Lição 1

Salvação
___________________________________
“E em nenhum outro há salvação, porque debaixo do céu nenhum
outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser
salvos” (Atos 4.12).
INTRODUÇÃO
Você agora é salvo. A salvação é a maior bênção que o ser humano
pode receber e, ao mesmo tempo, a principal experiência espiritual.
A salvação é o tema central da Bíblia. Todo o crente deve conhecêla bem e falar aos que ainda não aceitaram a Cristo, para que
também sejam salvos.
1- QUE É A SALVAÇÃO?
Em princípio, pode ser afirmar que ela é o resultado da morte
expiatória de Jesus Cristo, na cruz do calvário, que livra o homem
da condenação da morte eterna, causada pelo pecado (Leia Efésios
1.7;2.1). A salvação é:
1.1 - Um ato soberano de Deus
A salvação é um ato da soberana vontade de Deus, que em seu
Filho nos reconciliou consigo mesmo. II Coríntios 5.18,19 diz: “E
tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por
Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus
estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes
imputando os seus pecados...”. Você observa que a salvação é a
demonstração do grande amor de Deus em favor da humanidade,
condenada pelo pecado (Leia Romanos 3.10,11,23). Ela é oferecida

a todos, sem exceção. Em Cristo, todos podem ser salvos, libertos
do pecado, tornando-se assim, filhos de Deus.
1.2 - Um ato da infinita misericórdia de Deus
Você aprendeu que a salvação é um ato soberano do Senhor;
porque só Ele pode salvar. É também, um ato da infinita misericórdia
de Deus, porque é dada graciosamente, mediante a fé, e não
através dos nossos próprios méritos ou boas obras.
O próprio Criador tomou a decisão de reconciliar consigo o homem,
que, pela desobediência, havia se afastado Dele, tornando-se
escravo do pecado e inimigo de quem o criara.
Você precisa saber, também, que a sua salvação custou um alto
preço: o sangue de Jesus Cristo, o cordeiro de Deus (João 1.29),
imolado pelos nossos pecados, na cruz do calvário, conforme a
profecia de Isaías 53.4-7; porém aos homens foi concedida
graciosamente, segundo a misericórdia infinita de Deus. Jamais
você pagaria tal resgate para a salvação, pois ela não depende de
qualquer mérito humano, nem de boas obras.
2- A NECESSIDADE DA SALVAÇÃO
No tópico anterior você aprendeu, você aprendeu que “todos
pecaram” e o salário do pecado é a morte (Leia Romanos 6.23).
Deste modo, todos necessitam da salvação. Todos precisam
arrepender-se dos seus pecados, confessá-los a Deus e abandonálos definitivamente, aceitando o dom gratuito de Deus.
2.1 - A origem do pecado
Como o pecado entrou no mundo, como isto aconteceu? Em
Gênesis 1.26,27 lemos que Deus criou o homem à sua imagem e
semelhança e o colocou no Jardim do Éden, para livrar e o guardar.
Disse-lhe que todo o fruto poderia comer, porém, daquela árvore do

que todos pecaram” (Romanos 5. para que não comesse da árvore da Vida e vivesse eternamente no pecado (Gênesis 3. Porém. A morte. Obediência incondicional foi à exigência única imposta à criatura humana. a comunhão com Deus. Toda causa tem as suas conseqüências. A desobediência dele originou o pecado e condenou à morte toda a sua geração. sentiu medo e escondeuse.12).8-10 registra pela primeira vez que a criatura. Os efeitos são todos negativos.11. e pelo pecado a morte. sendo Caim o primeiro assassino.5. A maldição sobre a terra e o trabalho. Feito à imagem e semelhança de Deus. Deus em seu Filho o libertou da condenação da morte eterna. pois matou seu irmão Abel (Gênesis 4. 2. a qual geme e chora sob o peso da maldição (Gênesis 3. não era um robô nas mãos do Todo-Poderoso.5 e Colossenses 2. o pecado foi a herança maldita deixada a todos os homens.22). ele transmitiu a toda a sua descendência o estigma do pecado e a condenação da morte. o homem possuía livrearbítrio. Como representante da raça humana.12). ao ouvir a voz do Criador. A desobediência de Adão afetou toda a criação. Noutras palavras: Salvação é a vida eterna em Cristo Jesus.18). 1. pois no dia em que comesse. ao perceber que tinham pecado (Gênesis 3. pecou e foi destituído da glória com que fora criado. apesar de usufruir as delícias do Éden e conviver em perfeita harmonia com o Criador. certamente morreria. como por um homem entrou o pecado no mundo. o certo e o errado. nele todos pecaram. o Senhor lhe proibiu que provasse.19). Tratava-se de uma prova de obediência. por isso.6.3 – os efeitos do pecado O pecado afetou o homem nas esferas físicas.10-18). Desde então. Leia o diz a Bíblia: “Porque todos pecaram e separados estão da glória de Deus” (Romanos 6. perdendo assim. 2.17-19. . A expulsão do Éden. Esta é uma revelação terrível! “A morte passou a todos os homens. Todavia.8). Como escapar desta condenação? Veja a importância da salvação: você estava morto em delitos e pecados.7). visto que só Ele pode salvar o homem da condenação da morte eterna causada pelo pecado do primeiro homem.13.17. moral e espiritual (Leia Romanos 3. que livra o homem da condenação eterna. O homem retornaria ao pó da terra. mental.23). Considere os efeitos detalhadamente:        A auto Justificação. tipificada nas vestes de folha de figueira. viveria. tentado. Gênesis 3.” Deste modo.2 . do qual havia sido formado (Gênesis 3. A corrupção geral do gênero humano.A herança do pecado Você aprendeu que a salvação é obra redentora de Deus por meio de seu Filho Jesus Cristo.conhecimento do bem e do mal. e Adão deveria de ser fiel ao Criador. O medo.23) “Pelo que.. Enquanto obedecesse. Estava capacitando a discernir o bem e o mal. todos os dias de sua vida (Gênesis 3. assim também a morte passou a todos os homens. Romanos 8. e por ele entrou a morte no mundo. e nada poderia fazer para escapar do juízo divino. o homem. conforme Efésios 5. com pesados esforços físicos e dores. A violência e o homicídio.22.. A maldade do homem se multiplicou por toda terra (Genêsis 6. a violência tem sido constante e a criminalidade aumenta cada vez mais.

o homem abandona as práticas pecaminosas do passado e separa-se (santifica-se) para o serviço do Senhor. tornou possível a justificação do transgressor. Não obstante o castigo de Deus. o ofendido. mediante ao arrependimento e a fé na Graça Divina (Leia João 3. reconcilia consigo mesmo o homem. Mediante o seu arrependimento e o conseqüente perdão. pela justiça de Cristo que lhe foi concedida.17-19).6 fala do estado lastimável do pecador. A justiça de Cristo. ele se torna membro da família divina.2 – Renegação Trata-se de uma mudança de condição: Antes no pecado. feito justo. Porém. da qual o transgressor fora banido. interior. o homem era inimigo de Deus e servo do Diabo. e tem como base o sangue de Jesus.3-8). Enfermidade. agora. O homem. 3 . não tinha como justificar-se perante o Todo Poderoso. isto é. no interior do crente. mediante a graça divina (Romanos 5. Desta forma. onde Deus. 3.12) O homem morre em seus delitos e pecados. justificado. Deus. Este novo nascimento é efetuado pelo Espírito Santo em seu Lição 2 . O termo ilustra uma cena em família. o homem não deixou de praticar a maldade. Deus o realizou por ele. mediante a morte expiatória e substitutiva de Jesus.Aspecto da Salvação São três os aspecto da salvação: 3. o Supremo Juiz. é atribuída ao ser humano. Portanto. o ofensor. pelo Dilúvio. Como é possível isto? Veja: Justificação é um termo judicial que lembra um tribunal. nasce de novo. o justo. a justificação é mais que o perdão. absolve o pecador das suas transgressões e o declara justo. A santificação é um ato do Espírito Santo.3 – Santificação Uma vez restaurado à comunhão com Deus. tornando-se inimigo dela. adotado como filho de Deus (João 1. ele é restaurado ao convívio familiar.2). que se reflete nos seus atos exteriores. Isaías 1. morto em seus defeitos e pecados. 3. O que o homem não pode fazer.1 – Justificação “Como se justificaria o homem para com Deus?” (Jo 9.

Na realidade. A Bíblia não se preocupa em provar que Deus existe. Jeová.3 – Pelas percepções humanas 2- A EXISTÊNCIA DE DEUS . “O arquiteto do universo”. ou como o grande relojoeiro que criou um relógio tão perfeito. sustenta e dirige tudo”.2 – Pela história universal Em todos os lugares onde se descobriu haver gente. porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hb 11:6) 1- QUEM É DEUS As pessoas dizem de Deus que Ele é o “Ser Supremo”.14).Deus é indefinível. que em santo amor. Ela chama de louco aquele que diz que Deus não existe (Salmos 14:1). Deus é a causa suprema de tudo que existe (Salmos: 33.B. Jeová e suas variações.DEUS ___________________________ “De fato. o que existe. as tribos mais primitivas têm idéia de um ser supremo. Essa que damos é apenas para orientação. etc. O nome de Deus no velho testamento. descobriu-se que estas pessoas tinham idéia da existência de Deus. mas não pode ter surgido por si mesmo. El e suas variações. cria. Ainda que deturpadas. 2. Ela foi escrita por cerca de 40 homens em cerca de 1500 anos. é claro. A Bíblia aplica vários nomes a Deus. A sua causa é um ser moral e inteligente. Adonai. E deixa à nossa inteligência a faculdade de ver que Ele existe (Gênesis 1. Exemplos desta crença estão nos egípcios babilônicos e. o que é em si mesmo”.1 – Pelo universo Este é chamado de argumento cosmológico. Deus se revelou a Moisés e quando este lhe perguntou pelo seu nome – e isso equivalia a uma definição .16). há um só pensamento.6. Os filósofos consideravam Deus como a “Primeira Causa”. Mas. etc. 9. sem fé é impossível agradar a Deus. A Bíblia é a maior prova histórica da existência de Deus. O verbo na forma apresentada significa “ O que é. coordenado. é derivado do verbo que significa “Eu sou”.1). mais apurada e correta. Ela simplesmente mostra Deus agindo. o Primeiro Motor”. entre os israelitas. o universo. A palavra JEOVÁ recebeu posteriormente as vogais de ADONAI e por isso é traduzida em português por Senhor. 2. A existência de Deus pode ser observada por vários meios. No entanto. define Deus como “ Espírito pessoal. Colossences 1. Elohim. um dos principais teólogos dos batistas no Brasil. 2. 7. o que a Bíblia diz? O que falam os teólogos? A. O universo é imenso. Langston.Deus disse: “Eu sou o que sou” (Êxodo 3. perfeitamente bom.

E tem a máxima sabedoria para proceder corretamente em tudo. E nós podemos experimentá-lo. tendo em vista seus efeitos na vida de uma pessoa tocada por Ele? 3. Da mesma maneira que a fé se manifesta no material. Portanto. (1 Coríntios 2:11) 3. Ele faz. 3. Como Espírito pessoal.A NATUREZA DE DEUS Não é como os demais espíritos. discutiremos isso em ocasião própria. seus sentimentos. Mas como se trata de assunto ligado aos seus atributos. 2.1 – Deus é Espírito perfeito 3. O coração humano tem percepções de Deus.2 – Deus é Espírito pessoal Falar em espírito é falar em pessoa.4 – Pela Fé O homem é movido por fé. mais do que as visíveis. Quem pode negar a existência e a operação de Deus. dizer “pessoal” é um redundância. manifesta-se também no espiritual.4 – Quanto ao seu caráter. Fé é definida como certeza e convicção. Seus pensamentos. Ele é Santo e Bom.5 – Pela experiência cristã O Deus em quem cremos é o Deus que se revelou. De que natureza Deus é? O que Deus é em sua essência? Jesus o declarou quando falou à mulher samaritana.5 – Os nomes de Deus . Deus tem consciência própria. 3. seja ela direcionada para a vida natural ou para a espiritual. 2.Nossas percepções se dividem em três classes: as do nosso próprio ser. O espírito religioso do homem prova que Deus existe. sua vontade. consciência de si mesmo. Dois elementos devemos destacar: A santidade e o amor de Deus. 3. imperfeitos. O que Ele quer.3 – Ele tem direção própria Quer dizer que Ele se dirige a sim mesmo. tudo em Deus é perfeito. as do mundo espiritual e as do mundo objetivo. As coisas invisíveis são reais. Nada de exterior pode influenciar Deus em sua vontade soberana.

Quer dizer que Deus não é limitado em sua presença.1.4 – Unidade.1 – Atributos Naturais.1. E onipotência física. Nada lhe é encoberto (Daniel 2: 22-28).1 – Onipresença. 4. 4. Deus não é parte de tudo.5 – Infinitude. São atributos incomunicáveis. Ele está em todo lugar.1. Deus conhece as coisas mínimas (Mateus 10:30). Resumidamente: EL = Deus. O Deus vivo é um ser único. Os atributos de Deus podem ser divididos em atributos naturais e atributos morais. que se manifesta nos diferentes modos de sua existência. Significa que Deus é um só. 4.1.1. EL SHADAY = Deus Todo Poderoso (Exôdo 6:3).18-20). Quer dizer quer Deus conhece tudo. ou seja.2 – Onisciência. JEOVÁ = Eu Sou (o Eterno) 4 – OS ATRIBUTOS DE DEUS.Seus nomes também têm a ver com sua natureza. sua onipotência é a sua perfeição moral. muito usado no princípio da Bíblia. EL-ELYON = Deus Altíssimo (Gênesis 14. Ele não pode ser tentado por ninguém (Tiago 1:13). Isso é panteísmo e gera o materialismo (Salmos 139). . EL ÔLAN = Deus Eterno (Gênesis 21:33). quer dizer. Ele pode tudo. Há um erro a ser evitado que diz que Deus está em tudo. 4. ELOHIM = Deus como criador. 4. Deus pode tudo no universo. são apenas de Deus e que não são comunicados às suas criaturas.3 – Onipotência. com as coisas criadas. que se refere a si mesmo. ADONAI = Senhor (Exôdo 23:17). A onisciência e a Onipresença são incomparáveis. 4. que tem a ver com o universo. Em Deus há a onipotência moral.

1. APLICAÇÃO:    Sua salvação é um modo de você experimentar a bondade de Deus.1. Não tente conhecer tudo de Deus agora. Ele é eterno. do pecado. Ele. Que possamos nos relacionar melhor com Ele.6 – Imutabilidade. 4.2 – Atributos Morais. E o amor faz parte do seu caráter. A Santidade também expressa a idéia de glória. Amém. coloca a sua santidade em ação. justiça e santidade. 4. Não há limites Nele. separado do mundo. Aos poucos você vai aprendendo. Em Deus não há mudança (Tiago 1:17) CONCLUSÃO: Temos aí um breve esboço a respeito de Deus. Santidade em Deus é a soma de suas qualidades morais.Deus é infinito. Quem poderia ter feito algo tão perfeito senão Deus. Deus é amor (1João 4:8). EBD – PIB MUTUÁ Professores: Nelson e Andréia Oliveira Nome: __________________________ Aula/data: _______________________ 4. É em razão deste atributo que Ele deseja e procura o relacionamento com a sua criatura. 4.1.4 – Amor Lição 3 .2.4 – Justiça Deus faz sempre o que é direito e conforme o seu caráter. Veja como tudo funciona com perfeição. Tenha paciência. 4.1 – Santidade Deus é santo. ao julgar. Que possamos depender Dele e receber do seu amor. Observe a natureza.

. Ele disse que antes de se converter tiinha muitos problemas com 2.1 – O Testamento de Deus com os homens. PELA BÍBLIA DEUS NOS FALA. O seminarista quis saber então porque e a resposta foi: “Toda vez que leio aquele livro. 3. A Bíblia é Deus falando conosco. 3. Entretanto. 2 Pe 1.1. Nada serve de guia para nós como Palavra de Deus – A Palavra inspirada pelo Espírito Santo. A Bíblia tem sido chamada ao mesmo tempo de livro e biblioteca. outrora. Depois que se converteu. aos pais. (2 Tn 3:16. Isso é o que temos escrito na própria Bíblia em 2TM 3. pelos profetas. falado muitas vezes e de muitas maneiras. A BÍBLIA É A PALAVRA INSPIRADA Quando dizemos que a Bíblia é inspirada por Deus. Muitos argumentam que a Bíblia tem contradições. Ele a vê como a palavra de Deus. Está escrito: “Havendo Deus. temos que lê-la com o intuito de ouvir o que o Senhor nos quer falar. a bússola é a palavra de Deus – a Bíblia que lhe aponta o caminho. o testemunho de um irmão pode nos ajudar. para a correção. nestes últimos dias nos falou pelo filho. Para exemplificar.16. Por isso. ele me mostra alguma coisa errada que estou fazendo”. . A BÍBLIA E SUAS DIVISÕES. necessitamos de uma bússola. Certa Vez um seminarista deu uma bíblia a uma pessoa que ele estava evangelizando. já não a vê assim.17. para a repreensão. Ainda hoje Deus nos fala através da sua palavra. estamos afirmando que foi o próprio Deus quem a produzir através do seu Espírito.21. para a educação na justiça a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra”.BÍBLIA textos aparentemente contraditórios da Bíblia. E para o pecador.” (Hebreus 1. Algum tempo depois perguntou aquele senhor se ele estava lendo a Bíblia e a resposta foi negativa. como navegantes no mar imenso da vida.. entretanto.2a). veja o diagrama abaixo: ___________________________ DEUS → ESPÍRITO SANTO →HOMENS SANTOS = BÍBLIA “Toda escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino.17) INTRODUÇÃO Todos nós. 1.

o sangue da NOVA ALIANÇA.26-28). Redenção é o seu tema geral. como Obadias. Este plano é desenvolvido em três etapas: O anúncio. Deus Prometeu que não . Filemon. Jesus Cristo. o deu aos seus discípulos dizendo: bebei dele todo. 2 e 3 João e Judas. tanto na versão da Sociedade Bíblica do Brasil. Apesar de tantos autores de tão variadas formações. Esses capítulos são identificados na Bíblia por números grandes.2– Os Livros. derramado em favor de muitos..500 anos. para remissão de pecados” ( Mateus 26. Este plano é desenvolvido após a queda do homem no Jardim do Éden.. A Bíblia foi escrita por cerca de 40 homens de diversas formações e cultura. Tomou o cálice e. identificados por números pequenos. No Início da Bíblia há um índice de cada livro. exceto os bem pequenos.A Bíblia está dividida em duas partes que são os testamentos: O Antigo Testamento ou Velho Testamento e o Novo Testamento. a Bíblia desenvolve um único e grande tema: O PLANO DE REDENÇÂO DA HUMANIDADE. O estudioso deve familiarizar-se com cada uma delas. feito no Velho Testamento. O Velho Testamento contém 39 livros e foi escrito em Hebraico. No Velho Testamento Deus fez pacto com o Povo de Israel.Jesus.. No Novo Testamento Deus nos mostra.UM GRANDE PLANO. Deus então escolheu uma nação através de um homem – Abraão – para trazer ao mundo o Seu Filho. Cada capítulo. porque isto é o meu sangue. através do sangue de animais (Êxodo 24. 4 .Deuteronômio 5:17 Todas essas divisões foram feitas para ajudar no manuseio da Bíblia. É bom decorar. que salva os homens. O maior livro da Bíblia é o de Salmos. Pequenas partes foram escritas em Aramaico. edição Revista atualizada quanto na Imprensa Bíblica Brasileira . O menor versículo é. por sua vez. Cada livro da Bíblia está dividido em capítulos. pelo derramamento do seu sangue: “Enquanto comiam. tendo dado graças.8). Este Testamento foi feito com a morte de Jesus Cristo. Jesus Cristo.15). e depois de Deus ter anunciado que haveria salvação para o homem (GN 3. podemos ser salvos através de Jesus Cristo. No Novo Testamento Deus fez o pacto com todo que aceitar Seu Filho. 3. O Novo Testamento contém 27 livros e foi produzido na língua grega. num espaço de mais ou menos 1. é dividido em versículos.. Os versículos são pequenas porções dos capítulos. no Velho Testamento e no Novo Testamento. como é.

 Tome o propósito de tirar pelo menos 15 minutos diários para ler e meditar na Bíblia. comece a ler hoje mesmo. nasceu como homem.escreveria a lei em pedras. Se você não tem uma Bíblia. Mas a medida que for se familiarizando com ela. Você quer ter fé? Então ouça. decore o versículo. ela tem que receber Jesus. Depois veio a fase de realização do plano. a fé vem pela pregação e a pregação pela Palavra de Cristo” (Romanos 10. é por ela que vem a fé: “Assim.17). seja através de pessoas mais experimentadas. Seja pela própria leitura da palavra de Deus. leia. Se você der lugar ao Espírito Santo. Para isso ela deve dar ouvidos à Palavra de Deus.  Leia a Bíblia e descubra uma promessa de Deus para você. b) O que você precisa corrigir para servir a Deus.33). através de Jesus Cristo. EBD – PIB MUTUÁ – Classe Consolidação Professores: Nelson e Andréia Oliveira CONCLUSÃO No começo da leitura da Bíblica você pode ter alguma dificuldade. morreu e ressuscitou para realizar assim a salvação.  Decore o versículo indicado e depois veja: a) O que a Bíblia tem repreendido em sua vida. Se você tem uma Bíblia. compre uma. 5 – PELA PALAVRA DE DEUS VEM A FÉ. APLICAÇÃO Nome: __________________________ Aula/data: _______________________ . Esta fase vai permanecer até o fim. Depois medite nela. estude e medite na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada. 1. veio a fase da proclamação. 2. Após isso observe como sua fé vai crescer a respeito de tal promessa. Por fim. mas na mente e no coração do homem (Jeremias 31. como autor da Bíblia irá lhe esclarecer as dúvidas. Se uma pessoa quer ser salva.32. Ele. tudo se tornará mais fácil. Ela dura até a volta do Senhor Jesus. que veio.

O outro lado deste fundamento é o ensino dos apóstolos e profetas (Efésios 2. que foi edificada por Jesus. O de Mateus é o nome que Jesus deu à sua instituição: Igreja. INTRODUÇÃO Só existe uma igreja verdadeira. que significa Assembléia. reunião. Quando Jesus resolveu organizar uma instituição que o representasse aqui no mundo. O termo comunidade. Sem Cristo. 1. .10-14). que a institui.15. Quer dizer. Jesus edificou a sua Igreja. produzida pelos profetas e pelos apóstolos é fundamento da Igreja. Ele é a Pedra angular (1Pedro 2. Não é de mais ninguém a Igreja. A IGREJA: NOME E FUNDAMENTO 1. na realidade existe somente uma igreja.2.20).30). Jesus escreveu a sete Igrejas. não há Igreja. e sobre esta pedra edificarei minha igreja. Não foi outro nome. Os textos de Atos são históricos. mas o de (Mateus 16.1-8) Ninguém pode lançar outro fundamento além daquele que está posto. aparece apenas quatro vezes no Novo testamento (Atos 6. 1.2 O FUNDAMENTO O Fundamento da Igreja é o próprio Senhor Jesus. sendo que uma delas (Efésios 2:12) se refere a Israel e não à Igreja. por exemplo.5. escolheu o nome igreja. Ela está no mundo por determinação do Senhor Jesus. O sentido da palavra é “os que foram chamados para fora”. a Palavra de Deus. Os de Atos formam a exceção. sendo que só em (Apocalipse 2. Sem ela.Lição 4 IGREJA ___________________________ “Também eu te digo que tu és Pedro.3). que é Jesus (1Coríntios 3. Embora existam muitas denominações e grupos que se dizem igrejas. e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (MT 16:18). Note: SUA. não há Igreja.1 NOME O nome “Igreja” vem do termo grego EKLESIA. Este é o nome que em todo o Novo Testamento é aplicado pelos apóstolos.18) é doutrinário.

Efésios 2. De fato. a Igreja é Corpo de . uma pedra (1Pedro 2. E ainda como noiva. que é o Senhor Jesus. A Bíblia nos fala de uma Igreja Universal. O QUE É A IGREJA 2. Ela é submissa a Ele (Efésios 22-33). ela deve se apresentar ao Senhor pura. as mais diversas que hoje existem.2 Lavoura (1 Coríntios 3.22) não pode ser vista. quer dizer. que a Igreja tem sido mais conhecida entre os evangélicos.2). 2. A Igreja Universal se manifesta em assembleias (igrejas) locais. seguido dos apóstolos e profetas. 2. A Igreja local se reúne como uma família para cultuar a Deus e cumprir a sua missão. em todos os tempos. sem ruga. a Igreja tem o fundamento. São as congregações ou Igrejas. 2.2.6-9) A Igreja é a lavoura. por causa da complexidade da vida urbana é impossível haver mais de uma Igreja local.5). Hoje. os trabalhadores são os oficiais da Igreja e quem dá o crescimento é Deus. Ela só poderá ser vista quando estiver reunida no céu. As cidades eram pequenas.1 Edifício Como Edifícios. sem defeito (Efésios 5.26-27) e virgem (2 Coríntios 11.20-22). a “ Pedra Angular”. Nesse edifício. cada crente é um tijolo. Ela é composta de todos os santos.4 Corpo É como corpo.2. Este aspecto tem sido bastante ensinado. os escritos do Novo Testamento e do Velho Testamento (1 Coríntios 3.2.2. 2.2. havia uma Igreja em cada cidade.1 A Igreja Universal e as Igrejas Locais Muita confusão se tem formado ultimamente a respeito da Igreja.2 Símbolos da Igreja A Bíblia nos apresenta vários símbolos da Igreja: 2. especialmente a igreja local.3 Noiva e Esposa Como noiva a Igreja tem Jesus.10. No princípio. A Igreja Universal (Hebreus 12. que é o seu noivo.

(Efésios 5. estimulando uma às outras ao amor e às boas obras.3 Em relação ao mundo. se reúne para adorar a Deus.8). 3. O que deve caracterizar a Igreja é a comunhão. um ajuntamento.15 não quer dizer casa como edifício. edificam-se para habilitação de Deus no Espírito (Efésios 2:22). A Igreja tem como missão pregar o evangelho (Mateus 28. Já por sua natureza. como assembléia. a igreja é uma instituição social: uma assembléia. A igreja é uma assembleia de pessoas que têm objetivo edificar a si mesma. Deus procura verdadeiros Adoradores (João 4. mas não é do mundo.7-11. o tempo grego usado por Paulo no v. promovem o seu próprio aumento para edificação em amor (Efésios 4:16).2. É cooperar como o Espírito na busca das almas perdidas (João 16.23) 3. E Ele mesmo estabeleceu na Igreja os ministros. mas como família. Ganhar almas para Cristo e discípulalas. Essa missão implica em evangelizar e fazer missões. 3.14-16). .12-26). e Jesus é o nosso irmão maior.1 A missão da Igreja em relação a Deus. Ninguém na Igreja pode ter autoridade do que o próprio Senhor Jesus. que é o nosso grande Pai.23). Sua missão é ser testemunha do Senhor Jesus Cristo (Atos 1. Esta missão é da adoração. A Igreja é a família de Deus. 2.Cristo. MISSÃO DA IGREJA Podemos dividir a missão da Igreja em três aspectos: em relação a Deus. Apocalipse 22:17).18-20) e discipular. A igreja está no mundo. e cada pessoa que faz parte dela é um membro desse corpo (1Coríntios 12. Ele é quem a dirige. orienta. A Igreja. Não são feitas como um fim em si mesmas. Mas as assembléias não se fazem sem objetivos. De fato. O seu Espírito está em cada crente e na Igreja para orientar. 3. em relação ao mundo e em relação a si mesma.2 Em relação a si mesma.5 Casa (1 Timotéo 3. 4 OS OFICIAIS DA IGREJA A cabeça da Igreja é o Senhor Jesus Cristo.

sua boca. Além desse. O diaconato é exercido como ministério. pastores e mestres. honremos sempre essa organização. Eles visam à preparação da Igreja para o desempenho do seu ministério. Por isso. APLICAÇÃO  Você sabe qual é a sua função no Corpo de Cristo? Então desenvolva-a para a glória do Senhor. Ela precisa de você e você precisa dela. reconhece também o diaconato.1-13).3. EBD – PIB MUTUÁ – Classe Consolidação Professores: Nelson e Andréia CONCLUSÃO A Igreja é uma instituição muito importante no mundo.  Você. Oliveira Nome: __________________________ Aula/data: _______________________ . evangelistas.Em Efésios 4. Ela é o seu corpo e é através dela que Ele opera aqui na Terra. a Igreja. porque ela representa o Senhor Jesus. enquanto membro do corpo de Cristo. para proclamar o evangelho.11 Paulo relaciona cinco ministérios dados por Jesus a sua Igreja: Apóstolos. profetas. também pode haver diaconisas (1Tm.  Não deixe de congregar na sua própria igreja. é os seus pés. suas mãos.