- A família é a base da sociedade e é a principal responsável

para transmitir cultura, valores, compreensão, amor entre
seus membros e para um desenvolvimento saudável para os
filhos em nível psicológico, emocional e comportamental.
Mas, infelizmente a desestrutura familiar que envolve
carência emocional e afetiva, facilita para respostas negativas
em muitos laços familiares, envolvendo toda a sociedade.

- A carência afetiva pode surgir na infância, quando a própria
família (pais e/ou principais responsáveis), podem contribuir
para o desenvolvimento de distúrbios de comportamento,
emocional e de personalidade para os filhos. A desestrutura
familiar é a fonte da carência emocional e afetiva.

- A família de hoje, mudou alguns valores, gerando
frustrações entre pais e filhos: como conflitos conjugais,
englobando todos os tipos de violência; separações e
divórcios que não foram bem elaborados para os filhos; pais
ausentes; conflitos entre pais e filhos adolescentes; a falta de
tempo dos pais, facilitando a falta de diálogo com os filhos;
falta de educação e limites; os exemplos apresentados pelas
programações de televisão (violência, drogas, sexo)
apelativos e também, quando exibidos em qualquer horário;
filhos que ficam o tempo todo no vídeo game (alguns muito
violentos) e internet e com isso, possibilitando o isolamento
da família, entre outros. Muitos pais hoje, por insegurança e
culpa acabam sendo passivos e permitem satisfazer todas as
vontades dos filhos, valorizando mais o ter do que o ser.

- Todos estes comportamentos facilitam para que muitos
adolescentes procurem amizades como referência e que
também dependendo da sua história de vida, personalidade e
como lidam com as frustrações, procurem companhias como
bandos, gangues, muitos casos facilitando também o
consumo de álcool e outras drogas ilícitas e muitos casos,
sendo vítimas de acidentes de trânsito por imprudência.

Fatores individuais . estádios (comuns até em jovens de classe média e alta). sentimentos negativos (frustração. A violência doméstica. compreensão e se estender para a vida adulta. Fatores ambientais . também são motivos que podem marcar emocionalmente por toda a vida.tipo de personalidade. acaba afetando as suas vidas quando adultos. déficit intelectual. genética. educação precária e o desemprego.Temos outros exemplos de casos de violência em shows. . Muitos jovens tendem também ao isolamento. à falta de amor.conflito familiar. Também casos de pais que foram vítimas de violência na infância e abandono e que em alguns casos. violência. como pensar ou cometer o homicídio e até o suicídio. em termos do aspecto emocional. depressão e outras pertubações emocionais e afetivas). afetando a sua vida e a sociedade. tanto entre os pais. que normalmente vem da crise familiar. boates. dependendo da estrutura de personalidade e como lidou com esta frustração. a criança e o adolescente possam responder com agressividade ao contínuo sentimento de perda. facilita para que em muitos casos. entre outros. depressão. sexualmente). podendo chegar a casos mais graves. compreensão. . FATORES QUE FACILITAM O DESVIO DE CONDUTA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE . em como se comportar e dificuldades de convivência perante a família. . Como resposta à frustração da falta de segurança afetiva e emocional que deveria ser transmitida pela família. psicológicamente. brigas nas escolas. ausência de afeto (englobando diálogo.Outros motivos que atigem negativamente os laços familiares são: a crise econômica. como os filhos que são agredidos (fisicamente. falta de limites.

mas que hoje estas pessoas conseguiram se desenvolver emocionalmente de forma saudável e com comportamentos adequados perante a sua vida e para a sociedade.amor). educação tanto no aspecto familiar como escolar.Vale ressaltar que existem famílias aparentemente bem estruturadas que podem ter pessoas com sérios problemas emocionais e com comportamentos inadequados perante a sua vida e para a sociedade. . entre outros. . como também tem pessoas que tiveram o seu passado vivido com família desestruturada. dificuldades financeiras.