www.celsovasconcellos.com.

br

Bibliografia sobre Planejamento/Projeto
[Atualizada em fevereiro de 2007]

1—Fundamentos do Planejamento/Abordagem mais Geral AEC do BRASIL. Planejamento e Participação. Revista de Educação AEC, n. 54. Brasília, AEC, 1984. AEC do BRASIL. Planejamento: Educando para a participação. Revista de Educação AEC, n. 75. Brasília, AEC, 1990. BAPTISTA, Myrian Veras. O Planejamento Estratégico na Prática Profissional Cotidiana. In: Serviço Social e Sociedade, n. 47. São Paulo: Cortez, 1995. BAPTISTA, Myrian Veras. Planejamento Social: intencionalidade e instrumentação. São Paulo: Veras Editora, 2000. BAPTISTA, Myrian Veras. Planejamento: introdução à metodologia do planejamento social, 3a ed. São Paulo: Moraes, 1991. BARBIER, Jean-Marie. Elaboração de Projetos de Acção e Planificação. Porto: Porto Editora, 1996. BLOCH, Ernst. O Princípio Esperança, vol. 1. Rio de Janeiro: EdUERJ/Contraponto, 2005. BOUTINET, Jean-Pierre. Antropologia do Projecto. Lisboa: Instituto Piaget, 1996. (há edição pela Artmed) BRIGHENTI, Agenor. Metodologia para um Processo de Planejamento Participativo. São Paulo: Paulinas, 1988. CABELLO, Miguel, ESPINOZA, Eduardo e GÓMEZ, Justino. Manual de Planejamento Pastoral. São Paulo: Paulinas, 1987. CARVALHO, Adalberto Dias de. A Educação como Projecto Antropológico . Porto: Afrontamento, 1992. CARVALHO, Adalberto Dias de. Projectos, Objetos e Modelos em Educação. In: Epistemologia das Ciências da Educação. Porto: Afrontamento, 1988. CARVALHO, Adalberto Dias de. Uma diferença de Paradigma. In : CARVALHO, A.D. (org.). A Construção do Projecto de Escola. Porto, Porto Editora, 1993. CARVALHO, Adalberto Dias de. Utopia e Educação. Porto: Porto Editora, 1994. CASTORIADIS, Cornelius. A Instituição Imaginária da Sociedade , 4a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. CORAZZA, Sandra M. Planejamento de Ensino como Estratégia de Política Cultural. In: MOREIRA, Antonio Flavio B. (org.). Currículo: Questões Atuais. Campinas, Papirus, 1997. DAVIES, Ivork. O Planejamento de Currículos e seus Objetivos . São Paulo: Saraiva, 1979. DEMO, Pedro. Participação é Conquista, 3a ed. São Paulo: Cortez, 1996.

DIAZ

BORDENAVE, Juan e CARVALHO, Horário M. Comunicação e Planejamento, 2a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. FERREIRA, Francisco Whitaker. Planejamento sim e não, 5a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985. FONSECA, António M. Personalidade, Projectos Vocacionais e Formação Pessoal e Social. Porto, Porto Editora, 1994. FRANKL, Viktor. Um sentido para a vida - Psicoterapia e Humanismo . Aparecida: Ed. Santuário, 1989. FREIRE, Madalena et alii. Avaliação e Planejamento: a prática educativa em questão. São Paulo: Espaço Pedagógico, 1997. FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação, 4a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997b. FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido, 7a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981b. FUSARI, José C. O Papel do Planejamento na Formação do Educador . São Paulo: SE/CENP, 1988. FUSARI, José C. O Planejamento Educacional e a Prática dos Educadores. Revista da Ande, n. 8. São Paulo: 1984. GALLO, Edmundo (org.). Razão e Planejamento - reflexões sobre Política, Estratégia e Liberdade. São Paulo: Hucitec, 1995. GARDNER, Howard. A Nova Ciência da Mente: uma história da revolução cognitiva. São Paulo: Edusp, 1995: GIMENO SACRISTÁN, J. El Curriculum: una reflexión sobre la práctica , 5a ed. Madrid, Morata, 1995. (Edição brasileira: Porto Alegre: Artmed, 1998) GIMENO SACRISTÀN, J. Explicação, Norma e Utopia nas Ciências da Educação. Cadernos de Pesquisa (44). São Paulo: Fundação Carlos Chagas, fev. 1983. GRAMSCI, Antonio. Os Intelectuais e a Organização da Cultura , 4a ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982. GVIRTZ, Silvina e PALAMIDESSI, Mariano. El ABC de la Tarea Docente: Currículum y Enseñanza. Buenos Aires, Aique, 1998. HERNANDEZ, Ivane Reis C. Planejamento: Compromisso com a Ação. In: ENRICONE, Delcia & alii. Ensino - Revisão Crítica. Porto Alegre, Sagra, 1988. HUERTAS, Franco. O Método PES: entrevista com Carlos Matus . São Paulo: FUNDAP, 1996. KONDER, Leandro. O que é Dialética, 2a ed. São Paulo: Brasiliense, 1981.

LOPES, Antonia O. Planejamento do Ensino numa Perspectiva Crítica da Educação. In: VEIGA, Ilma P.A. (coord.). Repensando a Didática. Campinas, Papirus, 1988. LUCKESI, Cipriano C. Elementos para uma Didática no Contexto de uma Pedagogia para a Transformação. In: Simpósios da III Conferência Brasileira de Educação. São Paulo: Loyola, 1984. LUCKESI, Cipriano C. Planejamento, Execução e Avaliação no Ensino: a busca de um desejo. In: Avaliação da Aprendizagem Escolar. São Paulo: Cortez, 1995. MACHADO, Nílson J. Educação: Projetos e Valores. São Paulo: Escrituras Editora, 2000. MACHADO, Nílson J. Sobre a Idéia de Projeto. In: Cidadania e Educação. São Paulo: Escrituras Editora, 1997. MARINA, José A. Teoria da Inteligência Criadora. Lisboa: Editorial Caminho, 1995. MARX, Karl. Manuscritos Econômico-Filosóficos. Lisboa: Edições 70, 1989. MATUS, Carlos. Adeus, Senhor Presidente: governantes governados . São Paulo: FUNDAP, 1996. MATUS, Carlos. Estratégias Políticas: Chimpanzé, Maquiavel e Ghandi. São Paulo: FUNDAP, 1996. MATUS, Carlos. O Líder sem Estado-Maior. São Paulo: FUNDAP, 2000. MORIN, Edgar. O Problema Epistemológico da Complexidade . Porto: EuropaAmérica, s/d. NÓVOA, Antonio (coord.). As Organizações Escolares em Análise. Lisboa: Dom Quixote, 1992. PALMARINI, M. Piattelli. Antecipação. In: Enciclopédia Einaidi, volume 21 Método - Teoria/Modelo. Porto: Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1992. PERRENOUD, Philippe. Ofício de Aluno e Sentido do Trabalho Escolar . Porto: Porto Editora, 1995. PIAGET, Jean e colaboradores. O Possível e O Necessário , vol. 1. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985. PINTO, Álvaro Vieira. Ciência e Existência, 2a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. PINTO, João Bosco G. Planejamento Participativo na Escola Cidadã. In: SILVA, Luiz H. e AZEVEDO, José C. Paixão de Aprender II. Petrópolis: Vozes, 1995. RIVERA, Francisco Javier U. Agir Comunicativo e Planejamento Social (uma crítica ao enfoque estratégico). Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 1995. SANTOS, Boaventura de Sousa. Para uma Pedagogia do Conflito. In: SILVA, Luiz Heron (org.) Novos Mapas Culturais, Novas Perspectivas Educacionais . Porto Alegre, Sulina, 1996a.

SARTRE, Jean-Paul. Questão de Método. In: Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978. SAVIANI, Dermeval. Educação: do Senso Comum a Consciência Filosófica , 3a ed. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1983a. SILVEIRA JÚNIOR, Aldery & VIVACQUA, Guilherme A. Planejamento Estratégico como Instrumento de Mudança Organizacional . Brasília: Editora da UNB, 1996. THIOLLENT, Michel J.M. Aspectos Qualitativos da Metodologia de Pesquisa com Objetivos de Descrição, Avaliação e Reconstrução. Cadernos de Pesquisa (49). São Paulo: Fundação Carlos Chagas, mai. 1984. TORRES, Rosa Maria. “Projetite”. In: Itinerários pela Educação Latino-Americana – cadernos de viagem. Porto Alegre, Artmed, 2001. URIBE RIVERA, F.J. (org.), TESTA, Mario e MATUS, Carlos. Planejamento e Programação em Saúde: um enfoque estratégico . São Paulo: Cortez, 1989. URIBE RIVERA, Francisco Javier. Agir Comunicativo e Planejamento Social (uma crítica ao enfoque estratégico). Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 1995. VASCONCELLOS, Celso S. Coordenação do Trabalho Pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula , 6a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VASCONCELLOS, Celso S. Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico, 15a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VASCONCELLOS, Celso S. Processo de Mudança da Prática Educacional . São Paulo: Libertad, 1998 (Série Textos de Aprofundamento - 1). VÁZQUEZ, A. Sánchez. Filosofia da Praxis, 2a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. VYGOTSKY, L.S. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987. WALLON, Henri. Do ato ao pensamento. Lisboa: Moraes, 1979. XAVIER, Maria Luisa M. e DALLA ZEN, Maria Isabel (org.). Planejamento em Destaque: análises menos convencionais. Porto Alegre: Mediação, 2000. 2—Projeto de Ensino-Aprendizagem/Plano de Ensino ANTÚNEZ, S., CARMEN, L.M., IMBERNÓN, F., PARCERISA, A., ZABALA, A. Del Proyecto Educativo a la Programación de Aula , 14ª ed. Barcelona: Graó, 2001. COMÉNIO, João Amós. Didáctica Magna - tratado da arte universal de ensinar tudo a todos, 3a ed. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1985. GANDIN, Danilo e CRUZ, Carlos H.C. Planejamento na Sala de Aula. Porto Alegre: 1995. GIMENO SACRISTÁN, J. Plano do Currículo, Plano do Ensino: o papel dos professores. In: GIMENO SACRISTÁN, J. e PÉREZ GÓMEZ, A.I. Compreender e Transformar o Ensino, 4a ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

LIBÂNEO, José C. Didática. São Paulo: Cortez, 1991. LIMA, Lauro O. A Escola Secundária Moderna, 11a ed. Rio de Janeiro: Forense, 1976. MASETTO, Marcos T. Aulas Vivas. São Paulo: MG Editores Associados, 1992. MASETTO, Marcos T. Competência Pedagógica do Professor Universitário . São Paulo: Summus, 2003. OTT, Margot. Planejamento de aula: do circunstancial ao participativo. In: Planejamento e Participação - Revista de Educação da AEC (54). Brasília: AEC, 1984. PERRENOUD, Philippe. A prática Pedagógica entre a improvisação regulada e o bricolage: ensaio sobre os efeitos indirectos da investigação em educação. In: Práticas Pedagógicas, Profissão Docente e Formação: perspectivas sociológicas. Lisboa: Dom Quixote, 1993. ROJO, Roxane H.R. Modelização Didática e Planejamento: duas práticas esquecidas do professor? In: KLELIMAN, Angela B. A Formação do Professor: perspectivas da lingüística aplicada . Campinas, SP: Mercado de Letras, 2001. VASCONCELLOS, Celso S. 3a Parte: Projeto de Ensino-Aprendizagem. In Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto PolíticoPedagógico, 15a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VASCONCELLOS, Celso S. O Projeto de Ensino-Aprendizagem como Instrumento de Gestão do Trabalho em Sala de Aula. In Coordenação do Trabalho Pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula , 6a ed. São Paulo: Libertad, 2006. 3—Trabalho de Projeto/Projetos de Trabalho ARAÚJO, Ulisses F. Temas Transversais e a Estratégia de Projetos . São Paulo: Moderna, 2003. BARBOSA, Laura Monte Serrat. Projeto de Trabalho: uma forma de atuação psicopedagógica, 3ª ed. Curitiba, L.M.S. Barbosa, 1998. BARBOSA, Maria Carmen S. Por que voltamos a falar e a trabalhar com a Pedagogia de Projetos? In: Projeto Revista de Educação (4), 2ª ed. Porto Alegre: Projeto, 2004. BARBOSA, Maria Carmen S. Trabalhando com Projetos na Educação Infantil. In XAVIER, Maria Luisa M. e DALLA ZEN, Maria Isabel (org.). Planejamento em Destaque: análises menos convencionais . Porto Alegre: Mediação, 2000. CANÁRIO, Rui, MATOS, Filomena, TRINDADE, RUI (orgs.). Escola da Ponte: um outro caminho para a Educação. São Paulo: Editora Didática Suplegraf, 2004.

CARVALHO, Adalberto Dias de. Na Confluência da Epistemologia e da Antropologia, o Desafio das pedagogias do Projecto. In: Epistemologia das Ciências da Educação. Porto: Afrontamento, 1988. CORTEZÃO, Luiza, LEITE, Carlinda, PACHECO, José A. Trabalhar por Projectos em Educação: uma inovação interessante? Porto: Porto Editora, 2002. DALLA ZEN, Maria Isabel (org.). Projetos Pedagógicos: cenas de salas de aula , 2ª ed. Porto Alegre: Mediação, 2002. DEWEY, John. Experiência e Educação, 3a ed. São Paulo: Cia. Ed. Nacional, 1979. FONSECA, Lúcia L. O Universo da Sala de Aula: uma experiência com pedagogia de projetos. Porto Alegre: mediação, 1999. GANDIN, Adriana B. Metodologia de Projetos na Sala de Aula – relato de uma experiência. São Paulo: Loyola, Coleção Fazer e Transformar, n.° 1, AEC do Brasil, 2001. GIACAGLIA, Giorgio E.O. e ABUD, Maria J.M. Desenvolvimento de Projetos Educacionais na Sala de Aula. Taubaté: Cabral Editora, 2003. HELM, Judy H. e BENEKE, Sallee (orgs.). O Poder dos Projetos: novas estratégias e soluções para a educação infantil . Porto Alegre: Artmed, 2005. HERNÁNDEZ, Fernando e VENTURA, Montserrat. A Organização do Currículo por Projetos de Trabalho, 5a ed. Porto Alegre: Artmed, 1998. HERNÁNDEZ, Fernando. Cultura Visual, Mudança educativa e Projeto de Trabalho. Porto Alegre: Artmed, 2000. HERNÁNDEZ, Fernando. Os Projetos de trabalho e a necessidade de transformar a escola. In: Presença Pedagógica (20). Belo Horizonte, 1998. HERNÁNDEZ, Fernando. Os Projetos de trabalho e a necessidade de transformar a escola (II). In: Presença Pedagógica (21). Belo Horizonte, 1998. HERNÁNDEZ, Fernando. Os Projetos de trabalho: um mapa para navegantes em mares de incertezas. In: Projeto Revista de Educação (4), 2ª ed. Porto Alegre: Projeto, 2004. HERNÁNDEZ, Fernando. Repensar a Função da escola a partir dos Projetos de Trabalho. In: Pátio – Revista Pedagógica (6). Porto Alegre: Artmed, 1998. HERNÁNDEZ, Fernando. Transgressão e Mudança na Educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998. JOLIBERT, Josette e colaboradores. Vida cooperativa e pedagogia de projetos. In: Formando Crianças Leitoras, vol. I. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994. KILPATRICK, William H. Educação para uma Civilização em Mudança , 12a ed. São Paulo: Melhoramentos, 1974. KILPATRICK, William H. The Project Method. In: Teachers College Record, Vol. XIX, n. 4, 1918, p. 319-335.

LEITE, Elvira, MALPIQUE, Manuela e SANTOS, Milice R. Trabalho de Projecto – 1. Aprender por projectos centrados em problemas , 2a ed. Porto: Edições Afrontamento, 1991. LEITE, Elvira, MALPIQUE, Manuela e SANTOS, Milice R. Trabalho de Projecto – 2. Leituras Comentadas, 2a ed. Porto: Edições Afrontamento, 1992. LEITE, Lúcia H.A. Pedagogia de Projetos: intervenção no presente. In: Presença Pedagógica (8). Belo Horizonte, 1996. LOURENÇO Filho, M. B. (1929). O sistema de “projetos”. In: Introdução ao Estudo da Escola Nova, 7ª ed., refundida. São Paulo: Melhoramentos, s/d. LÜCK, Heloísa. Metodologia de Projetos: uma ferramenta de planejamento e gestão. Petrópolis/RJ: Vozes, 2003. MARTINS, Jorge S. O Trabalho com Projetos de Pesquisa: do ensino fundamental ao ensino médio. Campinas/SP: Papirus, 2001. NOGUEIRA, Nilbo R. Pedagogia dos Projetos: etapas, papéis e atores . São Paulo: Érica, 2005. NOGUEIRA, Nilbo R. Pedagogia dos Projetos: uma jornada interdisciplinar rumo desenvolvimento das múltiplas inteligências, 3ª ed. São Paulo: Érica, 2002. NOGUEIRA, Nilbo R. Uma Prática para o Desenvolvimento das Múltiplas Inteligências: Aprendizagem com Projetos, 2ª ed. São Paulo: Érica, 1999. OLIVEIRA, Zilma R. A pedagogia de projetos didáticos. In: Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002 (Coleção Docência em Formação). PISTRAK. Fundamentos da Escola do Trabalho. São Paulo: Brasiliense, 1981. VASCONCELLOS, Celso S. Trabalho de Projeto. In Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico , 15a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VASCONCELLOS, Celso S. Trabalho por Projeto. In Coordenação do Trabalho Pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula , 6a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VVAA. Os Projetos de Trabalho: reflexões sobre a prática pedagógica na Escola Plural – 1. Belo Horizonte: Secretaria Municipal de Educação, 1996. 4—Projeto Político-Pedagógico/Proposta Pedagógica ÁLVAREZ, Manuel... [et ali]. O Projeto Educativo da Escola. Porto Alegre: Artmed, 2004. ANTÚNEZ, S., CARMEN, L.M., IMBERNÓN, F., PARCERISA, A., ZABALA, A. Del Proyecto Educativo a la Programación de Aula , 14ª ed. Barcelona: Graó, 2001. ANTÚNEZ, Serafín. El Proyecto Educativo de Centro , 10 ed. Barcelona: Editorial Graó, 2000.

ARROYO, Miguel. Projeto Político-Pedagógico. In: Anais do VII Seminário Nacional de Educação Comunitária, s/d. CARVALHO, Adalberto D. (org.). A Construção do Projecto de Escola . Porto: Porto Editora, 1993. CARVALHO, Angelina e DIOGO, Fernando. Projecto Educativo. Porto: Afrontamento, 1994. COSTA, Jorge A. O Projecto Educativo da escola e as Políticas Educativas Locais: discursos e práticas, 2ª ed. Aveiro: Universidade, 2003. COSTA, Jorge A. Projectos Educativos das escolas: um contributo para a sua (des)construção. In: Educação & Sociedade: Revista de Ciências da Educação (85). São Paulo: Cortez; Campinas, SP: CEDES, 2003. DE ROSSI, Vera L.S. Gestão do Projeto Político-Pedagógico: entre corações e mentes. São Paulo: Moderna, 2004. DIOGO, Fernando. Por um Projecto Educativo de Rede, 2a ed. Lisboa: Asa, 1998. GADOTTI, Moacir. Projeto Político-Pedagógico da Escola: fundamentos para a sua realização. In: GADOTTI, M. e ROMÃO, J.E. (orgs.). Autonomia da Educação: princípios e propostas. São Paulo: Cortez, 1997. GANDIN, Danilo e GANDIN, Luís A. Temas para um Projeto Político-Pedagógico . Petrópolis: Vozes, 1999. GANDIN, Danilo. A Prática do Planejamento Participativo na Educação . Porto Alegre: UFRGS, 1991. (Petrópolis/RJ: Vozes, 1995) GANDIN, Danilo. Planejamento como prática educativa. São Paulo: Loyola, 1983. IANNONE, Leila R. Construção do Projeto Político-Pedagógico: avaliação de Processo. In: ALMEIDA, Fernando J. (org.). Avaliação Educacional em Debate: experiências no Brasil e na França . São Paulo: Cortez/Educ: 2005. MACEDO, Berta. Projecto Educativo de Escola – do porquê construí-lo à génese da construção. In: Inovação – Revista do Instituto de Inovação Educacional (v. 4, n. 2-3). Lisboa: Inovação, 1991. PADILHA, Paulo R. Planejamento Dialógico: como construir o projeto políticopedagógico da escola. São Paulo: Cortez/Instituto Paulo Freire, 2001. PENIN, Sonia T. S. Projeto Pedagógico e Avaliação da Escola: o local e o global na sua definição. In: BICUDO, Maria A.V. e SILVA JUNIOR, Celestino A. (orgs.). Formação do Educador e Avaliação Educacional: conferências, mesas-redondas, v. 1. São Paulo: Editora Unesp, 1999. PIMENTA, Selma Garrido. A Construção do Projeto Político-Pedagógico na Escola de 1o grau. In: Idéias n. 8. São Paulo: FDE, 1993. RAPHAEL, Hélia S. Projeto Pedagógico: avaliação e sociedade. In: DAL RI, Neusa M. e MARRACH, Sonia A. (orgs.). Desafios da Educação do Fim do Século . Marília: Unesp-Marília-Publicações, 2000. ROLLA, Anabela e ROLLA, Jorge S. O Projecto Educativo em Educação de Infância. Lisboa: Asa, 1994.

ROSSA, Leandro. Armadilhas do Projeto Político-Pedagógico. In Revista de Educação AEC (117). Brasília: AEC, 2000. ROSSA, Leandro. Armadilhas que Boicotam Projetos Político-Pedagógicos: processos pedagógicos para além da sala de aula. In Revista de Educação AEC (131). Brasília: AEC, 2004. ROSSA, Leandro. Planejamento escolar e o projeto político-pedagógico. In Revista de Educação AEC (132). Brasília: AEC, 2004. SANTIAGO, Anna Rosa F. Projeto Político-Pedagógico: um novo olhar . Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 1995 (Cadernos UNIJUÍ). SEVERINO, Antonio J. O Projeto Político-Pedagógico: a saída para a escola. In Revista de Educação AEC (107). Brasília: AEC, 1998. VASCONCELLOS, Celso S. 4a Parte: Projeto Político-Pedagógico. In Planejamento: Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto PolíticoPedagógico, 15a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VASCONCELLOS, Celso S. Projeto Político-Pedagógico: considerações sobre sua elaboração e concretização. In Coordenação do Trabalho Pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula , 6a ed. São Paulo: Libertad, 2006. VEIGA, Ilma Passos A. (org.). Projeto Político-Pedagógico da Escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1995. VEIGA, Ilma Passos A. e FONSECA, Marília (org.). As Dimensões do Projeto Político-Pedagógico. Campinas: Papirus, 2001. VEIGA, Ilma Passos A. e RESENDE, Lúcia M.G. (org.). Escola: Espaço do Projeto Político-Pedagógico. Campinas: Papirus, 1998. VEIGA, Ilma Passos A.. Educação Básica e educação Superior: Projeto PolíticoPedagógico. Campinas, SP: Papirus, 2004. VIANNA, Ilca O.A. Planejamento Participativo na Escola. São Paulo: EPU, 1986. VVAA. Arte & Manhas dos Projetos Políticos e Pedagógicos . In: Cadernos dos Cedes (61). São Paulo: Cortez; Campinas, SP: CEDES, 2003.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful