Manual do Usuário - Operação

2

ÍNDICE GERAL
INTRODUÇÃO................................................................................................................................ 5
1.

DESCRIÇÃO GERAL .............................................................................................................. 6

1.1

Objetivo ............................................................................................................................................................................ 6

1.2

Aplicação ......................................................................................................................................................................... 6

1.3

Glossário - Conceitos ....................................................................................................................................................... 6

1.4

Periféricos disponíveis para o MWS_EASY ...................................................................................................................... 7

1.5

Terminais disponíveis para o MWS_EASY ........................................................................................................................ 7

1.6

Composição do sistema ................................................................................................................................................... 8

1.7

Controle de Licenças ........................................................................................................................................................ 8

2.

TELAS DE CADASTROS ......................................................................................................... 9

2.1

Usuários ........................................................................................................................................................................... 9

2.2

Turno .............................................................................................................................................................................. 11

2.3

Grupos............................................................................................................................................................................ 12

2.4

Associação ..................................................................................................................................................................... 13

2.5

Permissões .................................................................................................................................................................... 14

2.6

Família ........................................................................................................................................................................... 16

2.7

Itens ............................................................................................................................................................................... 17

2.8

Embalagem .................................................................................................................................................................... 23

2.9

Clientes .......................................................................................................................................................................... 25

2.10

Fornecedores ................................................................................................................................................................. 27

2.11

Lote ................................................................................................................................................................................ 29

2.12

Fórmulas ........................................................................................................................................................................ 32

2.13

Ordem ............................................................................................................................................................................ 35

2.14

Periféricos ...................................................................................................................................................................... 41

2.15

Terminais ....................................................................................................................................................................... 44

3.

UNIDADE DE MEDIDA ......................................................................................................... 47
3

................................................................................ 84 6....................................................... 54 5.......................................3 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem Resumida ....................................................................................................................................................................................................................................................................2 Labels para etiquetas sem movimento . LAYOUT RELATÓRIOS .... 73 5......7 Exemplo de relatório padrão: Por Local............................................................... 80 5..................................................................... 91 6...........................................................5 Exemplo de relatório padrão: Por Data Ordem ........................................... 92 7......................................................................................................................... 49 4... 88 6.......................................................................... 72 5.........................................................1 Modelos de etiquetas para 451 ..............................................................................................................................................................................11 Exemplo de relatório padrão: Por Lote ........ 49 4....................... 86 6................................................................................................................ 79 5.........................4 Labels para geração automática de lote................................. 90 6.....................2 Modelos de etiquetas para Allegro ............................................................................................4 Exemplo de relatório padrão: Por Data Movimento ................1 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem............................. 82 6...............................................................11 Labels para geração automática de códigos de certificado .................................................................. 87 6.............................................. 89 6........................................9 Exemplo de relatório padrão: Por Volume .................................................................................................................6 Exemplo de relatório padrão: Por Data e Balança ....................................................... 74 5.......................................................... VARIÁVEIS DE USO ... 73 5.................................................................................................................................................................................. 85 6...................................................................................3 Labels para campos adicionais .........................................................................................................................................................................................2 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem Operação ................................................................................ LAYOUT ETIQUETAS .......................................... 94 4 .....................................................6 Labels para geração automática de ordem múltipla ................1 Labels para etiquetas com movimento .................... 83 6...................................................................................................................... 50 4................................................ 78 5.................8 Exemplo de relatório padrão: Por Local Resumido ................5 Labels para geração automática de ordem .10 Exemplo de relatório padrão: Por Agrupamento ...............7 Identificadores de aplicação (AI) para códigos EAN128 ............... 75 5.......... 54 5.......9 Labels para passar como parâmetros em eventos de programas externos e mensagens no display ............................................................................4....................................... 80 6.................................................................................3 Modelos de etiquetas para Zebra ................................................................................10 Labels para geração automática de código de inventário ............... 52 5................8 Campos de equivalência para outros códigos de barra ........ ASSISTÊNCIA TÉCNICA ................. 81 6............ 75 5............................................

ou no site www. Esperamos que o seu funcionamento supere suas expectativas. embalagem. materiais de embalagem. formulação.toledobrasil.) numa indústria (de “Localidade de Origem” para “Localidade Destino”) seja controlada conforme uma “Ordem”. É uma solução para automação de chão de fábrica e visa aumentar a confiabilidade e agilizar os processos produtivos. semi-acabados.com. Para esclarecimentos de dúvidas ou informações adicionais. consulte a Toledo no seguinte endereço: TOLEDO DO BRASIL INDÚSTRIA DE BALANÇAS LTDA. O objetivo é possibilitar que cada “Movimentação” de itens (matérias-primas. 9091.br Sua satisfação é da maior importância para todos da Toledo do Brasil que trabalham para lhe proporcionar os melhores produtos e serviços de pesagem. ou simplesmente MWS.).SP Telefone: 55 (11) 4356-9000 Fax: 55 (11) 4356-9465 E-mail: ctt@toledobrasil. 9098. em uma das nossas 22 filiais Toledo no Brasil. CENTRO DE TREINAMENTO TÉCNICO Rua Manoel Cremonesi. sugerimos a leitura deste manual. integrando o MWS a diversas formas de interfaceamento de informação e periféricos. produção. cujos endereços estão no final desse manual. além de garantir o registro de informações para o gerenciamento da qualidade. 1 .br.com. onde é gravado cada registro de movimentação realizada. IHMX. queira contatar nossa Assistência Técnica na Filial Toledo mais próxima de seu estabelecimento. Atenciosamente. Trata-se de um sistema composto de hardware e software. Desejamos a você muitos anos de uso de seu software MWS_EASY. Você encontrará informações técnicas sobre a operação. permitindo sua rastreabilidade. Quaisquer sugestões para melhoria serão bem-vindas. informações adicionais ou Treinamento.Linha Industrial Sistemas 5 . Thiago Serigioli Analista de Soluções . O sistema MWS é composto por terminal ou microcomputador e um servidor de banco de dados com um sistema SGBD (Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados). Para usufruir ao máximo de todos os recursos disponíveis de seu software MWS_EASY e para um melhor desempenho dele durante as operações. etc. também podem conectar-se ao SGBD. Outros servidores de aplicativo como.São Bernardo do Campo . Para esclarecimentos de dúvidas. Para esclarecimentos sobre o MWS_EASY. permitindo que sejam compartilhados com um sistema corporativo. É uma solução flexível para coleta de dados e controle dos processos nos diversos setores de uma indústria (recebimento. expedição. consulte nosso departamento de vendas.INTRODUÇÃO Parabéns! Você está recebendo seu software MoveWeigh System. que é o resultado da experiência adquirida pela Toledo ao longo de vários anos de atendimento às empresas que procuram soluções para problemas de pesagem e manuseio de materiais. etc.Alves Dias CEP 09851-330 . produtos.

Fluxo  Por analogia é o itinerário do material.Fracionamento e MOV30 . com funções limitadas para operações. o caminho que material deverá percorrer. 6 . Pode ter associado periféricos. Movimentação  É a transferência de materiais entre localidades.Expedição. MOV20 e MOV30. é um software restrito e fixo. MOV20 . Todos os dados de pesagem e informações agregadas ao item são armazenados no sistema em uma entidade denominada movimentação. O sistema conta com 3 operações. No caso do operações existentes estão relacionadas às movimentações de materiais. ele é destinado para operações mais simples.Conceitos Operação  Entende-se por operação um tipo de ação que segue uma regra específica de execução. 1. LOC20. desenvolvido pela Toledo. Este termo refere-se ao registro no banco de dados e relatório impresso com informações da pesagem do item. dentro de uma empresa. FLUXO20 e FLUXO30) e 4 Locais (LOC10. Depende de um endereço IP ou nome de computador. porém muitas vezes irá se referir a um conceito mais abrangente. 1. Basicamente o MWS_EASY movimenta materiais.3 Glossário . armazenamento e conferência no recebimento e na expedição dos materiais. que tem por objetivo controlar o saldo dos locais. e trabalha com o conceito de débito e crédito para os itens e quantidades definidos na ordem.2 Aplicação O MWS_EASY é um sistema de gerenciamento efetivo dos processos de pesagem. fazendo-os percorrer um fluxo de produção. Sendo o MOV10 .1. as Estação de controle / Terminal  Computador ou qualquer tipo de equipamento que execute uma aplicação MWS_EASY. O software MWS_EASY. O MWS_EASY dispõe de três operações básicas pré-configuradas MOV10. Locais lógicos  Fazem analogia aos locais físicos dentro de uma indústria como: recebimento. DESCRIÇÃO GERAL 1. identificação.1 Objetivo O objetivo deste manual do usuário é possibilitar os cadastros e as configurações iniciais para a operação do software MWS_EASY. contagem. Periférico  Equipamento utilizado pelo MWS_EASY para atendimento da solução. 3 Fluxos (FLUXO10. MWS_EASY.Identificação ou Recebimento. LOC30 e LOC40). estoque e expedição. Ponto de controle  Local físico onde será executada uma ou mais operações do MWS_EASY. O MWS_EASY oferece recursos necessários para o controle de movimentação de materiais.

1. Indicadores de peso compatíveis: o 9091 o 9096 o 9098 o 9600 (EnsakDuplo/Tolfluid) o IND560 o IND780 o TS3X o Ohaus o Outros com protocolo semelhante ao P03  CSE-111 I/O (conversor serial/ethernet com 1 porta serial. Independentemente do tipo de indicador escolhido. quanto para acionamento de outros equipamentos ou entrada de sinais no MWS_EASY através de 8 Inputs e 8 Outputs.5 Terminais disponíveis para o MWS_EASY  Terminal de Pesagem Para cada Terminal de Pesagem configurado no sistema MWS_EASY. porém também pode ser do tipo Ethernet. utilizando o CSE 111 como dispositivo de I/O podemos tanto acionar uma sirene para informar um erro de operação.4 Periféricos disponíveis para o MWS_EASY  Módulos Indicadores de Pesagem e balanças Tipos de indicadores responsáveis pela interpretação do peso na qual a balança está submetida e pelo envio desta informação ao MWS_EASY.  Leitores: Código de barras: o LCB-M . Desta forma. deverá ter conectado algum dos periféricos necessários para realizar a operação: balanças. Em geral possui interface serial RS 232. quanto para informar quando o item estiver dentro da faixa aceitável indicar através sinais luminosos como lâmpadas verdes. o MWS_EASY requer indicadores que transmitam suas informações no seguinte protocolo: P03. etiquetadores. 1 entrada e 1 saída discreta). O CSE-111 é um dispositivo que pode ser utilizado tanto para conversão de 1 interface padrão RS232 para Ethernet e viceversa.Leitor de código de barras manual (exemplo: leitor Symbol) 1. um erro de item fora da faixa aceitável. Terminais de pesagem compatíveis: o 9091 AC o 9091 T o 9091 WEB o 9096 H o 9096 HT o 9098 CT o 9600 (EnsakDuplo/Tolbag) o Coletor de dados o IHMX o PC o TS3X/MWS o TS6 7 . etc.  CSE-488 É um dispositivo que pode ser utilizado tanto para conversão de 4 interfaces padrão RS232 para Ethernet e vice-versa. por exemplo. Os Terminais de Pesagem descritos abaixo deverão se conectar ao banco de dados do sistema MWS_EASY através do servidor de aplicativos (com exceção do PC e do TS6). leitor de código de barras. quanto para acionamento de outros equipamentos ou entrada de sinais no MWS_EASY através de 1 Input e 1 Output.

É necessária 1 licença para cada Estação de Trabalho (computador/terminal). 8 . com diferentes responsabilidades. 1.7 Controle de Licenças O software MWS_EASY tem seu controle de licenças feito por hardkey. Assistente de manutenção de banco de dados. Módulo de exportação e importação * MIE MAT AMBD *Será ativado/configurado somente quando houver integração de dados via arquivo texto ou banco de dados Aplicativo responsável por realizar a atualização do sistema. que irão auxiliar na configuração e operação do ambiente: Além destes aplicativos.6 Composição do sistema A solução MWS_EASY está distribuída em cinco aplicativos. Todas as licenças do sistema são gravadas em uma única hardkey.1. outros aplicativos de suporte estão integrados à solução: APLICATIVO Servidor de Hardkey RESPONSABILIDADE Controle de licença centralizado.

onde ele deverá pertencer a um grupo com as devidas permissões de acesso ao sistema. . Então o primeiro passo é o cadastro de um usuário.2.1 Usuários Todo e qualquer acesso ao sistema MWS_EASY deve ser feito através de um usuário. TELAS DE CADASTROS 2.Clicar em Usuários e Grupos 9 .

Exemplo: Utilizado quando se faz necessário excluir um usuário.Não aplicável para esta versão do sistema Deixa o Usuário Inativo .Incluir (Atalho F1) .Salvar (Atalho F2) 10 . CAMPO Usuário Nome Senha Confirmação Estabelecimento Turno Permissão Inativo “Opção” DESCRIÇÃO Código do Usuário .. Obriga o usuário a trocar a senha no primeiro login .Exemplo cadastrar todo usuário com a mesma senha: 1234 Vermelho: Preenchimento do Campo Obrigatório Azul: Preenchimento do Campo Opcional .Exemplo: Registro do usuário na empresa. Nome do Usuário Senha Pessoal do Usuário de no mínimo 4 caracteres Confirmação da Senha Pessoal do Usuário Sempre MWS-EASY Código do Turno que o usuário pertence (Quando Aplicável) Permissão em estabelecimentos diferentes do padrão .Selecionar a aba Usuários Permite o cadastro de usuários que deverão ser associados aos grupos.

2.2 Turno Permite o cadastro dos turnos de produção (Quando Aplicável) no MWS_EASY: CAMPO Turno Nome Horário Inicial Horário Final 11 DESCRIÇÃO Código do Turno – (Exemplo: Manhã / Tarde / Noite) Nome do Turno Horário do início do turno Horário do término do turno .

Selecionar a aba Grupos CAMPO Grupo Nome Inativo DESCRIÇÃO Código do Grupo – (Exemplo: Administradores / Supervisores / Operadores).3 Grupos Permite o cadastro de grupos no MWS_EASY.2. Nome do Grupo Deixa o Grupo e Seus Usuários Inativos – (Exemplo: Utilizado quando se faz necessário excluir o grupo do usuário). . 12 .

.Coloca o usuário selecionado do campo “não contêm os usuários” ao grupo de usuários selecionado acima ao campo “Contêm os usuários” 13 .4 Associação Permite associar os usuários aos grupos no MWS_EASY.2.Selecionar a aba Grupos dos usuários .

.5 Permissões Permite a liberação das permissões por grupo de acordo com as operações no MWS_EASY.2. Realizar a associação das permissões ao grupo e não ao usuário.Clicar em Permissões 14 .

Selecionar a aba Por grupo/usuário .. 15 . assim todos os usuários associados ao grupo terão permissão as opções listadas.Coloca a opção desejada do campo “não tem permissão em” ao campo “Tem permissão em”.

2.6 Família Permite o cadastro de família para os itens no MWS_EASY. O Cadastro de Famílias visa agrupar itens por alguma característica comum. CAMPO Família Nome DESCRIÇÃO Código da família Nome da família 16 .

Clicar em Itens 17 . .7 Itens Permite o cadastro de itens no MWS_EASY.2.

caso haja o peso bruto padrão informado pelo fabricante). Princípio Ativo e Outros Deixa o item inativo – (Exemplo: Utilizado quando se faz necessário excluir o item). é possível associar o item à família. maior capacidade ou indiferente.. l. 18 . é possível classificar o item. Excipiente. un Unidade de medida do peso do item. Produto-acabado. Peso bruto do item (apenas ilustrativo. Semi-acabado.Selecionar a aba Item CAMPO Item Nome Tipo Inativo U M controle U M peso Fator de conversão Obrigatório Peso Bruto Padrão Quantidade Padrão Quantidade para obtenção do peso médio Família Classificação Controles Pesar na balança de capacidade Validade 1 Validade 2 Obrigar pesagem Aceita tolerância Sequencial DESCRIÇÃO Código do Item . * Não aplicável para a versão do MWS_EASY Define a associação do item ao lote Faz o sistema escolher a balança de menor. Caso haja classificação de item cadastrada. caso referente à segunda unidade de medida. m2. caso o item possua duas unidades de medida – (Exemplo: kg). Fator de conversão utilizado para a contagem do item (peso/un) Escolha entre sim ou não. m. Validade 1 do produto em dias Validade 2 do produto em dias Define obrigatoriedade da pesagem do item na operação Define a aceitação da tolerância na operação de pesagem do item (sendo da Lista ou Balança) Quando marcado inicia o incremento do sequencial de reportes efetuados por item. O valor em peso referente ao fator de conversão Peso médio do item Caso haja alguma família de item cadastrada. kg.Identificação do item Nome do Item Matéria-Prima. m3.

Existem 5 campos que podem ser utilizados como descrições do item. O mesmo serve para EAN13. CAMPO EAN/UCC13 EAN/UCC14 EAN/UCC8 Identificador de Variante Logística Descrições Diamante de Hommel 19 DESCRIÇÃO Código do item no padrão EAN13 . utilizado no código de barras EAN128.Quando aplicável Código do volume secundário do item no padrão EAN14 . de acordo com especificação da EAN. Descrições do item e Diamante de Hommel. . utilizar a seta a direita para abrir as configurações de GS1.Exemplo: Caixa / Palete Quando aplicável Código EAN8 do item .. Qualifica e quantifica os riscos ou perigos do item. Periculosidade. O Código de barras EAN13 variável #9999999999991# continua normalmente. O Dígito verificador será recalculado.Ainda na aba do cadastro do item.Quando aplicável Valor a ser colocado ao lado esquerdo das variáveis de impressão #IT-MEAN13#.

Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. CAMPO Observação 1 Observação 2 Observação 3 Observação 4 Observação 5 Observação 6 Observação 7 Observação 8 Observação 9 Observação 10 DESCRIÇÃO Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.Ainda na aba do cadastro do item. utilizar novamente a seta a direita para abrir os campos de observações do item. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. 20 .

Sequencia do Nível de Embalagem .8 EMBALAGEM.Selecionar a aba Embalagem . será necessário o cadastro de uma nova embalagem.Caixa / Secundária – Palete). Identificar Volume – (utilizar sempre SIM quando necessário o controle de saldo) Nível da Embalagem – (Exemplo: Primária . Quantidade de volumes primários que compõem o volume secundário. ver o Item 2.Quando for necessário utilizar uma embalagem diferente das duas padrões que já vem cadastradas no sistema. CAMPO Sequencia Código Qtd Identificar Vol Nível Sequencia 21 DESCRIÇÃO Sequencia do Nível de Embalagem Código da Embalagem – (Exemplo: CX – Caixa / PL – Palete)..

CAMPO Faixas de Peso Nome Peso Padrão Mínimo Máximo CPL Faixas de Peso DESCRIÇÃO Código da Faixa de Peso Nome da Faixa de Peso Peso médio do item Variação mínima do peso médio do item Variação máxima do peso médio do item Coeficiente de perda líquida ..A Faixa do Item é utilizada quando o cliente quer controlar o peso do item em seu processo.Selecionar a aba Faixas de Peso .Percentual Código da Faixa de Peso 22 .

2. .8 Embalagem Permite o cadastro de Embalagens no MWS_EASY.Clicar em Embalagens 23 .

CAMPO Código Nome Tipo U M controle U M Peso Peso Padrão Mínimo Máximo DESCRIÇÃO Código da Embalagem Nome da Embalagem Embalagem / Recipiente Unidade de medida de peso da embalagem .(Exemplo: kg) Peso médio do item Variação mínima do peso médio do item Variação máxima do peso médio do item 24 .(Exemplo: un) Unidade de medida da tara da embalagem .

.Clicar em Clientes 25 .9 Clientes Permite o cadastro de clientes no MWS_EASY.2.

Identificação do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídica) ou CPF (Cadastro Pessoa Física). Jurídica ou Estrangeira. Cliente / Fornecedor e Responsável Técnico (Só Fornecedor) Tipo de pessoa: Física. Porcentagem de PDV (Prazo Decorrido de Validade) que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da ordem. Cidade do cliente 26 . Lista-país Estado do cliente Deixa o Cliente inativo – (Exemplo: Utilizado quando se faz necessário excluir o Cliente).CAMPO Cliente Nome Tipo Pessoa CNPJ/CPF IE/RG PDV Habilitado para Estado Inativo Cidade DESCRIÇÃO Código do Cliente Nome do Cliente Tipo do cliente: Cliente. Inscrição Estadual ou RG (Registro Geral).

2.10 Fornecedores Permite o cadastro de Fornecedores no MWS_EASY. 27 .

Porcentagem de PDV (Prazo Decorrido de Validade) que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da ordem. Identificação do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídica) ou CPF (Cadastro Pessoa Física). Cidade do fornecedor 28 . Lista-país Estado do fornecedor Deixa o Fornecedor inativo – (Exemplo: Utilizado quando se faz necessário excluir o Fornecedor).CAMPO Fornecedor Nome Tipo Pessoa CNPJ/CPF IE/RG PDV Habilitado para Estado Inativo Cidade DESCRIÇÃO Código do Fornecedor Nome do Fornecedor Tipo do cliente: Cliente. Inscrição Estadual ou RG (Registro Geral). Cliente / Fornecedor e Responsável Técnico (Só Fornecedor) Tipo de pessoa: Física. Jurídica ou Estrangeira.

2.11 Lote Permite o cadastro de Lote no MWS_EASY. .Clicar em Lotes 29 .

Código Fornecedor – Nome Fornecedor – Lote Fabricante – Nome Fabricante – Data de Fabricação Fabricante – Lote Nota Fiscal – Número Nota Fiscal – Ordem de compra Nota Fiscal . . 30 . Data de Validade do Lote Sequencial do Lote.CAMPO Identificação Condição Item Nome Potência Qtd volumes Data Validade Sequencial Data Recebimento Fornecedor . Código do item associado ao Lote (Quando Aplicável) Nome do item associado ao Lote Percentual de potência. Espera. Liberado. Informação importante. Utilizado quando o lote é cadastrado automaticamente. Informação importante caso seja necessário que o MWS efetue o cálculo da potência da lista de Itens na Ordem. Número do lote do Fabricante Número da nota fiscal Número da ordem de compra Peso total do lote na nota fiscal. será incrementado a cada lote criado. Código do Fornecedor Nome do Fornecedor Número do lote do Fornecedor Nome do Fabricante Data de fabricação do fabricante. Suspenso e Quarentena. Data de recebimento do Lote.Utilizar a seta à direita para abrir os campos de observações do Lote. caso seja necessário gerar a validade do volume por este parâmetro. Quantidade de volumes do lote.Peso DESCRIÇÃO Código de identificação do Lote Tipo de condição do Lote Ex: Bloqueado.

Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. . Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.CAMPO Observação 1 Observação 2 Observação 3 Observação 4 Observação 5 Observação 6 Observação 7 Observação 8 Observação 9 Observação 10 31 DESCRIÇÃO Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.

Selecionar a aba Fórmulas 32 .12 Fórmulas Permite o cadastro de fórmulas no MWS_EASY.2. .Clicar em Fórmulas .

(Exemplo: Versão 1 da fórmula) Utilizado quando a fórmula for utilizada por um terminal apenas numérico . Código do Item-Filho Quantidade padrão do Item-Filho Quantidade mínima do Item-Filho em peso ou percentual Quantidade máxima do Item-Filho em peso ou percentual Identificar se a pesagem será fracionada (através do sim/não) Identificar se a pesagem será acumulativa (através do sim/não) Instrução de trabalho sobre o item. de modo a orientar o operador em alguma particularidade específica da estrutura \ fórmula. Esta informação será exibida na tela de operação.(Exemplo: Código da Fórmula: Fórmula 1 – Máscara: 1) . .CAMPO Item-Pai Nome Fórmula Nome Quantidade Versão Máscara DESCRIÇÃO Código do Item-Pai Nome do Item-Pai Código da Fórmula Nome da Fórmula Quantidade total do item-Pai Versão da Fórmula . Ex: Produto Explosivo. para exibição de maneira ordenada.Selecionar a aba Itens CAMPO Centro trabalho Fase Sequencia Item-Filho Qtd padrão Qtd mínima Qtd máxima Fracionado Acumulativo Instrução de trabalho 33 DESCRIÇÃO Código do Centro de trabalho *Não Aplicável (preencher o campo em branco) Sequencia de cadastramento das linhas. Sugerido pelo sistema de 10 em 10.

(O tempo de pulso da alimentação lenta que varia de 0.Utilizar a seta à direita para abrir os detalhes referentes à dosagem.9s).1 a 9. CAMPO Tol Máxima Qtd OK Abaixo Qtd OK Acima Tempo de Crg Tempo de Descarga Antecip de Crg Antecip de Descarga Tempo Estabz Faixa de Estabilização Tempo de Jog Antecipação de Jog Lento Correção de Antecipação DESCRIÇÃO Tolerância máxima admissível para o material Quantidade mínima admissível para o material Quantidade máxima admissível para o material Tempo máximo de carregamento da balança Tempo de descarga Antecipação de carga Antecipação de descarga Tempo de estabilização do peso Variação máxima de peso admitida na verificação da estabilização Tempo inicial do auto jog. Valor em peso do inicio para o auto jog Valor em peso para a troca da válvula rápida pra lenta Indica se deverá haver correção da antecipação (através do Sim/Não) 34 ..

FLUXO20 ou FLUXO30.13 Ordem Permite o cadastro de Ordem no MWS_EASY. Por Fórmula: Funciona basicamente como a Ordem Por Lista.2. Por Lista: Possui uma lista de itens e suas respectivas quantidades a serem atendidas. em qualquer quantidade. Selecionar o fluxo desejado para o cadastro da ordem: FLUXO10. Esse tipo de ordem é bastante utilizado em operações como Recebimento. Normalmente utilizada para fabricação de Medicamentos e Formulações em geral. Isso limita o operador a não reportar quantidades ou itens inválidos para determinado processo. Tipos de Ordem Há três possibilidades de cadastrar uma ordem: Livre: Não possui lista de itens. Re-identificação de Matérias-Primas ou Devolução de Produtos. Sendo assim. com uma ordem livre é possível atender qualquer item. 35 . Esse tipo de ordem é utilizado em Expedições ou Pesagens para Produção de determinado produto. no entanto essa lista de itens deve vir obrigatoriamente de uma Fórmula já pré-cadastrada no sistema.

Util 1º Certificado 2º Certificado DESCRIÇÃO Código da Ordem Condição da Ordem – (Exemplo: Aberta.. Encerrada ou Cancelada). (Quando Aplicável) Porcentagem de PDV que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da ordem.Selecionar a aba Ordens ORDEM DO TIPO LIVRE CAMPO Ordem Condição Abertura Prazo Cliente Pontuação PDV Atendimento Cód. Data de Abertura Prazo de término Cliente a qual se destina a Ordem (Quando Aplicável) Indica qual a pontuação mínima referente à lista-país associada a um certificado que será aceito para movimentação. Liberada. Suspensa. Sempre Livre Código para diferenciação de ordens .(Exemplo: centro de custo) Permite associar um certificado a ordem Permite associar um certificado a ordem 36 .

. Liberada.Selecionar a aba Ordens ORDEM DO TIPO LISTA CAMPO Ordem Condição Abertura Prazo Cliente Pontuação PDV Atendimento Item-Pai Nome Peso Lote-Pai Qtd ordem Cód. Util 1º Certificado 2º Certificado 37 DESCRIÇÃO Código da Ordem Condição da Ordem – (Exemplo: Aberta. Por Lista Código do item a ser produzido Nome do item pai a ser produzido Peso total da ordem a ser produzida Lote do item pai a ser produzido Quantidade a ser produzida Código para diferenciação de ordens – (Exemplo: centro de custo) Permite associar um certificado a ordem Permite associar um certificado a ordem . Encerrada ou Cancelada). Data de Abertura Prazo de término Cliente a qual se destina a Ordem (Quando Aplicável) Indica qual a pontuação mínima referente à lista-país associada a um certificado que será aceito para movimentação Porcentagem de PDV que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da ordem. Suspensa.

Prazo Restante de Validade / PDV – Prazo Decorrido de Validade Porcentagem de PDV/PRV que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da linha da lista da ordem.Incluir item na lista da ordem 38 . Quantidade de certificados associados à linha da lista.Selecionar a aba Lista CAMPO Sequencia Linha Sublinha Qtd Padrão Qtd Mínima Qtd Máxima Centro trabalho Item-Filho Lote Série/Volume Item Destino Fase Lote Destino Estrutura PRV/PDV Qtd Certificados Local Futuro Endereço Futuro DESCRIÇÃO Orienta diferentes itens Orienta diferentes lotes Oriente diferentes volumes Quantidade ideal a ser atendida Quantidade mínima a ser atendida Quantidade máxima a ser atendida Código do Centro de Trabalho Código do Item-Filho Código do Lote Série/Volume do Item-Filho da Lista Código do Item de destino que será usado durante a operação de transformação de item. Não Aplicável para a versão do MWS_EASY PRV .. *Não Aplicável para a versão do MWS_EASY *Não Aplicável para a versão do MWS_EASY . Não Aplicável para a versão do MWS_EASY Código do lote de destino que será usado durante a operação de transformação de lote.

.Localiza o Item-Filho .Selecionar a aba Ordens ORDEM DO TIPO FÓRMULA 39 .

40 . Data de Abertura Prazo de término Cliente a qual se destina a Ordem (Quando Aplicável) Indica qual a pontuação mínima referente à lista-país associada a um certificado que será aceito para movimentação Porcentagem de PDV que será utilizada para filtrar os volumes válidos para atendimento da ordem. Por Multiplicação ou Por Ajuste Quantidade do peso total da ordem Permite associar um certificado a ordem Permite associar um certificado a ordem . Suspensa. Util Totalização Qtd ordem 1º Certificado 2º Certificado DESCRIÇÃO Código da Ordem Condição da Ordem – (Exemplo: Aberta. Liberada. Encerrada ou Cancelada). Por fórmula Código do item a ser produzido Nome do item pai a ser produzido Código da formula Quantidade do peso total da fórmula Lote do item pai a ser produzido Quantidade de vezes que a ordem pode ser produzida Código para diferenciação de ordens – (Exemplo: centro de custo).CAMPO Ordem Condição Abertura Prazo Cliente Pontuação PDV Atendimento Item-Pai Nome Fórmula Qtde fórmula Lote-Pai Vezes Cód.Utilizar a seta à direita para abrir os campos de observações da Ordem.

Clicar em Periféricos 41 . Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.CAMPO Observação 1 Observação 2 Observação 3 Observação 4 Observação 5 Observação 6 Observação 7 Observação 8 Observação 9 Observação 10 DESCRIÇÃO Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.14 Periféricos Permite o cadastro de periféricos no MWS_EASY. 2. . Campo de observação que pode ser customizado com texto livre. Campo de observação que pode ser customizado com texto livre.

Paralela e Direta). 38400. 9600. Balança. Endereço IP do periférico.(Exemplo: Serial. 57600 e 115200). Para o cadastro de balanças como periférico. “Impar” ou “Nenhuma”).Utilizar a seta à direita para abrir os campos de detalhes da balança. se faz necessário preencher os detalhes da balança conforme abaixo: . Etiquetador. Número da porta do periférico.CAMPO Tipo Código Marca Modelo Comunicação IP Porta Velocidade Bits de dados Bits de parada Paridade DESCRIÇÃO Identificação do tipo de periférico . Tipo de comunicação do periférico .(Exemplo: 4800. Número de bits de dados da porta serial (“7” ou “8”) Número de bits de parada da porta serial (“1” ou “2”) Paridade dos dados de da porta serial (“Par”. Ethernet. Leitor e Display). 42 . Velocidade da porta serial . conforme o tipo de periférico.(Exemplo: Entradas/Saídas. 19200. Código do periférico Marca do Periférico Selecionar um entre os modelos pré-existes no sistema.

a ser selecionado no cadastramento. Define qual o peso que a balança deve chegar para considerar que o material foi retirado de cima dela. Peso máximo da balança Peso mínimo da balança Quantidade de casas decimais da balança ("0.4")... Quantidade de incrementos da balança ("1 2. Unidade de medida de peso da balança...5 Dif 1.. a ser selecionado no cadastramento.C5 Aferição completa a cada. Estáveis Zero Prog Incremento Peso Máximo Peso Mínimo Decimais Unidade de Medida Tolerância Ativa p/ pesagem Ativa p/ verificação Peso 1..5 Dif 1..5”).% Parcial – P1....5 . Quantidade de pesos estáveis Zero programável da balança. 2. Esta tolerância é definida em percentual e. Normalmente é utilizada quando a lista de itens da Ordem não possui tolerância cadastrada .CAMPO Capacidade Unidade de Medida Consec.P5 Completa – C1. Unidade de medida de peso da balança..dias Data da próxima aferição completa Habilita tarar a balança? Auto-limpeza de Tara? Tarar sucessivamente? Intertravamento de Tara? Tarar automaticamente? 43 DESCRIÇÃO Capacidade de peso máximo da balança. se configurada na propriedade da operação.(Exemplo: quando importada de um ERP) Define se a balança está ativa para ser utilizada na tela de pesagem Define se a balança está liberada para ser feita a aferição Valores de pesos a serem utilizados na aferição Valores de diferenças aceitáveis para considerar a aferição OK Valores de diferenças aceitáveis em percentual para considerar a aferição OK Valores a serem considerados na aferição parcial Valores a serem considerados na aferição completa Tempo em dias para solicitar a aferição completa Data estipulada para a próxima aferição completa Habilita tarar a ADU do TS3X Limpara a tara da ADU do TS3X quando o peso atingir zero Permite que a ADU do TS3X receba tara sobre tara Permite remover a tara da ADU do TS3X somente quando o peso atingir zero Tara a ADU do TS3X quando estiver estável em um valor positivo . atua como tolerância (mínimo e máximo) para a lista da Ordem. 1.. Tolerância de peso da balança. 3.

Selecionar a aba Terminal 44 .15 Terminais Permite o cadastro de terminais no MWS_EASY. .Clicar em Terminais .2.

SERVER. TOLBAG) Código do estabelecimento a qual pertence o terminal Indica o IP do servidor de aplicativo. Indica se o terminal trabalha com tela touch screen. ENSAKDUPLO. TS6. 9098CT.Utilizar a seta à direita para abrir os campos de associação do periférico à porta de comunicação. cadastrado no ambiente de rede. PDT. Nome do terminal. 9096H. IHMX. TS3X.CAMPO Terminal Descrição Nome(Win) Tipo Estabelecimento Servidor Linha prod Nome Obrigar leitura Terminal touch screen Controlar contraste DESCRIÇÃO Número de identificação do terminal. o qual o terminal está conectado (válido apenas para os terminais que utilizam o servidor de aplicativos). 45 . Tipo de terminal (Exemplo: PC. Habilita o ajuste de contraste (válido apenas p/ o terminal IHMX antigo) . Descrição para auxiliar a identificação do terminal. Código da linha de produção do terminal Nome da linha de produção do terminal Define a obrigatoriedade de leitura via scanner. 9091AC. 9091Web. 9091T. 9096HT.

Escolha dos tipos de periféricos que podem ser instalados nas portas paralelas do terminal.COM8) Tipo (LTP1 e LTP2) Código (LTP1 e LTP2) DESCRIÇÃO Escolha dos tipos de periféricos que podem ser instalados nas portas seriais do terminal. COM1 a COM8. conforme o Tipo (COM) especificado. .Selecionar o terminal desejado (no campo Terminais). .Selecionar a aba Terminal x Periférico . em seguida selecionar o periférico que deverá ser associado ao terminal no campo “não contêm os periféricos” e clicar na seta.COM8) Código (COM1. LPT1 e LPT2.. Seleção dos códigos dos periféricos cadastrados..CAMPO Tipo (COM1...Botão utilizado para testar a comunicação do terminal com o periférico. 46 . para que o terminal passe a ter o periférico “contem os periféricos”. Seleção dos códigos dos periféricos cadastrados. conforme o Tipo (LPT) especificado.

UNIDADE DE MEDIDA Serão pré-cadastradas as seguintes Unidades de Medidas.Clicar no campo Cadastros e selecionar a opção desejada: Unidades de Medida 47 . mas outras poderão ser cadastradas.3. .  kg UNIDADE DE MEDIDA Quilograma g Gramas un / kg Unidade / Quilograma un / g Unidade / Grama kg / un Quilograma / Unidade g / un Grama / Unidade Estas serão as únicas unidades de medida validadas.

Volume (m³). Área (m²). 48 . Comprimento (m). Capacidade (l). Peso (kg) Fator que converte a unidade cadastrada para a unidade de medida padrão da grandeza medida.CAMPO Unidade de medida Nome Grandeza Conversão DESCRIÇÃO Símbolo da unidade de medida Nome da unidade de medida Grandeza medida: Peça (pc).

4.1 Modelos de etiquetas para 451 49 VOLUME AGRUPAMENTO ACUMULATIVA FRACIONAMENTO . LAYOUT ETIQUETAS 4.

2 Modelos de etiquetas para Allegro VOLUME AGRUPAMENTO 50 .UNIDADES AGRUPAMENTO DE UNIDADES 4.

ACUMULATIVA UNIDADES 51 FRACIONAMENTO AGRUPAMENTO DE UNIDADES .

4.3 Modelos de etiquetas para Zebra VOLUME AGRUPAMENTO ACUMULATIVA FRACIONAMENTO 52 .

UNIDADES 53 AGRUPAMENTO DE UNIDADES .

deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. onde <NOM_ETR>. onde <NOM_ETR>. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. onde <NOM_ETR>.5. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. 567 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LOT_FAB_DTA# Data de fabricação do lote da desmontagem. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. VARIÁVEIS DE USO 5. 568 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!CER_SEX# Sexo do animal da desmontagem. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. a sequência do cadastro dos Data da Ordem Código da Operação 54 . 569 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!CER_IDA# Idade do animal da desmontagem. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. onde <NOM_ETR>. onde <NOM_ETR>. 566 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LOT_VAL_DTA# Data de validade do lote da desmontagem.1 Labels para etiquetas com movimento Código Variável Campo Descrição 1 #MOVIDT# Mov_Idt Sequencial da Movimentação 2 #ESTCOD# Est_Cod Código do Estabelecimento 3 #FLXCOD# Flx_Cod Código do Fluxo 4 #ORDCOD# Ord_Cod Código da Ordem 5 #ORDREFDTA# Ord_Ref_Dta 6 #OPECOD# Ope_Cod 572 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LST_SEQ# Sequencial da linha da lista atendida na desmontagem. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura.

deverá ser substituído pelo nome do campo. 559 #VOL_CTD_PRI_<RTL># Campo adicional do volume primário. 565 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LOT_NOM# Nome do lote da desmontagem. 563 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!ITM_NOM# Nome do item da desmontagem. 560 #VOL_CTD_SEC_<RTL># Campo adicional do volume secundário. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. 571 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LOC_FUT# Local futuro do volume desmontado. onde <RLT>. onde <NOME_ETR>. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. onde <NOM_ETR>. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. deverá ser substituído pelo nome do campo. 570 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!LPA_COD# Lista Pais do certificado da desmontagem. onde <RLT>. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. onde <NOM_ETR>. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. onde <NOM_ETR>. onde <NOM_ETR>. a sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura. onde <NOM_ETR>. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. 564 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!ITM_NOM_COD# Código do item da desmontagem. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. 562 #ETR!<NOM_ETR>!<SEQ_ETR>!VOL_IDT# Volume primário da desmontagem. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. deverá ser o nome cadastrado para estrutura e <SEQ_ETR>. a 55 .itens filhos da respectiva estrutura.

sequência do cadastro dos itens filhos da respectiva estrutura.PALETE 546 #AGPN21ITMNOM$n# Nome de um dos itens do agrupamento secundário. 484 #FIRSTVOL# 485 #FIRSTVOLVOLVALDTAPRI# Validade do Volume que ira vencer/expirar primeiro velho no Palete 486 #FIRSTVOLVOLPRDDTAPRI# Data de Produção do Volume que ira vencer/expirar primeiro no Palete 543 #FIRSTVOLLOTNOM# Nome do Lote do Volume que ira vencer/expirar primeiro no Palete . “N” é equivalente ao número do registro Volume Mais que ira vencer/expirar primeiro no Palete 56 . 553 #VOLPRILOCFUT# Local futuro do volume primário 554 #VOLPRIENDXFUT# Endereço X futuro do volume primário 555 #VOLPRIENDYFUT# Endereço Y futuro do volume primário 556 #VOLPRIENDZFUT# Endereço Z futuro do volume primário 557 #LOTVALDTAANO2# Ano (com 2 dígitos) da Data de Validade do Lote 558 #LOTFABDTAANO2# Ano (com 2 dígitos) da Data de Fabricação do Lote 547 #LOTVALDTADIA# Dia da Data de Validade do Lote 548 #LOTVALDTAMES# Mês da Data de Validade do Lote 549 #LOTVALDTAANO# Ano (com 4 dígitos) da Data de Validade do Lote 550 #LOTFABDTADIA# Dia da Data de Fabricação do Lote 551 #LOTFABDTAMES# Mês da Data de Fabricação do Lote 552 #LOTFABDTAANO# Ano (com 4 dígitos) da Data de Fabricação do Lote 483 #AGPN23PESSU$n# Peso somado do volume no agrupamento secundário sem unidade de medida. Exibe somente 1 vez o mesmo item. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento.

“N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 478 #AGPN23LOTIDT$n# Código de um dos lotes do agrupamento secundário. 473 #AGPN22QTDSU$n# 57 Quantidade somada de . Exibe a cada volume diferente. 477 #AGPN23ITMCOD$n# Código de um dos itens do agrupamento secundário. Exibe a cada volume diferente. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 481 #AGPN23QTDSU$n# Quantidade do volume no agrupamento secundário sem unidade de medida.no agrupamento. 480 #AGPN23QTD$n# Número de um dos volumes do agrupamento secundário. 471 #AGPN22LOTIDT$n# Código de um dos lotes do agrupamento secundário. Exibe a cada lote diferente por item. “N” é equivalente ao número da linha. 482 #AGPN23PES$n# Peso somado do volume no agrupamento secundário com unidade de medida. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 479 #AGPN23VOLIDT$n# Número de um dos volumes do agrupamento secundário. 472 #AGPN22QTD$n# Quantidade somada de itens e lotes iguais no agrupamento secundário com unidade de medida. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento.

“N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 475 #AGPN22PESSU$n# Peso somado de itens e lotes iguais no agrupamento secundário sem unidade de medida.itens e lotes iguais no agrupamento secundário sem unidade de medida. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 465 #AGPN21QTD$n# Quantidade somada de itens iguais no agrupamento secundário com unidade de medida. 466 #AGPN21QTDSU$n# Quantidade somada de itens iguais no agrupamento secundário sem unidade de medida. 476 #AGPN22REGCOUNT$n# Quantidade de registros (volumes) de itens e lotes iguais no agrupamento secundário. 467 #AGPN21PES$n# Peso somado de itens iguais no agrupamento secundário com unidade de medida. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 474 #AGPN22PES$n# Peso somado de itens e lotes iguais no agrupamento secundário com unidade de medida. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento 468 #AGPN21PESSU$n# Peso somado de itens iguais no agrupamento secundário sem unidade de medida. “N” é equivalente ao número da linha. “N” é equivalente ao 58 .

469 #AGPN21REGCOUNT$n# Quantidade de registros (volumes) de itens iguais no agrupamento secundário. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento.número do registro no agrupamento. ? = 1 a9 461 #EAN128RTL-?# Rótulo do EAN128. ? = 1 a 9 462 #PESPRUSEC# Peso bruto do agrupamento secundário 463 #CLSINFn# 464 #AGPN21ITMCOD$n# Lot_NF Cls_Inf NF do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote N é o número da linha da informação da classificação do item e deve ser substituído Código de um dos itens do agrupamento secundário. 453 #LASTFABRLOTLOTDTA# Lot_Dta Data do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 454 #LASTFABRLOTLOTFOR# Lot_For Lote do Fornecedor do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 455 #LASTFABRLOTLOTCFOCOD# CFo_Cod Código do Fornecedor do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 456 #LASTFABRLOTLOTOBS# Lot_Obs Observação do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 457 #LASTFABRLOTLOTPOT# Lot_Pot Potencia do Lote Mais 59 . 459 #LASTFABRLOTLOTNF# 460 #EAN128COD-?# Código do EAN128. Exibe somente 1 vez o mesmo item. Exibe a cada lote diferente por item. “N” é equivalente ao número do registro no agrupamento. 470 #AGPN22ITMCOD$n# Código de um dos itens do agrupamento secundário.

velho no Palete pela data de fabricação do Lote 458 #LASTFABRLOTLOTQTDVOL# Lot_Qtd_Vol Quantidade de Volumes do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 446 #LPAPON# LPa_Pon Pontuação da lista país do certificado do volume 447 #LPAPHMIN# LPa_pH_Min pH Mínimo da lista país do certificado do volume 448 #LPAPHMAX# LPa_pH_Max pH Maximo da lista país do certificado do volume 449 #LASTFABRLOTLOTNOM# Lot_Nom Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 450 #LASTFABRLOTLOTVALDTA# Lot_Val_Dta Validade do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 451 #LASTFABRLOTLOTFABDTA# Lot_Fab_Dta Data de Fabricação do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote 440 #CERNUMMAN# Cer_Num_Man Número de manejo do animal 441 #CERDTANAS# Cer_Dta_Nas Data de nascimento do animal 442 #CERDTACAD# Cer_Dta_Cad Data de cadastro do certificado 443 #CFOCODRESTEC# CFo_Cod_Res_Tec Responsável técnico 444 #CFOCODPRONAS# CFo_Cod_Pro_Nas Propriedade de nascimento 445 #CFOCODPROIDE# CFo_Cod_Pro_Ide Propriedade de identificação 434 #CERDES# Cer_Des Descrição do certificado 435 #CERORI# Cer_Ori Número do certificado de origem 436 #LPACOD# LPa_Cod Código da lista país do certificado 437 #CERIDA# Cer_Ida Idade do animal 438 CERDEN Cer_Den Número de dentes do animal 439 #CERRAC# Cer_Rac Raça do animal 425 #LASTSECITMNOM# Itm_Nom Nome do último item volume secundário 428 #MOVDTADDMMAAAA# Mov_Dta Data da Movimentação (dd/mm/aaaa) 429 #ITMVAL1DDMMAAAA# Data da Validade do Item baseado no movimento (dd/mm/aaaa) 430 #ITMVAL1MA# Data da Validade do Item 60 .

baseado no movimento (mm/aaaa) 431 #CERNUM# Cer_Num 433 #CERTIP# Cer_Tip 262 #MOVCOUNTSEC# Quantidade do volume secundário no momento da movimentação ou da geração do volume secundário 263 #TARTOTSEC# Tara total do agrupamento secundário 264 #PESBRUSEC# Peso bruto do agrupamento secundário 265 #ZVARSPC001# Soma do #LASTMOVTAR# + #MOVPESSEC# 266 #CODE128RTL-1# Rótulo do Code128 267 #CODE128COD-1# Código do Code128 256 #COUNTSECATU# Quantidade atual de volumes primário dentro do volume secundário 257 #ITMPESBRUCOUNTSECATU# Peso calculado do conteúdo do volume secundário 258 #QTDSECATU# Quantidade total atual do volume secundário 259 #TARTOTSECATU# Tara total atual do volume secundário 260 #PESBRUSECATU# Peso bruto total atual do volume secundário 261 #PESSECATU# Peso líquido total atual do volume secundário 250 #ORDCTD7# Ctf_Txt Campo adicional 7 da ordem ou fluxo 251 #ORDCTD8# Ctf_Txt Campo adicional 8 da ordem ou fluxo 252 #ORDCTD9# Ctf_Txt Campo adicional 9 da ordem ou fluxo 253 #ORDCTD10# Ctf_Txt Campo adicional 10 da ordem ou fluxo 254 #MOVTARAGP# Tara individual do agrupamento secundário 255 #MOVPESEMB1# Tara individual do agrupamento secundário capturada a partir de pesagem 244 #ORDCTD1# Ctf_Txt Campo adicional 1 da ordem ou fluxo 245 #ORDCTD2# Ctf_Txt Campo adicional 2 da ordem ou fluxo 246 #ORDCTD3# Ctf_Txt Campo adicional 3 da ordem ou fluxo 61 Número do certificado Tipo do certificado .

247 #ORDCTD4# Ctf_Txt Campo adicional 4 da ordem ou fluxo 248 #ORDCTD5# Ctf_Txt Campo adicional 5 da ordem ou fluxo 249 #ORDCTD6# Ctf_Txt Campo adicional 6 da ordem ou fluxo 238 #LSTQTDMIN# Lst_Qtd_Min Quantidade mínima da lista 239 #LSTQTDMAX# Lst_Qtd_Max Quantidade máxima da lista 240 #MOVPESSU# Mov_Pes Peso Líquido sem Unidade de Medida 241 #MOVQTDSU# Mov_Qtd Quantidade reportada sem Unidade de Medida 242 #MOVQTDSD# Mov_Qtd Quantidade reportada com Unidade de Medida sem casas decimais 243 #MOVQTDSDSU# Mov_Qtd Quantidade reportada sem Unidade de Medida sem casas decimais 232 #CLSINF# Cls_Inf Informações da Classificação do Item 233 #VOLQTD# SLo_Qtd Quantidade Atual do Volume 234 #VOLPES# SLo_Pes Peso Atual do Volume 235 #VOLQTDORI# SLo_Qtd Quantidade Atual do Volume de Origem 236 #VOLPESORI# SLo_Pes Peso Atual do Volume de Origem 237 #LSTQTDPAD# Lst_Qtd_Pad Quantidade padrão da lista 226 #MOVTAREMB4# MOV_TAR_EMB4 227 #PESBRUEMB# Peso meio Bruto somente com as embalagens da Movimentação 228 #DATAATUAL# Data Atual 229 #HORAATUAL# Hora Atual 230 #CLSCOD# Cls_Cod Código da Classificação do Item 231 #CLSNOM# Cls_Nom Nome da Classificação do Item 220 #SSCCVOLSEC# 221 #LOTPOT# 222 #TARTOTEMB# 223 #MOVTAREMB1# MOV_TAR_EMB1 Tara da Embalagem 1 da Movimentação 224 #MOVTAREMB2# MOV_TAR_EMB2 Tara da Embalagem 2 da Tara da Embalagem 4 da Movimentação SSCC do volume secundário Lot_Pot Potência do Lote Tara Total da Embalagens da Movimentação 62 .

Movimentação
225

#MOVTAREMB3#

MOV_TAR_EMB3

214

#LASTSECMOVQTD#

Mov_Qtd

Quantidade do último item
do agrupamento Secundário

215

#LASTSECMOVPES#

Mov_Pes

Peso do último item do
agrupamento Secundário

216

#LASTSECTARTOT#

Tara Total do último item do
agrupamento Secundário

217

#LASTSECPESBRU#

Peso Bruto do último item
do agrupamento Secundário

218

#LASTSECMOVTAR#

219

#SSCCVOLPRI#

207

#LOTDTA#

208

#LOTCFACOD#

Código do Fabricante do
Lote

209

#LOTCFANOM#

Nome do Fabricante do
Lote

210

#LOTCFOCOD#

Cfo_Cod

Código do fornecedor do
Lote

211

#LOTCFONOM#

Cfo_nom

Nome do fornecedor do
Lote

213

#ENDCOD#

Código do Endereço

200

#IMPVEZ#

Número da vez da reimpressão

201

#REIMPVEZ#

REt_Vez - 1

202

#IMPNUM#

REt_Vez

203

#REIMPRESSAO#

Palavra “reimpressão” só
aparece quando a etiqueta
é reimpressa

204

#REIMPRESSA#

Palavra “reimpressa” só
aparece quando a etiqueta
é reimpressa

205

#LOTQTDVOL#

Lot_Qtd_Vol

Quantidade de Volumes do
Lote

193

#PAIVAL1#

Itm_Val1

Validade 1 do Item Pai em
formato Data

194

#PAIVAL2#

Itm_Val2

Validade 2 do Item Pai em
formato Data

195

#IPRVAL1#

Itm_Val1

Validade 1 do Item Pai em
formato Dia

196

#IPRVAL2#

Itm_Val2

Validade 2 do Item Pai em
formato Dia

63

Mov_Tar

Tara da Embalagem 3 da
Movimentação

Tara da balança na pesagem do último item do
agrupamento Secundário
SSCC do volume primário

Lot_Dta

Data de recebimento do lote

Número da reimpressão
Número da Impressão

198

#LOTVALDTA#

Lot_Val_Dta

Data de validade do Lote

199

#LOTFABDTA#

Lot_Fab_Dta

Data de fabricação do Lote

187

#LASTSECFXACPL#

FXA_CPL

Coeficiente de Perda líquida
Faixa de Peso do Item do
último item do agrupamento
secundário

188

#ORDOBS1#

Ord_Obs

Observação 1 da Ordem

189

#ORDOBS2#

Ord_Obs2

Observação 2 da Ordem

190

#ORDQTDPES#

Ord_Qtd_Pes

191

#FRMNOM#

Frm_Nom

192

#FRMQTD#

181

#FXACPLFIL#

FXA_CPL

Coeficiente de Perda líquida
Faixa de Peso do Item

182

#LASTSECFXACOD#

FXA_COD

Código da Faixa de Peso do
Item do último item do
agrupamento secundário

183

#LASTSECFXANOM#

FXA_NOM

Nome da Faixa de Peso do
Item do último item do
agrupamento secundário

184

#LASTSECFXAPAD#

FXA_QTD_PAD

Quantidade Padrão Faixa de
Peso do Item do último
item do agrupamento secundário

185

#LASTSECFXAMIN#

FXA_QTD MIN

Quantidade Mínima Faixa de
Peso do Item do último
item do agrupamento secundário

186

#LASTSECFXAMAX#

FXA_QTD MAX

Quantidade Máxima Faixa
de Peso do Item do último
item do agrupamento secundário

175

#UMECODPES#

Ume_Cod_Pes

Código da Unidade de
Medida de Peso do Item

176

#FXACODFIL#

FXA_COD

Código da Faixa de Peso do
Item

177

#FXANOMFIL#

FXA_NOM

Nome da Faixa de Peso do
Item

178

#FXAPADFIL#

FXA_QTD_PAD

Quantidade Padrão Faixa de
Peso do Item

179

#FXAMINFIL#

FXA_QTD MIN

Quantidade Mínima Faixa de
Peso do Item

180

#FXAMAXFIL#

FXA_QTD MAX

Quantidade Máxima Faixa
de Peso do Item

169

#ITMHOMVER#

Itm_Hom_Ver

Código do diamante de
hommel Vermelho

170

#ITMHOMBRA#

Itm_Hom_Bra

Código do diamante de
hommel Branco

Quantidade em Peso Teórica da Ordem
Nome da Fórmula
Quantidade da Fórmula

64

171

#ITMHOMAZUSEC#

ITM_HOM_AZU

Diamante de Hommel Azul
do item mais nocivo do
agrupamento

172

#ITMHOMAMASEC#

ITM_HOM_AMA

Diamante de Hommel Amarelo do item mais nocivo do
agrupamento

173

#ITMHOMVERSEC#

ITM_HOM_VER

Diamante de Hommel vermelho do item mais nocivo
do agrupamento

174

#UMECODQTD#

Ume_Cod_Qtd

Código da Unidade de
Medida de Controle do Item

163

#VOLTAREMB2QTD#

VOL_TAR_EMB2_QTD

Quantidade de Taras 1
dentro da Embalagem 2 do
Volume

164

#VOLTAREMB3QTD#

VOL_TAR_EMB3_QTD

Quantidade de Taras 2
dentro da Embalagem 3 do
Volume

165

#VOLTAREMB4QTD#

VOL_TAR_EMB4_QTD

Quantidade de Taras 3
dentro da Embalagem 4 do
Volume

166

#VOLIDTORI#

VOL_IDT_ORI

Volume de Origem

167

#ITMHOMAZU#

Itm_Hom_Azu

Código do diamante de
hommel Azul

168

#ITMHOMAMA#

Itm_Hom_Ama

Código do diamante de
hommel Amarelo

157

#VOLTAREMB1#

VOL_TAR_EMB1

Tara da Embalagem 1 do
Volume

158

#VOLTAREMB2#

VOL_TAR_EMB2

Tara da Embalagem 2 do
Volume

159

#VOLTAREMB3#

VOL_TAR_EMB3

Tara da Embalagem 3 do
Volume

160

#VOLTAREMB4#

VOL_TAR_EMB4

Tara da Embalagem 4 do
Volume

161

#VOLTARTOTEMB#

162

#VOLTARTOT#

151

#VOLVAL2PRI#

Vol_Prd_Dta

Data de validade 2 do volume primário

152

#VOLPRDHORSEC#

Vol_Prd_Dta

Hora de produção do volume secundário

153

#VOLPRDDTASEC#

Vol_Prd_Dta

Data de produção do volume secundário

154

#VOLVAL1SEC#

Data de validade 1 do agrupamento secundário (só
funciona em agrupamento
único pois é baseado no
item)

155

#VOLVAL2SEC#

Data de validade 2 do agrupamento secundário (só
funciona em agrupamento

65

Tara Total das Embalagens
do Volume
Tara Total do Volume

único pois é baseado no item) 156 #VOLTAR# Vol_Tar Tara da Balança do Volume 145 #VOLTAREMB3QTDORI# VOL_TAR_EMB3_QTD Quantidade de Taras 2 dentro da Embalagem 3 do Volume de Origem 146 #VOLTAREMB4QTDORI# VOL_TAR_EMB4_QTD Quantidade de Taras 3 dentro da Embalagem 4 do Volume de Origem 147 #VOLPRDHORPRI# Vol_Prd_Dta Hora de produção do volume primário 148 #VOLPRDDTAPRI# Vol_Prd_Dta Data de produção do volume primário 149 #VOLVALDTA# Vol_Val_Dta Data de validade do volume 150 #VOLVAL1PRI# Vol_Prd_Dta Data de validade 1 do volume primário 139 #VOLTAREMB2ORI# VOL_TAR_EMB2 Tara da Embalagem 2 do Volume de Origem 140 #VOLTAREMB3ORI# VOL_TAR_EMB3 Tara da Embalagem 3 do Volume de Origem 141 #VOLTAREMB4ORI# VOL_TAR_EMB4 Tara da Embalagem 4 do Volume de Origem 142 #VOLTARTOTEMBORI# 143 #VOLTARTOTORI# 144 #VOLTAREMB2QTDORI# 133 #VOLPRDDTAPRIORI# Data de produção do volume primário de origem 134 #VOLVALDTAORI# Data de Validade do volume primário de origem 135 #VOLVAL1PRIORI# Data de Validade calculada a partir da quantidade atual de dias de validade 1 do item do volume primário de origem 136 #VOLVAL2PRIORI# Data de Validade calculada a partir da quantidade atual de dias de validade 2 do item do volume primário de origem 137 #VOLTARORI# Vol_Tar 138 #VOLTAREMB1ORI# VOL_TAR_EMB1 127 #VESIDTPRI# Tara Total das Embalagens do Volume de Origem Tara Total do Volume de Origem VOL_TAR_EMB2_QTD Quantidade de Taras 1 dentro da Embalagem 2 do Volume de Origem Tara da Balança do Volume de Origem Tara da Embalagem 1 do Volume de Origem Número do volume estran66 .

geiro do volume atual 128 #VESIDTORI# Número do volume estrangeiro do volume de origem 129 #MOVDTAMA# Data da Movimentação (mm/aaaa) 130 #MOVPFECOD# 131 #LOCCOD# Local de destino da Movimentação 132 #VOLPRDHORPRIORI# Hora de produção do volume primário de origem 121 #ISONUMPAIS# 122 #TRMIDT# Trm_Idt 123 #TRMNOM# Trm_Nom Nome do Terminal 124 #USUNOM# Usu_Log Nome do Usuário 125 #TRNCOD# Trn_Cod Código do turno do usuário 126 #TRNNOM# Trn_Nom Nome do turno do usuário 115 #LSTOBS2# Observação 2 da lista 116 #LSTOBS3# Observação 3 da lista 117 #LSTOBS4# Observação 4 da lista 118 #EMPCOD# Emp_Cod Código da Empresa 119 #EMPNOM# Emp_Nom Nome da Empresa 120 #EMPNUMAPV# 109 #MOVNUM# Mov_Num Número da Vez 110 #MOVSEQ# Mov_Seq Sequencia da lista 111 #MOVLIN# Mov_Lin Linha da Lista 112 #MOVSBL# Mov_Sbl Sublinha da lista 113 #FASCOD# Fas_Nom Nome da Fase 114 #LSTOBS1# 103 #LASTLOTLOTOBS# Observação do lote mais velho usado no agrupamento secundário 104 #LASTLOTLOTPOT# Potencia do lote mais velho usado no agrupamento secundário 105 #LASTLOTLOTQTDVOL# Quantidade de volumes do lote mais velho usado no agrupamento secundário 106 #LASTVOL# Número do volume primário mais velho usado no agrupamento secundário 67 Pfe_Cod Código da balança da movimentação Número ISO do pais Identificador do Terminal Nome da empresa do movimento Observação 1 da lista .

107 #LASTVOLVOLVALDTAPRI# Data de validade do volume primário mais velho usado no agrupamento secundário 108 #LASTVOLVOLPRDDTAPRI# Data de produção do volume primário mais velho usado no agrupamento secundário 97 #LASTLOTLOTVALDTA# Validade do lote mais velho usado no agrupamento secundário 98 #LASTLOTLOTFABDTA# Data de fabricação lote mais velho usado no agrupamento secundário 99 #LASTLOTLOTDTA# 100 #LASTLOTLOTNF# Número da nota fiscal do lote mais velho usado no agrupamento secundário 101 #LASTLOTLOTFOR# Nome do Fornecedor do lote mais velho usado no agrupamento secundário 102 #LASTLOTLOTCFOCOD# 91 #LASTSECMOVLOTVOL# Mov_Lot_Vol Volume do Lote do último item do agrupamento Secundário 92 #LASTSECMOVPFECOD# Mov_Pfe_Cod Balança que pesou o último item do agrupa-mento Secundário 93 #LASTSECLOCCOD# Loc_Cod Local de Destino do último item do agrupamento Secundário 94 #LASTSECVOLVAL1# Data de validade 1 do volume primário 95 #LASTSECVOLVAL2# Data de validade 2 do volume primário 96 #LASTLOTLOTNOM# Nome do lote mais velho usado no agrupamento secundário 85 #LASTSECUSULOG# Usu_Log Usuário do último item do agrupamento Secundário 86 #LASTSECLOTIDT# Lot_Idt Login do Usuário do último item do agrupa-mento Secundário 87 #LASTSECMOVDTA# Mov_Dta 88 #LASTSECVOLPRDDTA# Data do lote mais velho usado no agrupamento secundário Código do Fornecedor lote mais velho usado no agrupamento secundário Data do último item do agrupamento Secundário Data de produção do volume 68 .

89 #LASTSECMOVORDVOL# Mov_Ord_Vol Volume da Ordem do último item do agrupa-mento Secundário 90 #LASTSECMOVITMVOL# Mov_Itm_Vol Volume do Item do último item do agrupamento Secundário 79 #LASTSECMOVCTD8# Mov_Ctd8 Campo adicional 8 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 80 #LASTSECMOVCTD9# Mov_Ctd9 Campo adicional 9 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 81 #LASTSECMOVCTD10# Mov_Ctd10 Campo adicional 10 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 82 #LASTSECVOLIDTPRI# Mov_Vol_Idt_Pri Volume Primário do último item do agrupamento Secundário 83 #LASTSECLOTFABDTA# Lot_Fab_Dta Data de fabricação do lote do ultimo volume do agrupamento secundário 84 #LASTSECVOLVALDTA# Vol_Val_Dta Data de validade de último volume do agrupamento secundário 73 #LASTSECMOVCTD2# Mov_Ctd2 Campo adicional 2 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 74 #LASTSECMOVCTD3# Mov_Ctd3 Campo adicional 3 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 75 #LASTSECMOVCTD4# Mov_Ctd4 Campo adicional 4 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 76 #LASTSECMOVCTD5# Mov_Ctd5 Campo adicional 5 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 77 #LASTSECMOVCTD6# Mov_Ctd6 Campo adicional 6 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 78 #LASTSECMOVCTD7# Mov_Ctd7 Campo adicional 7 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 67 #MOVCTD9# Mov_Ctd9 Campo Adicional 9 69 .

68 #MOVCTD10# Mov_Ctd10 Campo Adicional 10 69 #LASTSECMOVIDT# Mov_Idt Sequencial de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 70 #LASTSECITMCOD# Itm_Cod Código do último item do agrupamento Secundário 71 #LASTSECMOVNUM# Mov_Num Número da Vez do último item do agrupamento Secundário 72 #LASTSECMOVCTD1# Mov_Ctd1 Campo adicional 1 de Movimentação do último item do agrupamento Secundário 61 #MOVCTD3# Mov_Ctd3 Campo Adicional 3 62 #MOVCTD4# Mov_Ctd4 Campo Adicional 4 63 #MOVCTD5# Mov_Ctd5 Campo Adicional 5 64 #MOVCTD6# Mov_Ctd6 Campo Adicional 6 65 #MOVCTD7# Mov_Ctd7 Campo Adicional 7 66 #MOVCTD8# Mov_Ctd8 Campo Adicional 8 55 #MOVQTDSEC# Mov_Qtd Quantidade reportada para o volume secundário (palete) 56 #MOVPESSEC# Mov_Pes Peso líquido reportado para o volume secundário (palete) 57 #MOVQTDTER# Mov_Qtd Quantidade reportada para o volume ternário (palete) 58 #MOVPESTER# Mov_Pes Peso líquido reportado para o volume ternário (palete) 59 #MOVCTD1# Mov_Ctd1 Campo Adicional 1 60 #MOVCTD2# Mov_Ctd2 Campo Adicional 2 49 #PESBRU# 50 #MOVPES# Mov_Pes Peso Líquido com Unidade de Medida 51 #MOVQTD# Mov_Qtd Quantidade reportada com Unidade de Medida 52 #MOVQTDEMB1# 53 #ITMFCNEMB1# 54 #ITMFCNEMB2# 43 #MOVHOR# 44 #CONT# Peso Bruto Soma da quantidade reportada + valor da tara da embalagem 1 Itm_Fcn Valor da tara da embalagem 1 Valor da tara da embalagem 2 Mov_Dta Hora da Movimentação Contador (específico para fracionamento) 70 .

45 #QTDEMBPRI# 46 #QTDEMBSEC# Qtd embalagens secundárias 47 #QTDEMBTER# Qtd embalagens ternárias 48 #TARTOT# Valor total das taras (Item + Balança) 37 #VOLIDTSEC# Vol_Idt_Sec Volume Secundário do Movimento 38 #VOLIDTTER# Vol_Idt_Ter Volume Ternário do Movimento 39 #MOVORDVOL# Mov_Ord_Vol Volume da Ordem 40 #MOVITMVOL# Mov_Itm_Vol Volume do Item 41 #MOVLOTVOL# Mov_Lot_Vol Volume do Lote 42 #MOVDTA# Mov_Dta 31 #PAIDES5# 32 #ORDLOTIDT# Lot_Idt Código do Lote do Item-Pai da Ordem 33 #999999999991# Itm_EAN13 Código de EAN13 do Item 34 #USULOG# Usu_Log Login do Usuário corrente 35 #LOTIDT# Lot_Idt 36 #VOLIDTPRI# Vol_Idt_Pri Volume Primário do Movimento 25 #PAINOM# Itm_Nom Nome do Item-Pai da Ordem 26 #PAICOD# Itm_Cod Código do Item-Pai da Ordem 27 #PAIDES1# Descrição 1 do Item-Pai da Ordem 28 #PAIDES2# Descrição 2 do Item-Pai da Ordem 29 #PAIDES3# Descrição 3 do Item-Pai da Ordem 30 #PAIDES4# Descrição 4 do Item-Pai da Ordem 19 #ITMEAN8# EAN8 do Item Filho 20 #ITMVAL1# Itm_Val1 Validade 1 do Item em formato Data 21 #IFRVAL1# Itm_Val1 Validade 1 do Item em formato Dia 22 #ITMVAL2# Itm_Val2 Validade 2 do Item em formato Data 23 #IFRVAL2# Itm_Val2 Validade 2 do Item em formato Dia 24 #CFONOM# Cfo_Nom Nome do Cliente ou Fornecedor 71 Mov_Tar_Emb2_Qtd Qtd embalagens primárias Data da movimentação Descrição 5 do Item-Pai da Ordem Lote .

2 Labels para etiquetas sem movimento Código Variável Campo Descrição 382 #ESTCOD# Est_Cod Código do Estabelecimento 383 #FLXCOD# Flx_Cod Código do Fluxo 384 #ORDCOD# Ord_Cod Código da Ordem 385 #ORDREFDTA# Ord_Ref_Dta Data da Ordem 386 #ITMCOD# Itm_Cod Código do Item 387 #ITMNOM# Itm_Nom Nome do Item 406 #VOLIDT# Vol_Idt Número do Volume 407 #VOLIDTTESTE# Vol_Idt Número do Volume 487 #CMPFLX1_ITMVAL1_DTA# 400 #CMPFLX1DTA# Ctf_Txt Campo adicional por fluxo1.13 #ITMDES3# Itm_Desc3 Descrição3 do Item 14 #ITMDES4# Itm_Desc4 Descrição4 do Item 15 #ITMDES5# Itm_Desc5 Descrição5 do Item 16 #ITMFCN# 17 #ITMEAN13# EAN13 do Item Filho mais Identificador de Variante Logística à esquerda com dígito verificador para GTIN 18 #ITMEAN14# EAN14 do Item Filho 7 #ITMCOD# Itm_Cod Código do Item 8 #ITMNOM# Itm_Nom Nome do Item 9 #ITMPESBRUCOUNTSEC# Itm_Pes_Bru Peso bruto padrão do Item multiplicado pela qtd de volumes secundários 10 #ITMPESBRU# Itm_Pes_Bru Peso bruto padrão do Item 11 #ITMDES1# Itm_Desc1 Descrição1 do Item 12 #ITMDES2# Itm_Desc2 Descrição2 do Item Peso Médio do Item ou fator de conversão 5. em formato de data 401 #CMPFLX2# Ctf_Txt Campo adicional por fluxo2 402 #CMP-FLX1_ITMVAL1_DTA# 403 #QTDETQVEZ# 404 #ITM_VAL1# Itm_Val1 405 #999999999991# Itm_EAN13 394 #CFONOM# Cfo_Nom Soma do campo adicional por fluxo1 + validade1 do item Soma do campo adicional por fluxo1 + validade1 do item Vez da impressão (n/n) Validade1 do Item em formato Data Código de EAN13 do Item Nome do Cliente ou Fornecedor 72 .

3 Labels para campos adicionais Código Variável Campo Descrição 268 #MOVCTD1# Mov_Ctd1 Campo Adicional 1 269 #MOVCTD2# Mov_Ctd2 Campo Adicional 2 270 #MOVCTD3# Mov_Ctd3 Campo Adicional 3 271 #MOVCTD4# Mov_Ctd4 Campo Adicional 4 272 #MOVCTD5# Mov_Ctd5 Campo Adicional 5 273 #MOVCTD6# Mov_Ctd6 Campo Adicional 6 274 #MOVCTD7# Mov_Ctd7 Campo Adicional 7 275 #MOVCTD8# Mov_Ctd8 Campo Adicional 8 276 #MOVCTD9# Mov_Ctd9 Campo Adicional 9 277 #MOVCTD10# Mov_Ctd10 Campo Adicional 10 5.395 #PAINOM# Itm_Nom Nome do Item-Pai da Ordem 396 #PAICOD# Itm_Cod Código do Item-Pai da Ordem 397 #ORDLOTIDT# Lot_Idt Código do Lote do Item-Pai da Ordem 398 #LOTIDT# Lot_Idt Lote 399 #ORDQTDPES# Ord_Qtd_Pes 388 #ITMDES1# Itm_Desc1 Descrição1 do Item 389 #ITMDES2# Itm_Desc2 Descrição2 do Item 390 #ITMDES3# Itm_Desc3 Descrição3 do Item 391 #ITMDES4# Itm_Desc4 Descrição4 do Item 392 #ITMDES5# Itm_Desc5 Descrição5 do Item 393 #IFRVAL1# Itm_Val1 Peso individual do Item-Pai na Ordem Validade 1 do Item em formato Dia 5.4 Labels para geração automática de lote Código Variável Campo 197 #LOTNF# Lot_NF Nota Fiscal do Lote 206 #LOTOBS# Lot_Obs Observação do Lote 212 #LOTFOR# Lot_For Lote do Fornecedor 355 #DATA# (Getdate) 356 #DATAINV# (Year\Mouth\Day) 357 #DIA# (Day) 409 #LOTNOMSEQORD# 376 #LOTNOM# Lot_Nom Valor pré-digitado no campo do lote 377 #CFOCOD# CFo_Cod Código do Fornecedor 73 Descrição Data atual (DD/MM/YY) Data atual invertida (YY/MM/DD) Dia atual (DD) Sequencial lote por ordem .

378 #LOTORDCPR# Lot_Ord_Cpr Ordem de Compra 379 #LOTFAB# Lot_Fab Lote do Fabricante 380 #LOTFABNOM# Lot_Fab_Nom Nome do Fabricante 381 #CFGLOTSEQ# Cfg_Lot_Seq Sequencial geral para gerar lote 370 #ITMCOD# Itm_Cod 371 #OPELOTNUMSEQ# Prp_Lot_Num_Seq Sequencia numérico para lote na operação 372 #OPELOTALFSEQ# Prp_Lot_Alf_Seq Sequencial alfabético para lote na operação 373 #OPELOTANUSEQ# Prp_Lot_Anu_Seq Sequencial alfabético e numérico para lote na operação começando em “1” 374 #CFGLOTALFSEQ# Cfg_Lot_Alf_Seq Sequencial alfabético geral para lote 375 #CFGLOTANUSEQ# Cfg_Lot_ANu_Seq Sequencial alfabético e numérico geral para lote 364 #CFGSEQGNR4# Cfg_Seq_Gnr4 Sequencial Genérico da Configuração 365 #CFGSEQGNR5# Cfg_Seq_Gnr5 Sequencial Genérico da Configuração 366 #ESTCOD# Est_Cod Código do Estabelecimento 367 #FLXCOD# Flx_Cod Código do Fluxo 368 #ORDCOD# Ord_Cod Código da Ordem 369 #OPECOD# Ope_Cod Código da Operação 358 #MÊS# (Month) Mês atual (MM) 359 #ANO# (Year) Ano atual (YYYY) 360 #HORA# (Hour) Hora atual (HH:MM:SS) 361 #CFGSEQGNR1# Cfg_Seq_Gnr1 Sequencial Genérico da Configuração 362 #CFGSEQGNR2# Cfg_Seq_Gnr2 Sequencial Genérico da Configuração 363 #CFGSEQGNR3# Cfg_Seq_Gnr3 Sequencial Genérico da Configuração Código do Item 5.5 Labels para geração automática de ordem Código Variável Campo Descrição 278 #FLXSEQ# Flx_Seq Sequencial individual por fluxo 279 #DATA# (Getdate) Data atual (DD/MM/YY) 280 #DATAINV# (Year\Mouth\Day) 281 #DIA# (Day) 282 #MÊS# (Month) Mês atual (MM) 283 #ANO# (Year) Ano atual (YYYY) 290 #CFGSEQGNR5# Cfg_Seq_Gnr5 284 #HORA# (Hour) 285 #CFGSEQORD# Cfg_Seq_Ord Sequencial para ordem geral 286 #CFGSEQGNR1# Cfg_Seq_Gnr1 Sequencial Genérico da Configuração Data atual invertida (YY/MM/DD) Dia atual (DD) Sequencial Genérico da Configuração Hora atual (HH:MM:SS) 74 .

CAIXA/PALETE (AI:240) 490 LOTIDT Código do Lote(BATCH/Lote).7 Identificadores de aplicação (AI) para códigos EAN128 Código Variável 424 #LASTSECLOTIDT# 452 #LASTFABRLOTLOTFABDTA# 489 ITMCOD Código do Item .6 Labels para geração automática de ordem múltipla Código Variável Campo Descrição 291 #DATA# (Getdate) 292 #DATAINV# (Year\Mouth\Day) 293 #DIA# (Day) 294 #MÊS# (Month) Mês atual (MM) 295 #ANO# (Year) Ano atual (YYYY) 296 #HORA# (Hour) Hora atual (HH:MM:SS) 303 #FLXORDMPLSEQ# Flx_Seq Sequencial individual por fluxo para Ordem Múltipla 297 #CFGSEQORD# Cfg_Seq_Ord Sequencial para ordem geral 298 #CFGSEQGNR1# Cfg_Seq_Gnr1 Sequencial Genérico da Configuração 299 #CFGSEQGNR2# Cfg_Seq_Gnr2 Sequencial Genérico da Configuração 300 #CFGSEQGNR3# Cfg_Seq_Gnr3 Sequencial Genérico da Configuração 301 #CFGSEQGNR4# Cfg_Seq_Gnr4 Sequencial Genérico da Configuração 302 #CFGSEQGNR5# Cfg_Seq_Gnr5 Sequencial Genérico da Configuração Data atual (DD/MM/YY) Data atual invertida (YY/MM/DD) Dia atual (DD) 5.PALETE (AI:10) 492 LASTLOTLOTNOM Lote Mais velho no Palete(BATCH/Lote).287 #CFGSEQGNR2# Cfg_Seq_Gnr2 Sequencial Genérico da Configuração 288 #CFGSEQGNR3# Cfg_Seq_Gnr3 Sequencial Genérico da Configuração 289 #CFGSEQGNR4# Cfg_Seq_Gnr4 Sequencial Genérico da Configuração 5.PALETE (AI:11) Nome do Lote do Volume que ira vencer/expirar primeiro no Palete .PALETE (AI:10) 541 FIRSTVOLVOLPRDDTAPRI 542 FIRSTVOLLOTNOM 75 Campo Descrição Lote último item volume secundário Lot_Fab_Dta Data de Fabricação do Lote Mais velho no Palete pela data de fabricação do Lote Data de Produção do Volume que ira vencer/expirar primeiro no Palete .CAIXA (AI:10) 491 LASTSECLOTIDT Código do Lote do último item dentro do Volume Secundário(BATCH/Lote).PALETE (AI:10) .

CAIXA/PALETE (AI:400) Quantidade de Volumes primários dentro do Secundário (COUNT/Quantidade) .535 LASTSECMOVCTD1 Composição do Nº do País com o Nº de aprovação da empresa SELECIONADA através do Campo Adicional 1.( Nº País \ Campo adicional com n.CAIXA (AI:7030 até 7039) 523 AI7037 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o oitavo processador . COUNT) CAIXA (AI:30) 528 QTDEMBPRI Quantidade de Itens dentro da embalagem 2 (VAR. COUNT) .CAIXA/PALETE(AI:7037) 524 AI7038 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o nono processador . aprov do estab) .PALETE (AI:330N) 527 MOVQTD Quantidade de Itens quando existir duas unidades e a primeira for usada para informar quantos itens existem dentro da embalagem (VAR.( Nº País \ Campo adicional com n.( Nº País \ Campo adicional com n.CAIXA (AI:30) 531 MOVQTDSEC Quantidade dentro do Volume Secundário quando o Item possuir duas unidades de medida e a primeira usada para informar a quantidade dentro da embalagem.PALETE (AI:7030 até 7039) 537 QTDSECATU Quantidade Atual do volume secundário (AI:37) 538 PESSECATU Peso liquido atual do volume secundário(AI:310N) 539 PESBRUSECATU Peso bruto atual do volume secundário(AI:330N) 540 ORDCOD 529 QTDEMBSEC Quantidade de Itens dentro da embalagem 3 (VAR. aprov do estab) . COUNT) . aprov do estab) .CAIXA (AI:37) 532 MOVCOUNTSEC 533 MOVCTD1 Composição do Nº do País com o Nº de aprovação da empresa SELECIONADA através do Campo Adicional 1.CAIXA (AI:7030 até 7039) 534 MOVCTD2 Composição do Nº do País com o Nº de aprovação da empresa SELECIONADA através do Campo Adicional 2.( Nº País \ Campo adicional com n.CAIXA (AI:30) 517 AI7031 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o segundo Código da Ordem/Pedido do Cliente .CAIXA (AI:30) 530 QTDEMBTER Quantidade de Itens dentro da embalagem 4 (VAR. aprov do estab) . COUNT) .CAIXA/PALETE(AI:7039) 526 PESBRUSEC Peso bruto do volume secundário.PALETE (AI:37) 76 .CAIXA/PALETE(AI:7038) 525 AI7039 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o décimo processador . N = número de casas decimais (0-6)(GROSS WEIGH(KG)/Peso Bruto) .PALETE (AI:7030 até 7039) 536 LASTSECMOVCTD2 Composição do Nº do País com o Nº de aprovação da empresa SELECIONADA através do Campo Adicional 2.(COUNT/Quantidade) .

CAIXA/PALETE(AI:7030) 505 ITMPESBRUCOUNTSEC Peso líquido padrão do Volume Secundário. Data de Durabilidade Mínima.PALETE (AI:15) 499 SSCCVOLSEC Código do Volume Secundário com zero a esquerda se necessário para completar o formato E- 77 .(USED BY/EXPIRY).processador .CAIXA/PALETE(AI:7031) 518 AI7032 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o terceiro processador . onde N = número de casas decimais (0-6)(NET WEIGHT)PALETE (AI:310N) 506 MOVPESSEC Peso líquido Real do Volume Secundário. onde N = número de casas decimais (0-6)(NET WEIGHT)PALETE (AI:310N) 507 PESBRU Peso bruto do Item ou volume primário.CAIXA (AI:11) 515 LASTSECVOLPRDDTA Data de Produção do ultimo Volume do Volume Secundário (PROD.(USED BY/EXPIRY).CAIXA (AI:330N) 508 VOLVAL1PRI Validade 1 do Volume. Data de Durabilidade Máxima.PALETE (AI:15) 512 VOLVAL2PRI Validade 2 do Volume.CAIXA (AI:15) 510 FIRSTVOLVOLVALDTAPRI Validade do Volume que ira vencer/expirar primeiro velho no Palete (SELL BY/Data Validade).(SELL BY/Data Validade).CAIXA (AI:15) 509 LOTVALDTA Validade 1 do Volume. DATE/Data Produção)(USED BY/EXPIRY).PALETE (AI:17) 514 VOLPRDDTAPRI Data de Produção do Volume (PROD.CAIXA/PALETE(AI:7036) 511 LASTSECVOLVAL1 Validade 1 do último Volume do volume secundário. DATE/Data Produção).CAIXA/PALETE(AI:7032) 519 AI7033 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o quarto processador .CAIXA/PALETE(AI:7034) 521 AI7035 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o sexto processador .CAIXA/PALETE(AI:7033) 520 AI7034 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o quinto processador . Data de Durabilidade Mínima.CAIXA/PALETE(AI:7035) 522 AI7036 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o sétimo processador .(SELL BY/Data Validade). Data de Durabilidade Mínima. Data de Durabilidade Máxima.(SELL BY/Data Validade).CAIXA (AI:17) 513 LASTSECVOLVAL2PRI Validade 2 do último Volume do volume secundário.(AI:11) 516 AI7030 Composição do Número do País com o número de aprovação da empresa se a empresa for o primeiro processador . N = número de casas decimais (0-6)(GROSS WEIGH(KG)/Peso Bruto) .

CAIXA (AI:310N) 493 VOLIDTORI Volume Fracionado .CAIXA (AI:00) 498 SSCCVOLORI Código do Volume Primário fracionado com zero a esquerda se necessário para completar o formato EAN128 (SSCC) .CAIXA/PALETE (AI:1) 501 ITMEAN14 EAN14 do Item Filho (Content / Conteúdo) .CAIXA (AI:21) 494 VOLIDTPRI Código do Volume Primário . onde N = número de casas decimais (0-6)(NET WEIGHT).CAIXA (AI:21) 496 VOLIDTTER Código do Volume Ternário .EMBALAGEM (AI: 91EN) 504 ITMPESBRU Peso líquido padrão.CAIXA (AI:00) 5.CAIXA/PALETE (AI:1 ou 2) 502 MOVDTA Data da Movimentação .CAIXA/PALETE (AI:11) 503 MOVPES Peso da Tara a partido do peso líquido.8 Campos de equivalência para outros códigos de barra Código Variável Campo 304 ITMCOD Itm_Cod Código do Item 305 LOTIDT Lot_Idt Código do Lote 306 ORDCOD Ord_Cod 307 VOLIDTPRI Vol_Idt_Pri Código do Volume Primário 308 VOLIDTSEC Vol_Idt_Sec Código do Volume Secundário 309 VOLIDTTER Vol_Idt_Ter Código do Volume Ternário 310 MOVPESINT Somente INTEIROS do Peso da Movimentação 311 MOVPESDEC Somente DECIMAIS do Peso da Movimentação 426 #LASTPESSECINT# Somente inteiros do peso do volume secundário 427 #LASTPESSECDEC# Somente decimais do peso do volume secundário 432 CERNUM Cer_Num Descrição Código da Ordem Número do certificado 78 . Onde:N = número de casas decimais (0-6) E = número da embalagem (1-4).CAIXA (AI:21) 497 SSCCVOLPRI Código do Volume Primário com zero a esquerda se neces-sário para completar o formato EAN128 (SSCC) .AN128 (SSCC) .PALETE (AI:00) 500 ITMEAN13 CEAN13 do Item Filho mais Identificador de Variante Logística a esquerda com dígito verificador para GTIN (GTIN) .CAIXA (AI:21) 495 VOLIDTSEC Código do Volume Secundário .

5.9 Labels para passar como parâmetros em eventos de programas externos e mensagens no display Código Variável Campo 323 #MOVIDT# Mov_Idt Sequencial da Movimentação 324 #ESTCOD# Est_Cod Código do Estabelecimento 325 #FLXCOD# Flx_Cod Código do Fluxo 326 #ORDCOD# Ord_Cod Código da Ordem 327 #OPECOD# Ope_Cod Código da Operação 328 #ITMCOD# Itm_Cod Código do Item 353 #LOCORI# Loc_Cod Local de Origem 354 #CTRCOD# Ctr_Cod Código do Centro de Trabalho 544 #ATENDIDO# Quantidade atendida da lista 545 #FALTANTE# Quantidade atendida da lista 573 #CERSEQ# CER_SEQ Código do Certificado 347 #ENDORIZ# End_Z Endereço Z de Origem 348 #ENDDESX# End_X Endereço X de Destino 349 #ENDDESY# End_Y Endereço Y de Destino 350 #ENDDESZ# End_Z Endereço Z de Destino 351 #QUANTIDADE# Mov_Qtd Quantidade Movimentada 352 #PESO# Mov_Pes Peso Movimentado 341 #ORDQTD# Ord_Qtd Quantidade da Ordem 342 #LOCDES# Loc_Cod Local de Destino 343 #ENDORI# End_Cod Código Endereço de Origem 344 #ENDDES# End_Cod Código Endereço de Destino 345 #ENDORIX# End_X Endereço X de Origem 346 #ENDORIY# End_Y Endereço Y de Origem 335 #LSTSBL# Lst_Sbl Sublinha da Lista 336 #NUM# Mov_Num Número atual da Vez 337 #TOTALVEZES# Ord_Qtd* Total de vezes que a ordem vai ser executada 338 #ITMCOD# Itm_Nom_Cod Código do Item 339 #LOTCOD# Lot_Nom Número do Lote 340 #VOLIDT# Vol_Idt 329 #USULOG# Usu_Log Login do Usuário corrente 330 #FASCOD# Fas_Nom Nome da Fase 331 #TRMIDT# Trm_Idt 332 #TRMNOM# Trm_Nom Nome do Terminal 333 #LSTSEQ# Lst_Seq Sequencia da Lista 334 #LSTLIN# Lst_Lin Linha da Lista 79 Descrição Número do Volume Identificador do Terminal .

11 Labels para geração automática de códigos de certificado Código Variável Campo Descrição 410 #DATA# 411 #DIA# getdate Retorna o dia da data corrente 412 #MES# (Month) Mês atual (MM) 413 #ANO# (Year) Ano atual (YYYY) 414 #HORA# (Hour) Hora atual (HH:MM:SS) 415 #PRPCERSEQ# Prp_Cer_Seq 422 #TRNCOD# Trn_Cod Código do turno do usuário 423 #GRPLOG# Grp_Log Nome do grupo do usuário 416 #PRPCERALFSEQ# Prp_Cer_Alf_Seq 417 #PRPCERANUSEQ# Prp_Cer_ANu_Seq 418 #OPECOD# Ope_Nom Nome da operação 419 #ESTCOD# Est_Nom Nome do Estabelecimento 420 #ORDCOD# Ord_Nom Nome da Ordem 421 #FLXCOD# Flx_Nom Nome do Fluxo Data do dia no formato dd/mm/yy Sequencial numérico para certificado na operação Sequencial alfabético para certificado na operação Sequencial alfabético e numérico para certificado na operação começando em “1” 80 .10 Labels para geração automática de código de inventário Código Variável Campo Descrição 312 #DATA# (Getdate) 313 #DATAINV# (Year\Mouth\Day) 314 #DIA# (Day) 315 #MÊS# (Month) Mês atual (MM) 316 #ANO# (Year) Ano atual (YYYY) 317 #HORA# (Hour) Hora atual (HH:MM:SS) 318 #CFGSEQGNR1# Cfg_Seq_Gnr1 Sequencial Genérico da Configuração 319 #CFGSEQGNR2# Cfg_Seq_Gnr2 Sequencial Genérico da Configuração 320 #CFGSEQGNR3# Cfg_Seq_Gnr3 Sequencial Genérico da Configuração 321 #CFGSEQGNR4# Cfg_Seq_Gnr4 Sequencial Genérico da Configuração 322 #CFGSEQGNR5# Cfg_Seq_Gnr5 Sequencial Genérico da Configuração 488 #CFGSEQINV# Cfg_Seq_Inv Data atual (DD/MM/YY) Data atual invertida (YY/MM/DD) Dia atual (DD) Sequencial para inventário 5.5.

ordens. e outros que também estão cadastrados no sistema. Controle e Unid. é que o segundo deve ser utilizado somente para quando o cliente possui controle de Itens com 2 unidades de medida. que são automaticamente incluídos no sistema no momento da instalação.6. Para visualiza-los basta seguir os dados abaixo:  Todos os relatórios podem ser visualizados em “Tela”. Controle/Peso exibem quantidades em un e kg. 81 . informações incorretas de relatórios. porém. podem ser configurados dependendo da necessidade do cliente. é fundamental desabilitar estes relatórios para acesso no menu. Desta forma. Banco Histórico. etc. impressos em papel ou para arquivo no formato PDF. Caso o cliente não possua controle de duas unidades de medida no item. LAYOUT RELATÓRIOS No Menu Relatórios o usuário poderá visualizar e imprimir relatórios com informações das movimentações. evitando assim. Existem relatórios padrão. Controle/Peso. os relatórios por Unid. volumes. Importante: A diferença básica entre os relatórios de Unid.

1 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem 82 .6.

6.2 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem Operação 83 .

3 Exemplo de relatório padrão: Por Ordem Resumida 84 .6.

6.4 Exemplo de relatório padrão: Por Data Movimento 85 .

6.5 Exemplo de relatório padrão: Por Data Ordem

86

6.6 Exemplo de relatório padrão: Por Data e Balança

87

6.7

Exemplo de relatório padrão: Por Local

88

8 Exemplo de relatório padrão: Por Local Resumido 89 .6.

6.9 Exemplo de relatório padrão: Por Volume 90 .

10 Exemplo de relatório padrão: Por Agrupamento 91 .6.

11 Exemplo de relatório padrão: Por Lote 92 .6.

Para suas Anotações 93 .

210 CEP 14090-090 Tel. ASSISTÊNCIA TÉCNICA A Toledo mantém centros de serviços regionais em todo o país. Portugal. 55 (11) 4356-9000 . (85) 3391-8100 Salvador (Lauro de Freitas) – BA Lot.com. (62) 3612-8200 São Bernardo do Campo / SP R. Manoel Cremonesi. Dona Arcelina de Oliveira. MANOEL CREMONESI. Pedro Zangrandi. (81) 3878-8300 Vitória (Serra) – ES R. Além destes centros de serviços.br 3474382 CONTEÚDO DESTE MANUAL SUJEITO A MUDANÇAS SEM PRÉVIO AVISO RE: 00-07-13 94 . a TOLEDO mantém uma equipe de técnicos residentes em pontos estratégicos. 915 CEP 60015-220 Tel. 702 CEP 12237-010 Tel.toledobrasil.CEP 09851-330 . Eduardo Elias Zahran. Icatu. (71) 3505-9800 Belém – PA R. (11) 4356-9000 . Leonardo Roitman. Iguape. Araçatuba – SP Av. 297 CEP 38400-036 Tel. José Ferreira Batista. de Columbus. (92) 3212-8600 Santos – SP R. 1 CEP 09851-900 Tel. (13) 2202-7900 Campinas (Valinhos) – SP Av. Inc.BRASIL site: www. entre em contato com a TOLEDO. USA. aptos a prestar-lhes a assistência técnica desejada.. 24 de Maio. Miguel Sutil. 20 CEP 42700-000 Tel. (27) 3182-9900 Cuiabá – MT Av. Colombo. (41) 3521-8500 Rio de Janeiro – RJ R. (16) 3968-4800 Curitiba – PR R. 01 . 6580 CEP 87020-000 Tel. 4962 CEP 78060-000 Tel. (31) 3326-9700 Manaus – AM R.br e-mail: sis@toledobrasil. 1666 CEP 80220-060 Tel. (12) 3203-8700 Campo Grande – MS Av. 2473 CEP 79004-000 Tel. (19) 3829-5800 Maringá – PR Av. 36 CEP 92110-390 Tel.SÃO BERNARDO DO CAMPO . 2941 CEP 16052-000 Tel. Quando necessário. Tiradentes. Doutor Altino Gouveia. Prof. (21) 3544-2700  TOLEDO é uma marca registrada da Mettler-Toledo. Ajuricaba. 574 CEP 21040-282 Tel. (51) 3406-7500 Uberlândia – MG R. Varandas Tropicais . R. 395 CEP 29164-020 Tel. Ipiranga.SP . (49) 3312-8800 Recife – PE R. (18) 3303-7000 Fortaleza – CE R. Augusto Severo. 999 CEP 69065-110 Tel.TEL. Ohio. (91) 3182-8900 Goiânia – GO Av.Fax: (11) 4356-9460 Belo Horizonte – MG Av. para atender com rapidez e eficiência aos chamados mais urgentes. mediante chamado ou contrato de manutenção periódica. ou caso haja alguma dúvida quanto à correta utilização deste manual. 27 A/B CEP 11015-550 Tel. da Proclamação. 5011 CEP 31710-400 Tel. para assegurar instalação perfeita e desempenho confiável a seus produtos.Qd. 80-E CEP 89804-060 Tel. 827 CEP 13274-350 Tel.7. 357 CEP 74620-030 Tel. dispondo de peças de reposição originais. 1701 CEP 66060-060 Tel. 1 Lt. 48 CEP 51200-200 Tel. (44) 3306-8400 São José dos Campos – SP R. Padre Mororó. Laurício Pedro Rasmussen. (67) 3303-9600 Porto Alegre (Canoas) – RS R. (65) 3928-9400 Ribeirão Preto – SP R. (34) 3303-9500 Chapecó – SC R.com.JARDIM BELITA . Boaventura da Silva.