You are on page 1of 25

Patologia das Construções

Procedimentos para Diagnóstico e
Recuperação das estruturas

Resumo
Para
os
edifícios
que
apresentam
problemas patológicos é proposto um
procedimento de atuação.
Consiste em: levantamento do maior número
possível de subsídios para o entendimento do
problema através de vistoria ao local, do histórico
do
edifício
e
do
resultado
de
exames
complementares; diagnóstico da situação, i.e.,
entendimento completo dos fenômenos ocorridos;
definição da conduta a partir da escolha da
alternativa de intervenção mais conveniente.

Metodologia de abordagem para os problemas patológicos PROBLEMA PATOLÓGICO LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS DIAGNÓSTICO DEFINIÇÃO DA CONDUTA .

tecnológica e científica) . As informações podem ser obtidas por:  vistoria do local  levantamento da história do problema e do edifício (anamnese do caso)  resultado de análise com ensaios complementares  pesquisa (bibliográfica.LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS  Acumular e organizar as informações necessárias e suficientes para o entendimento completo dos fenômenos.

ou parte dela. Pode seguir um procedimento básico de constatação dos problemas: a) Determinação da existência e da gravidade do problema patológico (comparação de desempenhos) b) Definição da extensão e do alcance do problema (localizado ou generalizado) .LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS  Sua estrutura ocorre a partir da elaboração de um quadro geral das manifestações presentes. na qual devem ser relatadas as evidências que provocaram a queda do desempenho da edificação Vistoria do local: Pode se dar a partir da insatisfação do usuário com o desempenho da edificação .

limitando-se apenas a uma determinada parte da edificação.LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Vistoria do local: a) Determinação da existência e da gravidade do problema patológico (comparação de desempenhos) b) Definição da extensão e do alcance do problema (localizado ou generalizado):  Caso seja localizado. será possível identificálo e resolvê-lo. uma postura de investigação deve ser adotada: .  Se for generalizado.

uma postura de investigação deve ser adotada:  O exame deve começar pela parte superior do edifício.LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Vistoria do local:  Se for generalizado. continuando em direção ao térreo e/ou subsolos. verificando suas condições.  Cada ambiente de interesse deve ser vistoriado. identificação de características climáticas.  Buscar levantamento de dados gerais sobre a área. incidência de chuvas. ..e. lençol freático e outros elementos passíveis de serem registrados.  Após inspeção no interior do edifício realizar o exame exterior. como. obedecendo uma rota previamente estabelecida (sentido horário ou anti-horário).  Deve-se realizar uma inspeção aos edifícios circunvizinhos. p.

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Vistoria do local: a) Determinação da existência e da gravidade do problema patológico (comparação de desempenhos) b) Definição da extensão e do alcance do problema (localizado ou generalizado): c) Registro dos resultados  Deve ser realizado de modo a estruturar as observações feitas. permitindo formular o diagnóstico do problema  Resultados obtidos devem ser documentados a partir de uma ordem cronológica de acontecimentos (croquis)  Observações escritas  Registro fotográfico .

As informações são provenientes de duas fontes: investigação com pessoas envolvidas com o empreendimento e análise de documentos fornecidos . de alguma maneira. envolvendo todas as atividades realizadas durante seu processo de produção que. Anamnese. palavra Deve ser entendida como uma ação capaz de levantar o histórico do edifício.LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Levantamento do histórico (anamnese do caso) de origem grega que significa recordar. possam ter contribuído para o surgimento do problema.

obra. 8. etc. Quando foram com constatados os sintomas pela primeira vez e de o que forma?. Haveria possibilidade de se recordar de algum fato que esteja ligado ao aparecimento do problema?. 4. empreendimento (projeto. 5. manutenção. nos procedimentos de execução ou na especificação de materiais?. 3. mudam as características dos problemas? . 7. Os problemas foram objeto de intervenção anterior? Se sim. usuários. As alterações ocorridas com as condições climáticas. 6.) as intervenções realizadas e quais os resultados obtidos?.LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Levantamento do histórico (anamnese do caso) investigação pessoas envolvidas com 1. quais vizinhos. Ocorrem episódios de reaparecimento dos sintomas ou de agravamento dos mesmos?. Quando o usuário notou pela primeira vez o problema e quando resolveu intervir?. Foram tomados os cuidados necessários quanto à manutenção e limpeza ou aconteceram fatos não previstos?. 2. No decorrer da construção foram feitas modificações no projeto.

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares Considerável parte dos problemas apresenta sintomas bem característicos. possibilitando a formulação do diagnóstico. Imprescindível saber escolher os ensaios adequados.  Ensaios no local: utilização de equipamentos específicos. . podendo ser de natureza destrutiva ou não destrutiva em função das características avaliadas. Quando isto não é possível poderão ser realizados exames complementares que devem ser direcionados a partir de uma avaliação real das necessidades:  Ensaios laboratoriais: determinar os valores de propriedades relevantes ao uso.

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Resultado de análise com ensaios complementares .

LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS Pesquisa Computar dados a partir de levantamento de informações em textos científicos e/ou experimentos em nível de pesquisa tecnológico-científica. buscando encontrar referências análogas à situação em que se encontra .

Metodologia de abordagem para os problemas patológicos PROBLEMA PATOLÓGICO LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS DIAGNÓSTICO DEFINIÇÃO DA CONDUTA .

numa determinada época. podem apresentar um aspecto completamente distinto que numa outra. as manifestações. causas e mecanismos de ocorrências que estejam provocando uma queda no desempenho da edificação . estando em constante evolução. É o equacionamento do quadro geral da patologia que é acometida a estrutura É importante saber que as patologias constituem um processo dinâmico. Assim. O diagnóstico patológico pode ser descrito como uma geração de hipóteses efetivas que visam a um esclarecimento das origens.DIAGNÓSTICO É entendimento dos fenômenos observados.

Metodologia de abordagem para os problemas patológicos PROBLEMA PATOLÓGICO LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS DIAGNÓSTICO DEFINIÇÃO DA CONDUTA .

o problema pode ser agravado ou até mesmo tornar-se irreversível!!!!!!! . relação custo-benefício que estabelece um confronto dos benefícios auferidos em relação ao custo de sua recuperação ao longo da vida útil. equipamentos. Caso seja empregada uma tecnologia incompatível com o problema ou ainda. materiais. pois este é baseado em informações passíveis de erro. referindo-se às alternativas importantes de intervenção e à definição da terapia a ser indicada. caso haja falhas na execução dos serviços de recuperação. Envolve três parâmetros básicos: grau de incerteza do diagnóstico formulado. mão de obra). execução dos serviços de intervenção de disponibilidade de tecnologia para finidos (técnicas de execução.DEFINIÇÃO DA CONDUTA Está relacionada a uma avaliação da necessidade ou não de intervir no problema patológico.

Metodologia de abordagem para os problemas patológicos PROBLEMA PATOLÓGICO LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS DIAGNÓSTICO DEFINIÇÃO DA CONDUTA .

.APLICAÇÃO DA METODOLOGIA LEVANTAMENTO DE SUBSÍDUOS DIAGNÓSTICO DEFINIÇÃO DA CONDUTA Fluxograma para diagnóstico de patologias (LICHTENSTEIN. 1985).

NBR 13752 – Perícias de Engenharia na Construção Civil . não se preocupa em praticar determinado ato ou atos. Negligência: atos ou atitudes de descuido ou desleixo do profissional perante o contratante ou terceiros. Imprudência: quando o profissional. mesmo prevendo a possibilidade de consequências negativas. mesmo tendo legalmente tais atribuições. Principalmente aqueles relativos à não participação efetiva na autoria do projeto.CONSIDERAÇÕES Imperícia: a atuação do profissional que se incumbe de atividades para as quais não possua conhecimento técnico suficiente.