´

Revitalizacão de áreas
ou

elementos urbanos

solange de oliveira
patrícia a. nascimento
sheila nicolini neto
orgel ramos júnior

■ . ■ Estação das Docas (Belém/PA).´ Revitalizacão de áreas ou estudo de casos elementos urbanos ■ Parque das Nações (Lisboa). RioCidade (Rio de Janeiro).

´ Revitalizacão de áreas ou 2 panorama ■ elementos urbanos Estação das Docas .

.´ Revitalizacão de áreas ou 2 panorama ■ elementos urbanos Antiga área portuária que ainda guardava elementos da história do Porto de Belém. para o escoamento da produção de látex da Amazônia. construído há mais de 100 anos. porém em estado de abandono.

a Estação das Docas faz parte de uma série de trabalhos que os arquitetos vêm realizando em lugares outrora abandonados na capital paraense. cultura e turismo sintetizando o projeto de urbanização e preservação do patrimônio arquitetônico. o projeto “abre uma janela” para as águas da baía do Guajará. projeto de Paulo Chaves Fernandes e Rosário Lima que definiram o partido de intervenção sob o lema “antes adaptar a intervir” e.1 objetivos e conceito ■ ■ ■ elementos urbanos Criar um complexo de lazer. ainda segundo os autores. .´ Revitalizacão de áreas ou 3.

´ Revitalizacão de áreas ou 3. . mas que mantém um “diálogo” com o projeto original de 1902. três galpões principais: Galpão 1 (Boulervard das Artes). A ligação entre eles se dá por passagens cobertas por policarbonatos e fechadas em vidro para manter a continuidade visual entre a cidade e a baía. Galpão 2 (Boulevard da Gastronomia) e o Galpão 3 (Boulevard de Feiras e Exposições). do início do século. de três galpões em estrutura metálica pré-fabricada inglesa. principalmente.2 estratégia e infraestruturas ■ arquitetura e paisagismo ■ ■ elementos urbanos O conjunto é composto. os galpões são a parte principal de uma área urbanizada de 32 mil m2. que se encontravam abandonadas e deterioradas. adaptada para novas funções.

XVII) e do primeiro cais de Belém (meados do séc. XIX). .2 estratégia e infraestruturas arquitetura e paisagismo ■ ■ elementos urbanos um quarto galpão é um antigo terminal de embarque e desembarque de passageiros e serve de apoio para o flutuante turístico da Estação. a Estação possui ainda uma área onde se sobrepõem os vestígios do forte de São Pedro Nolasco (séc.´ Revitalizacão de áreas ou 3. Nela foi criado um anfiteatro em meio a um pequeno jardim.

o complexo é formado por 33 pontos comerciais (a maioria na área gastronômica). lazer e aproveitamento da orla para a comunidade. .´ Revitalizacão de áreas ou 3.2 estratégia e infraestruturas benefícios sociais ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Revitalização total da área gerou 800 novos empregos diretos e mais de 1600 empregos indiretos.

entidade sem fins lucrativos. .´ Revitalizacão de áreas ou 3.3 gestão ■ elementos urbanos o complexo Estação das Docas é administrado pela Organização Social Pará 2000. formada por representantes de diversos segmentos da sociedade.

´ Revitalizacão de áreas ou 2 panorama ■ elementos urbanos Rio Cidade .

. extenso programa de revitalização urbana proposto pela prefeitura do Rio de Janeiro. 35 projetos idealizados para o centro dos principais bairros da cidade. 19 projetos implantados (2003). objetivo: Requalificação dos corredores articuladores dos bairros / resgate das principais vias arteriais da cidade / melhorar a qualidade de vida dos moradores / pessoas que circulam e usufruem da infra-estrutura da área recuperada.´ Revitalizacão de áreas ou 2 panorama ■ ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Iniciado em 1993.

poluição visual e degradação de áreas públicas e edifícios.´ Revitalizacão de áreas ou 2. falta de sinalização e mobiliário urbano adequado. . falta de uniformidade / identidade. concentração de serviços (centro do bairro).1 contexto ■ ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Espaços de grande circulação de pedestres e veículos.

´ Revitalizacão de áreas ou 3 propostas elementos urbanos .

. comércio. acessibilidade e conforto visual. lazer.1 objetivos e conceito ■ ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Resgatar.´ Revitalizacão de áreas ou 3. restabelecer padrões de segurança. garantir a coexistência de espaços de circulação. a integração cidadão – cidade. privilegiar o pedestre. através da revitalização deste espaço. modernizar os bairros da cidade. encontro.

para garantir acessibilidade a deficientes físicos e uniformidade à área. padronização e recuperação de calçamentos.´ Revitalizacão de áreas ou 3. adaptação. reformulação do sistema de iluminação pública e sinalização. . renovação / Remodelagem do mobiliário urbano. colocação de árvores e floreiras. esculturas. conversão de fios aéreos em subterrâneos. arte urbana – totens.2 estratégia e infraestruturas ■ ■ ■ ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Revitalização de praças.

da singularidade do bairro e aplicação no projeto. melhorar o relacionamento do cidadão com a cidade e consequentemente criar uma relação de zelo e preservação do espaço público. arte urbana: marcar ponto final da antiga linha de bondes – marco na história do bairro.´ Revitalizacão de áreas ou 3. delimitar o bairro através da construção de pórtico e obelisco. .3 projetos ipanema | paulo casé ■ ■ ■ ■ ■ elementos urbanos Resgate da memória.

3 projetos ipanema | paulo casé elementos urbanos .´ Revitalizacão de áreas ou 3.

3 projetos leblon | índio da costa ■ ■ ■ elementos urbanos Projeto de mobiliário premiado (If Design). análise e respeito a “vocação natural” do local da intervenção.´ Revitalizacão de áreas ou 3. . revitalização das áreas focando o pedestre.

) uma cidade é algo mais do que o somatório de seus habitantes: é uma unidade geradora de um excedente de bem-estar e de facilidades que leva a maioria das pessoas a preferirem – independentemente de outras razões – viver em comunidade a viverem isoladas. Gordon Cullen .3 projetos leblon | índio da costa ‘ (..´ Revitalizacão de áreas ou elementos urbanos 3..