You are on page 1of 49

À descoberta

do turismo…
Como definir um turista?

 A ONU: Organização das Nações Unidas


- define Turista como sendo “toda a
pessoa que ingresse no território de uma
localidade diferente daquela em que tem
residência habitual e nela permaneça
pelo prazo mínimo de 24 horas e máximo
de 6 meses, no decorrer de um ano, (…)
sem propósito de imigração.
Um turista à descoberta de…

Novas culturas

Novos lugares, paisagens


Factores que influenciam a
actividade turística:

 Factores físicos –
. Relevo (turismo aventura, montanhismo)
. Clima (turismo balnear, turismo de Inverno)
. Água ( águas termais; praias fluviais, …)
. Vegetação ( turismo ambiental/ecológico)

 Factores humanos –
. Infra-estruturas e equipamentos;
. A publicidade/ operadores turísticos;
Factores que contribuem para o aumento
da actividade turística:

 A liberalização na circulação das


pessoas;
 Maior facilidade na Mobilidade das
pessoas;
 Alterações nos hábitos de vida;
 Aumento dos tempos livres – direito a
férias;
Turismo Cultural
Museu do Louvre, França

Turismo recreativo

Rafting na Catalunha
Turismo ambiental

Turismo religioso

Rio Grande Brasil

Culto religioso em Meca


Principais formas de turismo

 Turismo balnear (litoral);


 Turismo de montanha;
 Turismo cultural;
 Turismo de negócios e congressos;
 Turismo religioso;
 Turismo termal;
 Turismo rural / ecológico, de aventura,
Principais pólos turísticos no Mundo
Principais fluxos turísticos
Os principais destinos turísticos
Milhões de chegadas de turistas
Milhões de chegadas de
turistas

Países

Fonte: Organização Mundial de Turismo,


Receitas do Turismo
Impactos positivos da actividade
turística:

 Criação de emprego;

 Promoção de produtos locais/regionais;

 Desenvolvimento de infra-estruturas;

 Desenvolvimento económico (regiões, países);


Aspectos menos positivos da
actividade turística
 Criação de emprego instável - carácter sazonal;
 Dependência e investimento externo – instabilidade
em épocas de crise;
 Problemas ambientais:
. Destruição de ecossistemas;
. Contaminação de recursos hídricos;
. Aumento de resíduos (lixos);
. Especulação imobiliária
Sustentabilidade da Actividade Turística
Um Mundo cheio
de ofertas …….
O Turismo nos E.U.A

Grand Canyon

Hotel Veneza em Las Vegas


Longe de tudo…
Uma forma de turismo ambiental
No Canadá

No Brasil, floresta Amazónia


Egipto

S. Tomé e Príncipe
O safari no Quénia
A Tunísia
O abismo entre
a riqueza das
estâncias e

a pobreza da
população
Torre de pisa
em Itália

Moscovo, Catedral
de S.Basilio

Àrea protegida de
Kysuce, Répública
Eslovaca

Estância de esqui
na Suiça
Países do Mundo
Portugal, um convite
á descoberta…
A importância da publicidade
Turismo em Portugal
Factores turísticos de Portugal
Regiões turísticas de Portugal
Evolução do nº de turistas que visitam
Portugal
Turistas estrangeiros, por países de origem,
que normalmente, visitam Portugal

Bélgica; 2,30%
EUA; 2,40% Outros; 14,90%
Suécia; 2,50%
Itália; 3,10%
Irlanda; 4,80%
França; 5,20% Reino Unido; 31,80%

Países Baixos; 7,20%

Espanha; 9,30%
Alemanha; 16,80%

Fonte: Ine
Turismo Balnear no Algarve

As estâncias termais
Palácio da Pena, Sintra
Aldeia do Piódão, Arganil

Santuário de Fátima

Praia da Rocha, Algarve


Ao encontro da aventura….
Desportos radicais
Circuito de
BTT na Foz do
Arelho
O Turismo em espaço rural, um escape à sazonalidade
Turismo Rural
O Turismo no Espaço Rural

O Turismo no Espaço Rural : Tipo de turismo que


se desenvolve em áreas rurais. Inclui o turismo de
habitação, o agro-turismo e o turismo cinegético.

Esta actividade tem como objectivo principal,


oferecer ao turista a oportunidade de reviver as
práticas, os valores e as tradições culturais e
gastronómicas das sociedades rurais, com um
acolhimento personalizado e lucrativo com a sua
hospedagem.
O turismo no espaço rural têm vindo nos últimos anos a
desenvolver um conjunto muito diverso de actividades
específicas, sendo elas apoiadas por diversos
incentivos financeiros, quer governamentais e quer
comunitárias.
O Turismo no Espaço Rural
Visto pela perspectiva do desenvolvimento
rural leva-nos a concluir que o turismo no espaço
rural é uma das actividades mais bem colocadas
para assegurar a revitalização da economia rural,
sendo tanto mais forte, quanto conseguir
endogeneizar os recursos, a história, as tradições
e a cultura de cada região. Não é só um factor de
diversificação das actividades agrícolas mas sim
também um factor de Pluriactividade, através da
dinamização de um conjunto de outras actividades
económicas que dele são tributárias e que com ele
interagem.
Características do Turismo no Espaço Rural

 O Turismo no Espaço Rural deve ser:

 Situado sempre em zonas rurais;


 Encarado à escala rural do ponto de vista da dimensão e das
características arquitectónicas e dos materiais construtivos típicos
da região;
 Ligado às estruturas sociais ditas tradicionais, isto é, as que
conservam as características do meio, os valores, modos de vida e de
pensamento das comunidades rurais.
 Sustentável, na medida em que o seu desenvolvimento deve ajudar a
manter as características rurais da região.
 Diferenciado de acordo com a diversidade do ambiente, da economia e
com a singularidade da história, das tradições e da cultura popular;
 De acolhimento personalizado tendo por base a tradição de bem
receber da comunidade em que se insere.
Turismo de Habitação

Serviço de hospedagem de
natureza familiar, prestado
a turistas em casas antigas
particulares que, pelo seu
valor arquitectónico,
histórico ou artístico, sejam
representativas de uma
determinada época,
nomeadamente, os solares e
casa apalaçadas
Agro - turismo

Serviço de hospedagem
prestado a turistas em
casas particulares
integradas em
explorações agrícolas,
que permitam aos
hóspedes o
acompanhamento e
conhecimento da
actividade agrícola ou a
participação nos
trabalhos aí
desenvolvidos.
Outras Modalidades

Consideram-se ainda no âmbito do T.E.R. (Turismo


no Espaço Rural)

 Os empreendimentos turísticos no espaço rural


"Hotéis rurais" e "Parques de Campismo Rurais";

 As actividades de animação ou diversão que se


dedicaram à ocupação dos tempos livreis dos
turistas e contribuam para a propagação da
região.
Dormidas no
TER segundo o
mês do ano NUT
II

Fonte:INE
Principais factores que suscitam o desenvolvimento de
uma procura crescente do turismo rural

 Interesse crescente pelo património;


 Melhoria das infra-estruturas de acesso das comunicações;
 Maior sensibilidade para as questões ligadas à saúde e ao
seu relacionamento com a natureza;
 Abertura e receptividade às questões ecológicas;
 Maior interesse pelas especialidades gastronómicas de cariz
tradicional;
 A busca da paz e da tranquilidade;
 A procura da diferença e das soluções individuais por
oposição às propostas de massa;
O Turismo Rural e seu impacto local/regional:

. A sustentação do rendimento dos agricultores;


. A pluriactividade ( agricultura/artesanato;…);
. A manutenção, a criação e a diversificação de empregos, em
particular dos agricultores a tempo parcial;
. O desenvolvimento de novos serviços (de informação, de transporte,
de comunicações, de animação, etc.);
. A conservação e a melhoria da natureza e do ambiente paisagístico;
. A sobrevivência dos pequenos agregados populacionais;
. A recuperação do património histórico;
. O incremento do papel das mulheres e dos idosos;
. A revitalização das colectividades, através do surgimento de novas
dinâmicas, ideias e iniciativas.
Condições Determinantes de Sucesso
•Interesse da paisagem :Especificidade da fauna e flora autó
autóctones;
• Respeito e harmonia da rusticidade do conjunto das construç
construções, bem como dos materiais
utilizado;
• Interesses culturais, tais como monumentos e locais histó
históricos, festas e romarias,
patrimó
património étnico, etc;
etc;
• Qualidade das instalaç
instalações de acolhimento e hospedagem e competência dos serviç
serviços
prestados;
• Possibilidade de participaç
participação na vida activa das exploraç
explorações agrí
agrícolas.

•Proximidade de agregados populacionais e de pó


pólos de comé
comércio local;
Condiç
Condições para prá
práticas desportivas ou de lazer (caç
(caça, pesca, passeios, etc.);
• Intervenç
Intervenção activa dos poderes pú
públicos locais, bem como das associaç
associações de
desenvolvimento local, no sentido de assegurar as necessá
necessárias benfeitorias colectivas;
• Competência e eficá
eficácia na promoç
promoção da região e na comercializaç
comercialização das unidades
existentes;
spas

Turismo sénior