You are on page 1of 53

1

SIDUR YISRAELI NATZARI
Liturgia Básica Para Cabalát Shabat, Shacharit, Mincháh e
Havdalá
Por Yishay de Oliveira
Kehiláh de Barcarena Bêit Shalom
Filiado ao Instituto de herança judaica

De responsabilidade do Rabino Robes Pierre Cardoso da Cunha. O
autor deste trabalho deixa claro, que se trata de um material
Básico, indicado para os que estão iniciando no Teshuváh Natzari.
Este material contém nota de informações e Comentários
adicionais.

2
Introdução
Este Sidur responde as necessidades das kehilot [congregações], chavurot
[grupos nos Lares] e bêth tefilot [casas de orações], que estão começando ou
que já estejam bem estruturadas e organizadas dentro de uma emunáh nazarena.
O Sidur apesar de ser breve (comparado a um sidur tradicional), está bastante
completo, pois atende todas as necessidades que um serviço de Shabat deve
conter, com uma seleção extraordinária de passagens textuais da Toráh, Tanakh
e Brit Chadasha, e ainda conta com comentários adicionais e notas explicativas.
As bênçãos, e as leituras diversas, foram organizadas em hebraico transliterado,
e em português, lembrando que toda a ordem de leituras e preces, estão
numeradas para facilitar a leitura e a compreensão das partes diversas do
serviço. Este trabalho tem algo muito especial e rico, rico não talvez pela
quantidade dos escritos contidos (a liturgia), e muito menos por ter sido
compilado por um simples servo do Mashiach, mas a riqueza deste trabalho está
na tradução do hebraico para o português, pois foram pesquisas exaustivas, com
bases etimológicas e históricas, pois muitas palavras que no geral é usado no
meio Judaico tradicional, Messiânico e até Nazareno, para adorarem ao Criador
YAHUH, e ao nosso Mashiach YESHUA, no geral essas palavras são de origem
pagãs e blasfemas, resultado do sincretismo religioso que nosso povo sofreu, e
por nosso país (o Brasil) conter toda sua estrutura vocálica e fonética, em cima
das línguas de outras nações pagãs antigas, que serviram a muitos ELOHAS,
como foi o caso da Grécia e de Roma. Não vou aqui expor quais palavras estamos
se referindo, pois não é meu escopo discutir essas mudanças lingüísticas neste
material, mas no decorrer da leitura do sidur, o leitor vai perceber a falta de
algumas palavras usadas na maioria dos sidurim. Faço este comunicado e este
alerta, pois creio que o Teshuváh/retorno, e Tiqun/restauração do povo
Israelita/Efraimita estão também em nossos lábios, pois como poderemos adorar
um Ser tão Cadosh (Puro, Separado) como o nosso Criador
, e nos dirigirmos
a Ele, com palavras blasfemas, impuras e dedicadas a outros Elohas? Não! Não
podemos, pois Ele mesmo nos lembra em Sua Palavra, que estaria restaurando
nossos lábios:

“Então darei aos povos lábios¹ puros, para que todos possam invocar o Nome de
YAHUH e servi-lo sob o mesmo jugo”. (TzefaniYahu/Sofonias 3:9).
Nota: ¹ - Na tradução Britânica de 1946, esta palavra consta como : “Língua
Pura”. Confira também em Hoshea/Oséias 2:16,17.

3
Usando o Sidur como forma litúrgica de adorar ao Criador
Alguém pode dizer: Porque não fazemos somente orações espontâneas, nos
cultos ao
Elohim de Israel? Porque a finalidade do Sidur é a oração
comunitária e coletiva. Para as orações individuais e pessoais de cada iom (dia),
não é preciso um livro de oração, temos é que agir com kavanáh (intenção
verdadeira da alma), e derramarmos nosso coração em sua presença, se bem que
os sidurim [livros de preces Judaicas] trazem orações muito ricas no contexto da
Palavra, mas nada impede também de estarmos usando um sidur, mesmo em
orações individuais, isto é algo pessoal. As orações pessoais devem ser
realizadas, três vezes ao dia como era o hábito do Naví Dani‟el, e o keriat Sh‟má,
duas vezes ao dia, segundo o modelo das ofertas diárias no Bêt haMikdásh
[Templo]. Shemot 29:38-42 .
Mas a oração comunitária é quando o povo se congrega a cada Shabat, e
deve ser uma atividade coordenada de maneira que toda a comunidade participe
como um único homem, tanto nas orações como nos cânticos entoados. E a
importância e a finalidade do Sidur é esta, que todos possam orar em espírito de
adoração e dedicação, e em harmonia, pois Israel sempre foi tido como um só
corpo para
, e em todas as kehilot, chavurot e sinagogas, mesmo no
passado, Israel foi uma Kehiláh, visto como um TODO e não parcial, assim está
profetizado que nos últimos iamím,
reunirá as duas casas, Yehudáh [Judá] e
Efraim [as dez tribos dispersas de Israel], para juntos adorarem
nos Montes
de Yerushalaim. Yecheskel/Ezequiel 37:15-23 .

Barukh atá b‟Shem
Tzeba‟ot
Bendito seja o Nome de YAHUH dos Exércitos!
Informação importantíssima!
*Peço aos usuários deste material, que o utilize com muita responsabilidade, pois este
material contém o Nome Cadosh do Criador
e do Mashiach
e para que não se
quebre o terceiro mitzváh [mandamento] da Palavra de
Elohim (Êxodo.20:7), sendo
assim, não jogue fora no lixo, nem desfaça de qualquer maneira, peço que antes de
imprimi-lo, tenha em mente está responsabilidade.
Yim Ahaváh, Shalom u‟brakhot,
(Com Ahavá, Shalom e bênçãos)
Yishaiy de Oliveira
Kehiláh de Barcarena Bêt Shalom
20 de setembro de 2010.

Contato: (091) 91661016 (091) 99071682 (091) 81228514
Email e MSN: jesse-matrix.com@hotmail.com

4
Preparação para o Avodáh/Serviço
Netilat Yadaim – Lavagem das mãos (Shemot/Êxodo.30:17-21; Tehilim/Salmos
51:2; Yeshayahu/Isaías 1:16)

Nota:

Netilat yadaim é o nome que se dá as lavagens rituais que visam

exclusivamente à purificação das mãos. Seu nome deve-se ao utensílio usado
para a mesma denominado "natlá", do aramaico. Outro motivo é baseado no
sentido da palavra “netilá” que indica elevação, uma vez que, quando lavadas, as
mãos devem ser erguidas para que as águas atinjam toda sua extensão. O
mesmo deve ser feito ao recitar a berakhá. A netilá yadaim, faz parte dos
preparativos para a reza [prece] e assim como os cohanim (sacerdotes)
purificavam-se no Templo Cadosh, lavando suas mãos antes de fazer qualquer
oferta ou serviço espiritual, da mesma forma todos nós devemos realizar a netilá
yadaim antes das orações, pois elas (as orações) vêem tomar lugar às ofertas (ie.
sacrifícios) em nosso tempo presente. Entendendo isso, a lavagem das mãos
também deve ser feita antes das orações matutinas (shacharit), vespertinas
(Minchá) e noturnas (Arbit). A nós Netzarim, que somos feitos sacerdotes em
Yeshua HaMashiach (I Kefá 2:9), é absolutamente apropriado fazermos a Netilat
Yadaim, pois estamos reconhecendo que devemos nos purificar antes de nos
achegarmos ao ETERNO
. “Importante lembrar que não é o lavar das mãos
que purifica os alimentos, eles já o são por natureza, foram declarados puros pela
Palavra do ETERNO, lavar as mãos faz parte do oficio (espiritual) e faz parte da
higiene”.

Recitando à Benção
Barukh atá
Elohênu, Mélekh haolám, ashér Qideshânu
bemitzvotáv, vetzivánu, al netilát yadaim. B‟shem Yeshua
háMashiach. Oméin
Bendito sejas Tu,
nosso Elohim Rei do Universo, que nos purifica
em Teus mandamentos e nos ordenaste sobre o lavar das mãos. Em
Nome de YESHUA o Messias. Oméin

Uso do Véu
Em 1 Cor 11, Rav. Sha‟ul (Paulo) ensina que as mulheres casadas devem
participar do serviço religioso utilizando um véu, uma cobertura de cabeça, em
sinal de respeito e submissão aos seus maridos. As achaiot [irmãs] solteiras,
também podem usar o véu como um sinal de submissão à Autoridade e Poder do
ETERNO
, que através de seus mensageiros, os Malakhim [Anjos celestiais],
é transmitido a vontade do ETERNO. I Cor 11:10; Gênesis 24:7; SL34:7. melakhim,

5
também podem ser entendidos como: mensageiros de outras comunidades
(Mat.11:10; Luc 9:51,52), que ficariam escandalizados com irmãs que tivessem a
cabeça descoberta, pois não era comum as mulheres das kehilot (congregações),
estarem no serviço religioso com a cabeça descoberta, salvo as recém
convertidas, por não compreenderem de inicio, o sentido real do uso do véu.
Outro ponto de observação, é que a mulher Israelita, quando era suspeita de
adultério, tinha que tirar o véu diante do Sacerdote e soltar sua cabeleira, como
sinal de que estaria em um processo de julgamento (Números 5:11-22). Ou seja,
era um ato de humilhação ficar com os cabelos expostos diante do Kohen
(Sacerdote).

Colocação do Talit Gadol
Devarim 22:12; Bamidbar 15:37- 41

*Para utilizar o manto de oração (Talit), deve recitar em pé, a seguinte bênção:

Barukh atá
Elohênu Mélekh haolám ashér Qideshânu bemitzvotáv
vetzivánu lehitatêf betzitzit. B‟shem YESHUA ha Mashiach.Oméin
Bendito sejas Tu,
nosso Elohim Rei do Universo que nos purifica
em Teus mandamentos e nos ordenaste nos envolvermos com o
tzitzit. Em Nome de YESHUA o Messias. Oméin

Comentário adicional
Envolver-se com o talit, significa coloca-lo por sobre os ombros e as costas, e
sobre a cabeça em determinadas orações, assim estaremos simbolizando, que
estamos debaixo da autoridade de
, e que devemos lembrar-nos de cumprir
os mitzvot/ mandamentos do ETERNO. “Olhareis [os tzitzit] e recordareis todos os
preceitos de
, e os cumprireis” (Bamidbar/Num.15:39). Que estejamos em
submissão ao Criador, pois estaremos com os membros superiores (cabeça,
ombros e costas) debaixo da autoridade de
El-Shaday. Estes membros
superiores representam: Mente; Domínio e Força. Todo o nosso exterior e interior,
que gera as manifestações da mente, ações e força, devem estar em baixo da
autoridade do
.

6
Acendimento das velas
Nota: É

costume Israelita, que as mulheres de cada residência, em seus lares,

acendam as luzes de Shabat. Acendemos 2 velas, simbolizando que devemos
lembrar (heb:Zachor) do Shabat (Êxodo 20:8), e guardar (heb:Shamor) o Shabat
(Deut.5:12). É proibido acender as velas depois do por do sol, pois fazê-lo seria
profanar o Shabat (Êxodo 35:3). Portanto, caso a pessoa esteja ausente ou tenha
esquecido, não deverá acendê-las nesta semana. As velas devem ser colocadas
no recinto onde a família faz a refeição de Shabat, para evidenciar que foram
acesas em sua honra (honra da família). As velas devem ter um tamanho mínimo
que permita estarem acesas pelo menos até o final da refeição de Shabat. Pode
ser velas normais de cor branca, mas se usa também nas cores amarelo ou azul.
Após acesas as velas, é proibido mover os candelabros ou castiçais até o final do
Shabat; esta é a razão pela qual a maioria das mulheres prefere acendê-las
próxima à mesa, ou sob um balcão, mesa auxiliar, aparador, etc.

Costumes de algumas comunidades Israelitas
Acendem-se as velas. Ao acender as velas, estende as mãos sobre elas, num
movimento circular em direção a si mesma, por três vezes para indicar a
aceitação da kedushá [pureza] do Shabat. Em seguida, cobre os olhos com as
mãos, recita-se a bênção (vide abaixo), e só então descobre os olhos para fitar as
luzes emitidas pelas duas velas. A razão pela qual a benção deve ser dita depois
e não antes do acender das velas, é que se a oração for pronunciada antes,
parecerá que a mulher já "inaugurou" o Shabat. Após o acendimento das velas, a
mulher (esposa ou filha) faz uma oração pelos entes queridos da casa, e todos
que estão presentes, param por alguns minutos a fim de refletirem sobre a
alegria e o privilégio concedido por
, ao receberem mais um shabat.
Agradecem por todas as bênçãos e pelo mérito de poder fazer cumprir a vontade
do Criador. As luzes simbolizam a alegria e a serenidade que distinguem o Shabat
dos outros iamím (dias) comuns. Ao observarmos estes preceitos, a cada shabat,
obtemos uma revelação espiritual.

Nota:

O acendimento das velas não é mandamento do Eterno, e sim uma

tradição milenar do nosso povo Israel.

Importante:
As orações deste manual devem ser feitas com algo que conforme a tradição
Israelita é chamada de “Kavanáh”. A palavra Kavaná, significa: “intenção
verdadeira do coração; o verdadeiro fervor e atenção”, ou seja: “não se deve
fazer uma recitação de uma oração, desprovido da verdadeira intenção do
coração, sem o verdadeiro fervor perante YAHUH Elohim”.

7
Bênção para o acendimento das velas
Barukh atá
Elohênu, Mélekh haolám, ashér Qideshânu
bidvarêkha, vetzivánu lehiot ôr legoyim v‟natan lanú YESHUA
Meshichênu haÔr leolam. Oméin
Bendito sejas Tu,
nosso Elohim, Rei do Universo que nos purifica
em Tua palavra e nos ordenaste ser luz para as nações, e nos deste
YESHUA, nosso Messias, a Luz do mundo. Oméin

Tefiláh al mishpachah (Oração pela família)
Yeshayahu/Isaias 58:13; Yochanan/João 8:12

*Ao terminar de ascender as luzes de shabat, a mulher da casa, levanta as mãos
frente a elas e faz a prece abaixo: “Criador do mundo, acabo de ascender as luzes
como símbolo da Luz do Shabat e do Mashiach, como está escrito: “ ...e
chamarás o Shabat “deleitoso” e “reverenciado”, o yom (ie. dia) Kadosh de
YAHUH”... “ E YESHUA tornou a dizer-lhes: Eu Sou a Luz do mundo; quem me
segue de modo algum andará em trevas, mas terá a Luz da Vida.” Que o
cumprimento deste preceito, traga consigo bênçãos de uma vida feliz, sobre mim
e sobre a minha família. Em Nome de YESHUA haMashiach”. Oméin.

Nota: Está

oração também pode ser espontânea, lembrando que é a mulher do

lar que a faz.

Serviço de Cabalát Shabat
B‟rakhá de iniciação de Cabalát Shabat
*O Rosh ou dirigente do serviço, recita em voz forte

Yihiu leratzon imrê- fi, veheguiôn libí lefanêkha,

tzuri vegoalí.

Que as palavras de minha boca e as meditações do meu coração Te
sejam agradáveis, Ó
, minha Rocha e meu Redentor.
Em seguida, o condutor faz uma oração espontânea, agradecendo pelo início do
Avodáh (serviço à YAHUH), e depois da oração recita-se a benção abaixo.

8
Toda a Kehiláh
Anáchnu notnim kol hat‟filotênu, B‟Shem YESHUA HaMashiach.
Oméin.
Nós oferecemos todas nossas orações, em Nome de YESHUA o
Messias. Oméin
Leitura de tehilim para o Cabalát Shabat: 95 À 100 e 29, 92 e 93, (Há escolher)
*Se costuma escolher um, ou dois dos Salmos descritos acima, para o inicio de Erev
Shabat. Neste Sidur, trouxemos alguns tehilim/Salmos, mas como está descrito acima a
escolha e a quantidade à ser recitado, fica na direção do olê/oficiante do serviço, ou de
acordo com o costume da kehiláh/congregação.

Lekhu Neranená - Tehilim/Salmos.95
* Este cântico é um convite de adoração, à
. Os primeiros sete
passuqim/versículos, são um chamado ao seu povo para reconhecerem à Elohim, como
Único Criador e Força condutora do universo, e em particular, do povo Israel. A segunda
parte é uma exortação direta de Elohim, lembrando os pecados de nossos antepassados,
e que nos leva a não imitá-los.

Lekhú neranená L‟
, nariá letzur ishênu. Necadmá fanav betodá,
bizmirot naria lô. Ki EL Gadol,
u‟Mélekh Gadol al col Elohim.
Ashér beiadô mechkerê áretz, vetoafot harim lô. Ashér lô haiam vehu
assáhu, veiabêshet iadav iatzáru. Bôu nishtachavêh venikh‟raá
nivrekhá lifnê
ossênu. Ki hu Elohênu va‟anáchnu am marito
vetzon iadô, haiom im becolô tishmáu. Al tac‟shú levavkhem kimriváh
keiom massá bamidbar. Ashér nissúni avotekhêm bechanúni gam raú
faolí. Arbaim shanáh acut bedor vaomar am toê leváv hem, vehem lô
iadeú derakhái. Ashér nishbáti veapí im ievoún el menuchatí.
Vinde, e ergamos nossas canções para
; aclamemos à Rocha da
nossa salvação. Com ação de engrandecimento nos apresentemos
perante Ele e em Seu louvor entoaremos tehilím. Porque
é Elohim
Grande, o Grande Rei sobre todos os poderosos. Em Suas mãos estão
as profundezas da terra e a Ele pertencem os cumes das montanhas.
Seu é o mar, o qual Ele fez, e a terra firme, que plantou com Suas
mãos. Entrai, prostrai-vos e inclinaivos de joelhos, frente à
nosso
Criador. Pois Ele é o nosso Elohim e nós o povo do Seu pasto e
rebanho da Sua Mão. Hoje, se ouvirdes a Sua Voz! “Não endureçais o

9
coração como em Meribá, e como no iom de Massá no deserto,
quando vossos pais me provocaram e me tentaram apesar de verem
minhas obras. Por quarenta anos estive aborrecido com aquela
geração e disse: „Corações sempre desviados, que não conhecem
meus caminhos. Então eu jurei na minha ira: Não entrarão em meu
repouso.
Mizmor LeDawid- Tehilim/Salmos. 29 (Este Tehilim costuma-se recitar de pé)
* O Poder e a Kavod de
, penetram a criação, que funciona somente de acordo com
Sua vontade. Isto foi demonstrado na história humana, e será manifestada no reino do
Mashich. Aqueles que vivem segundo a Sua vontade revelada, à Toráh, são pessoas de
poder genuíno e duradouro, pois cumprem e escutam fielmente as ordens do
.

Mizmor leDauid:
Havú L‟
, benê elím, havú L‟
kavod vaôz. Havú L‟
kevod
shemô, hishtachavú L‟
behadrát côdesh. Col
al hamáim, El
hakavôd hirim,
al máim rabim. Col
bakôach, Col
behadar. Col
shover arazim, vaishabêr
et arzê halevanon.
Vaiarkidêm kemô êguel, levanon vessirion kemô ven reemim. Col
chotzêv lahavot êsh. Col
iachil midbar, iachil
midbar cadesh.
Col
iecholel aialôt vaiechessôf iearot, uvehekhalô kuló omêr
Kavôd.
lamabúl iasháv, vaiêshev
Mélekh leolam.
ôz
leamô iten,
ievarêkh et amô vashalom.
Daí a
, ó filhos dos poderosos, Daí a
Honra e Força. Daí a
a Honra devida ao Seu Nome; adorai a
no Esplendor Cadosh.
A Voz de
ouve-se sobre as águas; o Elohim de Esplendor troveja;
está sobre as muitas águas. A Voz de
é Poderosa; A Voz de
é cheia de Majestade. A Voz de
quebra os cedros; sim,
quebra os cedros do Líbano. Ele faz saltar como um bezerro; e Sirion,
como um filhote de boi selvagem. A Voz de
lança labaredas de
fogo. A Voz de
faz tremer o deserto de Cades. A Voz de
faz
tremer as corças e desnuda as árvores dos bosques; e no Seu Templo
todos dizem: Cavod/Honra!
está entronizado sobre o dilúvio;
se assenta como Rei perpetuamente.
dará força ao Seu povo;
abençoará o Seu povo com Shalom.

10
Mizmor Shir – Tehilim 92 (Tehilim para o Shabat)
Mizmor shir leiom hashabat. Tehilim e cântico para o iom de Shabat.

Tov lohodot L‟
ulzamer leshimkhá Elion. Lehaguid babóker
chasdêkha, veemunatekhá balelót. Alê assór vaalê nável, alê higaion
bechinor. Ki simachtáni
befaolêkha bemaasse iadêkha aranên.
Ma gadelú maassêkha
meod amecú mach‟shevotêkha. Ish baár lo
iedá uchessil lo iavín et zot. Bifrôach reshaim kemô êssev vaiatzítzu
kol pôale áven lehishamedam adê ad. Veatá marom leolam. Ki hinê
oievêkha
ki hinê oievêkha iovêdu itparedú kól pôale áven
vatarem kirem carni baloti beshêmen raanan vatabet ení beshurai
bacamim alai mereim tishmána oznai. Tzadic katamar ifrach keêrez
balevanon isguê. Shetulim bevêt
bechatzrot Elohênu iafríchu. Od
ienuvun bessevá deshenim veraananim ihiú. Lehaguid ki iashar
tzuri velô av‟láta bô.
Bom é louvar a
e entoar louvores ao teu Nome ó Altíssimo.
Anunciar pela manhã teu AHAVÁH e tua fidelidade pelas LAYLA; com
lira de dez cordas e a cítara, e as melodias da harpa. Pois tu me
alegras com teus atos,
cantarei com alegria celebrando as obras
de Tuas mãos: “Quão grandes são Tuas obras, ó
, e quão
profundo teus desígnios!” O insensato não o compreende, e os tolos
não conseguem entender que, mesmo que os ímpios brotem como
erva, e todos os malfeitores floresçam, eles serão para sempre
destruídos. Porém tu, ó
, permaneces exaltado eternamente. Eis
que teus inimigos pereceram e os malfeitores todos se dispersam. Tu
aumentaste a minha força como a de um boi selvagem [ie.
rinoceronte] e derramaste sobre mim óleo puro. Meu olho vê aqueles
que me espreitam, meus ouvidos escutam os malfeitores. O justo,
porém, brota como a palmeira, cresce como o cedro do Líbano.
Plantados na Casa de
, brotam nos átrios do nosso Elohim. Dão
fruto mesmo na velhice, são cheios de seiva e verdejantes, para
anunciar que
é Reto; meu Rochedo, Nele não há injustiça.

11
YAHUH Malakh - Tehilim 93
Malákh gueút lavesh, lavesh
oz hitazar, af tikon tevel bal
timot. Nakhon kis‟akhá meaz, meiolam áta. Nasseú neharot,
,
nasseú neharot colam. Issú neharot dokh‟iam. Micolot máim rabim.
Adirim mishberê iam, adir bamarom
Edotêkha neem‟nú meod,
levetekhá naavá côdesh.
leôrekh iamim.
Reina vestido de Majestade.
está vestido, envolto em Poder.
Sim, o mundo está estabelecido, de modo que não pode ser abalado.
O Teu Trono está firme desde a antiguidade; desde a eternidade Tu
existes. Os mares levantaram, ó
, os mares levantaram o seu
ruído, os mares levantam o seu estrondo. Mais que o ruído das
grandes águas, mais que as vagas estrondosas do mar, Poderoso é
nas alturas. Tuas instruções são mui seguras, pureza é próprio
de tua Casa, ó
, por todo tempo por vir.

Canção para o recebimento do Shabat
Lekha Dodi (liturgia Israelita)

Lekha dodi licrat kalá, penê Shabat necabelá. Shamôr vezakhor
bedibur echad, hishmiánu El hameiuchád
, echad ushmô echad,
leshem ultif‟êret velitehilá. Lekha dodi licrat kalá, penê Shabat
nekabelá. Licrat Shabat lekhú venelcha, ki hi mecôr haberakhá.
Merosh mikêdem nessukhá, sof maassê, bemachashavá techilá.
Lekha dodi licrat kalá, penê Shabat nekabelá. Mikdásh mélekh, ir
melukhá, cumi tzeí mitokh hahafekhá. Rav Lákh shêvet beêmec
habakhá, vehu iachamôl, aláikh chemlá. Lekha dodi licrat kalá, penê
Shabat nekabelá.
Vem meu amado, ao encontro da noiva, recebamos com júbilo o
Shabat”. “Observa[ie.guardar] e lembra o Shabat” num só
mandamento Elohim ordenou.
é Um e o Seu Nome é Único. A Ele
pertencem a Magnificência, o Esplendor e os Louvores. Vem, meu
amado, ao encontro da noiva, recebamos com júbilo o Shabat. Ao
encontro do Shabat vamos todos, pois ele é fonte de benção. Pois ele

12
é origem de toda benção. Engrandecido no princípio por Elohim, para
ser realizado no final. Vem, meu amado, ao encontro da noiva,
recebamos com júbilo o Shabat. Ó Templo Real, cidade Pura
(Yerushalayim)! Sai dos teus escombros; já habitaste muito tempo no
vale de lágrimas, e Ele é misericordioso e tem piedade de ti. Vem,
meu amado, ao encontro da noiva, recebemos com júbilo o Shabat.

Barekhu (Bendizei)- (Liturgia Judaica)
Olê

Olê

Barekhu et

há-Mevorakh.

Kehiláh
Barukh

que é Bendito.

Kehiláh
há-Mevorakh leolam vaed

Olê repete a benção

Barukh

Bendizei à

há-Mevorakh leolam vaed

Bendito seja
Olê repete a benção

Bendito seja

que é Bendito para sempre.
que é Bendito para sempre.

Leitura receptiva de Shabat
Shemot/Êxodo 20:8-11, 31:12-13

Zakhôr et iom hashabat lecadshô, shêshet iamím taavôd veassita kol
melakhtêkha.Veiom hashevií Shabat le
Elohêkha lo taassêh khol
melakhá atáh u‟vinkhá u‟vitêkha avdekhá va‟amatekha uv‟chemtêkha
veguerekhá ashér bisharêkha. Ki shêshet iamím assáh
et
hashamaím v‟et haáretz et haiám v‟et kol ashér bam vaiánach baióm
hashevií, al ken berákh
et iom hashabat vai‟cadshêhu. Vaiomer
el Moshêh lemor : Veatáh daber el b‟nê Ysra‟el lemôr ákh et
shabtotai tish‟moru ki ot hi bêni ubenêkhem l‟dorotêkhem ladaat ki
ani
mecadishkhem.
Olê
Lembra-te do iom do Shabat, para guardar-lo em Kedushá (ie.
santidade)
Kehiláh
Trabalharás durante seis iamím, e farás toda sua obra.

13
Olê
O sétimo iom, porém, é o Shabat de
teu Elohim. Não farás
nenhum trabalho, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu servo,
nem tua serva, nem teu animal, nem o estrangeiro que esteja em tuas
portas.
Kehiláh
Porque o
fez os Shamay e a terra, o mar e tudo o que há neles em
seis iamím, e repousou no sétimo iom, e por isso o
abençoou o
iom do
Shabat e o Purificou (ie. santificou).
Olê
disse a Moshêh : Falai aos Israelitas e dize-lhes: Observareis de
verdade os meus Shabatot , porque são um sinal entre mim e vós em
vossas gerações, a fim de que saibais que Eu Sou
, que vos tenho
purificado.

Nota: Segue outros textos, que podem ser usados como leitura receptiva de Shabat
Gen: 2:2-3; Ex: 16:26-30; Ex: 23:12; Ex: 31:13,17; Ex: 35:1-3; Lev: 19:3,30; Lev: 23:1-3; Num: 28:9;
Dt: 5:14,15; Is: 56:2,6; Is: 58:13-14; Jr: 17:21-23; Ez: 20:12-13,16; Ez: 22:8,26; Ez: 46:3; Amos: 8:5;
Ne: 9:14; Ne: 10:31; Ne: 13:15-17,19; Mt: 12:1-5; Hb: 4:4,9; Mc: 2:27-28; Lc: 6:6-10; At: 6:13; Lc:
4:16,31; At: 13:14-15,27,44; At: 15:21; At: 18 4; Jo: 7:23; Jo: 13:16; Jo: 9:14; Ap: 1:10; Lc: 23:56

Comentário:

“Seis iamím na semana de trabalho, nosso corpo está cansado,
nossa mente está exausta, aflita e ansiosa. Mas, o nosso espírito anseia por um
iom no qual podemos recuperar as forças, e a renovação espiritual , e para isso
devemos estar unindonos mutuamente, com nossa família e com os achim/irmãos
de emunáh, para orar, louvar, dançar e engrandecer a
Elohim de Yisrael,
agradecendo a Ele, pela Toráh dada no Monte Sinai pelas mãos de Moshêh e pelo
Pacto Renovado, através de Seu Filho o Ben Elohim Yeshua haMashiach, nosso
Salvador, o Adon do Shabat (Yochanan Mordechai/Marcos 2:28). Neste iom,
paramos nossos afazeres, dedicando-nos exclusivamente a Ele, estudando a
Toráh, Tanakh e B‟rit Chadasha, e ouvindo Sua Voz em nosso coração.
Contemplamos a restauração de Efraim, a ressurreição de Yeshua, e a vida que
n‟Ele temos. Queremos a Sua shalom, Sua alegria e a Sua kedushá (ie.santidade)
nas nossas vidas. HaleluYah!

14
Nota: Após ler um texto receptivo de Shabat, a congregação pode entoar
ocântico tradicional “Veshamrú”, ou pode se valer de um hino, ou uma prece
espontânea, que traga o Shabat como uma aliança de
.

Vesham‟rú (E guardarão)
Shemot/ Éxodo 31:16-17; Yeshayahu/Isaías 66:23

Vesham‟rú venêi Yisrael et haShabat la‟asôt et haShabat ledorotâm
brit olâm (2x) ki shêshet iamím assá
, et hashamaím ve‟et

haárets.
E guardarão os filhos de Israel o Shabat, para fazer do Shabat, uma
aliança eterna. Pois em seis iamím criou
, os shamaím ea terra

Birkat Yeladim (Benção sobre as Crianças)
*O Rosh ou o responsável pelo serviço, ou até mesmo os pais das crianças
presentes, empoem as mãos sobre a cabeça das crianças para abençoarem.
Assim como nossos antepassados, também fizeram. Após recitar as bençãos
tradicionais do sidur, pode-se concluir com uma oração espontânea.

Para os meninos:
Yessimkhá
ke‟Efrayim vekhi Menashêh

Que

te faça como Efraim e seu irmão Menassés

Para as meninas:
Yessimêkh
ke‟Sarah, Rivcáh, Rachel v‟Léah.

Que

te faça como Sara, Rebeca, Raquel e Lia.

OBS: As Berakhot( Bênçãos), devem sempre, serem concluídas com o Nome
Poderoso do Salvador Yeshua haMashiach, para comprimento
Renovado. (Colossayah/Col3:17; Yochanan /Jo.14:13-14)

do

Pacto

Birkat haMashiach
Todos da Kehiláh:
Barukh atá
Elohênu Mélekh haolam ashér natan lanú et dêrekh
ha-y‟shuah beMashiach yeshua . Oméin

15
Bendito sejas Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que nos tem
dado o Caminho da Salvação, no Messias Yeshua. Oméin

K‟riat Shemá ( Proclamação da Emunáh Israelita )
Devarim/Deut 6:4-9, Vaikrá.19:18 Não deixes de proclamar o Shemá (Dt6:4-9), quando

orares não o faças simplesmente como um costume, mas como um clamor
humilde ao Criador, como é dito: “pois Ele é clemente e compassivo, tardio em
irar-se, cheio de compaixão e de benignidade”.

Todos proclamam juntos
Shemá Yisrael

, Elohênu,

Echad

Em voz baixa

Barukh Shem Kevod malkhuto leolam vaed
Em voz baixa

Veahavta et
Elohêha, bekhol levavkhá, uvkhol nafshekhá, uvkhol
meodêkha. Vehaiú hadevarim haêle, ashér anokhí metzavekhá haiom
al levavêkha. Veshinantám levanêkha, vedibartá bâm beshivtekhá
bevetêkha, uv‟lekhtekhá vadêrekh, uveshokh‟bekhá uvekumêkha.
Uk‟shartâm leôt al iadêkha, vehaiú letotafôt bên enêkha. Ukhtavtám,
al mezuzôt betêkha, uvisharêkha. Devarim.6:4 9

Ouvi ó Israel,
nosso Elohim
é um.
Bendito é o Nome Daquele cujo Esplendoroso Reino é para sempre.
E amarás a
Teu Elohim de todo teu coração e de toda tua alma e
de toda tua força (ie. vontade; determinação). E estarão sempre no
teu coração estas palavras que hoje te digo. E as ensinarás com zelo
a teus filhos e falarás a respeito delas quando estiveres sentado em
tua casa e quando estiveres andando pelo teu caminho. Quando
deitares e quando levantares. E as atarás por sinal na tua mão e
serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais
da tua casa e nas tuas portas.
(Vaikrá/Lev 19:18).

Veahavta lereakhá kamôkha. B‟shem

haMashiach. Oméin

E amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
Messias. Oméin

No Nome de Yeshua o

16
Yad‟ha Natzrat (Confissão Nazarena)
Filipenses2: 10,11; Yochanan. 14:8-11

Toda kehiláh confessa

,

, Yeshua haMashiach é

.

“E todo joelho se dobrará, dos que estão nos shamayim, e na Áretz, e
de baixo da Áretz, e toda língua confessará que Yeshua haMashiach é
”. (Filipissayah 2:10,11).
Benção posterior ao Shemá, e a confissão Natzari
Tehilim/Salmo 113:2-3; Números. 21:17; Êxodo.15: 2, 11,18;

Yehí shem
mevorákh, meatáh vead olám mimizrách shêmesh ad
mevo‟ô, mehulál shem
El chai ram veniá, Gadol venorá.
Kemoshêh uv‟nê Yisra‟el, anáchnu shirênu hashirá hazê

Seja Bendito o Nome de
, desde agora e para sempre! Desde a
saída do sol, até seu acaso, seja louvado o Nome de
! É o Elohim
Vivo, és Altíssimo e Exaltado, Potente e Tremendo. Assim como
Moshê e os filhos de Israel, nós também cantamos esta canção:

Mikhamôkha – Quem é como Tu?
Mi khamôkha baelim;
ossê fêle.

Mikamôkha ne‟edar bacodesh, norá tehilot,

Quem é como Tu,
, dentre os poderosos? Quem é como Tu,
poderoso em pureza? Temido em louvores, operando milagres.

Shalom Alêkhem- Shalom seja convosco
Tehilim/Sl 91:11

Shalom alêkhem, malakhê hasharét, malakhê Elion, miMélekh
malakhê hamelakhim, haCadosh Barukh Hu. Boakhem l‟shalom,
malakhê hashalom, malakhê Elion, miMélekh malakhê hamelakhim,
haCadosh Barukh Hu. Barkhuni l‟shalom, malakhê hashalom, malakhê
Elion, miMélekh malakhê hamelakhim, haCadosh Barukh Hu.
Tzet‟khem l‟shalom, malakhê hashalom, malakhê Elion, miMélekh
malakhê hamelakhim, haCadosh Barukh Hu.

17
A Shalom esteja convosco, Melahim servidores, Melahim de Elion, do
Supremo Rei dos reis, o Cadosh, Bendito seja Ele. Venham em grande
Shalom, mensageiros da Shalom, Melahim de Elion, do Supremo Rei
dos reis, o Cadosh, Bendito seja Ele. Dai-me a Shalom, mensageiros
da Shalom, Melahim de Elion, do Supremo Rei dos reis, o Cadosh,
Bendito seja Ele. Vam em Shalom, mensageiros da Shalom, Melahim
de Elion, do Supremo, Rei dos reis, o Cadosh, Bendito seja Ele.
Condutor

Ki malakháv ietzavê lakh, lishmorkhá bekhol derakhêkha
tzetekhá uvoêkha meatá vead olam.

. Ishmor

Pois em teu favor Ele ordenou aos seus malakhim, que te guardem em
todos os seus caminhos.
guardará a tua saída e a tua entrada,
desde agora e para sempre.
Eshet Cháyil (Mulher Virtuosa)-Benção para mulher
Mishlêi/Provérbios 31:10-31

*Noivos e maridos lêem para suas esposas, o texto sugerido acima.
Comentário Adicional: Êshet Cháyil é um poema acróstico, onde cada versículo
começa com uma letra do alfabeto hebraico ( Aléf-Bêt ), em seqüência. "Assim
como
deu a Torá a Israel através das 22 letras do Aléf-Bêt, Ele louva a
mulher virtuosa com estas mesmas 22 letras." O poema descreve a esposa
perfeita, de confiança do marido, amorosa e caridosa para com os pobres, e
gentil para com todos, o marido e os filhos louvando-a como fonte de sua
felicidade. Sua meta na vida é valorizar o crescimento do marido e dos filhos no
conhecimento de Torá e nas boas ações.
Benção para o homem da casa, chefe (Rosh) do Lar Tehilim/Salmos 112:1-7
*Noivas e esposas, lêem para seus esposos, o texto sugerido acima

Nota sobre a preparação do Qidush
Deve-se preparar os elementos que serão utilizados no Qidush de Érev Shabat
com antecipação, para que a cerimônia flua sem atrasos. Antes de realizar o
Qidush, o condutor faz novamente a lavagem das mãos, pois a Netilat Yadaim é
instituída antes das refeições ou quando se come pão, no caso aqui o condutor
estará orando sobre a chaláh (pão usado no shabat, comido com sal), só que
agora não realizará a benção tradicional, pois esta já foi feita antes de iniciarmos
o serviço, usamos outra prece mais simples, como se segue:

18
Benção da lavagem das mãos
Barukh atá
Elohênu, Mélekh haOlam borê hamáim lanetiláh.
B‟shem Yeshua HaMashiach.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste a
água, para o lavamento. Em Nome de Yeshua o Messias.

Qidush para o Érev Shabat (Benção do Pão e do vinho)
*Separamos o Shabat com a comunhão do partir do pão, e nós seguimos a ordem
das bençãos do Qidush, conforme os textos das Escrituras, ou seja, primeiro se
faz a benção do Pão e depois a do Vinho, confira em: (Bereshit 14:18; Yochanan
6:48-51; Matitiyahu 26:26).
Nota: Entendendo a B‟rakhá do Pão

É costume utilizar duas partes de chalot (um pão específico para o Shabat), duas
partes simbolizando a porção dobrada de maná, que
derramava sobre os
Israelitas no sexto iom (Shemot/Exod.16:4-5). O pão simboliza nossa gratidão a
, pelo sustento diário, material e espiritual.

Berakháh (Benção do Pão)
Bereshit 14:18; Yochanan 6:48-51; Matitiyahu26:26; Tehilim 104:15; Yochanan 15:1

* Ergue-se ao alto, as duas porções de Pães e recita-se à berakhá.

kaamur: Potêach et iadêkha umasbía lekhol ratzon. Tehilim: 104:27-28

Como foi dito: “Abre Tuas Mãos e satisfaz os anseios de todos os
seres”.
Barukh atá
Elohênu Mélekh há-Olam hamótzi lêchem min haáretz
veshalákh Yeshua Meshichênu et Lêchem haChaim. B‟shem Yeshua
haMashiach. Kehiláh: Oméin.
Bendito sejas Tu
nosso Elohim, Rei do Universo, que tiras o pão
da terra, e enviou Yeshua, nosso Messias, o Pão da Vida. Em Nome de
Yeshua o Messias. Kehilah: Oméin

19
Nota: Entendendo a B‟rakhá do Vinho

O vinho simboliza a vida, alegria, o Pacto Renovado e a abundância que
concede. Se não tiver o vinho, pode ser suco de Uva natural.

nos

Benção do Vinho
Enche-se uma taça de Vinho, ergue ao alto com a mão direita, e recita-se a berakhá:

Barukh atá
Elohênu Mélekh haolam
veshalákh
Meshichênu et Guêfen
haMashiach. Kehiláh: Oméin

borêh
Emet.

p‟ri haguêfen
B‟shem

Bendito sejas Tu
nosso Elohim, Rei do Universo, que criou o fruto
da videira e enviou Yeshua, nosso Messias, a Videira Verdadeira. Em
Nome de Yeshua o Messias. Congregação: Oméin

Obs:

Após a benção ser recitada, todos dizem: Lê-Chaim! (Á Vida!). E todos
bebem juntos. Após a b‟rakhot do Pão e do Vinho, e na seqüência da saudação de
Lê-Chaim, cumprimenta-se aos presentes com “Shabat shalom” (um Shabat com
plenitude de Shalom), e ao que recebe este cumprimento, responde: “Shabat
Shalom u-mevorakh”, que quer dizer: “um Shabat abençoado, e cheio de Shalom”.

Momento de comunhão (TODOS PARTICIPAM)
-Seleção de cânticos e danças Yisraelitas
-Interpretações de sonhos e visões
-Testemunhos, para engrandecer o Nome de
-Palavra de sabedoria, de conhecimento, exortação, edificação e consolação.
- Ministração do Birkat Cohanim (Benção Sacerdotal)
-No final é servido uma refeição fraternal de shabat, comida e lanches kasher.

Hinos Israelitas
Nota: Os hinos podem ser em português, conforme a sua preferência, porém devem
observar as seguintes condições:
 As letras devem SEMPRE ser 100% compostas somente de textos das Escrituras
K‟doshim. Tomar cuidado com os textos da Escritura João Ferreira de Almeida, pois em
muitos casos, distorce os textos do Hebraico e Aramaico, ferindo nossos preceitos de
emunáh/fé.

20
 Devem-se utilizar SOMENTE os Nomes Kedoshim: YAHUH, YAH,YESHUA, ELOHIM,
ADONAY, ADON, ELION, EL, SHADAY,YERRUA, YEHIE, HÁ SHEM, ELOHA E TODOS OS 72
NOMES DO ETERNO
 Evite substituir o Nome Puro de
quando o texto o contiver. Na hora de recitar
uma berakhá, pois agindo assim estará contrariando a Torah, e a vontade de
. Pois
a Toráh, nos diz: Entretanto, foi precisamente por isso que te conservei de pé, para fazerte ver o Meu Poder e para que o MEU NOME SEJA PROCLAMADO EM TODA A TERRA.” (
Shemot. Êxodo.9:16). Confira também em Malakhi/Malaquias. 3:16 e SL 145:21). Para
aqueles que tem duvida, ou não conhecem a forma plena do Nome do Todo-Poderoso de
Israel, aconselho que use a forma, YAH, pois é uma forma abreviado do tetragrama
, e é aceito em unanimidade por todas linhas do Judaísmo. Para aqueles que já têm
um entendimento do Nome, e reconhece o seu valor espiritual, use a forma completa
YAHUH

O Dirigente encerra dizendo
Tehilim 118:26; Yochanan.5:43 e 17:11

Barukh Habáh, b‟Shem

, Yeshua Meshichênu. Oméin

Bendito é O que vem em Nome de
Oméin

, Yeshua o nosso Messias.

Birkat Cohanim (Bênção Sacerdotal)
Bamidbar/Num. 6:22-27

A bênção sacerdotal deve sempre ser recitada por um homem. Dá se preferência aos da
linhagem de Levi, se não há, então é dado à honra, ao Zaqen (Ancião Separado), e por
fim se não tiver, o Rosh, líder da Kehiláh o pode fazer.

Obs: O condutor recita a bênção descalço, lembrando que quem abençoa é
e ele (o condutor) é apenas um veículo para ser usado por
.

,

Dirigente:
Yevarekhekhá
veishmerêkha Yaêr
panáv elêkha vichuneká
Yssá
panáv elêkha veiassem lekhá Shalom. B‟shem YESHUA
haMashiach Kehiláh: Oméin
te abençoe e te guarde.
resplandeça o Seu Rosto sobre ti, e
te seja benigno
conceda providência para ti e te dê Shalom. Em
Nome de Yeshua o Messias. Congregação: Oméin

21
Preparação da Mesa do Jantar de Shabat
O Shabat é um tempo de comunhão com
, com o próximo, e com a família.
Portanto, o jantar de Shabat é considerado um momento muito importante para união da
família e da Kehiláh. O jantar do Shabat deve ser abundante, alegre e solene.

Bênção dos Alimentos
*Lembramos que no Qidush, já foram abençoados o pão e o vinho. Para recitar uma
benção no jantar do Shabat, podem ser utilizados dois tipos de
Bênçãos gerais, exemplos:

A- Benção:
Barukh atá
Elohênu Mélekh ha-Olam shehakôl nihiá bid‟varô.
B‟shem Yeshua haMashiach. Oméin
Bendito sejas Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste
todas as coisas por Sua Palavra. Em Nome de Yeshua o Messias.
Oméin
Nota: Esta bênção inclui: Carne, doces, laticínios (derivados do leite), ovos, peixe,
líquidos bebidas, menos o vinho, água, sucos em geral.

B- Benção:
Barukh atá
Elohênu Mélekh ha-Olam borêh minê mezonót. B‟shem
Yeshua haMashiach. Oméin.
Bendito sejas Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que Criaste
diversos tipos de alimento. Em Nome de Yeshua o Messias. Oméin.
Nota:

Esta bênção inclui: alimentos feitos com farinha, bolos, cereais em geral,
biscoitos, roscas, espaguete (massas em geral).

Birkat haMazon- (Benção após a refeição)
*A Toráh, diz que é nosso dever agradecer à
após a refeição ( Devarim / Dt. 8:10).
Faça uma oração de gratidão, pela fartura concedida por
.

Barukh atá

haRachman hazôn haokhlá hazot.

Bendito sejas Tu

, o Misericordioso provedor deste alimento.

Shabat Shalom L‟kulam !
Uma shalom plena neste shabat para todos

22

SEDER AVODÁT HASHACHARIT
Ordem e Serviço da Manhã de Shabat
POR YISHAY DE OLIVEIRA

*As achaiot (irmãs), colocam o véu antes de iniciar o avodáh (serviço), e os
achim (irmãos), utilizam o Talit Gadol e o kipáh. Lembrando que o uso do Arba
Kanfot (também conhecido como Talit Qatan) deve ser desde iniciar do Yom/dia
(ao acordar, depois das orações matinais).

23

B‟rakhá de iniciação de Shacharit
*O Rav, Rosh ou dirigente do serviço, faz uma oração espontânea, agradecendo
pelo início do Avodáh (serviço à YHWH), após a oração todos recitam a benção
abaixo.

Toda a Kehiláh
Anáchnu notnim kol hat‟filotênu, b‟shem Yeshua hamashiach. Oméin.
Nós oferecemos todas nossas orações em Nome de Yeshua o
Messias. Oméin

Oração Israelita- Ma tovu
Bamidbar/Números: 24:5; Tehilim/Salmos. 5:8; 26:8; 95:6

Ma Tôvu ohalêkha, Ya‟acov; mishkenotêkha, Yisra‟el! Vaaní berôv
chasdêkha avô veitêkha, eshtachavê el heikhal codshekhá,
beir‟atêkha.
Quão amáveis são as tendas de Ya‟acov, os teus tabernáculos, Israel!
Em Tua grande compaixão, entrarei em Tua Casa, me prostrarei,
perante Teu Cadosh Templo, em temor.

Canções de abertura, à escolha do Hazan
*Escolha de 1 a 2 hinos da sua preferência.

Hinos Israelitas
Nota: Os hinos podem ser em português, conforme a sua preferência, porém
devem observar as seguintes condições:
 As letras devem SEMPRE ser 100% compostas somente de textos das
Escrituras K‟doshim. Tomar cuidado com os textos da Escritura João Ferreira de
Almeida, pois em muitos casos, distorce os textos do Hebraico e Aramaico,
ferindo nossos preceitos de emunáh/fé.
 Devem-se utilizar SOMENTE os Nomes Kedoshim: YAHUH, YAH, YESHUA,
ELOHIM, ADONAY, ADON, ELION, EL, SHADAY, YERRUA, YEHIE, HÁ‟SHEM, ELOHA
E TODOS OS 72 NOMES DO ETERNO
 Evite substituir o Nome Puro de
quando o texto o contiver. Na hora de
recitar uma berakhá, pois agindo assim estará contrariando a Torah, e a vontade
de
. Pois a Toráh, nos diz:

24
“...Entretanto, foi precisamente por isso que te conservei de pé, para fazer-te ver
o Meu Poder e para que o MEU NOME SEJA PROCLAMADO EM TODA A TERRA.”
(Shemot. Êxodo.9:16). Confira também em Malakhi/Malaquias. 3:16 e SL 145:21).
Para aqueles que têm duvida, ou não conhecem a forma plena do Nome do TodoPoderoso de Israel, aconselho que use a forma, YAH, pois é uma forma abreviado
do tetragrama
, e é aceito em unanimidade por todas as linhas do Judaísmo.
Para aqueles que já têm um entendimento do Nome, e reconhece o seu valor
espiritual, use a forma completa YAHUH

Mizmor shir leyom hashabat (Tehilim para o yom de Shabat)
Segundo alguns sábios, os Levitas recitavam o Tehilim 92 no inicio do serviço de
shabat. Também se pode alterar com um Tehilim diferente para cada Shabat.

Mizmor Shir - Tehilim/Salmo 92 (Tehilim para o Shabat)
Mizmor shir leiom hashabat. Tehilim e cântico para o iom de Shabat.

Tov lohodot L‟
ulzamer leshimkhá Elion. Lehaguid babóker
chasdêkha, veemunatekhá balelót. Alê assór vaalê nável, alê higaion
bechinor. Ki simachtáni
befaolêkha bemaasse iadêkha aranên.
Ma gadelú maassêkha
meod amecú mach‟shevotêkha. Ish baár lo
iedá uchessil lo iavín et zot. Bifrôach reshaim kemô êssev vaiatzítzu
kol pôale áven lehishamedam adê ad. Veatá marom leolam. Ki hinê
oievêkha
ki hinê oievêkha iovêdu itparedú kól pôale áven
vatarem kirem carni baloti beshêmen raanan vatabet ení beshurai
bacamim alai mereim tishmána oznai. Tzadic katamar ifrach keêrez
balevanon isguê. Shetulim bevêt
bechatzrot Elohênu iafríchu. Od
ienuvun bessevá deshenim veraananim ihiú. Lehaguid ki iashar
tzuri velô av‟láta bô.
Bom é louvar a
e entoar louvores ao teu Nome ó Altíssimo.
Anunciar pela manhã teu AHAVÁH e tua fidelidade pelas LAYLA; com
lira de dez cordas e a cítara, e as melodias da harpa. Pois tu me
alegras com teus atos,
cantarei com alegria celebrando as obras
de Tuas mãos: “Quão grandes são Tuas obras, ó
, e quão
profundo teus desígnios!” O insensato não o compreende, e os tolos
não conseguem entender que, mesmo que os ímpios brotem como
erva, e todos os malfeitores floresçam, eles serão para sempre

25
destruídos. Porém tu, ó
, permaneces exaltado eternamente. Eis
que teus inimigos pereceram e os malfeitores todos se dispersam. Tu
aumentaste a minha força como a de um boi selvagem [ie.
rinoceronte] e derramaste sobre mim óleo puro. Meu olho vê aqueles
que me espreitam, meus ouvidos escutam os malfeitores. O justo,
porém, brota como a palmeira, cresce como o cedro do Líbano.
Plantados na Casa de
, brotam nos átrios do nosso Elohim. Dão
fruto mesmo na velhice, são cheios de seiva e verdejantes, para
anunciar que
é Reto; meu Rochedo, Nele não há injustiça.

Chetzí Cadish - Meio Cadish
Oração pelo Reino, liturgia Judaica

Yitgadál veitcadásh shemê rabá. Kehiláh: Oméin. Bealmá di verá
khir‟utê veiamlíkh malkhutê veiatzmách purcanê vicarêv YESHUA
Meshichê. Kehiláh: Oméin. Bechaiekhôn uv‟iomekhôn uvchaiê dekhôl
bêt Yisra‟el, baagalá uvizmán carív veim‟ru Oméin. Kehiláh: Oméin.
Exaltado e Separado seja o Seu grande Nome (Oméin), no mundo que
Ele criou por Sua vontade. Queira Ele estabelecer O Seu Reino e
determinar o ressurgimento da Sua Redenção e apressar a vinda de
Yeshua, o Seu Ungido (Oméin), no decurso da vossa vida, nos vossos
yamím e no decurso da vida de toda a Casa de Israel, prontamente e
em tempo próximo; e dizei Oméin. Kehiláh: Oméin.

Todos da kehiláh recitam
Yehê shemê rabá mevarákh lealam ulealme almaiá.
Seja o Seu Grande Nome Bendito eternamente e para todo o sempre;
Condutor
Yitbarákh veishtabách, veit‟paár, veitromam, veit‟nassê, veit‟hadár,
veit‟alê, veit‟halál, shemê decudshá berikh Hu. Kehiláh: Oméin. Leêla
min kol birkhatá v‟shiratá tushbechatá venechematá, daamirán
bealmá, veim‟rú Oméin. Kehiláh: Oméin.

26
Seja Bendito, Louvado, Magnificado, Exaltado, Engrandecido,
Honrado, Elevado, e Excelentemente Adorado o Nome do Cadosh,
Bendito seja Ele, (Oméin), acima de todas as bênçãos, hinos, louvores
e consolações que possam ser proferidos no mundo; e dizei Oméin.
Kehiláh: Oméin.
Devem–se dar três passos para trás, com reverência, e recitar:
Ossê shalom bim‟romav, Hú iaassê shalom alênu veal kol Yisra‟el
veim‟rú Oméin. Kehiláh: Oméin.
Aquele que faz a Shalom nas alturas, com sua misericórdia, conceda
a Shalom sobre nós e sobre todo o povo de Israel; e dizei Oméin.
Congregação: Oméin.

Barekhu (Bendizei)- (Liturgia Judaica)
Olê

Olê

Barekhu et

há-Mevorakh.

Kehiláh
Barukh

que é Bendito.

Kehiláh
há-Mevorakh leolam vaed

Olê repete a benção

Barukh

Bendizei à

há-Mevorakh leolam vaed

Bendito seja
Olê repete a benção

Bendito seja

que é Bendito para sempre.
que é Bendito para sempre.

Birkat haMashiach
Todos da Kehiláh:
Barukh atá
Elohênu Mélekh haolam ashér natan lanú et dêrekh
ha-y‟shuah beMashiach yeshua . Oméin

Bendito sejas Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que nos tem
dado o Caminho da Salvação, no Messias Yeshua. Oméin

K‟riat Shemá-Proclamação da Emunáh Israelita
Devarim/Deut 6:4-9, Vaikrá.19:18

Não deixes de proclamar o Shemá (Dt6:4-9), quando orares não o faças
simplesmente como um costume, mas como um clamor humilde ao Criador, como
é dito: “pois Ele é clemente e compassivo, tardio em irar-se, cheio de compaixão
e de benignidade”.

27
Todos proclamam juntos
Shemá Yisrael

, Elohênu,

Echad

Em voz baixa

Barukh Shem Kevod malkhuto leolam vaed
Em voz baixa

Veahavta et
Elohêha, bekhol levavkhá, uvkhol nafshekhá, uvkhol
meodêkha. Vehaiú hadevarim haêle, ashér anokhí metzavekhá haiom
al levavêkha. Veshinantám levanêkha, vedibartá bâm beshivtekhá
bevetêkha, uv‟lekhtekhá vadêrekh, uveshokh‟bekhá uvekumêkha.
Uk‟shartâm leôt al iadêkha, vehaiú letotafôt bên enêkha. Ukhtavtám,
al mezuzôt betêkha, uvisharêkha. Devarim.6:4 9

Ouvi ó Israel,
nosso Elohim
é um
Bendito é o Nome Daquele cujo Esplendoroso Reino é para sempre
E amarás a
Teu Elohim de todo teu coração e de toda tua alma e
de toda tua força (ie. vontade; determinação). E estarão sempre no
teu coração estas palavras que hoje te digo. E as ensinarás com zelo
a teus filhos e falarás a respeito delas quando estiveres sentado em
tua casa e quando estiveres andando pelo teu caminho. Quando
deitares e quando levantares. E as atarás por sinal na tua mão e
serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais
da tua casa e nas tuas portas.
Veahavta lereakhá kamôkha. B‟shem Yeshua haMashiach. Oméin

E amarás ao teu próximo como a ti mesmo. No Nome de Yeshua o
Messias. Oméin

Yad‟ha Natzrat-Confissão Natzrat
Filipenses2: 10,11; Yochanan. 14:8-11

Toda kehiláh confessa
,
, Yeshua haMashiach é
. “E todo joelho se dobrará, dos
que estão nos shamayim, e na Áretz, e de baixo da Áretz, e toda
língua confessará que Yeshua haMashiach é
”. (Filipissayah
2:10,11).

28
Benção posterior ao Shemá, e a confissão Nazarena
Tehilim/Salmo 113:2-3; Números. 21:17; Êxodo.15: 2, 11,18;

Yehí shem
mevorákh, meatáh vead olám mimizrách shêmesh ad
mevo‟ô, mehulál shem
El chai ram veniá, Gadol venorá.
Kemoshêh uv‟nê Yisra‟el, anáchnu shirênu hashirá hazê

Seja Bendito o Nome de
, desde agora e para sempre! Desde a
saída do sol, até seu acaso, seja louvado o Nome de
! É o Elohim
Vivo, és Altíssimo e Exaltado, Potente e Tremendo. Assim como
Moshê e os filhos de Israel, nós também cantamos esta canção:

Mikhamôkha – Quem é como Tu?
Mi khamôkha baelim;
ossê fêle.

Mikamôkha ne‟edar bacodesh, norá tehilot,

Quem é como Tu,
, dentre os poderosos? Quem é como Tu,
poderoso em pureza? Temido em louvores, operando milagres.

Amidáh - Oração de Benção e Súplica
(Tehilim /Salmo 51:17 , ( na bíblia João Ferreira de Almeida, no verso 15)

*Em iamím normais, se recita 18 b‟rakhot, mas no Shabat, recitamos somente
sete. Neste momento todos ficam de pé, e se direcionam para Yarushalaim. É

essencial fazer essas preces com Kavaná (intenção verdadeira da alma), sem
qualquer distração. Ofereça a
a sua oferta de arrependimento, e sua ação
de gratidão a Ele.

, sefatai
haMashiach.

tiftach,

ufi

iaguid

t‟hilatekha,

B‟shem

Yeshua

, abre os meus lábios e a minha boca proferirá o Teu louvor, no
Nome de Yeshua o Messias.

Maguên Avraham/Escudo de Abraão
Barukh Atá,
Elohênu velohê avotênu, Elohê Avraham, Elohê
Yitzchác, velohê Ya‟acov, haEl hagadol haguibor vehanora, El Elion,
gomel chassadím tovím, conê hacol, vezokhêr chasdê avôt, umeví
goél livnê venehêm lemáan shemô beahavá. Mélekh ozêr umoshía
umaguên. Barukh atá
, maguen Avraham.

29
Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim e de nossos pais, Elohim de
Avraham, Elohim de Yitzchac, e Elohim de Ya‟acov, o Grande, o
Poderoso e Temido Elohim. O Altíssimo Elohim, que concede
benefícios, que possui tudo e recorda a bondade dos patriarcas, e que
com grande ahavá trouxe o Redentor aos descendentes desses
patriarcas, por ahavá do Seu Nome. Tu és nosso Rei auxiliador, nosso
Salvador e nosso Escudo! Bendito sejas Tu,
, Escudo de Avraham.

Atáh Guibôr/ Tu és Poderoso YHWH
Atá Guibôr leolam,
, mechaiêh metím atá, rav lehoshía. Mekhalkêl
chaím bechêssed, mechaiêh metím berachamím, rabím, somêch
noflím, verofê cholím; umatir assurím, umcaiêm emunatô lishenê afár.
Mi khamôkha, báal guevurôt, umi dôme lakh, Mélekh memit umchaiêh
umatzmíach y‟shuáh. Barukh atá,
, mechaiêh hametím.

Tu
, és Poderoso para sempre; és Tu, que ressuscitas os mortos
e és Poderoso para Salvar. Tu sustentas os vivos com misericórdia,
da vida aos mortos com grande piedade, levanta os caídos e saras os
doentes; libertas os que estão em escravidão e confirmas a Tua
fidelidade aos que dormem no pó. Quem é como Tu, Dono de todo
Poder? Ou quem pode ser comparado a Ti, ó Rei, que tiras e restituis
a vida, e que fazes florescer a salvação? Bendito sejas Tu,
, que
ressuscitas os mortos.

Quedusháh haShem

(Santificar o Nome de

)

Atáh Cadosh v‟Shimcháh Cadosh, uk‟doshim bekhôl iom iehalelúkha
sêlah. Ki El Mélekh Gadol v‟Cadosh. Barukh atá
, haÉl haCadosh.

Tú és Cadosh, o Teu Nome é Cadosh, e os k‟doshim Te exaltam
constantemente, porque Tu és o Poderoso, o Grande Rei, e Cadosh.
Bendito sejas Tu,
, o Poderoso, o Cadosh.

30

Kedushát hayom haShabat
Separação do Yom de Shabat

Yismechú vemalkhutach shomrê shabat vecoreê oneg. Am
mecadeshê shevií, kulam isbeú veit‟anegú mituvakh, vehashevií
ratzíta bo vekidashtô, chemdát iamim otô caráta, zêkher lemaassê
vereshít. Elohênu velohê avotênu, retzêh na vim‟nuchatênu,
cadeshênu bemitzvotêkha, sim chelkênu betoratakh, sabeênu
mituvakh, samêach nafshênu bishuatakh, vetaher libênu leovdakh
beemêt. Vehanchilênu
Elohênu
beahaváh
uvratzon
shabat
codshêkha, veianúchu vo kol Yisra‟el, mecadeshê shemêkha. Barukh
atáh ,
mecadesh haShabat.

Alegrar-se-ão com Teu Reino os que guardam o Shabat e o qualificam
uma delícia. O povo que separa o iom de shabat, todo ele se fartará e
se alegrará com o Teu bem, porque te comprazes com o iom de
shabat e o separaste; e o denominaste, “Desejado dos Yamím”, em
recordação à obra da Criação. Nosso Elohim e Elohim de nossos pais,
rogamos-Te, agrada-Te em nosso repouso; purifica-nos com Teus
mandamentos e coloca a nossa parte em Tua Torá; faz-nos saciar de
Tua bondade, alegra a nossa alma com a Tua salvação e purifica o
nosso coração para Te servir de verdade; e faz-nos herdar, ó
nosso Elohim, com ahavá e agrado, o Shabat da Tua pureza, e folgue
nele todo Israel o qual separa o Teu Nome. Bendito sejas Tu,
,
que purifica o Shabat.

Retzêh/aceitação de adoração
Retzêh
Elohênu beamekhá Yisra‟el velit‟filatam sheê, vehashev
ha-avodáh lidvir betêkha, veishê Yisra‟el ut‟filatam mehera beahavá
tecabel beratzon, utehí leratzon tamid avodat Yisra‟el amêkha.
Veatáh,
berachamêkha
harabim,
tachpotz
bánu
vetirtzênu,
vetechezêna enênu beshuvkhá letziôn berachamim. Barukh atáh,
hamachazir shekhinatô letziôn.

31
Seja aceitável perante Ti, ó
, nosso Elohim, o teu povo Israel e
receba suas orações. Restaura o serviço no palácio de Tua Casa, a
fim de que as ofertas queimadas de Israel e suas preces possam ser
rapidamente aceitas por Ti, com ahavá e favor; e que o serviço
religioso de Teu povo Israel seja sempre aceitável perante Ti. E Tu,
em Tua infinita misericórdia, sê bondoso para nós, acolhe-nos
favoravelmente, e que os nossos olhos possam ver a Tua volta á Sião
com misericórdia. Bendito sejas Tu,
que restauras a Tua
Shekhiná á Sião.

Modim/ Agradecidos
Modim anáchnu lakh, sheatá hu
Elohênu velohê avotênu leolam
vaed, tzurênu tzur chaiênu, umaguên ish‟ênu ata hu ledor vador. Node
lekhá unsaper tehilatêkha, al chaiênu hamessurím beiadêkha, veal
nishmotênu hapecudôt lakh, veal nissêkha shebekhol iom imánu, veal
nif‟leotêkha vetovotêkha shebekhol et, êrev vavôker vetzahoráim,
hatôv, ki lô khálu rachamêkha, hamerachem, ki lo támu chassadêkha,
ki meolám kivínu lakh. Veal kulam itbarákh veitromám veitnassê
tamid, shimkhá malkênu leolam vaed, vekhôl hachaim iodúkha sêla.

Nós reconhecemos humildemente que Tu és o
, nosso Elohim e
Elohim de nossos pais, para todo o sempre. Tu és o nosso rochedo, a
rocha da nossa vida e o escudo da nossa salvação. De geração em
geração nós Te agradecemos e entoamos os Teus louvores, pela
nossa vida que está em Tuas mãos e nossa alma que Tu preservas;
pelos milagres que fazes diariamente em nosso favor; pelas
maravilhas e pelas bondades que nos concedes a toda hora- de
manhã, ao meio-iom e à layla. Elohim bondoso, a Tua compaixão é
infinita, as Tuas misericórdias nunca cessam, e a nossa esperança
será eternamente em Ti. E por todas estas coisas seja o Teu Nome
Abençoado constantemente, Exaltado e Enaltecido, ó Rei nosso, para
todo o sempre, e que todos os seres vivos Te rendam ações de
gratidão.

32

Sim Shalom/ Estabelece Shalom
Sim shalom továh uvrakhá, chaim chen vachêssed verachamim alênu
veal kol Yisra‟el amêkha. Uvarkhênu avínu, kulánu keechad beôr
panêkha ki veôr panêkha natáta lánu
Elohênu, toráh vechaim,
ahaváh vachêssed, tzedacá verachamim, berakhá veshalom. Vetov
beenêkha levarkhênu, ulvarêkh et kol amekhá Yisra‟el, berov oz
veshalom. Barukh atah
, hamevarêkh et amo Yisra‟el bashalom,
Oméin.

Estabelece Shalom, bem-estar e benção, vida, compaixão, favor e
misericórdia sobre nós e sobre todo o Teu povo Israel, e abençoa-nos,
com a Luz da Tua Presença; porque com o Brilho desta mesma
Presença nos deste, a Tora da Vida, e ahavá benevolente, justiça, e
misericórdia, benção e shalom. E seja agradável a Teus olhos,
abençoar o Teu Povo Israel em todo tempo e a toda hora com o Teu
Shalom. Bendito sejas Tu,
, que abençoa o Seu povo Israel com
Shalom. Oméin

Elohai Netzôr leshoni / O Poderoso, que purifica os lábios
- Esta prece demonstra o encerramento da Amidáh, deve ser recitada de forma audível, mas em
voz baixa, e cada pessoa recita em seu próprio ritmo.

Elohai, netzôr leshoni mera, vesiftotai midaber mirmá, velimcalelái
nafshi tidôm, venafshi keafar lakol tihiê, petách libí betoratêkha,
veacharê mitzotêkha tirdôf nafshí. Vekhol hacamim, alái leraá,
meherá hafer atzatám vecalkel machshevotám. Assê lemáan
shemákh, assê lemáan ieminákh, assê lemáan toratákh, asse lemáan
kedushatákh, lemáan iechaltzun iedidêkha. Hoshía ieminkhá vaanêni.
Yihiú leratzon imrê-fi veheguiôn libí lefanêkha,
tzuri vegoalí.

Meu Elohim preserva a minha língua de calúnias e os meus lábios de
duplicidade. Faze que a minha nefesh fique calma em presença dos
malévolos e em todas as ocasiões seja ela humilde como o pó. Que o
meu coração ame a Tua Torah e minha nefesh tenha sede dos Teus
mandamentos. Aniquila os projetos daqueles que me querem mal e
destrói os seus desígnios. Atende-me por ahavá ao Teu Nome, por
ahavá à Tua Destra (Yeshua), por ahavá à Tua Torah, por ahavá a Tua

33
pureza e para que se regozijem os Teus amados. Que as palavras da
minha boca e as meditações do meu coração te sejam agradáveis, ó
, meu Protetor e meu Redentor.

Hodu Le

( Rendei louvores à

)

Tehilim/Salmos 107:1

Hodu L‟
ki tov. Ki leolam chasdo. Hodu L‟Elohê haelohim. Ki
leolam chasdo Hodu LaAdonê haadoním. Ki leolam chasdo

Louvai a
porque Ele é bom. Porque Sua misericórdia dura para
sempre. Louvai ao Elohim dos poderosos. Porque Sua misericórdia
dura para sempre. Louvai ao ADON dos ADONAY. Porque Sua
misericórdia dura para sempre.

Hotza‟át Sêfer Toráh (Saída do Rolo da Torá)
Bamidbar/Num 10:35; Yeshayahu/Isa 2:3
*Devemos entender esta liturgia como sendo um grande ato profético, de acordo
com o significado do texto.

-Todos de pé, em direção ao Aron haCôdesh (Arca que guarda o rolo da Torah),
cantam a oração do “Vaiehí binsôa haAron”, ao abrir-se o mesmo:

Vaiehí binsôa haAron vaiomêr Moshêh. Cúma
veiafútzu oivêkha
veianússu messanêkha mipanêkha. Ki mitzion tetzê Toráh, uDevar
mirushaláim. Barukh shenatan Toráh leamô Yisra‟el bicdushatô.

E em partindo a Arca, Moisés dizia: “Levanta-te
, e que os Teus
inimigos se dispersem, e que Teus adversários fujam da Tua
Presença. Pois de Tzion sairá a Torah, e a Palavra de
de
Yerushalayim. Bendito seja Aquele que deu a Torá a Seu povo Israel,
em Sua Pureza .

Nota: Ao termino da oração acima, o Rav ou o Rosh convida o Olê (a pessoa que
irá realizar a leitura da Toráh).

34
Cortejo do Rolo da Torá
*Neste momento, é tradição que o Olê, passeie com o rolo da Torah entre a
congregação, sendo acompanhado pelo Rabino, Rosh e demais auxiliares, para
que todos a vejam e a toque. E todos entoam juntos Ki mi Tzion:

E toda kehiláh canta alegremente:
Ki mitzion tetzê Torah, u‟Devar

mirushayim.

Pois de Tzion sairá a Torah, e a Palavra de

de Yerushalayim

Birkat lek‟riat haToráh (Benção para leitura da Torah)
*O Olê , segura o Sefer Toráh, com as duas mãos e diz em voz alta:

Olê

Olê

Barekhu et

há-Mevorakh.

Kehiláh
Barukh

que é Bendito.

Kehiláh
há-Mevorakh leolam vaed

Olê repete a benção

Barukh

Bendizei à

há-Mevorakh leolam vaed

Bendito seja
Olê repete a benção

Bendito seja

que é Bendito para sempre.
que é Bendito para sempre.

Barukh atá
Elohênu Mélekh haOlam, ashér báchar bánu micol
haamím venátan lanu et Toratô. Barukh atá
, notên haToráh.
B‟shem Yeshua haMashiach, Oméin.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim, Rei do Universo, que nos
escolheu entre todos os povos e nos deu a Tua Toráh. Bendito sejas
Tu,
, que nos deu a Torah. No Nome de Yeshua o Messias, Oméin.

Nota:

Neste momento, se lê a Parashát haShavuá (porção da Toráh semanal). É
comum que se divida os textos a ser lidos, um Chumash (Torá impressa) já trás essa
separação das partes a serem lidas.

Benção após a Leitura da Toráh
Barukh atá
Elohênu Mélekh haOlam ashér nátan lánu toratô torat
emêt vechaiê olam natá betokhênu.

35
Bendito sejas Tu
nosso Elohim Rei do Universo, que nos deu a
Tua Torah, a Torah da Verdade e, com ela, a Vida Eterna plantaste
entre nós.
Kehiláh junto com o Olê

Barukh atá

noten haToráh. Kehiláh: Oméin.

Bendito sejas Tu,

que nos deu à Toráh. Kehiláh: Oméin.

Benção para o Olê
*Após a berakhá/benção da leitura da Toráh, a pessoa, ou as pessoas, que fizeram a leitura dos
textos da Toráh, são abençoadas pelo Rav ou o Rosh, conforme a prece abaixo:

Mi sheberakh avotênu Avraham, Itzchak veYa‟akov, hu ievarekh
virapê et (nome hebreu) ben (sobrenome de herança) baavur shealá
lichvod hamacom velichvod haToráh velichvod haShabat. Kehiláh:
Oméin.

Aquele que abençoou nossos pais Avraham, Itzchak e Ya‟akov, Ele
abençoará (nome hebreu) filho (sobrenome de herança), porquanto
subiu à Torah em honra de Elohim, da Torah e do Shabat.
Congregação: Oméin.

Regressando o Rolo da Toráh à Arca
* Antes de reconduzir o Sêfer a Arca, a kehiláh se coloca de pé, juntamente com o
Rabino, ou o condutor do serviço, e este coloca-se de costas para a kehiláh, ergue o Rolo
ao Alto, e todos proclamam:

Vezot haToráh ashêr sam Moshêh lifnê b‟nê Yisra‟el. Al PI
Moshêh.

, b‟iád

E esta é a Torá que Moshê pôs diante dos filhos de Israel. Pela boca
de
, através da mão de Moshê.

Etz Chayim ( Árvore da Vida)
Etz chayim hi lamachazikim bá, vetomkhêa meushár. Derakhêha
darkhê noam, vekhol netivotêha shalom. Hashivênu
elêkha
venashuvá, chadêsh, chadêsh iamênu. Chadesh iamênu kekedem.

36
[A Toráh] é Árvore da Vida para os que nela se apegam, e os que nela
se apóiam são bem-aventurados. Os seus caminhos são caminhos
prazerosos e todas as suas veredas são de Shalom. Faze-nos voltar
, e faremos teshuváh a Ti. Renova, renova nossos iamím. Renova
nossos iamím como nos tempos antigos.

D‟rashá al parashát hashavuá
(Ministração sobre a porção semanal)
- O Rav, ou o ministrante, trás um ensino dentro da porção semanal da Torá, podendo
incluir os textos de haftará, ou do B‟rit chadasha, e os irmãos podem contribuir com
comentários.

Birkat Yeladim (Benção sobre as Crianças)
*O Rosh ou o responsável pelo serviço, ou até mesmo os pais das crianças
presentes, empoem as mãos sobre a cabeça das crianças para abençoarem.
Assim como nossos antepassados, também fizeram. Após recitar as bençãos
tradicionais do sidur, pode-se concluir com uma oração espontânea.

Para os meninos:
Yessimkhá

Que

ke‟Efrayim vekhi Menashêh

te faça como Efraim e seu irmão Menassés

Para as meninas:
Yessimêkh

Que

ke‟Sarah, Rivcáh, Rachel v‟Léah.

te faça como Sara, Rebeca, Raquel e Lia.

OBS: As Berakhot( Bênçãos), devem sempre, serem concluídas com o Nome
Poderoso do Salvador Yeshua haMashiach, para comprimento
Renovado. (Colossayah/Col3:17; Yochanan /Jo.14:13-14)

do

Pacto

Tachanun (Orações intercessoras)
* Esta parte do serviço (Tachanun), provê uma oportunidade para que cada individuo,
ofereça orações pessoais e intercessórias, podendo também orar pelos enfermos.

Netilat Yadamim – Lavagem das mãos
* Antes de realizar o Qidush de shabat, o condutor faz novamente a lavagem das mãos,
pois a Netilat Yadaim é instituída antes das refeições ou quando se come pão, no caso
aqui o condutor estará orando sobre a chaláh (pão usado no shabat, com sal ), só que
agora não realizará a benção tradicional, pois esta já foi feita nas orações matutinas,
usamos uma outra prece mais simples, como se segue :

37
Benção da lavagem das mãos
Barukh atá
Elohênu, Mélekh haOlam borê hamáim lanetiláh.
B‟shem Yeshua HaMashiach.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste a
água, para o lavamento. Em Nome de Yeshua o Messias.

Qidush para o Érev Shabat (Benção do Pão e do vinho)
*Separamos o Shabat com a comunhão do partir do pão, e nós seguimos a ordem
das bençãos do Qidush, conforme os textos das Escrituras, ou seja, primeiro se
faz a benção do Pão e depois a do Vinho, confira em: (Bereshit 14:18; Yochanan
6:48-51; Matitiyahu 26:26).
Nota: Entendendo a B‟rakhá do Pão

É costume utilizar duas partes de chalot (um pão específico para o Shabat), duas
partes simbolizando a porção dobrada de maná, que
derramava sobre os
Israelitas no sexto iom (Shemot/Exod.16:4-5). O pão simboliza nossa gratidão a
, pelo sustento diário, material e espiritual.

Berakháh (Benção do Pão)
Bereshit 14:18; Yochanan 6:48-51; Matitiyahu26:26; Tehilim 104:15; Yochanan 15:1

* Ergue-se ao alto, as duas porções de Pães e recita-se à berakhá.
kaamur: Potêach et iadêkha umasbía lekhol ratzon. Tehilim: 104:27-28
Como foi dito: “Abre Tuas Mãos e satisfaz os anseios de todos os seres”.

Barukh atá
Elohênu Mélekh há-Olam hamótzi lêchem min haáretz
veshalákh Yeshua Meshichênu et Lêchem haChaim. B‟shem Yeshua
haMashiach. Kehiláh: Oméin.
Bendito sejas Tu
nosso Elohim, Rei do Universo, que tiras o pão
da terra, e enviou Yeshua, nosso Messias, o Pão da Vida. Em Nome de
Yeshua o Messias. Kehiláh: Oméin
Nota: Entendendo a B‟rakhá do Vinho

O vinho simboliza a vida, alegria, o Pacto Renovado e a abundância que
concede. Se não tiver o vinho, pode ser suco de Uva natural.

nos

38
Benção do Vinho
Enche-se uma taça de Vinho, ergue ao alto com a mão direita, e recita-se a berakhá:

Barukh atá
Elohênu Mélekh
veshalákh
Meshichênu et
haMashiach. Kehiláh: Oméin

haolam
Guêfen

borêh
Emet.

p‟ri haguêfen
B‟shem

Bendito sejas Tu
nosso Elohim, Rei do Universo, que criou o fruto
da videira e enviou Yeshua, nosso Messias, a Videira Verdadeira. Em
Nome de Yeshua o Messias. Kehiláh: Oméin

Obs:

Após a benção ser recitada, todos dizem: Lê-Chaim! Á Vida! E todos bebem juntos.

O Dirigente encerra dizendo
Tehilim 118:26; Yochanan.5:43 e 17:11

Barukh Habáh, b‟Shem

, Yeshua Meshichênu. Oméin

Bendito é O que vem em Nome de
Oméin

, Yeshua o nosso Messias.

Birkat Cohanim (Bênção Sacerdotal) Bamidbar/Num. 6:22-27
A bênção sacerdotal deve sempre ser recitada por um homem. Dá se preferência aos da
linhagem de Levi, se não há, então é dado à honra, ao Zaqen (Ancião Separado), e por
fim se não tiver, o Rosh, líder da Kehiláh o pode fazer.

Obs: O condutor recita a bênção descalço, lembrando que quem abençoa é
e ele (o condutor) é apenas um veículo para ser usado por
.

,

Dirigente:

Yevarekhekhá
veishmerêkha Yaêr
panáv elêkha vichuneká
Yssá
panáv elêkha veiassem lekhá Shalom. B‟shem YESHUA
haMashiach. Kehiláh: Oméin
te abençoe e te guarde.
resplandeça o Seu Rosto sobre ti, e
te seja benigno
conceda providência para ti e te dê Shalom. Em
Nome de Yeshua o Messias. Kehiláh: Oméin
*O Hazan encerra o Avodáh/Serviço, com um cântico à sua escolha, e todos se alegram
mutuamente.

Shabat Shalom L‟kulam !
Uma shalom plena neste shabat para todos

39

Mincháh Lashabat
Oferta da Tarde de Shabat

Introdução
O avodát/serviço de Minchá (oferta da tarde) era uma oferta constante, assim
como o avodat hashacharit (oferta da manhã), e foi dado como uma observação
perpétua: “Eis o que oferecerás sobre o altar: dois cordeiros machos de um ano,

cada yom e de modo perpétuo. Oferecerás um desses cordeiros pela manhã e
outro ao entardecer. Com o primeiro cordeiro oferecerás a décima parte de um
efá (4,5 lit.) de flor de farinha amassada com a quarta parte de um hin (1,87 lit.)
de azeite de oliva amassadas, e para libação a quarta parte de hin de vinho.
Oferecerás o segundo cordeiro ao entardecer; tu oferecerás com uma oblação e
uma libação semelhantes às da manhã: em suave odor, em oferta queimada para
YAHUH. Este será o holocausto perpétuo por todas as vossas gerações...”
(Shêmot 29: 38-42). Ezra/Esdras, escriba e remanescente do exílio de Yisra‟el,
deixou em ênfase a importância de seguir as ordenanças da Toráh, referente à
ordem dos serviços (culto) à YAHUH Elohim. Vejam Ezra/Esdras 3:1-3. Hoje, pelo
sangue do Mashiach Yeshua, nós fomos feitos cohanim/sacerdotes (II Kefá 2:9), e
nos voltamos em teshuvá/arrependimento as mitzvot/mandamentos de
,
mesmo que hoje não temos o Templo, fazemos com kavaná (intenção verdadeira
da alma) o serviço de adoração, e com os nossos lábios entoamos nosso louvor.
O Mashiach cumpriu as ofertas de expiação, que antes eram com derramamento
de sangue de animais, e nós filhos e herdeiros da promessa por Avraham,
Yitzchak e Ya‟acov, por vontade de
, O louvamos com o fruto de nossos
lábios, pois assim se agrada o nosso Abba
. ( Hoshea/Oséias 14:1-9 ). Peço à
que através deste material, venha ajudar aos que estão retornando à Toráh
e ao Mashiach verdadeiro, a dar mais um passo no processo de teshuváh.

No ahavá do Mashiach Yeshua,
YISHAY DE OLIVEIRA

40
B‟rakhá de iniciação de Mincháh
*O Rav, Rosh ou dirigente do serviço, faz uma oração espontânea, agradecendo pelo
início do Avodáh (serviço à

), após a oração todos recitam a benção abaixo.

Toda a Kehiláh
Anáchnu notnim kol hat‟filotênu, B‟Shem YESHUA HaMashiach.
Oméin.
Nós oferecemos todas nossas orações, em Nome de YESHUA o
Messias. Oméin

Ashrê (Tehilim 84:4; 144:15)
Ashrê ioshvê vetêkha, od iehalelúkha sêla. Ashrê haam shekákha lo,
ashrê haam she
Elohav.
Felizes são os que vivem em Tua casa, pois estarão te louvando
continuamente. Feliz é o povo que assim O Tem: Feliz é o povo cujo
Elohim é o
!

Mizmor Ledavid – (Entoação de Tehilim de Davi)
* Recita-se Tehilim, concernente as grandezas, fidelidade, misericórdia e ahavá de
. Podem-se recitar os Tehilim 23; 46; 46; 63; 96; 118; 119; 126, e muitos outros. Deixamos
aqui, o Tehilim 23, 121 e 126.

Tehilim 23
Mizmor leDavid.
Roí lo echsar. Bin‟ot dêshe iarbitzêni, al mê
menuchot ienahalêni. Nafshi ieshovev, ianchêni vemaguelê tzêdec
lemáan shemo. Gam ki elekh begue tzalmávet, lo ira ra ki atá imadi,
shivtekhá umish‟antêkha hêma ienachamúni. Taarokh lefanai
shulchan nêgued tzorerai, dishant vashêmen roshí, cossí revaiá. Akh
tov vachêssed irdefúni kol iemê chaiai, veshavti bevet
leôrekh
yamím.
Tehilim de David.
é meu Pastor e nada me faltará. Deitar-me faz
em verdes pastos, e me conduz a águas tranqüilas. Ele restaura
minha alma, e me conduz por caminhos retos, por ahavá do Seu
Nome. Por mais que eu ande pelo vale da sombra da morte, não
temerei mal algum, porque Tu estás comigo, Tua vara e Teu cajado

41
me confortam. Prepara-me uma mesa perante meus adversários; Tu
me ungiste com óleo, o meu cálice transborda. Bondade e
misericórdia me seguirão por toda vida; e habitarei na Casa de
por muitos iamím.

Shir lamaalot (Um Cântico de ascensão)
* Este cântico, descreve os meios pelos quais Israel encontra forças, para atingir as
alturas espirituais e ascender até a esplendorosa presença de YHWH.

Tehilim 121
Shir lamaalot, essa enai el hehaim, meáin iavô ezri. Ezri meim
,
ossê shamáim vaáretz. Al iten lamot raglêkha, al ianum shomrêkha .
Hinê lo ianum velô ishan shomer Yisrael.
shomrêkha,
tzilekhá, al Yad [ie.Yahushú‟a] ieminêkha. Yomam hashêmesh lo
iakêka, veiarêach balaila.
ishmorekhá mikol ra, ishmor et
nafshêkhá.
ishmor tzetekhá uvoêkha, meatá vead olam.
Um cântico para ascensão. Elevo meus olhos para o alto, de onde virá
o meu auxílio. O meu socorro vem de
, que fez os Shamayim e a
áretz. Ele não deixará teu pé tropeçar, pois jamais se omite Aquele
que te guarda. Eis que não descuida, nem dorme o Guardião de Israel.
é tua proteção, como uma sombra te acompanha a Sua Destra;
De iom não te molestará o sol, nem sofrerás a Layla sob o brilho da
lua.
te guardará de todo o mal; Ele preservará tua alma. Estarás
sob a proteção de
ao saíres, e ao voltares, desde agora e para
todo o sempre.

Shir hamaalot ( Um cântico de ascensão )
* A longa missão de Yisrael no exílio será finalmente completada.
nos
conduzirá de volta à terra de Yisrael, a terra prometida aos nossos pais, e as
lágrimas, e o esforço de cada um para mantermos firmes, serão recompensados.

42
Tehilim 126
Shir hamaalot, beshuv
et shivat Tzion haínu kecholemim. Az
imalê sechoc pínu ul shonênu rina, az iomeru vagoim higdil
la‟assot imánu, haínu semechim. Shuvá
et shevitênu ka‟afikim
benêguev. Hazoreím bedim‟a, berina ic‟tzôru. Halokh ielekh uvakho
nosse mêshekh hazára, bo iavô verina, nosse alumotav.
Um cântico para ascensão. Quando
nos trouxe de volta à Tisiõ, a
nós, seus exilados, parecerá estar sonhando. Nosso semblante então
estampará somente alegria e nossa boca vibrará em cânticos. Dirão
então todas as nações: “Quão extraordinário é o que fez
por este
povo!” Imenso será nosso regozijo pelas maravilhas que fará por nós o
. Traze-nos de volta do cativeiro, ó
, como correntes d‟agua
que se espalham e penetram na terra sedenta(Negueb). Certamente
os que com lágrimas semeiam, hão de chegar à colheita com alegria.
Quem sai andando e chorando enquanto semeia; ao voltar, voltam
cantando, trazendo os frutos da colheita tão esperada.

Chetzí Cadish - Meio Cadish
Oração pelo Reino, liturgia Judaica

Yitgadál veitcadásh shemê rabá. Kehiláh: Oméin. Bealmá di verá
khir‟utê veiamlíkh malkhutê veiatzmách purcanê vicarêv YESHUA
Meshichê. Kehiláh: Oméin. Bechaiekhôn uv‟iomekhôn uvchaiê dekhôl
bêt Yisra‟el, baagalá uvizmán carív veim‟ru Oméin. Kehiláh: Oméin.
Exaltado e Separado seja o Seu grande Nome (Oméin), no mundo que
Ele criou por Sua vontade. Queira Ele estabelecer O Seu Reino e
determinar o ressurgimento da Sua Redenção e apressar a vinda de
Yeshua, o Seu Ungido (Oméin), no decurso da vossa vida, nos vossos
yamím e no decurso da vida de toda a Casa de Israel, prontamente e
em tempo próximo; e dizei Oméin. Congregação: Oméin.

43

Todos da kehiláh recitam
Yehê shemê rabá mevarákh lealam ulealme almaiá.
Seja o Seu Grande Nome Bendito eternamente e para todo o sempre;
Condutor
Yitbarákh veishtabách, veit‟paár, veitromam, veit‟nassê, veit‟hadár,
veit‟alê, veit‟halál, shemê decudshá berikh Hu. Kehiláh: Oméin. Leêla
min kol birkhatá v‟shiratá tushbechatá venechematá, daamirán
bealmá, veim‟rú Oméin. Kehiláh: Oméin.
Seja Bendito, Louvado, Magnificado, Exaltado, Engrandecido,
Honrado, Elevado, e Excelentemente Adorado o Nome do Cadosh,
Bendito seja Ele, (Oméin), acima de todas as bênçãos, hinos, louvores
e consolações que possam ser proferidos no mundo; e dizei Oméin.
Kehiláh: Oméin.
Devem–se dar três passos para trás, com reverência, e recitar:
Ossê shalom bim‟romav, Hú iaassê shalom alênu veal kol Yisra‟el
veim‟rú Oméin. Kehiláh: Oméin.
Aquele que faz a Shalom nas alturas, com sua misericórdia, conceda
a Shalom sobre nós e sobre todo o povo de Israel; e dizei Oméin.
Kehiláh: Oméin.

Amidáh - Oração de Benção e Súplica
(Tehilim /Salmo 51:17 , ( na bíblia João Ferreira de Almeida, no verso 15)

Neste momento todos ficam de pé, e se direcionam para Yarushalaim. É

essencial fazer essas preces com Kavaná (intenção verdadeira da alma), sem
qualquer distração. Ofereça a
a sua oferta de arrependimento, e sua ação
de gratidão a Ele.

, sefatai
haMashiach.

tiftach,

ufi

iaguid

t‟hilatekha,

B‟shem

Yeshua

, abre os meus lábios e a minha boca proferirá o Teu louvor, no
Nome de Yeshua o Messias.

44

Maguên Avraham/Escudo de Abraão
Barukh Atá,
Elohênu velohê avotênu, Elohê Avraham, Elohê
Yitzchác, velohê Ya‟acov, haEl hagadol haguibor vehanora, El Elion,
gomel chassadím tovím, conê hacol, vezokhêr chasdê avôt, umeví
goél livnê venehêm lemáan shemô beahavá. Mélekh ozêr umoshía
umaguên. Barukh atá
, maguen Avraham.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim e de nossos pais, Elohim de
Avraham, Elohim de Yitzchac, e Elohim de Ya‟acov, o Grande, o
Poderoso e Temido Elohim. O Altíssimo Elohim, que concede
benefícios, que possui tudo e recorda a bondade dos patriarcas, e que
com grande ahavá trouxe o Redentor aos descendentes desses
patriarcas, por ahavá do Seu Nome. Tu és nosso Rei auxiliador, nosso
Salvador e nosso Escudo! Bendito sejas Tu,
, Escudo de Avraham.

Atáh Guibôr/ Tu és Poderoso YHWH
Atá Guibôr leolam,
, mechaiêh metím atá, rav lehoshía. Mekhalkêl
chaím bechêssed, mechaiêh metím berachamím, rabím, somêch
noflím, verofê cholím; umatir assurím, umcaiêm emunatô lishenê afár.
Mi khamôkha, báal guevurôt, umi dôme lakh, Mélekh memit umchaiêh
umatzmíach y‟shuáh. Barukh atá,
, mechaiêh hametím.

Tu
, és Poderoso para sempre; és Tu, que ressuscitas os mortos
e és Poderoso para Salvar. Tu sustentas os vivos com misericórdia,
da vida aos mortos com grande piedade, levanta os caídos e saras os
doentes; libertas os que estão em escravidão e confirmas a Tua
fidelidade aos que dormem no pó. Quem é como Tu, Dono de todo
Poder? Ou quem pode ser comparado a Ti, ó Rei, que tiras e restituis
a vida, e que fazes florescer a salvação? Bendito sejas Tu,
, que
ressuscitas os mortos.

Quedusháh haShem

(Santificar o Nome de

)

Atáh Cadosh v‟Shimcháh Cadosh, uk‟doshim bekhôl iom iehalelúkha
sêlah. Ki El Mélekh Gadol v‟Cadosh. Barukh atá
, haÉl haCadosh.

45
Tú és Cadosh, o Teu Nome é Cadosh, e os k‟doshim Te exaltam
constantemente, porque Tu és o Poderoso, o Grande Rei, e Cadosh.
Bendito sejas Tu,
, o Poderoso, o Cadosh.

Kedushát hayom haShabat
Separação do Yom de Shabat

Yismechú vemalkhutach shomrê shabat vecoreê oneg. Am
mecadeshê shevií, kulam isbeú veit‟anegú mituvakh, vehashevií
ratzíta bo vekidashtô, chemdát iamim otô caráta, zêkher lemaassê
vereshít. Elohênu velohê avotênu, retzêh na vim‟nuchatênu,
cadeshênu bemitzvotêkha, sim chelkênu betoratakh, sabeênu
mituvakh, samêach nafshênu bishuatakh, vetaher libênu leovdakh
beemêt. Vehanchilênu
Elohênu
beahaváh
uvratzon
shabat
codshêkha, veianúchu vo kol Yisra‟el, mecadeshê shemêkha. Barukh
atáh ,
mecadesh haShabat.

Alegrar-se-ão com Teu Reino os que guardam o Shabat e o qualificam
uma delícia. O povo que separa o iom de shabat, todo ele se fartará e
se alegrará com o Teu bem, porque te comprazes com o iom de
shabat e o separaste; e o denominaste, “Desejado dos Yamím”, em
recordação à obra da Criação. Nosso Elohim e Elohim de nossos pais,
rogamos-Te, agrada-Te em nosso repouso; purifica-nos com Teus
mandamentos e coloca a nossa parte em Tua Torá; faz-nos saciar de
Tua bondade, alegra a nossa alma com a Tua salvação e purifica o
nosso coração para Te servir de verdade; e faz-nos herdar, ó
nosso Elohim, com ahavá e agrado, o Shabat da Tua pureza, e folgue
nele todo Israel o qual separa o Teu Nome. Bendito sejas Tu,
,
que purifica o Shabat.

Retzêh/aceitação de adoração
Retzêh
Elohênu beamekhá Yisra‟el velit‟filatam sheê, vehashev
ha-avodáh lidvir betêkha, veishê Yisra‟el ut‟filatam mehera beahavá
tecabel beratzon, utehí leratzon tamid avodat Yisra‟el amêkha.
Veatáh,
berachamêkha
harabim,
tachpotz
bánu
vetirtzênu,
vetechezêna enênu beshuvkhá letziôn berachamim. Barukh atáh,
hamachazir shekhinatô letziôn.

46
Seja aceitável perante Ti, ó
, nosso Elohim, o teu povo Israel e
receba suas orações. Restaura o serviço no palácio de Tua Casa, a
fim de que as ofertas queimadas de Israel e suas preces possam ser
rapidamente aceitas por Ti, com ahavá e favor; e que o serviço
religioso de Teu povo Israel seja sempre aceitável perante Ti. E Tu,
em Tua infinita misericórdia, sê bondoso para nós, acolhe-nos
favoravelmente, e que os nossos olhos possam ver a Tua volta á Sião
com misericórdia. Bendito sejas Tu,
que restauras a Tua
Shekhiná á Sião.

Modim/ Agradecidos
Modim anáchnu lakh, sheatá hu
Elohênu velohê avotênu leolam
vaed, tzurênu tzur chaiênu, umaguên ish‟ênu ata hu ledor vador. Node
lekhá unsaper tehilatêkha, al chaiênu hamessurím beiadêkha, veal
nishmotênu hapecudôt lakh, veal nissêkha shebekhol iom imánu, veal
nif‟leotêkha vetovotêkha shebekhol et, êrev vavôker vetzahoráim,
hatôv, ki lô khálu rachamêkha, hamerachem, ki lo támu chassadêkha,
ki meolám kivínu lakh. Veal kulam itbarákh veitromám veitnassê
tamid, shimkhá malkênu leolam vaed, vekhôl hachaim iodúkha sêla.

Nós reconhecemos humildemente que Tu és o
, nosso Elohim e
Elohim de nossos pais, para todo o sempre. Tu és o nosso rochedo, a
rocha da nossa vida e o escudo da nossa salvação. De geração em
geração nós Te agradecemos e entoamos os Teus louvores, pela
nossa vida que está em Tuas mãos e nossa alma que Tu preservas;
pelos milagres que fazes diariamente em nosso favor; pelas
maravilhas e pelas bondades que nos concedes a toda hora- de
manhã, ao meio-iom e à layla. Elohim bondoso, a Tua compaixão é
infinita, as Tuas misericórdias nunca cessam, e a nossa esperança
será eternamente em Ti. E por todas estas coisas seja o Teu Nome
Abençoado constantemente, Exaltado e Enaltecido, ó Rei nosso, para
todo o sempre, e que todos os seres vivos Te rendam ações de
gratidão.

47

Sim Shalom/ Estabelece Shalom
Sim shalom továh uvrakhá, chaim chen vachêssed verachamim alênu
veal kol Yisra‟el amêkha. Uvarkhênu avínu, kulánu keechad beôr
panêkha ki veôr panêkha natáta lánu
Elohênu, toráh vechaim,
ahaváh vachêssed, tzedacá verachamim, berakhá veshalom. Vetov
beenêkha levarkhênu, ulvarêkh et kol amekhá Yisra‟el, berov oz
veshalom. Barukh atah
, hamevarêkh et amo Yisra‟el bashalom,
Oméin.

Estabelece Shalom, bem-estar e benção, vida, compaixão, favor e
misericórdia sobre nós e sobre todo o Teu povo Israel, e abençoa-nos,
com a Luz da Tua Presença; porque com o Brilho desta mesma
Presença nos deste, a Tora da Vida, e ahavá benevolente, justiça, e
misericórdia, benção e shalom. E seja agradável a Teus olhos,
abençoar o Teu Povo Israel em todo tempo e a toda hora com o Teu
Shalom. Bendito sejas Tu,
, que abençoa o Seu povo Israel com
Shalom. Oméin

Elohai Netzôr leshoni / O Poderoso, que purifica os lábios
- Esta prece demonstra o encerramento da Amidáh, deve ser recitada de forma audível, mas em
voz baixa, e cada pessoa recita em seu próprio ritmo.

Elohai, netzôr leshoni mera, vesiftotai midaber mirmá, velimcalelái
nafshi tidôm, venafshi keafar lakol tihiê, petách libí betoratêkha,
veacharê mitzotêkha tirdôf nafshí. Vekhol hacamim, alái leraá,
meherá hafer atzatám vecalkel machshevotám. Assê lemáan
shemákh, assê lemáan ieminákh, assê lemáan toratákh, asse lemáan
kedushatákh, lemáan iechaltzun iedidêkha. Hoshía ieminkhá vaanêni.
Yihiú leratzon imrê-fi veheguiôn libí lefanêkha,
tzuri vegoalí.

Meu Elohim preserva a minha língua de calúnias e os meus lábios de
duplicidade. Faze que a minha nefesh fique calma em presença dos
malévolos e em todas as ocasiões seja ela humilde como o pó. Que o
meu coração ame a Tua Torah e minha nefesh tenha sede dos Teus
mandamentos. Aniquila os projetos daqueles que me querem mal e
destrói os seus desígnios. Atende-me por ahavá ao Teu Nome, por
ahavá à Tua Destra (Yeshua), por ahavá à Tua Torah, por ahavá a Tua

48
pureza e para que se regozijem os Teus amados. Que as palavras da
minha boca e as meditações do meu coração te sejam agradáveis, ó
, meu Protetor e meu Redentor.

B‟rakhot lekriat haHaftaráh
Benção para leitura dos Profetas
- Recomendo que se faça, a leitura dos Tehim/Salmos, referente à porção da semana, podendo lêlo no mesmo instante do texto da Hafatará, ou se for outro leitor, que vai ler o Tehilim, deverá
fazer a benção novamente.

Condutor
Barukh atáh
Elohênu Mélekh haOlam, ashér bachar bineviím
tovim veratza bedivrehem haneemarim beemet. Barukh atáh
,
habocher batoráh uv‟Moshêh avdo, uv‟Yisrael amô, uviNeviím haemet
vehatzêdec. B‟shem Yeshua hamashiach. Kehiláh: Oméin.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim Rei do Universo, que escolheu
bons profetas e se agradou com suas palavras que foram proferidas
em verdade. Bendito sejas Tu,
, que escolheu a Toráh, Teu servo
Moshê, Teu povo Israel, e os profetas da verdade e da justiça. Em
Nome de Yeshua o Messias. Kehiláh: Oméin
* Após a porção dos profetas ser lido, recita-se:
Barukh atáh
Elohênu Mélekh haOlam, Tzur kol haolamim, tzadic
bekhol hadorot, hael haneeman, haomer veosse, medaber umcaiem,
ki khol devarav emêt vatzêdec. Barukh atáh
, HAEL haneeman
bekhol devaraiv. Kehiláh: Oméin

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim, Rei do Universo, Rochedo de
todos os mundos, justo em todas as gerações. Elohim fiel que realiza
o que anuncia que promete e cumpre, e que todas as Suas palavras
são verdade e justiça. Bendito sejas Tu,
, o Poderoso que é fiel
em todas as Suas palavras. Kehiláh: Oméin

49
Berakhot lekriat haB‟rit Chadasháh
Benção para leitura do Pacto Renovado

Condutor

Barukh atáh
Elohênu Mélekh haOlam, ashér bachar sh‟lichim
netzarim. Veshalákh lânu Yeshua Meshichênu et Torat Chaim. B‟shem
Yeshua haMashiach. Oméin.

Bendito sejas Tu,
, nosso Elohim, Rei do Universo, que
escolheste emissários natzart, e enviaste Yeshua, nosso Messias, à
Torá Viva. Em Nome de Yeshua o Messias. Oméin
* Após a porção do B‟rit Chadasháh ser lido, recita-se:
Barukh atáh
, noten haB‟rit Chadasháh. Kehiláh: Oméin

Bendito sejas Tu,
Oméin

, doador da Aliança Renovada. Congregação:

Momento de comunhão (TODOS PARTICIPAM)
-Seleção de cânticos e danças Yisraelitas
-Interpretações de sonhos e visões
-Testemunhos, para engrandecer o Nome de
-Palavra de sabedoria, de conhecimento, exortação, edificação e consolação.
-Ministração do Birkat Cohanim (Benção Sacerdotal)
-No final é servido uma refeição fraternal de shabat, comida e lanches kasher.

B‟rakháh l‟Kahal - Benção para o Kahal
-Para dar a benção sobre a kehiláh, é convidado o Zaqen (Ancião Separado), e por fim se
não tiver, o Rosh, líder da Kehiláh o pode fazer.

Mi Sheberakh avotênu Avraham Yitzchac veYa‟akov, uMoshêh
veAharon
veDavid
uShalomôh,
vekhol
hakehilot
hakedoshot
vehatehorot, hu ievarekh et kol hakahal hacadosh hazê, guedolim
uctanim, hem unshehêm uvnehêm vetalmidehêm, vekhol ashér lahem.

Aquele que abençoou os nossos pais Avraham, Yitzchak e Ya‟akov,
Moshêh e Aharon, David e Shalomôh e todas as puras e kedoshot
(santas) congregações, abençoe a todos vós membros desta
congregação cadosh, grandes e pequenos, os vossos filhos, vossas
mulheres e vossos Talmidim, e a tudo que vos pertence.
- O Hazan pode recitar vários outros cânticos, e todos se alegram mutuamente.
- Logo mais, a kehiláh ou chavuráh, se prepara para realizar o Havdaláh.

50

Havdáh
Despedida do Shabat

POR YISHAY DE OLIVEIRA
Introdução

A Havdalá, palavra cuja origem vem do hebraico Le‟Havdil (separar ou
diferenciar). Ou seja, “Havdalá” significa “separação”, e indica a celebração de
encerramento do Shabat, “separando-o dos demais iamím da semana”, marca
também o fim de todas as leis especiais, e as proibições relativas ao Shabat. É
uma prática milenar do povo Israelita, praticada também pela Kehiláh Natzrat do
primeiro século, como o vemos descrito em Masseh Sh‟lichim/ Atos 20:7-8. no
verso 7, diz : “Logo após o Shabat...” (expressão hebréia, utilizada até hoje em
algumas liturgias, que significa o inicio do “primeiro iom da semana”, uma vez
que no calendário da Escritura Cadosh (Toráh), o pôr do Sol de Shabat,
representa o início do Yom Rishon(Primeiro iom) da semana, que por influencia
Romana, mudou-se o nome para Domingo), estando nós reunidos com o fim de
partir o pão(ie. Kidush)...”. verso 8. “Havia muitas tochas no cenáculo onde
estavam reunidos.” A expressão “tochas” ou “luzes”, conforme algumas
traduções usam, nos indica primeiramente, que o texto confirma a celebração de
Havdaláh no Shabat ao “por do Sol”, e não no domingo de manhã. Entre sombras
e luzes produzidas pela chama de uma vela comprida e trançada, pronunciam-se
quatro bênçãos, todas relacionadas com os nossos sentidos: a primeira sobre
uma bebida – geralmente vinho (ou suco de uva); a segunda sobre especiarias ou
uma planta perfumada; a terceira, sobre a luz da chama; e a quarta e última, em
louvor a Elohim, confiantes que Ele nos dará a força e a determinação para
enfrentar os desafios da nova semana. Após essa cerimônia, é permitido
recomeçar a rotina semanal do viver cotidiano.

51
Celebrando a Havdaláh
Acende-se a vela de Havdaláh. Em algumas comunidades, é uma criança que
segura à vela de Havdaláh. Em seguida, levanta-se uma taça com vinho e recitase: Yeshayahu/Is.12:2,3; Sl3:9; Sl 46:12; Sl 84:13; Sl 20:10; Hadassá/Ester 8:16; Sl 116:13

Hinê El yeshuatí, evtách velô efchád, ki ozi vezimrát Yáh
, vaiehi
li lishuáh. Ush‟avtêm máim bessassôn, mimaaienê haieshuáh. L‟
hayeshuáh; al amêkha virkhatêkha, sêla.
Tzeba‟ot imânu, misgáv
lânu, Elohê Ya‟acov, sêla.
Tzeba‟ot, ashrê Adam botêach bákh.
Hoshíah; HAMÉLEKH iaanênu veiom corênu.
Eis que Elohim é minha Salvação; Nele confiarei e não temerei, pois
é a minha força e o meu cântico,
se tornou minha Salvação.
A
pertence à salvação, sobre Seu povo recaia a Sua bênção para
todo o sempre, selá. O
dos Exércitos está conosco; O Elohim de
Ya‟acov é nossa fortaleza. Ó
dos Exércitos! Feliz é o homem que
confia em Ti. Salva, ó
! Responde-nos, ó Rei, no iom em que Te
invocarmos.
Os presentes recitam o seguinte verso, em voz alta e o condutor o repete:

L‟Yisra‟el Yeshua Or vessimchá vessassôn, vicar; kên tihiêh lânu. Côs
yeshuôt essá uvshem
ecrá.
Para Israel, Yeshua é a Luz, Alegria, Regozijo e Preciosidade; Assim
seja conosco também. Beberei do cálice da Salvação e invocarei o
Nome de

B‟rakhá do Vinho
Com a taça levantada, com a mão direita recita-se:

Barukh atáh
Oméin.

Elohênu, Mélekh haOlám, borê p‟ri haguêfen. Kehiláh:

Bendito sejas Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste o
fruto da videira. Kehilah: Oméin.
Neste momento todos bebem, deixando um restante do vinho para o final da
cerimônia.

52
O condutor, pega as especiarias “bessamim” (um recipiente contendo; um pouco
de cravo, canela e outras ervas aromáticas) e diz:
Para nós Israelitas Natzart, os bessamim lembram, primeiramente o “renovo
espiritual” que recebemos de Elohim durante o shabat, através do envio da Sua
Ruach haCodesh sobre nós, “perfumando-nos” de modo especial, durante este
iom, com Sua preciosa presença.” Além disso, nos lembra o que Rab. Shaul
haShaliach, escreveu em II Coríntios 2:15: “Porque somos o BOM PERFUME DO
MASHIACH para
, tanto nos que se salvam, como nos que se perdem”.
Lembrando-nos que devemos ser “o Bom perfume de Yeshua o Messias, nesta
próxima semana que se inicia”, tanto para os irmãos da emunáh/fé, como para os
que estão no mundo. Que todos sintam em nosso testemunho, o “aroma de
,
e dêem louvores a Seu Nome, e ao Nome do Cordeiro Yeshua haMashiach”.
O condutor e toda kehiláh, sentem o cheiro das especiarias, e recita-se:

B‟rakhá das especiarias
Barukha atáh
Kehiláh: Oméin

Elohênu, Mélekh HaOlam, borê minê vessamim.

Bendito és Tu
, nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste
diversos tipos de especiarias. Kehiláh: Omeín
Ergue-se a vela especial de Havdaláh (geralmente uma criança) e o condutor diz:

“Sendo este momento o início de uma nova semana, estas luzes representam o
primeiro ato Elohim na Criação, que marcou o primeiro iom da semana: “A
Criação da Luz”. “Além disso, esta chama recorda-nos do que Yeshua diz em
Matitiyahu 5:14 - 16: “Vós sois a luz do mundo . Não se pode esconder uma cidade
situada sobre um monte. Nem se ascende uma candeia para colocá-la debaixo do
alqueire, mas no candelabro, e assim ela brilha para todos os que estão na casa.
Assim, do mesmo modo a vossa luz resplandeça diante dos homens, para que,
vendo as vossas boas obras eles exaltem vosso avinu que está nos Shamayim”.
Estas palavras nos lembram a importância, de que nesta nova semana que inicia,
sejamos mais ainda a “Luz do Mundo”, refletindo o maravilhoso caráter de
Yeshua.

B‟rakhá do fogo
Barukh atáh
Kehiláh: Oméin

Elohênu, Mélekh

HaOlam, borê meorê haêsh.

Bendito és Tu,
nosso Elohim, Rei do Universo, que criaste
luminares de luz. Kehiláh: Oméin

53
Levanta-se novamente, a taça (sempre com a mão direita) de vinho e abençoa-se:

B‟rakhá de separação
Barukh atáh
, Elohênu, Mélekh haOlam, hamavdil bên côdesh
lechol uvên or lechôshekh, uvên Yisra‟el laamím, uvên iôm hashevií
leshêshet iemê hamaassê. Barukh atáh
, hamavdil bên côdesh
lechôl. B‟shem Yeshua haMashiach. Oméin
Bendito és Tu,
Cadosh do profano,
sétimo iom (shabat)
que distingue entre
Messias. Oméin

, nosso Elohim, Rei do Universo, que separas
a luz das trevas, Israel dos demais povos, e
dos seis iamím de trabalho. Bendito és Tu,
o Cadosh e o profano. Em Nome de Yeshua

o
o
,
o

Todos bebem o restante do vinho, somente o condutor deve deixar um restante,
derramando-o sobre um prato ou pires, apagando a vela no mesmo.

O Condutor diz
A luz se foi, e o Shabat com ela, mas a esperança ilumina a Layla
para nós. Virá um Shabat sem Havdaláh, um Shabat Esplendoroso, e
junto com este Shabat, virá a Shalom e o Ahavá, e estes duraram para
todo o sempre. O realizador deste Shabat, é o Mashiach desejado,
Yeshua Ben David, e com esperança e confiança invocamos em
canção:

Cântico Eliyahu HaNavi
Eliyahu HaNavi, Eliyahu HaTishbi, Eliyahu HaGuiladi. Bim‟herá iavô
elênu, Im Mashiach Yeshua Ben David
Eliyahu, O Profeta, Eliyahu, o Tisbita, Eliyahu, o Gileadita.
Virá brevemente a nós, com o Messias Yeshua Filho de David.
No final da canção, todos se comprimentam, dizendo:

SHAVUÁH TOV!!
Uma boa semana, uma semana de Shalom!