SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SUBSECRETARIA DE GESTÃO EDUCACIONAL
DEPARTAMENTO DE GESTÃO EDUCACIONAL
DIVISÃO DE ENSINO FUNDAMENTAL
GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Orientações Pedagógicas 2014 da Educação de Jovens e Adultos
Aspecto Legal

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96: art. 37 e 38.
O Parecer CNE/CEB nº 11/2000 - Resolução CNE/CEB Nº 01/2000 estabelecem as
Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos, reafirmando que
a EJA é uma modalidade da educação básica nas etapas do ensino fundamental e médio.
A Resolução 03/2010 – CNE/CEB, os quais reafirmam as diretrizes operacionais da
Educação de Jovens e Adultos.
Em âmbito Municipal:
Resolução nº 013/2012/CME: Normatiza a Proposta Pedagógica do 2º Segmento da
Secretaria Municipal de Educação.
Resolução nº 07/2011/CME: Dá nova Redação as diretrizes para a Educação de Jovens
e Adultos no município de Manaus.
EJA 2º Segmento
A Secretaria Municipal de Educação implantou no ano de 2012 o projeto 2º
segmento na modalidade de Educação de Jovens e Adultos em 11 Escolas da rede
Municipal de Ensino, pois de acordo com o artigo 6º da Resolução CNE/CEB Nº 01/2000
“cabe a cada sistema de ensino definir a estrutura e a duração dos cursos da Educação
de Jovens e Adultos, respeitando as diretrizes curriculares nacionais, a identidade desta
modalidade de educação e o regime de colaboração entre os entes federativos”.
Para tanto é preciso entender que o público de EJA caracteriza-se por sua
heterogeneidade, seja pela idade dos alunos, seja pelas diferenças relacionadas à forma
como cada sujeito estabelece suas relações com a sociedade. Sendo assim, o ensino
oferecido a esses educandos deve possibilitar a aquisição de conhecimentos e o
desenvolvimento de habilidades que lhes permitam novas inserções no mundo do
trabalho, na vida social e nos canais de participação, além de, promover a qualidade do
processo de ensino e aprendizagem.

com carga horária de 1. O componente curricular de Educação Física é de caráter obrigatório de acordo com a Resolução Nº 07/CME/2007.4ª fase (6º e 7º ano) Base Nacional Comum Parte Diversificada BASE LEGAL . Os conteúdos referentes à história e cultura afro-brasileira e dos povos indígenas serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar.1. conforme Lei Nº 11. Os temas transversais serão trabalhados em todas as disciplinas.639/03. na modalidade de Educação de Jovens e Adultos 2º Segmento terá a duração de 02 anos. em especial nas áreas de Arte e de História. MATRIZ CURRICULAR.LEGISLAÇÃO LDBEN Nº 9394/96 Parecer Nº 11/2000 CNE/CEB Resolução Nº 01/2000 CNE/CEB Resolução Nº 02/1998 CNE/CEB Resolução Nº 04/2001-CME/MAO Resolução Nº 03/2010 – CNE/CEB Resolução Nº 07/2011 – CME/MAO Estudos Obrigatórios Língua Portuguesa Matemática Componentes Carga Curriculares Horária Língua Portuguesa 170 Matemática 170 Ciências 100 Mundo Físico e Natural Geografia 100 Realidade Social e História 100 Política Ensino Religioso 30 Arte Arte 30 Educação Física Educação Física 40 Língua Estrangeira- Língua Inglês Estrangeira/Inglês Conhecimento do Total 60 800h .645/08 e Lei Nº 10. respeitando-se a carga horária proposta. Todas as disciplinas serão trabalhadas de forma interdisciplinar e transdisciplinar. conforme Matriz Curricular abaixo: Componente curricular Os componentes curriculares serão desenvolvidos por fases. sendo distribuída em duas fases: 800h para a 4ª fase (6º e 7º ano) e 800h para a 5ª fase (8º e 9º). Estrutura do 2º Segmento O ensino fundamental.600h.

5ª fase (8º e 9º ano) Base Nacional Comum Parte Diversificada BASE LEGAL .MATRIZ CURRICULAR.LEGISLAÇÃO LDBEN Nº 9394/96 Parecer Nº 11/2000 CNE/CEB Resolução Nº 01/2000 CNE/CEB Resolução Nº 02/1998 CNE/CEB Resolução Nº 04/2001-CME/MAO Resolução Nº 03/2010 – CNE/CEB Resolução Nº 07/2011 – CME/MAO Estudos Obrigatórios Língua Portuguesa Matemática Componentes Carga Curriculares Horária Língua Portuguesa 170 Matemática 170 Ciências 100 Físico e Natural Geografia 100 Realidade Social e História 100 Política Ensino Religioso 30 Arte Arte 30 Educação Física Educação Física 40 Língua Estrangeira- Língua Inglês Estrangeira/Inglês Conhecimento do Mundo Total 60 800h .

H 30 Ensino Religioso Educação Física História C.H 100 Arte C. estrangeira-Inglês Ciências Arte C.H 30 C.H 170 Matemática C. Carga horária Cada fase será dividida em 03(três) blocos de disciplinas conforme as especificações abaixo: 4ª fase (6º e 7º ano) Bloco 1 Bloco 2 Bloco 3 Turma: A Turma: B Turma: C Língua Portuguesa COMPONENTES CURRÍCULARES C.H 170 C.H 30 C.2.H 170 C.H 60 C.H 40 C.H 100 .H 100 C.H 170 L.H 40 C.H 60 Ciências C.H 100 L.H 100 Geografia C.H 30 Ensino Religioso Educação Física História C. Estrangeira-Inglês C.H 100 5ª fase (8º e 9º ano) Bloco 1 Bloco 2 Bloco 3 Turma: C Turma: D Turma: E Língua Portuguesa Matemática Geografia C.

Mensal: O planejamento das práticas pedagógicas diárias deverá ser realizado mensalmente. com debates. norteado por uma temática com objetivos definidos. quando for necessário será feito uma intervenção pedagógica imediata (recuperação paralela) para recuperar qualitativamente a aprendizagem do educando.1 Todas as escolas deverão seguir os blocos de disciplinas conforme exemplo abaixo. conforme repassado em reunião do dia 18. 3. Planejamento Modular: Será elaborado trimestralmente. trabalhos em grupos. 4. trabalhos de pesquisas e outros instrumentos que permitam observar o progresso e as dificuldades dos alunos. prioritariamente os professores e pedagogos. 100h (Ciências. Obs: Enviar uma cópia seja por meio físico ou por e-mail o das datas dos eventos inseridas no planejamento para a Gerência de Educação de Jovens e Adultos. atendendo ao principio da avaliação contínua. 1º BLOCO 2º BLOCO 3º BLOCO Língua Portuguesa 170CH Matemática 170 CH Ciências 100 CH História 100 CH Artes 30 CH Ensino Religioso 30 CH Educação Física 40 CH Geografia 100 CH Língua Estrangeira 60 CH Obs: A partir de 2013 será inserida a disciplina de informática com carga horária de 60h. ou seja.2013. . bem como a experiência extraescolar do estudante. Para registro de Diário de Classe serão consideradas no mínimo 03 (três) avaliações para todos os componentes curriculares: 170h (Matemática e Língua Portuguesa). Avaliação A avaliação deverá ocorrer em vários momentos da aprendizagem. contemplando a interdisciplinaridade e a transversalidade.2. 40h (Educação Física) e 30h (Ensino Religioso e Arte). de forma continua. Geografia e História) e 60h (Língua Estrangeira). As temáticas devem considerar a realidade sociocultural da comunidade. Esse momento contará com a colaboração efetiva de todos os envolvidos no processo de ensino e aprendizagem. atendendo ao planejamento modular.06. substituindo ACC e o professor ministrante da disciplina deverá ter conhecimento mínimo de informática básica e elaboração de projetos. testes.

cuja a pontuação mínima para aprovação. A fórmula de aferição do rendimento escolar será feito de acordo com a soma das avaliações parciais do componente curricular. informando os conteúdos e objetivos no relatório de atendimento (modelo do 2º Segmento) após a realização da atividade o professor deverá assinar. Os atendimentos deverão ser registrados. Atendimento ao estudante Deverá ser destinado até dois atendimentos por mês aos estudantes que durante o trimestre apresentar dificuldades de aprendizagem dos conteúdos propostos nas respectivas disciplinas da proposta curricular. CH: 170h: AvP1+ AvP2+ AvP3 = SAvP = MF 3 CH:100h e 60h: AvP1+ AvP2+ AvP3 = SAvP = MF 3 CH: de 40h e 30h AvP1+ AvP2+ AvP3 = SAvP = MF 3 Legenda: CH: Carga Horária AvP: Avaliação Parcial SAvP: Soma das avaliações parciais MF: Média Final Caso o aluno não alcance a nota mínima. 5. Para aprovação em cada bloco de disciplinas. o aluno deverá obter média final igual ou superior a 5. O rendimento será feito por componente curricular. Os professores entregarão as aparatas devidamente preenchida na secretaria da escola. Para cursar o bloco de disciplinas seguinte. o professor fará recuperação paralela. esse diagnóstico poderá ser realizado a partir da primeira avaliação. será de 5. avaliação paralela. O pedagogo deverá elaborar um cronograma mensal de atendimentos e orientar o professor para que seja inserido no seu planejamento mensal. esse atendimento será realizado nas sextas-feiras. o aluno poderá ficar retido em mais de um componente curricular sendo – lhe facultado até 03 componentes curriculares por fase.0 (cinco) pontos. seja revisão.0 (cinco) em cada componente curricular e ter 75% de frequência.As avaliações obedecerão a uma escala de valores de 0 (zero) a 10(dez) pontos. A média final dos componentes curriculares será obtida mediante a soma das notas dividida pelo quantitativo de avaliações realizadas. trabalho. avaliação. .

Perfil do professor • Ética Profissional • Compromisso • Competência Técnica • Motivação • Experiência Profissional ou acadêmica na atividade de EJA ou no Ensino Regular do 6º ao 9º ano. entende-se que poderá ser de 0 a 4. 6. conforme Resolução nº 013 CME/2012.colocar a frequência do aluno e entregar para a assinatura e validação do pedagogo (a) anexar uma cópia de cada atendimento no relatório trimestral para a DDZ. bem como as cópias dos relatórios de atendimentos dos estudantes devidamente assinadas pelo pedagogo. Rendimento Ao término de cada trimestre as escolas farão os registros do rendimento por turmas e suas respectivas fases.9 (zero a quatro ponto nove). visando à permanência dos alunos. O total de frequência será inserida no Diário. avanço de fases e principalmente o término de seus estudos. • Criativo. no caso do 2º segmento em até 03 disciplinas. 61 . essas informações deverão ser enviadas as DDZs através de um relatório. o próprio sistema (Sigeam) está parametrizado visando atender ao perfil dos estudantes de EJA.Fica estabelecido que o estudante seja submetido ao Conselho de Classe final mediante a retenção em até 02 disciplinas. Conselho de Classe Ao final do ano letivo haverá apenas um Conselho de Classe e conforme REGIMENTO INTERNO SEMED-2012 / SEÇÃO II art. entretanto não foi especificado o mínimo ou máximo referente à nota para o estudante ser submetido ao Conselho de Classe. 8. Após a consolidação das informações e mensuração de dados qualitativos e quantitativos se verificará a necessidade de intervenção pedagógica para melhoria desses índices. . professores da disciplina e dos alunos que foram convocados. somente ao final do ultimo trimestre. 7. inserir observação. onde será feito um acompanhamento dos rendimentos. Diário de classe O Diário de classe utilizado é o mesmo utilizado por todos os segmentos de ensino da rede Municipal. 9. em caso do não comparecimento dos alunos.

Olimeja. mas fica a critério das escolas optarem por outro horário. a documentação de controle e registro do trabalho docente deverá ser entregue à supervisão escolar para análise. Ficha de avaliação. Na prática docente serão utilizados para controle e acompanhamento do trabalho pedagógico os documentos abaixo especificados: a. 11. Registro de aulas temáticas. Obs: A sugestão do horário do lanche é que seja servido na acolhida dos estudantes. ficha de frequência e registro de dados). Projetos A partir do ano letivo de 2014 foi inserido no calendário do 2º Segmento os projetos: Escola Leitora. c.10. 13. após análise da DDZ. acompanhamento pedagógico e arquivamento junto à Secretaria da escola. 7. 14. Ao final de cada fase. Acompanhamento Pedagógico O acompanhamento técnico-pedagógico tem a finalidade de subsidiar o trabalho docente garantindo o cumprimento das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos. Ficha de rendimento escolar.1 Ao final de cada trimestre a escola deverá elaborar um relatório conforme modelo do 2º Segmento e enviar para a DDZ (prazos estão estipulados no calendário escolar). Diários de classe (nome do aluno. Calendário Escolar As escolas que atuam com este nível de ensino deverão seguir ao calendário escolar especifico do 2º Segmento. e. E contará com a participação dos estudantes do 2º Segmento. desde que não . d. b. elaborado pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos – GEJA e enviado antes do inicio das aulas. cabendo a Divisão Distrital Zonal enviar para a Geja. Sistema de Matrícula O sistema de matricula segue o calendário da rede Municipal de Educação 2014. Ata final da disciplina. Olimpíada de Matemática da EJA. 12. seguindo os mesmo critérios dos aplicados no 1º Segmento. Horário de Funcionamento O funcionamento do curso da Educação de Jovens e Adultos – 2º Segmento deverá obedecer ao mesmo horário do ensino regular das escolas da Rede Municipal.

independente da 4ª fase ou 5ª fase.ultrapassem 15 minutos de intervalo. Certificação O certificado de conclusão do Ensino Fundamental – EJA 2º segmento será expedido pelo estabelecimento de ensino em que o aluno completar os estudos e terá validade para prosseguimento de estudo em todo o Território Nacional. a escola deverá encaminhar o mesmo ao Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos – CEMEJA Samuel Benchimol. 15. Ao término do curso. 5º parágrafo IV da Instrução Normativa 001/2013. . o aluno que ficar retido em até três componentes curriculares. conforme art.