You are on page 1of 12

ATPS ESTRUTURA E ANÁLISE DE DEMONSTRAÇÕES

FINANCEIRAS
ETAPA 1 –
PASSO 2 / 3 :

ANALISE VERTICAL BALANÇO PATRIMONIAL
(R$ milhões)
ATIVO 2010 AV 2009 AV
Var. (%) Var. (%)
Circulante 8.780 25,5% 11.686 32,8%
Caixa 2624 7,6% 2.624 16,2%
Ativos Financeiros 236 0,7% 436 1,2%
Contas a Receber de Clientes 1.895 5,5% 2.209 6,2%
Estoques 3.016 8,7% 2.242 6,3%
Tributos a recuperar 699 2,0% 787 2,2%
Despesas pagas antecipadas 42 0,1% 46 0,1%
Outros 269 0,8% 199 0,6%
Não Circulante 25.697 74,5% 23.975 67,2%
Ativos Financeiros Mantidos Até o Vencimento 29 0,1% 16 0,0%
Depósitos Judiciais 250 0,7% 234 0,7%
IR e CS Diferidos 1.137 3,3% 1.447 4,1%
Tributos a Recuperar 1.444 4,2% 1.755 4,9%
Partes Relacionadas 54 0,2% 125 0,4%
Outros 170 0,5% 178 0,5%
Investimentos 168 0,5% 277 0,8%
Imobilizado 19.366 56,2% 16.961 47,6%
Intangível 3.079 8,9% 2.982 8,4%
Total do Ativo 34.477 100% 35.660 100%

ANALISE VERTICAL BALANÇO PATRIMONIAL
PASSIVO 2010 AV 2009 AV
Var. (%) Var. (%)

1% 1.043 23.390 30.721 24.6% 1.201 15.1% 8.943 11.1% Reservas de Lucros 1.5% Capital Social 8.8% Total do Passivo 34.9% 13.2% -10 0.5% 10.706 38.339 3.594 46.2% Outros 266 0.8% Reservas de Capital 846 2.2% Fornecedores 5.201 6.1% 86 0.0% Patrimônio Líquido 10.3% 363 1.724 5.2% Salários e Encargos Sociais 360 1.2% 420 0.1% 32 0.1% 80 0.9% 0 0.5% Financiamentos 11.0% Operações de Hedge Accounting e Outros Derivativos 50 0.1% Financiamentos 1.462 24.004 2.3% 9.660 100% * Dados de 31/12/2009 ANALISE HORIZONTAL BALANÇO PATRIMONIAL (R$ milhões) .0% 3.049 28.0% Ações em Tesouraria -59 0.2% Não Circulante 15.1% 3.931 11.0% 302 0.3% 16.0% Tributos a Recolher 390 1.6% Adiantamentos de Clientes 50 0.1% IR e CS Diferido 2.5% 417 0.4% Operações de Hedge Accounting 34 0.6% 315 0.278 3.337 3.607 45.8% Dividendos e Juros s/ Capi 420 1.4% Total Atribuível ao Acionista da Companhia 10.0% Outros Resultados Abrangentes 221 0.390 30.1% 8.7% Outros 784 2.156 3.216 25.5% Participação dos Acionistas não Controladores 18 0.9% Lucros (prejuízos) Acumulados 0 -1.8% 422 1.216 3.584 4.477 100% 35.2% Tributos a Recolher 1.1% 297 0.Circulante 8.4% 1.721 24.

1% Outros 266 100% 422 63.2% Outros 170 100% 178 95.9% Operações de Hedge Accounting e Outros Derivativos 50 100% 80 62.724 100% 3.686 75.477 100% 35.137 100% 1.755 82.5% Tributos a recuperar 699 100% 787 88.3% Outros 269 100% 199 135.209 85.975 107.2% Fornecedores 5.7% PASSIVO 2010 AH 2009 AH Var.982 103.3% Partes Relacionadas 54 100% 125 43.447 78.697 100% 23.943 131.931 43. (%) Var.201 100% 3.049 84.5% Adiantamentos de Clientes 50 100% 86 58.9% Financiamentos 1.6% Tributos a Recuperar 1.3% Depósitos Judiciais 250 100% 234 106.1% Contas a Receber de Clientes 1.3% Total do Ativo 34.624 45.5% Salários e Encargos Sociais 360 100% 302 119.2% Não Circulante 25. (%) Circulante 8.8% IR e CS Diferidos 1.444 100% 1.278 30.2% Ativos Financeiros Mantidos Até o Vencimento 29 100% 16 181.2% Intangível 3.5% Investimentos 168 100% 277 60.895 100% 2.1% Caixa 2624 100% 2.242 134.8% Despesas pagas antecipadas 42 100% 46 91.ATIVO 2010 AH 2009 AH Var.780 100% 11.462 100% 10.2% Dividendos e Juros s/ Capital Próprio 420 100% 420 5.660 96.079 100% 2.366 100% 16.3% Tributos a Recolher 390 100% 1. (%) Circulante 8.0% .016 100% 2. (%) Var.8% Estoques 3.961 114.5% Ativos Financeiros 236 100% 436 54.6% Imobilizado 19.

390 100% 8.54 6.7% * Dados de 31/12/2009 ANALISE VERTICAL DA DRE (R$ milhões) 2010 AV 2009 AV Var.40% 214 0.1% Participação dos Acionistas não Controladores 18 100% 297 6.00% 22.339 100% 0 0.4% Margem EBTIDA 15 0.Não Circulante 15.584 100% 1.9% Reservas de Lucros 1.043 100% 9.1% Financiamentos 11.607 100% 16.0% Outros Resultados Abrangentes 221 100% 315 70.8% EBITDA 4055 14.707 124.359 125.0% Total Atribuível ao Acionista da Companhia 10.3% Despesas gerais e administrativas 1048 3.4% Tributos a Recolher 1.706 80.00% 3.60% 3181 1.2% Lucros (prejuízos) Acumulados 0 100% -1.7% Outras receitas (despesas) operacionais 104 0.222 14.0% Depreciação e amortização 1720 6.477 100% 35.04% 413 1.9% (-) Despesas não recorrentes 11 0.5% Outros 784 100% 363 216.216 87.90% 737 3.647 100.390 100% 8.3% Operações de Hedge Accounting 34 100% 32 106.660 96.201 100% 1. (%) Receita bruta 34.364 157.3% Reservas de Capital 846 100% 417 202.337 118.0% Patrimônio Líquido 10.1% Total do Passivo e PL 34.2% Receita liquida 27829 100.0% Ações em Tesouraria -59 100% -10 59.594 94.0% Custo dos produtos vendidos 23465 84.20% 14. (%) Var.1% Capital Social 8.80% 842 3.721 119.2% Despesas com vendas 806 2.00% 14 0.30% 19425 85.4% .216 0.8% Lucro bruto 4.721 119.3% IR e CS Diferido 2.156 190.004 100% 13.70% 28.

4 122. IR e CS diferido.359 122.90 Custo dos produtos vendidos 23465 100% 19425 120.222 135.40 Despesas gerais e administrativas 1048 100% 842 124. estoque.00 Depreciação e amortização 1720 100% 14.364 100% 3.54 118. concluímos que ocorreu o aumento das vendas .80 Lucro bruto 4. mas. (%) Receita bruta 34.707 100% 28.9% Contribuição em DVGA 82 30. comparada ao ano de 2009.00% 114 0.20 Contribuição em DVGA 82 100% 114 71.647 122.90% 13. despesas com vendas. b) Variações nos custos dos produtos vendidos: em 2010 totalizou 21% superior comparado a 2009.3%.4% Receita liquida 27829 100% 22.30 Custo 1638 100% 13.70 EBITDA 4055 100% 3181 127.40 Despesas com vendas 806 100% 737 109. com o aumento das contas tributos à recolher. ocorreu a variação no índice vendas. sofreu um aumento de 22.90 PASSO 4 : a) Variações nas vendas: a receita bruta da Braskem e 2010.5% ANALISE HORIZONTAL DA DRE (R$ milhões) 2010 AH 2009 AH Var.50 Outras receitas (despesas) operacionais 104 100% 214 48. Além da elevação de preços de matéria-prima.60 (-) Despesas não recorrentes 11 100% 413 2. Porém esta conta inclui outras fontes de renda.4 5.50 Margem EBITDA 15 100% 14 0. d) Variações em despesas operacionais: o aumento relativo ao mesmo .Custo 1638 5. c) Variações na margem bruta: apresentou alta devido principalmente ao aumento de vendas . (%) Var.

43% 26643 Conclui-se que em 2009 o capital de terceiros representou o índice de 17.39% 418755 2010 8462 x 100 = 1. * Composição do endividamento Passivo Circulante x 100 Capital de Terceiros 2009 10049 x 100 = 2. porém em 2010 o índice aumentou para 31. e capital social . ETAPA 2 PASSO 2 a) Estrutura : * Participação de capitais de terceiros Capital de Terceiros x 100 Passivo Total 2009 418755 x 100 = 17. e) Variações nas contas patrimoniais: com objetivo de proteger o fluxo de caixa e reduzir a volatilidade ao financeiro do seu capital de giro e de programas de investimentos.39% do total de recursos investidos na empresa.43% dos recursos . a Braskem adota procedimentos de gestão de riscos de mercado e crédito em conformidade com sua política de gestão financeira. realizando maior reserva de capital e lucros.01% 837466 . pois praticamente as únicas despesas operacionais que ocorreram foram relacionadas ao dissídio/ variações de salários . diminuindo diversos investimentos.39% 24069 2010 837466 x 100 = 31.não foi relacionado apenas ao aumento de vendas (pedidos). mas também ao aumento de valores nas matérias-primas.

já em 2010 ocorreu a redução desse percentual para 2.39%.74% 417427 2010 25697 x 100 = 3.74% 8721 2010 25697 x 100 = 2. b) Liquidez * Liquidez Seca . os valores de capitais de terceiros que a empresa havia tomado em 2009.74% do Patrimônio Líquido no Ativo Permanente. * Imobilização dos Recursos não correntes Ativo Permanente x 100 Patrimônio Líquido + Exigível a Longo Prazo 2009 23975 x 100 = 5. e no ano de 2010 esse percentual reduziu para 1.74% dos recursos não correntes no financiamento do Ativo Permanente. demonstrando que a empresa optou por direcionar uma menor quantidade desses recursos para o Ativo Permanente e uma maior parcela para o ativo circulante. a dívida de curto prazo representava 2.Assim.47% 10390 Em 2009 ocorreu o investimento de 2. * Imobilização do Patrimônio Líquido Ativo Permanente x 100 Patrimônio Líquido 2009 23975 x 100 = 2.47% . esse percentual reduziu para 3.06% no ano de 2010.01% .06% 839394 Em 2009 a empresa utilizou 5.

29 10049 2010 8780 = 103. * Liquidez Geral Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo 2009 35660 = 133. em 2010 esse indicador aumentou para R$ 143.98 para cada R$ 1. em 2010 ocorreu a melhora do indicador para R$ 103.Ativo Circulante .76 8462 Em 2009 a empresa possuía R$ 116.24 .00 da dívida.24 24069 Em 2009 a empresa possuía menos recursos disponíveis para pagamento a curto prazo. em 2010 houve melhora do índice para R$ 68.00 de suas dívidas.98 10049 2010 5764 = R$ 68.29 de recursos para R$1.84 26643 2010 34477 = 143.76 .12 8462 Em 2009 tinha recursos a curto prazo no valor de R$ 93. conseguindo pagar todas suas dívidas somente com os recursos de rápida conversibilidade. .42 . * Liquidez Corrente Ativo Circulante Passivo Circulante 2009 11686 = 116.Estoques Passivo Circulante 2009 9444 = R$ 93.

78788 27829 Em 2009 após todos os descontos de custos e despesas.c) Rentabilidade * Giro do Ativo Vendas Líquidas Ativo Total 2009 2209 = 6. já em 2010 esse indicador reduziu para 5.49642 34477 Em 2009 o número de vendas renovou 6.49 o que indica que a empresa não manteu o desempenho anterior .19 vezes o Ativo Total no ano.1161 35660 2010 1889 x 100 = 5. em 2010 o indicador mostrou desenvolvimento na estratégia de lucro.75% das vendas líquidas da empresa.19462 35660 2010 1895 = 5.47901 34477 .78% . indicando 6. * Margem Líquida Lucro Líquido x 100 Vendas Líquidas 2009 398 x 100 = 1. * Rentabilidade do Ativo Lucro Líquido x 100 Ativo Total 2009 398 x 100 = 1.75741 22647 2010 1889 x 100 = 6. sobram 1.

este percentual deve ser comparado com as taxas de outros rendimentos do mercado.5637 8721 2010 1889 x 100 = 18.91 34477 Ocorreu redução em 2010. * Participação de instituições de créditos no endividamento Financiamento x 100 Capital de Terceiros .A empresa foi eficiente e conseguiu gerar vendas e lucros melhores em 2010 . d) Dependência Bancária * Financiamento de Ativo Empréstimos e Investimentos x 100 Ativo Total 2009 17637 x 100 = 49. * Rentabilidade do Patrimônio Líquido Lucro Líquido x 100 Patrimônio Líquido 2009 398 x 100 = 4. indicando aumento da participação de capital do próprio sócio ou terceiros.18% em 2010.1809 10390 A empresa rentabilizou o capital social em 18.45 35660 2010 12728 x 100 = 36. impostos e outros. como fornecedores.

. * Duplicatas Descontadas Duplicatas Descontadas x 100 Duplicatas a Receber 2009 86 x 100 = 3. por recursos provenientes das contas operacionais (fornecedores. e não dos bancos .89316 2209 2010 50 x 100 = 2. salários. impostos).6355 8780 A redução apresentada em 2010 indica que a empresa está realizando financiamento de suas atividades .21177 418755 2010 12728 x 100 = 1. assim pode-se concluir que as duplicatas estão sendo negociadas com o cliente. na sua grande parte. * Financiamento do Ativo Circulante por Instituições Financeiras Financiamento a curto prazo x 100 Ativo Circulante 2009 : 3931 x 100 = 33.2009 17637 x 100 = 4.6385 11686 2010 : 1724 x 100 = 19.63852 1895 O indicador de duplicadas descontadas diminuiu em 2010.51982 837466 A redução apresentada em 2010 indica menor capital de terceiros investido na empresa.

Exigível Total x 0. .55 = 2.33 = 0. não caminha para a falência.ETAPA 3 PASSO 2 Cálculo da rentabilidade do Ativo pelo método Dupont Vendas Líquidas x Lucro antes das despesas financeiras Ativo Líquido Vendas líquidas 27829 x 1889 8780 27829 Aproximadamente 21% Assim.41 Passivo Circulante D.Lucro Líquido x 0.Estoques x 3.Ativo Circulante .06 = 1.D .09 Passivo Circulante E.Ativo Circulante x 1.65 = 1 Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo C. .76 Patrimônio Líquido A + B + C .E = 3.0891 O indicador de insolvência aponta que a empresa Braskem é solvente. deste modo.Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo x 1.0091 PL B. ocorreu a eficiência de 21% do patrimônio Líquido na empresa.05 = 0. PASSO 3 A.