You are on page 1of 3

Analise Crítica do discurso

:
 A origem da Análise Crítica do Discurso é britânica, mas há centros de
pesquisa nessa área em diversos países da Europa, Ásia e América do
Sul que focalizam a ligação bidirecional entre a linguagem e sociedade.

 A ACD é uma dentre tantas áreas que mantém vinculo estreito com a
Linguística Aplicada, constitui uma área multidisciplinar de estudos da
linguagem, voltada para a investigação de fenômenos discursivos
diversos, principalmente aqueles ligados a problemas de injustiça e
opressão, as desigualdades étnicas, socioeconômicas, políticas e/ou
culturais.
 Em estudos de ACD há a preocupação com a desconstrução ideológica
dos textos, com as relações complexas entre texto, conversa, cognição
social, poder, sociedade e cultura (Van Dijk, 1993; Fairclough, 1995a)
ANALISTAS CRÍTICOS
DESTACAM:






DO

DISCURSO

MAIS

RENOMADOS,

QUE

SE

Fairclough;
Van Dijk;
Fowler;
Kress;
Van Leeuwen,
Wodak;
Talbot e Caldas-Coulthard.

 Focos de interesses variados merecem atenção de analistas
críticos do discurso; tais como a linguagem em relação a questões
de hegemonias e ideologias políticas e/ou institucionais, racismo e
alfabetização.
 Tabolt aborda os estudos referentes à relação entre linguagem e
gênero sob a perspectiva da ACD.
 Hodge & Kress (! 988), apontam para a necessidade de se
averiguar outros signos semióticos além dos linguísticos, na
perspectiva da semiótica social.
 Van Leeuwen (1996) também apresenta uma taxonomia de atores
sociais.
 Van Dijk (1996) atualmente preocupasse com questões do
discurso, poder e acesso do discurso, poder e acesso ao discurso,
enfatizando a dimensão sócio cognitiva.

histórico e social do uso linguagem.  Para se analisar um texto.  A dimensão intermediária do construto teórico de Fairclough.1995b) analisa questões de linguagem e poder.  Fairclough propõe que se examine o discurso como reflexo. UMA ABORDAGEM TRIDIMENCIONAL PARA A ANÁLISE DO DISCURSO. 1998). de discurso e transformação social. seja este contexto localizado. reprodução e perpetuação de relações sociais existentes. Continuando uma tradição de estudos críticos em áreas como sociolinguística psicologia e ciências sociais. envolvendo o estudo crítico. (Van Dijk. . análise e aplicação em estudos do discurso. institucional ou mais amplo.texto.b. prática discursiva. prática discursiva e prática sócio-cultural. Fairclough (1995ª) propõe três dimensões.  A dimensão prática sócio-cultural refere-se á investigação do evento discursivo em relação ao que está acontecendo num determinado momento num dado contexto sociocultural. conforme a figura abaixo:  A análise da dimensão texto compreenda o estado de micro e macroestrutura da língua produzida num determinado evento discursivo. abrange a análise dos processos de produção. 1992ª.1995a. enfatizando que o discurso é uma forma de ação social. a ACD representa uma perspectiva de teorização.  Fairclough (1989. 1993.

sendo o elo de ligações entre as dimensões texto e prática sociocultural. A teoria social do discurso de Fairclough é complexa. . pois compreende um conjunto de teorias e abordagens sobre a linguagem e sociedade e sua analise examina textos específicos e sua interrelação com esferas sociais mais amplas.interpretação. distribuição e consumo de textos.