You are on page 1of 47

MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE

FORMATIVA

Manual de Qualidade da Atividade
Formativa

0

2014.01.03
Revisão

Data

RF

ADMINISTRAÇÃO
(Assinatura)

Doc.005.00

(Assinatura)

Página 1 de 47

MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE
FORMATIVA

ÍNDICE

1.

3

ENQUADRAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE

2. IDENTIFICAÇÃO DOS PROCESSOS E DOS PROCEDIMENTOS DA ATIVIDADE
FORMATIVA
31
3. CARATERIZAÇÃO DOS PROCESSOS E DOS PROCEDIMENTOS DA ATIVIDADE
FORMATIVA
36
4. APRESENTAÇÃO DOS MODELOS DOS DOCUMENTOS, INSTRUMENTOS E
REGISTOS REFERENCIADOS EM CADA PROCESSO

0

41

2014.01.03
Revisão

Data

RF

ADMINISTRAÇÃO
(Assinatura)

Doc.005.00

(Assinatura)

Página 2 de 47

MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE
FORMATIVA

1. ENQUADRAMENTO
ENTIDADE
1.1

E

CARACTERIZAÇÃO

DA

Estrutura e objetivos do manual

O Manual de Qualidade da

Atividade

Formativa (MQAF) é um documento que

esclarece, divulga e comprova o Sistema de Gestão da Atividade Formativa
implementado na ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave,
adiante designada por ADRAVE.

O Manual de Qualidade da Atividade Formativa é um documento controlado, sendo
a sua identificação descrita pela designação Rev.01 06/01/2014. Este documento
tem Revisão anual, aquando da elaboração do Plano de Atividades anual, e da realização
do Balanço da Atividade, ou sempre que se revele necessário fora deste calendário, a qual
se encontra identificada logo a seguir à sua codificação, sendo verificado pela gestora
de formação.

O Manual de Qualidade da Atividade Formativa é um documento que identifica e descreve
todos os processos, metodologias, procedimentos, intervenientes e recursos utilizados no
âmbito das diferentes fases do ciclo formativo, traduzindo as práticas existentes ou a
implementar pela ADRAVE, e que temos a preocupação de manter permanentemente
atualizado.
0

2014.01.03
Revisão

Data

RF

ADMINISTRAÇÃO
(Assinatura)

Doc.005.00

(Assinatura)

Página 3 de 47

MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE
FORMATIVA

Este Manual constitui um instrumento de Gestão, orientador e regulamentador de toda a
atividade formativa da ADRAVE, estando, por isso, incluído no seu Sistema de Gestão da
Qualidade, articulado com o Manual da Qualidade da ADRAVE, que orienta e
regulamenta a atividade geral da organização.

A ADRAVE encontra-se certificada pela Norma NP EN ISO 9001:2008, desde 2009, na
totalidade da sua atividade, mantendo o seu Sistema de Gestão da Qualidade atualizado.
Um dos processos de realização incluídos no âmbito da certificação da ADRAVE é o
Proc. 04 – Formação Intra-Empresas, Inter-Empresas e Social, que é atualizado,
monitorizado, avaliado e alvo do processo de melhoria contínua, de acordo com os
requisitos da Norma NP EN ISO 9001:2008 e de acordo com os requisitos do sistema de
certificação da DGERT.

Neste contexto, os objetivos do MQAF são os seguintes:
 Concentrar num único documento os processos internos de planeamento e
gestão, de conceção e desenvolvimento e de acompanhamento e avaliação da
atividade formativa, servindo de guia orientador da atuação da ADRAVE no
domínio da Formação;
 Identificar e descrever todos os processos, metodologias, procedimentos,
intervenientes e recursos utilizados no âmbito das diferentes fases do ciclo de
gestão da formação;
 Traduzir as práticas existentes através da definição dos processos numa
perspetiva operacional, mas também técnica, pedagógica e metodológica;
 Promover a estruturação e uniformização dos procedimentos e processos,
garantindo uma atuação concertada de toda a Equipa;
 Potenciar a avaliação permanente da atividade formativa, através da
identificação de indicadores e do estabelecimento de metas, que permitam a
monitorização e promovam a adoção de medidas de melhoria contínua;
0

2014.01.03
Revisão

Data

RF

ADMINISTRAÇÃO
(Assinatura)

Doc.005.00

(Assinatura)

Página 4 de 47

00 (Assinatura) Página 5 de 47 . Numa segunda parte. que se interligam: Estrutura e objetivos. 0 2014. contemplando os momentos principais de planeamento. Identificação de Processos e Procedimentos. apresentam-se os processos e os procedimentos diretamente associados à atividade formativa. Procede-se à identificação dos processos adotados no âmbito da atividade formativa. Numa terceira parte. instrumentos e registos. procede-se à caracterização pormenorizada de todos os processos e procedimentos da atividade formativa. e promover a sua divulgação a todos os colaboradores da ADRAVE. nesta primeira parte apresenta-se a estrutura e os objetivos do Manual de Qualidade da Atividade Formativa da ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave. Para além da descrição operacional de cada processo. que se encontram organizados na lógica do ciclo formativo (segundo referencial da DGERT/DSQA). incluindo objetivos e áreas de intervenção estratégica. Assim. designadamante nos aspetos organizativos. produzir um guia orientador da atuação da ADRAVE. que foram identificados na parte 2. incorporá-lo na sua atividade regular.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. desenvolve-se a vertente metodológica e os critérios subjacentes à sua aplicação. de evolução histórica e estratégia de gestão e de intervenção no território.01. O manual de Qualidade da Atividade Formativa está organizado em quatro partes distintas. Formandos. Clientes e outros Agentes. Apresentação dos modelos de documentos. desenvolvimento e avaliação da formação.MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE FORMATIVA  Sistematizar a informação.005. bem como se procede à identificação e caracterização da Agência. Caraterização de processos e procedimentos.

respeitantes aos processos anteriormente identificados e caracterizados.005. (ou sempre que exista uma alteração significativa num processo ou procedimento aqui identificado). instrumentos e registos. ouvidas as sugestões do Departamento de Formação. que permite uma normalização de procedimentos e de registos por qualquer um dos colaboradores atuais ou futuros.00 (Assinatura) Página 6 de 47 . Este manual é revisto anualmente. e validada pelo Coordenador Pedagógico. instrumentos e registos referenciados em cada um dos processos caracterizados.01. Apresenta-se um conjunto de modelos dos documentos. pela Equipa da Qualidade.MANUAL DE QUALIDADE DA ATIVIDADE FORMATIVA No capítulo final apresentam-se os modelos dos documentos.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. 0 2014. que é também membro da Administração.

005.2.1. Identificação da Entidade Denominação Social ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave. Forma Jurídica Sociedade Anónima Data da Constituição 15 de Setembro de 1998 Data de Início de Atividade A atividade foi iniciada a 01/12/1998 NIPC 504636103 Nº.00 (Assinatura) Página 7 de 47 . 25 de Abril. S.01.A. de CAE 70220 (Outras actividades de consultoria para os negócios e a gestão) Sede Social Av.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. 634 – Casa de Louredo 4760-101 Vila Nova de Famalicão 0 2014.

005.adrave.00 (Assinatura) Página 8 de 47 .01.telepac./Fax: 252302600 / 252302609 Email: adrave@mail.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.pt Site: www.pt 0 2014.Contactos Tel.

Ave). A ADRAVE é uma entidade que intervém na implementação das políticas nacionais de desenvolvimento regional. de acordo com o Decreto-lei nº 88/99. assumindo. como uma plataforma de cooperação entre os sectores público e privado. é uma entidade sem fins lucrativos. o papel de agente dinamizador e incentivador de novas atividades na região. em prol do desenvolvimento de um espaço regional (NUT III .01. ter adotado o estatuto de sociedade anónima. social e cultural do Vale do Ave. S. não obstante. que.Agência de Desenvolvimento Regional. A ADRAVE é uma Agência de Desenvolvimento Regional.1. de 19 de Março. A ADRAVE está qualificada como ADR . Evolução Histórica da Entidade A ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave. que define o estatuto das agências de desenvolvimento regional (ADR).03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. simultaneamente. que persegue um fim público. que prossegue objetivos públicos e sem quaisquer fins 0 2014. em conformidade com os seus Estatutos. foi criada a 15 de Setembro de 1998. conforme o Decreto-Lei. criada ao abrigo do DecretoLei 88/99. através da elaboração de estudos e do desenvolvimento de projetos.3. A ADRAVE.005.00 (Assinatura) Página 9 de 47 . tem como objeto social promover a modernização de base económica.A. de 19 de Março.

em termos regionais. Desde 2008.01. no domínio das seguintes tipologias:  Tipologia 2.3 – Formações Modulares Certificadas  Tipologia 3. Associativismo e Criação de Redes Empresariais de Atividades Económicas Geridas por Mulheres A ADRAVE tem implementado um processo de melhoria contínua.lucrativos.005.Quadro de Referência Estratégico Nacional. que coincidiu com a fase final de implementação do QCA II. Mais recentemente. A ADRAVE tem vindo a evoluir.1. a ADRAVE desenvolveu formação co-financiada pelo POPH – Programa Operacional Potencial Humano. que se traduz na melhoria da qualidade do serviço prestado. de intervir nos domínios do desenvolvimento económico. enquadramento no conceito de “organismo de direito público”.2 – Cursos de Educação Formação de Adultos  Tipologia 2. da valorização e requalificação do património e da qualificação dos recursos humanos. através da implementação de projetos de desenvolvimento regional para o Vale do Ave.1 – Formação para a Inclusão  Tipologia 7. No novo Quadro Estratégico Comum Portugal 2020 e Norte 2020. a ADRAVE é uma entidade com participação ativa no desenho da estratégia de desenvolvimento e na concretização de políticas públicas. desenvolvendo atividades cujos fins são de interesse geral para a região do Ave. enquadrada nos objetivos do QREN 2007-2013 .1 – Programa de Formação . integrou a definição de uma estratégia de desenvolvimento da região do Vale do Ave.2 – Formação para a Inovação e Gestão  Tipologia 3.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.00 (Assinatura) Página 10 de 47 . desde a sua criação em 1998. a ADRAVE pretende fazer face a necessidades de utilidade geral. passando por todo o período de execução do QCA III. efetivamente.Acção para PME  Tipologia 3.6 – Apoio ao Empreendedorismo.4 – Qualificação dos Profissionais da Administração Pública Local  Tipologia 6. tendo. e que decorre quer da qualificação dos seus 0 2014. entre outros. por. resultar do seu objeto social que. inclusivamente. tendo-lhe sido atribuída a missão.

que 0 2014. quer da revisão e adoção de processos e instrumentos de gestão.Realização de Ações de Formação Intra-Empresas. Este reconhecimento constitui. quer do aumento e da diversificação dos seus clientes. desde a sua criação. sempre numa perspetiva de melhoria contínua e de cooperação e partilha com outras Entidades e outros atores e protagonistas regionais.00 (Assinatura) Página 11 de 47 . a ADRAVE se encontra certificada. neste momento. nos seguintes domínios de atuação: organização e promoção do turismo.005. A ADRAVE é hoje uma estrutura consolidada que pode e deve ir muito mais além em prol do desenvolvimento regional e da coesão económica e social do Vale do Ave. Inter-Empresas e Social. formação e emprego. A ADRAVE tem vindo a desenvolver. reconhecida pelos parceiros regionais. Para tal.recursos humanos. com formação de nível superior e vasta experiência profissional. marketing territorial. sendo que. em prol do desenvolvimento do território do vale do Ave. Fruto do trabalho que tem vindo a desenvolver. . no âmbito global de toda a atividade que desenvolve: . uma responsabilidade acrescida da ADRAVE na melhoria contínua do seu trabalho em prol do desenvolvimento do território. . a ADRAVE goza de um bom posicionamento e de elevada notoriedade. em 2008.Concepção e Implementação de Projetos de Desenvolvimento. portanto. complementada por uma vasta rede de formadores e consultores nas suas diversas áreas de atuação. a implementação do SGQ – Sistema de Gestão da Qualidade.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. possui uma equipa técnica multidisciplinar. e respondendo ao desafio de colocar a EXCELÊNCIA ao serviço do DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO.Organização. educação. a ADRAVE iniciou. desde 2009. . quer da melhoria da qualidade das instalações e dos equipamentos. desenvolvimento económico regional. Promoção e Realização de Eventos. um conjunto de projetos estruturantes. em Conformidade com a Norma NP EN ISO 9001:2008.01. No domínio da gestão estratégica.Desenvolvimento e Apoio de Projetos de Modernização Organizacional.

uma sub-região que se debate com baixos níveis de qualificação dos seus recursos humanos. e aumentando a empregabilidade das pessoas e as suas competências sociais e técnicas. partilhar recursos. fruto de uma ação concertada dos sócios e do trabalho em rede que desenvolve com outras organizações do território. A ADRAVE ao longo destes 15 anos tem sabido afirmar-se como referência de atuação estratégica sobretudo ao nível de projetos inovadores e diferenciadores para a região. vontades. e com o objetivo de contribuir também para a coesão social. A formação constitui para a ADRAVE um dos domínios fundamentais da concretização dos objetivos da instituição.005. na influência na família e na educação das crianças. numa altura em que está profundamente mergulhado num cenário de mudança de paradigma. e reforçar competências para vencer os novos desafios de um território que reclama intervenções estratégicas. reduzindo as desigualdades e os riscos de exclusão social. com o objetivo de contribuir para a melhoria do desempenho profissional dos trabalhadores das empresas do território.00 (Assinatura) Página 12 de 47 .procura congregar esforços. que se reflete na redução da empregabilidade. combatendo o desemprego. ao nível da produtividade. com repercussões evidentes no desempenho profissional. muitas vezes correndo riscos de exclusão social. e fortalecendo o tecido empresarial do vale do Ave. 0 2014.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. aumentando o seu nível de produtividade e competitividade.01. com perdas de competitividade das empresas. na fragilidade das práticas culturais. social e cultural do território do vale do Ave. atendendo à sua missão de promover o desenvolvimento económico. articular intervenções. e ao nível do desempenho sociocultural dos indivíduos. É neste contexto territorial que a ADRAVE desenvolve a sua atividade formativa.

revelando as suas potencialidades e incentivando ao investimento. de forma a dar resposta às necessidades evidenciadas pelo tecido empresarial. contribuindo para a qualificação do território como forma de promover o investimento na região e a competitividade. contribuindo para o aumento da competitividade regional da sociedade e para a realização pessoal e profissional das pessoas. Dando cumprimento aos objetivos específicos da ADRAVE. para a gestão de fundos comunitários.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.  Incentivar a modernização do tecido industrial e empresarial da região. na área social. em parceria. através do aumento da qualificação escolar e profissional. cultural e económica. através de ações de valorização e formação dos seus recursos humanos e da modernização e inovação das suas atividades.  Promover a imagem da Região.  Atuar junto das instituições.  Fomentar e apoiar a criação de novas empresas que contribuam para o desenvolvimento da região.  Atuar como entidade geradora de consensos e aproximação de interesses com vista ao desenvolvimento e implementação de projetos de qualquer tipo que contribuam para a modernização do Vale do Ave. nacional e internacionalmente.01.  Fomentar e apoiar a criação de Micro-empresas de serviços de proximidade local.00 (Assinatura) Página 13 de 47 .  Promover uma sociedade qualificada e escolarizada. a atividade desenvolvida nestes últimos anos tem-nos permitido reforçar o posicionamento e destacar as áreas 0 2014.005. com a Comissão Europeia e outros organismos. Estratégia de Desenvolvimento A ADRAVE tem os seguintes objetivos específicos:  Celebrar Contratos – Programa com o Governo Português.

Estudos de Viabilidade Económica. as redes sociais e. Planos de Negócios. Serviços às Empresas: • Formação dos recursos humanos. os grupos-alvo dos serviços promovidos pela ADRAVE: as empresas. • Elaboração. pois. prevendo-se a sua continuidade e reforço nos próximos anos. as instituições e os municípios. É. e marketing territorial. mas também as Universidades. naturalmente. entre os setores público e privado. e as pessoas. A ADRAVE deve continuar a assumir-se como o palco privilegiado de cooperação efetiva entre o sector público e privado. essencialmente. São três. na capacitação das organizações e das pessoas envolvidas. e numa maior escala de concretização de investimentos e de atividades para o desenvolvimento. as empresas. bem como no domínio das principais atividades desenvolvidas. qualificação dos recursos humanos. O desenvolvimento do território é um processo complexo.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. No âmbito das atividades de cooperação inter-institucional. envolvendo ativamente todos os municípios. contínuo e intenso.005. • Elaboração e Acompanhamento de: Projetos de Investimento. os Centros de Inovação e Tecnologia. destaca-se a capacidade que a ADRAVE tem vindo a demonstrar para construir e alimentar redes de parceria local e regional. as Associações empresariais. de conhecimento e de competências.prioritárias de serviços da Agência: desenvolvimento socioeconómico. 0 2014. nestes domínios de intervenção que a ADRAVE tem vindo a atuar. que se traduzem em partilha de recursos. que exige um trabalho em rede. Desenvolvimento e Acompanhamento de Candidaturas a Programas de Incentivos e apoio às PME’s no âmbito do QREN.01.00 (Assinatura) Página 14 de 47 .

Programa FINICIA – Eixo 3 promovido pelo IAPMEI.European Foundation for Quality Management Serviços às Instituições e aos Municípios: • Elaboração. Projetos de Educação para o Empreendedorismo .SIADAP. • Elaboração e Execução de: Projetos de Regeneração Urbana.“Empreendedorismo nas Escolas” Planos Estratégicos Concelhios.  Apoio técnico na Gestão de Fundos de Desenvolvimento Empresarial: Microcrédito. • Apoio na Implementação de: Sistemas de Gestão da Qualidade – ISO 9001. Desenvolvimento e Acompanhamento de Candidaturas ao abrigo do QREN.00 (Assinatura) Página 15 de 47 . Projetos de Áreas de Acolhimento Empresarial.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. Planos Estratégicos. Planos de Igualdade de Género. Sistemas de Avaliação de Desempenho . EFQM . Imagem e Comunicação Organizacional  Apoio na Implementação de: Sistemas de Gestão da Qualidade e Qualidade Total de Serviços Municipais. 0 2014. Planos de modernização Organizacional.Estudos de Mercado e Planos de Marketing.005.01. Ações de Formação Avançada para técnicos superiores. Planos de Formação e Qualificação dos Profissionais da Administração Pública Local. Imagem e Comunicação Organizacional. Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego.

• Acompanhamento dos percursos de formação e de certificação de adultos. • Organização e promoção de ações de empregabilidade e de capacitação das pessoas. • Organização e promoção de intervenções ou atividades formativas.01. • Certificação escolar de nível básico e de nível secundário.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. • Concepção de intervenções. • Planeamento de intervenções ou atividades formativas. através do seu Departamento de Formação.Serviços às Pessoas: A ADRAVE é uma Entidade Formadora acreditada pela Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT). atividades nos seguintes domínios de intervenção: • Diagnóstico de Necessidades de Formação. • Apoios à criação de empresas e do auto-emprego. e tem vindo a desenvolver. 0 2014. desde 2001.005. • Avaliação do impacto da formação na Sociedade.00 (Assinatura) Página 16 de 47 . instrumentos e suportes formativos. programas.

005. Missão e Visão  MISSÃO A ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave.5.1. a ADRAVE considera fundamental a implementação e manutenção de um Sistema de Gestão da Qualidade.00 (Assinatura) Página 17 de 47 . cumprindo os requisitos do cliente. de acordo com a norma NP EN ISO 9001:2008. reconhecida na promoção da modernização. Para atingir os objetivos preconizados propomo-nos perseguir as seguintes diretrizes: 0 2014. S. tem como Missão promover o desenvolvimento regional do território do Vale do Ave. do conhecimento e da inovação do território do Vale do Ave.4. Política da Qualidade Com o intuito de melhor executar a sua Missão e concretizar os objetivos que lhe estão inerentes.01. estatutários e regulamentares aplicáveis ao serviço.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.A. 1. e tendo em consideração os recursos necessários para o desenvolvimento da eficácia e eficiência dos processos fundamentais à melhoria contínua do desempenho da organização.  VISÃO Afirmar a ADRAVE como uma organização chave.

00 (Assinatura) Página 18 de 47 .  Social.  Transparência. 0 2014. tendo por base as seguintes premissas:  Cooperação entre o setor público e o setor privado.  Promoção do Desenvolvimento do território do Vale do Ave nas seguintes dimensões:  Económica.  Empenho.  Melhoria Contínua dos Serviços e Processos.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.  Criação de sinergias em projetos estruturantes.  Visão.  Motivação e Valorização dos colaboradores.  Profissionalismo. Satisfação e Fidelização dos nossos clientes através da:  Lealdade.  Partilha de conhecimentos e experiências entre os atores.  Criatividade. sustentados nos seguintes fatores:  Competência.  Competência.01.  Cultural. Uma organização mais inteligente para o desenvolvimento do território. através da sistematização de processos e registo de informação.005. proporcionando um aumento da eficácia e qualidade dos serviços prestados.  Fortalecimento de Parcerias e Redes de Cooperação.

atendendo também ao contexto territorial e às necessidades do tecido económico regional. no âmbito do Plano de Atividades. 0 2014. aumentando a sua produtividade. A intervenção da ADRAVE no domínio da formação tem essencialmente em vista dois grandes objetivos: contribuir para a melhoria do desempenho profissional dos trabalhadores nas empresas e nas organizações. com objetivos específicos e quantificados é apresentada. como uma instituição de desenvolvimento regional que intervém nos domínios do desenvolvimento económico.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. assim. as autarquias locais e o público em geral. integrando-se a sua avaliação final no Balanço de Atividades anual. competitividade. da organização do turismo e da formação e qualificação dos recursos humanos. e melhorar os níveis de empregabilidade. anualmente. apresenta-se a estratégia geral de intervenção da ADRAVE no domínio da Formação. e níveis de eficiência e eficácia. O público-alvo da ADRAVE abrange as empresas.1. incluindo. portanto. oferecer um serviço de qualidade no domínio da formação. ou que promova uma oferta à comunidade que responda às suas necessidades de empregabilidade e/ou de inclusão social.01.6. as organizações da economia social. sendo que a estratégia específica. da valorização e requalificação do património.005.00 (Assinatura) Página 19 de 47 . da inovação e modernização organizacional. e favorecendo a coesão social e a inclusão. aumentando as competências técnicas e sociais das pessoas que estão desempregadas. que responda às necessidades de formação das organizações. da promoção da cultura. Política e Estratégia para a Atividade Formativa Neste ponto. A ADRAVE pretende. A ADRAVE tem-se afirmado desde a sua criação. o qual é monitorizado regularmente e avaliado. os ativos empregados e desempregados.

a ADRAVE desenvolve formação nas seguintes áreas:  Área (Cod:311) Psicologia  Área (Cod:345) Gestão e Administração  Área (Cod:482) Informática na óptica do utilizador  Área (Cod:622) Floricultura e Jardinagem  Área (Cod:761) Serviços de apoio a crianças e Jovens  Área (Cod:812) Turismo e Lazer A ADRAVE desenvolve projetos formativos. Por outro lado. 0 2014. centrados na resposta às necessidades de formação detetadas num conjunto de empresas ou organizações. em resultado do diagnóstico de necessidades de formação efetuado ao território concelhio de Vila Nova de Famalicão. de um determinado sector económico. ou em resultado de diagnóstico de necessidades de formação. que no âmbito do Processo de realização da atividade da ADRAVE se designa por Formação Inter-Empresas.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. a ADRAVE desenvolve também projetos formativos destinados ao público em geral.No domínio da atividade formativa. a ADRAVE desenvolve também projetos formativos. a pedido desta. que no âmbito do Processo de realização da atividade da ADRAVE se designa por Formação Social. social e legislativo que entretanto surgem e que carecem de aprofundamento em matéria de conhecimento e de aquisição de competências. a pedido destas.005. centrados na resposta às necessidades de formação detetadas numa determinada empresa ou organização em concreto. Finalmente. que no âmbito do Processo de realização da atividade da ADRAVE se designa por Formação Intra-Empresa. e destinados aos trabalhadores da empresa. bem como atendendo às transformações de contexto económico.01. ou numa determinada area de formação transversal a várias empresas ou organizações.00 (Assinatura) Página 20 de 47 .

da implementação do programa de formação e consultoria e da avaliação.  Formação – ação. a responsabilidade e outros hábitos de trabalho. em sala. Trata-se de uma tipologia de formação.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. em diversas áreas de intervenção. proporcionando-lhes o contacto com o mercado de trabalho. conjugada.01. da definição do plano de ação. 0 2014. incluindo visitas de estudo e participação em atividades que contribuam para atingir os objetivos de aprendizagem definidos (conferências. que se assume como uma das formas privilegiadas de aprendizagem dos ativos desempregados. não simuláveis em contexto de formação. debates. a iniciativa. exposições…)  Formação em contexto de trabalho (FCT). com a presença de Formador e Formandos.00 (Assinatura) Página 21 de 47 . com situações de aprendizagem novas.005. por vezes. conjugando as ferramentas do diagnóstico. que se assume como a forma privilegiada de formação dos ativos empregados. o trabalho de equipa. que visa apoiar o desenvolvimento organizacional. em contexto real de trabalho. com momentos de formação em sala. que requerem e estimulam a proatividade.As formas de organização da Formação que a ADRAVE privilegia são as seguintes:  Formação presencial.

7.005.00 (Assinatura) Página 22 de 47 .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.1 – Organigrama da ADRAVE 0 2014. Organigrama e Descrição de Funções 1.01.7.1.

execução.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.garante que as práticas formativas implementadas na Entidade estão em harmonia com os requisitos da certificação. assegurando: o planeamento.  Interlocutor privilegiado com o Sistema de Certificação .  Garantia da presença regular na entidade formadora.7.005. a articulação com os responsáveis máximos da entidade e com os destinatários da formação.  Garantia de estabilidade através do exercício da função a tempo completo e vínculo laboral devidamente formalizado. a resolução de questões pedagógicas e organizativas da ações. controlo e avaliação do plano de atividades. as relações externas relativas à mesma. articulação com a equipa de formadores na fase de conceção. acompanhamento. através da formalização e vínculo contratual. assegurando: a articulação com o gestor da formação.01.1 – Descrição de Funções associadas à Atividade Formativa Gestor da Formação  É o responsável pela política de formação e pela sua gestão e coordenação geral. 0 2014. acompanhamento pedagógico dos formandos e dos formadores na fase de execução da ação. entre outras. Coordenador Pedagógico  É o responsável pelo apoio à gestão da formação e pela gestão pedagógica da mesma. a promoção das ações de revisão e melhoria contínua e a implementação dos mecanismos de qualidade da formação.00 (Assinatura) Página 23 de 47 .1. a gestão dos recursos afetos à formação.

recolhendo o feedback dos formandos e formadores.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.  Assegura o cumprimento dos procedimentos definidos. a elaboração de recursos pedagógicos para desenvolvimento do programa.  Efetua todos os procedimentos de acompanhamento pós-formação. a aplicação de métodos e instrumentos de avaliação.005. manuais.  É mediador no processo de aprendizagem juntamente com todos os formadores envolvidos. entre outros. por auscultação das suas opiniões e registo das mesmas num questionário de satisfação.  Procede ao encerramento dos cursos.01. a monitoria de ações de formação através da aplicação de métodos pedagógicos adequados aos destinatários e objetivos da formação. Procede à abertura dos cursos. 0 2014. exercícios. assegurando: a preparação do programa de formação. explicando as condições de realização do curso. apresentando o formador e distribuindo o regulamento de funcionamento a formandos e formadores.00 (Assinatura) Página 24 de 47 .  Coordena e supervisiona todas as atividades relacionadas com o processo de formação e aprendizagem. Formadores  São responsáveis pela preparação e desenvolvimento pedagógico das ações de formação. como planos de sessão. designadamente avaliação de impacto da formação e monitorização da empregabilidade dos Formandos.

00 (Assinatura) Página 25 de 47 . no horário de funcionamento definido.  Animar e dinamizar a formação (motivar os formandos).  Orientar os formandos no decorrer do processo formativo. dos instrumentos necessários à realização da formação. Adequação de competências profissionais e pedagógicas para as áreas de educação e formação solicitadas para a certificação.  Gerir os recursos existentes (tempo e informação). Atendimento  Assegura o atendimento diário presencial e telefónico.01.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.  Preparação inicial.  Ser mediador no processo de aprendizagem juntamente com o coordenador pedagógico. 0 2014.005.  Avaliar os formandos. Outros agentes  Responsáveis pelo desenvolvimento de outras atividades a montante ou a jusante da execução do processo formativo e que contribuem para o desenvolvimento geral desse processo.  Adequar métodos e técnicas pedagógicas.

encontra-se 1 sala de formação e 1 sala multiusos com capacidade para 50 pessoas. encontram-se 3 salas de formação. 6 casas de banho unissexo. 0 2014. parque de estacionamento. junto à Estação de Caminhos-de-Ferro. armários.005. A Sala multiusos está preparada para reuniões e conferências e possui uma Biblioteca. com acessos interiores por via de escadaria e de um elevador. videoprojetor.00 (Assinatura) Página 26 de 47 . O piso 1 está dotado de seis casas de banho para senhoras. espaço de projeção. aquecimento central. e está equipada com aquecimento central. sala de convívio/refeição. Descrição das Instalações e Recursos Materiais A ADRAVE está instalada numa vivenda requalificada. cadeiras. todas dotadas de luz natural. cadeiras. A Sala de formação está equipada com mesas. com luz natural. rés-do-chão. ar condicionado.01. espaço arborizado. aquecimento central.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. A vivenda possui três pisos. equipadas com mesas. primeiro e segundo andares. No piso 1. smartboard.1. rodeada por um jardim. extintor. que permite o acesso a todos os pisos por pessoas com mobilidade reduzida. no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão. No piso 0. extintor.8.

No corredor está também colocado um extintor. videoprojetor. encontra-se 1 sala de formação com capacidade para 25 pessoas equipada com mesas. 0 2014. perto das casas de banho. Reprografia:  HP Color Laser Jet 4700 – Impressora de Rede.  Quadros brancos.00 (Assinatura) Página 27 de 47 . estando as restantes partes do centro equipadas com a sinalética de segurança prevista por lei.01. escaparate com informação sobre as atividades da ADRAVE e a oferta formativa. está equipada com um PC ligado à Internet para uso do pessoal administrativo. mobiliário de apoio. 1 ou 2.  Armários. Os grupos de formação poderão ter um número mínimo de 8 Formandos e um número máximo de 25. Todas as salas estão providas de sinalização luminosa com indicação de saída com autonomia para iluminação de emergência. armários. Atualmente.  Mesas. e um extintor. sofás. nomeadamente.005. disponível para todos os formandos e em todos os pisos. a ADRAVE possui equipamentos e mobiliário necessário para desenvolver de forma eficaz toda a atividade para que foi criada a Entidade. A recepção. cadeiras. aquecimento central. uma secretária e cadeira. Todo o centro está equipado por um sistema de deteção de incêndio. com detetores de fumo iónicos situados em cada sala e ligados à central de deteção de incêndio situada na receção.No piso 2. consoante se trate das salas do Piso 0. ar condicionado.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. extintor e luz natural. A ADRAVE está equipada com sistema de Wireless de acesso à Internet. como por exemplo: Mobiliário:  Cadeiras. O piso 2 está dotado com seis casas de banho para homens.

• Leitor DVD Recorder Philips. • Câmara Filmar Sony. • Leitor DVD Philips. • TV Philips. • Rádio CD Philips. Multimédia: • SmartBoard/Quadro Interativo.  Total: 27 Computadores 0 2014. • Máquina Fotográfica CANON. • Tela de Projeção .01. • Videoprojetor SONY • Videoprojetor 3M • Videoprojetor HITACHI • Videoprojetor NEC • Videoprojetor NEC Computadores:  6 CPU – Fixos. • Disco/Gravador IOMEGA. .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. • Colunas PC's Creative.00 (Assinatura) Página 28 de 47 .  HP Office Jet 413 E. • TV Philips mini. • Servidor HP.005.Funcionalidades Múltiplas. Fotocopiadora Xerox Work Centre 7545.  21 Portáteis. • Colunas PC's.

005. que sempre que se trate de ações de curta duração que prevejam a necessidade de qualquer equipamento que a ADRAVE não possua. programas de formação.De salientar. Logo no início da formação. bem como. material didático diverso.00 (Assinatura) Página 29 de 47 . blocos e folhas a cada formando. Desde que solicitado atempadamente pelos formadores e formandos.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. sempre disponível. também. designadamente material de desgaste.01. deveres e direitos do formando e formador. Contrato de Formação. os mesmos poderão ter acesso a outros materiais didáticos específicos para cada curso de formação em concreto. fotocópias. Ao nível dos recursos didácticos. a ADRAVE contempla meios logísticos de apoio a formadores e formandos assegurando. o Manual de cada módulo. A ADRAVE faculta logo no início de cada ação de formação. 0 2014. entre outros. canetas. uma capa. a todos os formandos é entregue uma apresentação da entidade formadora. recorre-se ao seu aluguer temporário em empresas de prestação de serviços. Regulamento de Funcionamento. cronograma do curso e listagem dos formadores envolvidos na ação de formação (quando há lugar à intervenção de mais que um formador).

ou sempre que.005. A Revisão é efetuada pela Equipa da Qualidade.9. e validada pelo Coordenador Pedagógico.1. em qualquer uma das situações à alteração do número de Revisão. sendo necessário proceder.01. por alteração legislativa.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. 0 2014. ou por necessidade expressa e inadiável. identificando-se a necessidade de alterações e procedendo-se à sua revisão. Revisão do Manual O Manual de Qualidade da Atividade Formativa da ADRAVE é revisto/atualizado uma vez por ano quando. ouvidas as sugestões do Departamento de Formação. que é também membro da Administração. por ocasião da análise dos resultados/balanço de atividades e introdução de medidas de melhoria contínua. A revisão do Manual da Qualidade da Atividade Formativa pode ser efetuada na sua globalidade ou pode incidir apenas sobre algumas secções. se justifique proceder à sua alteração.00 (Assinatura) Página 30 de 47 .

Necessidades/ Requisitos do Cliente e Mercado.00 (Assinatura) Página 31 de 47 .Requisitos Legais e Regulamentares.Formando sem competências. . 0 2014.Dossier Técnico Pedagógico e Dossier Financeiro.Realização das Ações de Formação.Diagnóstico de Necessidades de Formação.2.005. . Dados de Entrada . 04 – Formação Intra-Empresas. . Inter-Empresas e Social tem como objetivo definir a sequência de atividades necessárias para assegurar que todos os serviços de formação Intra-Empresas pedidos pelos clientes são corretamente realizados.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.Certificados. Todo o ciclo formativo está integrado no Processo 04 – Formação Intra-Empresas. bem como todos os serviços de formação Inter-empresas e ainda os serviços de formação social à comunidade. Dados de Saída . . . Inter-Empresas e Social do Sistema de Gestão da Qualidade da ADRAVE.01. IDENTIFICAÇÃO DOS PROCESSOS E PROCEDIMENTOS DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS A atividade formativa da ADRAVE encontra-se organizada tendo em conta o ciclo formativo. O Proc.

Satisfação dos Clientes/Formandos. . São eles o Proc. Corretivas e de Melhoria. Contudo. o Proc. 04.01. e que constituem processos relacionados diretamente com a atividade formativa desenvolvida pela ADRAVE. há mais quatro Processos que. estabelecendo as diretrizes no desenvolvimento de ações corretivas e preventivas adequadas a situações consideradas potenciadoras de não conformidades. monitorização e avaliação de resultados.08 – Gestão Estratégica e o Proc. por um lado.00 (Assinatura) Página 32 de 47 . Toda a atividade formativa está portanto incluída no Proc..Formando com competências.01 – Ações Preventivas.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.01 – Ações Preventivas. decorrem dos requisitos da Norma NP EN ISO 9001:2008 e dos Requisitos de Certificação da DGERT.005. não sendo embora de realização. e para assegurar a implementação dos instrumentos e ferramentas de gestão nos domínios do planeamento estratégico. como necessários para assegurar a prestação de um serviço de qualidade e a melhoria contínua. 09 – Compras & Subcontratação O Proc. Dados de entrada • Não Conformidade / Potencial Não Conformidade • Sugestões de Melhoria • Reclamações Dados de saída • Ação Corretiva Eficaz / Ação Preventiva Eficaz 0 2014. que é um processo de realização da ADRAVE e que consta do Certificado de Qualidade emitido pela SGS – Entidade Certificadora. Corretivas e de Melhoria tem como objetivo descrever as principais tarefas a executar no âmbito do processo de Melhoria Contínua. 02 – Gestão de Recursos. o Proc.

regras de identificação e manutenção de equipamentos e instalações. tem como objetivo proporcionar linhas de orientação para analisar a eficácia e eficiência do Sistema de Gestão da Qualidade. tem como objetivo estabelecer as regras e responsabilidades para a gestão de pessoas.08 – Gestão Estratégica. Equipamento Informático) • Planos de Verificação O Proc.02 – Gestão de Recursos.01. Dados de entrada • Necessidade de admitir pessoas • Necessidade de gerir pessoas • Necessidades de formação • Satisfação dos colaboradores • Candidatura a emprego • Necessidade de manutenção das infra-estruturas e equipamentos • Avarias de equipamentos e viaturas Dados de saída • Admissão de pessoas • Integração de novo colaborador • Gestão de pessoas • Grau de satisfação dos colaboradores • Ações de formação ministradas • Registos presenças e sumários • Plano de Formação (Equipa Interna) • Contratos de Manutenção (Limpeza. 0 2014.• Ação de Melhoria Eficaz • Resposta ao Cliente O Proc.00 (Assinatura) Página 33 de 47 .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.005.

bem como definir a sequência de atividades necessárias à compra de material de escritório/economato.01.  Definição de objetivos da qualidade (Planeamento da Qualidade).  Melhoria do serviço relacionado com os requisitos do cliente.  Retorno de Informação do Cliente.  Resultados de auditorias.  Alterações que possam afetar o Sistema da Qualidade. O Proc. Aplica-se à atividade formativa.  Estado das ações de melhoria (corretivas e preventivas).  Ata da Reunião. Dados de entrada • Necessidade de Compras • Pedido de Material • Necessidade de Subcontratação • Necessidade de Novos Fornecedores 0 2014. 09 – Compras & Subcontratação tem como objetivo definir as regras para a qualificação e avaliação de fornecedores/subcontratados.00 (Assinatura) Página 34 de 47 . bem como da avaliação do serviço prestado.005.  Seguimento de ações resultantes de anteriores revisões pela Gestão.Dados de entrada  Avaliação do Grau de Cumprimento do Planeamento da Qualidade. Dados de saída  Adequação da Política da Qualidade. na medida em que define o procedimento de qualificação de Formadores.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.  Recomendações para melhoria.  Melhoria da Eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade  Necessidades de Recursos.  Desempenho do processo e conformidade do produto / serviço.

Dados de saída • Compra de Material • Subcontratação de Serviços • Qualificação Inicial dos Fornecedores/Subcontratados • Avaliação dos Fornecedores/Subcontratados Aqui são apresentados os procedimentos adoptados na ADRAVE.Formação Intra-Empresas.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.005.03 .00 (Assinatura) Página 35 de 47 .09 – Compras e subcontratação  Prod.04 .Gestão Recursos  Proc.Auditorias Internas  Prod.01.Controlo Documentos e Registos  Prod. Inter-Empresas e Social  Proc. sendo que a descrição de cada um se encontra detalhada em documento autónomo devidamente codificado no Anexo 3. Os processos e procedimentos em vigor no âmbito da gestão da formação são:  Proc.02 .04 .Seleção Qualificação Fornecedores-Subcontratados  Plano de Atividades da ADRAVE (anual)  Plano de Atividades de Formação da ADRAVE (anual)  Relatório de Atividades da ADRAVE (anual)  Relatório de Gestão da Qualidade (anual)  Balanço da Atividade Formativa (anual)  Ata de Revisão pela Gestão (anual) 0 2014.01 – Ações Preventivas.01 . Corretivas e Melhoria  Proc.08 – Gestão Estratégica  Proc.

atendendo à missão e à visão 0 2014.01. O planeamento anual da atividade tem em consideração o balanço/relatório da atividade realizado relativamente ao ano anterior e a avaliação dos indicadores e das metas atingidas relativamente ao previsto.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. A planificação anual da atividade formativa da ADRAVE faz-se no início de cada ano. até ao final do mês de fevereiro. juntamente com a planificação da atividade global da Agência. bem como as opções e os objetivos estratégicos estabelecidos para o ano em curso.3.005. a qual engloba os processos da atividade formativa identificados anteriormente.00 (Assinatura) Página 36 de 47 . CARATERIZAÇÃO DOS PROCESSOS E PROCEDIMENTOS DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS Apresenta-se seguidamente a Rede de Processos do Sistema de Gestão da Qualidade da ADRAVE.

identificação dos momentos de avaliação. compilação de documentação de apoio.Definição do perfil de entrada do Formando. Este Plano é submetido à aprovação da Assembleia Geral da ADRAVE. . . guiões de utilização e exploração. as características específicas dos grupos destinatários da formação e os recursos e meios disponíveis. 0 2014.organizacionais. São definidos os objetivos operacionais e as metas a atingir ao longo do ano. domínio afetivo (saber ser) e domínio psicomotor (saber fazer). apresentações.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. através do desenho do itinerário pedagógico de aprendizagem.Definição de objetivos de aprendizagem em função das competências a desenvolver e agregação de objetivos de aprendizagem por domínios do saber: domínio cognitivo (saber). tendo em consideração a natureza das competências a desenvolver. . . ao contexto territorial. entre outros). .Análise dos resultados da avaliação de ciclos anteriores. São também definidos indicadores para acompanhar e monitorizar a execução da atividade formativa ao longo do ano.Conceção ou adaptação de suportes de apoio à aprendizagem (manuais de formação. conceção de conteúdos de formação e definição da sua sequenciação. No processo de desenvolvimento incluímos as fases de conceção e desenvolvimento da atividade formativa e de organização da formação. oportunidades de melhoria. Neste contexto. definição de cargas horárias.Definição dos métodos e recursos pedagógicos e das formas de organizar a formação. às medidas de melhoria contínua.Análise de competências a desenvolver e identificação do seu valor crítico. . é elaborado um Plano de Atividades de Formação. que engloba toda a informação acima e que constitui um instrumento de gestão operacional. corrigir trajetórias. sendo os mesmos utilizados também para proceder à avaliação da execução anual da atividade. à conjuntura.Identificação/diagnóstico de necessidades. anualmente. incluindo exercícios e casos práticos. por forma a garantir uma progressão pedagógica eficaz. .005. no âmbito da qual se procede a: . permitindo-nos identificar situações-problema. às redes de parceria. procedendo-se a um orçamento anual de execução.Definição de módulos de Formação. que reúne em sessão ordinária até ao último dia do mês de março.00 (Assinatura) Página 37 de 47 .01. bem como são identificados os meios e os recursos necessários.

Acompanhamento. mas há a preocupação de efetuar a monitorização e avaliação contínua para. entre outros).Definição de critérios. . e dos formandos e aos objetivos da 0 2014.Constituição da Equipa Técnico-Pedagógica. para análise das dimensões de resultados e efeitos da formação.Análise de resultados da avaliação e introdução de medidas de melhoria contínua. após 6 meses da conclusão da ação de formação. das empresas.00 (Assinatura) Página 38 de 47 . eficiência e qualidade do serviço. tarefas.Definição de critérios e métodos de seleção de Entidades recetoras de formandos para formação em contexto de trabalho.01. da inclusão social. . . por forma a melhor responder às necessidades do território. guiões de exploração de manuais e outros recursos de apoio aos formandos. Todas as atividades. .Definição de critérios. da avaliação da satisfação pós-formação e do impacto da formação no desempenho profissional do trabalhador (no caso dos ativos empregados). fazer ajustamentos em função das características do grupo de Formandos e de eventuais alterações das circunstâncias e de contexto. métodos e instrumentos para a seleção de formandos e formadores. em relatório final de cada uma das ações de formação.Acompanhamento pós-formação.Definição de critérios. métodos e instrumentos de acompanhamento e avaliação da formação em contexto de trabalho. . planos de sessão. guiões de exercícios e casos práticos. . . métodos e instrumentos de avaliação da formação – avaliação de aprendizagem e avaliação de reação/satisfação. .005. .Elaboração dos Planos Pedagógicos para a formação em contexto de trabalho. incluindo os registos das evidências em plano de monitorização. e no Balanço de Atividades. em caso de necessidade.Estruturação de recursos pedagógicos de apoio aos formadores (manual do formador. atendendo aos critérios de eficácia.Elaboração do Dossier Técnico-Pedagógico.Definição dos momentos de aplicação dos instrumentos de avaliação. monitorização e avaliação das ações de formação. .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.. ou do projeto formativo. . métodos e instrumentos são definidos previamente. designadamente nas dimensões da empregabilidade.

numa lógica de gestão. A ADRAVE no desenvolvimento da sua atividade tem sempre em vista a melhoria contínua da qualidade do serviço que presta aos clientes e à sociedade. procede-se também ao acompanhamento pós-formação. desde o início. para o efeito. procede-se à avaliação do grau de aquisição de conhecimentos e de competências pessoais. e/ou para potenciar resultados entretanto alcançados. através de um conjunto de metodologias e instrumentos que estão ainda a ser testados pela Equipa de Formação da ADRAVE e a ser melhorados. eventualmente alguns deles não esperados. Neste contexto. sempre que se verifique a necessidade de correção do rumo. que são monitorizados ao longo do processo e são avaliados no final da execução do projeto. Os resultados alcançados neste processo de avaliação da atividade da ADRAVE são tidos em consideração no momento da planificação do ano seguinte e constituem a base de informação para a identificação de áreas de melhoria. o nível de satisfação e os resultados da formação. Os resultados são tratados e analisados os desvios existentes. Para tal. um conjunto de objetivos estratégicos e operacionais.Ações Preventivas. sociais e profissionais e identificam-se as oportunidades da sua aplicação em contexto real. onde são evidenciadas as ações de melhoria realizadas.01. A melhoria contínua é um dos requisitos da Norma NP EN ISO 9001:2008 e constitui um dos requisitos fundamentais do Sistema de Certificação da DGERT. Ao longo da execução da formação procede-se à avaliação contínua do processo formativo. aos quais estão associados indicadores e metas. contribuindo para melhorar a qualidade do serviço prestado. o relatório de atividades e a ata de revisão pela gestão. em sede de planeamento. Neste momento. 01 . estabelece. Corretivas e Melhoria.005. metodologias e instrumentos.formação. Na lógica da aprendizagem. procede-se à 0 2014. por forma a ir ajustando os objetivos aos resultados alcançados e a introduzir medidas de melhoria para corrigir trajectórias.00 (Assinatura) Página 39 de 47 . do Proc. Essa avaliação é transposta para o balanço de atividades.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. bem como se recolhem oportunidades de melhoria relativamente a conteúdos de formação. servindo-nos. na medida em que se trata de uma prática ainda relativamente recente e em estruturação funcional.

01. pela verificação da alteração de atitudes e de procedimentos associados à atividade profissional. a aquisição de competências técnicas e a sua aplicabilidade em novo posto de trabalho. que contribuam para o aumento da produtividade.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc. o grau de empregabilidade. incluindo a sua transferibilidade para o contexto profissional. através de entrevista. após a formação.00 (Assinatura) Página 40 de 47 . que inclui também a criação do próprio emprego. e procede-se à auscultação dos empresários/gestores. avalia-se. 0 2014. ou seja. relativamente ao impacto da formação no contexto do desempenho profissional nas empresas. essencialmente. para a competitividade da empresa. Assim. No caso dos ativos desempregados. a avaliação da eficácia da formação passa. bem como para a manutenção do posto de trabalho. após o período de seis meses decorridos sobre o fim da intervenção formativa. no caso dos ativos empregados. pela avaliação das competências. a aquisição de competências pessoais e sociais.005.aplicação de um inquérito por questionário aos Formandos ativos desempregados que terminaram a Formação na ADRAVE há mais de seis meses. necessariamente. e a sua aplicação nos diferentes contextos. para os processos de inovação.

APRESENTAÇÃO DOS MODELOS DOS DOCUMENTOS. os documentos listados não constam deste manual.005.00 (Assinatura) Página 41 de 47 . e que se encontram identificados e descritos neste Manual da Qualidade da Atividade Formativa. Os mesmos constam de documentos autónomos devidamente codificados em função dos processos e procedimentos em que a atividade formativa da ADRAVE está organizada.4.01. Por forma a tornar este manual mais fácil de manusear em termos informáticos. 0 2014. nos capítulos precedentes. devidamente organizados em função dos processos identificados e descritos nos capítulos anteriores. pelo que se apresentam no Anexo 3. INSTRUMENTOS E REGISTOS REFERENCIADOS EM CADA PROCESSO E PROCEDIMENTO Apresenta-se seguidamente a listagem completa dos documentos que integram a gestão da atividade formativa da ADRAVE.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.

00 (Assinatura) Página 42 de 47 .030 0 2014.022 Inquérito à Satisfação do Cliente Doc.029 Cronograma de Formação de média e longa duração Plano Curricular Doc.011 Levantamento das Necessidades de Formação / Análise de Custos / Logística / Aprovação / Avaliação da Eficácia  Doc.003 Lista de Requisitos Legais Aplicáveis ----- Modelo do Relatório de Diagnóstico Doc.005.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.025 Ata de Reunião Conceção e Desenvolvimento da Formação Codificação Título ---- Referencial de Formação ------ Termo de Responsabilidade ------ Modelo do Relatório de Diagnóstico ------ Manual de Acolhimento Formadores/Consultores ------ Modelo de Manual da Formação ------ Plataforma SIGO ------- Catálogo Nacional de Qualificações Doc.025 Ata de Reunião Doc.01.012 Plano de Formação/ ----- Plano de Atividades de Formação Doc. Planeamento da Formação (Dados de Entrada) Codificação Título Doc.

072 Atividade Integradora – Desenho Global Doc.Doc.036 Infra-Estruturas e Equipamentos Doc.086 Doc.071 Planificação Geral do Módulo Doc.032 Contrato de Prestação de Serviços Doc.103 Ficha Simulação síntese 0 2014.070 Plano de Sessão Doc.040 Protocolo de Cooperação Formação Prática em Contexto de Trabalho Mapa de Assiduidade do Mês Doc.041 Registo de Ocorrências Doc.031 Ficha Curricular Doc.035 Contratos de Formação p/Formandos Doc.034 Ficha de Inscrição de Formandos Doc.033 Listagem de Formandos Doc.037 Recursos Didáticos e Pedagógicos Doc.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.075 Atividade Integradora – Competências do Referencial Atividade Integradora – Atividade e Tarefas Doc.01.082 Ficha Individual de Validação de Competências Formação de Base Ficha de Marcação PRA Doc.080 Auto-Reflexão das Aprendizagens Doc.081 Doc.077 Proposta de Atividade / Visita de Estudo Doc.048 Check List DTP Doc.038 Listagem de Pessoal Não Docente Doc.079 Justificação de Faltas Doc.084 Registo de Avaliação Doc.00 (Assinatura) Página 43 de 47 .054 Modelo de Proposta de Prestação de Serviços Doc.074 Doc.039 Doc.095 Ficha de Avaliação de Competência Formação Tecnológica Ficha de Proposta Local de Estágio Doc.078 Relatório de Visita de Estudo Doc.005.

135 FCT .Actividades e Presenças – formando Doc.179 Apreciação do PIP Doc.Curso de FPIF Doc.Cronograma de estágio Doc.Ficha de Registo Final de Avaliação Doc.15 FCT .180 Avaliação das Aprendizagens ----- Manual da Qualidade da Atividade Formativa 0 2014.153 Avaliação Qualidade Formação Formadores Doc.133 Contrato Formador Acompanhante Estágio Doc.134 FCT .Defesa do Relatório Doc.Identificação do Formando Doc.005.147 Declaração – Frequência / Conclusão Formação Doc.141 FCT .104 Notas de Seleção de Formandos Doc.Avaliação do Relatório Doc.Plano de Estágio Doc.146 Proposta de Atividade/ Ficha de Atividade Doc.151 FCT .Curso de Curso de FPIF Doc.123 Ficha de Apreciação Plano sessão Doc.130 Cronograma Formação de curta duração Doc.136 FCT .124 Ficha de Apreciação Recursos didáticos Doc.Doc.Avaliação do Formando Doc.139 Doc.122 Termo de Responsabilidade.138 FCT .129 Contrato de Formação .121 Ficha de Apreciação Simulações Doc.140 FCT .108 Plano Modulo Formação de Formadores Doc.Visitas de Acompanhamento Doc.00 (Assinatura) Página 44 de 47 .164 Grelha de Verificação Doc.125 Ficha de Sistematização dos participantes Doc.Registos Acompanhamento e Orientação – Formador FCT .01.107 Ficha de Observação por módulo Doc.137 FCT .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.163 Ficha Individual de Formação Base Doc.

001 Controlo de Documentos Doc.005.150 FCT .022 Inquérito à Satisfação do Cliente Doc.102 Comunicação de Resultados .03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.Relatório do formador acompanhante Doc.002 Controlo de Impressos Doc.Curso Curso de FPIF Doc.149 FCT .00 (Assinatura) Página 45 de 47 .004 Controlo Registos Doc.042 Avaliação Módulo/Formando Doc.044 Avaliação Final da Ação Doc. Avaliação da Formação (Dados de Saída) Codificação Título Doc.Relatório de autoavaliação do formando Doc.003 Lista de Requisitos Legais Doc.005 Controlo de Normas Doc.007 Ficha de Melhoria 0 2014.126 Avaliação Final Doc.043 Avaliação Formação p/ Formador Doc.101 Avaliação Qualidade Formação Formandos Doc.01.045 Relatório Execução da Ação Doc.153 Avaliação Qualidade Formação Formadores ----- Questionário de Avaliação Pós-Formação  Melhoria Contínua Codificação Título Doc.

01.009 Relatório Auditoria Doc.008 Programa Anual de Auditorias Doc.056 Plano de Monitorização e Medição Doc.058 Reclamação Doc.062 Lista de Subcontratados Qualificados Doc.Doc.022 Inquérito à Satisfação do Cliente Doc.055 Planeamento Qualidade Doc.050 Plano de Verificação de Folhas de Cálculo Doc.132 Registo Propostas ----- Balanço da Atividade Formativa 0 2014.00 (Assinatura) Página 46 de 47 .128 Quadro de Competências Doc.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.005.057 Sugestão Melhoria Doc.

01.00 (Assinatura) Página 47 de 47 .Anexos Anexo 1 – Descrição dos Processos Anexo 2 – Descrição dos Procedimentos Anexo 3 – Impressos 0 2014.005.03 Revisão Data RF ADMINISTRAÇÃO (Assinatura) Doc.