Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro

Página 1 de 45

Módulo II – Aspectos
constitucionais e históricos
do Legislativo brasileiro

MÓDULO II – Aspectos constitucionais e
históricos do Legislativo brasileiro
Site:
Instituto Legislativo Brasileiro - ILB
Curso:
O Poder Legislativo - Turma 03
Livro:
Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro
Impresso por: Claudio Cunha de Oliveira
Data:
terça, 10 fevereiro 2015, 12:12

http://saberes.senado.leg.br/mod/book/tool/print/index.php?id=18465

10/02/2015

Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro

Página 2 de 45

Sumário
Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro
Unidade 1 – O Legislativo no Império
Pág. 2 - Voto Censitário
Pág. 3 - Conflitos
Pág. 4 - Constituição de 1824
Pág. 5 - Poder Legislativo
Pág. 6 - Eleições
Pág. 7 - Quem poderia ser eleito Deputado ou Senador
Pág. 8 - Domicílio Eleitoral
Pág. 9 - Curiosidade
Pág. 10 - Da Câmara dos Deputados e do Senado no Império
Pág. 11 - Curiosidade
Pág. 12 - Atenção
Pág. 13 - Para refletir
Unidade 2 – O Legislativo na República
Pág. 2 - Coronelismo
Pág. 3 - Congresso Nacional
Pág. 4 - Curiosidade
Pág. 5 - Para refletir
Pág. 6 - O Legislativo à luz da Constituição de 1934
Pág. 7 - Representação Classista
Pág. 8 - Curiosidade
Pág. 9 - Para refletir
Pág. 10 - O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1937
Pág. 11 - Parlamento Nacional
Pág. 12 - Preenchimento de vagas no Parlamento
Pág. 13 - Da Câmara dos Deputados
Pág. 14 - Do Conselho Federal
Pág. 15 - Iniciativa das Leis
Pág. 16 - Curiosidade
Pág. 17 - Para refletir
Pág. 18 - O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1946
Pág. 19 - Decoro Parlamentar
Pág. 20 - Condições de elegibilidade para o Congresso Nacional
Pág. 21 - Curiosidade
Pág. 22 - Para refletir
Pág. 23 - O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1967
Pág. 24 - Reuniões e Condições de elegibilidade
Página 25 - Reunião Conjunta
Pág. 26 - Da Câmara dos Deputados e do Senado Federal
Pág. 27 - Curiosidade
Pág. 28 - Para refletir
Exercícios de Fixação - Módulo II

http://saberes.senado.leg.br/mod/book/tool/print/index.php?id=18465

10/02/2015

Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro

Página 3 de 45

Módulo II – Aspectos constitucionais e
históricos do Legislativo brasileiro

http://saberes.senado.leg.br/mod/book/tool/print/index.php?id=18465

10/02/2015

Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro

Página 4 de 45

Unidade 1 – O Legislativo no Império

Em 1823, O Imperador D. Pedro I convoca a Assembleia Geral,
Constituinte e Legislativa do Império do Brasil, que se instala na
cidade do Rio de Janeiro.
Octaciano Nogueira, em seu livro O Poder Legislativo no Brasil (18211930), observou o seguinte sobre o processo eleitoral daquela época:
“As freguesias ou povoações indicavam compromissários que, reunidos nas

81 cabeças de Distrito em que foi dividido o Brasil (incluindo a Cisplatina), elegiam os
Deputados mediante o voto exarado em cédula escrita.”
Continua o autor:
“Os Deputados para a Assembleia Geral Constituinte e Legislativa do Reino do Brasil não
podem por ora ser menos de 100.”

http://saberes.senado.leg.br/mod/book/tool/print/index.php?id=18465

10/02/2015

era o que se chamava de voto censitário. (Fonte: História do Legislativo Brasileiro – Congresso Nacional.Voto Censitário Frisa-se que as províncias de Minas Gerais. foram responsáveis pela eleição de quase a metade dos Deputados naquele pleito: exatos 46 parlamentares. com a exceção da Suíça. http://saberes. Acontece que esta regra [do voto censitário] se originava em inspiração europeia: a Grã-Bretanha praticou o critério censitário nada menos que até 1918”.leg.senado. 2008). Brasília. À época. para se ter direito ao voto exigia-se das pessoas uma determinada renda mínima.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 5 de 45 Pág. (grifo nosso). que adotara o voto universal já em 1830. que caracterizava as eleições em toda a Europa. o Brasil só ter cento e cinquenta mil eleitores numa população de doze milhões de habitantes. em 1881. Bahia e Pernambuco. são oportunos os comentários do professor Vamireh Chacon: “Com o resultado de. 2 . juntas.php?id=18465 10/02/2015 . Volume IV.br/mod/book/tool/print/index. próximo da proclamação da República. Como reflexo do voto censitário.

Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 6 de 45 Pág. a Assembleia Constituinte foi dissolvida por Decreto do Imperador.br/mod/book/tool/print/index. que não previa a existência nem do Poder Moderador.Conflitos À época. cria-se um Conselho de Estado com o objetivo de elaborar novo Projeto de Constituição. Alguns meses depois. como se observa do próprio Projeto de Constituição engendrado pelo Parlamento. Pedro I outorga à Nação a primeira Constituição brasileira. nem tampouco do direito de dissolver a Câmara dos Deputados. 3 .php?id=18465 10/02/2015 . e. http://saberes. em seu lugar.leg. em 25 de março de 1824. Em 12 de novembro de 1823. são notórios os conflitos entre o monarca e a Assembleia Constituinte.senado. D. prerrogativas vislumbradas pelo Imperador.

leg.php?id=18465 10/02/2015 . exercido diretamente pelo Imperador. no Brasil. a estrutura de Poder existente naquela época estava fundamentada na concentração do poder nas mãos do Imperador. o Moderador. situava-se acima dos demais Poderes previstos na clássica tripartição de Montesquieu. sobremaneira. 4 . o Executivo e o Judicial. 10.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 7 de 45 Pág. O Poder Moderador.senado. de quatro poderes: o Legislativo. permitindo ao monarca interferir nos assuntos do Executivo e do Legislativo.Constituição de 1824 A Constituição de 1824 reconhecia.br/mod/book/tool/print/index. em seu art. E isso se refletia. Organograma da Constituição de 1824 O imperador reinava absoluto sobre os outros poderes do império Organização dos poderes segundo a Constituição de 1824 http://saberes. a existência. no perfil do Poder Legislativo que iria marcar todo o período de nossa história Imperial. Na verdade.

isto é.leg.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 8 de 45 Pág.br/mod/book/tool/print/index. constituído por duas Casas de Leis. constituída pela Câmara de Deputados e Câmara de Senadores (Senado).senado. em nível nacional. no Brasil.php?id=18465 10/02/2015 . temos que ele sempre foi. estabelecida já na Constituição de 1824. Prova disso é a previsão. de que o Poder Legislativo seria delegado à Assembleia Geral. 5 .Poder Legislativo Em relação ao Poder Legislativo. Temos então: Poder Legislativo Assembleia Geral Câmara de Deputados Câmara de Senadores (ou Senado) http://saberes. com a sanção do Imperador. bicameral.

e estes. os criados da Casa Imperial que não fossem de galão branco. · os criminosos pronunciados em querela ou devassa. e os administradores das fazendas rurais e fábricas).leg. E quem eram os eleitores de província? Todos aqueles que podiam votar nas Assembleias Paroquiais. · os criados de servir (em cuja classe não entram os guarda-livros e primeiros-caixeiros das casas de comércio. estavam aptos a eleger os deputados e senadores do Império. indústria.senado. comércio ou emprego. comércio ou emprego. · os religiosos e quaisquer que vivessem em comunidade claustral. os bacharéis formados e clérigos de Ordens Sacras). os oficiais militares maiores de 21 anos.php?id=18465 10/02/2015 . indústria. http://saberes. · os libertos. · os filhos de famílias que estivessem na companhia de seus pais (salvo se servissem ofícios públicos). E quem eram esses cidadãos ativos? Nas eleições primárias votavam: os cidadãos brasileiros no gozo de seus direitos políticos e os estrangeiros naturalizados que tivessem a renda líquida anual de 100 mil réis por bens de raiz.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 9 de 45 Pág. elegiam os Deputados e Senadores. 6 .Eleições Como funcionavam as eleições? Os cidadãos ativos reuniam-se nas Assembleias Paroquiais para elegerem os eleitores de Província. por sua vez. Eram excluídos de votar nas Assembleias Paroquiais: · os menores de 25 anos (salvo os casados. exceto: · os que não tivessem de renda líquida anual 200 mil réis por bens de raiz.br/mod/book/tool/print/index.

exceto: · os que não tivessem 400 mil réis de renda líquida anual.php?id=18465 10/02/2015 . capacidade e virtudes. 7 . Podia ser eleito Senador todo e qualquer eleitor de província que: · fosse cidadão brasileiro no gozo dos direitos políticos. · fosse pessoa de saber. de 800 mil réis.leg. · os estrangeiros naturalizados.senado. · tivesse a idade mínima de 40 anos.Quem poderia ser eleito Deputado ou Senador E quem poderia ser eleito Deputado ou Senador? Podia ser eleito Deputado todo e qualquer eleitor de província. comércio ou emprego. com preferência os que tivessem prestado serviços à Pátria.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 10 de 45 Pág. por bens. indústria. · tivesse rendimento anual.br/mod/book/tool/print/index. http://saberes. · os que não professassem a religião do Estado.

no Brasil. com a Abolição da Escravatura) uma imensa parcela da população brasileira estava alijada do processo eleitoral: os escravos. o Parlamento Imperial foi palco de inúmeros debates entre os abolicionistas e os defensores do sistema escravocrata. os cidadãos eram elegíveis em cada distrito eleitoral para o cargo de Deputado ou de Senador mesmo que ali não tivessem nascido ou fossem residentes ou domiciliados. 8 . um número determinado de anos de residência no Estado por onde o candidato deseja ser eleito. E. como condição de elegibilidade.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 11 de 45 Pág. A questão da Escravidão Se hoje em dia. só surge com a República. não podemos esquecer que durante o Império (até 1888.br/mod/book/tool/print/index.leg.senado. o voto é universal. http://saberes. exercido por cerca de 140 milhões de cidadãos. sem dúvida.Domicílio Eleitoral Domicílio Eleitoral No Império.php?id=18465 10/02/2015 . O princípio do domicílio eleitoral é regra que. quando a lei passa a impor.

Curiosidade http://saberes.leg. 9 .br/mod/book/tool/print/index.senado.php?id=18465 10/02/2015 .Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 12 de 45 Pág.

cada província tinha tantos Senadores.Da Câmara dos Deputados e do Senado no Império Da Câmara dos Deputados no Império À Câmara Dos Deputados. eletiva e temporária. como preceito constitucional até a proclamação da República. Do Senado no Império Conforme a Constituição. quando se vagava o cargo de Senador realizava-se nova eleição. Além disso. independentemente da regra acima. Volume I.php?id=18465 10/02/2015 . cabia a ela apresentar acusação contra ministros e conselheiros de Estado.” (Constituições Brasileiras – 1824. o número de Senadores se restringiria à metade do número imediatamente menor. reforma da Constituição. Octaciano Nogueira). oportuno o seguinte comentário: “A vitaliciedade do Senado foi sempre. Diferentemente de hoje em dia. isto é. 10 .br/mod/book/tool/print/index. objeto de ampla e permanente contestação dos liberais. cabia a iniciativa privativa sobre impostos. todos vitalícios. uma província que tivesse 11 Deputados. com o Imperador escolhendo o terço na totalidade da lista. mas em listas tríplices.senado. discussão das propostas feitas pelo Poder Executivo e escolha da nova Dinastia no caso de extinção da existente. elegeria 5 Senadores. não havia a figura do Suplente de Senador. tendo permanecido. A província que elegesse apena um Deputado tinha garantida a eleição de um Senador.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 13 de 45 Pág. As eleições eram feitas da mesma maneira que as eleições para Deputados. Hoje http://saberes. em que cada Senador é eleito com 2 suplentes. Sobre essa questão da vitaliciedade senatorial.leg. desde 1831. no entanto. Se o número de Deputados da Província fosse impar. Como exemplo. quantos fossem a metade de seus respectivos deputados.

seja durante o primeiro reinado. Ministros de Estado. adaptando-se às especificidades de cada um de seus períodos. o Poder Legislativo exerceu – além da típica função legislativa – um papel político fundamental. · No Império. 11 . Conselheiros de Estado e Senadores.senado.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 14 de 45 Pág. http://saberes.Curiosidade Algumas atribuições exclusivas do Senado durante o Império: · Conhecer dos delitos individuais cometidos pelos membros da Família Imperial.php?id=18465 10/02/2015 . e dos delitos dos Deputados durante o período da Legislatura.leg.br/mod/book/tool/print/index. na fase da regência ou mesmo no decorrer do longo reinado de Dom Pedro II. Convocar a Assembleia Geral no caso de morte do Imperador para a eleição da Regência.

O direito de voto foi estendido aos não-católicos. daquele ano em diante só poderiam votar as pessoas que soubessem ler e escrever. em janeiro de 1881. isto é. a partir de 1882. (.br/mod/book/tool/print/index.php?id=18465 10/02/2015 .. Manteve-se a exigência de um nível mínimo de renda – o censo econômico – e introduziu-se claramente. aos brasileiros naturalizados e aos libertos. oportuno o comentário do historiador Boris Fausto. acabando assim com a distinção restritiva entre votantes e eleitores.Atenção Nesse sentido. uma das medidas mais importantes do Império na década de 1880 foi a aprovação de uma reforma eleitoral conhecida como Lei Saraiva. em sua obra História do Brasil: “Afora a abolição da escravatura. eram agora eleitores. as pessoas em condições de votar.) A reforma eleitoral estabeleceu o voto direto para as eleições legislativas..” http://saberes.senado.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 15 de 45 Pág. Todos.leg. isto é. o censo literário. 12 .

br/mod/book/tool/print/index.senado. 13 .leg.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 16 de 45 Pág.php?id=18465 10/02/2015 .Para refletir http://saberes.

haja vista a lógica republicana ter como fundamento a ideia de que o poder tem como legítimo titular o povo. escolhe os seus representantes. que. http://saberes.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 17 de 45 Unidade 2 – O Legislativo na República O Parlamento à luz da Constituição de 1891 Com a Proclamação da República.senado. Já não fazia sentido a existência de um Poder Moderador.br/mod/book/tool/print/index. o Brasil ganha. em 1891. O sistema eleitoral sofre modificações substanciais. sobreposto aos demais Poderes do Estado.leg. direta ou indiretamente. marca registrada da nossa fase Imperial. uma nova Constituição.php?id=18465 10/02/2015 .

) o coronelismo é sobretudo um compromisso. Coronelismo.. Foi o período do fenômeno do “coronelismo” e do “voto de cabresto”. notadamente.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 18 de 45 Pág. As primeiras décadas de nossa República caracterizaram-se pela concentração do poder nas mãos de uma elite que comandava e orientava o voto da grande massa da população brasileira. 2 . uma troca de proveitos entre o poder público.. precisamos relativizar a perspectiva desse poder popular.br/mod/book/tool/print/index..Coronelismo Evidentemente. http://saberes.concebemos o coronelismo como resultado da superposição de formas desenvolvidas do regime representativo a uma estrutura econômica e social inadequada. Enxada e Voto – o Município e o Regime Representativo no Brasil).php?id=18465 10/02/2015 . (.. O conceito de “coronelismo” foi construído pelo saudoso professor Victor Nunes Leal: “.senado. dos senhores de terras.leg. progressivamente fortalecido. e a decadente influência social dos chefes locais.” (retirado da obra de Victor Nunes Leal.

3 . Uma peculiaridade interessante nessa questão é de que a faculdade de prorrogar as sessões legislativas era algo facultado apenas ao próprio Parlamento.br/mod/book/tool/print/index. ainda.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 19 de 45 Pág.Congresso Nacional Agrega-se. Foi com a República que se consagrou a expressão Congresso Nacional para denominar a reunião conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. A mudança de regime político não alterou o formato bicameral de nosso Parlamento.php?id=18465 10/02/2015 .leg. A Constituição de 1891 estabelecia que o Poder Legislativo fosse exercido pelo Congresso Nacional. a questão de que o nosso colégio eleitoral era extremamente reduzido (não votavam as mulheres e os analfabetos. em 3 de maio de cada ano. este composto de dois ramos: a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. diferentemente da fase Imperial. funcionando por 4 meses. O Congresso Nacional se reunia.senado. podendo esse prazo prorrogado. seja na Republicana. o princípio do bicameralismo é marca registrada de nossa história política seja na fase Imperial. em que essa prerrogativa era exclusividade do Poder Executivo. De fato. http://saberes. se necessário. adiado ou haver convocação extraordinária. por exemplo). independentemente de convocação.

leg. Da Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados era composta de representantes do povo eleitos pelos Estados e pelo Distrito Federal. se não tiver lugar ou malograr-se o recurso do arbitramento.Estar na posse dos direitos de cidadão brasileiro e ser alistado como eleitor.br/mod/book/tool/print/index. Naquela época. Orçar a receita. . http://saberes.php?id=18465 10/02/2015 . Criar e suprimir empregos públicos federais. 4 . garantindo-se a representação da minoria.Curiosidade Condições de elegibilidade para o Congresso Nacional . fixar-lhes as atribuições.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 20 de 45 Pág.Para o Senado Federal era necessário ter mais de 35 anos de idade. O número de Deputados era fixado por lei em proporção que não excedia de um por 70 mil habitantes.Para a Câmara. fixar a despesa federal anualmente e tomar as contas da receita e despesa de cada exercício financeiro. Algumas das atribuições privativas do Congresso Nacional segundo a Constituição de 1891 Autorizar o Poder Executivo a contrair empréstimos e a fazer operações de crédito. o Vice-Presidente da República ocupava o cargo de Presidente do Senado. Do Senado Federal A Constituição de 1891 estabeleceu em 3 o número de Senadores por Estado e pelo Distrito Federal. a ele só era dado o direito de voto de qualidade (desempate). estipular-lhes os vencimentos. Mudar a capital da União. O mandato dos Senadores eleitos durava 9 anos e a renovação do Senado ocorria pelo terço trienalmente. mediante o sufrágio direto. e a fazer a paz. . ser cidadão brasileiro há mais de 4 anos e para o Senado Federal há mais de 6 anos. Autorizar o governo a declarar guerra. não devendo esse número ser inferior a 4 por Estado. todos eleitos pelo mesmo processo da eleição dos Deputados.senado. Entretanto.

leg. 5 .Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 21 de 45 Pág.php?id=18465 10/02/2015 .br/mod/book/tool/print/index.Para refletir http://saberes.senado.

O Legislativo à luz da Constituição de 1934 O Legislativo à luz da Constituição de 1934 Com a Revolução de 1930 e o fim da República Velha.senado. principalmente. A estrutura legal herdada da República Velha já não mais correspondia aos anseios do povo e. igual e direto. que a Câmara dos Deputados fosse composta de representantes do povo.php?id=18465 10/02/2015 . A Lei Maior previa. Esse período da história parlamentar brasileira restringe o papel exercido pela Casa Alta – O Senado Federal – ao determinar. ainda. 6 . chega ao Poder Getúlio Vargas. que o Poder Legislativo fosse exercido pela Câmara dos Deputados com a colaboração do Senado Federal. representante de novos atores políticos.br/mod/book/tool/print/index. e de representantes eleitos pelas organizações profissionais na forma que a lei indicasse.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 22 de 45 Pág. eleitos mediante o sistema proporcional e sufrágio universal. http://saberes.leg. das novas elites políticas. conforme a CF/1934.

leg.Representação Classista De fato. de empregados e de empregadores. 2 – indústria. de um por 250 mil habitantes. indivíduos eleitos por sindicatos de empregados e de empregadores. sendo que os representantes das profissões deveriam. Os representantes das profissões. ainda. para as três primeiras categorias.php?id=18465 10/02/2015 . Condições de elegibilidade Eram elegíveis para a Câmara dos Deputados os brasileiros natos. e deste limite para cima. em total equivalente a um quinto da representação popular. e 4 – profissões liberais e funcionários públicos.br/mod/book/tool/print/index. essa é a grande novidade em nosso Legislativo: a existência da representação classista. O número total de Deputados era calculado da seguinte maneira: o de deputados representantes do povo era calculado proporcionalmente à população de cada Estado e do Distrito Federal. 3 – comércio e transportes. na forma de lei ordinária. isto é. alistados eleitores e maiores de 25 anos. Frisa-se que os Deputados representantes das profissões eram eleitos. Essa representação profissional deveria garantir a representação igual. não podendo exceder de um por 150 mil habitantes até o máximo de vinte. 7 . por sufrágio indireto de associações profissionais que representassem as seguintes divisões: 1 – lavoura e pecuária. pertencer a uma associação compreendida na classe e grupo que os elegessem.senado. http://saberes.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 23 de 45 Pág.

leg.França (1945).Portugal (1931).senado. . as mulheres brasileiras obtiveram o direito ao voto. A inclusão dessa grande parcela da população representou a eliminação dos obstáculos existentes à universalização do voto. O direito ao voto feminino em alguns países do mundo: . que conquistaram esse direito com a Constituição de 1988. . fixar-lhes e alterar-lhes os vencim entos sempre por lei especial. e .Estados Unidos (1920). http://saberes.br/mod/book/tool/print/index. A grande barreira que persistiu foi a proibição do voto aos analfabetos.Grã-Bretanha (1928). Extensão do direito do voto às mulheres Com o Código Eleitoral de 1932. 8 . · Legislar sobre todas as matérias de competência da União. ·Criar e extinguir empregos públicos federais.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 24 de 45 Pág.php?id=18465 10/02/2015 . .Curiosidade Atribuições privativas do Poder Legislativo · Votar anualmente o orçamento da receita e da despesa.Suíça (1971).

Para refletir http://saberes.leg. 9 .php?id=18465 10/02/2015 .senado.br/mod/book/tool/print/index.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 25 de 45 Pág.

A Constituição de 1937 estabelecia. em seu art.php?id=18465 10/02/2015 .O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1937 O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1937 Em 1937. http://saberes. 10 . Getúlio Vargas rompe com os princípios democráticos e instaura o período conhecido na história como Estado Novo.leg. O Parlamento Nacional colaboraria com pareceres nas matérias da sua competência consultiva. e o Presidente da República colaboraria com a iniciativa e sanção dos projetos de lei e promulgação dos decretos-leis autorizados pela própria Constituição.br/mod/book/tool/print/index. que o Poder Legislativo seria exercido pelo Parlamento Nacional com a colaboração do Conselho da Economia Nacional e do Presidente da República.senado. 38.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 26 de 45 Pág.

o Parlamento Nacional seria composto por duas câmaras: a Câmara dos Deputados e o Conselho Federal.leg. 11 . De fato. Mas os mais jovens poderiam pensar que essa “história” de Decreto-Lei é algo do passado.Parlamento Nacional Por sua vez.br/mod/book/tool/print/index. debatidas e votadas pelo órgão mais democrático de uma sociedade moderna: o Legislativo) são frutos de uma vontade não democrática.php?id=18465 10/02/2015 . infelizmente.848/1940. Cada Legislatura duraria 4 anos. Consolidação das Leis do Trabalho – CLT: Decreto-Lei nº. na prática. transferiu todo o Poder Legislativo ao então Presidente da República.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 27 de 45 Pág. Vivemos em um “mundo jurídico” em que algumas imposições legais (isto é.452/1943. da década de 1930. leis que não foram devidamente elaboradas. que o exercia por meio de Decretos-Lei. e a sobrevivência de legislações antigas confirma isso. http://saberes. adiamento ou convocação extraordinária somente se daria por iniciativa do Presidente da República. não é? Não é assim. o Parlamento Nacional se reuniria na Capital Federal na data de 3 de maio e funcionaria por 4 meses. Anualmente.senado. Getúlio Vargas. esse período de nossa história parlamentar. 5. Qualquer prorrogação. Exemplo: Código Penal: Decreto-Lei nº 2. algo que não nos afeta mais.

que em caso de manifestação contrária à existência ou independência da Nação ou incitamento à subversão violenta da ordem pública ou social. declarar vago o lugar do Deputado ou membro do Conselho Federal.Preenchimento de vagas no Parlamento As vagas que surgissem seriam preenchidas por eleição suplementar (no caso da Câmara dos Deputados) e por eleição ou nomeação. A Constituição de 1937 previa. autor da manifestação ou incitamento.leg. poderia qualquer das duas Casas. http://saberes.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 28 de 45 Pág. conforme o caso (em se tratando do Conselho Federal). por maioria de votos.php?id=18465 10/02/2015 . 12 . ainda.senado.br/mod/book/tool/print/index.

senado. e.Da Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados seria composta de representantes do povo.php?id=18465 10/02/2015 . Essa Constituição estabelecia. Os eleitores eram os vereadores das Câmaras Municipais. 13 . que o número de Deputados por Estado deveria ser proporcional à população e fixado por lei. http://saberes. eleitos mediante sufrágio indireto.br/mod/book/tool/print/index. ainda. não podendo ser superior a 10 nem inferior a 3 por Estado. 10 cidadãos eleitos por sufrágio direto no mesmo ato da eleição da Câmara Municipal.leg. em cada município.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 29 de 45 Pág.

por espaço nunca menor de 4 anos.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 30 de 45 Pág. o Governador do Estado poderia vetar o nome escolhido e. com mandatos de 6 anos. Cada Estado elegeria seu representante por meio de sua Assembleia Legislativa.Do Conselho Federal O Conselho Federal era composto de representantes.br/mod/book/tool/print/index. Frisa-se. ainda. http://saberes.senado. dos Estados e de 10 membros nomeados pelo Presidente da República. que o Conselho Federal era presidido por um Ministro de Estado. cargo de governo na União ou nos Estados. só seria definitivamente eleito se confirmada sua eleição por dois terços de votos da totalidade dos membros da Assembleia. designado pelo Presidente da República. alistado eleitor e que houvesse exercido.leg. Para ser eleito representante dos Estados era necessário ser brasileiro nato maior de 35 anos.php?id=18465 10/02/2015 . neste caso. Entretanto. 14 .

Ademais. ao Governo. não seriam admitidos como objeto de deliberação projetos ou emendas de iniciativa de qualquer das Câmaras que versassem sobre matéria tributária ou que resultassem aumento de despesa.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 31 de 45 Pág. 15 .leg.br/mod/book/tool/print/index. Qualquer projeto iniciado em uma das Câmaras teria suspenso o seu andamento se o Governo comunicasse o seu propósito de apresentar projeto que regulasse o mesmo assunto. em todo caso.senado. a nenhum membro de qualquer das Câmaras caberia a iniciativa de projetos de lei.php?id=18465 10/02/2015 .Iniciativa das Leis A Constituição de 1937 previa em seu art. 64 que a iniciativa dos projetos de lei cabia. Além disso. http://saberes. Essa iniciativa só poderia ser tomada por um terço de Deputados ou de membros do Conselho Federal. em princípio.

Curiosidade http://saberes.senado.leg.php?id=18465 10/02/2015 .br/mod/book/tool/print/index.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 32 de 45 Pág. 16 .

Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 33 de 45 Pág.leg. 17 .senado.php?id=18465 10/02/2015 .Para refletir http://saberes.br/mod/book/tool/print/index.

o direito e a obrigação de votar foram conferidos aos brasileiros alfabetizados. assim.” http://saberes. torna-se necessária a elaboração de uma Constituição que refletisse esse novo período: cria-se.br/mod/book/tool/print/index. 18 . Sobre essa Constituição.leg.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 34 de 45 Pág. comenta que: “No capítulo referente à cidadania. o historiador Boris Fausto. a Constituição de 1946.senado. a igualdade entre homens e mulheres. Completou-se assim. A Constituição de 1934 determinava a obrigatoriedade do voto apenas para as mulheres que exercessem função pública remunerada. Essa Constituição devolveu as prerrogativas inerentes ao Poder Legislativo. na obra História do Brasil. maiores de dezoito anos. em seu artigo 37.O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1946 O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1946 Com a queda de Getúlio Vargas e o processo de redemocratização do país. no plano dos direitos políticos. que esse Poder fosse exercido pelo Congresso Nacional. de ambos os sexos. ao estabelecer.php?id=18465 10/02/2015 . composto pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

frisa-se que até então as constituições brasileiras não previam a punição dos parlamentares indisciplinados ou de procedimento incompatível com as suas funções. Aliomar Baleeiro e Barbosa Lima Sobrinho apontam. Barreto Pinto. disponível na Biblioteca deste curso.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 35 de 45 Pág. especificamente considerando os aspectos éticos. em 'Textos complementares'.php?id=18465 10/02/2015 . que já na primeira Legislatura desse período de redemocratização esse comando constitucional foi aplicado: “Essa pena extrema foi aplicada. além de criar repetidos incidentes no curso dos debates.Decoro Parlamentar Em relação ao Poder Legislativo. A Constituição de 1946 previa que perderia o mandato. sugerimos a leitura do texto 'Para um modelo das relações entre eticidade universalista e sociedade política democrática no Brasil'. que permitia a jornais e revistas fotografá-lo de casaca e cuecas com uma garrafa de champanhe sob o chuveiro. do Professor Eurico Gonzales Cursino dos Santos. por 2/3 dos votos. na obra Constituições Brasileiras – 1946.senado.br/mod/book/tool/print/index.leg.” Para você se aprofundar nas relações entre participação e representação políticas. ao Deputado E. o Deputado ou Senador cujo procedimento fosse reputado incompatível com o decoro parlamentar. http://saberes. logo na primeira legislatura. 19 .

Sobre esse período. o cientista político Gláucio Ary Dillon Soares. expõe que: “A evolução do sistema político baseado na extensão da cidadania pode ser aquilatada a partir do crescimento da própria participação eleitoral. ·Ser maior de 35 anos (para o Senado Federal).Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 36 de 45 Pág. em sua paradigmática obra Sociedade e Política no Brasil. ·Ser maior de 21 anos (para a Câmara dos Deputados). com o Congresso Nacional reunindo-se por um período maior de tempo no decorrer do ano: de 15 de março até 15 de dezembro de cada ano. um aumento de 400% sobre 1933-1934.senado. · Estar no exercício dos direitos políticos. a União Democrática Nacional (UDN) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).php?id=18465 10/02/2015 . 20 . com programas ideológicos definidos que expressavam as diversas correntes de opinião existentes naquela época.leg.Condições de elegibilidade para o Congresso Nacional ·Ser brasileiro. Esta evolução apersentou um grande salto quantitativo do período 1910 (quando tivemos a primeira eleição presidencial competitiva) para as eleições de 33-34 quando. a relação votantes/população supera os 5% e outro grande salto em 1945. quando votam mais de 6 milhões de eleitores. pela primeira vez. Nessa fase surgem os primeiros partidos políticos nacionais. 3 deles dominaram o cenário político: o Partido Social Democrático (PSD).” http://saberes.br/mod/book/tool/print/index. Embora no período 1945/1964 tenha existindo mais de uma dúzia de partidos políticos. Inicia-se uma nova fase para o Parlamento.

Senado Federal O Senado Federal era composto de representantes dos Estados e do Distrito Federal. onde só teria voto de qualidade. caberia ao Presidente da República e a qualquer membro ou comissão da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 37 de 45 Pág. Câmara dos Deputados Era composta de representantes do povo eleitos segundo o sistema de representação proporcional pelos Estados. que o Poder Legislativo fosse exercido pelo Congresso Nacional.senado. http://saberes. ressalvados os casos de competência exclusiva. por um e por dois terços. em proporção que não excedesse um para cada 150 mil habitantes até 20 Deputados. O número de Deputados seria fixado por lei. composto da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.Curiosidade Poder Legislativo A CF/1946 determinava.leg. 21 . 37.php?id=18465 10/02/2015 . e.br/mod/book/tool/print/index. além desse limite. Iniciativa das Leis O artigo 67 da Constituição de 1946 estabelecia que a iniciativa das leis. em seu art. O Senador seria substituído ou sucedido pelo suplente com ele eleito. eleitos segundo o princípio majoritário. pelo Distrito Federal e pelos Territórios. A representação de cada Estado e a do Distrito Federal renovar-se-ia de 4 em 4 anos. O número mínimo de Deputados por Estado e pelo Distrito Federal era de 7 parlamentares. Cada Estado e o Distrito Federal elegiam 3 Senadores para mandato de 8 anos. um para cada 250 mil habitantes. O Vice-Presidente da República exercia a função de Presidente do Senado Federal. alternadamente.

php?id=18465 10/02/2015 . 22 .Para refletir http://saberes.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 38 de 45 Pág.br/mod/book/tool/print/index.senado.leg.

23 .php?id=18465 10/02/2015 .O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1967 O Poder Legislativo à luz da Constituição de 1967 Com o Golpe militar de 1964.br/mod/book/tool/print/index. Nesse período de exceção. por motivo de saúde.senado. tivemos um refluxo em nossa história democrática. feita sem a aprovação de uma assembleia constituinte. Essa Constituição foi substancialmente modificada em 1969 por meio de um decreto-lei baixado pela junta militar que governou durante o impedimento. http://saberes.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 39 de 45 Pág.leg. os militares outorgam ao povo brasileiro a Constituição de 1967. do então presidente General Costa e Silva.

php?id=18465 10/02/2015 . anualmente. composto da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Condições de elegibilidade · Ser brasileiro nato. No caso das reuniões extraordinárias. http://saberes. · Ser maior de 21 anos para a Câmara dos Deputados e 35 anos para o Senado. 24 . As reuniões do Congresso Nacional eram marcadas para ocorrerem.br/mod/book/tool/print/index. a convocação poderia ser feita por um terço dos membros de qualquer de suas Câmaras ou pelo Presidente da República. de 1º de março a 30 de junho e de 1º agosto a 30 de novembro.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 40 de 45 Pág.leg. · Estar no exercício dos direitos políticos.Reuniões e Condições de elegibilidade CF/67 determinava que o Poder Legislativo fosse exercido pelo Congresso Nacional. na Capital da União.senado.

· deliberar sobre veto.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 41 de 45 Página 25 .php?id=18465 10/02/2015 . O art. 33 da CF/64 estabelecia que. http://saberes. as deliberações de cada Câmara serão tomadas por maioria de votos. · atender aos demais casos previstos naquela Constituição. · elaborar o Regimento Comum. salvo disposição constitucional em contrário.Reunião Conjunta A CF/1964 previa que a Câmara dos Deputados e o Senado Federal se reunissem em sessão conjunta para: · inaugurar a sessão legislativa. · receber o compromisso do Presidente e do Vice-Presidente da República.br/mod/book/tool/print/index.leg. presente a maioria de seus membros.senado.

leg. eleitos por voto direto e secreto. segundo o princípio majoritário.Da Câmara dos Deputados e do Senado Federal Da Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados era composta por representantes do povo. eleitos pelo voto direto e secreto.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 42 de 45 Pág. renovando-se a representação de 4 em 4 anos. com mandato de 8 anos.senado. em cada Estado e Território. Cabia privativamente à Câmara dos Deputados declarar. havendo conexão. 26 . a procedência de acusação contra o Presidente da República e os Ministros de Estado. Competia privativamente ao Senado Federal julgar o Presidente da República e os Ministros de Estado. por um e por dois terços. Do Senado Federal O Senado Federal era composto de representantes dos Estados. por 2/3 dos seus membros.br/mod/book/tool/print/index. http://saberes.php?id=18465 10/02/2015 . Cada Estado elegia 3 Senadores. nos crimes de responsabilidade. alternadamente.

diga-se de passagem. uma “oposição consentida”. e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). que agrupava as correntes de oposição .leg. de base governista.br/mod/book/tool/print/index. http://saberes. 27 .Curiosidade O Legislativo no âmbito da ditadura militar Esse período da história nacional foi marcado pela existência de duas agremiações políticas que atuavam no Parlamento: a Aliança Renovadora Nacional (ARENA).senado.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 43 de 45 Pág.php?id=18465 10/02/2015 .

senado.br/mod/book/tool/print/index.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 44 de 45 Pág.leg.php?id=18465 10/02/2015 . 28 .Para refletir http://saberes.

Lembramos ainda que a plataforma de ensino faz a correção imediata das suas respostas! Para ter acesso aos Exercícios de Fixação.Módulo II – Aspectos constitucionais e históricos do Legislativo brasileiro Página 45 de 45 Exercícios de Fixação . Como parte do processo de aprendizagem.senado. mas servirá como oportunidade de avaliar o seu domínio do conteúdo.php?id=18465 10/02/2015 .leg. O resultado não influenciará na sua nota final. clique aqui. sugerimos que você faça uma releitura do mesmo e resolva os Exercícios de Fixação.br/mod/book/tool/print/index.Módulo II Parabéns! Você chegou ao final do Módulo II do curso O Poder Legislativo. http://saberes.