100 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE OS ECOCLUBES

Toledo – Paraná – Brasil Agosto de 2007

EDITORIAL
Ser um multiplicador ou “multi”, na linguagem dos Ecoclubes é, além de um enorme privilégio, uma grande responsabilidade. Os grupos que nascerão a partir da função e ação do multiplicador serão um reflexo do seu trabalho, seriedade, experiência e conhecimento acerca deste encantador movimento que reúne 15.000 jovens em 30 países do mundo. Este material, denominado de “100 perguntas e respostas sobre os Ecoclubes” foi elaborado quando dos preparativos para o II Curso de Formação de Multiplicadores de Ecoclubes, cuja autoria é das multiplicadoras Ana Carolina Negherbon, Fabíola Dalla Vecchia e Tatiane Cristina Dal Bosco. As 100 perguntas são divididas em seis capítulos, a saber: “Informações gerais”, “Estatuto da RIE”, “OEE-PR e Estatuto”, “Programa caminhos para a sustentabilidade dos Ecoclubes”, “Promotores nacionais e facilitadores” e “Outros conhecimentos”. A idéia deste material tão rico em informações, curiosidades e até mesmo sentimentos, foi de preparar os futuros multiplicadores para vários tipos de situações e dúvidas que podem ser levantadas quando da atuação nos grupos para formação de Ecoclubes ou suporte aos grupos existentes. Jovens colegas dos Ecoclubes: a partir deste curso de formação passaremos a dividir a importante e prazerosa missão de expandir sustentavelmente este movimento envolvente do qual fazemos parte. Estamos preparando este curso com o melhor dos sentimentos e as mais positivas energias. Queremos que seja um curso transformador de vidas, tão especial quanto aquele em que nós fomos os expectadores. Esperamos que vocês façam bom uso deste material e que esta seja uma interessante leitura de cabeceira... Com carinho, Ana, Tati e Fabíola.

100 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE OS ECOCLUBES

INFORMAÇÕES GERAIS
1) O que são os Ecoclubes? Os Ecoclubes são organizações da sociedade civil, democráticas, constituídas basicamente por crianças e jovens voluntários que articulam ações com outras instituições da comunidade para melhorar a qualidade de vida da população. 2) Qual sua missão? Melhorar a qualidade de vida da população. 3) Como, quando e onde surgiram os Ecoclubes? Os Ecoclubes surgiram na Argentina no ano de 1992, a partir de grupos de alunos de escolas médias que sensibilizavam a população para que entregassem selecionados seus resíduos. Em 1995 os jovens começaram a consolidar sua organização dentro da Argentina e, no final de 1997, começaram a se organizar os primeiros grupos no Chile e em Março de 1998 o fizeram no Panamá. 4) Quais são os valores que impulsionam os Ecoclubes? • Unidade na diversidade: a possibilidade de nos sentirmos construtores de uma nova realidade, de sabermos que estamos frente a um enorme desafio que somente podemos alcançar com criatividade, esforço e atuando junto a outros, promove que pessoas provenientes de lugares distantes, pertencentes a distintas camadas sociais, que professam ou não algum tipo de religião e tem níveis educacionais e motivações pessoais muito diferentes se agrupem nos Ecoclubes. • Democracia e participação: a essência democrática não só se evidencia quando elegemos nossos representantes, se não especialmente quando tomamos decisões nas quais todos estamos envolvidos e, portanto, respeitamos profundamente. • Responsabilidade social: os jovens de Ecoclubes reconhecem que as situações de injustiça, não somente com o ambiente, mas fundamentalmente com o homem, se multiplicam e aprofundam em todos os países, e por respeito e amor a eles, é que estamos vigilantes e dispostos a envolver, não só nos programas que como Ecoclubes decidimos implementar, se não também nas ações que outros cidadãos, organizados ou não, estejam desenvolvendo. 5) Com que temas trabalham em geral (Rede Internacional de Ecoclubes - RIE)? Cada país tem autonomia para trabalhar os temas que refletem a realidade de suas comunidades, sempre dentro do “eixo” saúde-ambiente. Dentre os temas mais comuns se destacam: • Luta contra a Dengue. • Manejo Integrado de Resíduos Sólidos. • Manejo Sustentável do Recurso Água. • Arborização Urbana. • Exposição incorreta aos raios solares. • Camada de Ozônio. • Manejo adequado de agroquímicos. • Ecoturismo. • Capacitações, palestras, cursos em escolas. • Educação Ambiental. • Gravidez na adolescência. 6) Quais são os programas internacionais da RIE?

1

• • • •

Uso sustentável da água: promover hábitos saudáveis frente ao consumo e cuidado da água e coordenar junto às empresas prestadoras de serviço, outras organizações comunitárias e as autoridades responsáveis pelo tema, ações de controle e gestão. Luta contra a Dengue: sensibilizar comunidade para que elimine os criadouros intra-domiciliares do mosquito Aedes aegypti. Gestão integrada de Resíduos Sólidos Urbanos: sensibilizar para a minimização da geração de resíduos sólidos urbanos, assim como promover a separação na origem dos resíduos domiciliares para seu posterior tratamento. Embaixadores Sociais e Ambientais de Ecoclubes: é um programa que tem por objetivo promover a troca de experiências, informações, culturas, contribuir com o desenvolvimento de uma comunidade e passar bons momentos junto com pessoas que têm um mesmo ideal, uma mesma missão. Este programa busca relacionar jovens de Ecoclubes ou outras instituições que queiram melhorar, aprender sobre algum tema, além de beneficiar a um grupo ou comunidade. O intercambio se realiza quando um Ecoclube envia a proposta, especificando uma necessidade e/ou um desejo de receber a um Embaixador (membro de Ecoclubes) ou a um voluntário (membro de outra organização).

7) Com que organizações se articulam os Ecoclubes no nível internacional? No nível internacional, articulam com: Organização Mundial da Saúde/Organização Panamericana da Saúde, Associação Internacional de Empreendedores Sociais, Agência Suíça para o Desenvolvimento e a Cooperação, Fundação SCHWAB, Fundação AVINA, ASHOKA, Fundação Kellogg, Fórum Latino-Americano de Juventude (FLAJ) e Fundação Iberoamericana de Juventude. 8) Quantos são e quais são os países que integram a RIE? Quantos somos? Internacionalmente, em julho de 2007, os Ecoclubes se encontram presentes, com mais de 441 grupos organizados, em 30 países da América, África e Europa, dos quais participam quase 14.000 jovens voluntários, cujas idades oscilam entre os 14 e 25 anos. Os países são: Países Argentina Bolívia Brasil Chile Colômbia Costa Rica Equador El Salvador Guatemala Guiana Haiti Honduras México Nicarágua Panamá Peru Paraguai Rep. Dominicana Venezuela Uruguai Alemanha Espanha Polônia Ucrânia Russia Ecoclubes Integrantes América 120 2000 8 180 20 500 35 700 3 45 7 150 26 300 0 19 250 3025 11 299 1 100 30 450 21 465 5 95 32 1500 20 1115 51 1500 8 200 1 30 Europa 1 7 1 8 5 83 2 50 1 0 Ano de inicio 1992 1999 1999 1997 2006 1998 1998 2001 2000 2004 2005 2000 2003 2000 1996 2002 1999 2002 2005 2000 2005 2004 2006 2007 2007

2

Portugal Marrocos Nigéria Guiana Ghana Total

5 Africa 1 5 1 1 441 13792

110 40 500 50 40

2004 2005 2006 2006 2007

9) Quem são as atuais autoridades do movimento no nível internacional? Conselho Diretivo: • Presidente Internacional: Luis Mero Moreira – Equador. • Responsáveis Regionais: o América do Sul: José Miguel Vilchez Guerrero – Peru o América Central, Caribe e México: Carlos Avilez – Nicarágua o Europa: Rita Melo – Portugal. Programas Internacionais: • Luta contra a Dengue: Rumilda Britez – Paraguai. • Uso Sustentável da água: Lênin Nuñez – Rep. Dominicana. • Manejo de Resíduos Sólidos: a definir. • Embaixadores Sociais e Ambientais: Fabiola Dalla Vecchia – Brasil. Conselho Consultivo: • Coordenador: Ricardo Bertolino - Argentina. • Comissão de credenciamento, resolução de conflitos e tribunal de ética: o Gerte Filipetto – Brasil. o Manuel Chaves Queiroz – Costa Rica. o Pedro Costa Macedo – Portugal. Secretaria Executiva: • Coordenadora: Tatiane Dal Bosco – Brasil. 10) Como e quando os Ecoclubes surgiram no Brasil? No Brasil, o movimento surgiu em 1999 quando, em Toledo, aconteceu a visita de um representante da Organização Panamericana de Saúde (OPS) com o objetivo de conhecer as experiências ambientais desenvolvidas pelo Município. Dentre estas experiências, estava o Programa Cidadão Ambiental que consistia num Programa de Educação Ambiental que acontecia dentro de cada Escola. Percebendo alguma semelhança com o trabalho desenvolvido pelos Ecoclubes na Argentina, proporcionou a ida de alguns jovens, acompanhados por um adulto, para conhecer a experiência. No retorno, formou-se o primeiro Ecoclube do Brasil, na cidade de Toledo. Com o tempo, o movimento foi se expandindo e hoje, são 17 grupos nos Estados do Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. 11) Quando e como se iniciou o processo de expansão do movimento no Brasil? A partir de 2001 o movimento se expandiu no Paraná e no Brasil. O marco inicial desta expansão foi uma visita de um grupo de jovens e facilitadores de Borrazópolis a Toledo. 12) Quantos Ecoclubes oficializados se tem no Brasil, hoje? Atualmente são 12 os grupos oficializados no Paraná (Toledo, Nova Santa Rosa, Santa Helena, Quatro Pontes, Kaloré, São Pedro do Ivaí, São João do Ivaí, Presidente Castelo Branco, Borrazópolis, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul e Guapirama), além de outros que se encontram em fase de oficialização no estado, em São Paulo e Mato Grosso do Sul. 13) Como se financiam os Ecoclubes locais? Os grupos são absolutamente criativos na hora de arrecadar fundos e pedir à comunidade para que os apóiem nas propostas que decidem implementar e em geral conseguem mobilizar os recursos humanos e materiais que necessitam entre seus vizinhos (particulares, instituições, governos locais, etc).

3

As estruturas nacionais e internacional elaboram projetos e apresentam junto aos governos e empresas públicas ou privadas. 14) Qual o instrumento que estabelece as regras dentro de cada Ecoclube? Regulamento interno. 15) O que é um regimento interno para os Ecoclubes? É um elemento fundamental para a organização de um grupo, pois norteia o comportamento dos seus membros. 16) Quais são os componentes básicos que devem estar presentes num Regimento Interno? - Reuniões: data, local e horário; - Participação: quem pode participar; - Democracia: direitos e deveres dos integrantes; - Diretoria: composição e atribuições 17) Quem cria e aprova um Regimento Interno? Os próprios membros do Ecoclube. Um regimento elaborado, discutido e aprovado pelo grupo faz com que os integrantes sintam-se parte dele, situação de extrema importância para manter a coesão e o fortalecimento.

ESTATUTO DA RIE
18) Qual o instrumento que rege a Rede Internacional de Ecoclubes? O Estatuto, que é anualmente modificado quando das reuniões do Conselho Diretivo da RIE. Este estatuto apresenta nove capítulos que tratam: • Dos propósitos. • Dos programas. • Dos membros. • Dos órgãos. • Do Conselho Diretivo. • Das Comissões. • Do Conselho Consultivo. • Da Secretaria Executiva. • Dos Documentos. 19) De acordo com o Estatuto da RIE, quais são os propósitos dos Ecoclubes? • Promover a realização atividades comuns, que apontem a conscientizar às populações de nosso planeta sobre a necessidade de sua participação para solucionar os problemas que afetam sua qualidade de vida e a estabilidade do ecossistema. • Manter mecanismos de comunicação entre os grupos que conformam a Rede afim de facilitar o intercambio de experiências e informação. • Estabelecer e impulsionar convênios e serviços recíprocos entre a RIE e outros mecanismos. • Difundir as atividades que realiza a RIE para outras organizações por meio do Newsletter, a página Web e outros meios. • Promover o intercambio cultural e de experiências entre os jovens integrantes da Rede. 20) Quem são os membros da RIE? Podem ser membros da Rede, as Organizações Nacionais de Ecoclubes (somente em caso de não estar conformada ainda, aplica-se a Organização Estadual) que compartilhem com os fins fixados pela Rede e cujos representantes tenham sido eleitos democraticamente pelas organizações. 21) O que é necessário para se estabelecer uma Estrutura Nacional?
4

Para conformar uma estrutura nacional devem existir como mínimo 5 Ecoclubes organizados, que tenham eleito democraticamente suas autoridades. O processo de estabelecimento de uma Estrutura Nacional pode seguir também o Estatuto de cada país, como é o caso do Brasil que assumirá uma Organização Nacional quando houver ao menos 2 Organizações Estaduais conformadas no país. 22) Quais são os direitos dos membros da RIE? Os membros da Rede têm direito a: • Compor o Conselho Diretivo da Rede; • Eleger ao presidente do Conselho Diretivo; • Eleger aos presidentes das regiões; • Postular-se para a presidência do Conselho Diretivo. 23) Quais são os deveres dos membros da RIE? Os membros da Rede têm a obrigação de: • Cumprir e fazer cumprir as disposições do Estatuto; • Cuidar da observância dos princípios da Rede; • Participar dos eventos oficiais da Rede; • Cumprir com as responsabilidades que lhes sejam delegadas pelo Conselho Diretivo. 24) Quais são os órgãos oficiais da RIE? São considerados órgãos da RIE: • Conselho Diretivo; • Conselho Consultivo; • Secretaria Executiva. 25) O que é o Conselho Diretivo? O Conselho Diretivo está constituído pelos presidentes das distintas Organizações Nacionais (somente em caso de ainda não estar conformada ainda, aplica-se a Organização Estadual), eleitos democraticamente nas Assembléias Nacionais/Estaduais. Os representantes dos países membros do Conselho Diretivo tem mandato de um máximo de 2 anos, em caso de serem re-eleitos em seus países. Cada país conta com um voto no Conselho. 26) Quem representa o Conselho Diretivo? O Conselho Diretivo é representado por um presidente internacional, com idade mínima de 18 anos, eleito democraticamente entre os membros do Conselho Diretivo, com mandato válido por 2 anos, tendo como função, juntamente com o Secretário Executivo, de coordenar as 2 comissões nas quais estarão inseridos os presidentes: Viver Ecoclubes e Alianças Estratégicas. Também compete ao presidente internacional representar o conselho a nível internacional, acompanhar o trabalho das regiões e participar das reuniões do Conselho Consultivo, contando com um voto no mesmo. 27) Como está organizada geograficamente a RIE? A Rede Internacional de Ecoclubes está organizada por regiões: América do Sul; América Central, México e Caribe; Europa e África. Cada região conta com um presidente, que será eleito a cada dois anos e que terá a atribuição de visitar e coordenar as ações dos países da região. Os presidentes nacionais de cada região se reunião anualmente. 28) Qual a freqüência das reuniões do Conselho Diretivo? O Conselho Diretivo se reúne uma vez a cada 2 anos em lugar a ser definido pelo mesmo, com a presença da Secretaria Executiva. As reuniões oficiais do Conselho Diretivo acontecem com a metade mais um de integrantes presentes e todas suas decisões se considerarão válidas pelo voto afirmativo de uma maioria simples. 29) Quais as funções do Conselho Diretivo? • Aprovar o estatuto e modificá-lo se é necessário;

5

• • • • • • • • • •

Decidir sobre as propostas do Conselho Consultivo; Eleger ao Secretário Executivo da Rede e aos monitores dos programas internacionais; Definir a política geral e as estratégias de atuação da Rede, em consonância com os fins consagrados no presente estatuto; Decidir sobre os pedidos de ingresso e exclusão dos Membros da Rede; Decidir sobre as sedes dos encontros internacionais; Definir e promover atividades e eventos que projetem a Rede e também promova seus objetivos; Confeccionar, aprovar e modificar o regulamento interno do Conselho; Aprovar os documentos da RIE; Resolver os casos omissos no estatuto. Organizar as comissões de trabalho Viver Ecoclubes e Alianças Estratégicas.

30) Quais são e como funcionam as comissões do Conselho Diretivo? O Conselho Diretivo possui duas comissões de trabalho: Viver Ecoclubes e Alianças Estratégicas, coordenadas por um coordenador cada uma. Os presidentes nacionais se dividem, durante a reunião do conselho, nestas duas comissões e estabelecem as funções e atividades a serem desenvolvidas por cada uma. A comissão de Viver Ecoclubes é encarregada de: • Comunicação: promover o intercâmbio de experiências de distintos países, fortalecimento do e-group e ver a possibilidade de agregar um fórum aberto na página web. • Capacitação: criar uma base de dados de experiências em capacitações dos países. A comissão de Alianças Estratégicas é encarregada de: • Concretizar e fortalecer alianças da Rede, a nível internacional ou regional. 31) O que é o Conselho Consultivo? O Conselho Consultivo é integrado pelos promotores nacionais de Ecoclubes e seu funcionamento e regulamentações internas são definidas pelos seus integrantes. 32) Quais são as funções do Conselho Consultivo? - Fortalecer o trabalho dos promotores e facilitadores através da capacitação contínua, orientada ao desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e destrezas que permitam acompanhar adequadamente o processo do Movimento; - Gestionar ações estabelecendo mecanismos de coordenação, articulação e obtenção de fundos; - Promover uma comunicação e informação fluída e contínua entre os Promotores Nacionais e as estruturas do Movimento. 33) O que é a Secretaria Executiva? Quais suas funções? A Secretaria Executiva está integrada por um Secretário Executivo e a equipe de trabalho que este disponha, eleito pelo Conselho Diretivo. O Secretário Executivo poderá receber remuneração pelas tarefas que desempenha. A gestão do Secretário Executivo é avaliada anualmente na Reunião do Conselho Diretivo. A sede da Secretaria Executiva é a Argentina por tempo indefinido. As funções da Secretaria Executiva são: • Executar as ações determinadas pelo Conselho Diretivo. • Elaborar um conjunto com a comissão de Viver Ecoclubes, o Boletim Newsletter e distribuí-lo eletronicamente pelos Ecoclubes da Rede, além de atualizar a página WEB. • Apoiar a organização das atividades da Rede. • Manter um registro dos membros da Rede. • Implementar estratégias de arrecadação de fundos acompanhado pela comissão de Alianças Estratégicas. • Administrar os recursos da Rede. • Elaborar informes e documentos sobre a Rede Internacional de Ecoclubes. 34) Onde foram as reuniões do Conselho Diretivo e Consultivo? E quem foram os presidentes internacionais/Coordenador do Conselho Consultivo?

6

Reunião 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 1ª 2ª 3ª Conselho Diretivo Conselho Diretivo Conselho Diretivo Conselho Diretivo Conselho Diretivo Conselho Consultivo Conselho Consultivo Conselho Consultivo

Local Cuzco-Peru Panamá-Panamá Guayaquil - Equador Antigua - Guatemala La Plata - Argentina Cochabamba - Bolívia Toledo - Brasil Santiago - Chile

Ano 2003 2004 2005 2006 2007 2003 2004 2005

Presidente/Coordenad or Guilhermo Hegel Gabriela Pereyra German Rios Carlos Quezada Luis Mero Moreira Ricardo Bertolino Ricardo Bertolino Ricardo Bertolino

País Guatemala Argentina Chile Dominicana Equador Argentina Argentina Argentina

35) Como a Rede Internacional de Ecoclubes controla o número de países, jovens e grupos? Anualmente, no mês de setembro, a Rede Internacional de Ecoclubes lança uma ficha cadastral, denominada em espanhol de “relevamiento”, onde todos os Ecoclubes devem preencher com dados relacionados à data de oficialização, número de jovens, ações que realizam, dados do facilitador, faixa etária dos jovens, etc. Estes dados são armazenados e computados num banco de dados. Responder a este questionário é um dever! Portanto, os Ecoclubes que não o fazem, não são considerados como oficiais perante a RIE.

OEE-PR e ESTATUTO
36) Qual é a sigla da Organização Estadual de Ecoclubes do Paraná? OEE/PR. 37) Em que mês e ano ela foi conformada? Março de 2002 (01, 02 e 03). 38) Durante que evento ela foi conformada? I Escola Estadual de Ecoclubes, em Toledo/PR.

39) Que grupo criou a logo da OEE/PR? Descreva-a. Ecoclube de Borrazópolis. Um globo azul com o mapa do Brasil e em destaque, o mapa do Paraná com a sigla da OEE dentro deste mapa. As cores utilizadas são as da Bandeira do Brasil: Azul, amarelo, verde e preto. 40) Onde fica a sede da OEE/PR? Na cidade de Toledo, junto ao Ecoclube Cidadão Ambiental. 41) Qual é a instância organizativa responsável pelo movimento no Brasil? Organização Estadual de Ecoclubes do Paraná 42) Quem responde legalmente/juridicamente pelo movimento dos Ecoclubes no Brasil? A Organização para Promoção de Ecoclubes – OPE. É uma entidade da sociedade civil de interesse público, sem fins econômicos, de direito privado, com autonomia administrativa e financeira, regendo-se por um estatuto e por uma legislação que lhe for aplicável. 43) Quais são as funções da OPE?

7

Promover e fortalecer a formação de líderes juvenis, com sensibilidade à problemática social, que tenham como missão melhorar a qualidade de vida da população, especialmente nas áreas de saúde e ambiente. 44) Qual é o nome do Informativo Oficial da OEE-PR? “Informeco, o informativo que registra nossa paixão”. 45) Quais ferramentas a OEE/PR disponibiliza para ser trabalhado o tema Dengue? Cartilha “Jogando em Saúde” e teatro “Limpeza é Legal”. 46) Qual é a data que todos os Ecoclubes devem realizar atividades relacionadas à Água? - Dia Mundial da Água, 22 de março. 47) O que é um Estatuto? É um documento que regulamenta as atividades da Organização Estadual de Ecoclubes do Paraná e estabelece direitos e responsabilidades de seus membros. 48) A quem o Estatuto da OEE/PR é direcionado? A todos os grupos pertencentes à Organização Estadual de Ecoclubes. 49) Quando pode-se alterar o Estatuto? Durante as Assembléias Estaduais. 50) Quais são as duas categorias de grupos mencionadas no Estatuto? Aspirantes e Oficializados. 51) Após os 25 anos, qual é a função que um membro pode assumir num Ecoclube? O papel de facilitador. 52) Em que Módulo um grupo em formação pode começar a utilizar o nome Ecoclube? A partir do 2º Módulo. 53) Quais são os eventos oficiais da OEE-PR? Quando são realizados? Os eventos oficiais são a Assembléia Estadual, realizada em setembro de cada ano, a Escola Estadual, realizada em março e os Encontros Regionais, realizados de acordo com a disponibilidade de cada região. 54) Em que consiste a Assembléia Estadual - AEE? Na Assembléia Estadual participam dois Delegados Estaduais de cada Ecoclube Oficializado, sendo estes representantes eleitos democraticamente pelo seu grupo. Na Assembléia serão discutidas as prioridades para os encaminhamentos da Organização Estadual e planejamento de atividades. Será feita ainda, a eleição da diretoria da OEE-PR, a qual permanecerá em atuação por um ano. A Assembléia Estadual de Ecoclubes do Paraná é presidida pelo Presidente da OEE-PR e o redator é o Secretário de Atas também da OEE-PR. 55) Quem participa da Assembléia Estadual? A Comissão Organizadora, um facilitador por grupo, os delegados, os mediadores, os assistentes e os aspirantes. 56) Quem são os delegados? São dois representantes de Ecoclubes oficializados eleitos democraticamente pelo seu grupo. São membros oficiais na AEE, com direito à voz e voto e podendo postular-se a um cargo na diretoria da OEE-PR. 57) Quais são os critérios para ser delegado? Os critérios para ser delegado são: • Ser membro oficializado (com 06 meses de participação); • Ter idade mínima de 15 anos (pode-se abrir exceção se, o grupo possuir somente jovens com idade inferior a 15 anos); • Ter participação efetiva no grupo;
8

• • •

Estar disposto a contribuir na realização dos preparativos para a AEE de acordo com as tarefas solicitadas pela comissão organizadora; Assinar um termo de responsabilidade que será construído pelo seu grupo, onde assumirá o compromisso de repassar as informações discutidas e decididas em AEE; Cumprir o ônus por um ano, tendo direito a se reeleger se assim o grupo o confiar.

58) Qual a diferença entre Aspirantes e Assistentes na AEE? Assistente: Representantes de Ecoclubes de outros estados ou países e convidados, que têm interesse em conhecer ou apoiar a OEE-PR, tendo direito somente à voz. Aspirante: Membro jovem ou facilitador de um grupo não oficializado. Poderá participar de eventos da OEEPR, sendo que, em AEE contará somente com direito à voz. A quantidade de participantes será determinado pelos organizadores do evento, de acordo com suas condições. 59) Quando e onde foi a primeira Assembléia Estadual de Ecoclubes? Em setembro de 2002, na cidade de Toledo. 60) Quais são os cargos que compõem a diretoria? Presidente, Vice-Presidente, Secretário de Comunicação, Secretário de Organização e Secretário de Atas. 61) Quais foram/são os representantes dos Ecoclubes do Brasil? 1ª Presidente da OEE-PR: Tatiane C. Dal Bosco – Toledo. 2ª Presidente da OEE-PR: Fabíola Dalla Vecchia – Toledo. 3º Presidente da OEE-PR: Thiago Pivatti – Kaloré. 4º Presidente da OEE-PR: Eduardo Lenz – Quatro Pontes. 5º Presidente da OEE-PR: Fabiano Cassimiro – Nova Santa Rosa. Promotora Nacional: Gerte Filipetto – Toledo. Monitora de Água: Tatiane Guimarães – Toledo. Monitor de Dengue: Willian Jonis Andrioli – Toledo. 62) O que é uma Escola Estadual? Qual é a programação? É um evento oficial da OEE-PR que tem por objetivo integrar e capacitar os integrantes do movimento. As atividades consistem na apresentação das delegações, oficinas de dengue, água, comunicação e outros, dinâmica de expectativas, palestras diversas e atualização dos dados dos Ecoclubes do Brasil. 63) Quem participa das Escolas? Dois jovens e um facilitador por grupo, além de convidados escolhidos pela cidade sede, com o aval da diretoria da OEE-PR. 64) A Escola Estadual é um evento de quantos dias? Dois dias. 65) Quem representa o Brasil no Conselho Diretivo da RIE? O presidente estadual. 66) Além dos 12 grupos oficializados onde existem grupos aspirantes no Brasil? Ecoclube Valinhos (São Paulo) e Ecoclube Corumbá (Mato Grosso do Sul). 67) Um membro da diretoria pode ser reeleito? Não, ele só pode assumir o mesmo cargo durante um mandato.

PROGRAMA CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE DOS ECOCLUBES
68) O que é o Programa Caminhos para Sustentabilidade? É um conjunto de ferramentas para preparar os grupos interessados em fazer parte da Rede Internacional de Ecoclubes.
9

69) Para que serve o Programa Caminhos para Sustentabilidade? Para oficializar um grupo na Organização Estadual de Ecoclubes do Paraná, visando manter a identidade e a coesão do movimento dos Ecoclubes. 70) Quais os fatores que motivaram a elaboração deste programa? Os fatores que motivaram a elaboração do programa foram: que o Brasil apresenta dimensões continentais, por isso da importância de um expansão sustentável e também pelo fato de que um Ecoclube só é um Ecoclube porque apresenta uma mesma missão, mesmos princípios e metodologia de trabalho. 71) O que é um Multiplicador? É um jovem protagonista de um Ecoclube, que possui a missão de formar, fortalecer e acompanhar os grupos oficializados ou não. 72) Em que mês e ano foi formada a primeira turma de Multiplicadores? Em abril de 2003. 73) Quem pode ser Multiplicador? Jovens acima de 15 anos, pertencentes à um Ecoclube oficializado, que possua no mínimo um ano de atuação no seu grupo, que possua tempo disponível para trabalhar. 74) Quantos Multiplicadores foram formados na 1ª turma? 20 jovens. 75) Cite o nome dos 3 Módulos do Programa. 1º - Sensibilização e Integração dos Jovens; 2º - Nascimento e/ou Renascimento do Grupo; 3º - Planejamento Estratégico e Elaboração de Pré Projeto. 76) Qual foi a primeira cidade a receber o programa de forma experimental? Quatro Pontes. 77) Até julho de 2007, quantas cidades foram oficializadas através do Programa? 5 grupos: Quatro Pontes, Joaquim Távora, Guapirama, Jundiaí do Sul e São João do Ivaí. 78) Qual é o nome da responsável pela criação do programa? Eliane Bringmann de Souza, de Toledo. 79) Qual é o outro país, da Rede Internacional de Ecoclubes, que também possui um grupo de multiplicadores? Argentina.

PROMOTORES NACIONAIS E FACILITADORES
80) O que é um Promotor Nacional? O promotor nacional de Ecoclubes é um facilitador eleito dentro do grupo dos facilitadores, com o objetivo de representar a Organização que representa o país no Conselho Consultivo da Rede Internacional de Ecoclubes. Além disso, sua função é de se relacionar com o grupo de facilitadores promovendo o movimento no país. 81) O que é um facilitador? Um facilitador é uma pessoa adulta que colabora com as crianças e jovens para que constituam e desenvolvam um ecoclube conforme os objetivos de conservação do ambiente e do bem comum que é tema da RIE.

1 0

82) Quais são as funções de um facilitador? - Acompanhar, favorecendo o desenvolvimento e crescimento de cada um dos integrantes do grupo; - Orientar, capacitar e informar ajudando a resolver conflitos para favorecer a dinâmica grupal, a produção e a aprendizagem; - Promover a comunicação e participação democrática, o respeito e a aceitação das diferenças para criar e recriar um clima de desenvolvimento grupal que facilite os aprendizados e o crescimento; - Facilitar processos e negociações com autoridades escolares, municipais, empresariais, pais de famílias, etc. 83) O que diferencia um facilitador de um professor clássico? Uma característica dos facilitadores de Ecoclubes é sua intervenção de forma não diretiva. Isso o diferencia da categoria docente clássica, onde se espera que o mestre ou professor seja o condutor natural do grupo. No caso dos Ecoclubes, o adulto atua para que as próprias crianças e jovens desenvolvam e assumam lideranças.

OUTROS CONHECIMENTOS
84) O que é meio ambiente? É tudo o que tem a ver com a vida de um ser ou grupo de seres vivos. Tudo o que tem a ver com a vida, sua manutenção e reprodução. Nesta definição estão: os elementos físicos (terra, ar, água, etc), os elementos vivos (plantas, animais, homens), os elementos culturais (hábitos, costumes, o saber) e a maneira como estes elementos são tratados pela sociedade. 85) Explique o voluntariado. O voluntariado é entendido como doação pelos cidadãos de tempo, trabalho e talento por causas do interesse social e comunitário. 86) Cite algumas vantagens de ser um voluntário. O trabalho voluntário não é só generosidade e doação, mas também abertura de novas experiências, oportunidade de aprendizado, prazer de ser útil, criação de novos vínculos, afirmação do sentido comunitário. 87) Qual a importância da comunicação para um grupo? A base de qualquer relacionamento é a comunicação. O sucesso do funcionamento de um grupo depende da eficácia da comunicação entre seus membros. 88) Quais são as dicas para uma comunicação de grupo eficaz? Seja abrangente, reprima o predomínio, ofereça apoio, mantenha o tom emocional num nível controlável, abra espaço para a discordância e preste atenção na participação e nas reações de cada membro do grupo. 89) O que é a Agenda 21? É um documento que contém compromissos para mudanças do padrão de desenvolvimento para o século 21. 90) O que diz o capítulo VI, artigo 225, da constituição Brasileira? “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”. 91) Quais são as conseqüências do aquecimento global? - Aumento do nível dos oceanos: com o aumento da temperatura no derretimento das calotas polares. Ao aumentar o nível da águas dos futuramente, a submersão de muitas cidades litorâneas; - Crescimento e surgimento de desertos: o aumento da temperatura provoca animais e vegetais, desequilibrando vários ecossistemas. Somado ao mundo, está em curso o oceanos, podem ocorrer, a morte de várias espécies desmatamento que vem

1 1

ocorrendo, principalmente em florestas de países tropicais (Brasil, países africanos), a tendência é aumentar cada vez mais as regiões desérticas em nosso planeta; - Aumento de furacões, tufões e ciclones: o aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, potencializando estes tipos de catástrofes climáticas; - Ondas de calor: regiões de temperaturas amenas tem sofrido com as ondas de calor. No verão europeu, por exemplo, tem se verificado uma intensa onda de calor, provocando até mesmo mortes de idosos e crianças. 92) O que é o Protocolo de Quioto? Este protocolo é um acordo internacional que visa a redução da emissão dos poluentes que aumentam o efeito estufa no planeta. Entrou em vigor em 16 fevereiro de 2005. O principal objetivo é que ocorra a diminuição da temperatura global nos próximos anos. 93) O que é a ANA e as suas principais funções? A ANA é a Agência Nacional das Águas, e as suas funções são: - Outorgar e fiscalizar o direito de uso de recursos hídricos em corpos de água de rios de domínio da União; - Coordenar a elaboração e supervisionar a implementação do Plano Nacional e Recursos Hídricos (esta atribuição foi inicialmente vetada, mas posteriormente restituída através de Medida Provisória); - Elaborar estudos para subsidiar a definição dos valores a serem cobrados pelo uso de recursos hídricos de domínio da União; - Estimular e apoiar as iniciativas voltadas para a criação de Comitês de Bacias Hidrográficas; - Arrecadar, distribuir e aplicar receitas auferidas por intermédio da cobrança pelo uso de recursos hídricos; - Coordenar as atividades desenvolvidas no âmbito da rede hidrometeorológica nacional; - Organizar, implementar e gerir o Sistema Nacional de Informações sabre Recursos Hídricos. 94) De acordo com a Gestão dos Recursos Naturais da Agenda 21, a água pode assumir funções básicas. Quais são essas funções? - Biológica: Constituição celular de animais e vegetais; - Natural: meio de vida e elemento integrante dos ecossistemas; - Técnica: aproveitada pelo homem através das propriedades hidrostática, hidrodinâmica, termodinâmica entre outros fatores para a produção; - Simbólica: valores culturais e sociais. 95) Qual a diferença entre educação formal e educação não formal? Educação formal: é aquela desenvolvida nas escolas, com conteúdos previamente demarcados. Educação não formal: é aquela em que os indivíduos aprendem durante o seu processo de socialização - na família, bairro, clube, amigos etc., carregada de valores e culturas próprias, de propriedade e sentimentos herdados; é aquela que se aprende “no mundo da vida”, via os processos de partilha de experiências, principalmente em espaços e ações coletivas do cotidiano. 96) Quais as características principais da Educação não formal? - Não é organizada por anos letivos / idades / conteúdos; - Atua sobre aspectos subjetivos do grupo; - Trabalha e forma a prática do grupo; - Ajuda na construção da identidade colectiva do grupo; - Ajuda no desenvolvimento da auto-estima. 97) O que é dengue e porque as epidemias estão aumentando? Dengue é uma doença grave causada por um vírus e é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti que pica os seres humanos e os animais de sangue quente. As epidemias estão aumentando em função do aumento das populações urbanas, a resistência aos inseticidas, a proliferação dos criadouros, o aumento dos deslocamentos humanos, entre outros. 98) Onde se cria o mosquito Aedes aegypti? Ele se cria em locais e recipientes onde se acumula água, denominados de criadouros, seja no interior ou no exterior das casas. 99) Por que a fêmea do Aedes aegypti se alimenta de sangue? Porque o sangue tem as proteínas necessárias para o desenvolvimento dos ovos.

1 2

100) O que é o Terceiro Setor? O primeiro setor é o governo, que é responsável pelas questões sociais. O segundo setor é o privado, responsável pelas questões individuais. Com a falência do Estado, o setor privado começou a ajudar nas questões sociais, através das inúmeras instituições que compõem o chamado terceiro setor. Ou seja, o terceiro setor é constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que tem como objetivo gerar serviços de caráter público. O terceiro setor possui 12 milhões de pessoas, entre gestores, voluntários, doadores e beneficiados de entidades beneficentes, além dos 45 milhões de jovens que vêem como sua missão ajudar o terceiro setor.

1 3