You are on page 1of 2

as Reconstruções globais espacialmente resolvidas dos padrões anuais de

temperatura da superfície ao longo dos últimos seis séculos são baseados
na calibração multivariada de indicadores amplamente distribuídos clima
proxy de alta-resolução. Tempo-dependente
correlações das reconstruções com registros de séries temporais que
representam alterações nas concentrações de gases de efeito estufa,
irradiação solar, e aerossóis vulcânicos sugerem que cada um destes
factores tem contribuído para a variabilidade de clima
Nos últimos 400 anos, com gases de efeito estufa emergentes como o
dominante forçando durante o século XX. norte
Hemisfério temperaturas médias anuais para três dos últimos oito anos são
mais quentes do que qualquer outro ano desde (pelo menos)
AD 1400.
Sabendo ambos os padrões espaciais e temporais da mudança climática
ao longo dos últimos séculos continua a ser uma chave para avaliar um
possível
impacto antropogénico na climate1 pós-industrial. Além de
a possibilidade de o aquecimento devido ao aumento das concentrações de
gases de efeito estufa durante o século passado, há evidências de que
tanto irradiância solar e vulcanismo explosivo têm desempenhado um
parte importante em forçar variações climáticas ao longo dos últimos
centuries2,3. "Variabilidade natural" Os não-forçados do sistema climático
também pode ser muito importante em multidecadal e do século
timescales4,5. Se uma descrição empírica fiel da variabilidade climática
poderiam ser obtidos para os últimos séculos, a mais confiante
estimativa pode ser feita de os papéis dos diferentes forças externas
e fontes internas de variabilidade no clima passado e recente.
Como os dados climáticos instrumentais generalizados estão disponíveis
para
apenas cerca de um século, devemos usar indicadores do clima de proxy
combinado com os registros instrumentais muito longas que estão
disponíveis
para obter uma descrição tão empírica do clima em grande escala
variabilidade durante séculos passados. Uma variedade de estudos têm
procurado

usar uma abordagem 'Multiproxy' para entender o clima a longo prazo variações. com base na calibração de redes de dados Multiproxy pela padrões dominantes de variabilidade da temperatura no instrumental registro. através da análise de um conjunto amplamente distribuído de procuração eindicators1. 1a) a coleção de annualresolution veja pesquisadores informações . e em seguida. Com base nesses estudos anteriores. nós tirar uma nova abordagem estatística para reconstruir os padrões globais de temperatura anual de volta ao início do século XV. anteriormente estão por muitos disponíveis: A rede inclui (Fig. analisamos os padrões espaço-temporais de clima mudar ao longo dos últimos 500 anos. variações de aerossóis vulcânicos.5-8 clima instrumental para produzir insights sobre a longo prazo variações climáticas globais. tomar uma abordagem empírica para estimar a relação entre as mudanças da temperatura global. Usando estes temperatura global anual estatisticamente verificável reconstruções. individualmente recolhidos e analisados paleoclimáticas (Detalhes e referências complementares). Dados Nós usamos uma rede Multiproxy constituído por HighQuality amplamente distribuído indicadores do clima procuração anual resolução. irradiância solar e gases de efeito estufa concentrações durante o mesmo período.