You are on page 1of 2

2END - 2ª Conferência Nacional em Ensaios não destrutivos

INSPECÇÃO AUTOMATIZADA POR PHASEDARRAY DE MATERIAIS
ANISOTRÓPICOS E GEOMETRIAS COMPLEXAS
Nuno Pedrosa, Daniel Leitão, Pedro Barros
1
Núcleo de Implementação de Novas Técnicas - ISQ
Email: nmpedrosa@isq.pt

RESUMO
A necessidade de inspeccionar materiais com microestrutura anisotrópica constitui sempre um
grande desafio do ponto de vista do controlo de qualidade no fabrico de componentes quando
se recorre à utilização da técnica de ultrasons. Se além do tipo de material houverem mais
duas variáveis envolvidas, geometria complexa e requisitos de automatização do processo de
inspecção, o desafio inicial aumenta substancialmente originando a necessidade de
desenvolvimento soluções específicas recorrendo a técnicas de inspecção alternativas às
utilizadas convencionalmente. Neste trabalho vão ser apresentados dois sistemas
automatizados de Phased Array para inspecção de dois componentes do sistema dos magnetos
do ITER (International Thermonuclear Experimental Reactor)
INTRODUÇÃO
As aplicações tecnológicas de ponta que requerem a utilização de materiais austeníticos com
geometria complexa e espessuras elevadas têm, de uma forma geral, requisitos de controlo de
qualidade muito apertados. Neste contexto, e de forma a cumprir os requisitos estabelecidos,
foram desenvolvidos dois sistemas automatizados de inspecção por PhasedArray para dois
tipos de componentes que fazem parte integrante do sistema de magnetos do ITER,
representado na figura 1.

Fig. 1 – Sistema de magnetos do ITER

2END

1

2 – Sistemas de PhasedArray desenvolvidos e resultados CONCLUSÕES No âmbito deste trabalho do ISQ foi demonstrada a capacidade dos dois sistemas de inspecção em cumprir os requisitos altamente exigentes dos dois tipos de componentes em causa. 16 Dezembro 2011 O sistema de magnetos do ITER é composto por 18 elementos que geram o campo magnético toroidal. 6 elementos que geram o campo magnético poloidal. Foram construídos blocos de calibração de acordo com as especificações estabelecidas pelo ITER e procedeu-se à validação das soluções em componentes reais. 2 . O presente trabalho é relativo a componentes destinados a gerar o campo magnético poloidal e toroidal. Os vários tipos de defeitos definidos nos dois tipos de componentes foram devidamente identificados e caracterizados.2 Mostram os 2 sistemas e alguns resultados obtidos na fase de validação dos mesmos. Fig. Um dos sistemas é destinado à inspecção de juntas soldadas topo a topo por um processo de soldadura híbrido nas quais a espessura pode ir até aos 144 mm.Porto/FEUP. o solenóide central e 18 elementos de correcção de campo. Este sistema recorre a dispositivos de movimentação automatizados e a sondas de PhasedArray matriciais de forma a reduzir ao máximo a dimensão do seu ponto focal com o objectivo de tentar minimizar o efeito da anisotropia acústica do material. RESULTADOS O desenvolvimento dos sistemas de inspecção foi dividido em três fases: modelação da geometria dos componentes e do feixe acústico. O material do componente é o aço inoxidável 316 LN. projecto e construção dos protótipos e validação experimental. A Fig. no qual foi desenvolvido um sistema de PhasedArray por imersão com aplicação de uma lente acústica especialmente desenvolvida para este efeito. Por outro lado destaca-se o carácter inovador das soluções apresentadas no que diz respeito à exploração da capacidade da técnica de Phased Array quando aplicada a componentes de material anisotrópico de elevada espessura e de geometria complexa. O segundo sistema é destinado a inspecção de perfis quadrados com secção interna circular. O material é o aço inoxidável 316 LN.