema itens da presente Portaria.Certidão. Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. suporte. sob o gerenciamento da TRANSBETIM. Os dados armazenados devem permanecer no sistema para do art. na nova modalidade.Sensor de ignição associado à amostragem de veículo ligado e sistema previsto nesta Portaria. 12 e art. semestralmente.014 VIII.13 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 berá recurso. 81 – Processado o credenciamento.Relatório excesso de velocidades através da adesão dos pais/responsáveis ao serviço. 13. a ser cobrado por veículo per- CAPÍTULO I Art. por período dendo ser divido em 02 (duas) parcelas iguais. Art. valores de implantação e mensalidade.O Autorizatário deverá comparecer no Setor de Atendimento CAPÍTULO V torizatários. Art. As empresas homologadas deverão disponibilizar ao transportador um usuário para os Pais/Responsáveis. de 29 de outubro de 2. serão inscritos na divida ativa municipal. da comprovação exigida.. As empresas homologadas deverão fornecer possibilidade de senha de acesso ao sistema compartilhada entre Transbetim e Autorizatário. revogadas as disposições contrárias.Alerta de velocidade no rastro acima do parametrizado XXII. PORTARIA n. a seguinte vida útil: CAPÍTULO III I. para prestação do Serviço de Trans- mento Interno. delimitando dias/ horários de acesso. todas as empresas especializadas neste tipo de serviço. para recondução dos atuais permissionários nas entradas e saídas do veículo a fim de gerar relatórios para estudo à nova modalidade de autorização do serviço. DAS DEFINIÇÕES CAPÍTULO XI Art. recondução.Acelerômetro informando o veículo que estiver desligado. cópia e original do aquele que não solicitar renovação da mesma no ano seguinte. poderão ser aproveitados os documentos TRANSBETIM. e possibilidade de cadastro. da pela TRANSBETIM.54 (doze reais e cinquenta e quatro centavos). sob gerenciamento da TRANSBETIM.O Presidente da TRANSBETIM poderá avocar. 3º. Art. creches.Relatórios Faixa de velocidade proposta comercial. no uso das atribuições legais que lhe conferem a Art. anualmente.acesso rastreamento via smatphone.Envio de mensagens para os números celulares cadastrados XXV. residências. com disponibilização de um número de contato.Controle das manutenções veiculares (abastecimento. mas dos Autorizatários que contratarem o serviço. As empresas fornecedoras que atenderem as especificações XIV. Frota. 82 – Processada e finalizada a recondução dos atuais permis- porte Escolar Municipal. Para a interpretação deste regulamento.Cadastro de condutor auxiliar e acompanhante: R$ 25. do Artigo 49. 15. 19. por falta de alimentação endereço do(s) Local(ais) para instalação e manutenção dos equipa- RESOLVE: Transporte Escolar. 88 . especificando o equipamento a ser implanta- – TRANSBETIM. mediante acordo prévio com Art.Roteirização de percurso logação. com os seguintes serviços/funcionalidades: V.

d. que as informações prestadas são expressão da verdade.BR . atestado médico de sanidade física e mental. Justiça Estadual da Comarca de Betim e Juizado Especial de Betim. comprovante de endereço. sob as penas da Lei. anexar a este original da procuração reconhecida em cartório. certidões negativas ou positiva sem trânsito em julgado de distribuição de feitos criminais dentro do prazo de validade. 2 – NÃO será conferida a autenticidade e/ou validade dos documentos anexos a este formulário no ato do protocolo. 3 – No caso de protocolo do requerimento por meio de procurador.GOV.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 14 OFICIAL ANEXO II – A REQUERIMENTO DE CREDENCIAMENTO EXTERNO (Pessoa Física) DADOS DO(A) SOLICITANTE Nome: Endereço (Rua. explicitando a habilitação para conduzir escolares nos termos da Legislação vigente. Betim. Declaro. Certidão Negativa de Débitos emitida pela Prefeitura Municipal de Betim e TRANSBETIM. expedido no prazo máximo de 30 dias. Observações: 1 – Com exceção da alínea “b”. ____/_____/2014. quitação militar e eleitoral. carteira nacional de habilitação categoria D ou E. e. ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos 12 (doze) meses. QUINTAS E SÁBADOS. g. Motivo ________________________________________________________ Data: ____/____/_____ Nome e Ass.MG. c. b. Transbetim: _________________________________ Data de entrega da credencial: ____/_____/_____ Validade da credencial: ____/____/_____ CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Assinatura do(a) solicitante: ______________________________ PREENCHIMENTO DA TRANSBETIM (Comissão de Credenciamento Escolar) ( ( ) APROVADO ) REPROVADO. emitido por médico do trabalho. os demais documentos deverão ter data de expedição inferior a 60 (sessenta) dias. f.____/11/14 Complemento: Bairro: CEP: Cidade: CI: CPF: CNH: Telefone fixo: Telefone Celular: ( ( ) Placa: Chassi: ) E-mail (opcional): DADOS DO VEÍCULO Marca/Modelo: Ano Fabricação: Capacidade: DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER PROTOCOLIZADOS NO PRAZO DE 03 A 14/11/2014 ANEXO A PRESENTE SOLICITAÇÃO E PROCEDIMENTOS AFINS a. emitidas pela Justiça Federal. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . Av) Nº Protocolo (USO DA TRANSBETIM) ______/2014 .BETIM. comprovação de não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima. com validade de 01 ano.

Estadual e Municipal. Declaro. anexar a este original da procuração reconhecida em cartório. Motivo ______________________________________________________ ) APROVADO COM RESSALVA _________________________________________________ Data: ____/____/_____ Nome e Ass. Assinatura do(a) solicitante: ________________________________ PREENCHIMENTO DA TRANSBETIM (Comissão de Credenciamento Escolar) ( ( ( ) APROVADO ) REPROVADO. Certidão negativa de débitos junto ao INSS. Observações: 1 – Os documentos deverão ter data de expedição inferior a 60 (sessenta) dias.BR . que as informações prestadas são expressão da verdade. Betim. sob as penas da Lei. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. Av) Protocolo (USO DA TRANSBETIM) _____/2014 . f. b.GOV. e. exceto aqueles que não possuem validade definida. c. Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ. QUINTAS E SÁBADOS. ____/_____/2014. d. Certidão negativa de débitos referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.BETIM.MG. Certidão Negativa de Débitos emitida pela TRANSBETIM. 3 – No caso de protocolo do requerimento por meio de procurador. Contrato social e última alteração existente registrados na Junta Comercial ou estatuto registrado em Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas. Alvará de Localização e Funcionamento de Atividades em Betim.___/11/14 Nº Complemento: Bairro: CEP: Cidade: CNPJ: Telefone fixo: Telefone Celular: E-mail (opcional): DADOS DO VEÍCULO Quantidade de veículos que serão cadastrados (usados e/ou 0km): ________________(___________________________________________________________) DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER PROTOCOLIZADOS NO PRAZO DE 03 A 14/11/2014 ANEXO A PRESENTE SOLICITAÇÃO E PROCEDIMENTOS AFINS a. g.15 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II – B REQUERIMENTO DE CREDENCIAMENTO EXTERNO (Escolas) Nome: DADOS DO(A) SOLICITANTE Endereço (Rua. 2 – NÃO será conferida a autenticidade e/ou validade dos documentos anexos a este formulário no ato do protocolo. Transbetim: _________________________________ Data de entrega da credencial: ____/_____/_____ Validade da credencial: ____/____/_____ CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Certificado de regularidade jurídica fiscal perante as Fazendas Federal.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .

53 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.17 643.78 13.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..78 15.540.1.540.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .50 195...00 15.1 2.1 + 1.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Ponto de Contacto Nova Canaã p/Bem Estar social 22737746/0001-15 Nº 98 Bairro Endereço: Rua Mato Grosso Espirito Santo Cidade: UF: CEP: 32671-654 Betim MG Telefone/fax: 3594-1349 e-mail: 0 Nome do Responsável: OLIVEIRA LEITE GUIMARAES Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA SECRETARIA/ ÓRGÃO 34-2014 Apromiv a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE 1º INÍCIO VIGÊNCIA 02/01/2014 31/12/2014 CONTA/ CORRENTE BANCO 1796-0 CEF Trimestre Civil 1..00 300.1.IPPUB g) ( ) 1.00 20.2..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/01/2014 A 30/03/2014 1.2.913.00 20. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 20.840.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.) Receita Estadual c) (.BETIM. QUINTAS E SÁBADOS.1 DESPESAS E CUSTOS 2.2.) b) (.199.) Receita Federal b) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.58 1..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 .00 300. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2...2..2 1.3 VALOR (R$) 20.875.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.1.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.) 1.78 15.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.) c) (.2.2 + 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção....2 2.1 + 1.1 + 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 16 OFICIAL CRECHES ANEXO II .2.) d) (...00 - 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.913.GOV.00 300.) TOTAL I VALOR (R$) 1.913.MG.540.1.BR .

78 4.17 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .22 20.926.1.00 (15.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .22 4.BETIM.22 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 20.926.926.926.22 TOTAL - Observações: DATA: 31/03/2013 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 15.GOV.00 (15. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.840.913.926. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.913.913.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 4.22 4.926.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4606 . 3. QUINTAS E SÁBADOS.MG. DATA: 31/03/2013 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.78) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4.BR .22 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. sob as penas da lei.926.22 4.78) (=) SALDO AUTAL 4.840.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.

.405.2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/04/2014 A 30/06/2014 1......) 1.MG.2.. QUINTAS E SÁBADOS.1 2.3 250.) Receita Estadual c) (.1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.BR .Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22737746/0001-15 Órgão/Entidade: Ponto de Contacto Nova Canaã p/Bem Estar social Nº 98 Bairro Endereço: Rua Mato Grosso Espirito Santo Cidade: UF: CEP: 32671-654 Betim MG Telefone/fax: 3594-1349 e-mail: 0 Nome do Responsável: OLIVEIRA LEITE GUIMARAES Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 1796-0 CEF 34-2014 a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE 2º Trimestre Civil 1.) Receita Federal b) (.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção...2.703.57 7.1.GOV. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.00 250.) d) (.2.315.92 51.IPPUB g) ( ) 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.2 2.00 61.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1 + 1.) c) (.655.405.1 + 1.2.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.00 - 1.2.367. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW...92 51.1 + 1.1.80 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.) b) (..1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 18 OFICIAL ANEXO II .686.405.1.00 61.686.BETIM.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1 DESPESAS E CUSTOS 2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.50 300.686.92 37.) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 61..3 OUTROS CRÉDITOS a) (..00 250.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 61.05 6.2 + 1.00 51.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.00 - 1.2 1..

RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 51.30 TOTAL - Observações: DATA: 30/06/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.22 61.MG. QUINTAS E SÁBADOS.894.894. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 14. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .686.894.686.19 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.BR .30 4.30 14.655.GOV. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. DATA: 30/06/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. 3.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .22 61. sob as penas da lei.926.92) (=) SALDO AUTAL 4.926.00 (51.00 (51.30 14.894.BETIM.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.30 14.30 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 14.894.92 14.655.92) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 14. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.894.686.1.894.30 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.

DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.75 79..) d) (.1.84 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.2 + 1..06 36.1.779.977.266.2..) 1.2.06 50.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .713.75 - 288. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 80.IPPUB g) ( ) 1..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2.00 - 1..1 + 1..977.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.977.BETIM.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .75 79.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1 + 1.713.2.06 50.711.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.015.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.MG..ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 20 OFICIAL ANEXO II .41 50.GOV.BR .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1.1 2.713..1...1.3 VALOR (R$) 79.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .66 288. QUINTAS E SÁBADOS.2 1..) Receita Estadual c) (.) Receita Federal b) (.66 158.2.) b) (.) c) (..13 6.1 + 1.2 2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.66 130.1 DESPESAS E CUSTOS 2..70 206.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22737746/0001-15 Órgão/Entidade: Ponto de Contacto Nova Canaã p/Bem Estar social Nº 98 Bairro Endereço: Rua Mato Grosso Espirito Santo Cidade: UF: CEP: 32671-654 Betim MG Telefone/fax: 3594-1349 e-mail: 0 Nome do Responsável: OLIVEIRA LEITE GUIMARAES Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 34-2014 a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 1796-0 CEF 3º Trimestre Civil 1.39 7..

BETIM.285. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.65 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 . sob as penas da lei.06) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 44.65 44.447.99 40.1. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 31.44 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 1.41 (50.41 (50.BR . 3.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.65 4. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 50.GOV.447.713.713.732.06) (=) SALDO AUTAL 4.65 14.447.266. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.266.285.06 31.21 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .713. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.894.288.447.MG.158.30 80.09 80.44 44. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.66 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 44.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.

2 1.) d) (.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1.300.1..584.) TOTAL I 03868968/0001-22 Niteroi MG 0 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .70 144.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N..1..584.484.com Nome do Responsável: Walter Raimundo de Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 05/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 108-3 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..2.00 1.1 + 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .3 VALOR (R$) 96.1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 22 OFICIAL ANEXO II ...300. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.00 - 1.2.13 100.2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.) b) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2.) 1.700.IPPUB g) ( ) 1.300.584.00 - 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 98.2.00 1.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.BETIM.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..836.) Receita Federal b) (..) c) (.623-520 Betim Cidade: UF: Telefone/fax: e-mail: crecheanalia@gmail.700....700.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS... 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: Órgão/Entidade: CRECHE ANALIA FRANCO Nº 47 Bairro Endereço: Rua Goaiania CEP: 32.00 100..GOV.13 50.00 96.1 DESPESAS E CUSTOS 2.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.117. QUINTAS E SÁBADOS.1 + 1.13 100.1 2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.97 14.1 + 1.00 96. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.BR .2 + 1.) Receita Estadual c) (..2 2..2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .000.56 35.MG.

50 2. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. sob as penas da lei. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.GOV.00 (100.63 98. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.608. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 3.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .1.50 24.13) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 24. QUINTAS E SÁBADOS.50 24.MG.50 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 24.584.98 24.250.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.50 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .000.000.584.BETIM.98 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 5. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.13 3.835.BR . conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.00 (100.23 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .13) (=) SALDO AUTAL 4.250.11 98.584. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 3. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 100.

01 895.MG.505.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.46 35. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW..2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1.) c) (.2.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .) Receita Estadual c) (.252.1.26 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.019.3 895.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.52 8.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.91 0.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 66.00 - 1..78 18.898.IPPUB g) ( ) 1.172. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1 + 1.1...46 63..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .91 895.00 65..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.610.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.001.) 1.1.172.2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: Órgão/Entidade: SOCIEDADE EDUCACIONAL ARCO IRIS Nº 11 Bairro Endereço: Rua Espanha Cidade: UF: CEP: 3.2 + 1.610..ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 24 OFICIAL ANEXO II .2 2.90 1.1.1 DESPESAS E CUSTOS 2..46 63.1 + 1.90 - W 1..00 65.) d) (.BR .2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.BETIM.) TOTAL I 04971627/0001-40 Petrovale MG 0 VALOR (R$) 65.1 + 1..) b) (..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.GOV.2...2.172....2.2 1.1 2.) Receita Federal b) (.610. QUINTAS E SÁBADOS.668-050 Betim Telefone/fax: e-mail: 0 Nome do Responsável: Mario Candido de Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 09/2013 a) Pessoal e b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2013 31/12/2013 812-0 CEF 3º Trimestre Civil 1.91 63.

que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.BETIM.96 204.537.25 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . sob as penas da lei.96 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3.235. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 4.537.537.96 3.46 4. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.51 66.BR .MG. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 63.505.46) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3.46) (=) SALDO AUTAL 4.505.172. 3. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .96 3.537. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .1.172. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.GOV.91 (63.57 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 902. QUINTAS E SÁBADOS.57 3.96 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.172.235.91 (63.537.12 66. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.

VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 2.01 111.1 + 1.1 2.) b) (.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.2.058.1 DESPESAS E CUSTOS 2...ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 26 OFICIAL ANEXO II .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .) c) (.1.058..243.11 111.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.11 111.860..00 107.2.01 100.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.369. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 107.058.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) Receita Estadual c) (.11 14.1 + 1.00 - 1.) TOTAL I 02361603/0001-44 Universal MG 0 VALOR (R$) 107..77 144. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.01 0..1. QUINTAS E SÁBADOS...2 1.00 - 1.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.760.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.33 36.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Bom Jesus Nº 360 Bairro Endereço: Rua amazonas Cidade: UF: CEP: 32678-034 Betim Telefone/fax: e-mail: bomjesusc@hotmail..BR .300.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.760.1 + 1..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1.) Receita Federal b) (.MG.BETIM..3 100.com Nome do Responsável: Marilene de Fatima Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 08/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501391-2 CEF 3º Trimestre Civil 1.GOV.) 1.1.11 60..760.) d) (.2.00 107.2..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2 + 1.2.1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.01 100..IPPUB g) ( ) 1.

classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 111.860.29 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 3.058. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. 3.01 (111. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.11 244. QUINTAS E SÁBADOS.01 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.01 68.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.860.BETIM.01 (111. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.27 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .BR . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.01 68.11) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 68.11) (=) SALDO AUTAL 4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 244.266. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.442. sob as penas da lei.29 68.MG.11 107.39 107.GOV.01 3.01 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 68.058.058.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .1. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.

.618-488 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3591-1901 e-mail: crechebompastor@gmail..2..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.00 - 1.) Receita Estadual c) (...1 2..786.00 - 284.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.) b) (.790.2 2.006. California CEP: 32.71 22. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.786.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.) TOTAL I VALOR (R$) 1..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.45 48. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 86.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) Receita Federal b) (. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22737712/0001-20 Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Bom Pastor Nº 60 Bairro Endereço: Rua Sete Jd.1.381.BR .1 + 1..1.1.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2..074.3 VALOR (R$) 85.24 15.1 + 1.) c) (.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 28 OFICIAL ANEXO II .1.MG.00 85.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) d) (..1 + 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 1.00 284.2 + 1.790.00 85.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..2..2.00 284.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .790.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..45 85.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.com Nome do Responsável: Wilson Jose Raimundo Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 13/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501345-9 CEF 3º Trimestre Civil 1.2.) 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.00 85.GOV.2.1 DESPESAS E CUSTOS 2..IPPUB g) ( ) 1.60 144.786.BETIM.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1..253.1.45 85.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1. QUINTAS E SÁBADOS..

917.45) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 1.979. QUINTAS E SÁBADOS. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 85.00 (85.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.786.692. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.630.19 86.74 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 1.074.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.74 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.1.45 1.74 1.786. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .74 1.786. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.BR .00 (85. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.29 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .GOV.19 86. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 1.74 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.917.74 1.979.MG.BETIM.074.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .45) (=) SALDO AUTAL 4. 3.74 1.979.979.979. sob as penas da lei.

2.243...254.41 49..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.BETIM.83 1.) Receita Federal b) (.1 + 1.) 1.2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.) c) (.1 DESPESAS E CUSTOS 2..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2 1.605.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 90.83 - 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 04158954/0001-88 Órgão/Entidade: CRECHE COMUNITARIA CAMINHOS PARA CRESCER Nº 149 Bairro Endereço: Rua Maria Augusta da Costa Cachoeira Cidade: UF: CEP: 32602-514 Betim MG Telefone/fax: 3594-4696 e-mail: 0 Nome do Responsável: Regiane Miranda Souza Rocha Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 46/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 1048-6 CEF 3º Trimestre Civil 1.1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .30 1..ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 30 OFICIAL ANEXO II ..2.IPPUB g) ( ) 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..1.604.2.1 + 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim . QUINTAS E SÁBADOS..) b) (.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.41 91..243.1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.BR .MG.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.120.2.37 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .2 + 1.41 91.00 89.36 48. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.734..362..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.362.00 89.26 14.1 + 1.00 - 1.2 2.1.479.120...) d) (.1 2.GOV.120.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.12 25.1.) Receita Estadual c) (.243..3 VALOR (R$) 89.362.83 1.83 91.2.

493. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 91.120.120.90 90.41 3.83 (91. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.GOV. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.41) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 2.120. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.605.008.06 90.493.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .48 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 2. sob as penas da lei.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .31 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .493.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.41) (=) SALDO AUTAL 4.83 (91.BR . QUINTAS E SÁBADOS.32 2.48 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.757. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.48 3.48 2.757.BETIM. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 3.MG. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.493.493.48 2.32 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4.605.1.271. 3. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.

04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: 22731236/0001-30 Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Cantinho da Vila Nº 245 Bairro Endereço: Rua Macapa Vila S.063..68 131.2.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.00 - 1.81) 1.2 + 1.1.) Receita Estadual c) (.063.2.00 126.) d) (.2 2.00 - 1.446..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .19 131.02 18.844.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) b) (.3 VALOR (R$) 126.359.296.com Nome do Responsável: Hamilton Mendes Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 11/2013 a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2013 28/02/2014 501385-8 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..1 + 1.300.) c) (.063....1 + 1.19 (3.68 62.) 1.296. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 127.80 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 32 OFICIAL ANEXO II .29 37..57 12.1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .Caetano CEP: 32677-698 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3597-3334 e-mail: cccvila@gmail.19 1.712.1 2...2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.) TOTAL I VALOR (R$) 1.) Receita Federal b) (.2..1 DESPESAS E CUSTOS 2.2.1 + 1..MG.1.GOV.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .2..BETIM.2.795.00 126.446. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.. QUINTAS E SÁBADOS.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..68 131..094..IPPUB g) ( ) 1.1.446.BR .

BR .084.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.19 (131.73 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 180.MG. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.73 180.BETIM.73 4.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .80 127. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (4.19 (131.22 127. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.68 (4.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . 3.446. sob as penas da lei.68) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 180.73 180.268.359.1.446. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.GOV.359.084.73 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. QUINTAS E SÁBADOS. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 131. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.33 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .446.68) (=) SALDO AUTAL 4.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.69) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.69) 180.

.00 - 531.907.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2.1...BR .) d) (.907.2.48 490.742.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2..ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 34 OFICIAL ANEXO II .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.83 42.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 + 1.2.1 + 1.IPPUB g) ( ) 1.407.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.00 84.) 1.00 - 1..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1. QUINTAS E SÁBADOS.907.1 + 1.407.1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.) c) (..) b) (.48 41. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 85..1 2.) TOTAL I 22734198/0001-70 Jd Terezopolis MG 0 1.BETIM.2 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 + 1.3 VALOR (R$) 84.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ...MG.1.83 89.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..1.83 89.60 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.44 124.) Receita Federal b) (...1 DESPESAS E CUSTOS 2.Ed.48 89..Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 501411-0 CEF 3º Trimestre Civil 1.) Receita Estadual c) (. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Cantinho Feliz Nº 490 Bairro Endereço: Rua Campo Formoso Cidade: UF: CEP: 32067-705 Betim Telefone/fax: e-mail: 0 Nome do Responsável: Priscila Fagundes da Silva Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 14/2014 a) Manut.2.GOV.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 2..438.71 16.00 84..823.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.08 29.48 531.407.2.717.

CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 1.MG. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.407.83) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 89.438.35 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .407.01 85.08 3.1.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.08 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.BR . Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. sob as penas da lei.66 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 5.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.722.08 3. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.66 3.972.48 (89.08 3. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.407.43 85. QUINTAS E SÁBADOS.692.08 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3.BETIM. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.48 (89.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .83) (=) SALDO AUTAL 4.438.722. 3.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .GOV.83 1.

.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) c) (.06 57.br Nome do Responsável: Maria Aparecida Ramos Ribeiro Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 15/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501691-1 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 + 1..) Receita Estadual c) (.2.345.665.1.BETIM.) b) (..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .30 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.01 0.603-202 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: creche.80 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 DESPESAS E CUSTOS 2.1 + 1. QUINTAS E SÁBADOS.01 680.140.amizade@yahoo....2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 100.1 + 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 101.IPPUB g) ( ) 1..2..) 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1.2.1.com..00 100.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.142.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 21171491/0001-03 Órgão/Entidade: CASA DA AMIZADE DAS SRAS ROTARIANOS DE BETIM Nº 491 Bairro Endereço: Rua Expedicionario Aderbal Salome Novo Guaruja CEP: 32.GOV..1...06 107..01 680.62 26..3 680.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2.82 21.1.52 26.2 1.2.111.111.991. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 36 OFICIAL ANEXO II .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2.00 - 1.MG.809.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção..00 - 1.06 107.111.2 2.00 100.1 2.01 107.665.) d) (.665.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 + 1.BR .) Receita Federal b) (.

MG.345.1.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. 3. QUINTAS E SÁBADOS. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.GOV.345.111.01 (107.079.111.06) (=) SALDO AUTAL 4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (3.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.39) 90. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.39) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .686.06 (3.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 107.BETIM.15 101.BR .01 (107.111.66 101.10 90.10 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.37 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . sob as penas da lei.856.10 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 90. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.686.10 90.10 5. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.06) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 90. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ÓRGÃO

38

OFICIAL

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR

PROJETOS

DADOS DA ENTIDADE
CNPJ: 02624796/0001-89
Órgão/Entidade: Centro de Assistencia social Ebenezer - Alterosa

22 Bairro
Endereço:
rua Joaquim Venancio
Vila Triangulo
Cidade:
UF:
CEP:
32.671-272
Betim
MG
Telefone/fax:
3531-1754
e-mail:
casecrh@yahoo.com.br
Nome do Responsável: Jose Rodrigues de Araujo
Qualificação Jurídica:
Asistencia social
INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO:
CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM
Nº CONVÊNIO/ TERMO
ADITIVO

PROGRAMA

28/2014
a)
Man.Educ.Infantil
b)
c)
MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE

SECRETARIA/
ÓRGÃO

INÍCIO

VIGÊNCIA

CONTA/
CORRENTE

BANCO

Apromiv

02/01/2014

31/12/2014

483-4

CEF

Trimestre Civil

1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS

-

01/07/2014 A 30/09/2014
1.1.1 + 1.1.2

1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM
a) Prefeitura Municipal (SEMAS)
b) Prefeitura Municipal: (SEMED)
c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV )
d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito- Transbetim
e)Fundação Artístico-Cultural de Betim - Funarbe
f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim - IPPUB
g) ( )
1.1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS
a) (...) Receita Federal
b) (...) Receita Estadual
c) (...)
d) (...)
1.2 RECEITAS PRÓPRIAS
1.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS
a) Vendas de Produtos
b) Prestação de Serviços
c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras
d) Outras Receitas Operacionais
1.2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES
a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas
b) Créditos de Doações Pessoas Físicas
1.2.3 OUTROS CRÉDITOS
a) (...)
b) (...)
c) (...)
TOTAL I

VALOR (R$)

VALOR (R$)
44.225,00
44.225,00
44.225,00
-

1.2.1 + 1.2.2 + 1.2.3

47,31
47,31
47,31
-

1.1 + 1.2

2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS
2.1
2.1 DESPESAS E CUSTOS
2.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS*
a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Matéria-prima:
e) Materiais:
f) Insumos:
g) Água:
h) Energia Elétrica
i) Combustíveis
j) Telefone e comunicação
k) Conservação e Manutenção:
l) Outras Despesas Operacionais:
m) Contribuições e Doações de Caráter social
n) (...)
* (Classificar as despesas/ custos referentes à produção, comercialização ou prestação de serviços)
Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

44.272,31
53.262,22
53.262,22
53.262,22
27.492,69
15.330,67
10.255,35
183,51
-

Página 1 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

39

ÓRGÃO

OFICIAL

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR
2.1.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS - classificar as despesas efetuadas na administração da entidade

-

a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Água e Esgoto:
e) Aluguéis:
f) Combustíveis:
g) Energia Elétrica:
h) Fretes e Carretos:
i) Materiais de Expediente:
j) Materiais de Limpeza:
k) Telefones de Comunicação:
l) Impostos, Taxas e Contribuições:
m) Outras Despesas Administrativas:
TOTAL II
2.
3. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE

53.262,22
(4.788,18)

Saldo do Trimestre Anterior
(+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I)
(-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II)

4.201,73
44.272,31
(53.262,22)

(=) SALDO AUTAL
4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE
Saldo do Trimestre anterior
(+) Entradas
(-) Saídas

(4.788,18)
1.952,40
10.942,31
44.272,31
(53.262,22)

(=) SALDO ATUAL
Investimentos Financeiros
Contas corrente
Aplicações financeiras
Estoque de materiais diversos

1.952,40
1.952,40
1.952,40
-

TOTAL
Doações Realizadas no Trimestre:
Outras operações realizadas:

1.952,40

TOTAL

-

Observações:

DATA:

30/09/2014

Contador
DECLARAÇÃO

Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada, sob as penas da lei, que as informações acima relacionadas comprovam a
exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam, conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.
DATA:
30/09/2014
Observações:

Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal

Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

Página 2 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ÓRGÃO

40

OFICIAL

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR

PROJETOS

DADOS DA ENTIDADE
CNPJ: 02624796/0001-89
Órgão/Entidade: Centro de Assistencia social Ebenezer - Banderinhas

22 Bairro
Endereço:
rua Joaquim Venancio
Vila Triangulo
Cidade:
UF:
CEP:
32.671-272
Betim
MG
Telefone/fax:
3531-1754
e-mail:
0
Nome do Responsável: Jose Rodrigues de Araujo
Qualificação Jurídica:
Asistencia social
INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO:
CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM
Nº CONVÊNIO/ TERMO
ADITIVO

PROGRAMA

29/2014
a)
Manut.Educ.Infantil
b)
c)
MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE

SECRETARIA/
ÓRGÃO

INÍCIO

VIGÊNCIA

CONTA/
CORRENTE

BANCO

Apromiv

02/01/2014

31/12/2014

487-7

CEF

Trimestre Civil

1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS

-

01/07/2014 A 30/09/2014
1.1.1 + 1.1.2

1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM
a) Prefeitura Municipal (SEMAS)
b) Prefeitura Municipal: (SEMED)
c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV )
d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito- Transbetim
e)Fundação Artístico-Cultural de Betim - Funarbe
f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim - IPPUB
g) ( )
1.1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS
a) (...) Receita Federal
b) (...) Receita Estadual
c) (...)
d) (...)
1.2 RECEITAS PRÓPRIAS
1.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS
a) Vendas de Produtos
b) Prestação de Serviços
c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras
d) Outras Receitas Operacionais
1.2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES
a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas
b) Créditos de Doações Pessoas Físicas
1.2.3 OUTROS CRÉDITOS
a) (...)
b) (...)
c) (...)
TOTAL I

VALOR (R$)

1.2.1 + 1.2.2 + 1.2.3

VALOR (R$)
53.670,00
53.670,00
53.670,00
-

89,44
89,44
89,44
-

1.1 + 1.2

2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS
2.1
2.1 DESPESAS E CUSTOS
2.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS*
a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Matéria-prima:
e) Materiais:
f) Insumos:
g) Água:
h) Energia Elétrica
i) Combustíveis
j) Telefone e comunicação
k) Conservação e Manutenção:
l) Outras Despesas Operacionais:
m) Contribuições e Doações de Caráter social
n) (...)
* (Classificar as despesas/ custos referentes à produção, comercialização ou prestação de serviços)
Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

53.759,44
58.667,00
58.667,00
58.667,00
31.260,78
17.888,86
9.316,92
200,44
-

Página 1 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.59 9.556.44 (58. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. sob as penas da lei.241.47 9.00 6.556. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 6.44 (58.464.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .667. 3. QUINTAS E SÁBADOS.759.149.BETIM. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.241.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .GOV.59 9.03 53.15 53.59 14.759.556.667. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 58.1.BR .556.667. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.41 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .00) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 9.MG.47 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11.00) (=) SALDO AUTAL 4.556.59 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 9.59 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.

1 2.23 28.) b) (.1.470. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 46..) Receita Federal b) (.768.Ed.23 55.80 176.373.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1.1 + 1.1 + 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1.2.MG.470.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção..BETIM.01 55.470.3 0. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.00 - 1.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 02624796/0001-89 Órgão/Entidade: Centro de Assistencia social Ebenezer Bom Retiro Nº 22 Bairro Endereço: rua Joaquim Venancio Vila Triangulo CEP: 32.01 0.00 46.1.) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 46.2.26 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.br Nome do Responsável: Jose Rodrigues de Araujo Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 30/214 a) Manut.2 1.) d) (.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .07 16.768.BR . VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 42 OFICIAL ANEXO II ....01 - 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.768.) c) (..23 55.01 0.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..) 1.2..1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 482-6 CEF 3º Trimestre Civil 1.470.com...2.2.00 46.1.893.) Receita Estadual c) (..1 + 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2..IPPUB g) ( ) 1.. QUINTAS E SÁBADOS.2 2.671-272 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: casecrh@yahoo.GOV.10 10.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1 DESPESAS E CUSTOS 2.2 + 1..325..

022.445. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (5.23) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 1.12 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 1.01 (55.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .BR .320.470.1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .98) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 3.852. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. sob as penas da lei. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. QUINTAS E SÁBADOS.12 10.768. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 55. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.022.34 46. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.24 46.01 (55.12 1.12 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.GOV.022.852.12 1.022.BETIM.470.022.43 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .MG.23 (5.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.98) 1.23) (=) SALDO AUTAL 4.768. 3.768. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.

DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2.2..GOV.br Nome do Responsável: Jose Rodrigues de Araujo Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 31/2014 a) Manut.2.00 54.2.42 67.00 54...01 67.01 600.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.438.582.1 2.1 + 1.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 485-0 CEF 3º Trimestre Civil 1.BR .) Receita Federal b) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..1 DESPESAS E CUSTOS 2.MG..42 67.1 + 1..) c) (..569.42 33.2 1...1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.51 13.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 2.) Receita Estadual c) (..182.1..IPPUB g) ( ) 1.2.2 + 1.82 20.01 0.Ed.671-272 Betim Telefone/fax: e-mail: casecrh@yahoo.) d) (.694.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .3 VALOR (R$) 54.1..1..) 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.506.BETIM. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 55.09 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Centro de Assistencia social Ebenezer Terezopolis Nº 22 Bairro Endereço: rua Joaquim Venancio Cidade: UF: CEP: 32.582.com..) TOTAL I 02624796/0001-89 Vila Triangulo MG 0 1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.01 600.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 44 OFICIAL ANEXO II .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.582.) b) (. QUINTAS E SÁBADOS.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.694.1 + 1.00 - 1.00 180.2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1.694.1.00 - 600.

694.GOV.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .97 55.32 55. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (9.01 (67. sob as penas da lei.56 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 7.694.MG.BR . 3. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1.42) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 7.56 12.528. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.42) (=) SALDO AUTAL 4.BETIM.09) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.519.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .694. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. QUINTAS E SÁBADOS.01 (67.56 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.56 7.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.182.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.56 7.42 (9. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 67.09) 7.528.182.984.45 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .

38 14.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 43.26 52.1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 46 OFICIAL ANEXO II .2 2.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.10 184...IPPUB g) ( ) 1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.287.1.) 1..2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 836-8 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1 + 1.01 0..Vila Triangulo Nº 22 Bairro Endereço: rua Joaquim Venancio Vila Triangulo CEP: 32.MG.26 52.2 + 1.01 0.124..) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 43.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.26 28.1 + 1.970.00 43.3 0.1.287.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.Educ.1 2.671-272 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: casecrh@yahoo..01 - 1.2 1.BETIM.006.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.) b) (.287.) d) (. QUINTAS E SÁBADOS..2.br Nome do Responsável: Jose Rodrigues de Araujo Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 32/2014 a) Um.GOV.BR .00 - 1.1 DESPESAS E CUSTOS 2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .) Receita Federal b) (.1 + 1...970. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 02624796/0001-89 Órgão/Entidade: Centro de Assistencia social Ebenezer .) Receita Estadual c) (.2..00 43.10 9.1.68 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.01 52.972.com.2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2.2.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .970..970....) c) (.1.

QUINTAS E SÁBADOS.26) (=) SALDO AUTAL 4.619.01 (52.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .64) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.89 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 608.970.14 43.26) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 608. 3.287.619. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.1.287.BR .MG.47 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .BETIM.926.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 52.89 608. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.287.697.89 8. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.89 608.GOV. sob as penas da lei. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (5.970.61 43.26 (5.64) 608. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.89 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.01 (52.

. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 65.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.40 39.21 - 1..BETIM.MG.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.924..12 2.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.IPPUB g) ( ) 1.197.1 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .21 63.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 48 OFICIAL ANEXO II .2.2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 2.21 7.BR .00 58.00 - 7.2.974...) 1.) TOTAL I 22730899/0001-30 São Caetano MG 0 1.2 1...) b) (..21 7.40 63.2...2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 DESPESAS E CUSTOS 2.050.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1..00 58..081.924.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.924.172.GOV.) Receita Estadual c) (.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.58 10.70 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.) c) (.2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1.) Receita Federal b) (.) d) (.1 + 1..1.40 63.050.1 + 1.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Instituto Griasc de Assistencia social e Educacional Nº 70 Bairro Endereço: Rua Jeromenha Cidade: UF: CEP: 32677-790 Betim Telefone/fax: e-mail: 0 Nome do Responsável: Evanilda de Paula Gomes Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 25/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501428-5 CEF 3º Trimestre Civil 1..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1.1 + 1.081.050.1.2.. QUINTAS E SÁBADOS.588.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.081.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.2 + 1.00 11.123.3 VALOR (R$) 58.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1.

BETIM.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .101.891.40) (=) SALDO AUTAL 4.04 9.1.21 (63.04 6.04 9.49 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .BR .784. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.04 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 9. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.101.72 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 5. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.208.101.081. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 8.40) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 9.101.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. QUINTAS E SÁBADOS.21 (63.04 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. 3. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 63.081.974.40 8. sob as penas da lei.91 65.784.23 65. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.72 9.MG.101. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.GOV. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.974.081.

.BR .685-066 Betim MG Telefone/fax: 0 e-mail: 0 Nome do Responsável: Lelio Eduardo Fernandes Qualificação Jurídica: Assistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 50/2014 a) Manut.00 - 10.00 63.00 63.370.448..MG.2 1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.) Receita Estadual c) (.370..448.913.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 50 OFICIAL ANEXO II .67 67.1 DESPESAS E CUSTOS 2...BETIM.67 - 1.042..1 2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.67 10..2...INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..910.2.1.450.2.1..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.322/0006-21 Órgão/Entidade: CRECHE LAR CRIANÇA FELIZ .Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1.1 + 1.AMAZONAS Nº 171 Bairro Endereço: Rua Primeiro de Janeiro Amazonas Cidade: UF: CEP: 32.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 05.370...66 19.) c) (.04 67.. QUINTAS E SÁBADOS. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1.) 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) Receita Federal b) (.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.) d) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.Ed.90 11.67 10.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2 2.04 35.GOV.) b) (.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 4106-3 104 3º Trimestre Civil 1.380.IPPUB g) ( ) 1.1..2.2 + 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.1 + 1.04 67. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 63.1 + 1.2.3 VALOR (R$) 63..08 173.448.2.

3. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.37 72.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.04) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 72.GOV.805.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.BR .MG.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .37 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.01 63.37 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 72. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.04 737. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 67.139.67 (67.37 72.64 72.380.51 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .448.37 4.1.67 (67. sob as penas da lei.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .BETIM. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.74 63.04) (=) SALDO AUTAL 4.448.380.64 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 737. QUINTAS E SÁBADOS.448.

344.344.1 + 1.) 1..665.) d) (.1 2.2 + 1..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .322/0001-17 Órgão/Entidade: CRECHE LAR CRIANÇA FELIZ .3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2..2.) b) (.32 - 1.00 70..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..BR .2.109.2 1.042.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 52 OFICIAL ANEXO II ..1 + 1.1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.812..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..344.3 VALOR (R$) 70.1.667.222.2.33 147.) TOTAL I VALOR (R$) 1.1..2.GOV.69 74.71 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..1.12 22.665.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.1 + 1.) Receita Federal b) (...BETIM. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 05.00 - 147.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 DESPESAS E CUSTOS 2.2.58 12.) Receita Estadual c) (.MG.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 2..ICAIVERA Nº 0 Bairro Endereço: AV SYCABA ICAIVERA Cidade: UF: CEP: 32611-236 BETIM MINAS GERAIS Telefone/fax: (31)3531-5618 e-mail: cepcriancafeliz@outlook..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1.33 74.. QUINTAS E SÁBADOS.33 0.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.00 70. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 70.69 39.IPPUB g) ( ) 1.69 74.) c) (.665..01 147.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.28 345. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.com Nome do Responsável: Lelio Eduardo Fernandes Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 51/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 4104-7 CEF 3º Trimestre Civil 1.

MG.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.29 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.230. 3.284.37 1.812.752.230.344.BETIM.812. QUINTAS E SÁBADOS. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 74.37 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.33 (74.752.GOV.1.53 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .344.69) (=) SALDO AUTAL 4.69) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 1. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.230. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.37 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 1.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .73 70.69 3.BR .29 1.762.65 70. sob as penas da lei.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .230.37 1.230.33 (74. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.37 4. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.344.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 3.

QUINTAS E SÁBADOS.2 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.392.91 21.IPPUB g) ( ) 1.NOSSA SRA GRAÇAS Nº 169 Bairro Endereço: RUA DISRITO FEDERAL N SRA GRAÇAS CEP: 32604-712 BETIM MINAS GERAIS Cidade: UF: Telefone/fax: (31)3531-5618 e-mail: 0 Nome do Responsável: Lelio Eduardo Fernandes Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 52/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 4105-5 CEF 3º Trimestre Civil 1.00 - 953.541.2.) Receita Estadual c) (.960..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2 + 1...392.00 - 1.) b) (.960.00 64.00 173.1 + 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1 2.) c) (. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.960. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 05.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 + 1.2...GOV.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 54 OFICIAL ANEXO II .09 7.618.1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..392. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.) d) (.3 OUTROS CRÉDITOS a) (....913.042.1 + 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 65.09 946.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2 2...322/0002-06 Órgão/Entidade: CRECHE LAR CRIANÇA FELIZ .1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.MG.00 64.1.09 64.05 9.1 DESPESAS E CUSTOS 2.) Receita Federal b) (.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..36 64.2.2.BETIM..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) TOTAL I VALOR (R$) 1.1.09 953..) 1.36 33.BR .2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2.36 64.059.3 VALOR (R$) 64.

36) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 2. 3.09 (64.461.17 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 3.160.450.57 2. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.BETIM.392.36 5.913.55 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .36) (=) SALDO AUTAL 4.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .84 65.57 940.913. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 64. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.MG.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.461.929. QUINTAS E SÁBADOS.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .49 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 2.08 301.44 65. sob as penas da lei.392.BR .57 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.461. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 5.461.392.450.17 2.GOV.09 (64.57 2.

Educação Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 4107-1 CEF 3º Trimestre Civil 1.437.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2.1.) 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.00 64..1 + 1.607.VILA CRISTINA Nº 287 Bairro Endereço: RUA PARA DE MINAS VILA CRISTINA CEP: 32675-500 BETIM MINAS GERAIS Cidade: UF: Telefone/fax: 0 e-mail: 0 Nome do Responsável: Lelio Eduardo Fernandes Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 53/2014 a) Manu.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.052.....2 + 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (..2.1..60 67..1 + 1.2 2.34 10.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2.1 + 1..) d) (.00 - 1.1 2.2.60 37.042...08 19.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 56 OFICIAL ANEXO II .306.00 67.) Receita Estadual c) (. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 05.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.60 67.IPPUB g) ( ) 1.BR .Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .00 64.607.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.28 134.1 DESPESAS E CUSTOS 2. QUINTAS E SÁBADOS.2 1.437.BETIM.607.1.GOV. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 64.944.) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 64.3 - 1.322/0002-06 Órgão/Entidade: CRECHE LAR CRIANÇA FELIZ .MG.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.437.) c) (.2.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) b) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) Receita Federal b) (...1.607.

255. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.876.05 2.BETIM.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.05 46.60 1. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 1.607.05 46.05 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.05 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 46.00 (67.GOV.65 64.437.73 64.607.57 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 67.437. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BR .00 (67. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. sob as penas da lei.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .60) (=) SALDO AUTAL 4.13 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4.425.1.13 46.MG.437. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.425.60) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 46. 3.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. QUINTAS E SÁBADOS.

QUINTAS E SÁBADOS.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1...inocentes2010@gmail.1.2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: 22736359/0001-64 Órgão/Entidade: Creche Lar dos Inocentes Nº 430 Bairro Endereço: Rua Jose Francisco Guaraci V.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.) c) (.) 1.2.1 + 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..25 15.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .53 48.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .) TOTAL I VALOR (R$) 1.MG.1 + 1..N Sra Graças Cidade: UF: CEP: 00000-000 Betim MG Telefone/fax: 3532-5113 e-mail: lar.2 1.2 2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.04 62.) Receita Estadual c) (.468.1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.) b) (...04 62.2.60 449. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.3 VALOR (R$) 92..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2.04 - 1.1 + 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 92..500.....IPPUB g) ( ) 1.354.2.727.354.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.00 92.00 - 62.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1...1 DESPESAS E CUSTOS 2.53 96.1.com Nome do Responsável: Agnaldo Marcelo do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 27/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501404-8 CEF 3º Trimestre Civil 1.BR .78 31.) d) (.2.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.146.00 92..BETIM.146.04 96.416. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.) Receita Federal b) (.354.146.53 96.2 + 1.GOV..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1 2.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 58 OFICIAL ANEXO II .

23 9.53) (=) SALDO AUTAL 4.641.53) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 6.16 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11.59 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.04 (96.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.065.23 6. 3.BETIM.82 2.065.924.795.924.654.146. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.065.23 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.146.GOV. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.1.416.41 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 6.23 3.423. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 96.065.MG.53 7.BR . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .416. sob as penas da lei.146.65 92.04 (96.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .16 6.72 92. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 7.

1.Filho Nº 65 Bairro Endereço: Rua Evora Cidade: UF: CEP: 32655-668 Betim Telefone/fax: e-mail: crechelicurgo@hotmail.00 - 1.23 43.1 + 1.1 DESPESAS E CUSTOS 2.2 + 1.2..880...23 95...01 - 1.3 0.1.118.) d) (.com Nome do Responsável: Eliane Tavare Santiago Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 36/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 435-4 CEF 3º Trimestre Civil 1..BR .00 537.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1...1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.23 95.72 33.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.2.) 1.687.456.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..1.2.1.GOV.2.2 1.00 84.1.687.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.00 18.2.01 95..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 + 1.1 + 1.880. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 84. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Ligurgo F.BETIM. QUINTAS E SÁBADOS..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .S.) Receita Federal b) (.880.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.880..IPPUB g) ( ) 1.687.575.2 2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.00 84.01 0.) b) (.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 2.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.MG.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 60 OFICIAL ANEXO II .) TOTAL I 03283259/0001-85 Granja S João MG 0 VALOR (R$) 84.) c) (.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..51 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.01 0.) Receita Estadual c) (..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .

GOV. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (3. 3.67) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7.1.01 (95.820.820.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. sob as penas da lei.41 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .55 84. QUINTAS E SÁBADOS.687. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.MG. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.67) 1.23) (=) SALDO AUTAL 4.41 1.687. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.820. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.005.820.801.801.820.23) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 1.01 (95.627. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.41 1.BETIM.41 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 1.687.41 12.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.880.880.23 (3.61 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .63 84.BR . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 95.

MG.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.66 63.2..GOV.1 + 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 62 OFICIAL ANEXO II .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 121.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.30 16..14 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.703.1 DESPESAS E CUSTOS 2.1 + 1..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.618.24 0..1.) d) (.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 + 1.66 124.2.1.1.2 2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.br Nome do Responsável: Luciana Silva Gonçalves Qualificação Jurídica: Assistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 02/2013 a) Pessoal e b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 17/01/2013 28/02/2014 501423-4 CEF 3º Trimestre Civil 1.com..00 120. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Mãe Trabalhadora Nº 115 Bairro Endereço: Rua Portugal CEP: 32668-110 Betim Cidade: UF: Telefone/fax: e-mail: ccmaetrabalhadora@yahoo..703.703.1..24 124.2.00 - 1.) Receita Federal b) (.66 124..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.) b) (..24 333.) 1.055.40 864.3 333.) TOTAL I 22737647/0001-33 Petrovale MG 0 VALOR (R$) 120..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.2 1.103.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.2.2.BETIM.01 333..) Receita Estadual c) (.IPPUB g) ( ) 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2..BR ..) c) (.103.565.103.036.23 - 1.1 2. QUINTAS E SÁBADOS.1..00 120.82 43.1 + 1.

RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 124.BETIM. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.58 121.63 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .16 3.16 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. sob as penas da lei. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.1.65 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 10. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 7.24 (124.BR .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.095.66) (=) SALDO AUTAL 4.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.106. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.103.103.66 7.174.103.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.036.24 (124. QUINTAS E SÁBADOS.106.MG.16 28. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. 3.65 28.07 121.16 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 28.16 28.GOV.66) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 28.036.

3 OUTROS CRÉDITOS a) (.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.185/0001-80 Órgão/Entidade: CRECHE MARIA ESTELLA BARCELOS GONÇALVES Nº 41 Bairro JD TEREZÓPOLIS Endereço: RUA LAGOA DOURADA Cidade: UF: CEP: 32663-670 BETIM MG Telefone/fax: 0 e-mail: 0 Nome do Responsável: ROGÉRIO MARTINS Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 54/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 502229-6 CEF 3º Trimestre Civil 1.) 1.180..2 + 1.633. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 21.) Receita Estadual c) (...00 - 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.MG.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ...1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 122.160.2.1 + 1..24 132.2.1 2.160.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 64 OFICIAL ANEXO II .2 2..180.00 120.1 DESPESAS E CUSTOS 2.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.650.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .34 2.BR . DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.GOV.00 120.650.312..00 2.209.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.1 + 1.650.IPPUB g) ( ) 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2 1.1.) c) (.) b) (. QUINTAS E SÁBADOS.00 2.00 132..24 132.810.1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.3 VALOR (R$) 120.98 36.1.160.24 68.2.180.1.00 - 2...1 + 1.1..893.BETIM.) d) (...2.02 25.024..2.2.) Receita Federal b) (.

BETIM.1.180. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. QUINTAS E SÁBADOS.00 (132. sob as penas da lei. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.45 122.65 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .GOV. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.810. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 132.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .08 122.24) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 6.21 6.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.929.441.929. 3.21 6.180.24) (=) SALDO AUTAL 4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (1.MG.21 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.21 9.180.810. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .00 (132.21 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 6.16) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7.24 (1.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.BR .376.16) 6.

com Nome do Responsável: Wagner Bigão dos Santos Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 06/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501364-5 CEF 3º Trimestre Civil 1.) Receita Federal b) (.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.01 350.1.24 107.2 + 1.801...) TOTAL I 227328610001-05 Vila Pres.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) b) (.. QUINTAS E SÁBADOS..BR .137.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1 2.137.47 32.2..00 - 1.3 VALOR (R$) 100..470...665-638 Betim Telefone/fax: e-mail: crechemundocolorido@hotmail.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .291.02 1...1 + 1.01 107.470.42 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 66 OFICIAL ANEXO II . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Creche Mundo Colorido Nº 300 Bairro Endereço: Rua São Francisco Cidade: UF: CEP: 32.Kennedy MG 0 1.BETIM.1.00 - 350.820.) d) (.2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito...24 107.IPPUB g) ( ) 1.1.137.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 + 1..2.470.1 + 1.352.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.) c) (.1.2 2.2 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.GOV.1.) 1.2.00 100.1 DESPESAS E CUSTOS 2.692.00 100.01 0. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 100. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (..) Receita Estadual c) (.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .01 350.2.2.33 17.MG.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N...24 55.

QUINTAS E SÁBADOS.07 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 9.252. 3.33 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.820.01 (107.33 2.33 2.01 (107.252.24 3.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .137.BR .137.137.252.252.252. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.07 2.1. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 3.969. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.30 100.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.67 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .MG.BETIM.24) (=) SALDO AUTAL 4. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.24) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 2. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.56 100.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .652.GOV. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 107. sob as penas da lei.33 8.33 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 2.569.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.652. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.820.

3 - 1.) Receita Federal b) (.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (...2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.84 60.1.) 1.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 61.241..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1 2.13 18.MG.00 60.84 60. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.40 110.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 DESPESAS E CUSTOS 2.580.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.) b) (.616.616..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2 + 1.616.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1..2.2 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1.1.84 33.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2 2.2.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 68 OFICIAL ANEXO II ...00 61.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .BR .) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 61.66 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.65 8.131/0001-46 Órgão/Entidade: Nascer Nucleos de Assistencia social cultural Esporte Recreativo Nº 647 Bairro Endereço: Rua Azalaeia Jardim alterosa Cidade: UF: CEP: 32673-144 Betim MG Telefone/fax: 0 e-mail: 0 Nome do Responsável: Jhonatas Lucio de Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 49/2014 a) Manutenção Ed.IPPUB g) ( ) 1.00 61.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.) d) (.) Receita Estadual c) (.1.2..880.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO apromiv 02/01/2014 31/12/2014 4456-9 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 + 1.1. QUINTAS E SÁBADOS.880.) c) (.BETIM.2.GOV.684.00 - 1.880.1 + 1...1 + 1..2..739..880. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 04.

BETIM. 3.873.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .15 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3.616. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 60. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 7.69 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .15 3.398.90 61.99 61.00 (60.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.00 (60.15 3.15 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. sob as penas da lei. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . QUINTAS E SÁBADOS. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.06 3. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.398.1.15 2.84) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3.880.GOV. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.616.MG.84 7.398.BR . Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.398.84) (=) SALDO AUTAL 4.06 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 5.880. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.137.398.616.137.134.

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ÓRGÃO

70

OFICIAL

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR

PROJETOS

DADOS DA ENTIDADE
CNPJ:
Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Paraiso Infantil

760 Bairro
Endereço:
Rua Ericeira
CEP:
32670-704
Betim
Cidade:
UF:
Telefone/fax:
e-mail:
crecheparaisoinfantil@bol.com.br
Nome do Responsável: Evandro Maia
Qualificação Jurídica:
Asistencia social
INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO:
CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM
Nº CONVÊNIO/ TERMO
ADITIVO

PROGRAMA

11/2014
a)
Pessoal
b)
c)
MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE

SECRETARIA/
ÓRGÃO

INÍCIO

VIGÊNCIA

CONTA/
CORRENTE

BANCO

Apromiv

02/01/2014

31/12/2014

501567-2

CEF

Trimestre Civil

1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS

VALOR (R$)

-

01/07/2014 A 30/09/2014
1.1.1 + 1.1.2

1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM
a) Prefeitura Municipal (SEMAS)
b) Prefeitura Municipal: (SEMED)
c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV )
d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito- Transbetim
e)Fundação Artístico-Cultural de Betim - Funarbe
f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim - IPPUB
g) ( )
1.1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS
a) (...) Receita Federal
b) (...) Receita Estadual
c) (...)
d) (...)
1.2 RECEITAS PRÓPRIAS
1.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS
a) Vendas de Produtos
b) Prestação de Serviços
c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras
d) Outras Receitas Operacionais
1.2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES
a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas
b) Créditos de Doações Pessoas Físicas
1.2.3 OUTROS CRÉDITOS
a) (...)
b) (...)
c) (...)
TOTAL I

021053940001-78
Jd. Alterosas
MG
0

VALOR (R$)
118.780,00
118.780,00
118.780,00
-

1.2.1 + 1.2.2 + 1.2.3

0,01
0,01
0,01
-

1.1 + 1.2

2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS
2.1
2.1 DESPESAS E CUSTOS
2.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS*
a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Matéria-prima:
e) Materiais:
f) Insumos:
g) Água:
h) Energia Elétrica
i) Combustíveis
j) Telefone e comunicação
k) Conservação e Manutenção:
l) Outras Despesas Operacionais:
m) Contribuições e Doações de Caráter social
n) (...)
* (Classificar as despesas/ custos referentes à produção, comercialização ou prestação de serviços)
Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

118.780,01
125.600,10
125.600,10
125.600,10
64.444,09
41.636,36
19.374,75
144,90
-

Página 1 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

71

ÓRGÃO

OFICIAL

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR
2.1.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS - classificar as despesas efetuadas na administração da entidade

-

a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Água e Esgoto:
e) Aluguéis:
f) Combustíveis:
g) Energia Elétrica:
h) Fretes e Carretos:
i) Materiais de Expediente:
j) Materiais de Limpeza:
k) Telefones de Comunicação:
l) Impostos, Taxas e Contribuições:
m) Outras Despesas Administrativas:
TOTAL II
2.
3. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE

125.600,10
3.238,61

Saldo do Trimestre Anterior
(+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I)
(-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II)

10.058,70
118.780,01
(125.600,10)

(=) SALDO AUTAL
4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE
Saldo do Trimestre anterior
(+) Entradas
(-) Saídas

3.238,61
4.291,58
11.111,67
118.780,01
(125.600,10)

(=) SALDO ATUAL
Investimentos Financeiros
Contas corrente
Aplicações financeiras
Estoque de materiais diversos

4.291,58
4.291,58
4.291,58
-

TOTAL
Doações Realizadas no Trimestre:
Outras operações realizadas:

4.291,58

TOTAL

-

Observações:

DATA:

30/09/2014

Contador
DECLARAÇÃO

Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada, sob as penas da lei, que as informações acima relacionadas comprovam a
exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam, conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.
DATA:
30/09/2014
Observações:

Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal

Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

Página 2 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

ATOS DO EXECUTIVO

QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014

ÓRGÃO

72

OFICIAL

ANEXO II - INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013
DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR
DADOS DA ENTIDADE

PROJETOS

CNPJ:
Órgão/Entidade: Creche Pardalzinho de Ouro

500 Bairro
Endereço:
Av. Tapajos
CEP:
32676-205
Betim
Cidade:
UF:
Telefone/fax:
e-mail:
crechepardalzinhodeouro@yahoo.com.br
Nome do Responsável: Solange aparecida Costa
Qualificação Jurídica:
Asistencia social
INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO:
CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM
Nº CONVÊNIO/ TERMO
ADITIVO

PROGRAMA

01/2013
a)
Pessoal / Manut.
b)
c)
MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE

SECRETARIA/
ÓRGÃO

INÍCIO

VIGÊNCIA

CONTA/
CORRENTE

BANCO

Apromiv

14/01/2013

28/02/2014

501387-4

CEF

Trimestre Civil

1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS

VALOR (R$)

-

01/07/2014 A 30/09/2014
1.1.1 + 1.1.2

1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM
a) Prefeitura Municipal (SEMAS)
b) Prefeitura Municipal: (SEMED)
c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV )
d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito- Transbetim
e)Fundação Artístico-Cultural de Betim - Funarbe
f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim - IPPUB
g) ( )
1.1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS
a) (...) Receita Federal
b) (...) Receita Estadual
c) (...)
d) (...)
1.2 RECEITAS PRÓPRIAS
1.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS
a) Vendas de Produtos
b) Prestação de Serviços
c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras
d) Outras Receitas Operacionais
1.2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES
a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas
b) Créditos de Doações Pessoas Físicas
1.2.3 OUTROS CRÉDITOS
a) (...)
b) (...)
c) (...)
TOTAL I

22731699/0001-00
Nova Baden
MG
0

1.2.1 + 1.2.2 + 1.2.3

VALOR (R$)
81.168,00
81.168,00
81.168,00
-

335,15
335,15
125,15
210,00
-

1.1 + 1.2

2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS
2.1
2.1 DESPESAS E CUSTOS
2.1.1 DESPESAS OPERACIONAIS*
a) Salários:
b) Encargos Sociais
c) Vales-Transporte/ Alimentação:
d) Matéria-prima:
e) Materiais:
f) Insumos:
g) Água:
h) Energia Elétrica
i) Combustíveis
j) Telefone e comunicação
k) Conservação e Manutenção:
l) Outras Despesas Operacionais:
m) Contribuições e Doações de Caráter social
n) (...)
* (Classificar as despesas/ custos referentes à produção, comercialização ou prestação de serviços)
Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor

81.503,15
80.222,09
80.222,09
80.222,09
41.467,36
26.422,53
12.142,80
189,40
-

Página 1 de 2

CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.BETIM.MG.GOV.BR - INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621

17 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11.00 6.09) (=) SALDO AUTAL 4. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.115.GOV.483.MG.09) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 6.503. 3.11 81.483.BETIM.483. QUINTAS E SÁBADOS.32 5.26 81.433.32 50.73 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .17 6.222.834. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 13.202. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.1.15 (80.09 13.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .32 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.15 (80. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. sob as penas da lei. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.503.115.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.222. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.483.222.BR .2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 80.32 6.32 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 6.

.00 95.60 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..63 302.836.BETIM.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 74 OFICIAL ANEXO II .Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ...1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1..1.) d) (.) Receita Estadual c) (.63 101.1.2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N..2.917.2.1.1 + 1.1 DESPESAS E CUSTOS 2...2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.com..1 + 1.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.1.1 + 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.3 VALOR (R$) 95.46 47.644.br Nome do Responsável: Clerio Jose Qualificação Jurídica: Asistencia social CNPJ: 600 Bairro UF: Nº Cidade: Betim Telefone/fax: 22731871/0001-18 Betim industrial MG 0 INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 17/2013 a) Pessoal e b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2013 28/02/2014 501375-0 CEF 3º Trimestre Civil 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 1.692.) 1.1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS Órgão/Entidade: Centro Infantil pedacinho do Ceu Endereço: Rua Contagem CEP: 32670-430 e-mail: cipceu@hotmail.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.219.01 35.2 2...63 300.2..00 - 302..MG..76 101.917.IPPUB g) ( ) 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2.30 18. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. QUINTAS E SÁBADOS. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 96.2 + 1.2.1 2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..) b) (.917.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .00 95.GOV..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.692.55 96.) Receita Federal b) (.) c) (.00 - 1.76 101.BR .63 2.266.) TOTAL I VALOR (R$) 1.445.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.

219.169.219. 3.76) (=) SALDO AUTAL 4. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.53 9.692.53 4. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 5.53 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 101.76 5. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.017. sob as penas da lei.30 - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.75 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .63 (101.30 48.39 98.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade 48.642.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.115.692.115.GOV.MG.21 96.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .BETIM.53 4.08 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 10.692.115.08 4.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.14 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4.588.169.BR . QUINTAS E SÁBADOS.66 96.76) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4.115. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1.63 (101.

VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.) Receita Federal b) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) d) (.68 213.1..179..2.68 213. Senhora Perpetuo Socorro Nº 75 Bairro Endereço: Rua Rio Jumini Santa Cruz CEP: 32670-005 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3592-4948 e-mail: anspscrechetiatarcilia@gmail.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 + 1.2 2.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.705.3 204.689..705.689.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 76 OFICIAL ANEXO II .Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..00 1..00 204.1 + 1.) c) (.1..697.MG.29 8.1.GOV.2.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.2 + 1.64 - Página 1 de 2 ..252.com Nome do Responsável: Cleusa Maria Carneiro de Melo Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 04/2013 a) Pessoal/Manutençao b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 15/01/2013 28/02/2014 501405-6 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.689.00 - 8.29 8.37 43. QUINTAS E SÁBADOS.29 - 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.IPPUB g) ( ) 1.29 213.1..2..1.705.907..68 104.2.1 DESPESAS E CUSTOS 2.1 2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .BETIM.94 65.) 1.73 365..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 204.BR ..2 VALOR (R$) 204.1 + 1.2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: 19339820/0001-18 Órgão/Entidade: Associação N.) TOTAL I 1...1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.) b) (.) Receita Estadual c) (..

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.06 204.279.302.271.13 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.293.271.MG. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 213. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.52 204.67 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 24.13 10.918.36 352.77 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .77 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 10. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 15.705.68) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 10.697.271.BR .1.GOV.68 15. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. sob as penas da lei. 3.BETIM. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.705.293.68) (=) SALDO AUTAL 4.29 (213.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .705.13 19.697.13 9.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .29 (213.67 10.271. QUINTAS E SÁBADOS.

Com. Hab.1 + 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.) c) (.356.) Receita Federal b) (.BR .) d) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2..1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.73 2.1.88 87.73 2.2.GOV..1.IPPUB g) ( ) 1.00 67.1..00 - 2.2 1..773.88 87..1.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 78 OFICIAL ANEXO II . DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2..559.73 87.) 1.650.953.. Rubens Pinho Angelo .1 + 1.24 22..90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.. Alterosa CEP: 32605-205 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: 0 Nome do Responsável: Mauri Donisete Rosa Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 20/2014 a) Manut. QUINTAS E SÁBADOS.2 2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.3 VALOR (R$) 67.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.88 52. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 70.Am.CRESCCER PTB Nº 623 Bairro Endereço: Rua Angelica Jd.1 DESPESAS E CUSTOS 2.794.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1 2..34 9.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2 + 1.423. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22732846/0001-59 Órgão/Entidade: Assoc.1 + 1.00 67.40 2.MG.Ed.650.00 - 1.BETIM..2.559..773.) Receita Estadual c) (.559.455.73 123.2.650.2..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .650.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .. Co.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..) b) (.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 493-1 CEF 3º Trimestre Civil 1.

20 4.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.55) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 9. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 87.BETIM.559.GOV.MG.976.926.73 (87.976.88) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4.88 (7.976.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .559.35 70. sob as penas da lei.546.55) 4.589.589. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.559.60 70.00 4. QUINTAS E SÁBADOS. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.423.20 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.1.BR .20 50. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.88) (=) SALDO AUTAL 4.73 (87.112.20 22.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .423. 3.79 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .20 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (7.976. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.

.1 + 1.10 - 1..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1.2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.. Hab.2.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 80 OFICIAL ANEXO II .804.182.15 72.11 72.) TOTAL I 22732846/0001-59 Jd.056.00 52.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.238.2.. Rubens Pinho Angelo ..) 1.1 + 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .056.2 1.2..2 2.) d) (..55 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1.182.86 8..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.00 52..01 13. Com.Educ. Co.73 8.2.1.00 - 13.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.1 2.BR .) Receita Federal b) (..GOV.MG.com Nome do Responsável: Mauri Donisete Rosa Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 21/2013 a) Manut.IPPUB g) ( ) 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 65.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 492-3 CEF 3º Trimestre Civil 1.BETIM.414.11 13.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.15 30.1.804.1 + 1..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) Receita Estadual c) (.. Alterosa MG 0 1..01 24.804.1.988.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .) c) (.182.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.) b) (.504. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Assoc.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.3 VALOR (R$) 52..1 DESPESAS E CUSTOS 2.15 72. QUINTAS E SÁBADOS.896.2 + 1.EL HANNA Nº 623 Bairro Endereço: Rua Angelica Cidade: UF: CEP: 32605-205 Betim Telefone/fax: e-mail: iengeh@hotmail..056.11 0.Am.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .

QUINTAS E SÁBADOS. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.90) 800.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . sob as penas da lei. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (3.15) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 800.804.804.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .81 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.238.GOV.37 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.BETIM.166.37 800.399. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.11 (72. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 72. 3.41 65.14 65.MG.37 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 800.15) (=) SALDO AUTAL 4.166.37 8.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.366.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.90) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4.238. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.BR .15 (3.1.11 (72.804.37 800. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.

1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.1 2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22732846/0001-59 Órgão/Entidade: Assoc.) d) (..40 1.BETIM.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 59.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1 + 1.MAURIVAR ROSA Nº 623 Bairro Endereço: Rua Angelica Jd. Co.1. Rubens Pinho Angelo .2..) 1.55 67..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (. QUINTAS E SÁBADOS....680.680.051..01 8.312.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 82 OFICIAL ANEXO II .071.54 11.1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW..55 8.) TOTAL I VALOR (R$) 1.IPPUB g) ( ) 1.88 67.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..1 DESPESAS E CUSTOS 2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2..3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1 + 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.BR .com.) Receita Estadual c) (...88 67.00 - 8.914..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 + 1.071.2.Am.GOV.54 - 1. Hab.071.MG.1 + 1.00 51.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .br Nome do Responsável: Mauri Donisete Rosa Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 24/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 771-0 CEF 3º Trimestre Civil 1..051.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.) Receita Federal b) (.88 29. Alterosa Cidade: UF: CEP: 32605-205 Betim MG Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: institutomaurivarrosa@yahoo.2.00 51.373.2 1.55 0.3 VALOR (R$) 51.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..051.2 2.1.) c) (.54 24.) b) (. Com.471..2.731.680.2.1.

49) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 3.49) 69.12 69.071.55 (67. sob as penas da lei.025.83 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.88) (=) SALDO AUTAL 4.12 7.12 69. QUINTAS E SÁBADOS.409.314. 3.731.1.025.731. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .GOV.071.84 59.BETIM. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 67.88 (4.BR .071. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (4.12 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 69.88) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 69.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.MG.45 59.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .12 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.55 (67.

00 60. Alterosa CEP: 32605-205 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: 0 Nome do Responsável: Mauri Donisete Rosa Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 22/2014 a) Manut.485.702. Rubens Pinho Angelo .2.30 3. QUINTAS E SÁBADOS.MG.2 1. Hab. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 64.) 1.40 18.IPPUB g) ( ) 1..) c) (.880.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .90 29.580. Co.) b) (.Com.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 84 OFICIAL ANEXO II .1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.249.Am..761.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.580..440.00 - 3.2 + 1.70 1.00 - 1.3 VALOR (R$) 60.1 + 1.249.2.BETIM.90 62.580.BR .2.90 12.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.1....INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.2.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 497-4 CEF 3º Trimestre Civil 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1...1.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22732846/0001-59 Órgão/Entidade: Assoc.30 25.GOV.) Receita Estadual c) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.) d) (..1 DESPESAS E CUSTOS 2.00 60.1..1 + 1.905..1..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção..1 + 1..2.1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .905.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.Educ.MUNDO ENCANTADO Nº 623 Bairro Endereço: Rua Angelica Jd.30 3.30 62.249.344..) Receita Federal b) (.90 62.2 2. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1 2.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .

90 6.760.30 (62.88 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 4.1.88 3.249.48 64.581. QUINTAS E SÁBADOS. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 6. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.816.485. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.56 1.816. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.87 1.995.995.85 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.87 2.47 64.30 (62. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.BR .249.MG.90) (=) SALDO AUTAL 4.87 3.87 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.290.249.GOV.BETIM. sob as penas da lei.485.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 62. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. 3.995.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.705.995.90) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3.31 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3.

1 DESPESAS E CUSTOS 2.70 10.56 25..22 - 1.18 9. Hab.419. Com.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1. Co..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 22732846/0001-59 Órgão/Entidade: Assoc.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.58 77..) 1.16 69.) c) (.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1.108..3 VALOR (R$) 65..1.419....IPPUB g) ( ) 1..58 77.) Receita Estadual c) (. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. Alterosa Cidade: UF: CEP: 32605-205 Betim MG Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: 0 Nome do Responsável: Mauri Donisete Rosa Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 23/2014 a) Manut.2 1..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 86 OFICIAL ANEXO II .2.) TOTAL I VALOR (R$) 1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .GOV.16 77.258.1.58 31..Am.845.850.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 496-6 CEF 3º Trimestre Civil 1.2.BETIM.2..00 65.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.16 13.1 + 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.258.00 65.94 13.14 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..850.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1.2.) b) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1. Rubens Pinho Angelo -PRIMEIROS PASSOS Nº 623 Bairro Endereço: Rua Angelica Jd.) d) (.1 + 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2 + 1.382.2.00 - 13.MG.367.) Receita Federal b) (. QUINTAS E SÁBADOS.Ed.188.850.2.824.419. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 79...1 + 1.BR .2 2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1 2.

138.138.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .BR . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.58) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 10. sob as penas da lei.25 8.58 10.58) (=) SALDO AUTAL 4.01 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 8.87 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .25 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.67 79.328.419.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.GOV.43 79.419.25 6.070.16 (77. 3. QUINTAS E SÁBADOS.BETIM. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.419.16 (77.MG. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.01 10.25 10.1.108. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.449.946.61 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 10.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.64 3.017.108.017. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 10.017. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 77.017.

52 135.2.52 218.837. QUINTAS E SÁBADOS.) c) (.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..) TOTAL I VALOR (R$) 1.1 + 1.437.1 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .1.MG.837.61 100.00 104.) Receita Estadual c) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.32 28.1 + 1.) d) (.837. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.1 DESPESAS E CUSTOS 2.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS..876.00 104.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.BR .61 53...BETIM..Educ.61 100...2 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 01093503/0001-11 Órgão/Entidade: Creche Comunitaria Recanto da Esperança Nº 45 Bairro Endereço: Rua dos Industriarios Pq das Industrias CEP: 32.464...1....876..00 - 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 88 OFICIAL ANEXO II .52 100.1.00 - 218.) 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..) Receita Federal b) (.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501413-7 CEF 3º Trimestre Civil 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.671-440 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3595-1621 e-mail: 0 Nome do Responsável: Amilton Pereira de Oliveira Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 03/2014 a) Manut.2.IPPUB g) ( ) 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.49 18.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1.1.2.1 + 1.GOV.2 + 1.40 180.) b) (.794..055.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.876. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 105..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2.3 VALOR (R$) 104.2 2.52 83.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2.

876.555.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .GOV.61 22.185. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.165. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 100.809. 3.055.364. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.364.BETIM.055.1.364.86 105. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.BR .89 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.61) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 16.94 16.61) (=) SALDO AUTAL 4.MG.03 105.876.343.77 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.77 12.52 (100. QUINTAS E SÁBADOS. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.94 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 18. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 22.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.343. sob as penas da lei.52 (100. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.77 12.876.73 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 16.364.77 16.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .04 3.

..1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.542/0001-72 Órgão/Entidade: Associação Recriar do Municipio de Betim Nº 532 Bairro Jd Alterosas-2ª Seç Endereço: Rua vinte e cinco CEP: 32.00 173.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .) 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 90 OFICIAL ANEXO II .) c) (.2.55 61.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.GOV.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.55 61.2.1.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção..00 61.1.2.) Receita Estadual c) (.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .) b) (.2 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2.45 16.897.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.600..897.331.500.55 33.2 + 1.600..600.00 60.897..1 + 1.) d) (..00 - 1.BR .1 + 1.1 DESPESAS E CUSTOS 2.920. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 07.2..00 60.1...1 + 1..... VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.70 11.2 2.MG.3 - 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.IPPUB g) ( ) 1.) Receita Federal b) (.BETIM.1.673-236 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 0 e-mail: 0 Nome do Responsável: Maria da Penha Teixeira Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 48/2013 a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 4033-4 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 60.472.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..600.1 2.) TOTAL I VALOR (R$) VALOR (R$) 60. QUINTAS E SÁBADOS.

INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 .MG.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .70 60. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 61.750.600.55) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 453.00 (61. 3. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 1.91 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.1. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.42 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 453.367.42 453.97 60.897.600.55) (=) SALDO AUTAL 4.BR . QUINTAS E SÁBADOS.42 1.42 453.070. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.42 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.BETIM.897. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.15 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.00 (61.GOV.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.15 453.55 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. sob as penas da lei.897. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.070. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.

..2 2.402.2..145.88 62..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.) Receita Federal b) (.GOV.1.595.287.1.) d) (.1 2.2 1.IPPUB g) ( ) 1.00 61.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. QUINTAS E SÁBADOS..48 9.50 144.BETIM..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.2. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 61.00 61.MG.2.1.) 1.620.1 + 1.287..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .620..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.00 21. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: Educaçao Infantil Santa Cecilia Nº 110 Bairro Endereço: Rua Miguel Pereira Cidade: UF: CEP: 32641-140 Betim Telefone/fax: e-mail: jardimsantacecilia@ig..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.00 62.1 + 1.620.) Receita Estadual c) (..88 62.com.2...1 DESPESAS E CUSTOS 2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 + 1.88 31.620.BR ..) b) (.br Nome do Responsável: Maria Luiza da Silva Rodrigues Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 07/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501407-2 CEF 3º Trimestre Civil 1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.) c) (.1..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2.3 - 1.1 + 1..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1.00 - 1..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 92 OFICIAL ANEXO II .287.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2.) TOTAL I 218936230001-00 Monte Calvario MG 0 VALOR (R$) 61.

375.50 4.375.287.893. QUINTAS E SÁBADOS.225.MG.1.043.37 4. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.25 61. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 62.375.50 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7. sob as penas da lei.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .BR .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .287.37 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.GOV. 3. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.375.00 (62.620.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.620. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 7.37 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.38 61.93 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .375.00 (62.88) (=) SALDO AUTAL 4.88) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4.37 5.225.37 4.287. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.88 7.BETIM. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.

.) c) (.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1.1.2..11 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.) b) (.80 688.891.3 VALOR (R$) 95.891.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.15 34.2.473..00 - 518.422.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .) d) (. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: 19350600/0001-40 Órgão/Entidade: Creche Santo Antonio Nº 311 Bairro Endereço: Av..1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.473.991..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.06 47. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 1.00 95..BR .2..58 18.BETIM.) 1.MG..2.GOV.1 + 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 94 OFICIAL ANEXO II .) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.58 99.06 99..430.06 99.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2.1 + 1.00 17.1.00 95.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 95.com Nome do Responsável: Euripia Maria de Assis Pires Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 26/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501399-8 CEF 3º Trimestre Civil 1..2 + 1..891..2..00 - 1..1 + 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.473.) Receita Estadual c) (..350. QUINTAS E SÁBADOS.1 2.1 DESPESAS E CUSTOS 2.2 2.) Receita Federal b) (.Lourival Augusto de Carvalho CJ Bueno Franco CEP: 32671-774 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3595-3295 e-mail: martarita1974@hotmail.58 518.) TOTAL I VALOR (R$) 1.58 500.IPPUB g) ( ) 1.

46 4.95 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 99.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.56 95.46 3.775.46 8. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 7.58 (99.891.775.03 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.674. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.174.BR . QUINTAS E SÁBADOS.775. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.43 791.08 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. 3.06) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4.174.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.08 4.BETIM.06) (=) SALDO AUTAL 4.94 95.991.1.984.06 7.991. sob as penas da lei.073.775.891.GOV.MG.891.46 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .58 (99. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .

GOV.03 76.2.1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 03788104/0001-09 Órgão/Entidade: Serviço Assistêncial Sonho de Criança .) Receita Estadual c) (. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2.03 81.060.) 1..1.) c) (..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 77.060.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 96 OFICIAL ANEXO II .3 VALOR (R$) 77.2.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.) b) (.03 - 1..974..1.136.G.SASC Nº 50 Bairro Endereço: Rua Lorena Cruzeiro CEP: 32661-302 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3593-5494 e-mail: simone.) TOTAL I VALOR (R$) 1.07 42.1 DESPESAS E CUSTOS 2..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.974.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .060.) d) (.00 - 76. QUINTAS E SÁBADOS.MG.1 + 1.21 28.07 81.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 + 1.03 76.BR .portes@hotmail.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 1774-0 CEF 3º Trimestre Civil 1.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.Ed.725.00 77. de Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 16/2014 a) Manu.1.2.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 2..1 + 1...2.1.) Receita Federal b) (.686.BETIM.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.com Nome do Responsável: Maria da Gloria T.07 81.1 + 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2...417.2.2 1.974.00 77.2 2.IPPUB g) ( ) 1..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (..96 10..00 144..

974.MG.07) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3.071.50 3.136. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.33 8.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.BETIM.33 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.233.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .GOV.233.593. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 3.07) (=) SALDO AUTAL 4.33 50.54 77.431.00 3. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.593.233.03 (81.33 3. 3.974.183.07 3.50 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 8.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.37 77.136.233.33 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. QUINTAS E SÁBADOS.03 (81.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1. sob as penas da lei. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.974.97 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.BR . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 81.

VERSÃO ONLINE NO SITE WWW...82 74..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1.728.00 68.2.07 74.00 - 48.1 DESPESAS E CUSTOS 2..1.82 48.00 68.696.BR ..680.1 + 1..90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.1 + 1.) c) (.BETIM.Ed.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 07875033/0001-24 Órgão/Entidade: NUCLEO ASSISTENCIAL SHEKINAH -ALTO DAS FLORES Nº 284 Bairro Jardim Terezopolis Endereço: Av.13 14.) b) (.62 144.1.680.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .) d) (.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .335.) Receita Federal b) (.2..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.1.732.2.696.2.1 + 1.MG.) TOTAL I VALOR (R$) 1. QUINTAS E SÁBADOS.2 + 1.GOV.2 1.696.07 74.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.07 37...2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.2 2.) Receita Estadual c) (.) 1.IPPUB g) ( ) 1.1 2.1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 98 OFICIAL ANEXO II .680..2.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 2071-6 CEF 3º Trimestre Civil 1..82 48.483.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 68.681-505 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3591-9520 e-mail: 0 Nome do Responsável: Eli Caetano do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 37/2014 a) Manut.42 22.3 VALOR (R$) 68.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.82 - 1.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.Belo Horizonte CEP: 32..

312.696.83 5.BR .82 (74. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.08 68.54 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 5. QUINTAS E SÁBADOS.07 5.1.26 5.279. sob as penas da lei.312.99 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .51 68.312.26 3. 3.637.07) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 5.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .82 (74.352.72 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.728.GOV.26 11.BETIM.728.312.83 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11.MG. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 74.674.696.26 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.07) (=) SALDO AUTAL 4.320.696.352. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 5.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.

37 62.063.1 + 1.37 32.355.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1. QUINTAS E SÁBADOS.02 11..BR .036.153.com Nome do Responsável: Eli Caetano do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 38/2014 a) Manut.54 875.Belo Horizonte Cidade: UF: CEP: 32.07 724....2 1.07 62.00 - 798.00 63.) 1.1.2..2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.697.07 798.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 07875033/0001-24 Órgão/Entidade: NUCLEO ASSISTENCIAL SHEKINAH -EDUCAR I Nº 284 Bairro Jardim Terezopolis Endereço: Av.1 2.) b) (.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N..1 + 1.1.IPPUB g) ( ) 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.2.697.) TOTAL I VALOR (R$) 1.2 + 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..722..2. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 64..697.) Receita Federal b) (.2.1 DESPESAS E CUSTOS 2.00 - 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.355.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.37 62.00 63.2..) Receita Estadual c) (.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.3 VALOR (R$) 63..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1..ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 100 OFICIAL ANEXO II .3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1 + 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.GOV.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 2059-7 CEF 3º Trimestre Civil 1.Ed.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW..07 74..) c) (.681-505 Betim MG Telefone/fax: 3591-9520 e-mail: iepeducar1@hotmail.1.MG.41 18.2 2.BETIM.) d) (.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..355.

928.1. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.697. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 3.BETIM.30 559.37 64.153. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 13. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 62.07 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 11.472. sob as penas da lei.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .60 64.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.101 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .07 (62.697.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .37) (=) SALDO AUTAL 4.GOV.30 8.BR .697.88 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 9.37 13.153.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. QUINTAS E SÁBADOS.30 9.928.921.377.07 9. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.928.377.07 (62.42 9. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.MG.37) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 9. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.928.30 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.368.

.998..752.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.2 2. QUINTAS E SÁBADOS.2 1.035.096.01 - 1.2.1 + 1.1...BR .3 VALOR (R$) 64.05 94.2.02 94.2.Belo Horizonte Cidade: UF: CEP: 32.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.) Receita Federal b) (.) c) (..752.) TOTAL I 07875033/0001-24 Jardim Terezopolis MG 0 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.IPPUB g) ( ) 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.131.1 + 1.17 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS...00 64.1 + 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ..67 369..INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .2.infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 2062-7 CEF 3º Trimestre Civil 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.096.02 0.GOV..05 94..1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 86.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .00 - 22.) Receita Estadual c) (.2.035.01 22.) d) (.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.035.827.2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: NUCLEO ASSISTENCIAL SHEKINAH .1.2 + 1.557.02 22.00 64.BETIM.) 1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.05 40..752..EDUCAR II Nº 284 Bairro Endereço: Av.1 2.1.11 11.10 41.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.096.1 DESPESAS E CUSTOS 2.) b) (.681-505 Betim Telefone/fax: e-mail: 0 Nome do Responsável: Eli Caetano do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 39/2014 a) Manutenção ed.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 102 OFICIAL ANEXO II .1...1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..MG.

18 9.752.21 86.05) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 634.18 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (927.752.MG.131.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .02 (94. QUINTAS E SÁBADOS. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.103 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.18 634. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.11) Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7.693.GOV.752.18 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 634.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.05 (927.92 86. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.255.BR .2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . 3. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. sob as penas da lei.05) (=) SALDO AUTAL 4.18 634.11) 634.BETIM. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 94.02 (94.1.131.

1 + 1.2.) Receita Estadual c) (..1 DESPESAS E CUSTOS 2.39 57.681-505 Betim MG Telefone/fax: 3591-9520 e-mail: 0 Nome do Responsável: Eli Caetano do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 40/2014 a) Manut. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.464.2 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.1.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .284.552.1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.MG..464..814..35 29.464.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção....Ed.814. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 07875033/0001-24 Órgão/Entidade: NUCLEO ASSISTENCIAL SHEKINAH .39 57..2.EDUCAR III Nº 284 Bairro Jardim Terezopolis Endereço: Av.00 - 739.2.1 2.39 739. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 56..2...Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 2064-3 CEF 3º Trimestre Civil 1.BR .) b) (.2 2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.35 57..2.IPPUB g) ( ) 1.1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.1.77 10..) Receita Federal b) (.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1..04 17.00 55.00 55.3 VALOR (R$) 55.2 + 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 104 OFICIAL ANEXO II .) c) (.35 57.Belo Horizonte Cidade: UF: CEP: 32.203.34 - 1.) 1.1 + 1.BETIM.1 + 1.1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.24 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.GOV.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2. QUINTAS E SÁBADOS.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.) d) (.150.30 827.814..05 682..

sob as penas da lei.406.35 5.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .07 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.1.814.155. QUINTAS E SÁBADOS. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.51 3.BETIM.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.033. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 57.203.422. 3.07 3.63 2.814.766.07 748.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .07 4.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.44 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 5.47 56.MG.155.35) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.03 56.422.51 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7.39 (57.155.155.35) (=) SALDO AUTAL 4.814. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.GOV.BR . DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.203.105 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .39 (57.

1 + 1. QUINTAS E SÁBADOS.2 2.2.2.) b) (.517.) 1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (..Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 2067-8 CEF 3º Trimestre Civil 1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: Órgão/Entidade: NUCLEO ASSISTENCIAL SHEKINAH ..681-505 Betim Telefone/fax: e-mail: 0 Nome do Responsável: Eli Caetano do Nascimento Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 41/2014 a) Manut.743.1 + 1.651.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.72 - 1.MG.) Receita Federal b) (.2.QUERUBINS Nº 284 Bairro Endereço: Av.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ....Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .2.00 52.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..2 1.09 105.IPPUB g) ( ) 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N..145.) Receita Estadual c) (.362.1.09 56.1 DESPESAS E CUSTOS 2.. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 52.2 + 1.) c) (.622..37 100.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.84 11. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 106 OFICIAL ANEXO II .71 1.) d) (.GOV..2.48 25..48 56.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.09 4.Belo Horizonte Cidade: UF: CEP: 32.743.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.BR .Ed.00 - 1..1 2.1.517.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..) TOTAL I 07875033/0001-24 Jardim Terezopolis MG 0 VALOR (R$) 52..62 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.31 18.583.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.48 56.BETIM.3 105.00 52.743.1 + 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS VALOR (R$) - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..1.1.1.517.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.

que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.107 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.994.BETIM.48) (=) SALDO AUTAL 4. sob as penas da lei.97 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 3.55 3.743.743. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.46 52. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 2. QUINTAS E SÁBADOS.55 3.55 7.348.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.55 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.MG.505.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . 3.09 (56.58 156.48) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 3.505.115.622.505.BR .94 52.GOV.09 (56.07 3.743.07 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 7.1.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .505. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.994. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 56.48 2.626.622.

833.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim . 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 19.br Nome do Responsável: CARLOS ANTONIO THEODORO Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 33/2014 a) PESSOAL b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO APROMIV 02/01/2014 31/12/2014 501. QUINTAS E SÁBADOS. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 103.1...INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 ..2.771.1.00 102.2 2.1 + 1.GOV..21 530.) b) (.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.55 28.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.01 530.393-9 CEF 3º Trimestre Civil 1..com.833.1 + 1.) d) (.) Receita Estadual c) (.2.38 16.833.1 2.20 - 1.21 54.1.00 - 530.21 99.2 1.2.363..2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.134..804. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.854..21 99.) TOTAL I VALOR (R$) 1.2.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.BR .00 102.41 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.21 0.2 + 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1..854.) 1..) Receita Federal b) (.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .337/0001-10 Órgão/Entidade: Creche Comunitária Sorriso de uma Criança Nº 280 Bairro Jardim Santa Cruz Endereço: Av Juiz Marco Tulio Isaac CEP: 32676-415 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3591-1423 e-mail: sorrisodeumacrianca@yahoo..ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 108 OFICIAL ANEXO II ..1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.IPPUB g) ( ) 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.3 VALOR (R$) 102...BETIM.1 DESPESAS E CUSTOS 2.1..21 99.1.MG.2.854.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.) c) (.87 80.197.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1 + 1.2.

66 103.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.854.GOV.66 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 5.972. 3.21 (99. QUINTAS E SÁBADOS.39 103.916. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.363.BETIM.854. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.21) (=) SALDO AUTAL 4. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .407.21 6.1. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 6. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.109 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .21 (99. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.39 5.66 5.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.481.66 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.MG.66 2. sob as penas da lei.BR .66 5. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 99.481.916. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .916.916.39 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 2.916.363.854.21) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 5.

2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2 1.IPPUB g) ( ) 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 91..53 0.1 DESPESAS E CUSTOS 2.2.565..1..MG.1 + 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.611.1 + 1.04 90....94 89.3 VALOR (R$) 90.BETIM. Terezopolis Cidade: UF: CEP: 32681-520 Betim MG Telefone/fax: 3531-9937 e-mail: ietd@oi.1 2.) b) (.063.22 24.) Receita Estadual c) (.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .04 - 498.04 90.2 2.GOV.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.. QUINTAS E SÁBADOS.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.57 89.2..278.1.53 498.01 498...2.BR .Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .1.278.br Nome do Responsável: MARIA APARECIDA VALADARES VENANCIO Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 42/2014 a) Pessoal b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 501366-1 CEF 3º Trimestre Civil 1.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1..1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.com.565.2.650.278.2.2 + 1.) Receita Federal b) (.. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .32 13.52 - 1..2.1.94 50.565.) d) (.. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS CNPJ: 227330420001-74 Órgão/Entidade: Instituto Educacional Tia Dulce Nº 197 Bairro Endereço: Rua augusto Severo Jd.745.1 + 1.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1..1.3 OUTROS CRÉDITOS a) (..1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.94 89.00 272.) 1.) c) (. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 110 OFICIAL ANEXO II .1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.

CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 2.732.65 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 2. 3.GOV.BR .732.782.278.23 2.063.65 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.732. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.23 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 997.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .65 948. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.57 (89.278. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 89. sob as penas da lei.732.65 2.1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.60 91.02 91.94 2.BETIM.732. QUINTAS E SÁBADOS.278.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.111 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.063.57 (89. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.782.MG.65 2.94) (=) SALDO AUTAL 4.94) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 2.

144.Infantil b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 2426-6 CEF 3º Trimestre Civil 1..45 40.2 1. de Souza Qualificação Jurídica: Asistencia social INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 18/2014 a) Manut.2. QUINTAS E SÁBADOS.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .1 + 1.00 76.GOV..1 2..231. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.95 11.60 21.1.471. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR PROJETOS DADOS DA ENTIDADE CNPJ: 03788104/0002-81 Órgão/Entidade: Serviço Assistencial sonho de Criança .3 VALOR (R$) 76.22 23.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..MG.3 OUTROS CRÉDITOS a) (..) c) (.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.IPPUB g) ( ) 1..) Receita Federal b) (.SASC Tia Gigi Nº 50 Bairro Endereço: Rua Lorena Cruzeiro CEP: 32661-302 Betim MG Cidade: UF: Telefone/fax: 3531-1754 e-mail: 0 Nome do Responsável: Maria da gloria T.BR ...00 76.45 75.607.1.1 DESPESAS E CUSTOS 2.1.2.691..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (..078. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 78.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.2.2 + 1.471..) d) (.986.408.2.231..00 1.) TOTAL I VALOR (R$) 1.22 1..22 1.) Receita Estadual c) (.607.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.2 2.2.1.448.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .90 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.) 1.00 - 1.607... DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.Ed.BETIM.1 + 1.) b) (.00 - 1.231.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.G.1.22 75.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 112 OFICIAL ANEXO II .45 75.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 + 1.2..

25 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 3. DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.231. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 75.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 2 . sob as penas da lei. QUINTAS E SÁBADOS.25 4.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .231.231.45) (=) SALDO AUTAL 4.22 (75.560.16 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.16 3.39 988.819.MG.078.819.819.22 (75.48 78.1.713. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 6.113 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .078.819.45) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.45 6.560.BETIM.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.BR .39 78.16 4.830. 3. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.GOV.16 1.972.77 TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 4.

04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE PROJETOS Órgão/Entidade: Creche Comunitaria vovo Maria Endereço: rua Josina Beralda de Jesus CEP: 32671-538 e-mail: 0 Nome do Responsável: Valdevania Dias Ramos Qualificação Jurídica: Asistencia social CNPJ: 04917512/0001-78 577 Bairro Jd.100..) Receita Estadual c) (.3 OUTROS CRÉDITOS a) (.ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ÓRGÃO 114 OFICIAL ANEXO II .00 70.2.Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim ...1 + 1.2. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.) b) (.1.2 1.) Receita Federal b) (...) d) (.1 DESPESAS E CUSTOS 2.) * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.) c) (..BETIM. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor 71..29 72.3 VALOR (R$) 70.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: ( APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito..00 450.35 24..MG.BR .) 1.296. Brasilia UF: MG 3595-2511 Nº Cidade: Betim Telefone/fax: INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA 35/2014 a) Pessoal/Manutenção b) c) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE SECRETARIA/ ÓRGÃO INÍCIO VIGÊNCIA CONTA/ CORRENTE BANCO Apromiv 02/01/2014 31/12/2014 2364-8 CEF 3º Trimestre Civil 1.00 450.2 2.1.IPPUB g) ( ) 1.296.1 + 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (.2.00 - 1.2 + 1. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.) TOTAL I VALOR (R$) 1..650.2.185..GOV..Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .2.296.29 72.1 + 1.44 12.10 80.1 2.29 35..542.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.650.650..1.1.1.488.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1.00 70..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS - 01/07/2014 A 30/09/2014 1.00 72.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1..40 - Página 1 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .00 - 450. QUINTAS E SÁBADOS.

MG.410. QUINTAS E SÁBADOS.67 71.410.100.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade - a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.38 1. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas 4.834.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.BETIM.29) (=) SALDO AUTAL 4.00 (72. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.38 - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: 1.115 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .36 1. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.00 (72.29) (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 1.38 1.1.36 Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) 5.100.606.410. sob as penas da lei.65 71. 3. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.296.38 TOTAL - Observações: DATA: 30/09/2014 Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.410. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.GOV.410.38 2.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE 72.29 4.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .638.638.BR . DATA: 30/09/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 2 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.296. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.296.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.52 6.591.12 Período: 01/07/2014 a 30/09/2014 VALOR (R$) 1.2 2.BR .00 10. QUINTAS E SÁBADOS.27 647.) 10..1.87 13.1 + 1.2.MG.025.2. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 1..701.00 10.) Receita Federal b) (.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.IPPUB g) ( ) 1.872/0001-17 Bairro Santa Lúcia UF: MG (31) 3532-5100 34 PROJETOS INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA SECRETARIA/ ÓRGÃO a) 43/2014 b) c) (.GOV.1 2.35 25.604-086 Cidade: Betim e-mail: salaodoencontro@terra.626.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 DESPESAS E CUSTOS 1.1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) 10..1.1 + 1.) Receita Estadual c) (.br Telefone/fax: Nome do Responsável: Noemi Macedo Gontijo Qualificação Jurídica: Presidente Nº CNPJ: 16.00 - Página 1 de 4 Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor ANEXO II .3 OUTROS CRÉDITOS a) Devolução ref.Funarbe f) Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim ..1.626.BETIM.2 + 1.2 1.111.1.73 - * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.3 25.SASFRA Endereço: João da Silva Santos CEP: 32.1 + 1.) d) (. Despesas Indevidas (tarifas bancárias) b) Recursos Próprios c) (.) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE APROMIV INÍCIO VIGÊNCIA 02/01/2014 31/12/2014 3º Trimestre Civil CONTA/CORRENTE BANCO 2814-8 CEF VALOR (R$) 709.52 1..2.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS 1.35 13.) TOTAL I 2.000.Transbetim e) Fundação Artístico-Cultural de Betim .2 RECEITAS PRÓPRIAS 1. comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 2 de 4 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.2.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 116 OFICIAL ANEXO II .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE Órgão/Entidade: Serviço Assistencial Salão do Encontro .1..35 25.000.2.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1..35 - 1.2.87 9.000.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .154..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: (APROMIV) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.915..com... DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.

472.18 10. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes.117 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II . DATA: 27/10/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 4 de 4 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.945.120.722.90 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.025.46 597.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .MG.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS . que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) (=) SALDO ATUAL 4.440.66 4.GOV.99 103. assinatura e CRC do Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada.35 385.87 1.00 13. 3.626.66 - - TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: TOTAL - - Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 3 de 4 ANEXO II .120. sob as penas da lei. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.BR .35 (13.00 1.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N. QUINTAS E SÁBADOS.626.87) 1.BETIM. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR Observações: DATA: 27/10/2014 Carimbo.1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW.classificar as despesas efetuadas na administração da entidade a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos 4. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.

comercialização ou prestação de serviços) Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.2 1.2..917.GOV.1.2..INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 RECEITAS PRÓPRIAS 1. QUINTAS E SÁBADOS.1 + 1.1. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW..1 + 1..) TOTAL I 2..1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS 1.2..2.2.917..234.604-086 Cidade: Betim salaodoencontro@terra.1. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 1.2 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTADUAIS E DE OUTROS MUNICÍPIOS a) (.090.49 124..) Recurso Próprio c) (.67 77.00 290.00 124.00 1.1 DESPESAS E CUSTOS 1.12 Período: 01/07/2014 a 30/09/2014 VALOR (R$) 1.1 CRÉDITOS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BETIM a) Prefeitura Municipal (SEMAS) b) Prefeitura Municipal: (SEMED) c) Prefeitura Municipal: (APROMIV ) d) Empresa Municipal de Transporte e Trânsito.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.2 CRÉDITOS DE DOAÇÕES a) Créditos de Doações Pessoas Jurídicas b) Créditos de Doações Pessoas Físicas 1.1 RECEITAS OPERACIONAIS a) Vendas de Produtos b) Prestação de Serviços c) Rendimento Sobre Aplicações Financeiras d) Outras Receitas Operacionais 1.1..090.3 OUTROS CRÉDITOS a) Devolução ref.647.56 216.Funarbe f)Instituto de Pesquisa e Política Urbana de Betim .596.br Telefone/fax: e-mail: Nome do Responsável: Noemi Macedo Gontijo Qualificação Jurídica: Presidente CNPJ: 16..Transbetim e)Fundação Artístico-Cultural de Betim .56 216.) Receita Estadual c) (.BR .1 2..) MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DO TRIMESTRE APROMIV INÍCIO VIGÊNCIA 02/01/2014 31/12/2014 3º Trimestre Civil CONTA/CORRENTE BANCO 1772-3 CEF VALOR (R$) 709.99 29.111.) 124. Despesas Indevidas b) (.701.) d) (.ÓRGÃO ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 118 OFICIAL ANEXO II .1 + 1.588.2 2.MG.090..1.80 17.SASFRA Endereço: João da Silva Santos Nº CEP: 32. DEMONSTRAÇÃO DAS APLICAÇÕES DE RECURSOS 2.3 506.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 Página 2 de 4 .1 DESPESAS OPERACIONAIS* a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Matéria-prima: e) Materiais: f) Insumos: g) Água: h) Energia Elétrica i) Combustíveis j) Telefone e comunicação k) Conservação e Manutenção: l) Outras Despesas Operacionais: m) Contribuições e Doações de Caráter social n) (..2 + 1.872/0001-17 Bairro Santa Lúcia UF: MG (31) 3532-5100 34 PROJETOS INSTRUMENTOS DE CELEBRAÇÃO: CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE BETIM Nº CONVÊNIO/ TERMO ADITIVO PROGRAMA SECRETARIA/ ÓRGÃO a) 43/2014 b) c) (.BETIM.) Receita Federal b) (.88 * (Classificar as despesas/ custos referentes à produção.00 - Página 1 de 4 Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor ANEXO II .56 124.com. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR DADOS DA ENTIDADE Órgão/Entidade: Serviço Assistencial Salão do Encontro .) 124.705.2.IPPUB g) ( ) 1..49 124.56 290.00 124..

069.INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.917.56 (124. DATA: 27/10/2014 Observações: Carimbo e Assinatura do (a) Representante Legal Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor Página 4 de 4 CIRCULAÇÃO NAS TERÇAS.BR .INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMACI N.34 124. RESULTADO DAS RECEITAS E DESPESAS REALIZADAS NO TRIMESTRE Saldo do Trimestre Anterior (+) Total das Receitas recebidas no trimestre (TOTAL I) (-) Total das Despesas realizadas no trimestre (TOTAL II) (=) SALDO ATUAL 4. que as informações acima relacionadas comprovam a exata aplicação dos recursos recebidos para os fins que se destinam.119 ÓRGÃO OFICIAL ATOS DO EXECUTIVO QUINTA-FEIRA 30 OUTUBRO E 1º DE NOVEMBRO DE 2014 ANEXO II .classificar as despesas efetuadas na administração da entidade a) Salários: b) Encargos Sociais c) Vales-Transporte/ Alimentação: d) Água e Esgoto: e) Aluguéis: f) Combustíveis: g) Energia Elétrica: h) Fretes e Carretos: i) Materiais de Expediente: j) Materiais de Limpeza: k) Telefones de Comunicação: l) Impostos.2 DESPESAS ADMINISTRATIVAS .917.1.49) 4. conforme instrumento de celebração assinado entre as partes. QUINTAS E SÁBADOS.390.41 - - - - Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos Recebidos por Entidades do Terceiro Setor - Página 3 de 4 ANEXO II .BETIM.596.82 124. CONTROLE DO MOVIMENTO DE BENS FINANCEIROS E ECONÔMICOS DA ENTIDADE Saldo do Trimestre anterior (+) Entradas (-) Saídas (=) SALDO ATUAL Investimentos Financeiros Contas corrente Aplicações financeiras Estoque de materiais diversos TOTAL Doações Realizadas no Trimestre: Outras operações realizadas: TOTAL 328. Taxas e Contribuições: m) Outras Despesas Administrativas: TOTAL II 2.069. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR 2.INFORMAÇÕES SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO (31) 3539-4621 .82 328. VERSÃO ONLINE NO SITE WWW. 04/2013 DEMONSTRAÇÃO DE ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS RECEBIDOS POR ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR Observações: DATA: 27/10/2014 Carimbo.GOV. 3.41 4.49 4.MG. assinatura e CRC do Contador DECLARAÇÃO Declaro na qualidade de responsável pela entidade acima identificada. sob as penas da lei.