Gabarito das Autoatividades

DIREITO
(ADG – CTB)
2012/2
Módulo III

INTERAÇÃO SOCIAL E São formas de interação: colaboração. O Direito.: a) A Moral atua no foro íntimo do indivíduo (campo do pensamento). enquanto o direito se preocupa com o externo (atitude). R. Relação entre as pessoas e os grupos sociais. Quando uma das partes procura atingir seu objetivo excluindo a outra. D I R E I T O . R. preencha o quadro a seguir resumindo os conceitos estudados.: Ambos traçam normas de conduta.GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD 3 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES DE DIREITO UNIDADE 1 TÓPICO 1 Questão Única: A partir do conhecimento que você adquiriu até aqui. FORMAS DE INTERAÇÃO competição e conflito. 2 Cite três diferenças entre Moral e Direito. COOPERAÇÃO COMPETIÇÃO CONFLITO Reunião de esforços visando um objetivo comum. Em que um interesse se opõe ao outro de forma direta. sem que haja o combate direto. b) A Moral traz sanção (punição) individual e de foro íntimo (arrependimento. objetiva estudar as normas que regulamentam a RELAÇÃO ENTRE DIREITO conduta humana na vida em sociedade E SOCIEDADE e que devem ser cumpridas a fim de se garantir a paz social. visto como ciência. TÓPICO 2 1 Cite um ponto comum entre os conceitos de Direito e Moral. como forma de reflexão sobre esses e como forma de fixação do conhecimento.

assim agindo se quiser. Todas as disposições legais são tidas como regras de direito (1). mas somente poderá ser cumprido se o titular utilizar seu (2). ingressar em juízo a fim de garantir o cumprimento do (1) previsto em lei. c) O Direito é coercível (cumprimento obrigatório.: Outras características poderão ser apontadas). O Direito estabelece punições em leis mais severas. o (2) decorre do (1) e que ambos formam o que conhecemos por “Direito”. apesar das diferenças. preencha os parênteses usando o seguinte código: (1) Direito Objetivo (2) Direito Subjetivo a) O (1) pode ser conceituado como as regras de cumprimento obrigatório. o (1) é imposto pelas normas jurídicas. não depende da vontade). b) Como exemplo. que todos estão obrigados a obedecer. e o (2). Esta possibilidade de agir é regra de (2). que podem atingir a liberdade ou o patrimônio do infrator. D I R E I T O . uma vez que enquanto o (2) representa uma faculdade de agir. O (1) é preexistente. que é facultativo. c) Pode-se afirmar que o (2) é uma “ferramenta” para garantir a aplicação do (1). TÓPICO 3 1 Para a fixação do conteúdo deste tópico. d) O que diferencia o (1) do (2) é a coatividade. Já quando seu direito de segurado for violado. de uma forma bem simplificada. podemos citar as regras do contrato de seguro. existe uma grande ligação entre o (1). que é coercitivo. (OBS. Podemos dizer que. e) Porém.4 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD remorso). este poderá. enquanto a Moral não é obrigatória (incoercível). enquanto o (2) é visto como decorrência deste e representa uma faculdade do agente.

PAMPLONA FILHO. D I R E I T O . observado socialmente e correspondente a uma necessidade jurídica [. indubitavelmente. p.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 5 TÓPICO 4 1 Primeira e principal fonte do Direito: a) ( ) Doutrina. constante e notório. b) ( ) Lei. c) ( ) Jurisprudência. c) ( ) Jurisprudência. a) ( ) Lei. p. 3 A _____________ representa o pensamento dos estudiosos da ciência do Direito. 4 “É o uso geral. b) ( ) Costume. d) (x) Doutrina. observando o que for justo e razoável [.. no argumento de que algo deve ser feito porque sempre o foi..] Baseia-se. 2003. A qual fonte do Direito os autores se referem? a) (x) Equidade. c) ( ) Jurisprudência. 5 Viver honestamente. d) ( ) Jurisprudência.]. 17). c) ( ) Doutrina. c) ( ) Lei. d) ( ) Costumes. PAMPLONA FILHO. b) ( ) Analogia. 2003. Podemos dizer que os autores se referem a qual fonte do Direito? a) ( ) Lei. 26). tendo sua autoridade respaldada na força conferida ao tempo e no uso contínuo das normas”.]” (GAGLIANO. não causar danos a outra pessoa e dar a cada um o que é seu são exemplos de qual fonte de Direito? a) (x) Princípios Gerais de Direito..(GAGLIANO. d) ( ) Costume. b) (x) Lei. d) (x) Costume. b) ( ) Doutrina.... 2 “Deve o juiz valorizar mais a razão (observando sempre a boa-fé) que a própria regra de Direito [.

d) (x) Analogia. trazer um comando.: Porque não regulamenta um caso específico. A que fonte do Direito se referem os autores? a) ( ) Equidade. R. Este é o conceito de qual fonte do Direito? a) ( ) Doutrina. 2004. HEINE.6 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD 6 “Conjunto das decisões dos tribunais a respeito do mesmo assunto”. 7 “Um fato não foi regulado de modo direto ou específico em lei de ser julgado pelo juiz e esse vai buscar a solução em uma lei prevista para uma hipótese distinta. d) ( ) Analogia. 2003. uma prescrição. Ela esclarece ao agente como e quando agir. c) ( ) Equidade. mas vale para todos os casos em que for aplicável. 87).: É importante porque a norma jurídica é o meio.: Como é através da norma jurídica que o Direito revela à sociedade os padrões de comportamento.: É um padrão de conduta imposto pelo Estado para que seja possível a convivência dos homens em sociedade. TÓPICO 5 1 O que é norma jurídica? R. É através da norma jurídica que o Direito revela à sociedade os padrões de comportamento exigidos pelo Estado. 31). esta deve.(RAPOSO. mas semelhante ao caso não regulado”. c) ( ) Doutrina. b) (x) Jurisprudência.(NUNES. p. impondo uma conduta a ser observada. 3 Aponte a principal característica da norma jurídica. o instrumento de que se utiliza o Direito para atingir seu objetivo.: Obrigatoriedade de seu cumprimento (coatividade). b) ( ) Jurisprudência. 2 Qual a importância da norma jurídica para o estudo do Direito? R. necessariamente. D I R E I T O 5 O que significa dizer que a norma jurídica deve ser necessariamente imperativa? R. 4 Por que se diz que a norma jurídica é abstrata? R. p. .

Inexistindo qualquer ruptura no exercício da posse direta. merece ficar mantido o quantum indenizatório. ou seja. bem como parâmetros adotados nesta Câmara.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 7 6 Explique a questão da bilateralidade da norma jurídica. porque enlaça o direito de uma parte com o dever de outra. 1. 3 Quem é o sujeito ativo desta relação jurídica? E o passivo? R. acarretando inscrição no Banco Central. DEVER DE INDENIZAR. RESPONSABILIDADE CIVIL.: A norma jurídica é bilateral. POSSE AD USUCAPIONEM. constitui ato ilícito capaz de ensejar indenização por danos morais. a qual foi mantida após o inadimplemento dos aluguéis por mera tolerância do proprietário do D I R E I T O . Sexta Câmara Cível. por isso. Relator: Liege Puricelli Pires. a norma jurídica traz consigo uma sanção. devolvido por insuficiência de fundos. USUCAPIÃO. 2 EMENTA:  APELAÇÃO CÍVEL. Julgado em 24/07/2008). que poderá cair sobre a pessoa ou seu patrimônio. Levando em conta os critérios estabelecidos pela doutrina e jurisprudência. 3. NÃO CONFIGURAÇÃO. Apresentado ao Sacado antes da data e.: Apresentação antecipada de cheque pré-datado. MANUTENÇÃO DO QUANTUM FIXADO. Caso em que a posse da autora sobre o imóvel decorre de contrato de locação verbal. 2 Trata-se de relação pessoal ou real? R. O cheque pré-datado recebido para pagamento de combustível não pode ser descontado antes da data avençada. APELAÇÃO E RECURSO ADESIVO DESPROVIDOS. a sanção é imposta pelo Estado. Tribunal de Justiça do RS. uma vez desrespeitada a norma jurídica. CHEQUE PRÉ-DATADO.: O sujeito ativo é o emitente do cheque e o passivo aquele que o recebeu e apresentou antes da data. R. ANIMUS DOMINI. (Apelação Cível nº 70019279793. APRESENTAÇÃO ANTES DO VENCIMENTO ACERTADO. 7 Por que se diz que a norma jurídica é coercitiva? R.: Pessoal (pessoas entre si). 1 Como nasceu a relação jurídica que gerou a demanda judicial? R. INSCRIÇÃO NO BANCO CENTRAL. 2.: Porque. TÓPICO 6 1 EMENTA:  APELAÇÃO CÍVEL.

é correto afirmar: a) ( ) Admite-se sua impetração de forma individual. Décima Sétima Câmara Cível. d) ( ) Pagamento de multa à Justiça Eleitoral. 2 Com relação aos direitos políticos. preventiva ou repressivamente. RECURSO DESPROVIDO. . UNIDADE 2 TÓPICO 1 1 Assinale a alternativa que não contém uma característica da Constituição Federal de 1988: a) ( ) Formal. mas apenas preventivamente.: Posse do requerente sobre o imóvel alugado. (Apelação Cível nº 70023774367. c) ( ) Suspensão dos direitos políticos. não há falar no exercício de posse ad usucapionem. Julgado em 17/07/2008). d) ( ) Dogmática. c) (x) Sintética. Relator: Luiz Renato Alves da Silva. b) ( ) Pode ser impetrado de forma individual ou coletiva. b) ( ) Rígida. Tribunal de Justiça do RS. d) (x) Admite-se sua impetração de forma coletiva ou individual. 2 Trata-se de relação pessoal ou real? R. D I R E I T O 3 Sobre as formas de interposição do mandado de segurança. 1 Como nasceu a relação jurídica que gerou a demanda judicial? R.8 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD imóvel. c) ( ) Apenas se admite sua impetração de forma coletiva e de forma preventiva. pode-se afirmar que o cancelamento da naturalização por sentença transitada em julgado resultará: a) (x) Na perda dos direitos políticos. mas apenas repressivamente.: Real (pessoa e coisa). Precedentes dessa Egrégia Corte Estadual. b) ( ) Não é caso de perda nem suspensão dos direitos políticos.

b) ( ) Ato jurídico julgado. podemos afirmar que o objetivo do autor é proteger: a) ( ) A liberdade de ir e vir. d) ( ) Habeas Data. debaixo da lei velha”. c) ( ) Presidente da Câmara dos Deputados. não existirá no Brasil censura prévia. d) ( ) Liberdade de pensamento. Como não existe a lei que regulamenta esta matéria. D I R E I T O . 8 Este princípio garante. c) (x) Devido processo legal. que serão respeitadas todas as fases do processo e garantida a defesa em toda a sua amplitude (meios e provas): a) ( ) Presunção de inocência. Podemos dizer que esta afirmação decorre do princípio: a) ( ) Da presunção de inocência. d) ( ) Presidente do Senado Federal. 5 Ao propor uma Ação Popular.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 9 4 O artigo 7º. c) ( ) Da inviolabilidade do domicílio. c) ( ) Ação Civil Pública. c) (x) Patrimônio público. 9 Qual dos seguintes cargos não é privativo de “brasileiro nato”? a) ( ) Presidente e Vice-Presidente da República. d) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores. d) ( ) Nenhuma das alternativas anteriores. c) ( ) Direito líquido e certo. b) (x) Da liberdade de pensamento. b) ( ) Inviolabilidade do domicílio. b) ( ) Direito líquido e certo. tanto nos processos judiciais quanto nos administrativos. 6 Segundo a Constituição Federal. d) ( ) Direito líquido e certo. 7 “É aquele que se aperfeiçoou. Este é um conceito de: a) (x) Ato jurídico perfeito. que reuniu todos os elementos necessários à sua formação. XI prevê a participação dos empregados nos lucros ou resultados da empresa. b) ( ) Ação Popular. conforme previsto em lei. b) (x) Vereador. aponte o remédio constitucional cabível: a) (x) Mandado de Injunção.

D I R E I T O 3 O que são autarquias? R.: Publicidade e participação do poder público. 4 Quais são as características das entidades paraestatais? . TÓPICO 2 1 Cite duas diferenças entre o contrato comum e o contrato administrativo.10 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD 10 Enquanto durarem os efeitos da condenação criminal transitada em julgado. com personalidade jurídica e patrimônio próprio. mas também de ter uma vida digna. (F) A ação popular pode ser proposta por uma pessoa jurídica. (F) O mandado de injunção e mandado de segurança têm o mesmo objetivo. (F) O mandado de segurança só pode ser impetrado por cidadãos. (F) Os princípios constitucionais são sempre absolutos. (V) O direito à liberdade de pensamento não é absoluto. (V) O direito à vida abrange não somente o direito de existir. 11 Leia as afirmações a seguir e classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: (V) Na ação popular há a necessidade de haver ato lesivo do patrimônio público. (V) O habeas data serve para se ter acesso a informações constantes nos registros públicos. b) ( ) Serão extintos. R. d) ( ) Serão transferidos para outro membro do partido. mesmo que o poder público não cumpra a sua parte. (V) O habeas corpus é impetrado para garantir o direito de ir e vir. Cabe apenas indenização. com a finalidade de descentralizar os serviços públicos. destacadas da administração indireta. 2 Explique a característica da execução inafastável que é própria do contrato administrativo.: As autarquias são entes públicos autônomos. R. (F) Direito Moral e Material são expressões sinônimas.: É a impossibilidade de o contratado interromper a obra ou serviço contratado. c) ( ) Não serão nem extintos nem suspensos. os direitos políticos do réu: a) (x) Ficarão suspensos. detentoras de uma parcela do poder estatal. (V) O mandado de segurança pode ser impetrado preventivamente.

: Impõe uma igualdade de tratamento entre os particulares (administrados). 7 O que estabelece o princípio da impessoalidade? R. Código de Processo Penal e Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). (5) Imprudência. focando-se os atos administrativos no interesse público. 8 Cite os princípios previstos na Constituição Federal e que devem ser respeitados obrigatoriamente pela administração pública. 5 Como se explica a característica “alteridade” dos contratos administrativos? R. 6 O que ocorrerá com o contrato administrativo caso não seja respeitado o princípio da moralidade? R. (4) Modalidades de culpa. R. TÓPICO 3 Questão Única: Relacione os grupos 1 e 2. Direito Processual Penal e Direito Processual do Trabalho. (8) Excludentes de ilicitude. moralidade. embora sejam públicas na essência. D I R E I T O . (6) Imperícia.: Ele não será válido.: Direito Processual Civil.: Assumem forma civil. publicidade e eficiência. (9) Modo de agir no crime de furto. a fim de fixar os conhecimentos deste tópico: Grupo 1 (1) Requisitos para a configuração do crime. mediante indenização.: Legalidade.: O contrato pode ser alterado pela administração. (7) Modo de agir no crime de roubo.: Código de Processo Civil. impessoalidade. 10 Quais os principais diplomas legais que trazem as normas de Direito Processual? R. (2) Fato antijurídico. 9 Quais os ramos do Direito Processual? R.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 11 R. (3) Dolo.

Principal instrumento legal do Direito Constituição Federal. (1) Tipicidade e antijuridicidade. (12) Documento que representa o início da ação penal pública condicionada. TÓPICO 4 1 Complemente a coluna 2 de acordo com o que você aprendeu neste tópico: Principal objetivo do Direito Eleitoral.GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 12 UNIASSELVI NEAD (10) Imputabilidade penal. salvo exceções previstas em lei. mediante grave ameaça ou violência à pessoa. imprudência e imperícia. como regra geral. ou depois de havê-la. Militar. para si ou para outrem. (4) Negligência. (7) Subtrair coisa móvel alheia. (2) Fato que. a criação desnecessária de um perigo. (11) Prestação de serviços à comunidade. aos 18 anos completos. por qualquer meio. coisa alheia móvel. (11) Exemplo de pena restritiva de direitos. não tem a seu favor uma justificativa como a legítima. penal ou Direito Penal regulamenta. legítima defesa e estrito cumprimento do dever legal e exercício regular de direito. reduzido à impossibilidade de resistência. (5) Conduta precipitada ou afoita. além de típico. (9) Subtrair. para si ou para outrem. (3) Propósito de praticar o fato descrito na lei penal. (8) Estado de necessidade. Grupo 2 (6) É a falta de habilidade técnica para certas habilidades. (12) Representação. (10) Adquire-se. administrativo. Espécies de relações militares que o Caráter constitucional. D I R E I T O . Disciplinar as eleições.

: Quando houver abuso de direito. estado de insolvência. jornada de trabalho. em se tratando de fornecimento de produto ou serviço não durável. quando a personalidade jurídica for. em se tratando de fornecimento de produto ou serviço durável.para alguém se candidatar. falência. excesso de poder. férias.: Pretensão à reparação pelos danos causados por fato do produto ou do serviço.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 13 . . R. quando a personalidade jurídica for utilizada para frustrar a concretização dos direitos do consumidor. fato ou ato ilícito ou violação de estatuto ou contrato social. R.as formas das apurações.: 30 dias. descanso semanal remunerado. independentemente da existência de culpa. D I R E I T O . R. Enumere 7 matérias que são discipli.o número de candidatos a serem eleitos.datas das eleições.funcionamento dos partidos políticos. 3 Qual é o prazo de prescrição para reclamar por vício aparente ou de fácil constatação em um produto ou serviço? R.. ou 90 dias.: Contrato individual do trabalho.critérios e condições para o eleitor votar. . .criação dos partidos políticos. quando em prejuízo do consumidor”. 2 Por que se diz que a responsabilidade do fornecedor é objetiva? R. 4 Cite uma hipótese prevista no CDC que é prazo de decadência. FGTS etc. remuneração. . de alguma forma. encerramento ou inatividade da pessoa jurídica provocados por má administração. 5 Cite três hipóteses em que o juiz desconsidera a “personalidade jurídica da sociedade. TÓPICO 5 1 Cite três institutos que são regulados pelo Direito do Trabalho. infração da lei. nadas pelo Direito Eleitoral. obstáculo ao ressarcimento de prejuízos causados aos consumidores. . por produtos ou serviços defeituosos. ou seja.: Porque o fornecedor responde.

decisões judiciárias. de certos organismos interestatais. tratados e convenções internacionais. 10 Por que se diz que o Direito Ambiental é multidisciplinar? R. doutrina dos publicistas.: Convenções internacionais. 9 Quando a publicidade por omissão deixar de informar sobre dado essencial do produto ou serviço será tratada pelo CDC como qual tipo de publicidade? R. 2 Qual o principal objetivo do Direito Internacional Público? R.: É multidisciplinar porque se utiliza de institutos de direito penal.: Publicidade enganosa. civil e administrativo para tornar efetivas suas normas.: Reger os direitos e deveres internacionais tanto dos Estados.: Direito Público externo. quanto dos indivíduos.14 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD 6 Havendo dúvida na interpretação de um contrato referente à relação de consumo. os princípios gerais de direito. como se deve resolver o impasse? R. TÓPICO 6 1 A qual ramo do Direito pertence o Direito Internacional Público? R. R. o costume internacional. 8 O que caracteriza a publicidade abusiva? R.: As cláusulas contratuais serão interpretadas de maneira mais favorável ao consumidor. D I R E I T O . 3 Cite as principais fontes do Direito Internacional Público.: É a capaz de induzir o consumidor a se comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua saúde ou segurança.: O induzimento do consumidor em erro. 7 O que caracteriza a publicidade enganosa? R.

Código Civil. LICC. (9) União. Obrigações. (5) Emancipação. D I R E I T O . (2) Capacidade civil. Civil). Cite os ramos do Direito que Coisas. (12) Forma de extinção das sociedades. (7) Estatuto ou contrato social. compõem a parte especial do Empresarial. Sucessões. correspondendo os grupos a seguir: Grupo 1 (1) Personalidade civil. Relações entre particulares. São 3: Livro I – Das Pessoas – Livro Quantos e quais são os livros da II – Dos Bens – Livro III – Dos Fatos parte geral do CC? Jurídicos. (6) Domicílio. Família. Parte Especial. (11) Sociedades simples. Estado ou Município. Fixe os conteúdos que você aprendeu neste tópico.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 15 UNIDADE 3 TÓPICO 1 Questão única: Complemente a segunda coluna de acordo com a informação contida na primeira: Principal Objeto do Direito Civil. (10) Sociedades. Estrutura do Direito Civil (Código Parte Geral. (8) Desconsideração da pessoa jurídica. (3) Totalmente incapaz. TÓPICO 2 Questão única: Prezado(a) acadêmico(a). (4) Relativamente incapaz.

(8) Consequência da utilização da pessoa jurídica para cometer fraudes. podemos dividi-los em bens móveis e imóveis. podemos dizer que são bens imóveis aqueles “que não se podem transportar. como. escolha as palavras que completam as lacunas: Para o estudo do Direito. de acordo com as frases. p. sem desenvolvimento mental completo. 246). frutos. que só existem mediante a existência dos bens principais. (BEVILÁCQUA apud GONÇALVES. (3) Menor de 16 anos. que são aquelas que apenas tornam o bem mais belo ou luxuoso. qualidade e quantidade. ocorre com a árvore em relação ao solo. pertenças e benfeitorias. sem destruição. Outra classificação importante que devemos registrar é a que divide os bens em principais e acessórios. você compreendeu bem os conceitos trazidos neste tópico? Então. por sua vez. por exemplo. As benfeitorias podem ser úteis. . Estes. (4) Os excepcionais. (2) É a “aptidão de alguém para exercer por si os atos da vida civil”. (6) Lugar onde a pessoa estabelece sua residência de forma definitiva. Por isso. D I R E I T O Outra classificação importante para o estudo do Direito é a que os divide em bens principais e acessórios.GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 16 UNIASSELVI NEAD Grupo 2 (1) É a aptidão para ser titular de direitos e obrigações civis. (12) Dissolução e Liquidação. necessárias ou voluptuárias. (9) Pessoa jurídica de direito público interno. (10) Esta pessoa jurídica tem como principal característica os fins econômicos. é importante conhecermos as diversas espécies de bens. (5) Determina o fim da incapacidade jurídica. 2006. TÓPICO 3 Questão única: Caro(a) acadêmico(a). de um para outro lugar”. (7) Documento de constituição das sociedades. (11) Nestas sociedades o objetivo é a exploração de atividade econômica de atividade intelectual. Os bens infungíveis são os bens móveis que não se podem substituir por outros da mesma espécie. se subdividem em produtos. Inicialmente.

: O devedor se desfaz de seus bens. FAZER. Dar. FONTES das Obrigações. Relações PESSOAIS. R. declarações unilaterais de vontade e atos ilícitos. 2. 3. 4. 2 Cite o principal exemplo de negócio jurídico. D I R E I T O . o fato jurídico não. de forma maliciosa para escapar das dívidas.: O ato jurídico depende da vontade humana. Contratos.: Contrato. Modalidades das Obrigações.: A junção da vontade dos agentes (particulares) que produzirá os efeitos pretendidos. 6 Qual a principal característica do negócio jurídico? R.: Fundado temor de dano à pessoa ou alguém da sua família. Quando o devedor pode escolher a O b r i g a ç ã o A LT E R N AT I VA .: Será nulo porque o objeto é ilícito.Objeto do Direito das Obrigações. o que ocorrerá com o contrato? Por quê? R. prestação que vai cumprir. 4 Qual o traço marcante da coação? R. 5 Caso um bem público seja vendido em afronta à lei. ou NÃO FAZER.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 17 TÓPICO 4 1 Qual a principal diferença entre fato e ato jurídico? R. TÓPICO 5 1 Preencha as lacunas das sentenças a seguir: 1. 3 Como se caracteriza a fraude a credores? R.

Pode ser do Mora. Uma das formas de Transmissão das Obrigações é a Cessão de Crédito. c) ( ) Propriedade. c) ( ) Renúncia. Quando for do vendedor. d) ( ) Ação de Execução. d) ( ) Habitação. Uma das consequências pelo inadimplemento. d) ( ) Abandono. 9. b) ( ) Ação de Manutenção de Posse. 10.18 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 5. devedor ou do credor. 2 Não se caracteriza como meio de perda da propriedade: a) (x) Usufruto. 8. este perde o que pagou. Local do pagamento em havendo omissão do contrato. 6. segundo o Código Civil. 2 Assinale a alternativa CORRETA: 1 É o poder de o proprietário ou possuidor buscar a coisa de quem injustamente a possua ou detenha: a) ( ) Usucapião. clandestina ou precária. Significa atraso. A Assunção de Dívida. Quando a desistência for do comprador. UNIASSELVI NEAD Somente o próprio devedor pode cumpri-la. Arras. este devolve em dobro o que recebeu. Juros. c) ( ) Ação de Usucapião. b) (x) Direito de sequela. Obrigação personalíssima. Pode ser considerada posse clandestina: . b) ( ) Alienação. Domicílio do devedor. D I R E I T O 3 Por meio desta ação o possuidor defende sua posse que foi perdida: a) (x) Ação de Reintegração de Posse. 4 A posse injusta pode ser violenta. outra é 7. São limitados em 12% ao ano.

c) ( ) Estradas de ferro. b) (x) A que decorre de utilização de artifícios.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 19 a) ( ) A que decorre de ato violento. 8 Diz-se que a posse é velha quando: a) ( ) O possuidor a exerce há menos de 1 ano e 1 dia. b) ( ) Penhor. o penhor e a anticrese têm como característica comum: a) ( ) Serem modos de aquisição da propriedade. D I R E I T O . b) ( ) Permite que o comprador requeira o usufruto do bem. d) (x) Automóveis. b) (x) O possuidor a exerce há mais de 1 ano e 1 dia. d) ( ) Nenhuma das alternativas. desde que atendidos os requisitos exigidos pela lei. porque: a) (x) Permite que o comprador exija na justiça a escritura de compra e venda para transferir a propriedade. c) (x) Aluvião. b) ( ) Aeronave. 7 A hipoteca. d) ( ) Penhor. o proprietário cede o imóvel a outra pessoa. c) ( ) Servidão. d) ( ) Usufruto. c) ( ) O possuidor soma a posse à de seus antecessores para entrar com pedido de usucapião. 6 Por este direito real sobre coisa alheia. d) ( ) Quando esta posse se origina no usufruto. 10 O compromisso de compra e venda. é uma espécie de direito de aquisição da propriedade. c) (x) Serem direitos reais de garantia sobre coisa alheia. que poderá usar o mesmo e até receber os aluguéis: a) (x) Usufruto. não pode ser objeto de hipoteca: a) ( ) Navio. c) ( ) A que decorre da não devolução do bem no prazo. b) ( ) Serem direitos reais de aquisição. b) ( ) Hipoteca. 9 De acordo com a lei. 5 É modo aquisitivo da propriedade: a) ( ) Hipoteca. d) ( ) Terem por objeto bem imóvel.

tais como o plano diretor de cada município. a árvore limítrofe será considerada como propriedade do vizinho que a tiver plantado. além de suas dívidas passivas”: a) ( ) Pacto antenupcial. (F) A construção de janelas ou terraços a menos de um metro do terreno vizinho é permitida. (V) Na zona rural a distância mínima entre as construções é de três metros. d) (x) Comunhão universal de bens. c) ( ) Participação final nos aquestos. TÓPICO 6 D I R E I T O 1 De acordo com a LICC. b) ( ) Comunhão universal de bens. . (F) Os frutos caídos serão de propriedade do proprietário da árvore. 7º da LICC). poderão ser cortados até a linha divisória pelo proprietário do terreno invadido. (V) Se houver invasão de raízes e galhos no terreno. 7º 4º da LICC).: Será aplicável a lei do país em que for domiciliada a pessoa (art. “comunicam-se entre os cônjuges todos os seus bens presentes e futuros. (F) Se o tronco estiver na linha divisória.: O do domicílio dos nubentes (art. 12 Conforme suas regras. 3 Classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: (V) É obrigação do proprietário não construir obra que despeje água no terreno vizinho. d) ( ) Permite a reintegração de posse. 11 Regime de bens pelo qual “comunicar-se-ão apenas os bens adquiridos na constância do casamento”: a) ( ) Separação de bens. d) (x) Comunhão parcial de bens. (V) As árvores limítrofes são as que ficam na linha divisória entre dois terrenos. (V) O direito de construir é também limitado por regulamentos administrativos. c) ( ) Participação final nos aquestos.20 GABARITO DAS AUTOATIVIDADES UNIASSELVI NEAD c) ( ) Garante o direito de moradia. qual a lei aplicável quando se tratar de início e fim da personalidade? R. b) ( ) Separação de bens. 2 Qual a legislação a ser observada para o regime de bens no casamento? R.

9º. 10 da LICC).: Legislação brasileira. da LICC).: A do país em que o morto era domiciliado (art. 8º da LICC). 4 Qual a lei aplicável a imóvel de estrangeiro situado no Brasil? R. 5 Como se regem as obrigações.UNIASSELVI NEAD GABARITO DAS AUTOATIVIDADES 21 3 Qual a lei que regerá a sucessão de estrangeiro morto fora de seu domicílio? R. D I R E I T O . um contrato celebrado no Brasil entre estrangeiros será regido por qual legislação? R. porque aqui é que foram constituídas (art.: A lei brasileira (art. ou seja.