Encontro de Formação

De Professores

LANTEC
2015

Encontro de Formação de
Professores e Tutores
LANTEC/UFSC
Florianópolis/SC
fevereiro, 2015

Encontro de Formação
De Professores

LANTEC
2015

Objetos Educacionais Virtuais:
Critérios de avaliação e uso
no ensino de Ciências
Jailson Alves
Professor do Instituto de Química - UFBA
Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências
Doutorando em Ensino, Filosofia e História das Ciências
PPGEFHC - UFBA/UEFS

Encontro de Formação
De Professores

LANTEC
2015

Professor das disciplinas História da Química; História e
Epistemologia da Química; O professor e o Ensino de Química; e
Química Geral (Física e Engenharias).
Coordenador do Programa de Qualificação Docente e Ensino de
Língua Portuguesa em Timor-Leste (2008-2009)
Coordenador do Procapes/Timor-Leste (2008)
Professor Convidado da UNTL (2007-2008)
Professor Formador do Profep-Timor (2005-2009)
Assessor de Informática e Automação – PMI (2001-2005)

” (Marshall Berman.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 “Tudo que é sólido desmancha no ar. citando Karl Marx) Mas também permanecer. tudo que é sólido tenta .

no trabalho. ou seja.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Para que servem a sala de aula. computador e Internet se não forem capazes de nos transportarem para além deles. nas nossas vidas e experiências? Sandra Mara Silva Brignol . para o dia a dia na sociedade.

desenho e uso (critérios internos de avaliação) Ensino e Aprendizagem (critérios externos de avaliação) LANTEC 2015 .Encontro de Formação De Professores Usabilidade .

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 É consenso entre vários autores a necessidade e a importância da avaliação de OA. . os professores devem dedicar especial atenção na avaliação dos mesmos. Para melhor aproveitamento de OA nas práticas pedagógicas. Dentre eles. que trazem discussão sobre a avaliação de objetos de aprendizagem. Boff & Reategui (2005). Souza et al (2007) e Romero et al (2009).

Requisitos de acessibilidade e navegabilidade – onde estará disponível.Configuração e portabilidade. .) .Consistência com a conteúdo teórico abordado. ajuda etc. .livre acesso a todos os tópicos.Consistência com a teoria de aprendizagem adotada.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios internos de avaliação de um OEV Adequação aos objetivos educacionais.Liberdade à navegabilidade .Qualidade e presença de recursos (de impressão. . . qual o grau de intuitividade. . como se navega e o grau de redundância. .

Capacidade de geração de dados. .Encontro de Formação De Professores Critérios internos de avaliação de um OEV . .Facilidade de instalação. customização e desinstalação.Ausência de erros de programação e conteúdo. .Consistência no uso dos módulos.Expansibilidade. . LANTEC 2015 .Qualidade da documentação.Integração com outros softwares. . .

. .Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios internos de avaliação de um OEV . tamanhos). fontes.Geração de relatórios. . . .Adequação do vocabulário.Confiabilidade (tolerância a falhas).Interface com o usuário (distribuição dos elementos.Tempo de resposta ao aluno / desempenho.Resistência a respostas inadequadas. . cores.Controle de sequência do programa. .

Encontro de Formação De Professores Nossa pesquisa LANTEC 2015 .

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Aspectos da educação que devem estar presentes independente do suporte l l Aspectos filosóficos (por exemplo Marx e Luckacs . Wertsch. Pierce).fundamentos epistemológicos/psicológicos da aprendizagem). Aspectos da Semiótica/linguagem (Bakhtin.razão instrumental) Aspectos psicológicos (Vigotsky . e l Teoria de Aprendizagem .

(.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Como avaliar criticamente as TIC. → Epistemológicos – quais as ideias de evolução da ciência veicula? – que novas formas de experimentação podem trazer? → Cognitivos – de qual/quais teoria/s de aprendizagem estamos falando? → Pedagógico – a quem pode interessar/destinar-se esse objeto (veiculado nesse suporte)? → Didático – quais formas de representação (gráficos. etc) → Conceituais – adequação entre o suporte. mapas conceituais..) .. teoria e o modelo que é apresentado. considerando seu uso para o Ensino e a A Alguns critérios externalistas a serem considerados na avaliação das TIC → Ontológicos – relação entre o veiculado no suporte e o ente referenciado.

com LANTEC 2015 .Encontro de Formação De Professores Objetos Educacionais Virtuais: critérios de avaliação e uso Autores: Jailson A. dos Santos* (PG) Nelson Rui Ribas Bejarano (PQ) Marcelo Leandro Eichler (PQ) * Professor do Instituto de Química/UFBa Doutorando do PPGEFHC Email: jaialves98@hotmail.

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Para quem falamos? O que fizemos? O que temos a falar? .

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Para quem falamos? Professores que usam OEV em contexto de ensino e aprendizagem .

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Quais os objetivos de introdução das TIC no ensino de Química? → Como utilizar as TIC. considerando seu uso em um contexto de Ensino e de Aprendizagem? . os que avaliam os livros didáticos)? Em outras palavras: como avaliar criticamente os OEV. avaliando-as de acordo com os critérios de adequados e bem estabelecidos (como por exemplo.

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 É consenso entre vários autores a necessidade e a importância da avaliação de OEV. os professores devem dedicar especial atenção na avaliação dos mesmos. Para melhor aproveitamento de OEV nas práticas pedagógicas. Dentre eles. . que trazem discussão sobre a avaliação de objetos de aprendizagem. Boff & Reategui (2005). Souza et al (2007) e Romero et al (2009).

Encontro de Formação De Professores Critérios de usabilidade (desenho e uso) (critérios internos de avaliação) Critérios de Ensino e Aprendizagem (critérios externos de avaliação) LANTEC 2015 .

LANTEC 2015 . conteúdos claros e corretos. e gerenciamento de erros. presença de elementos motivacionais.Encontro de Formação De Professores Os dois universos da qualidade dos OEV: Usabilidade e Aprendizagem Usabilidade (critérios) facilidade de uso.

Encontro de Formação De Professores Classificação Apresentação Simulação Prático Modelo Conceitual Informação (Sá e Eichler. 2010) LANTEC 2015 .

Encontro de Formação De Professores O que fizemos? LANTEC 2015 .

Testamos os OEV com base nos critérios de avaliação estabelecidos. Selecionamos alguns OEV disponíveis em repositórios de livre acesso. .Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Estabelecemos os critérios de avaliação dos OEV.

etc)? adequação cognitiva . gráficos. etc)? adequação pedagógica Possui parâmetros ajustáveis? adequação conjuntural interna Apresentam diferentes formas de apresentação dos dados (tabelas. profissionalizante.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios: Apresentam aderência a uma corrente epistemológica? adequação epistemológica Podem ser usado em um ou vários contextos educacionais (por exemplo: EJA.

exibe e possibilita a confecção por parte do aluno mapas conceituais? .Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios: Apresenta adequadamente a teoria e o modelo adotado? adequação (coerência com) conceitual Os exercícios propostos no objeto estão adequadas ao nível do mesmo? adequação didática Apresenta textos adicionais (históricos. por exemplo. por exemplo) que convidem os usuários a ampliarem o conhecimento do conteúdo tratado? adequação contextual Possibilita a consolidação do conhecimento em oposição à fragmentação.

principalmente aqueles do tipo apresentação. como vídeos. assim.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios: adequação epistemológica Estamos querendo dizer que em alguns objetos. . será preciso que o professor perceba no objeto a vinculação a uma corrente epistemológica. podem veicular diferentes pontos de vistas sobre o desenvolvimento da ciência.

pressão. ao serem manipulados os parâmetros do sistema (temperatura. os valores devem simultaneamente sofrer ajustes. por exemplo). possuem uma relação de dependência de estruturas submicroscópicas.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Critérios: adequação semiótica tratar e expor o conteúdo em diferentes níveis representacionais e. Além disso. mostrar dados em gráficos e equações ajudam no entendimento do fenômeno. . para que o aluno perceba que os fenômenos químicos tratados. quando visualizados macroscopicamente.

os conceitos veiculados.Apresentação Foram analisados a sua estrutura. foram selecionados 4 OEV: Açúcar e Sal em solução aquosa (Phet) .Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Metodologia Para o trabalho de avaliação dos objetos. .modelo conceitual/simulação Evolução dos modelos atômicos (Educa Bahia) .simulação Propriedades dos gases (Phet) . os conteúdos químicos abordados.simulação Pilha de Daniel (Portal do Professor) . e demais aspectos que são necessários para avaliar segundo os critérios apresentados.

por exemplo. ignorando. e parte de uma concepção de evolução da ciência linear. dentre outras teses epistemológicas. os conceitos narrados são equivocados.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Resultados Para o OEV de apresentação “Evolução dos modelos atômicos” do canal (Educa Bahia). . o modelo de evolução por mudança de paradigma defendido por Kuhn (2005). percebe-se que. utilizado para descrever aspectos da evolução dos modelos atômicos e estrutura da matéria. apesar do uso de recursos gráficos computacionais.

Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 .

XVII ENEQ Encontro Nacional de Ensino de Química Ouro Preto 2014 .

que é a promoção de aprendizagem significativa dos conceitos científicos. certamente. na medida em que as TIC estão sendo incorporadas. na modalidade não presencial. quase nenhum deles pode ser utilizado sem a complementação de outros recursos. através dos OEV.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Conclusão não tão conclusiva assim Mesmo que alguns OEV tenham um desenho adequado e veiculem conceitos corretos. como o próprio livro didático e. possam ser utilizados e reutilizados em ambientes virtuais. mas certamente ganhará corpo. . não é possível o seu uso sem a mediação do professor. Essa discussão ainda não é consenso na comunidade. e que seja sentida a necessidade de submeter os recursos didáticos aos mesmos critérios de seleção e avaliação de outros recursos para que cumpram os seus objetivos. ao cotidiano da sala de aula. ainda que em geral.

Ed. PA. A Estrutura das Revoluções Científicas. 2011. Hershey.Encontro de Formação De Professores LANTEC 2015 Algumas referências: GOMES. S. . 2005. Programa de Pós-Graduação em Computação – UFRGS. P. Susan. 472-505. Dissertação de Mestrado. São Paulo. 2003 Use and Abuse of Reusable Learning Objects. R.pdf. EICHLER. Mike. 2.com. USA REEVES. SOSTERIC. Acesso em 20 outubro. 9ª ed. HARMON. In: Multimedia Computing: Preparing for the 21st Century. L. Perspectiva.irrodl. University of Arizona. Disponível em: <http://www. When is a Learning Object not an Object: A first step towards a theory of learning objects. Systematic evaluation for interactive multimedia for education and training. SÁ. T. M. Reisman. Eduardo Rodrigues.org/content/v3.br/resumos/r839-1. Objetos inteligentes de aprendizagem: uma abordagem baseada em agentes para objetos de aprendizagem. Disponível em http://www. S.xveneq2010. Thomas. Stephen. 3.2/soc-hes. IGI Publishing. 1996.. International Review of Research in Open and Distance Learning. V. n. Learning Technology Center. 2005. out. Acesso em: abril 2013. Ed. KUHN.: Classificação de objetos de aprendizagem: uma análise de repositórios brasileiros.. HESEMEIER. v.html>. 2002. POLSANI. L..

com LANTEC 2015 .Encontro de Formação De Professores Obrigado Jailson Alves jaialves98@hotmail.