RIO GRANDE DO NORTE

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO SIMPLIFICADO nº 001/2015
(TERMO DE AJUSTAMENTO DE GESTÃO N. 001/2015)

A SECRETARIA DE ESTADO DA INFRAESTRUTURA DO RIO GRANDE DO NORTE torna público para conhecimento
dos interessados que realizará CHAMAMENTO PÚBLICO para a contratação de empresa especializada em
serviços de engenharia a fim de executar serviços de recuperação emergencial de estabelecimentos prisionais.
1 ‐ DO OBJETO DO CHAMAMENTO:
1.1‐ O objeto deste Chamamento é contratação de empresa(s) especializada(s) em serviços de engenharia a fim
de executar serviços de recuperação emergencial de estabelecimentos prisionais, conforme LOTES discriminados
neste edital.
2‐ DA ABERTURA E RECEBIMENTO DOS DOCUMENTOS E PROPOSTAS:
2.1‐ O recebimento dos documentos e propostas dar‐se‐á junto à sede da Secretaria de Estado da Infraestrutura,
localizada no Centro Administrativo do Estado, na Av. Senador Salgado Filho, s/n, Lagoa Nova - Natal/RN. CEP:
59064-901, na data de 20/03/2015, às 10h00 (dez horas).
3‐ DA HABILITAÇÃO:
3.1‐ As empresas interessadas em participar deste Chamamento deverão apresentar a seguinte documentação
obrigatória em dia:
a) Certidão Negativa de Débitos com a Receita Municipal, Estadual e Federal;
b) Certidão Negativa de Débitos do INSS;
c) Certidão Negativa de Débitos do FGTS;
d) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas ‐ CNDT;
e) Declaração de cumprimento do art. 7º, XXXIII, da Constituição Federal (proibição de trabalho noturno,
perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na
condição de aprendiz, a partir de catorze anos).
3.2- As empresas interessadas deverão apresentar acervo técnico compatível com o serviço a ser executado.
4‐ DA PROPOSTA DE PREÇOS:
4.1‐ As propostas de preços serão abertas pela Comissão Permanente de Licitação da Secretaria de Estado de
Infraestrutura especialmente para este Chamamento, no dia e horário indicados no item 2.1.
4.2‐ A proposta de preços de cada empresa interessada deverá ser apresentada em uma via devidamente
assinada pelo responsável legal, dentro de envelope devidamente fechado e lacrado, em que se delimitará a
proposta, observando-se unicamente o critério de julgamento do item 5.
5‐ DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS:
5.1‐ Para julgamento das Propostas, a Comissão Permanente de Licitação levará em consideração o MENOR
PREÇO (MAIOR PERCENTUAL DE DESCONTO LINEAR SOBRE OS ITENS DA TABELA SINAPI), OFERTADO POR

LOTE, desde que atendidas todas as especificações constantes deste Edital.
5.2- As propostas deverão observar os lotes a seguir discriminados:
LOTE 1
Penitenciária Estadual de Alcaçuz - Dr. Francisco Nogueira Fernandes e Penitenciária Estadual
Rogério Coutinho Madruga
LOTE 2
Cadeia Pública de Natal Raimundo Nonato e Penitenciária Estadual de Parnamirim Des. João
Marinho da Silva
LOTE 3
Complexo Penal Dr. João Chaves, Centro de Detenção Provisória de Potengi, Centro de Detenção
Provisória da Ribeira e Centro de Detenção Provisória da Zona Norte
LOTE 4
Cadeia Pública de Mossoró- Des. Manoel Onofre de Souza, Complexo Penal Estadual Agrícola Dr.
Mário Negócio e Cadeia Pública de Caraúbas
LOTE 5

Cadeia Pública de Nova Cruz - Penitenciária Estadual do Seridó

LOTE 6
Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim, Centro de Detenção Provisória de Macaíba e Centro
de Detenção Provisória Masculino de São Paulo do Potengi
5.3- Os serviços a serem executados serão disponibilizados a partir das 9h00 do dia 19/03/2015, no setor de
Licitações da Secretaria de Estado da Infraestrutura.
5.4- Em caso de necessidade de acréscimo de novos serviços e/ou materiais, deverá ser mantido o mesmo
desconto linear nos itens da planilha.
6‐ DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
6.1‐ As despesas decorrentes do presente Chamamento Público serão alocadas pela Secretaria de Estado do
Planejamento e das Finanças à Secretaria de Estado da Infraestrutura.
6.2- A Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças repassará os valores das medições dos serviços
prestados até o 10o (décimo) dia do mês subsequente à medição, para que a Secretaria de Estado da
Infraestrutura possa efetivar o pagamento no prazo de até 5 (cinco) dias úteis após o recebimento do repasse.
7‐ DO PRAZO DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS:
7.1‐ Os serviços objeto do presente Chamamento terão duração máxima e improrrogável de 180 (cento e oitenta)
dias.
8‐ DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:
8.1‐ Será lavrada Ata Circunstanciada do trabalho desenvolvido no ato público de ABERTURA dos envelopes, que
deverá ser obrigatoriamente assinada pelos membros da Comissão e pelas empresas presentes.
8.2‐ Este Chamamento Público fundamentará os preços a serem contratados de forma emergencial (inciso IV do
art. 24 da Lei nº 8.666/1993), conforme estado de calamidade reconhecido pelo Decreto Estadual n. 25.017, de
16 de março de 2015, e nos termos do Termo de Ajustamento de Gestão.
8.3‐ O lançamento dos preços ofertados pelas empresas neste Chamamento não lhes assegura o direito à
contratação, que ocorrerá segundo a urgência e emergência na execução das obras, a critério da Secretaria de
Estado da Infraestrutura.
8.4‐ Maiores informações poderão ser obtidas junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura, de segunda a sexta‐
feira, das 8h00 às 18h00.
8.5‐ Qualquer divergência e/ou dúvida sobre este processo de Chamamento será sanada pela Secretaria de
Estado da Infraestrutura e pela Comissão Permanente de Licitação da Secretaria de Estado de Infraestrutura, que
terá poder decisório para fins de regularização e finalização do processo de escolha.
Natal, 18 de março de 2015.

JADER TORRES
Secretário de Estado da Infraestrutura