You are on page 1of 6

Tradução

REFLEXÕES SOBRE O

C RESCIMENTO

–Número 20 – Maio

2008

Estabelecendo Centros de Aprendizagem para o Levantamento de Pessoas Recurso
Recrutar a ajuda de pessoas recurso para as fases de expansão e consolidação tem provado ser
uma estratégia efetiva para dar impulso no trabalho de ensino em um grande número de
agrupamentos. O sucesso desta estratégia tem sido confirmado por uma crescente onda de
declarações nos agrupamentos onde as pessoas recurso têm sido utilizadas. O fato de que instrutores
bahá’ís de outras áreas possam ter um impacto catalisador e galvanizador nos esforços de ensino
dos amigos locais, não é uma novidade. Todos nós estamos familiarizados com a declaração de
Bahá’u’lláh de que “o próprio movimento de lugar em lugar, quando empreendido por amor a Deus,
tem sempre exercido... sua influência.” E nós provavelmente experimentamos pessoalmente a
verdade desta afirmação. Recentemente, no entanto, começamos a aprender como formar e alocar
instrutores bahá’ís capazes de atuar “além das fronteiras” de forma a intensificar significativamente
o ciclo de atividade de ensino nos agrupamentos e criar dinâmicas para ampliar o crescimento
sustentável.
Tendo reconhecido o potencial desta estratégia, a pergunta é como podemos rapidamente
levantar um número crescente de pessoas recurso em todos os continentes e assegurar um progresso
acelerado em direção ao cumprimento da meta mundial de atingir 1.500 programas intensivos de
crescimento.
A forma de implementação que tem provado ser bem sucedida é levar potenciais pessoas
recurso - indivíduos totalmente engajados no marco do Plano de Cinco Anos, que possuem as
habilidades e qualidades necessárias para empoderar outros no trabalho de expansão e consolidação
– para um agrupamento avançado durante sua fase de expansão e orientá-los para este papel
especializado. Esses agrupamentos se tornaram centros valiosos para que pessoas recurso aprendam
como podem atuar quando visitam um agrupamento para ajudá-lo na implementação de um projeto
de ensino direto e na subseqüente consolidação. Através de um treinamento que combina um estudo
de guias relevantes com as práticas correspondentes no agrupamento anfitrião, os participantes
adquirem uma compreensão da relação entre aprendizagem e ação.
Esses centros de aprendizagem estão emergindo em números crescentes em todos os cinco
continentes, desde Los Angeles a Lubumbashi. Essa edição do boletim destaca a experiência de uns
poucos agrupamentos chaves onde o aprendizado gerado está sendo irradiado para mais e mais
agrupamentos e está envolvendo uma crescente equipe de pessoas recurso prontas para abanar a
centelha do ensino e torná-la uma labareda de crescimento em larga escala.
*****
Colômbia
Um dos primeiros agrupamentos escolhidos para servir como centro de aprendizagem foi,
também, o berço do Instituto Ruhi, o agrupamento Norte del Cauca. Indivíduos de outros

Reflexões sobre Crescimento – Número 20, Maio de 2008

Pág. 2

agrupamentos da Colômbia e da América Central foram selecionados para passar um tempo neste
agrupamento modelo, não somente para observar suas atividades, mas, também, participar
ativamente delas. Uma vez treinados na Colômbia, estes instrutores foram então enviados a outros
agrupamentos para ajudá-los com o trabalho da fase de expansão.
Havia uma expectativa de que a maioria dos que participaram do treinamento permaneceria
por três semanas – duas semanas devotadas à reunião de reflexão, planejamento e à fase de
expansão, e a primeira semana da fase de consolidação. Os workshops para os participantes,
combinaram aprofundamento nas citações das Escrituras e guias do Centro Mundial Bahá’í com a
revisão da situação atual do Plano de 5 Anos. Aqueles que vinham de fora do agrupamento
anfitrião, também compartilharam o que estava acontecendo em suas próprias áreas, tanto as
conquistas como os desafios. Eles foram ensinados a avaliar as forças de um agrupamento ao
empreender uma análise através dos dados do Norte del Cauca. Foi-lhes oferecido, também, tanto a
orientação como a prática nos métodos de ensino direto promovidos no livro 6 do Instituto Ruhi. Os
participantes visitaram as atividades do Instituto, acompanhados por um coordenador do Instituto e
participaram de reuniões com as agências do agrupamento e da reunião de reflexão do
agrupamento. Eles foram engajados ativamente na fase de expansão e foram envolvidos no
planejamento e implementação dos trabalhos na fase de consolidação.
Os resultados positivos do seminário de treinamento na Colômbia foram imediatos. Por
exemplo, um dos participantes da Costa Rica foi enviado para o agrupamento Aguascalientes no
México. O apoio dele aos amigos resultou em 38 declarações. Essa mesma pessoa recurso depois
apoiou o plano piloto do projeto de ensino no agrupamento Greater Metropolitan , na Costa Rica,
o que trouxe 10 novos crentes em 5 dias. Um Conselheiro observou que os dois primeiros crentes a
retornarem à sua área após o treinamento na Colômbia tinham adquirido “um ‘modo’ de servir
totalmente novo e ritmo de atividade”.
As lições aprendidas no Norte del Cauca foram também transferidas para outras áreas por
pessoas recurso da Colômbia que foram enviadas para apoiar outros países. Por exemplo, um
membro do Corpo Auxiliar da Colômbia energizou os amigos do Peru e do Equador. Um outro
serviu como pessoa recurso na Bolívia. Ele treinou membros das agências do agrupamento e outros
indivíduos chave de todas as partes do país durante a fase de expansão no agrupamento
Cochabamba. Após o treinamento e a experiência de primeira mão em Norte del Cauca, as pessoas
recurso geraram uma onda de 1.000 novos crentes nos diversos agrupamentos da região.
República Democrática do Congo
Uma estratégia parecida foi seguida na África com resultados similarmente
impressionantes. O agrupamento Lubumbashi foi escolhido para ser um centro de aprendizagem
para a região central do continente, pois já era um agrupamento forte e teve recentemente uma
aceleração no ensino, crescendo de uma média de 42 novos crentes no 9º ciclo para 63 no 10º ciclo.
O primeiro período de 3 semanas de treinamento aconteceu em novembro, durante o
décimo primeiro ciclo de Lubumbashi. Era um projeto piloto que reunia 27 participantes de 18
agrupamentos diferentes de nove províncias da República Democrática do Congo. A atmosfera
espiritual da grande e vibrante reunião de reflexão na qual os amigos convidados participaram foi
realçada pelas apresentações de 4 corais de diferentes partes do agrupamento e a recitação de
poemas e citações por talentosos pré-jovens. A meta de ensino foi então elevada de 100 para 150 e a
meta financeira para US$ 2.650,00. Ambas foram ultrapassadas. Um dos relatos diz, “Os amigos
estavam fora de si com entusiasmo e animação”.

Reflexões sobre Crescimento – Número 20, Maio de 2008

Pág. 3

Como mais de 160 novos crentes entraram na Fé na primeira semana, a fase de expansão foi
concluída antecipadamente. A consolidação foi sistemática e prontamente realizada. Foi feita uma
lista daqueles que deveriam continuar a ser visitados, bem como uma dos novos crentes e os tipos
de atividades que agora lhes deveriam ser oferecidas. Uma grande reunião foi convocada para que
cada amigo presente pudesse se oferecer como voluntário para uma ou duas atividades centrais para
ajudar na integração de um grande número de novos crentes. Cinco novas aulas de crianças foram
estabelecidas, bem como um novo grupo de pré-jovens. Foram planejadas 190 visitas aos lares dos
novos crentes e amigos da Fé, e cinco novos círculos de estudos foram iniciados. Devido aos
contatos feitos durante a fase de consolidação, o número de novos crentes subiu para 211.
Os participantes dos outros agrupamentos no centro de aprendizagem em Lubumbashi
ficaram profundamente impressionados com o que testemunharam, especialmente o planejamento
sistemático feito pelas agências do agrupamento, a eficácia da “apresentação de Ana” e, acima de
tudo, o espírito que permeou o agrupamento Lubumbashi. Um deles comentou que “todos os
instrutores estavam animados por um espírito de serviço e humildade, abençoados pela ajuda
divina, tendo tudo isso criado um ambiente indescritível nesta fase”.
Quando os amigos retornaram para os seus próprios agrupamentos, o aprendizado do
décimo primeiro ciclo do agrupamento de Lubumbashi rapidamente foi disseminado em outras
partes do país. Por exemplo, no agrupamento Nur (Kinshasa) houve 37 declarações durante a
primeira semana de sua próxima campanha de ensino, enquanto que nos ciclos anteriores tinham
uma média de 10. Um agrupamento que recém havia alcançado a meta de lançar um programa
intensivo de crescimento, Badi, teve 15 declarações em menos de três dias. O agrupamento Kamal
registrou 23 declarações em dois dias. Mais recentemente, o agrupamento Bandundu relatou 15
declarações, e o agrupamento Salman 34. Um dos Conselheiros que serve na República
Democrática do Congo escreveu após ter recebido muitos telefonemas relatando vitórias, “Estes
dias, eu sempre vou dormir muito feliz.”
Baseados em sua experiência como um centro de aprendizagem durante o décimo-primeiro
ciclo, os amigos em Lubumbashi realizaram um segundo treinamento durante o décimo segundo
ciclo em fevereiro de 2008, desta vez estiveram presentes 17 participantes de Ruanda, Burundi, e
novamente diferentes partes do Congo. Nos primeiros 5 dias da fase de expansão, 143 almas em um
bairro abraçaram a Fé. Apesar dos crentes tentarem refrear as atividades de ensino, outros
continuaram a declarar sua fé, de forma que o número de novas declarações subiu para 252. Os 17
participantes vindos de fora foram imediatamente colocados para trabalhar e ajudar nos esforços
hercúleos necessários para planejar e implementar a consolidação de mais de 500 amigos que
adentraram a Fé nos meses recentes. Em adição às atividades de consolidação mencionadas
anteriormente, cerca de mais 50 pré-jovens foram colocados em grupos pré-juvenis e 150 novas
crianças em aulas de crianças.
Claramente, os amigos que participaram do treinamento no centro de aprendizagem de
Lubumbashi tomaram parte de uma experiência intensa e vibrante, não só nas atividades de
expansão e consolidação, mas também no planejamento cuidadoso e na estreita colaboração com as
agências e instituições do agrupamento, necessários para o sucesso.
Quirguistão
Seguindo a experiência e sucesso do treinamento para pessoas recurso em Almaty,
Kazaquistão, em novembro de 2007, um seminário similar para potenciais pessoas recurso da
Rússia, Ásia central, Cáucaso, e Europa foi realizado em Bishkek, Quirguistão, em fevereiro de
2008. Mais de 120 crentes de 10 países participaram no seminário. Ao final do programa, as recém-

Reflexões sobre Crescimento – Número 20, Maio de 2008

Pág. 4

treinadas pessoas recurso foram alocadas não somente na Ásia Central, mas também na Lituânia,
Moldova, Ucrânia e Rússia Européia.
A cada dia os participantes estudavam as guias recentes do Centro Mundial sobre o
processo de crescimento e compartilhavam sucessos e desafios de suas experiências de ensino em
seus próprios agrupamentos. Neste contexto, eles particularmente se beneficiaram do aprendizado
adquirido por aqueles amigos que já haviam servido como pessoas recurso – aprendizado que
englobava os detalhes práticos e o planejamento envolvidos na orquestração de um período
intensivo de expansão e da resultante fase de consolidação. Durante o seminário os participantes
também dedicaram tempo preparando as linhas gerais das campanhas de ensino e, em particular,
dos esforços de consolidação que deveriam se seguir – um exercício que focalizou seus
pensamentos e os preparou para consultar e se basear em suas experiências prévias de campo.
Uma característica do programa que provou ser extremamente útil em intensificar a
capacidade dos participantes para ensinar e acompanhar aos demais neste sagrado ato, foi uma
análise detalhada do conteúdo e estrutura da “apresentação de Ana”. Indo muito além da
memorização, os amigos foram capazes de identificar os conceitos e princípios envolvidos em
oferecer esta clara e convincente apresentação da Fé e refletir sobre as poderosas dinâmicas
espirituais envolvidas ao se convidar uma alma à abraçar a Causa de Deus.
Trinta dos participantes do seminário permaneceram em Bishkek por alguns dias extras para
ajudar a comunidade com a campanha de ensino que seria lançada imediatamente após o seminário,
e 10 ficaram durante toda a semana da fase de expansão. A atividade de ensino aconteceu na
vizinhança onde o treinamento havia ocorrido e onde a sede do projeto de ensino estava localizada.
Nos dois primeiros dias, a meta de registrar 50 crentes adultos foi atingida e os próximos cinco dias
foram dedicados à consolidação. Sem demora, 21 novos crentes e buscadores foram integrados nos
círculos de estudo. O bairro no qual o ensino foi tão bem sucedido, nunca tinha sido considerado
como uma área particularmente receptiva. Mais de 90 pessoas já expressarem interesse em
participar de cursos do instituto.
Estados Unidos
Quando um instrutor ensina a Causa freqüentemente aprende mais do que aquele que foi
ensinado. Isto também é verdade no que se refere às comunidades que servem como centros para a
disseminação do aprendizado; os amigos de lá são tão beneficiados quanto, se não mais do que
aqueles que vêm aprender deles. Isto já foi comprovado nos centros de aprendizagem dos Estados
Unidos, dos quais até aqui há quatro: Dallas, Texas; East Valley, Arizona; Los Angeles,
Califórnia; e Metro Atlanta, Geórgia. O processo de treinamento e utilização de pessoas recurso
para conduzir campanhas de ensino direto resultaram em um novo espírito de ensino e um avanço
significativo no crescimento do país. As repercussões destas conquistas estão agitando os Estados
Unidos e além, e as lições aprendidas já estão sendo aplicadas em agrupamento após agrupamento.
O seminário, “Renovando o Espírito do Ensino”, recém-realizado no agrupamento de
Dallas, demonstra os benefícios da colaboração internacional no estabelecimento de centros de
aprendizagem e levantamento de pessoas recurso para expansão e consolidação. Este esforço nos
Estados Unidos recebeu um grande impulso em março último quando dois Conselheiros da América
Latina e uma pessoa recurso da Colômbia, junto com um Conselheiro americano, conduziram uma
capacitação de 4 dias para 25 participantes, que incluiu 17 membros do Corpo Auxiliar bem como
membros das instituições e agências de outras partes do país. Três agrupamentos na área de Dallas
foram “anfitriões” para as atividades de ensino: Dallas City, Dallas Northeast e Tarrant County.

Reflexões sobre Crescimento – Número 20, Maio de 2008

Pág. 5

A Assembléia Espiritual Local de Dallas generosamente ofereceu sua Sede Bahá’í como centro de
operações e proveu todas as refeições para os participantes.
O objetivo principal do seminário era renovar o espírito do ensino nos agrupamentos
servidos pelos participantes e trazer uma compreensão mais profunda dos fatores envolvidos no
planejamento e implementação de um projeto de ensino coletivo. O programa incluiu o estudo de
textos sobre ensino, uma análise dos perfis de crescimento dos agrupamentos meta, consulta sobre
como planejar sistematicamente e conduzir projetos coletivos de ensino, prática da “apresentação de
Ana” e o planejamento de um projeto de ensino. Todas as sessões eram práticas e interativas e
ajudaram a preparar os participantes para dois dias de ensino direto e intensivo, depois dos quais
uma sessão de revisão final foi realizada. O projeto de ensino incluiu visitas para buscadores
conhecidos, mas, principalmente, foi focalizado em atingir novos vizinhos. Em dois dias o projeto
registrou 58 declarações nos três agrupamentos de Dallas: 35 adultos e 23 pré-jovens e crianças.
É previsto que 19 outros agrupamentos serão diretamente afetados pelo treinamento, pois
cada participante partiu com um plano de ação para implementar um projeto de ensino coletivo em
um determinado agrupamento, por duas semanas, em algum momento entre medos de abril e
meados de maio. Gradualmente alguns destes crentes se tornarão pessoas recurso experientes por
esforço próprio e serão capazes de reaplicar este programa de treinamento em suas próprias áreas. A
retroinformação vinda dos participantes foi uniformemente positiva. Um amigo agradeceu aos
organizadores pela “experiência de mudança de vida”, e outro participante expressou seu
sentimento de que “conforme ensinamos indivíduos, entram famílias. Os bairros mudam e o nosso
trabalho conjunto como colaboradores, durará por toda a eternidade.”
Resultados dos Esforços Recentes de Expansão e Consolidação através do Globo
 Sarawak. A visita de pessoas recurso da Indonésia e Malásia Oeste trouxeram um impacto
profundo no trabalho de ensino desta comunidade do sudeste da Ásia. Em adição, os crentes
locais também foram alocados como pessoas recurso em áreas selecionadas. Num curto
período de tempo, agrupamentos em Sarawak começaram a experimentar uma expansão
acelerada – mais de 120 declarações em cerca de um mês; isto comparado a 29 declarações
durante a inteira primeira metade do ano passado. Com números crescentes de ativos
crentes treinados e conduzindo às atividades centrais, a comunidade está agora em seu
caminho para sistematicamente atingir a expectativa de 500 novos crentes entre sua reunião
institucional de dezembro de 2007 e Ridván de 2008.
 Andaman e Ilhas Nicobar. Durante o primeiro ciclo do programa intensivo de crescimento
no agrupamento Port Blair, 35 crentes foram divididos em 7 equipes de ensino depois de
revisarem o livro 6. Nos três primeiros dias da fase de expansão, eles alcançaram 10
declarações e começaram a implementar seus planos para envolver estes novos amigos no
processo do instituto. Durante o ano anterior houve apenas 12 declarações em todo o
território.
 Austrália. No agrupamento Central e Sudeste de Sydnei, os crentes visitaram lares em uma
área receptiva para convidar as pessoas interessadas para noites de informação que incluíam
uma reunião devocional realizada em uma sala alugada naquele mesmo bairro. No final do
programa, os participantes foram divididos em pequenos grupos e acompanhados por
instrutores bahá’ís que individualmente facilitavam discussões mais íntimas sobre a Fé. Os
instrutores apresentavam uma série de temas do livro 6, usando um flip chart, respondiam
perguntas, ou então envolviam os buscadores em uma conversação espiritual. Esta
abordagem mais direta criou um maior avanço no trabalho de ensino para aquele

Reflexões sobre Crescimento – Número 20, Maio de 2008

Pág. 6

agrupamento. Em duas semanas, houve 8 declarações. Em Brisbane, os esforços de ensino
de 90 amigos atrairam cerca de 80 buscadores a um total de 15 firesides musicais durante a
recente fase de expansão. O uso das artes no oferecimento da “apresentação de Ana” nos
firesides provou ser altamente eficaz como evidenciado pela declaração sem precedentes de
16 pessoas em duas semanas e 40 buscadores e novos crentes se inscrevendo para estudar o
livro 1.
 Camboja. Este país está bem em direção de lançar um programa intensivo de crescimento
em todos os seus agrupamentos. Pessoas recurso de agrupamentos avançados estão sendo
sistematicamente recrutados, treinados e enviados para agrupamentos menos avançados
onde são auxiliados pela visita de equipes de ensino dos agrupamentos “A”, para
estabelecer um grupo central de novos crentes e buscadores em sua nova comunidade. Estes
indivíduos são então acompanhados por pioneiros de frente interna e equipes de instrutores
viajantes para levar a cabo as práticas dos cursos do instituto, estabelecendo, então, as
atividades centrais sobre uma base firme nos agrupamentos menos desenvolvidos. Esta
abordagem está efetivamente movendo avante os agrupamentos menos avançados num
forte ritmo.
 Croácia. Um mini-projeto de ensino de três dias foi realizado em Zagreb, um agrupamento
“B” com 67 novos crentes. As atividades durante o final de semana incluíram 11 visitas aos
lares e o compartilhar de orações, temas de aprofundamento e da “apresentação de Ana”
com buscadores. Este esforço resultou em 4 declarações em três dias e a atração de diversas
pessoas à Fé, enquanto que nos últimos dois anos a comunidade só havia tido duas
declarações.
 Trinidade e Tobago. Os amigos do agrupamento North East começaram a se reunir para
estudar a “apresentação de Ana” e então sair para ensinar. Esta abordagem resultou,
recentemente, em 26 novos crentes, incluindo 8 crianças e pré-jovens. Destes, a maioria foi
rapidamente integrada nas atividades centrais, especialmente as crianças e jovens. Estes
avanços têm “gerado um renovado entusiasmo dentro do agrupamento.”

________________________________________________________
Preparado sob os auspícios do Centro Internaional de Ensino para a Instituição dos Conselheiros. Extratos
dos relatórios citados podem ser editados para melhor correção gramatical, clareza ou extensão do texto.
Sua reprodução, total ou parcial, pode ser distribuída dentro da comunidade bahá’í sem permissão prévia do
Centro Internacional de Ensino.