You are on page 1of 4

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS

GEETEC

EMPRESA:
Industriais

Geetec

Equipamentos

Data:
03/03/2015

Local
da
Montenegro

APR:

John

Deere

Procedimento : Todos devem seguir as orientações contidas nesta análise de riscos.

TAREFA: Instalação dos dutos da chaminé no telhado (parte externa) para a cabine de testes.

FERRAMENTAS: Ferramentas manuais diversas, ferramentas elétricas (furadeira, lixadeira, esmerilhadeira, parafusadeiras) e caminhão munck (Geetec).

SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS/ PRODUTOS REQUERIDOS: N/A

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAIS REQUERIDOS:
EPI´s Básicos: Óculos de proteção, Protetor auricular, Botina de segurança com biqueira de aço e protetor de metatarso, Luva de nylon, uniforme.
EPI´s Específicos
EPI´s Trabalho em Altura: Capacete c/ jugular, Cinto de segurança com duplo talabarte e absorvedor de energia.
EPI´s Trabalhos de Esmerilhamento: Avental/mangas de couro de raspa, protetor facial, Respirador PFF2.
EPC: Linha de vida

EQUIPE RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO:
Produção: Leonel Borges Barbosa

Técnico Seg. Trab.: Izabel Cristina Kiszewski

___________________________________
_____________________________________________________________
Assinatura
Assinaturas

Engenheiro de Produção: Ramon Ongaratti

Encarregados de

____________________________________
Assinatura

EQUIPE EXECUTANTE e ASSINATURA:
NR35 (Sim) Cassiano Netto de Oliveira : _____________________________________________
NR35 (Sim) Tiago Foch: __________________________________________________________
NR35 (Sim) Rodrigo D. dos Santos Vieira: ____________________________________________
_____________________________________________________

NR35 (Não) Inácio Dias Correa: ________________________________________________________
NR35 (Não) Nilson Teodoro Pinto da Rosa: _______________________________________________
NR35 (Sim) Márcio

Antunes Alves:

Todos que efetuarão trabalho em altura deverão aferir a pressão todos os dias antes do início das atividades c/ antecedência máxima de 30 minutos. 5. 8. Todos os trabalhadores envolvidos na atividade. 1Orientações conforme APR .Travessias e deslocamentos devem ser feitos entre os vãos livres do SKY LIGHT do telhado. Todos os trabalhadores envolvidos na atividade. Processo se repetirá em quatro estágios distintos.Obrigatório utilizar linha de vida na horizontal. 1. 7. Todos os trabalhadores envolvidos na atividade.Proibida a aproximação menor que 3 metros das periferias sem ancoragem na linha de vida.Obrigatório utilizar linha de vida na horizontal.Choque mecânico em decorrência da queda do equipamento. Elevação de UM duto e UMA curva até a parte superior do telhado (com auxílio de caminhão munck) e os seus recebimentos no telhado. 3. sendo uma vez por dia. 2.Proibida a aproximação menor que 3 metros das periferias sem ancoragem na linha de vida.DDS incisivo sobre questão comportamental no telhado (2 vezes na semana). 1.Proibido transpassar/permanecer embaixo ou muito próximo dos materiais erguidos. sendo uma vez por dia. 10. 2.Paradas para hidratação com água e. 1.Contusão.Todos que efetuarão trabalho em altura deverão aferir a pressão todos os dias antes do início das atividades com antecedência máxima de 30 minutos. 9. em caso de calor excessivo. 7. 4.5 metros.Uso de EPIs: Básico fábrica + cinto de segurança com dois talabartes + capacete com uso de jugular + protetor solar + luva de vaqueta). pausa a cada 40 minutos de trabalho (descer e descansar por 15 min). 2Esmagamento fratura de membros. em caso de calor excessivo.Supervisão contínua da atividade por técnico de segurança da Geetec. com risco de descargas elétricas ou ventos que possam desestabilizar a permanência em pé.Abertura da Permissão de Trabalho – PT.Supervisão contínua da atividade por técnico de segurança da Geetec.Proibida atividades com tempo nublado.Realizar preenchimento do check list do caminhão munck.Supervisão contínua da atividade por técnico de segurança da Geetec. 5. 3. 1.Nº Pass o 1 2 3 Seqüência dos Passos Básicos Perigos Identificados Salvaguardas Efeitos Responsável Recomendações/ Sugestões Organização e planejamento das atividades no local de trabalho.Análise preliminar dos riscos para cada atividade a ser desenvolvida. 1.Contusão. 3. 4Materiais desorganizados na área. 1.Paradas para hidratação com água e.Isolamento do local e organização da área. 12.Morte por queda de nível. 2.Uso de EPIs: Básico fábrica + cinto de segurança com dois talabartes + capacete com uso de jugular + protetor solar + luva de vaqueta). 2.Contusão. 2.Choque mecânico em decorrência da queda do equipamento. sem utilização de ferramentas.Falhas no caminhão munck. 6. com risco de descargas elétricas atmosféricas ou ventos que possam desestabilizar a permanência em pé. 3. Transporte manual das DUAS peças até o ponto de saída da chaminé. 1Orientações conforme APR.Proibida atividades com tempo nublado. 2. 2. pausa a cada 40 minutos de trabalho ou ou . 2Esmagamento ou fratura de membros. Choque mecânico em decorrência da queda de ferramentas /materiais/equipamento s.Elaboração da APR. Processo se repetirá em quatro estágios distintos. 1. 2Esmagamento fratura de membros.Conferir a capacitação das pessoas que irão desempenhar atividade em altura (NR35). 13. 1.Espaçamento entre pessoas para deslocamento ou permanência no telhado não pode ser menor que 1. 6. 11.Abertura da Permissão de Trabalho – PT.Queda de altura. 4. sem utilização de ferramentas. 1.

1. 3.Espaçamento entre pessoas para deslocamento ou permanência no telhado não pode ser menor que 1. 14.Contusão.Proibida atividades com tempo nublado.Todos que efetuarão trabalho em altura deverão aferir a pressão todos os dias antes do início das atividades com antecedência mínima de 30 minutos.Organização da área. 3. com risco de descargas elétricas atmosféricas ou ventos que possam desestabilizar a permanência em pé. 2. Só reiniciar após o afastamento dos mesmos.Queda de altura. Nº Pass o Sequência dos passos básicos Perigos Identificados Salvaguardas Efeitos Responsável Recomendações/ Sugestões Instalação do duto e da curva na abertura da chaminé. 13.Morte por queda de nível.DDS incisivo sobre questão comportamental no telhado (2 vezes na semana).Paradas para hidratação com água e.(descer e descansar por 15 min). em caso de calor excessivo. 1.Choque mecânico em decorrência da queda de ferramentas. parando o serviço em caso de aproximação de terceiros. pausa a cada 40 minutos de trabalho (descer e descansar por 15 min).Obrigatório utilizar linha de vida na horizontal durante as instalações dos dutos e das curvas.Choque mecânico em decorrência da queda de materiais/equipamento s. 1Orientações conforme APR .Morte por queda de nível.5 metros. 1Orientações conforme APR . 2.Travessias e deslocamentos devem ser feitos entre os vãos livres do SKY LIGHT do telhado. Mantê-las amarradas para evitar quedas. 9.Uso de EPIs: Básico fábrica + cinto de segurança com dois talabartes + capacete com uso de jugular + protetor solar).Abertura da Permissão de Trabalho – PT. 6. 4.Proibida atividades com tempo nublado.Obrigatório utilizar linha de vida na horizontal durante as instalações dos dutos e das curvas. 7.Uso de EPIs: Básico fábrica + cinto de segurança com dois talabartes + capacete com uso de jugular + protetor solar).Manter extintor de incêndio tipo PQS BC junto a área de trabalho.5 metros. 8. 2Esmagamento ou fratura de membros. 10.Proibida a aproximação menor que 3 metros das periferias sem ancoragem em linha de vida. 1.Queda de altura.Supervisão contínua da atividade por técnico de segurança da Geetec. 9. Conclusão das atividades e decida do telhado.Espaçamento entre pessoas para deslocamento ou permanência no telhado não pode ser menor que 1.Organização da área. Processo se repetirá em quatro estágios.Abertura da Permissão de Trabalho – PT. 2. 11. 1. 3Materiais desorganizados na área. Mantê-las amarradas para evitar quedas. com o auxílio das ferramentas manuais. Todos os trabalhadores envolvidos na atividade. 2. 7. 2. 5. 3. 2. 4 5 . 4. 6.Contusão. 1. 12. 2. 3Materiais desorganizados na área. 8.Supervisão contínua da atividade por técnico de segurança da Geetec.DDS incisivo sobre questão comportamental no telhado (2 vezes na semana). Todos os trabalhadores envolvidos na atividade.Não deixar ferramentas próximas a periferia enquanto o corte estiver aberto no telhado. 5.Atentar para possíveis atividades paralelas. sendo uma vez por dia.Travessias e deslocamentos devem ser feitos entre os vãos livres do SKY LIGHT do telhado.Não deixar ferramentas próximas a periferia enquanto o corte estiver aberto no telhado.Proibida a aproximação menor que 3 metros das periferias sem ancoragem em linha de vida. Processo se repetirá em quatro estágios. sendo uma vez por dia. 1. com risco de descargas elétricas atmosféricas ou ventos que possam desestabilizar a permanência em pé. 10.

Só reiniciar após o afastamento dos mesmos. Quanto as travessias e deslocamentos no telhado. 15. lembramos a todos em atividades sobre o telhado que este local apresentado na foto de número 04 (ou outros similares).Todos que efetuarão trabalho em altura deverão aferir a pressão todos os dias antes do início das atividades com antecedência mínima de 30 minutos. programado para ser no quarto dia. a mesma será autorizada somente com o trabalhador ancorado a linha de vida. 13.DDS incisivo sobre questão comportamental no telhado (2 vezes na semana).8. parando o serviço em caso de aproximação de terceiros. 12. pausa a cada 40 minutos de trabalho (descer e descansar por 15 min).Espaçamento entre pessoas para deslocamento ou permanência no telhado não pode ser menor que 1.Travessias e deslocamentos devem ser feitos entre os vãos livres do SKY LIGHT do telhado.5 metros.Paradas para hidratação com água e.Observar a distância de material e de pessoas quanto a aproximação das claraboias. Expressamente proibido transpassarpor sobre o Sky Light.Atentar para possíveis atividades paralelas. 9. Remover a linha de vida ao final de toda a atividade. 10. Observações: Foto 02: no espaço entre a periferia do telhado e final do Sky Light não é permitido a circulação dos trabalhadores somente em caso de existência de linha de vida. 11. 14. em caso de calor excessivo. principalmente próximo aos pontos em que as telhas laterais são translúcidas as mesmas devem ser executadas com ancoragem a linha de vida.Fechamento da PT. Foto 04: atividades junto ao lanternim (antigo).Recolher extintor de incêndio tipo PQS BC da área de trabalho. não são locais destinado para pausas de descanso. Obs. seguem anexas fotos para orientações do descrito abaixo: Foto 01: vão (corte) no Sky Light (translúcida) que deve ser utilizado para circulação no telhado. EM CASO DE EMERGÊNCIA LIGAR: FAIXA 4 DO RÁDIO ou RAMAL 99 . Portanto somente o vão no meio do Sky Light deve ser utilizado. 14. Foto 03: para atividades com proximidade a menos de três metros dos Sky Light.