FACULDADE DE JAGUARIÚNA

Campus I: (19) 3837-8800 – Rua Amazonas, 504 – Jardim Dom Bosco
Campus II: (19) 3837-8500 – Rod. Adhemar de Barros – Km 127 – Pista
Sul
Campus III: (19) 3867-8300 – Av. dos Ypês, 678 – Roseira de Baixo
Jaguariúna/SP – 13820-000
www.faj.br
0800 755 55 55
contato@faj.br

Curso de Engenharia Civil – 3º Semestre –
Cálculo III
Prof.ª Drª. Christiane Bellório
(Entregar no dia da 1º Prova)

1. Nos exercícios a seguir, calcule os seis primeiros termos de cada
sequência.
2

a){ n +1 }

r:1,2,5,10,17, 26,...

n
} r: 1/6,2/9,3/14,...
n +5

c){

2

−1
¿ }
b){ ¿
n+1
1
d){2+ n }
n +1

r:

2. Das sucessões abaixo, quais são convergentes (e para quais números
convergem) e quais são divergentes?
2

a) f(n)= n

diverge (harmônica)

n+1
2
n +1
2
n
e) f(n)= n
3
1
g) f(n) = (1+ n )

c) f(n) =

4

r: e 4

i) f(n) = √ n+1 - √ n
1
n
k) f(n) = (−1) . n

()

n+1
2
2 n2 +1
d) f(n) =
2
n +1
n2 + 1
f) f(n) =
n
n−1
h) f(n) = 2
n −1
n+1
n
j) f(n) = (−1) . n
5 n+1
, para n par
n
l) f(n) = 5 n−1
, para n ímpar
n

b) f(n)=

( )

{

1

Determine se existir o limite das sequências abaixo: 7−4 n2 } 2 3+2 n a){ c) e) g) { { 2 n ln (n+1) } r=-2 b) r=diverge d) n2 n2 − 2 n−1 2 n+1 { (−1)n √ n n+1 } } { {( ) } (2n−1)( 3 n+1) (n3 +1) 1+ 1 n } r=0 2 r=e {cosnn } r=1/2 f) r=0 r=0 h) {1+( 0..1)n } r=1 4. se converge encontre sua soma: 1 1 1 3 9 27 b) 1+ 2 + 4 + 8 +… a) 1+ 2 + 4 + 8 + … ∞ c) ∑ (−1)n+1 n=1 5. como uma fração comum. 3.1 1 1 1+ + +…+ n 2 4 2 1 1 1 1+ + + …+ n 3 9 3 m) f(n) = (lembre-se de que o numerador e o denominador são somas de n termos de progressão geométrica no item m). 7. em caso afirmativo encontre sua soma: ∞ ∞ a) ∑ 25n n=1 c) ∑ ∞ n=1 ( 1 n +2 3n b) ) ∑ n=1 ( 21 − 31 ) n n ∞ d) ∑ 21n n=1 2 . Expresse a dizima periódica 0.2222. Determine a série infinita que tem a seguinte sequência de somas parciais: a) { sn } = c) { sn } = 4n {n+1 } { 2n } b) { sn } = 3 n+1 { } n2 n+1 d) { sn }={ 2n } 6. Determine se as séries convergem. Determine se a série geométrica converge ou diverge..

. a mosca percorre a distancia de 2 Vd V −v V +v V +v ( ) n−1 metros .. substituídos por 250 centímetros cúbicos de água pura. 9. se convergir. r. 3 ou 12.717171. Maria começa a caminhar em direção a uma parede de tijolos d metros á frente com uma velocidade constante de v metros por segundo. desse modo até Maria finalmente alcançar a parede. r:1/3 b) 1. Expresse essa probabilidade como a razão de dois números inteiros. na n-ésima viagem da testa de Maria para a parede. sim. a) 0. após quicar no chão.. 3 . ¿ 10.. consiga esse número antes conseguindo um 7) é dada pela dizima periódica 0. a mosca imediatamente faz a volta e voa de volta para a testa de Maria e até a parede.. r:467/99 d) 15.33333. a) mostre que.. onde V>v. No mesmo instante. que distância percorrerá ela até parar? R: 8 metros.. O seguinte procedimento é feito repetidamente: 250 centímetros cúbicos de água salgada são derramados. Um recipiente contém originalmente 10 gramas de sal dissolvido em 1000 centímetros cúbicos de água. consiga 7 ou 11 na primeira jogada ou consiga um número diferente de 2. É verdade que ∞ ∞ k=1 k=1 lim ¿ n →∞ ∑ a k =∑ a k ? Explique . e a solução é inteiramente agitada. a probabilidade de que o lançador vença (isto é. ida e volta. numa jogada sucessiva. Uma bola de borracha atinge 60 por cento da altura a que foi largada.4929292929. expresse cada dizima periódica como razão de números inteiros pelo uso de series geométricas apropriadas. então.712712712. quantos gramas de sal foram removidos do recipiente? b) Se esse procedimento for repetido “infinitamente” quanto de sal permanecerá no recipiente? 12. Assim que chega á parede de tijolos.∞ e) ∞ ∑1 e) n=1 1 (série telescópica) ∑ n(n+ 1) n=1 8. 13.. Se ela for largada de uma altura de 2 metros.. No jogo de dados.. R: 244/495 11. uma mosca sai da testa de Maria voando em direção á parede de tijolos com uma velocidade constante de v metros por segundo. a) Depois de se repetir esse procedimento n vezes.11111. Nos exercícios abaixo. c) 4.

14. monte e some uma série para o tempo total gasto por Maria para alcançar a parede. e) Determine a distancia total voada pela mosca sem usar soma de séries infinitas. Encontre a série de Taylor de centro c=1 para: a) f(x)= ln x b) f(x) = e x 1 c) f(x) = x 16. d) usando a parte (b). para: a) f(x) = ln(1+x) b) f(x) = e x c) f(x) = e x 2 d) f(x) = e−2 x e) f(x) = sen x f) f(x) = sen 2x g) f(x) = cos x h) f(x) = x−1 1 17. 4 . a distancia total voada pela mosca é dada por ∞ V −v ∑ V2 Vd +v V +v n=1 ( n−1 ) metros. Encontre a série de Taylor para cada função f no valor de a indicado.b) mostre que a mosca gasta 2 d V −v V +v V +v ( ) n−1 segundos para a n-ésima viagem. c) Através da parte (a). ∞ a) ∑ n=1 ∞ c) ∞ xn n ∑ nx n=0 ∞ n ∑ nx ! n=0 ∞ e) n ( x−2 ) ∑ n+2 n 3 b) D) ∞ n ∑ n ! ( x +1 )n f) n=0 ∞ g) 10n (10−x )n ∑ n! n=1 n=0 ∞ ∑ xn h) n=0 n ∑ √xn n=1 15.Determine os intervalos de convergência das séries de potências. Encontre essa distância através da soma da série. Encontre a série de Taylor de centro c=0.

π a) f(x) = sen x 1 c) f(x) = x e) f(x) = e x em a= 6 em a = 2 em a= 4 g) f(x) = √ x−1 em a=2 b) f(x) = √ x em a= 9 d) f(x) = √ x3 em a = 1 π f) f(x) = cos x em a = 6 π h) f(x) = cos x em a= 3 5 .