You are on page 1of 5

Grupo I

Para cada uma das questões deste grupo seleccione a resposta correcta de entre as alternativas que lhe são apresentadas e
escreva na folha de teste a letra que corresponde à sua opção. Não apresente cálculos nem justificações.
Atenção! Se apresentar mais de uma resposta, ou resposta ambígua, a questão será anulada.
1. Considere os vectores u  (3,2) e v    6,4  . Qual das seguintes afirmações

é

verdadeira?
(A) u e v não são colineares e v  2u
(B) u e v são colineares e v  2u
(C) u e v não são colineares e v  2 u
(D) u e v são colineares e v  2 u ;
2. Num referencial o.n. Oxyz, a condição  x  1 2   y  1 2   z  1 2  25  x  y define:
(A) uma circunferência
(B) um ponto
(C) um segmento de recta
(D) o conjunto vazio
3. Na figura 1 está representado, num referencial o.n. xOy um paralelogramo [ABCD].
Sabe-se que:
• A tem coordenadas (-1, -2)
• B tem coordenadas (-4, 2)
• C tem coordenadas (8, 10)
As coordenadas do ponto D são:
(A) 10,6 

(C) 11,6 

(B) 10,8

(D) 11,8

Figura 1

4. No referencial o.n. xOy da figura 2 está representada uma recta r de equação reduzida
y  mx  b , sendo m e b números reais.
Podemos afirmar que:
(A) m  0  b  0
(B) m  0  b  0
(C) m  0  b  0
(D) m  0  b  0
5. Na figura 3 está representada, em referencial o.n. xOy, uma circunferência de centro no ponto
de coordenadas (3 , -1) e que contem o ponto de coordenadas (3,-3). Estão também
representadas duas rectas paralelas ao eixo Oy e que contêm os pontos de coordenadas (2,0) e
(4,0).
Figura 2
Qual das condições define o domínio plano sombreado?
(A)
(B)
(C)
(D)

( x  3) 2  ( y  1) 2  4
( x  3) 2  ( y  1) 2  4
( x  3) 2  ( y  1) 2  4
( x  3) 2  ( y  1) 2  4

Página 1 de 5

 2 y4
 2x4
 2 y4
 2x4

Figura 3

da figura 6.3. 3.  AE  3 2..7. 2GN  LJ  . Escreva a equação simplificada do plano mediador do segmento de recta [AE].1.Grupo II    Na resolução deste grupo deve apresentar todos os esquemas e cálculos que traduzam o seu raciocínio e todas as justificações julgadas necessárias..2. Pode usar a calculadora como confirmação de resultados mas.6.  MC  K 1. B  SP  MP  . a não ser que o seu uso seja exigido na questão.7. Determine.5. o plano ACE. Admita que:  a base [ABCD] está contida no plano xOy. com o triplo da norma e com sentido contrário. Escreva uma equação da superfície esférica de centro em A e que contém o ponto D. a aresta [FC]. 1 . 2.7..1. Página 2 de 5 Figura 6 .1..n.2. Defina por uma condição: 2.3. 2.1. inscrito na circunferência. 2. No referencial o.. Indique um vector colinear com GM . Indique as coordenadas do ponto simétrico de E em relação ao plano xOz. Calcule o volume do paralelepípedo. Figura 5 2. 2.1. 2. diferente dos pontos A e F. Se no enunciado do exercício não indicar a aproximação com que deve indicar o resultado é porque se pretende o valor exacto. 1..3.4. Considere que AD  29 2. Figura 4 2.. AH  DJ  .2. 1. C.1. E e F.  o quadrado [OEGD].1. Escreva uma equação vectorial da recta AF.. 2. Indique as coordenadas de um ponto da recta AF que pertença à face [ACFE]..1. 1. considere:  a circunferência de equação  x  3 2   y  2  2  13 .. todos os exercícios devem ser resolvidos analiticamente.3.. Escreva as coordenadas dos pontos A. 1.4.1. 2. Considere o paralelepípedo da figura.3.2. Considere a figura 4 ao lado. 2 1. 2. utilizando as letras da figura: 1.3... a recta EF...2.

2 16 Proposta de Correcção 6.3 2.7. 3.   6. D  A  AD  D  A  BC  D  (1.6 2. -1).1 1.10    4. 1 0 5. Uma vez que se trata de um paralelogramo.6  (C) 9. 1 0 4.1 Prove. A resposta certa é ( x  3) 2  ( y  1) 2  4  2  x  4 (D) Grupo II 4. 4.5).1.4 2. 1 0 2. 4. vectorialmente. 1 0 3.2)    8. 3.5 2. os vectores AD e BC são iguais. 1 0 Grupo II (150 pontos) Questão 1.1 2.1. Sugestão: Comece por determinar a equação reduzida da recta GE. FIM Formulário V pirâmide / cone  1  Ab  h 3 V prisma / cilindro  Ab  h Vesfera  4  r3 3 Cotações Grupo I (50 pontos) Questão Cotação 1.2 3.2 2.1 Cotação 20 10 12 5 15 10 15 10 15 12 10 3. o ponto E de coordenadas (5 .2 2. (B) 10.2 Determine a área do triângulo [OEI]. (B)  x  1 2   y  1 2   z  1 2  25  x  y define a intersecção de uma superfície esférica com um plano que contem o seu centro logo define uma circunferência.7.2   v  2u logo os vectores u e v são colineares. 7. Sendo assim. A resposta certa é m  0  b  0 . (A) 8. Página 3 de 5 AH  DJ  AH  HM  AM .2    D  11.1 2.1. que o ponto D tem coordenadas (1.4   2   3.

0.2. k  R 5. 4. Por exemplo o vector CG .2.4. z   1. z  2 5. 4. o plano ACE: y  2 5.2.q.5 c.2. y.  x  1 2   y  2 2  z 2  29 V  BA  AC  AF Para determinar AB podemos aplicar o Teorema de Pitágoras ao triângulo 2 rectângulo [ADB].1.  2 2 2  2   M 5.3.   M  0. Então V  5  2  3  V  30 u.1.3) F (1. y.2.3) . y.3   x. AF  F  A    1.2.4 As rectas GE e OD são paralelas logo têm o mesmo declive. AB  5 .2.0) C (1. 5. 5 mGE   5 . 5.4.0) E (1.1.7.7. I 5.1) EC   3. 3. AB 2  29  2 2  AB  5 Como se trata de um comprimento.3.1. a aresta [FC]: y  2  x  1  0  z  3 3 5.0.2.1    4.6   D  1.2.0  1   2.6.3  D   5.3 .  2 2   3  1 1 2  2 3  0   .2.1. por exemplo. Página 4 de 5 .3 D  E  2 EC  D   5.2  E (5. EC  CD .0   2 Podíamos também calcular o ponto médio de [AF].5.2. Então D  E  2 EC C  3.4. z   1.0.5).3. 3 3   1.3. O ponto tem coordenadas (1. a recta EF: y  2  z  3 5.d . Uma vez que o ponto E pertence à recta:  1  5  5  b  b  26 .2. y. 2GN  LJ  AN  JL  AN  JL  JL  LT  JT B  SP  MP  Q  QT  T 1 MC  K 2 4. 5. Sendo assim um vector director da recta GE pode ser o vector OD  (1. z   1.    x. 6.0. 5.2.3  x.1  2  2.2    5.v.3.7. Recorrendo à equação vectorial da recta AF: 1 Para k  . 5.3  1.2.0     2.2.2. obtemos o ponto 2  x.3 Uma vez que C é o centro da circunferência e os pontos E e D são extremos do mesmo diâmetro.3. 3. .2.1    2.0  k   2. Então GE: y  5 x  26 . z    0.1.3) 5. A(1. 1 A equação reduzida da recta GE é do tipo y  5 x  b .

O ponto I é a o ponto de intersecção da recta GE com o eixo Ox logo as suas coordenadas são a solução do sistema  26  y5x26  50 x26  x    5  y0  y0  y0   26   e altura do triângulo é o simétrico  5  A base do triângulo é igual à abcissa do ponto I  da ordenada do ponto E (1). 26 1 26 13 Então 5 A OIE     u. 2 10 5 Página 5 de 5 .a.