You are on page 1of 6

MERCOSUL

TRATADO DE ASSUNÇÃO
Então, no dia 26 de março de 1991, os presidentes de Argentina, Brasil,
Paraguai e Uruguai assinaram o Tratado de Assunção, visando construir uma zona
de livre comércio entre os quatro países, denominada Mercado Comum do Sul, ou
em castelhano, Mercado Común del Sur.
Baseado na Ata de Buenos Aires, o Tratado de Assunção definiu regras e
condições para criação de uma zona de livre comércio entre seus quatro signatários.
Da mesma forma, ficou decidido que todas as medidas para a construção do
mercado comum deveriam ser concluídas até 31 de dezembro de 1994.
OBJETIVOS

A livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos entre os países,
através da eliminação dos direitos alfandegários e restrições não tarifárias à
circulação de mercadorias e de qualquer outra medida de mesmo efeito, com o
estabelecimento de uma tarifa externa comum e a adoção de uma política
comercial comum em relação a terceiros países ou blocos econômicos;

Produtos originários do território de um país signatário terão, em outro país
signatário, o mesmo tratamento aplicado aos produtos de origem nacional;

A coordenação de políticas de comércio exterior, agrícola, industrial, fiscal,
monetária, cambial e de capitais, de outras que se acordem, a fim de assegurar
condições adequadas de concorrência entre os membros, com o compromisso
destes países em harmonizar suas legislações, especialmente em áreas de
importância geral, para lograr o fortalecimento do processo de integração;

Nas relações com países não signatários, os membros do bloco assegurarão
condições eqüitativas de comércio. Desta maneira, aplicarão suas legislações
nacionais para inibir importações cujos preços estejam influenciados por
subsídios, dumping ou qualquer outra prática desleal. Paralelamente, os países
do bloco coordenarão suas respectivas políticas nacionais com o objetivo de
elaborar normas comuns sobre a concorrência comercial

. Rafael Correa. durante a Cúpula do Mercosul em Montevidéu. .Em 2013. . teve início o processo de adesão da Bolívia ao Mercosul. o presidente do Equador. Brasil. REFERÊNCIAS .A incorporação da Venezuela ao Mercosul ocorreu em 31 de julho de 2012. Esta decisão ocorreu em função do impeachment do presidente paraguaio Fernando Lugo. O Paraguai retornou ao Mercosul em dezembro de 2013. Em julho de 2013.Em 05 de maio de 2013. este país é considerado Estado Parte em processo de adesão.Em 2012. o Equador anunciou que pretende fazer parte do Mercosul. . solicitou à Presidência do Mercosul que analise a integração de seu país como membro pleno do bloco. No momento. mesmo sem aceitar e acatar todos os protocolos do bloco. Argentina e Uruguai tomaram a decisão de suspender temporariamente o Paraguai do bloco.

 AVERBUG. BÊRNI. Mercosul: conjuntura e perspectivas. .): América Latina: crescimento no comércio mundial e exclusão social. A marcha do Mercosul e a marcha da globalização. In. D. ano: ND (mímeo). 2001.. Porto Alegre: Dacasa Editora/Palmarica. Reis. (0rg. C. A. 275 p. A. N..

.

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE – UNINORTE LAUREATE INTERNACIONAL UNIVERSITIES GEOPOLÍTICA MANAUS .

da disciplina de Geopolítica do Curso de Licenciatura em Geografia. do Centro Universitário do Norte – Uninorte. 7º período.2015 BENJAMIM ROLIM FONSECA GEOPOLÍTICA Trabalho para obtenção de nota. sob orientação do ilustre Profº Josildo. turma LGN06S1. MANAUS 2015 .