NA PRÁTICA

Pronto para decolar
As boas perspectivas de
crescimento do mercado acionário

ESTILO

De volta para casa
As dificuldades de readaptação dos
expatriados que retornam ao país

Outubro/2012 Ano 35 - nº 316

UM DIA
DEDICADO AO
CONHECIMENTO:

Acompanhe a
cobertura completa do
ENCOAD 2012
_logo principal

_logo nega

_logo vermelho e branco

_logo preto

seja por meio de ações que incentivem modernas práticas corporativas. podem ajudar o administrador a exercer com mais eficiência a posição estratégica que ele ocupa nas corporações. idealizamos uma fonte de aprimoramento e crescimento dos profissionais: os grupos de trabalho do Conselho. O maior deles talvez seja orientar as ações de planejamento e gerenciamento. privadas e organizações do terceiro setor. que reúnem administradores e especialistas em temas diversos e pertinentes ao universo da administração para justamente trocar Presidente do Conselho Regional de Administração de São Paulo . em um ambiente econômico e empresarial cada vez mais complexo e dinâmico. sendo fonte inesgotável de conhecimento e aprimoramento técnico-científico para aqueles que exercem a administração de empresas públicas. inerentes à administração. “Temos trabalhado para que os profissionais aprimorem seus saberes e desenvolvam as habilidades” Adm.CRA-SP 3 . Diante desse futuro complexo que se avizinha. Acreditamos ainda que o conhecimento é a informação associada à conscientização e que diálogo com os administradores deve ser permanente e precisa sempre se renovar. Acreditamos que práticas semelhantes a essa. temos trabalhado para que os profissionais aprimorem seus saberes e desenvolvam as habilidades e capacidades que serão necessárias nesse novo contexto. acreditamos que a instituição que representa os administradores de todo o Estado de São Paulo não pode se eximir do papel de trabalhar para o aperfeiçoamento profissional. Outro desafio será administrar para a transformação social e para o desenvolvimento sustentável de comunidades e países onde as empresas estão inseridas. Seja por meio da realização de palestras. Com a intenção de ir além das premissas básicas de fiscalização e registro. denominados Grupos de Excelência. dos Grupos de Excelência. informações e experiências. cursos e demais eventos. Walter Sigollo DIVULGAÇÃO São vários os desafios da profissão de administrador para a próxima década. altamente influenciado pelas mudanças em grande velocidade decorrentes da evolução tecnológica. que exige aprofundamento dos temas e compromisso com a ética e a responsabilidade socioambiental.Editorial Diálogo permanente e renovador ideias.

sala 132. Carlos Antonio Monteiro.gov.Edson Conceição Júnior Coordenadora Regional: Adm. Alberto Emmanuel de Carvalho Whitaker Vice-presidente de Planejamento Adm. Tiragem 45.São José dos Campos . Na Prática Aposta na Bolsa São boas as perspectivas de crescimento do mercado de ações em Na Prática 10. Vila Imperial 15015-610 . MIT Sloan Quando um CEO “de fora” é uma boa escolha? Pesquisa compara o desempenho entre CEOs prata da casa e CEOs “forasteiros” O processo de readaptação dos expatriados que retornam ao Brasil 14. Teresinha Covas Lisboa e Maria Cecilia Stroka Redação Editora-chefe Maria Cecilia Stroka (Mtb 18. Arlindo Vicente Junior. 889 Jd.: (12) 3923-9954 . livros e muita informação para o administrador 34. 871.br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de São José do Rio Preto Analista responsável: Adm. sob a responsabilidade do seu Conselho Editorial. sala 109. Ana Costa. Nelson Reinaldo Pratti e Idalberto Chiavenato (representante do CRA-SP no CFA) Conselho Editorial para RAP 2011/2012 Coordenador: José Alfredo Machado de Assis. Estilo De volta para a casa Bom momento econômico do país tem promovido o retorno dos expatriados 28. Regional: Adm.Bauru . Luiz Carlos Vendramini. Edgar Kanemoto. Milton Luiz Milioni. Arnaldo Marques de Oliveira Neto GETTY IMAGES Presidente Administrador Walter Sigollo twitter.: (13) 3221-9357. Rua Estados Unidos. Hamilton Luiz Corrêa.crasp.: (15) 3233-8565 . William Lisboa Simas Coordenador Regional: Adm. Centro 12245-820 . 510. Elcio Eidi Itida Rua Maria Monteiro.campinas@crasp. Nações Unidas.Fax: (16) 3621-3827 seccional.: (17) 3305-1765 . salas 1 e 2.br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de Santos (Baixada Santista e Vale do Ribeira) Coordenadora Regional: Adm. Carlos Eduardo Sperança Av. sala 86.com/ GETTY IMAGES oficial.gov. órgão regulamentador da profissão de administrador.riopreto@crasp. Campo Grande 11060-000 . Eduardo Gomes de Azevedo Junior Rua Imperial. Braz Oláia Acosta. por meio das Seccionais. Álvaro Augusto Araújo Mello.: (19) 3307-8555 Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de Presidente Prudente Analista responsável: Adm.valedoparaiba@crasp. o CRA-SP está presente. Impressão Plural Editora e Gráfica Ltda.: (16) 3621-1061 .crasp GETTY IMAGES facebook.bauru@crasp.ribeiraopreto@crasp. Aida Rodrigues Avenida Antônio Carlos Comitre. cj 109 .Fax: (12) 3913-4326 seccional. Parque Campolim 18047-620 . Thays de Paula David Ferreira Av.: (14) 3223-1857 . Hamilton Luiz Corrêa Vice-presidente para Assuntos Acadêmicos Adm.Fax: (13) 3221-9360 seccional. Integrantes: Alberto Emmanuel de Carvalho Whitaker. Dejair Dutra de Souza Rua Euclides Miragaia. 296. Cel. Roberta de Carvalho Cardoso. José Soares Marcondes. Notícias Cobertura completa da 4ª edição do Encoad Palestra.prudente@crasp. Teresinha Covas Lisboa 1ª Secretária Adm.br cra_sp Seccionais CRA-SP Para apoiar os profissionais no interior e servir como extensão da própria entidade. 727.SP Tel. Renata Farias Pizarro Busch Av. Marcio Gonçalves Moreira.br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) O mercado acionário como fonte de recursos para as empresas e a população Sumário 3. 830.Jardim Califórnia 14026-040 .gov. quadra 17-17.br www.357) Editora Loraine Calza Repórteres Marcos Yamamoto Katia Carmo Publicidade Publicidade Nominal Representações Diagramação e arte Propagare Comercial Ltda.: (18) 3916-7544 . Cambuí 13025-151 – Campinas – SP seccional. Opinião em Capa Adm.SP Tel. Capa em Estilo Especial Encoad Tudo sobre a 4ª edição do Encontro do Conhecimento em Administração 24. sala 14.gov. em oito regiões do estado: Seccional de Bauru Delegado: Adm.Ribeirão Preto .: (11) 3087-3200 atendimento@crasp. José Alfredo Machado de Assis Vice-presidente Administrativo Adm.gov.gov. 700.SP Tel. sala 25.Santos .br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de Sorocaba Delegado: Adm.SP Tel. Marcelo Torres Av.gov. As reportagens não refletem necessariamente a opinião do CRA-SP.com/ .Fax: (14) 3223-6497 seccional.gov.br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de Campinas Coord. 53. Marcos Silveira Aguiar Coordenador Regional: Adm.Presidente Prudente . cj. América – 01427-001 – SP Tel. Homero Luis Santos 2º Tesoureiro Conselheiros Alexandre Uriel Ortega Duarte.São José do Rio Preto .SP Tel.Fax: (17) 3305-1764 seccional. Marcio Gonçalves Moreira.SP Tel. Antonio Geraldo Wolff 1º Tesoureiro Adm. 59. Milton Luiz Milioni Vice-Presidente de Relações Externas Adm.Sorocaba .br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de São José dos Campos (Vale do Paraíba e Litoral Norte) Coordenador Regional: Adm.000 exemplares A RAP é uma publicação mensal do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP).br Atendimento: das 8h30 às 17h30 (telefônico) e das 9h às 17h (pessoal) Seccional de Ribeirão Preto Delegado: Adm.sorocaba@crasp. Editorial 6.baixadasantista@crasp.Fax: (15) 3233-6059 seccional.gov. Luiz Carlos Vendramini.Bosque 19010-080 .Fax: (18) 3901-1814 seccional. Roberta de Carvalho Cardoso 2ª Secretária Adm. Vila Santo Antônio 17013-905 .Diretoria Adm.br Tel.SP Tel.gov.

com um retorno superior a 10% ao ano. Transparência Para alívio dos investidores de primeira viagem. Com a mudança desse cenário. é cada vez maior o número de organizações preocupadas com a transparência de suas atividades e a divulgação frequente dos relatórios pertinentes à saúde organizacional. empresa independente do grupo BM&FBovespa voltada à supervisão e regulação dos mercados por ela administrados e de seus participantes. e essa tendência positiva tende a ser capturada pelo mercado acionário de forma seletiva”. Além de a captação de recursos ser facilitada. Como a perspectiva. De acordo com o Centro de Estudos de Mercado de Capitais (Cemec). “As empresas voltadas para o mercado interno devem apresentar melhores perspectivas. quem estava acomodado com renda fixa terá de buscar mais opções.6% em 2011. Entre as pessoas. As altas taxas de juros praticadas no país tornaram cômoda a vida do investidor. uma pesquisa da QuorumBrasil levantou que 8% dos homens e 3% das mulheres entrevistadas adotam as ações como uma opção de renda. principalmente.Na Prática por Marcos Yamamoto Pronto para GETTY IMAGES decolar Além de fomentar o crescimento das empresas brasileiras. administrador Pedro Galdi. membro do Conselho de Supervisão da BM&FBovespa – Supervisão de Mercados – BSM. “Tal modalidade de investimento ainda não decolou no Brasil. sem riscos. como aponta o presidente da Associação de Investidores no Mercado de Capitais (Amec). para 2013. essa fonte de financiamento de companhias e famílias passou de 0. A abertura de capital traz vantagens para angariar recursos de forma mais rápida e. ao mo- nitoramento e à geração de conhecimento sobre o setor. explica Reginaldo Alexandre. “A adesão de boas práticas de governança corporativa indica a evolução do mercado brasileiro”. prevê o analista chefe da SLW Corretora.5% em 2000 para 2. o mercado acionário aparece cada vez mais como fonte de renda da população. entre elas. Mauro Rodrigues da Cunha: “As empresas encontram benefícios com a abertura de capitais. receosos com a possibilidade de ter em mãos falsos atrativos. o mercado acionário”. presidente da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimentos do Mercado de Capitais em São Paulo (Apimec- ? O QUE PERGUNTAR AO SEU FUNDO DE INVESTIMENTO ONDE O DINHEIRO SERÁ APLICADO? QUANDO PODEREI SACAR O DINHEIRO? SE HÁ UM MÍNIMO PARA FAZER NOVOS INVESTIMENTOS? 7 . a expectativa é de crescimento para o setor. é de retomada dos indicadores positivos da economia brasileira. principalmente com a queda das taxas de juros praticadas no país 6 D esde o começo deste século. com a consequente recuperação dos preços dos papéis comercializados no país. barata. entidade do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec) dedicada à analise. o segmento de capitais de ações tem ganhado uma força gradual no país. a organização passa a oferecer uma relação mais transparente com a sociedade”. afirma a administradora Maria Cecilia Rossi.

A disponibilidade e as características desses benefícios especiais podem variar conforme o plano contratado.800. como muita gente imagina. Sediada em São Paulo. relata. fica desesperado pensando em vender logo. para a faixa etária de 0 a 18 anos (tabela de junho/2012 – SP). operadoras. Informações resumidas. existem ações que valem centavos. E. Proprietário de uma casa de repouso de idosos. a organização e os investidores acionistas tornam-se uma engrenagem do ciclo do progresso. atuar com um home broker (serviço online das corretoras que permite o envio de compra e venda de ações pela internet). • Reembolso de despesas. o administrador Marcel Luiz Garcia de Miranda entrou no mercado ao aderir a um fundo de investimentos até passar para o controle das operações por meio de home broker. O TIMING ERRADO RESULTA EM PREJUÍZO Administrador VOO CEGO EM COMPANHIAS NA MODA OU SEM UM HISTÓRICO CLARO DE PERFORMANCE Agora você pode conquistar toda a tranquilidade que você merece: faça um plano Bradesco Saúde. Preços sujeitos a alterações. Eu prefiro deixar render a longo prazo. a bolsa paulista registrava 456 companhias cadastradas. também possibilita o aumento na produção”. autarquia federal responsável por disciplinar e fiscalizar esse mercado. é importante verificar se as empresas envolvidas. Julho/2012. completa. comece a dar prejuízo”. Ligue: 112 A partir de R$ . • Excelência em atendimento. A paciência também faz parte dos planos do administrador pau- listano Cassio Salama.89 bilhões.81 11 3061-1920 Parceiro comercial Qualicorp: Bradesco: Qualicorp Adm. “Eu posso trabalhar de forma conservadora na bolsa e esperar”. Quem tem pouco dinheiro e tempo pode aderir a um Tabuleiro DIVULGAÇÃO apresentou uma alta considerável de 30% no volume financeiro em relação ao mês anterior. três anos depois.1 SEDE PELO LUCRO RÁPIDO FALTA DE DIVERSIDADE NAS APLICAÇÕES. Já esse investimento. ainda é pouca tendo em vista o número irrisório de corporações listadas. o cenário também está a favor. O valor mínimo das aplicações depende de cada bolso. até o xeque-mate. mas mantêm ritmos cadenciados. reforça Miranda. o Índice Bovespa CRÉDITO DIVULGAÇÃO Na Prática Comprove o quanto vale a pena. No entanto. 9 2 . Até agosto deste ano. “Por causa da crise de 2008. “Quando você vê os títulos caindo. pelo menos. diz Salama. No entanto. A força nacional. aponta Alexandre. o valor gira em R$ 100. suas fontes de renda principal e complementar não interferem uma na outra. o mínimo viável gira em torno de R$ 12 mil. a Bolsa de Nova York apresentava cerca de 4. Em fundos e clubes de investimentos.cvm. PARA TER SEU BOLSO IMACULADO. de Benefícios: Conforme condições contratuais. Do lado de dentro dos pregões. Por isso mesmo. entretanto. respeitadas as disposições contratuais e legais (Lei no 9. “Em termos macroeconômicos. que pode durar décadas. pelo viés da oferta. PRESTE ATENÇÃO COM DECISÕES IMPENSADAS AO ENTRAR OU ABANDONAR O MERCADO. a visão ampla das peças é fundamental para montar uma “estratégia de combate” que permita sair com lucros ou. No mesmo período. mesmo que. Condições contratuais disponíveis para análise. conforme as regras da ANS. acomodação coletiva. O$ PECADO$ DO CAPITAL Igual a um jogo de xadrez.br). "Muitas empresas ainda podem abrir seu capital". do lado da demanda. fundos e clubes de investimentos. ele sabe que as oscilações de queda e alta são a regra em um jogo demorado. atingindo R$ 164.700 organizações e a eletrônica Nasdaq. NESTE CASO. no caso daqueles que podem arriscar mais. Desde que abriu o leque das opções de rendimentos. o maior dos últimos 12 meses. os números brasileiros podem ser maiores. “Meus investimentos são organizados para serem resgatados depois de 15 anos. PREFIRA OUTRAS MODALIDADES DE CURTO A MÉDIO PRAZO CRÉDITO O administrador Marcel Miranda clube de investimentos. devido aos custos inerentes. em 2002. tive prejuízos com uma carteira de curto prazo. investimento é igual a gastos que levam ao crescimento. educador financeiro. dependendo da política de cada consórcio”. compara o administrador Mauro Calil. A comercialização dos planos respeita a área de abrangência da operadora. • Os melhores hospitais e laboratórios. por parte da operadora.investe em ações desde 2002 -SP). com riscos calculados. estão devidamente registradas na Comissão de Valores Mobiliários (www. a BM&FBovespa é a principal bolsa de valores do Brasil. Sem cair em atitudes precipitadas. 2Preço do Plano Perfil 1E CA. no mínimo”. “Na carteira própria. em algum momento. 1 8 Planos de saúde coletivos por adesão. Ao provar que está comprometida com valores éticos e a divulgação fidedigna dos balanços. COLOCANDO AS FICHAS EM UM ÚNICO TÍTULO OU EM TÍTULOS DO MESMO SETOR APLICAR O DINHEIRO QUE SERÁ RESGATADO EM CINCO OU SEIS ANOS. já que muitas empresas ainda podem abrir seus capitais e se tornarem mais interessantes para o mercado”. conta. A boa notícia é que o mundo dos acionistas não é tão distante assim.1 • Remissão do seguro por morte. Aprendi a trabalhar mais com títulos de longo prazo”. Em agosto deste ano. 2. “Um estatuto claro da empresa e a divulgação dos balanços conferem uma apreciação da companhia pelo público e resultam em valorização de seus papéis e taxas menores de captação de recursos com fornecedores e demais parceiros”.656/98). analisa Maria Cecilia.gov. afirma Reginaldo Alexandre. da Apimec-SP “Temos potencial de crescimento.

ficamos com uma amostra final de 140 observações de sucessão. renunciou em março de 2009. pela primeira vez em mais de um século. Whitacre foi selecionado em grande parte por causa de seu conhecimento e perspectiva trazidos de uma indústria de mudanças rápidas. Além disso. Edward Zajac² 10 Nos últimos anos. também ajustado pela indústria. Hershey. analisamos as mudanças no resultado pós-sucessão. empresas estabelecidas. se esta ocorrer em condições de baixa performance organizacional e/ ou elevado crescimento da indústria. em qualquer ponto entre 1972 e 2002. utilizando-se duas situações ambientais contrastantes em termos de turbulência e crescimento: as indústrias de companhias aéreas e química dos Estados Unidos. como William Perez. Ele implementou várias mudanças bem-sucedidas em oito meses. Mas há certas circunstâncias em que os CEOs de fora tendem a se sair melhor Por Ayse Karaevli¹ e J. O conselho escolheu Ed Whitacre. Foi realizada uma pesquisa empírica detalhada do desempenho e das consequências das mudanças estratégicas de sucessão do CEO em 90 organizações durante mais de 30 anos (1972-2002). concordou em renunciar no final de 2009 quando o conselho de administração determinou que a empresa não estava mudando rápido o suficiente e seria melhor iniciar uma mudança de direção. durante sua recuperação. como Siemens. (Definimos sucessões de fora como sucessores que se tornaram CEO em até dois anos após ser contratado de fora da empresa. Após exclusão de dados disponíveis incompletos. CEOs de fora. ajustado pela indústria. Nossa pesquisa também sugere que – ao contrário da sabedoria convencional – o desempenho da empresa geralmente sofre quando CEOs de fora apressam mudanças estratégicas no período pós-sucessão. Nossa pesquisa aponta que pessoas de fora superam os promovidos em empresas com uma história recente de baixo desempenho. e retorno sobre as vendas. CEOs recrutados de fora da empresa têm desempenho comparável àqueles que escalaram a ladeira corporativa. revisando a visão da empresa e trazendo o 11 . Procuramos elaborar e resolver esse paradoxo da sucessão do CEO de fora. Tanto a General Motors como a Hewlett-Packard já tiveram mais de um CEO que foi trazido de fora da companhia. Nessas circunstâncias. O fraco desempenho também pode tornar mais fácil para o forasteiro superar a resistência interna para iniciativas de mudança. em média. Observamos 163 sucessões. e Jeff Nugent._logo principal _logo negativo Quando um CEO “de fora” é uma boa escolha? _logo vermelho e branco _logo retícula _logo vermelho _logo preto e branco _logo branco De forma geral. Rick Wagoner. foram contratados por conselhos para conduzir suas empresas por grandes transformações. estes não são nem melhores nem piores que os sucessores promovidos de dentro. da Nike. Nossa pesquisa sugere que. Isso sugere a possível existência de um paradoxo em que conselhos escolhem CEOs de fora com a missão de gerenciar a mudança. Foram incluídas todas as empresas que superaram US$ 100 milhões em vendas. um executivo GM de longa data. juntamente com alguma experiência que ele tinha ganhado sobre a GM e suas necessidades estratégicas durante seu período como presidente interino do conselho. tais como a simplificação da organização. da Revlon. e depois seu sucessor Fritz Henderson. os CEOs externos superam seus sucessores de dentro quando substituem a equipe sênior de gestão da empresa por novos executivos. baseados em indicadores de desempenho de mercado e no retorno total do acionista ajustado. Nossos resultados indicam que os conselhos de administração podem aumentar a probabilidade de sucesso na contratação de CEO externo. Considere os quatro CEOs que a General Motors teve em um período de 18 meses. recrutaram novos CEOs de fora da organização. um ex-executivo da AT&T sem experiência na indústria automobilística antes de entrar para o conselho da GM. com 80 sucessões internas e 60 sucessões de fora. é comum o conselho substituir um CEO a fim de estimular a mudança. mas não foram mantidos pelos mesmos conselhos após um período de dois anos. criando uma média composta que padroniza e depois soma a variação de dois indicadores de desempenho operacional: retorno sobre ativos. mas em pouco tempo se tornam insatisfeitos com os mesmos. levando em consideração um período de três anos. CEOs de fora – com os conhecimentos e as perspectivas renovadas que eles normalmente trazem para a empresa – em geral podem conduzir essa mudança com maior facilidade. A posterior busca da diretoria por um CEO de fora sinalizou falta de fé na capacidade ou disposição de qualquer um dos talentos “prata da casa” para resgatar a empresa de seu declínio. 3M e Wrigley.) Como parte da pesquisa. Como a medição de desempenho é multidimensional. também realizamos uma revisão de cinco décadas de publicação de pesquisa empírica (1954-2002) sobre as consequências de sucessão do CEO. outro funcionário antigo.

2012. os CEOs de fora normalmente são trazidos com o objetivo de iniciar a mudança estratégica em um curto período de tempo. Muitas vezes. mas a equipe de liderança sênior como um todo. em parte por causa de _logo preto e branco _logo vermelho e branco considerações sobre a idade deles. CEOs de fora superam os internos na capacidade de rápida redução de custos. na IBM. é particularmente enfatizada quando se busca um CEO de fora. Uma vez que CEOs recrutados de fora estão sob mais pressão para fazer mudanças do que os promovidos internamente. Tais dificuldades ocorrem em parte porque a maioria das organizações não tem formas estabelecidas de socialização entre os CEOs de fora e a cultura organizacional. que. e começou a substituir os altos executivos antes de deixar o cargo. mais propensos a resistir às mudanças iniciadas pelo novo CEO. nossas descobertas apontam que os CEOs de fora trazem mais benefícios do desempenho do que internos quando substituem a equipe da empresa de gerenciamento sênior por novos executivos no início dos anos pós-sucessão. a alteração da equipe executiva sênior apresenta não só uma oportunidade importante para o aprendizado organizacional. como McNerney. relevância de envolver o conselho para apoiar essas iniciativas. os forasteiros superam a prata da casa quando não se apressam em fazer mudanças na estratégia. Ambos deram 12 _logo vermelho o impulso para o crescimento e a renovação de suas empresas em indústrias competitivas. Nossos resultados. Todos os direitos reservados 1 professor associado de Estratégia da Escola Sabanci de Negócios na Universidade de Istambul 2 professor James F. quanto à alteração da estratégia no período imediato de pós-sucessão. no entanto. Beré de Gestão e Organizações na Escola de Negócios Kellogg da Universidade Northwestern. Como observado anteriormente. Altos executivos nomeados pelo presidente anterior muitas vezes têm uma atitude negativa quanto à seleção de um estranho ou qualquer proposta de mudança estratégica e são. na 3M. A importância de se considerar a sucessão não só em termos de seleção do CEO. particularmente na liderança e cultura da empresa. se possível. Lou Gerstner. O sucesso do lançamento de ações da GM em 2010 demonstra as consequências favoráveis que um CEO de fora pode gerar. para todos os novos CEOs é assegurar alguma continuidade ao mesmo tempo em que planejam a mudança. Illinois Recomendações para conselhos e novos CEOs Nossa pesquisa ressalta a importância de gerenciar adequadamente o processo de sucessão do CEO. Em segundo lugar. esse desafio é geralmente maior para eles. mas também um caminho para um novo CEO estabelecer credibilidade e obter o apoio político e social necessário para fazer as mudanças necessárias. alguns anos mais tarde. e sabedoria de encontrar o justo equilíbrio entre os resultados imediatos e mudanças fundamentais. No entanto. eles falham em reconhecer os obstáculos que enfrentam ou sucumbem à pressão para introduzir mudanças estratégicas prematuras. um processo de transição estruturado – a fim de que possa se conectar com as pessoas e avaliar criticamente as políticas e estratégias existentes. assim como Whitacre. Copyright © Massachusetts Institute of Technology. que influencia a tomada de deci- CEOs de fora não são nem melhores nem piores que aqueles promovidos de dentro sões estratégicas e o desempenho. os resultados de nossa pesquisa oferecem uma visão interessante sobre a sabedoria convencional." é fácil esquecer que. mais paciente. outro forasteiro sem experiência na indústria automobilística antes de entrar para o conselho da GM. em Evanston. Nossos resultados sugerem que os sucessores de fora muitas vezes são incapazes de superar esse desafio._logo principal _logo negativo foco para construir carros inovadores. CEOs contratados externamente têm a maior probabilidade de falha se iniciam mudança estratégica cedo demais – isto é. desafiam essa visão convencional. o melhor que um CEO de fora pode fazer nos primeiros dias de seu mandato é ouvir as pessoas e tentar compreender o ambiente interno e externo da empresa. optaram por não fazer muitas mudanças em estratégia no início de seus mandatos. tanto Gerstner. uma das maiores críticas contra CEOs de fora é que a sua novidade na empresa – e sua falta de conhecimento do setor – os impede de iniciar as mudanças de base necessárias para o crescimento. Por exemplo. os gestores de topo normalmente têm uma abrangência maior de opções e maior poder de decisão para fazer escolhas estratégicas. a mudança cultural leva muito mais tempo. Normalmente. Com base nos resultados de nossa pesquisa. não somente lhes deu o tempo para ganhar experiência sobre vários aspectos de seus negócios. os conselhos devem fornecer o tempo suficiente para ele – e. na IBM. Isso fornece suporte empírico forte para o argumento de que não é o CEO sozinho. Um processo de transição bem gerida ajudaria novos CEOs a ganhar consciência da: urgência da construção de redes internas e uma forte base de apoio para as suas ações iniciais. Realisticamente. especificamente em indústrias de alto crescimento. Nessas circunstâncias. se eles agem antes de entender o negócio da empresa e sua cultura. e Jim McNerney. para as pessoas de fora. O desafio fundamental 13 . Nesse contexto. Seu substituto foi Dan Ackerson. uma vez que um CEO de fora é selecionado. são exemplos de CEOs de fora que se tornaram agentes de mudanças efetivas. Primeiro. porém. mas também em termos de formação de um novo grupo. na 3M (e Boeing). mas também ajudou a ganhar a base do poder e do capital social e político para fazer grandes mudanças. Com tanta ênfase em um recém-chegado sobre os "primeiros 100 dias de mandato. Essa abordagem. necessária para reverter o mau desempenho. Portanto. _logo retícula assumiu com o compromisso de executar mudanças fundamentais. Nossa pesquisa também sugere _logo branco que mudanças na equipe de alta gestão no período pós-sucessão influenciam o desempenho dos CEO externos. portanto. Em outras palavras. os CEOs de fora – que são menos amarrados com relações políticas internas – enfrentam menos obstáculos na tomada de decisão necessária para o crescimento e para a implementação de mudanças cruciais e estratégicas em tempo hábil.

intelecto. fornecer conteúdo teórico com contextualização prática. alunos e universidades. no Espaço Manacá. Walter Sigollo. alertou Almeida Veja. Foi com esse enfoque que a palestra Ser Administrador: Competências. que exigem praticidade. criatividade e compreensão dos desafios e das dificuldades para superá-los”. é preciso uma nova postura das empresas. Almeida falou sobre o tema sustentabilidade. “Temos de ter abertura para o diálogo na construção de uma visão comum. que alertou para a importância de os padrões de consumo começarem a levar em consideração o reuso. concluiu. integrar esforços para melhor aplicação dos recursos e ter transparência na aplicação desse recursos”.IES têm se perguntado como formar. Dessa forma. O presidente do CRA-SP. Mañas lembrou ainda que o papel da liderança é inovar: “O líder a ser formado é aquele que tem de dizer à empresa o que deve ser feito e não apenas repetir aquilo que já existe”. disse. o profissional deve ter paixão pelo que faz. um profissional para o mercado de trabalho. Realizado no dia 4 de outubro. criatividade. o encontro. Ao promovermos diferentes ações e eventos como este. foi conduzida pelo administrador Silvio Vaz de Almeida. a seguir. informou o palestrante. traçou um panorama da Administração e apontou as principais tendências da profissão. iniciativa. questionou o administrador Antonio Vico Mañas. Mas com base no quê? Será que as empresas estão dizendo o que precisam?”. cujo programa de gestão de resíduos sólidos foi desenvolvido em parceria pela Fundação Vale e a prefeitura da cidade. o 4º Encoad. a cobertura completa do evento: GRUPO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR – GIES Como formar líderes? Diante das transformações da sociedade e o do mundo globalizado. principalmente. Loraine Calza. “O 14 papel do Conselho vai além da fiscalização. Como desenvolver as potencialidades e conseguir. vice-reitor da PUC-SP. “Nós vamos sair do padrão ouro para o padrão floresta”. disse Almeida. definir em conjunto as prioridades.Capa por Kátia Carmo. as Instituições de Ensino Superior . dos governos e da sociedade. porém o investimento privado sustentável gera desenvolvimento socioeconômico. conduziu a abertura do evento Fotos: Marcelo marques Um dia dedicado ao conhecimento Realizado no dia 4 de outubro. A palestra magna. traçou um panorama da Administração e apontou as principais tendências da profissão U m público formado por 330 pessoas. Para isso. que encerrou o evento. a redução. desafios e o papel das Instituições de Ensino Superior abordou alguns aspectos da formação do administrador. a reciclagem e a reavaliação dos produtos. A formação de líderes capazes de contribuir de forma positiva com as organizações também é papel das instituições e. Marcos Yamamoto e Mayara Barboza O presidente do CRA-SP. que foi diretor-presidente da Fundação Vale e diretor da área de Responsabilidade Social. Só organização e método podem ajudar a reverter determinadas situações. porém. participou da 4ª edição do Encoad – Encontro do Conhecimento em Administração. para isso. na sua maioria composto por administradores e estudantes. Vico Mañas: o papel da liderança é inovar 15 . “A função do administrador é fundamental em projetos como esses.” Ele citou como case o aterro sanitário de Marabá. Ele lembrou que o investimento privado leva o crescimento para as comunidades. “São as faculdades que devem formar. temos atuado para o aprimoramento profissional por meio da difusão massiva das tendências existentes no mercado e das novas técnicas desenvolvidas no campo de atuação do administrador”. Com base na sua experiência. além de prefeito da cidade de Jaborandi (SP). promovido pelos Grupos de Excelência do Conselho. Corporativa e Comunicação Regional da Vale. além da formação acadêmica. é preciso prever o que será necessário em um futuro próximo. Walter Sigollo. Para atingir esse patamar. conduziu a abertura do evento. local de eventos do CRA-SP. que completou: “Só organização e método podem ajudar a reverter determinadas situações. diligência e obediência. é imprescindível ouvir os envolvidos nesse processo: empresários. promovido pelos Grupos de Excelência do Conselho. adequadamente.

ainda continua abaixo da média mundial. a palestra Pela Profissionalização da Gestão Pública apontou aos participantes desafios pelos quais passa a administração dos órgãos públicos no Brasil. “A renda está crescendo. Meira explicou que é possível. que aplicou apenas 5. Desafios em um cenário crescente Bento: grande parte dos hospitais não conhece seus custos operacionais compra de seguro de vida e saúde pela classe D. e a “liberação do caminho”. sim. E. vice-presidente da FranklinCovey Brasil. quando foram criadas as organizações públicas como bancos e instituições de ensino. disse Jorge Luis Dos Santos B. GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO LEGAL . quando o superior hierárquico simplesmente entrega a responsabilidade. “Grande parte dos hospitais não conhece seus custos operacionais. o administrador desconhece que tem um campo de trabalho nos escritórios jurídicos. “Uma nova enxurrada é previsível. da abertura comercial. Porém.GEAL Mais um campo de trabalho Para Góes. de fato. “Liderança é preparar os outros para brilharem junto. A pesquisa também evidenciou o grande aumento da Tema da campanha do Conselho Federal de Administração – CFA desde 2011. mais problemas. sem dar o controle de ação aos funcionários. apontou Bento. controle dos resultados e definição precisa de objetivos. da nova regulamentação financeira e da democratização do uso do Judiciário. parcerias e. “Há muita resistência para questões de profissionalização da gestão. A boa noticia é que o Brasil apresenta algumas tendências positivas como: demanda crescente.GEAPE Gestão com pessoas O engajamento de um colaborador vai além do tempo que ele fica no ambiente de trabalho. De acordo com Góes. alertou Góes. o Brasil existe. A grande dificuldade é formatar um produto que a classe emergente possa pagar”. consequentemente. mas o país. a demanda por serviços de assistência à saúde será crescente e o uso de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) se tornará uma realidade. tais como: gestão de pessoas e de recursos gerais e financeiros. ressaltou Santos. falou dos desafios da administração dos órgãos públicos GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS . nesta gestão.GEAP O administrador Sérgio Lopez Bento mostrou o cenário e os desafios crescentes na área de administração hospitalar.9%. o “abandono”. afirmou ao apontar uma das principais deficiências do setor. das privatizações do setor público.3% de seu orçamento total. negócios. a classe D vem aumentando e a venda de planos coletivos também tem aumentado”. mostrou algumas conclusões: será incentivada a integração do público-privado. é preciso lembrar que o modelo público sempre deve seguir regulamentos bem claros: “O funcionário dessa administração só pode fazer o que a lei determina”. a gestão pública burocrática tem dado lugar ao modelo gerencial. Para ele. completou. É o que apontou Luciano Alves Meira. não usá-los para brilhar sozinho”. feita pelo gestor controlador e que fiscaliza constantemente o andamento das tarefas. Essa influência pelo modelo gerencial tem sido adotada também pelo aspecto motivacional que proporciona ao funcionário. afirmou Meira 17 . coordenador do GEAP. Gestão pública Atualmente. foi traçado um panorama do cenário atual que tem se transformado devido às modificações políticas e econômicas. “Apesar de ter sido 'descoberto' há mais de 500 anos. mas não proporciona o apoio necessário. na palestra sobre a excelência na administração de pessoas. como sistemas de remuneração viciados. dividindo-a em três características principais: a “microgestão”. Ele falou ainda do empenho do GEAL em mostrar que os escritórios de advocacia são prestadores de serviços jurídicos e alertou para a importância de o administrador se posicionar quando trabalha nos escritórios. Porém. a atuação do administrador dentro dos escritórios é um caminho muitas vezes hostil. conflitos e mais demandas judiciais”. É necessário trabalhar com paixão e um sentimento de conexão com a empresa“. pois o bônus demográfico será um tsunami para o Judiciário. a conexão estratégica e um modelo de geração de receitas/recursos.. ao final da palestra. o eterno conflito entre poder e autoridade”. Santos B. afirmou. que adota técnicas da iniciativa privada. "Não adianta agir como workaholic para ser engajado".GEAS GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA . O palestrante abordou também a im- portância da autonomia que o gestor deve oferecer aos subordinados. Bento. que se encontra defasada devido à má gestão. Teremos mais empregos. a principal função é a de atender ao cidadão da melhor maneira possível”. que gira em torno de 14. há cerca de 200. “Ele tem de enfrentar uma série de desafios. atingir a excelência na motivação e no espírito de colaboração de todos os integrantes de uma equipe. o investimento no ramo da saúde no Brasil aumentou. muitas oportunidades na área e envelhecimento da população. Segundo uma pesquisa realizada em maio pela OMS (Organização Mundial de Saúde). o engajamento vem quando existem três propósitos claros e alinhados: o trabalho a ser realizado. está disposto a ajudar a equipe. quando o líder fica por perto.Capa GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE . o administrador desconhece o campo de trabalho nos escritórios jurídicos 16 Nos últimos 20 anos houve um aumento da demanda por serviços jurídicos em função da consolidação da democracia. e relacionamento com o cliente ainda pautado em princípios antiquados para a fidelização. exigindo investimentos e mão de obra qualificada. A partir da contextualização da recente história do país. contratos. “Não adianta agir como um workaholic para ser engajado. mas sem sufocá-la. afirmou o administrador Rogério Góes na palestra O Administrador Profissional no Novo Mercado de Advocacia. ineficiências operacionais e desconhecimento de formas de precificação.

e respeito pelo ser humano. não adianta querer apressar as coisas por causa do tempo. as contribuições trazidas pela Teoria da Complexidade e do Caos. passaram por reformulações drásticas em suas atribuições ou simplesmente desapareceram. De acordo com pesquisas e estudos do GEC. por exemplo. ter valores éticos e íntegros. Como ele explicou. dificilmente terei sucesso na prática do coaching”. O palestrante também alertou o público para os perigos da alta tecnologia: “Decisões importantes só podem ser tomadas uma de cada vez. desenvolvida inicialmente para ambientes dinâmicos e turbulentos ligados às ciências físicas e biológicas. a teoria pode dar respostas às diferenças entre os conceitos e a prática vivida nas organizações. caso um serviço não atenda às expectativas desses profissionais. GRUPO DE EXCELÊNCIA DE COACHING – GEC Perfil do coach Com o objetivo de apresentar as qualificações necessárias para se tornar um coach. Até mesmo a função de secretária saiu da mera anotação de recados para o gerenciamento dos relacionamentos e compromissos de diretoria e presidência”. ressaltou a economista Izabel Cristina de Aquino Folli. integrante do GEEI. os jovens pediram que eu deixasse de solicitar as tarefas pelo telefone e usasse o bate-papo do computador. Passou a ser um check list para o início de uma conversa de negócios. “Hoje em dia a empresa que não fala em governança corporativa talvez tenha problemas de crédito. afirmou. a palestra Perfil e Competências do Coaching: O que é importante saber contextualizou a ferramenta. tudo graças a uma boa gestão de governança corporativa”. GRUPO DE EXCELÊNCIA EM GOVERNANÇA CORPORATIVA . não vemos mais parteiras e datilógrafos. Entretanto. monitoradas e incentivadas”. a visão de mundo convencional e as ferramentas hoje utilizadas deixam a desejar quanto aos seus resultados práticos. o colaborador não precisa interromper a linha de pensamento e já tem tudo escrito para a posterior checagem. que estão se internacionalizando. “Eles se perguntam se a empresa integra a vida deles. Por outro lado.Capa GRUPO DE EXCELÊNCIA EM EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO . apresentada pelo administrador Jefferson Freitas de Oliveira. que agora está muito curto para tudo”. a Teoria da Complexidade e o Papel do Administrador. “Se eu não for ético e não souber respeitar o outro. disse. escuta ativa. eram as pessoas que deviam fazer parte da vida da empresa”. com interdependência e conectividade entre organizações e pessoas cada vez maiores e mudanças em grande velocidade. fica cada vez mais difícil para o administrador tomar as decisões. disse o palestrante. formulação de questões e visão organizacional. foram elencados os preceitos básicos: relacionamento interpessoal. Esse foi o tema da palestra O Futuro. introduziu o tema da palestra Governança Corporativa: Princípios e práticas como aliados do administrador profissional. Para que todos os presentes pudessem entender o princípio da governança. “Pesquisas apontam que a complexidade é um dos principais desafios a serem encarados pelas empresas”. o palestrante Valter Faria. De acordo com o palestrante. Temos hoje empresas que estão comprando mais empresas. afirmou Oliveira. O coaching entra nesta questão na medida em que se criam demandas para esse novo perfil de profissional”. “Atualmente. Nesse ambiente complexo." Os desafios do jovem administrador foram o tema de Albuquerque 19 . é possível compreender melhor o ambiente empresarial. a dinâmica da gestão e orientar as ações de gerenciamento.GEGC A era da governança corporativa Faria introduziu o tema das boas práticas da governança corporativa 18 Ao comparar as diferenças entre hábitos de trabalho antigos com os novos e mostrar a eficácia da tecnologia em nossas rotinas. Faria explicou: “Governança corporativa é o sistema pelo qual as organizações são dirigidas. “Certamente novas competências passam a ser exigidas dos profissionais que desempenham diversas atividades.CJA O novo administrador O desenvolvimento da sociedade acelera o processo de alteração das relações de trabalho. ter concluído um curso de formação em coaching. os interessados em praticar a atividade de coaching devem atender a alguns pré-requisitos: além da formação acadêmica superior. experiência em cargos de liderança. Izabel e Gambirazi aprofundaram o perfil e as competências do coach COMITÊ JOVENS ADMINISTRADORES . a tendência é que procurem oportunidades mais atraentes. Profissões antes consideradas como seguras e consolidadas. Por meio dela.” Muniz. e se responsabilizar por elas. explicou.GEEI Respostas para um mundo complexo Oliveira: a Teoria da Complexidade ajuda a compreender melhor o ambiente empresarial Em um mundo marcado pela incerteza e diversidade crescentes. que tem sido cada vez mais utilizada no ambiente corporativo. o perfil dos jovens administradores está em sintonia com os ventos da mudança. “É uma visão alternativa de enxergar o mundo”. Antes. Pelo chat. administrador e membro do GEGC. Ao considerar as habilidades do administrador neste século. “O coach está lá para estimular a pessoa a ter ações e decisões. “Saímos de um perfil workaholic para profissionais interes- sados em cuidar bem da vida e preocupados com a satisfação no ambiente corporativo”. ele apontou a necessidade constante de atualização e a importância dos princípios da governança estarem aplicados ao perfil dos profissionais. disse o administrador Antônio Celso Albuquerque Filho na palestra O Jovem Administrador e a Sociedade em Rede: Desafios e oportunidades. O psicólogo Wilson Gambirazi encerrou a palestra lembrando que conselhos nada têm a ver com o coaching. assinalou o administrador José Pascoal Muniz. flexibilidade. podem levar a um melhor entendimento desses ambientes e auxiliar na análise e tomada de decisão por parte dos administradores. “Na minha empresa. Para as competências. O choque das gerações pode ser uma oportunidade para os administradores de maior experiência.

vai gerar cada vez mais oportunidades para os administradores. 80% dos paulistanos consideram o trânsito ruim ou péssimo. ele citou a audiência de 900 milhões de pessoas que assistiram à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres. como a profissionalização dos clubes brasileiros e das federações e confederações. o julgamento nesta modalidade pode ser com base no direito (exemplos: o Código do Consumidor ou o regulamento de uma associação) ou em equidade. Uma das alternativas a serem consideradas por essas empresas foi. excesso de confiança e descompasso entre geração de renda. Além disso. estabelecimento de limites éticos. a bolha especulativa. melhorias na gestão. Segundo a Lei 9. A professora também apontou a falta de responsabilidade moral. Questões como afastamento ético e fragilidade das instituições foram levantadas e em todas elas uma possível contribuição do administrador foi apresentada. mas poucos brasileiros sabem disso”. consumo e especulação como fatores desencadeadores. de iniciativa do Banco Mundial. “A sociedade como um todo tem uma hierarquia social. hipóteses da geração de crise. afirmou Maria Cecília. explicou. considerada uma alternativa aos processos do Poder Judiciário pela maior rapidez e eficácia de suas decisões. explicou Andrea. Mostrando as vantagens e a legítima possibilidade de se manter um contato em tempo real. a sentença não fica sujeita a recursos ou à homologação do Poder Judiciário e deve ser proferida no prazo máximo de seis meses ou em período estipulado pelas partes.” Claro lembrou que os megaeventos esportivos vão exigir profissionalização 21 . o administrador e o consumo ético. Para entrar nesse mercado. Ética. Na arbitragem. Gestão das Instalações. Ela também falou das atitudes éticas mais presentes que um administrador deve ter: respeito à hierarquia moral. pouquíssimos candidatos apresentaram ideias que incluíam o teletrabalho em suas propostas nestas eleições”. as pessoas têm direitos. Gestão de Carreiras de atletas e ex-atletas. GRUPO DE EXCELÊNCIA EM MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM Poder arbitral Fernandes Filho falou das vantagens da arbitragem no Brasil 20 “A maioria dos contratos ligados à Copa do Mundo de 2014 no Brasil elegeu a arbitragem para a solução de possíveis litígios. Em tom didático. segundo o palestrante. o administrador Álvaro Mello. quando se referia ao quadro geral de algumas empresas. porém. o administrador esportivo precisa se qualificar. Como exemplo de atitudes que visam a melhorar a mobilidade urbana na cidade de São Paulo. o crescimento da indústria esportiva no Brasil. fazer a transição entre uma gestão e outra. sim. empresas de um importante centro empresarial da capital paulista foram convidadas a participar da elaboração de programas de mobilidade para seus funcionários. atrair mais público para os eventos esportivos. usando o bom senso consagrado pela sociedade. Governança Corporativa. os megaeventos esportivos exigem profissionalização do segmento. neste ano. apresentou. ressaltou Mello. relativa à legislação arbitral. o árbitro é eleito com base no conhecimento técnico ou pessoal. e oferecer ao mercado propostas atraentes de patrocínio que tragam mais retorno. foi mostrado o Projeto Piloto de Mobilidade Corporativa CENU-WTC. alguns dados a serem considerados para a melhoria da mobilidade urbana nas grandes cidades. que atualmente gira em torno de R$ 78 bilhões por ano.” A palestrante apontou várias hipóteses para a geração da crise. o palestrante abordou as características dessa modalidade de solução de conflitos. justamente. Sustentabilidade) e disciplinas específicas (História do Esporte. você escolhe especialistas no assunto”. ter cuidado com a manipulação e a ganância.GEES A ética em discussão Maria Cecília abordou as atitudes éticas do administrador Com um tema bastante polêmico em mãos. vice-coordenador do grupo. “Segundo recente pesquisa divulgada pelo Ibope. estão diretamente relacionadas ao administrador. e devemos respeitá-las por isso. dilemas éticos. que não tem a obrigação de conhecer detalhes pormenorizados do conflito. CTMC Mobilidade urbana Nada mais pertinente que uma teleconferência para um tema como este. de 1996.Capa GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ÉTICA E SUSTENTABILIDADE . crescimento financeiro. “A cultura brasileira de utilitarismo é triste”. Direito Esportivo. definir padrões e regras quando não existirem leis e a presença de um rigor técnico.GEAE Mercado em alta “A indústria do esporte está posicionada entre os setores que mais crescem no mundo”. consultor em gestão e marketing esportivo na palestra sobre os cenários e a perspectiva desse mercado e a sua importância para o administrador. Planejamento Estratégico. que foi apresentado pela jornalista Andrea Mendes Leal. disse Marcelo Claro. GRUPO DE EXCELÊNCIA EM CONVERGÊNCIA TECNOLÓGICA E MOBILIDADE CORPORATIVA–GE. aprender com os erros alheios. Para ilustrar tal observação. firmeza para dizer não quando preciso. Outra característica apontada por Fernandes é a escolha do árbitro. “Tais alternativas podem contribuir para a retenção de talentos e a redução de valores com ajuda de custo para gasolina e estacionamento”. “O árbitro eleito tem o poder de um juiz togado e o fundamento de seu julgamento é feito na base que as partes definiram em conjunto anteriormente”. Além disso. comparou. e o administrador e o mundo. “O juiz dá a sentença em cima dos pareceres dos peritos.307. Foi assim que a palestra As Contribuições do Teletrabalho para Melhoria da Mobilidade Urbana na Cidade de São Paulo teve início. a professora da Eaesp/FGV Maria Cecília Coutinho de Arruda apresentou cinco tópicos essenciais para uma discussão atual sobre ética na profissão de administrador: a crise econômica e o administrador. Ao contrário de um juiz. afirmou o administrador Sidney Fernandes Filho na palestra A Valorização da Arbitragem no Mundo Empresarial. Marketing Esportivo. o teletrabalho. mesmo à distância. entre outras). Segundo Claro. Nesse cenário. Inteligência de Mercado. Porém. “Essa qualificação se dá por meio de disciplinas de base (Gestão de Pessoas. Andrea apresentou um projeto de mobilidade corporativa GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO ESPORTIVA . conhecer a indústria. No projeto. existem questões que.

Ao explicar o porquê de algumas empresas darem certo e outras não. em um supermercado vazio.” A logística pode contribuir e detectar melhorias em cinco frentes conexas dentro da cadeia de valor (todas as atividades de dentro da organização com a finalidade de criar valor para os clientes): eficiência do custo fixo. mensagens de marketing e imagens. e de imagens de crianças. 120 PÁGINAS 1ª EDIÇÃO (2012) DE: R$ 30. Gerenciamento e Tecnologias ANA CAROLINA GREEF MARIA DO CARMO DUARTE FREITAS E FABIANO BARRETO ROMANEL 240 PÁGINAS 1ª EDIÇÃO (2012) DE: R$ 52.00 Por: R$ 37. quando as lojas estão lotadas. 0800 17 1944 OU EM NOSSAS FILIAIS. Já. porém ele permite a passagem de somente 1% da informação que chega desse mesmo ambiente. de músicas e aromas universais. “Devemos assessorar as decisões da diretoria e pre- sidência a fim de garantir a otimização de toda a corrente produtiva. do capital de giro. Técnicas e Aplicações em Gestão de Pessoas Corrente produtiva "A logística pode detectar melhorias em cinco frentes da cadeia de valor". FRETE GRÁTIS E PAGAMENTO FACILITADO. Para Arrais.BR. que. “Podemos observar.LOG MAPEAMENTO DE COMPETÊNCIAS Métodos. campanhas. “Segundo estudos. que produzem o mesmo em todos os cérebros e são gravadas mais facilmente. “Muitas pessoas acham que quem lida com logística é apenas o motorista do caminhão com a carga”. O neurobranding estuda o estado das reações mentais – o que chamamos da mente inconsciente do público-alvo – quando Excelência que gera resultados exposto a marcas. nos finais de semana.00 Por: R$ 31. SOMENTE PELO ATLAS. o palestrante ponderou: “Uma grande organização tem verdadeira preocupação com a lealdade do cliente. planejar uma produção que proporcione um giro de estoque mais rápido e com uma quantidade menor de ativos fixos empatados. Preços sujeitos a alteração sem prévio aviso . “E se a sua empresa fechasse. Para Zani. autor de livros sobre Administração.Capa GRUPO DE EXCELÊNCIA EM EMPRESAS FAMILIARES . o porquê fidelizar o cliente e o motivo de sempre manter seu funcionário empenhado. a música é rápida para incentivar o consumidor a sair mais depressa.20 Y CM MY CY 224 PÁGINAS 1ª EDIÇÃO (2012) DE: R$ 47.00 Por: R$ 41. animais ou avatares. concluiu. entre eles Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes. disse Sandra ao discorrer sobre as técnicas de neurobranding que induzem às compras.” “Qual a diferença entre uma empresa base para uma grande empresa?” Foi com essa questão que o palestrante Josmar Arrais. São os pensamentos. a música é sempre lenta para permitir que as pessoas comprem com calma. O vídeo exibido foi o “paradigma da pessoa completa” que expunha todos os pontos-chave da palestra de Arrais. A palestrante citou exemplos de fatores que ajudam no processo de compra.Oferta válida até 15/11/2012 . vice-presidente da FranklinCovey Brasil.COM. comentou. da matéria-prima até chegar ao consumidor final. No decorrer da apresentação. recomenda você”.60 CMY K MARKETING E GESTÃO DO ESPORTE LEAN OFFICE Operação. as pessoas sentiriam falta? Se você fosse embora. compra mais.GEEP Neurobranding As técnicas que induzem às compras foram analisadas por Sandra na palestra Como o Administrador de Empresas Familiares Pode Conseguir a Fidelização de seus Clientes foi o tema da palestra apresentada pela professora da FGV-RJ Sandra Regina da Luz Inácio. o profissional logístico deve usar seus conhecimentos para comprar melhor. grandes corporações se preocupam com a lealdade do cliente GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ADMINISTRAÇÃO DE CADEIAS PRODUTIVAS E LOGÍSTICA EMPRESARIAL – GE. acima de tudo.GEEF GRUPO DE EXCELÊNCIA EM ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO . do GE. você está gerando algum resultado”. disse Zani 22 Qual é contribuição da logística para o progresso das sociedades. É o inconsciente que nos rege. produtos. o palestrante fez uma pergunta para o público presente: “Qual empresa que se hoje fechasse você sentiria falta?” A resposta da plateia veio imediata: Google.60 ARY JOSÉ ROCCO JR. Segundo ele. o papel atual do profissional da área e as expectativas de formação e experiência que o mercado espera dele? Esse foi o tema central da palestra Novas Demandas para o Profissional de Supply Chain e Logística Empresarial. sentimentos e desejos inconscientes que impulsionam as decisões de compra”. o cérebro responde aos estímulos do ambiente. Quase no final. Um cliente leal retorna à empresa. Como explicou Sandra. dá feed back e. coordenadora do GEEF.LOG. iniciou sua palestra Excelência de Resultados nos Negócios e a Liderança do Administrador Profissional. como uso do ar condicionado. quando ele retorna. bem como criar um sistema de distribuição capaz de atender às demandas dos clientes. bem como a melhoria da rentabilidade. a participação do profissional logístico influencia toda a alta cúpula das empresas. o público pode assistir a alguns vídeos motivacionais. HUGO PENA BRANDÃO AGROPERFORMANCE Um Método de Planejamento e Gestão Estratégica para Empreendimentos Agro Visando Alta Performance C M ORGANIZADOR FREDERICO FONSECA LOPES 160 PÁGINAS 1ª EDIÇÃO (2012) DE: R$ 39. minimização dos custos e dos impostos.00 Por: R$ 24. entre eles as quatro eras econômicas da civilização.00 COMPRE ESSAS OBRAS COM 20% DE DESCONTO. entre eles uma verdadeira aula de resultados com Stephen Covey. 85% de nossas compras são puramente induzidas. as pessoas sentiriam falta? Se sim muito bem. ministrada pelo administrador Luiz Paulo Zani.

haverá uma nova desaceleração da economia global até 2014. obrigados a passar pelo processo de readaptação na sua própria terra 24 GETTY IMAGEs A Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior. como Estados Unidos (1. desvalorizados. o que tem acarretado o caminho inverso de expatriados brasileiros. A maior parte deles se concentra em países hoje mais preocupados em estabilizar os próprios cofres. Esse número de expatriados que retornam ao país pode aumentar ainda mais em razão do aprofundamento da recessão na Zona do Euro. políticas fiscais recessivas e queda da demanda interna.1 milhões de brasileiros vivendo fora do Brasil. Espanha (158 mil) e Portugal (136 mil). Isabella Vasconcelos. obrigados a voltar para casa muitas vezes sem terem pedido por isso. estima cerca de 3. “Nos centros mais afetados pela crise mundial. Japão (230 mil). Outra questão que pode acelerar o retorno de muitos expatriados está relacionada aos salários. os salários estão estagnados ou até diminuindo devido ao aumento dos impostos e a retirada de benefícios sociais ocorrida em algumas regiões”. A Europa passa por contenções dos gastos públicos. aponta Fabrícia Peixoto.Estilo por Marcos Yamamoto De volta para casa As dificuldades das nações mais ricas têm forçado o retorno de profissionais expatriados ao Brasil. O cenário do mercado de trabalho nesses lugares não é positivo”. coautora do livro Expatriação de Executivos. alerta a professora do mestrado em Administração do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI). ligada ao Ministério das Relações Exteriores.38 milhão). “Segundo um estudo da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). gerente da consultoria de recrutamento Page Personnel. E as famílias norteamericanas estão endividadas e seus imóveis. 25 .

É PRECISO CUIDADO PARA O PROFISSIONAL NÃO SUBVALORIZAR SUAS COMPETÊNCIAS OU SUPERESTIMÁ-LAS. são rápidos – duram cerca de 20 minutos – e objetivos. Dow. Especificamente no caso dos executivos. como Nestlé. Em outros lugares. ainda não tem detectado um retorno em massa dos executivos expatriados. o incômodo de se sentir um estrangeiro em seu próprio país. Ao voltar. argumenta Isabella. ainda mantém a expectativa. os encontros são feitos entre poucos representantes. direto ao assunto em pauta e pronto”. Mesmo que o repatriado volte com a garantia de emprego. O PAÍS E OS MERCADOS MUDARAM. como acompanhante. porque voltam a uma economia emergente e promissora. que podem não ser as mesmas. O risco passa do âmbito pessoal. um número demasiado de reuniões por aqui e. agência de programas de Recursos Humanos para expatriados." A experiência internacional dele foi de 2003 até 2010. demonstra Andrea Sebben. apesar de ter sido afetada pelas incertezas globais. organizadora do livro Expatriados. formado por 32 empresas de grande porte. sócia diretora da Goingplaces. "Aproveitei as estadas para completar um MBA com certificações nesses países. conta Barros. versatilidade. ANALISE OS CUSTOS E O SEU PADRÃO DE VIDA AOS SALÁRIOS PRATICADOS. na Suécia. “O regresso ainda é facilitado por questões familiares. contavam. ESTUDE BEM AS OPORTUNIDADES QUE SURGIREM ANTES DE ACEITAR A PRIMEIRA PROPOSTA. Danone. no período que estavam no exterior. a volta dos executivos sempre vem acompanhada de desafios. PARA ADMINISTRAR AS EXPECTATIVAS CRIADAS COM O RETORNO. Para as empresas. Nossa economia. “O expatriado bem-sucedido na adaptação e em seus objetivos corporativos trabalhou com pessoas de múltiplas nacionalidades e possui competências de mobilidade social. o Gadex. Também há o retorno dos expatriados por conta própria. O QUE PODE TRAZER PROBLEMAS FUTUROS. Gostava de todas as novidades. vivenciei uma lua de mel com a Suécia. avalia Vivian Manasse. “O estresse aculturativo o afetará. de crescimento. Assim que desembarcou em Gotemburgo. como é mais conhecido o grupo. Contudo. mesmo que reduzida. ele terá de lidar com as expectativas de quem espera seu retorno. como é o caso do executivo de marketing Daniel Barros. com ainda muitos setores carentes de profissionais qualificados”. O REGRESSO É UMA FASE TÃO MARCANTE QUANTO A EXPATRIAÇÃO.Estilo 26 GETTY IMAGES Orientações aos que retornam GETTY IMAGES Os brasileiros compelidos a voltar para casa passam por uma situação menos traumática. bém recebe uma força da iniciativa em expandir mais e mais o conhecimento. Por outro lado. Também é importante considerar outros fatores como os investimentos no pré-sal e em infraestrutura para os grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. “Pode ser um pro- O retorno pode trazer o incômodo de se sentir um estrangeiro no próprio país blema se o profissional não tiver seu aprendizado valorizado pela liderança local. AS EMPRESAS DEVEM TRANSMITIR DE FORMA REALISTA AS INFORMAÇÕES E OS DESAFIOS DOS REPATRIADOS. "No primeiro ano. leitura de diferentes contextos e domínios de idiomas”. Fonte: Page Personnel EQUILIBRE A HUMILDADE DO REGRESSO COM A CONFIANÇA POR TRAZER UM CONHECIMENTO INTERESSANTE PARA AS EMPRESAS E O PAÍS. O aprimoramento natural tam- MENTE ABERTA E CONSCIENTE DIANTE DA FASE DE READAPTAÇÃO. para trabalhar na indústria de metais SKF. principalmente porque os expatriados. os primeiros dias serão marcados por uma forte necessidade de readaptação. a experiência no exterior pode e deve ser usada como um diferencial competitivo. ele deve compartilhar as sugestões e métodos com humildade”. o retorno pode trazer. Porém." A educação formal alia-se também a uma percepção voltada à melhoria das práticas corporativas brasileiras. com muitas pessoas envolvidas. ele sentiu o vislumbre de atuar com hábitos comportamentais diferentes dos quais estava acostumado no país. A INTEGRAÇÃO DESSE PROFISSIONAL É UM PONTO SENSÍVEL E DE ATENÇÃO EM TERMOS SALARIAIS. RESPONSABILIDADES E EXPOSIÇÃO. 27 . por exemplo. lembra Fabrícia. com um pacote de benefícios mais atraente. Peixe fora d’água Feito por decisão firmada ou pela força de circunstâncias externas. “Existe. com políticas consolidadas na área de expatriação que discute questões como essa. e a longa ausência acarreta na desatualização das políticas mercadológicas e o enfraquecimento do network”. sobretudo. a tendência de retorno ou diminuição dos programas de expatriação atinge especialmente as empresas que estão sofrendo mais lá fora ou que têm visto diminuir seus dividendos. profissionais que fazem cursos de MBA fora do país e resolvem passar um tempo trabalhando no exterior. Em São Paulo existe o Grupo de Administração de Expatriados. de ir até o supermercado e fazer parte do modus vivendi do povo local. já que o entendimento dos interlocutores pode ser um ensinamento sobre como as rotinas locais são encaradas. Roche. Canadá e Cingapura. de reintegração cultural e. ELAS DEVEM APRESENTAR QUAIS AS CONTRIBUIÇÕES E DESEMPENHOS ESPERADOS DOS COLABORADORES. por exemplo. na maioria das vezes. com escalas posteriores na Bélgica. maior remuneração e mais qualidade de vida. que vão gerar empregos. via de regra.com – Um desafio para os RHs interculturais.

CRA-SP e TJSP realizam palestra em conjunto A fim de dar continuidade à parceria no Projeto de Aceleração do Judiciário. como é conhecida em inglês – tem como objetivo a construção e o gerenciamento de uma marca no mercado. afirma Denis Mattos. mas 28 também todas as ações dos gestores em sintonia com os colaboradores. instrutor de técnicas autocompositivas do Movimento pela Conciliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). mais sua história. afirma a administradora Marcia Auriani Branding: a marca ativa ativa ativa ativa A gestão de marcas – ou branding. internacional e no cenário independente”. a palestra. não só as peças publicitárias e o layout dos pontos de venda. pois a gestão de conflitos dentro do ambiente de trabalho está diretamente ligada à produtividade. há três anos trabalha com a seleção rigorosa das músicas que comporão a trilha sonora de suas lojas. Ao adotar o conceito de branding. Por isso. Kauy Carlos Lopérgolo de Aguiar. as pessoas fazem fila para comprar iPhones e iPads e defendem seus atributos. “Marketing e design trabalham juntos para construir uma estratégia de produto que diferencie a marca da concorrência e fortaleça sua vantagem competitiva”. quando essa dinâmica não é bem desenvolvida. estabelecida no início deste ano pelo CRA-SP. até o posicionamento claro da empresa para os consumidores.  Ratificando a importância da união. o Conselho confirma que essa parceria tem gerado bons frutos para toda a sociedade. Toda a marca é pensada com design thinking. seu nome. por meio do GEAL (Grupo de Excelência em Administração Legal). assinala a consultora de branding e design Marcia Auriani. formada em Administração e diretora dos cursos de pós-graduação em Negócios/Master da Business School São Paulo. a marca é o ativo mais valioso de uma companhia e o branding deve trabalhar em sintonia com uma visão mercadológica holística. e pelo TJSP. para um público de cerca de 150 pessoas. ressaltou o valor da parceria firmada com o CRA-SP/GEAL: “O Conselho tem contribuído muito com o TJSP na realização de eventos e palestras. O consumidor acaba trabalhando em prol da empresa de forma fiel e apaixonada”.” O diretor assessor da presidência do TJSP. reputação e forma como é anunciado”. O esforço contínuo. a realização da atividade fim pelo grupo é melhor. a duas entidades promoveram a palestra Moderna Teoria do Conflito e Teoria dos Jogos. a palestra Design e Branding: Conexão emocional com o mercado. Realizada na sede do CRA-SP no dia 20 de setembro.ARQUIVO CRA-SP Notícias "Marketing e design trabalham juntos para construir uma estratégia de produto". claro. se bem direcionado. em um trabalho que inclui desde a concepção do logotipo. por isso recebemos elogios dos clientes por atender a todas as nossas premissas: variedade de estilos com o que há de mais atual nas cenas musicais nacional. “Do ponto de vista de gestão. Azevedo falou da importância do tema para a sociedade e os administradores. Mas vale esclarecer: pensar em gestão da marca não se resume a uma campanha promocional ou à remodelação completa de todo o portfólio da corporação. referência mundial da publicidade. embalagem e preço. há uma clara influência. afirmava David Ogilvy (1911-1999). coordenador de visual merchandising da Lacoste. A música cria uma atmosfera especial e reforça a identidade da marca. Eu só tenho a agradecer por esse relevante serviço e apoio prestado ao Tribunal”. Para Marcia. por exemplo. “A sonorização da loja é um elemento essencial no trabalho de branding que fazemos em nossa rede. 29 . especialmente no trade marketing (focado no ponto de venda). a organização coloca a marca no centro de todas as suas decisões e passa a entender que tudo comunica a marca. Na medida em que temos uma equipe que se resolve muito bem nos conflitos e nas dinâmicas conflituosas. Porém. por meio do Cetra – Centro de Treinamento e Apoio aos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A grife Lacoste. foi conduzida pelo juiz de Direito do Tribunal de Justiça da Bahia. nós temos um grupo ineficiente. do design da embalagem e do próprio produto. doutor André Gomma de Azevedo. “É a soma intangível dos atributos de um produto. que ministrou. em setembro. analisa Marcia. O branding acontece a longo prazo. na sede do CRA-SP. oferece resultados mais positivos para todos. “Veja o caso da Apple.

como a declaração relativa ao motivo da suspensão ou baixa da inscrição.org.90 Páginas: 376 Preço: R$ 126. mas também de abertura. 24%. Para o secretário da Fazenda. LIDERANDO EQUIPES E OTIMIZANDO RESULTADOS Mais de 11 mil grandes líderes já passaram por este curso. PROJETO DE VIDA PROFISSIONAL E PESSOAL 5. MOTIVAÇÃO E COMUNICAÇÃO 7. 23% dos presidentes das companhias listadas no ranking possuem formação em Administração de Empresas. A entidade aceita doações de pessoas físicas e jurídicas para a compra de alimentos. cursos de especialização. Andrea Calabi. a medida representa uma mudança cultural significativa para estimular o empreendedorismo. a relação de livros e documentos fiscais utilizados e em branco. saúde. Nelson e James Campbell Quick 1ª edição Editora: Cengage Learning Social Associação sem fins lucrativos. a medida facilita o processo não apenas de suspensão das atividades. LIDERANÇA E CRIATIVIDADE LOCAL E DATAS SÃO PAULO 26 e 27/11 17 e 18/12 INFORMAÇÕES GERAIS HORÁRIO das 9h00 às 18h00 INSTRUTOR A. A fim de se conectar verdadeiramente com os alunos. possível ADM – UMA ABORDAGEM INOVADORA PARA ENSINAR E APRENDER OS PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO 2. LIDERANÇA. no início de outubro. E você: vai ser só mais um liderado? Obtenha o melhor da sua equipe por meio de motivação.470. o livro fornece informações em um formato moderno e contemporâneo.Notícias GETTY IMAGES Encerramento facilitado Administradores no topo De acordo com o Guia Você S/A Exame — As Melhores Empresas para Você Trabalhar 2012. mestrado. quatro unidades próprias e oferece atendimento 100% gratuito. pelo governador Geraldo Alckmin para facilitar o processo de encerramento de empresas no Estado de São Paulo.4 milhão de empresas serão beneficiadas pelo decreto assinado. TRANSFORMAÇÃO: A LIDERANÇA EFICAZ 6. oportunidades de ampliação e segurança institucional". "A burocracia para fechar uma empresa desestimula a formalização da economia. Indicações de leitura | Indicações de leitura | Indicações de leitura CORG – UMA ABORDAGEM TESTADA POR ALUNOS E APROVADA POR PROFESSORES PARA APRENDIZAGEM DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Páginas: 416 Preço: R$ 99.br – Telefone: (11) 3376-4400 SÃO PAULO: 11 3046 7878 OUTRAS LOCALIDADES: 0800 16 24 68 São Paulo/SP: R. E 43% deles estão há mais de seis anos no cargo.90 A obra combina a cobertura completa e concisa sobre comportamento organizacional com instrumentos de aprendizagem criados para os estudantes de hoje. 504 • Itaim Bibi • CEP 04536-070 Filiais: Porto Alegre. A organização também oferece instrumentos para que a família possa conviver bem no lar e na sociedade. Limão . o autor conduziu pesquisas e entrevistas para saber como os jovens aprendem. O livro propõe uma solução de ensino e aprendizagem diferente das demais por meio de novos exemplos. e 6. na cidade de São Paulo. PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE através de duas parcerias: com as secretarias do Estado da Educação e da Saúde. PROGRAMA 1. Projetado para alunos e pessoas que querem fazer escolhas. Segundo o governador. afirmou Alckmin. lazer e integração.com. consultor. bom relacionamento interpessoal e incentivo à criatividade e pró-atividade – fundamentais para consolidar resultados ou enfrentar cenários de crise com segurança. LIDERANÇA E AS HABILIDADES DE GERÊNCIA 3.3% dos presidentes das 150 melhores cursaram Engenharia. A partir da publicação do decreto. Cerca de 1. quando e onde estudam – e por quê. as empresas optantes do Simples Nacional ficam dispensadas da apresentação de uma série de documentos. Administradores ficaram atrás apenas dos engenheiros – 37. ter flexibilidade e múltiplas opções de aprendizagem.br Fotografe o QR code e assista ao vídeo do curso 31 . material pedagógico e manutenção de móveis e instalações. levando para casa o troféu de melhor empresa para trabalhar no país. LIDERANÇA DE SITUAÇÃO E PESSOAS Saiba mais em: www. conteúdo atualizado e material complementar. 34% dos presidentes têm MBA. J. O documento simplifica procedimentos de baixa de inscrição no Cadastro de Contribuintes do ICMS e para suspensão de atividade de empresas do Simples Nacional. autor e profissional de marketing INVESTIMENTO R$ 1. Brasília. a AMA tem como missão proporcionar à pessoa com autismo trabalho. micro e pequenas empresas e pretendemos estender para todas as outras".00 8. entre outros. foram ouvidos os professores. A AMA possui. a Elecktro ficou em primeiro lugar no ranking. 4. Rio de Janeiro. BENCHMARKING DE LIDERANÇA 9. Estamos começando pelo Mei. LIDERANÇA. Em seguida. Curitiba e Belo Horizonte www.integracao. Ainda segundo o levantamento.ama. "A formalidade das empresas é muito importante para que se tenha consistência legal. A publicação revista Você S/A traz o ranking das 150 organizações do país que mais investem em seus colaboradores.Professor. LIDERANÇA E A EQUIPE DE TRABALHO AMA – Associação de Amigos do Autista 30 Chuck Williams 1ª edição Editora: Cengage Learning Debra L.7%. Manuel Guedes. Distribuidora de energia com sede em Campinas (SP). afirmou.

O dado. Empresários de São José dos Campos debateram o tema governança corporativa A Seccional de São José dos Campos (Vale do Paraíba e Litoral Norte) promoveu a palestra Governança Corporativa em Empresas Familiares para mais de 60 profissionais. 30% estão desengajados. que assegure uma alta performance e um comprometimento de longo prazo. representa um crescimento de 107% no número de contratos em relação ao mesmo período de 2011. consultor sênior da área de Pesquisas com Empregados da Towers Watson no Brasil. o administrador Carlos Antônio Monteiro destaca que o principal ponto de discussão são as transformações pelas quais passarão a sala de aula: “Neste mundo 3. 50% dos entrevistados apontaram que sair da empresa é a única opção para crescer na profissão. esses números mostram que as empresas estão bastante vulneráveis”. 3 e aconteceu no Centro Tecnológico de São José dos Campos. foi apontado pelo Estudo Global sobre Força de Trabalho.0 são analisados por especialistas. “Esse resultado é bastante crítico. isto é. temas como o marketing estratégico para a captação e fidelização de alunos. Para os profissionais brasileiros. mais de 746 mil estudantes são atendidos com o crédito para o ensino superior na carteira da Caixa. empresa especializada em planejamento. 26% se sentem sem suporte por parte das organizações e 16% estão desvinculados de suas companhias. sucessão e perpetuidade das mesmas. O total. De acordo com o estudo. Em 2012. gestão e desenvolvimento de Instituições de Ensino Superior. Os participantes acompanharam a apresentação feita por Sidney Ito. os profissionais registrados dessas regiões. No item metas e objetivos claros. Nas questões relacionadas ao desenvolvimento de carreira. Dessa forma.0.5 bilhões em crédito para 157 mil estudantes. A proposta do evento.Notícias engajamento Apenas 28% dos profissionais brasileiros estão altamente engajados no trabalho. Conselheiro do CRA-SP e sócio-diretor da CM Consultoria. e 44% não sabem quais as ações necessárias para chegar lá. é discutir questões relevantes para a administração universitária dentro de uma perspectiva de futuro no qual a humanidade atravessará um estágio de colossal avanço tecnológico em um curtíssimo espaço de tempo. Precisamos identificar como serão as novas relações dentro da sala de aula e também no mundo”. Se considerarmos que as empresas hoje buscam um engajamento sustentável. remuneração e benefícios não são os principais direcionadores de alto engajamento. Entre os demais profissionais ouvidos.0 A série de seminários sobre o tema Administração Universitária – Mudança e Sociedade do Conhecimento. imagem da organização e metas e objetivos claros. membro do GEGC e sócio-líder da área Risk Consulting no Brasil e na América do Sul da KPMG. os três principais pontos que os motivam e os levam a criar um laço com a empresa são: desenvolvimento de carreira. foi realizada no final de setembro na capital paulista. 37% não entendem como seu papel contribui para que a companhia alcance seus objetivos. Segundo o banco. GETTY IMAGEs GETTY IMAGEs Falta Universidade Recorde no financiamento estudantil A Caixa Econômica Federal registrou recorde no saldo de contratação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ao alcançar o volume de R$ 30 bilhões na carteira ativa. 3263-1140 33 . ao todo. 46% dos brasileiros não conhecem as metas de sua empresa. promovida pela CM Consultoria. o objetivo da palestra foi disseminar as boas práticas de governança corporativa nas empresas familiares para favorecer o processo de profissionalização. no mês de agosto deste ano. explica Carlos Ortega. ainda mais. na qual a funcionalidade dos robôs está cada vez mais desenvolvida. preocupante. registrado até agosto. realizado pela consultoria Towers Watson. Segundo Ito. é preciso analisar como preparar os estudantes para o mercado de trabalho e para esta forte concorrência. e 63% não percebem os programas de treinamento da empresa como efetivos. gestão estratégica tributária e universidade 3. que acontece em diferentes cidades do Brasil. 57% acreditam não ter acesso aos treinamentos necessários para serem produtivos em sua posição atual. A ação integra o projeto que prevê levar até as cidades do interior e litoral do estado os eventos que já ocorrem com maior periodicidade na sede do Conselho para atender. A apresentação foi feita em conjunto com o Grupo de Excelência em Governança Corporativa – GEGC 32 3. foram liberados R$ 6.

que envolve os relacionamentos entre proprietários. Não é por isso que os contribuintes terão que pagar mais tributo do que estejam obrigados. a empresa busca identificar a hipótese mais benéfica de incidência de tributos. que servirão para viabilizar os fins sociais. A empresa também deve minimizar a geração de contingências (riscos) fiscais. equidade.830 . suas receitas e reduzir seus custos (inclusive. de maneira contínua. 3. a opinião de seu autor. com vistas a aumentar. conselho de administração. prestação de contas e responsabilidade corporativa (IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Workshops. acesse www. A governança tributária. Constitui obrigação dos administradores planejar os negócios da empresa.gov. foto em alta resolução e o registro no CRA-SP. agregará valor a proprietários e demais interessados e ajudará a tornar as empresas mais sustentáveis e com menos riscos fiscais.br Os textos devem conter no máximo 3.Jardins | + 55 11 3087. Já a sustentabilidade corporativa é a capacidade de as empresas criarem valor para proprietários por meio do adequado gerenciamento dos riscos associados a fatores econômicos. 9 de Julho.br .com. 2007). bem como adota um conjunto de procedimentos de coordenação. econômicos e políticos do Estado. como parte integrante da governança corporativa. Também. eventos especiais. para permitir que suas atividades possam.Governança tributária e sustentabilidade 34 bilidade e a aplicação das práticas de governança corporativa. DIVULGAÇÃO Comenta-se muito sobre governança corporativa e sustentabilidade. será aquela que busca identificar. Faça seu evento corporativo. localização privilegiada e capacidade para receber até 400 pessoas. O CRA-SP não se responsabiliza pelas ideias nele contidas. Governança corporativa é o sistema pelo qual as organizações são dirigidas e monitoradas. Através da governança tributária. não existe sustentabilidade sem lucratividade (IBGC. Por sua vez. ser beneficiadas por redução de carga tributária ou inseridas em âmbito de não incidência de tributos.espacomanaca. do ponto de vista tributário.216 Professor da FGV e do IBGC e mestrando em Controladoria Empresarial pelo Mackenzie bcscomunicação Opinião Vivências empresariais acontecem no Espaço Manacá. 2009).000 caracteres (com espaços). A empresa preocupada com sustentabilidade investe em sua capacidade permanente de continuar crescendo. os tributários). diretoria e órgãos de controle. tornando-a mais lucrativa. alternativas tributárias menos onerosas para atingir seus objetivos. Av. não poderão pagar menos do que tenham de pagar. Ligue e reserve seu espaço: 11 3087 3200 No Espaço Manacá. Tem como princípios a transparência.3200 | www. você encontra toda a infraestrutura com a mais avançada tecnologia. Arnaldo Marques de Oliveira Neto CRA-SP nº 76. sociais e ambientais. → Este artigo reflete. facilitando seu acesso a recursos e contribuindo para a sua longevidade. A tributação deve estar limitada pelo direito que cada contribuinte tem de desfrutar seu patrimônio. As boas práticas de governança corporativa convertem princípios e recomendações objetivas.com.espacomanaca. alinhando interesses com a finalidade de preservar e otimizar o valor da organização. licitamente. perene e sustentável. Portanto. nome completo do autor. Existe convergência natural entre sustenta- Adm.br Colaborações para esta seção podem ser enviadas para o e-mail redacao@crasp. controle e revisão a fim de minimizar a possibilidade de gerar contingências fiscais. seminários. Do ponto de vista econômico. com indispensável antecedência. exclusivamente. o sistema tributá- A empresa deve minimizar a geração de contingências (riscos) fiscais rio nacional é um conjunto de leis e princípios que impõem vários tributos. treinamentos. a empresa eficiente e sustentável.

conforme as regras da ANS.Meu plano de saúde não cobre o médico e o hospital que eu prefiro me tratar. A cobertura de hospitais e laboratórios.¹ Planos até 50 Ligue e confira: %mais baratos.br ¹A comercialização dos planos respeita a área de abrangência das respectivas operadoras. Com a parceria do SAESP com a Qualicorp. de Benefícios: . Amil: Bradesco: Golden Cross: Intermédica: Life: Omint: SulAmérica: Qualicorp Adm. Outubro/2012.Omint).qualicorp. Informações resumidas.2 0800 777 4004 ou acesse www. os planos de saúde que oferecem os melhores médicos. Condições contratuais disponíveis para análise. bem como de honorários profissionais. ²Em comparação a produtos similares no mercado de planos de saúde individuais (tabela de setembro/2012 . hospitais e laboratórios do Brasil já estão ao seu alcance. Planos de saúde coletivos por adesão. E agora? Administrador: não se preocupe.com. se dá conforme a disponibilidade da rede médica e as condições contratuais de cada operadora e categoria de plano.