AULAS INICIAIS

DE LÓGICA MATEMÁTICA

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROF. PAULO

PROPOSIÇÔES SIMPLES
Proposição (ou declaração): sentença que é falsa ou verdadeira. Quais das sentenças a seguir são proposições? a. Dez é menor do que sete. b. Como está você? c. Ela é muito talentosa. d. Existe vida em outros planetas do universo.
A sentença (a) é uma proposição, já que é falsa. A sentença (b) não pode ser considerada falsa ou verdadeira, pois é uma pergunta. Ela não tem valor verdadeiro nem falso e, portanto, não é uma proposição. A sentença (c) não é falsa nem verdadeira, pois "ela" não está especificada; por isso, (c) não é uma proposição. A sentença (d) é uma proposição já que é ou falsa ou verdadeira; não é preciso sermos capazes de decidir qual das alternativas é válida. .

1

CONECTIVOS LÓGICOS
As proposições simples podem ser combinadas entre si e, para representar tais combinações são usados os conectivos lógicos: Exemplos:

∧ : e,

∨ : ou , → : se...então , ↔ : se e somente se , ¬ : não

· A lua é quadrada e a neve é branca.

A∧ B;
B A→ B
( A é o antecedente

· A lua é quadrada ou a neve é branca. : A ∨

· Se a lua é quadrada então a neve é branca. : e B o conseqüente)

· A lua é quadrada se e somente se a neve é branca. : · A lua não é quadrada. :

A↔ B

¬A

TABELAS VERDADE
A lógica clássica é governada por três princípios (entre outros) que podem ser formulados como segue: · Princípio da Identidade: Todo objeto é idêntico a si mesmo. · Princípio da Contradição: Dadas duas proposições contraditórias (uma é negação da outra), uma delas é falsa. · Princípio do Terceiro Excluído: Dadas duas proposições contraditórias, uma delas é verdadeira. Com base nesses princípios as proposições simples são ou verdadeiras ou falsas sendo mutuamente exclusivos os dois casos; daí dizer que a lógica clássica é bivalente.

2

1.Tabela verdade da "negação" : (verdadeira).

¬A

é verdadeira (falsa) se e somente se

A

é falsa

V F

A ¬A
F V

2. Tabela verdade da "conjunção" : a conjunção e B são verdadeiras.

A∧ B

é verdadeira se e somente

A

A
V V F F

B
V F V F

V F F F

A∧ B

3. Tabela verdade da "disjunção" : a disjunção são falsas.

A∧ B

é falsa se e somente

A

e

B

A
V V F F

B
V F V F

V V V F

A∨ B

4. Tabela verdade da "implicação": a implicação é falsa se, e somente se, o antecedente é verdadeiro e o conseqüente é falso.

A
V V F F

B
V F V F

A→ B
V F V V

3

5. Tabela verdade da "bi-implicação": a bi-implicação é verdadeira se, e somente se seus componentes são ou ambos verdadeiros ou ambos falsos.

A
V V F F

B
V F V F

A↔ B
V F F V

Significados atribuídos aos conectivos
¬A não A; não se dá que A; não é fato que A; não é verdade que A; não se tem A; A e B; A, mas B; A, embora B; A assim como B; A e, além disso, B; tanto A como B; A e também B; não só A, mas também B; A, apesar de B; A ou B ou ambos; A salvo quando B; se A, então B; se A, isto significa que B; tendo-se A, então B; no caso de A, B; sempre que A, B; B, sempre que se tenha A; B contanto que A; A é condição suficiente para B; B é condição necessária para A; A só se B; A somente quando B; B, se A; B quando A; A se e somente se B A é condição necessária e suficiente para B;

A∧B

A∨B A→B

A↔B

4

PRECEDENCIA ENTRE OS CONECTIVOS
( ) : parênteses que servem para denotar o "alcance" dos conectivos e alterar, se necessário, a ordem de precedência dos mesmos que é a seguinte: 1º : ¬ 2º:

e

3º: → 4º : ↔ 5º : Com o mesmo conectivo adotaremos a convenção da esquerda para a direita. Exemplo: a fórmula

A∨ B ∨ ¬C ↔ A ↔ ¬B
.

deve ser entendida como

((( A ∨ B) ∨ (¬ C )) ↔ A) ↔ (¬ B)

NÚMERO DE LINHAS DE UMA TABELA-VERDADE
Cada proposição simples (atômica) tem dois valores V ou F, que se excluem. Para n proposições simples distintas, há tantas possibilidades quantos são os arranjos com repetição de 2 (V e F) elementos n a n. Assim o número de linhas da tabela verdade é , onde n ´e o número de proposições simples envolvidas.

2n

Exemplos: Construir as tabelas-verdade das seguintes proposições: a) ((A ∨ (B ∧ ¬B))↔ A) b) c)

¬ (( A ∧ ¬ B) → ¬ C ) ( A ∧ ¬ A) → ( B ∧ ¬ B)

5

FÓRMULAS BEM FORMADAS
1. Toda proposição simples é uma fórmula bem formada; 2. Se A e B são fórmulas bem formadas então também são fórmulas bem formadas.

A∧ B , A∨ B , A → B, A ↔ B

e

¬A

3. São fórmulas bem formadas apenas as obtidas por 1. e 2. .

Definições:
1. TAUTOLOGIA É uma fbf) tal que a última coluna de sua tabela verdade é constituída somente de valores verdades V, isto todos os valores da fbf são V, independente das sentenças simples envolvidas. Notação: 1 ou

v

Exemplos: 1)

1 : ¬ ( A ∧ B) → ¬ A ∨ ¬ B) 2) v : ( A → B ) ↔ (¬ B → ¬ A)
2. CONTRADIÇÃO É uma fbf tal que a última coluna de sua tabela verdade é constituída somente de valores verdades F, isto é todos os valores da fbf são F, independente das sentenças simples envolvidas. Notação: 0 ou Exemplo:

f

f : ( A ∧ ¬ A) → ( B ∧ ¬ B)

3. EQUIVALÊNCIA LÓGICA Uma fbf R é logicamente equivalente a uma fbf S se, e somente se ambas, R e S, possuem a última coluna da tabela-verdade iguais. Observando a tabela-verdade da bi-condicional, `` A fbf R é logicamente equivalente a fbf S se, e somente se R ↔ S é uma tautologia.'' Notação: R ⇔ S

6

Exemplos: 1. 2. 3)

v : ( A → B) ↔ (¬ B → ¬ A) mostra que ( A → B) ⇔ (¬ B → ¬ A) ( A → B) ⇔ (¬ B → ¬ A) ( A ↔ B) ⇔ (¬ A ∨ B) ∧ (¬ B ∨ A)

Observações: 1. Duas sentenças logicamente equivalentes atuam de maneira lógica diferente mas fornecem o mesmo resultado. 2. Qualquer sentença que é uma tautologia é logicamente equivalente a sentença V ( tautologias são equivalentes entre si ). 3. Qualquer contradição é logicamente equivalente a sentença F (contradições são equivalentes entre si). 4. A equivalência lógica também não é uma operação sobre proposições e sim uma relação. Algumas Equivalências Lógicas Importantes 1. COMUTATIVIDADE: (a) A∧ B ⇔ B ∧ A (b) A∨ B ⇔ B ∨ A 2. ASSOCIATIVIDADE: (a) A∧ ( B ∧ C) ⇔ (A∧ B) ∧ C (b) A∨ ( B ∨ C) ⇔ (A∨ B) ∨ C 3. IDEMPOTÊNCIA: (a) A∧ A⇔ A (b) A∨ A⇔ A 4. DISTRIBUTIVIDADE: a) A∧ ( B ∨ C) ⇔ (A∧ B) ∨ (A∧ C) b) A∨ ( B ∧ C) ⇔ (A∨ B ) ∧ ( A∨ C) 5. LEIS DE MORGAN: (a) ∼ ( A∧ B) ⇔ ∼A∨ ∼B 6. DUPLA NEGAÇÃO: ∼∼ A⇔ A 7. ABSORÇÃO: (b) ∼ ( A∨ B) ⇔ ∼A∧ ∼B

7

(a) A∨ (A∧ B) ⇔ A (b) A∧ (A∨ B) ⇔ A (c) (A∧ B) ∨ ∼B ⇔ A ∨ ∼B (d) (A ∨ B) ∧ ∼ B ⇔ A∧ ∼B

8