You are on page 1of 3

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Programa de Pós-Graduação em Antropologia e Arqueologia
Campus Universitário Ministro Petrônio Portela, Bloco 06 – Bairro Ininga

CEP: 64049-550 – Teresina-PI – Brasil – Fone (86) 3237-2152

ANTROPOLOGIA, ARTES PLÁSTICAS E FOTOGRAFIA
Prof. Fabiano Gontijo – (86) 9934-4484 / (86) 3235-9627 / fgontijo2@hotmail.com
EMENTA
A Antropologia e os estudos da diversidade cultural. Os sistemas de classificação.
Etnocentrismo e Relativismo. Antropologia e Imagem. História da Antropologia Visual:
temas, escolas e conceitos. Antropologia e Artes Plásticas. Antropologia e Fotografia.
OBJETIVOS
Geral:
Propiciar ao aluno uma visão crítica de sua realidade social e cultural e dos processos
históricos que concorrem para a disposição de tal realidade, a partir dos aportes da
Antropologia Visual e das Artes.
Específicos:
- Introdução à análise social e cultural de imagens e de produção artística;
- Aplicação dos conhecimentos conceituais e metodológicos adquiridos à pesquisa no
contexto sócio-cultural piauiense, visando ao entendimento dos processos identitários
locais.
PROGRAMA
Unidade I: Antropologia e Imagem (12/06– 08:00-10:00)
- Antropologia e Imagem: história(s) de um encontro.
- História e Imagem no Brasil: naturalistas e retratistas na Colônia e no Império.
Unidade II: Antropologia e Fotografia (12/06 – 10:15-12:00 e 14:00-18:00)
- Primeira história da Fotografia e encontro com a Antropologia.
- O olhar antropológico na fotografia.
- B. Malinowski e os trobriandeses.
- M. Mead, G. Bateson e os balineses.

Introdução à Teoria do Cinema. São Paulo: Hucitec.BIBLIOGRAFIA Sugerimos que os alunos se familiarizem com a temática antes do início das aulas com a leitura dos números da Revista Studium disponíveis no site www.unicamp. In: Samain. 1. pp.). da CUNHA. 2. (org. O Fotográfico. L. F. O Uso da Fotografia na Pesquisa sobre Habitantes da Rua. B. 47.BARBOSA. Rio de Janeiro: Pinakotheke. O Que é Fotografia. 45.MENESES. In: Cadernos de Antropologia e Imagem. Entrevista com Milton Guran. 2005. P. 2003 . 2004 . pp. O Uso da Imagem na Antropologia.__________________ Cidades e Florestas: Os artistas viajantes entre os séculos XVII e XIX. pp. Vistas e Paisagens do Brasil. P.49-63 . 2005 . Os Três Paradigmas da Imagem. 129-140 . A Experiência de Antropologia Visual em uma Casa de Batuque em Porto Alegre. N.PÓLVORA. C. In: Horizontes Antropológicos. (org. O Fotográfico. A Imagem nas Ciências Sociais do Brasil: Um balanço crítico. História Visual. In: Samain. 1981 . Antropologia e Imagem. E. pp. Rio de Janeiro: Pinakotheke. e R. Rio de Janeiro: Zahar. Fontes Visuais. 1995 . In: Revista Brasileira de História. N. Descrevendo Culturas: etnografia e cinema no Brasil.) Documentário no Brasil: Tradição e transformação.).SANTAELLA.KOURY. In: Horizontes Antropológicos. S. 1995. São Paulo: Summus. 2005. R. 2003 . S. pp. J.SANTA ROSA. 2006 .KUBRUSKY. (org.studium. C. 2005 . 23. T. 2. E. Cultura Visual. 1995. B. Cinema Brasileiro: Das origens à retomada. Rio de Janeiro: Pinakotheke. R. 1999. A. 1. São Paulo: Francis.___________ É Tudo Verdade: Reflexões sobre a cultura do documentário. pp. A. 295-308 . In: BIB. São Paulo: Francis.MAGNI. 1995. G. pp. IORIS. E.LABAKI. A. Introdução ao Documentário Brasileiro. T. F. Universo do Carnaval: Imagens e reflexões.TEXEIRA.br Leitura recomendada: . In: Horizontes Antropológicos. 11-36 . 209-219 Leitura complementar: . 107-114 . S. São Paulo: Hucitec. São Paulo: Fundação Perseu Abramo. 2006 . Campinas: Papirus.NOVAES. C.iar. 2002 .LEITE. 2005 . 2003. T. São Paulo:Brasiliense. 2.MONTE-MOR.DaMATTA. M. U.STAM. e E.107-117 .GODOLPHIM.

São Paulo: Estação Liberdade/EDUC.Número especial de Ethnologie Française. 2. Unicamp.ANDRADE. n. 47/48. Rio de Janeiro. Associação Francesa de Antropologia. . . 1992 (esgotado). 2002 Revistas especializadas: . . Porto Alegre. 2. ..Número especial de Horizontes Antropológicos.Revista virtual Studium. 1995 (esgotado). . UERJ. R. Paris. n. n. organizado por Cornélia Eckert e Nuno Godolphin.Número especial de Journal des Anthropologues. 1994. Paris.Cadernos de Antropologia e Imagem. Fotografia e Antropologia: Olhares fora-dentro. ano 1.