You are on page 1of 2

NOME: Lucas Ebbesen

DISCIPLINA: Geografia Urbana I

TURMA: U

ANÁLISE CRÍTICA –
DESCONSTRUINDO: PARIS

O programa Descontruindo, do canal de TV por assinatura Discovery Channel, é uma
verdadeira aula de história e urbanização, voltada tanto para curiosos como para interessados
em ambos os temas. Uma pena é seu limitado número de edições: apenas duas produções
foram executadas pela emissora norte-americana, ambas veiculadas no ano de 2006. Uma
delas se debruçou sobre Nova Iorque, a Big Apple, já a outra retratou Paris, a cidade das luzes.
Tanto uma quanto a outra contam, em quase uma hora de arte, o processo de construção e
expansão de cada uma dessas cidades, destacando os principais aspectos que as
transformaram nas mais importantes do mundo.
Paris, especificamente, é um relevante território para análise, especialmente por seu
pitoresco aspecto físico e sua longa periodicidade. Povoada ainda durante a Idade Antiga, a
atual capital da França perpassou pelas mais variadas fases de caracterização das cidades.
Limitada pelo Rio Sena e por pequenas colinas que a rodeiam, Paris teve seu processo de
ocupação iniciado por tribos gaulesas nas ilhas De la Cité e de Saint-Louis, que ainda hoje
constituem o coração da capital francesa. Vale destacar que a escolha das ilhas mostra uma
característica essencial do seu período de formação: a proteção contra os inimigos, marca das
cidades antigas e medievais, que sofriam com as guerras e invasões cotidianas.
Sobre um terreno de calcário, extremamente frágil, Paris foi gradualmente construída.
Tal condição limitou o desenvolvimento de arranha-céus na cidade, viabilizando apenas a
construção de casas e pequenos edifícios1. As invasões de povos romanos e francos, ao longo
da Idade Média, contribuíram para o ritmo acelerado de crescimento da cidade, que em pouco
tempo se tornou o centro econômico da Europa. A ascendente importância de Paris diante do
continente – e do mundo – colocou a capital da França no centro da mira de inimigos, tanto
que uma das importantes referências das cidades do período medieval foi erguida: a muralha
de Paris. Posteriormente, a edificação de 67 torres deu lugar a um anel viário que contorna
toda a cidade. Ruas, ainda pequenas, se transformam em enormes avenidas, características
essas determinantes de movimentos da época do Renascimento europeu.
Todas essas mudanças são muito bem retratadas pelo programa do Discovery Channel. Chama
atenção a limitada presença de historiadores comentando a progressão da cidade frente ao
número de imagens e animações que muito contribuem para a compreensão da urbanização de
Paris. Esse é o ponto mais positivo de Desconstruindo: assistir à expansão geográfica da
capital francesa, uma das principais raízes urbanas do mundo; das poucas que, mesmo sendo
1 Tanto que apenas um único edifício se destaca na paisagem central parisiense: a Torre
Montparnasse. Construída no início da década de 1970, o prédio de 59 andares exala modernidade e
por tal motivo, foi abnegada pelos moradores da cidade, que se caracteriza por seu aspecto bucólico.
Fora essa construção, os grandes e modernos arranha-céus de Paris, onde está atualmente situado o
centro financeiro da cidade, se localizam fora do anel viário da cidade, mais especificamente no
distrito de La Défense.

palco de intensos conflitos bélicos. mantêm marcas originais do período antigo até o cenário contemporâneo. .