A LENDA SIOUX

Consta uma velha lenda dos índios Sioux, que uma vez, Touro Bravo, o mais valente e honrado de todos os jovens guerreiros, e Nuvem Azul, a filha do cacique, uma das mais formosas mulheres da tribo, chegaram de mãos dadas, até a tenda do velho feiticeiro da tribo. - Nós nos amamos... e vamos nos casar, disse o jovem. E nos amamos tanto que queremos um feitiço, um conselho, ou um talismã...alguma coisa que nos garanta que poderemos ficar sempre juntos...que nos assegure que estaremos um ao lado do outro até encontrarmos a morte. Há algo que possamos fazer ? E o velho emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse : - Tem uma coisa a ser feita, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada... Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte dessa aldeia, e apenas com uma rede e tuas mãos, deves caçar o falcão mais vigoroso do monte...e trazê-lo aqui com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia. E tu, Touro Bravo, continuou o feiticeiro, deves escalar a montanha do trono, e lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias, e somente com as tuas mãos e uma rede, deverás apanhá-la trazendo-a para mim, viva ! Os jovens abraçaram-se com ternura, e logo partiram para cumprir a missão recomendada... No dia estabelecido, à frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves dentro de um saco. O velho pediu, que com cuidado as tirassem dos sacos... e viu que eram verdadeiramente formosos exemplares... - E agora o que faremos? perguntou o jovem, as matamos e depois bebemos a honra de seu sangue ? - Ou cozinhamos e depois comemos o valor da sua carne? propôs a jovem.
1

- Não ! disse o feiticeiro, apanhem as aves, e amarrem-nas entre si pelas patas com essas fitas de couro...quando as tiverem amarradas, soltem-na, para que voem livres ... O guerreiro e a jovem fizeram o que lhes foi ordenado, e soltaram os pássaros... A águia e o falcão, tentaram voar mas apenas conseguiram saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela incapacidade do vôo, as aves arremessavam-se entre si, bicandose até se machucar. E o velho disse : - Jamais esqueçam o que estão vendo. este é o meu conselho. Vocês são como a águia e o falcão...se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se, como também, cedo ou tarde, começarão a machucar-se um ao outro... Se quiserem que o amor entre vocês perdure...

OS FILHOS
Vossos filhos não são vossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesmo. Vêm através de vós, mas não de vós. E embora vivam convosco, não vos pertencem. Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos. Porque eles têm seus próprios pensamentos. Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas; Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não podem fazê-los como vós, Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados. Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.

2

O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força. Para que suas flechas se projetem rápido e para longe que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria; Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável. ( By Gibran Khalil , do livro : O Profeta )

ONDE DEUS ESCONDE OS ANJOS
Rosy Beltrão No dia em que Deus resolveu criar os homens.. e eles rapidamente se multiplicaram... e era esse o Seu desejo, logo percebeu, que não podia tomar conta de todos ao mesmo tempo .... Decidiu velozmente, porque a mente de Deus é rápida e infinita ... distribuir tarefas... E quem as faria ? Deus, tão ocupado em tudo o que faz... não tinha paz ... e como tudo Ele pode, como tudo Ele sabe, sabiamente resolveu criar os anjos ... e os arcanjos e os querubins. Almas de alegria infinita, ilimitada, como é o nosso tempo... Mas com tanta gente... e cada um com dificuldades diferentes, a cada dia enigma maior, outras de segundo plano, como ...crianças a correr, picadas de cobra, pedra que rola, trovão que estoura.. um problemão ! O que fazer ? Distribuir tarefas... pensou Deus. E deu a cada um dos seus anjos o que fazer ... Graduados e aprumados em suas aladas figuras, de magnífica transparência... Puros e belos por excelência... saíram a voar, a arremessar...a procura da pobre criatura...

Os homens ...felizes a principio bem usaram e, como sempre abusaram... a todo instante, não davam sossego ! Alguns, ainda pediam o necessário... o merecido... mas outros... também pediam: - meu anjo... olha por mim, sem que ele mesmo cuidasse de si ... - cuida do meu filho, sem que o filho ao menos olhasse para o pai... - fala com Deus... pede a Ele uma casa... - não quero mais isso aqui, é feio e velho, não gosto mais ... - quero aquilo ali ( um pedaço de ouro ! ) - assim não está bom... - etc... Coitados dos anjos ... não sabiam mais que o fazer... e começaram a padecer... Tristes e cabisbaixos andavam, voavam...volitavam ... daqui para lá e de lá para cá... Oh ! Tristeza sem fim... o que vai ser de mim ? Perguntavam-se ... o que vou dizer a Deus ? Como vou explicar ? Se nada é o suficiente ou o bastante e ainda, nem posso ajudar ? Mesmo para os anjos, não adiantava por os bois diante da carruagem ... mesmo com toda linhagem. Deus, vendo a tristeza dos anjos e a sagacidade, astúcia e cobiça dos homens ... tomou uma resolução. Resolveu, então... tirar os anjos de circulação ! E como fazer ? Para os que mereciam, atender? Grande decisão... de enorme compaixão... pelos anjos e pelos homens... Resolveu, que iria os anjos esconder... Num lugar, que ninguém poderia ver... Ninguém mais veria os anjos... ninguém mais atrapalharia seus afazeres...
4

3

Ao seu bel-prazer... assim poderiam ajudar... o seu verdadeiro trabalho realizar... Àqueles que mereciam e precisassem de ajuda realmente... E apagou da memória e da mente dos homens o convívio com os anjos... E agora ? Eles existem ? Ninguém sabe... ninguém viu ... Mas sabem, os puros de alma ... da existência de tais criaturas... Porque Deus disse : "Que só os encontrariam, aqueles puros de coração... que tivessem amor, compreensão e amizade por seu irmão". E esse abençoado... é que poderia, ajuda do seu anjo receber... E determinou, e assim ficou determinado, que cada anjo cuidaria só de um ... Que cada homem um anjo existiria, ficando ele ali de prontidão... Mas só o encontraria, no fundo do seu coração... Porque é lá que Deus esconde, nosso anjo de plantão !

SINAIS DE DEUS
Conta-se que um velho árabe analfabeto orava com tanto fervor e com tanto carinho, cada noite, que certa vez, o rico chefe de uma grande caravana chamou-o à sua presença e lhe perguntou : - Por que oras com tanta fé ? Como sabes que DEUS existe, quando nem ao menos sabes ler? O crente fiel respondeu : Grande senhor, conheço a existência de Nosso Pai Celeste pelos sinais dele. - Como assim ? indagou o chefe, admirado. O servo humilde explicou : Quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu ? - Pela letra , - respondeu

Quando o senhor recebe uma jóia, como é que se informa sobre o autor dela ? - Pela marca do ourives. O servo sorriu e acrescentou : Quando ouves passos de animais, ao redor da tenda, como sabes, depois, se foi um carneiro, um cavalo, um boi ? - Pelos rastros. - respondeu o chefe, surpreendido. Então, o velho crente convidou-o para fora da barraca e, mostrando-lhe o céu, onde a lua brilhava, cercada por multidões de estrelas, exclamou, respeitoso : - Senhor, aqueles sinais lá em cima, não podem ser de homens ! Neste momento, o orgulhoso caravaneiro de olhos lacrimosos, ajoelhou-se na areia e começou a orar também. DEUS, mesmo sendo invisível aos nossos olhos, deixa-nos sinais em todos os lugares : na manhã que nasce calma, no dia que transcorre com o calor do sol ou com a chuva que molha a relva ... ELE deixa sinais quando alguém se lembra de você, quando alguém te considera importante, quando alguém lembra de te enviar uma mensagem e diz a você o que melhor poderia dizer : Fique na Paz do Senhor, porque Ela é infinita !

O HOMEM QUE NÃO SE IRRITAVA
Em uma cidade interiorana havia um homem que não se irritava e não discutia com ninguém. Sempre encontrava saída cordial, não feria a ninguém, nem se aborrecia com as pessoas. Morava em modesta pensão, onde era admirado e querido. Para testá-lo, um dia seus companheiros combinaram levá-lo à irritação e à discussão numa determinada noite em que o levariam a um jantar. Trataram todos os detalhes com a garçonete que seria a responsável por atender a mesa reservada para a ocasião. Assim

5

6

que iniciou o jantar, como entrada foi servida uma saborosa sopa, da qual o homem gostava muito. A garçonete chegou próximo a ele, pela esquerda, e ele, prontamente, levou seu prato para aquele lado, a fim de facilitar a tarefa de servir. Mas ela serviu todos os demais, e quando chegou a vez dele, foi para outra mesa. Ele esperou calmamente e em silêncio, que ela voltasse. Quando ela se aproximou outra vez, agora pela direita, para recolher o prato, ele levou outra vez seu prato na direção da jovem, que novamente se distanciou, ignorando-o. Após servir todos os demais, passou rente a ele, acintosamente, com a sopeira fumegante, exalando saboroso aroma como quem havia concluído a tarefa e retornou à cozinha. Naquele momento não se ouvia qualquer ruído. Todos o observavam discretamente, para ver sua reação. Educadamente ele chamou a garçonete, que se voltou, fingindo impaciência e lhe disse: - O que o senhor deseja? Ao que ele respondeu, naturalmente: - A senhora não me serviu a sopa. Novamente ela retrucou, para provocá-lo, desmentindo-o: - Servi, sim senhor! Ele olhou para ela, olhou para o prato vazio e limpo e ficou pensativo por alguns segundos... Todos pensaram que ele iria brigar... Suspense e silêncio total. Mas o homem surpreendeu a todos, ponderando tranqüilamente: - A senhorita serviu sim, mas eu aceito um pouco mais! Os amigos, frustrados por não conseguir fazê-lo discutir e se irritar com a moça, terminaram o jantar, convencidos de que nada mais faria com que aquele homem perdesse a compostura. Bom seria se todas as pessoas agissem sempre com discernimento em vez de reagir com irritação e impensadamente. Ao

protagonista da nossa singela história, não importava quem estava com a razão, e sim importava evitar as discussões desgastantes e improdutivas. Quem age assim sai ganhando sempre, pois não se desgasta com emoções que podem provocar sérios problemas de saúde ou acabar em desgraça. Muitas brigas surgem motivadas por pouca coisa, por coisas tão sem sentido, mas que se avolumam e se inflamam com o calor da discussão. Isso porque algumas pessoas têm a tola pretensão de não levar desaforo para casa, mas acabam levando para a prisão, para o hospital ou para o cemitério. Por isso a importância de aprender a arte de não se irritar, de deixar por menos ou encontrar uma saída inteligente como fez o homem no restaurante. Pense nisso! A pessoa que se irrita aspira o tóxico que exterioriza em volta, e envenena a si mesma.

O HORIZONTE
Certa vez alguém chegou no céu e pediu para falar com DEUS, porque segundo o seu ponto de vista, havia uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido... DEUS o atendeu de imediato, curioso por saber qual era a falha que havia na Criação. - Senhor DEUS, sua Criação é muito bonita, muito funcional, cada coisa tem a sua razão de ser...mas no meu ponto de vista, tem uma coisa que não serve para nada - disse aquele impertinente ao Criador. - E que coisa é essa que não serve para nada? - perguntou DEUS. - É o HORIZONTE. Para que serve o horizonte? Se eu caminho um passo em direção a ele, o mesmo se afasta um passo de mim. Se caminho dez passos, ele se afasta outros dez passos. Se caminho quilômetros em direção ao horizonte, ele se afasta os

7 8

mesmos quilômetros de mim... Isso não faz sentido! O HORIZONTE não serve pra nada. DEUS olhou para aquela pessoa, sorriu e disse: - Mas é justamente para isso que serve o horizonte...para fazê-lo "caminhar"!

"É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão."

MUDAR

A HISTÓRIA DO BAMBU CHINÊS
Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada por aproximadamente 5 anos, exceto um lento desabrochar de um diminuto broto a partir do bulbo. Durante 5 anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas... uma maciça e fibrosa estrutura de raiz que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, no final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros. Um escritor de nome Covey escreveu: "Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e às vezes não vê nada por semanas, meses ou anos. Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5.º ano chegará, e com ele virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava..." O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos e de nossos sonhos... Em nosso trabalho especialmente, que é um projeto fabuloso que envolve mudanças de comportamento, de pensamento, de cultura e de sensibilização, devemos sempre lembrar do bambu chinês para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão. Procure cultivar sempre dois bons hábitos em sua vida: a Persistência e a Paciência, pois você merece alcançar todos os seus sonhos..!!!

9 Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade. Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa. Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa. Tome outros ônibus. Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os teus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos. Veja o mundo de outras perspectivas. Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros. Viva outros romances. Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo. Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua. Corrija a postura. Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias. Tente o novo todo dia. o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor. a nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.

Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida compre pão em outra padaria. Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa. Escolha outro mercado... 10 outra marca de sabonete, outro creme dental... tome banho em novos horários. Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares. Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes. Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias. Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus. Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo. E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez. Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda! Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!!!! (Clarice Lispector)

VOCÊ PODE
Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria. Você pode assumir sua individualidade, ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse.

Você pode produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar, ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis sérias e bem situadas como você. Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas, ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, 11 fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus. Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela a falta de gente à sua volta. Você pode ouvir o seu coração e viver aproximadamente ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando analisar e explicar a vida antes de vivê-la. Você pode deixá-la como está para ver como é que fica ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo à sua volta. Você pode deixar que o medo de perder paralise seus planos ou partir para a ação com o pouco que tem e muita vontade de ganhar. Você pode amaldiçoar sua sorte, ou encarar a situação como uma grande oportunidade de crescimento que a Vida lhe oferece. Você pode mentir para si mesmo, achando desculpas e culpados para todas as suas insatisfações, ou encarar a verdade de que, no fim das contas, sempre você é quem decide o tipo de vida que quer levar. Você pode escolher o seu destino e, através de ações concretas caminhar firme em direção a ele, com marchas e contramarchas, avanços e retrocessos, ou continuar acreditando que ele já estava escrito nas estrelas e nada mais lhe resta a fazer senão sofrer. Você pode viver o presente que a Vida lhe dá, ou ficar preso a um passado que já acabou - e portanto não há mais nada a fazer -, ou a um futuro que ainda não veio - e que portanto não lhe permite fazer nada.

Você pode ficar numa boa, desfrutando o máximo de coisas que você é e possui, ou se acabar de tanta ansiedade e desgosto por não ser ou não possuir tudo o que você gostaria. Você pode engajar-se no mundo, melhorando a si próprio e, por conseqüência, melhorando tudo que está à sua vota, ou esperar 12 que o mundo melhore para que então você possa melhorar. Você pode celebrar a Vida e a Energia Universal que o criou, ou celebrar a morte, aterrorizado com a idéia de pecado e punição. Você pode continuar escravo da preguiça, ou comprometer-se com você mesmo e tomar atitudes necessárias para concretizar o seu Plano de Vida. Você pode aprender o que ainda não sabe, ou fingir que já sabe tudo e não precisa de aprender nada mais. Você pode ser feliz com a vida como ela é, ou passar todo o seu tempo se lamentando pelo que ela não é. A escolha é sua. E o importante, é que você sempre tem escolha. Pondere bastante ao se decidir, pois é você que vai carregar sozinho e sempre - o peso das escolhas que fizer.

neles, os perderemos. Temos que tirar do baú os sonhos, caso contrário, eles envelhecem. E assim não conseguiremos mais realizá-los, A realização vem pela luta, esforço e persistência. Caminhar ao lado de pessoas que nos motivem a sonhar. E a persistir nos mesmos é muito importante. É um passo para a realização deles. Mesmo que tudo o leve a pensar que parece impossível. Não desista do seu sonho. Busque forças dentro de você. Peça ajuda a Deus. Nenhuma oração volta sem resposta. Acredite que tudo pode acontecer, quando desejamos do fundo do coração. Da Bíblia temos que : "Tudo posso naquele que me fortalece" Tudo e não algumas coisas ! Acredite na beleza dos seus sonhos e na capacidade de realizálos. Você é capaz ! Sonhe sempre. Nunca deixe de sonhar E você será sempre um vencedor.

QUAL É O REAL DESAFIO?
Luiz Marins No avião, a velha senhora diz à aeromoça: "Tem uma pessoa sentada na minha poltrona..." . A aeromoça responde: "Isso não é comigo. É com o pessoal de terra....". A caixa do supermercado cruza os braços e assiste impassível ao cliente tentando abrir o saquinho de compras.... O funcionário da empresa de encomendas simplesmente não tem o menor cuidado ao manusear o pacote do cliente.... O garçom fica em pé ao lado da cadeira e não ajuda a senhora a sentar-se.... A telefonista da empresa fala mal da empresa para os clientes ao telefone.... Etc., Etc.... Essas empresas todas têm os melhores "sistemas" de computação. Os "hardwares" e os "softwares" mais sofisticados. ERP, CRM, etc, etc. Essas empresas gastam milhões de reais em publicidade e

NUNCA DEIXE DE SONHAR
Todo ser humano possui sonhos. Sonhos grandes, sonhos pequenos, sonhos. Sonhos nascem a cada dia, a cada hora, a cada minuto. Sem percebemos, um sonho nasce dentro do nosso coração. Sonhos nos motivam a viver, a continuarmos caminhando. Vivemos, na verdade, na busca da realização dos nossos sonhos. Às vezes, pessoas que estão ao nosso redor. Tentam matá-los com palavras de pessimismo. Acham que, se não podem realizar seus sonhos, As outras pessoas também não merecem realizar os seus. Puro egoísmo. Muitas vezes, achamos que não conseguiremos realizálos, Que eles estão muito distante de nós. Ou achamos que não merecemos, porque não somos ninguém. Se não acreditarmos

13

propaganda. Essas empresas têm sedes próprias e maravilhosas. Muitas são certificadas com ISO 9000.... O único problema é que lá na ponta, onde o contato concreto com o cliente realmente ocorre, as coisas não acontecem! Tudo cai por terra numa simples displicência por parte de um simples funcionário que, desmotivado, não treinado ou qual razão for, 14 simplesmente destrói toda a "filosofia" linda, maravilhosa, da famosa empresa. Alguma coisa acontece (ou deixa de acontecer) e as pessoas que trabalham na empresa começam a jogar contra a própria empresa. Parece que fazem tudo – e com muita competência – para destruir a marca, para irritar os clientes, para que a empresa fracasse. Os clientes se afastam. As vendas caem. E a solução apontada novamente é de novos "sistemas", novos "hardwares" e "softwares", mais modernos, mais sofisticados....Novas campanhas publicitárias.... Será essa a solução? Como resolver esse desafio? O real desafio? Como fazer com que lá na ponta – como dizemos – tudo ocorra como "planejado" nas salas refrigeradas do marketing, das agências e dos consultores em "sistemas"? Muitas empresas, por esses motivos, estão advogando a eliminação completa do ser humano no processo de venda, de atendimento. Tudo por computador! O computador não fala mal da empresa, não cruza os braços, não faz cara feia. Tudo será on-line! Será essa a solução? Será possível? Será possível uma sociedade sem gente falando com gente? Gente comprando de gente? Gente vendendo para gente? Como os produtos chegarão em nossas casas? Nos aviões não terão aeromoças? Nossos automóveis nunca irão para oficinas? Não haverá mecânicos, recepcionistas? Não haverá lojas? Balconistas? Os computadores atenderão todos os telefonemas? Darão todas as informações? Será possível?

Será que nós, no mundo moderno, sofisticado e tecnológico em que vivemos não estamos nos esquecendo do básico? Do simples? Da verdadeira realidade? O que fazer? Como fazer para que toda a "tecnologia" e os sofisticados mecanismos de "marketing" cheguem até onde precisamos que chegue? Como fazer o "simples e o básico" acontecerem? 15 Este me parece ser o real desafio do século XXI. Pense nisso. Boa Semana. Sucesso!

RESPEITO É BOM E DEUS GOSTA
Em muitas casas estamos vendo o desmoronar da família. A família é a base de suporte para todas as pessoas, ou pelo menos deveria ser. Mas não é isto que estamos vendo. Pais agressivos, filhos rebeldes, tudo tem um só motivo – o respeito. A falta de respeito um pelo outro é uma causa desses conflitos familiares, mas a falta de respeito maior de todas é para com Deus. Se respeitamos a Deus e Seus mandamentos, consequentemente, respeitamos ao nosso próximo. O respeito é a base de qualquer relacionamento e se quisermos ter um relacionamento verdadeiro com Deus temos que respeitáLo e amá-Lo acima de todas as coisas. Quando estamos íntimos do Pai, nada nos impede de sermos íntimos de nossos irmãos, nossos parentes e nossos amigos. O respeito a Deus inclui diversas coisas, entre elas respeitar os mandamentos do Pai e os cumprir. No cumprimento dos mandamentos de Deus, está incluído o amor e o respeito ao próximo. Como já foi dito antes, o respeito é a base da família e a família é a base da educação e de uma formação do indivíduo. Quando a família tem amor e respeito por Deus, consequentemente, a educação da criança será baseado nos preceitos bíblicos e ela será segundo o coração do Senhor.

Já o que acontece em muitos lares de hoje, a família que não tem conhecimento de Deus nem o respeita como deveria, passa aos filhos um ensinamento segundo o coração dos pais. Esse ensinamento nem sempre é o que há de melhor para o crescimento mental, intelectual e espiritual de uma criança; sendo assim, 16 acontece o que estamos vendo hoje. Tantas conflitos, tantas brigas sem motivo aparente, tantos casamentos chegando ao fim quando ainda nem começaram, tantos filhos rebeldes, etc. Creio que nada disso estaria acontecendo se no coração de cada um de nós existisse o verdadeiro respeito pelo Senhor. Tudo que Deus faz é bom e nEle encontramos o refúgio bem presente e o que Ele pede em troca? NADA. Apenas que o respeitemos e o amemos e isso não é nada perto do que Ele fez, faz e tem reservado para nós. Respeito é bom e Deus gosta!!!

O PACOTE DE BOLACHAS
Era uma vez uma moça que estava à espera de seu vôo, na sala de embarque de um grande aeroporto. Como ela deveria esperar por muitas horas pelo seu vôo, resolveu comprar um livro para matar o tempo. Comprou, também, um pacote de bolachas. Sentou-se numa poltrona, na sala VIP do aeroporto, para que pudesse descansar e ler em paz. Ao seu lado sentou-se um homem. Quando ela pegou a primeira bolacha, o homem também pegou uma. Ela se sentiu indignada, mas não disse nada. Apenas pensou : "Mas que cara de pau! Se eu estivesse mais disposta, lhe daria um soco no olho para que ele nunca mais esquecesse !!!" A cada bolacha que ela pegava, o homem também pegava uma. Aquilo a deixava tão indignada que não conseguia nem reagir. Quando restava apenas uma bolacha, ela pensou: "O que será que este abusado vai fazer agora?"

Então o homem dividiu a última bolacha ao meio, deixando a outra metade para ela. Ah!!! Aquilo era demais !!! Ela estava bufando de raiva ! Então, ela pegou o seu livro e as suas coisas, e se dirigiu ao local de embarque. Ao sentar-se confortavelmente numa poltrona, já no interior do 17 avião, olhou dentro da bolsa para pegar uma bala, e, para sua surpresa, o pacote de bolachas estava lá... ainda intacto, fechadinho ! Ela sentiu tanta vergonha! Só então percebia que a errada era ela, sempre tão distraída! Havia se esquecido que suas bolachas estavam guardadas, dentro da sua bolsa.... O homem havia dividido as bolachas dele sem se sentir indignado, nervoso ou revoltado, enquanto ela se sentira muito transtornada, pensando estar dividindo as dela com ele. E já não havia mais tempo para se explicar...nem para pedir desculpas! Quantas vezes, em nossa vida, nós é que estamos comendo as bolachas alheias, e não temos a consciência disto? Antes de concluir, observe melhor! Talvez as coisas não sejam exatamente como você pensa! Não pense o que não sabe sobre as pessoas. " Existem quatro coisas na vida que não se recuperam : - a pedra, depois de atirada; - a palavra, depois de proferida; - a ocasião, depois de perdida, - e o tempo, depois de passado".

O TIJOLO...
Um jovem e bem sucedido executivo dirigia por sua vizinhança, correndo um pouco demais na sua nova Ferrari. De repente um tijolo espatifou-se na porta lateral da Ferrari!

Freou bruscamente e deu ré até o lugar de onde teria vindo o tijolo. Saltou do carro e pegou bruscamente uma criança empurrando-a contra um veículo estacionado e gritou: - Por que isso? Quem é você? Que besteira você pensa que está fazendo ? Este é um carro novo e caro. Aquele tijolo que você 18 jogou vai me custar muito dinheiro. Por que você fez isto? - Por favor senhor me desculpe, eu não sabia mais o que fazer! Implorou o pequeno menino. - Ninguém estava disposto a parar e me atender neste local. Lágrimas corriam do rosto do garoto, enquanto apontava na direção dos carros estacionados. - É meu irmão. Ele desceu sem freio e caiu de sua cadeira de rodas e não consigo levantá-lo. Soluçando, o menino perguntou ao executivo: - O senhor poderia me ajudar a recolocá-lo em sua cadeira de rodas? Ele está machucado e é muito pesado para mim. Movido internamente muito além das palavras, o jovem motorista engolindo "um nó imenso" dirigiu-se ao jovenzinho, colocando-o em sua cadeira de rodas. Tirou seu lenço, limpou as feridas e arranhões, verificando se tudo estava bem. - Obrigado e que Deus possa abençoá-lo - a grata criança disse a ele. O homem então viu o menino se distanciar... empurrando o irmão em direção à casa. Foi um longo caminho de volta para a Ferrari... um longo e lento caminho de volta. Ele nunca consertou a porta amassada. Deixou amassada para lembrá-lo de não ir tão rápido pela vida, que alguém tivesse que atirar um tijolo para obter a sua atenção... Deus sussurra em nossas almas e fala aos nossos corações. Algumas vezes, quando nós não temos tempo de ouvir, Ele tem de jogar um tijolo em nós.

“Conflito não é o problema. Todo casal enfrenta desentendimentos. É o não saber como brigar com eficiência que cria as grandes dificuldades no casamento.” Sarah Peterson Quais são as áreas de conflito no relacionamento com seu 19 cônjuge? Pasta de dentes apertada incorretamente? Toalha no chão do banheiro? Cabelos sobre a pia? Lixo dentro do carro? Tanque do carro vazio? Litro de leite vazio na geladeira? Fôrma de gelo vazia? Coisas mínimas, como uma pequena faísca, podem ser a causa de um grande incêndio. Mas não é verdade que eventualmente todos nós nos envolvemos numa guerra por algo tão tolo e tão pequeno? O fato é que basta estar casado para alguém se dar conta de que todos têm algumas coisas que os enervam. Pois são exatamente essas coisas que têm o potencial de atrair conflitos para dentro do casamento. Parece tolice criar caso diante de coisas aparentemente tão insignificantes. Contudo são exatamente elas que eventualmente trazem oportunidades para conflitos. À luz da realidade acima quero encorajá-lo a trazer para áreas de conflito do seu casamento dez lembretes que poderão fazer uma grande diferença no seu relacionamento. 1. Não permita que coisas pequenas que provocam irritação em você se acumulem, a ponto de você explodir. 2. Se seu cônjuge não quer falar sobre um determinado assunto, tente marcar um horário - que não ultrapasse as 24 horas seguintes - para conversar especificamente sobre ele. 3. Saiba com clareza qual é realmente a questão, e conserve-se centralizado no assunto. 4. Mantenha o assunto apenas entre vocês dois. Não envolva terceiros, como sogros ou o melhor amigo, ou amiga. 5. Não aplique golpes baixos. 6. Não traga à tona histórias do passado.

PARA CASAIS

7. Observe sua linguagem. Certos termos - ainda que não ofensivos - podem causar feridas quando usados em tom sarcástico. 8. Ouçam um ao outro com o máximo de atenção. Isso inclui a linguagem do corpo. Olhem-se mutuamente, enquanto conversam. 9. Não se culpem nem se acusem – a si mesmos ou ao outro. 20 10. Esteja disposto tanto a pedir perdão como a perdoar. Para Meditação: O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Romanos 12:9-10

ELE NÃO DESISTIU!
Luiz Marins Recebi de um assinante do Motivação & Sucesso a seguinte história verídica que quero dividir com os demais assinantes: "Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, dormindo apenas quatro horas por dia. Dorme ali mesmo, entre um pequeno torno e algumas ferramentas espalhadas. Para poder continuar seus negócios, empenha sua casa e as jóias da esposa. Quando, finalmente, apresenta o resultado de seu trabalho à uma grande empresa, recebe a resposta que seu produto não atende ao padrão de qualidade exigido. O homem desiste? Não! Volta à escola por mais dois anos, sendo vítima da chacota de seus colegas e de alguns professores, que o chamam de "louco". O homem fica ofendido? Não! Dois anos depois de haver concluído o curso de Qualidade, a empresa que o recusara, finalmente, fecha um contrato com ele. Seis meses depois, vem a guerra. Sua fábrica é bombardeada duas vezes... O homem se desespera e desiste?

Não! Reconstrói sua fábrica, mas um terremoto novamente a arrasa. Você pensará, é claro: bom, agora sim, ele desiste! Mais uma vez, não! Imediatamente após a guerra há uma escassez de gasolina em todo país e este homem não pode sair de automóvel, nem para 21 comprar alimentos para sua família. Ele entra em pânico e decide não mais continuar seus propósitos? Não! Criativo, ele adapta um pequeno motor à sua bicicleta e sai às ruas. Os vizinhos ficam maravilhados e todos querem as chamadas "bicicletas motorizadas". A demanda por motores aumenta e logo ele não conseguiria atender todos os pedidos! Decide montar uma fábrica para a novíssima invenção. Como não tem capital, resolve pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país. Como a idéia parece excelente, consegue ajuda de 3.500 lojas, as quais lhe adiantam uma pequena quantidade de dinheiro .... Hoje, a Honda Corporation é um dos maiores impérios da indústria automobilística! Esta conquista foi possível porque o Sr. Soichiro Honda, o homem de nossa história, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente. Quantos de nós desistimos por muito menos? Quantas vezes o fazemos antes de enfrentar minúsculos problemas? Todas as coisas são possíveis, quando sustentadas por sonhos e valores consistentes." Pense nisso. Boa Semana. Sucesso! Não desista!

PENSE NISSO...
Um pequeno barco de peixes aporta numa vilazinha da costa mexicana. Um turista americano cumprimenta o pescador mexicano pela qualidade do pescado e pergunta quanto tempo ele levou para pegar aquela quantidade de peixes.

"Não muito tempo", respondeu o mexicano. "Bom, então por que você não ficou mais tempo no mar e pegou mais peixes?", perguntou o americano. O mexicano explicou que aquela quantidade bastava para atender às suas necessidades e as da família. 22 Aí o americano pergunta, "Mas o que você faz com o resto do seu tempo?" "Eu durmo até tarde, brinco com meus filhos, descanso com minha esposa... À noite eu vou até a vila ver meus amigos, tomar umas bebidas, tocar violão, cantar umas músicas... eu tenho uma vida completa." O americano interrompe: "Eu tenho um MBA em Harvard e posso te ajudar. Comece a passar mais tempo pescando todos os dias. Aí você pode vender todo o peixe extra que conseguir pescar. Com o dinheiro extra, você compra um barco maior. Com a receita extra que o barco maior vai trazer, você pode comprar um segundo e um terceiro barco, e assim por diante até possuir uma frota de pesqueiros. Ao invés de vender seu peixe para um atravessador, negocie diretamente com as fábricas de beneficiamento ou quem sabe pode até abrir sua própria indústria de beneficiamento. Aí você pode deixar esta vila e ir morar na Cidade do México, Los Angeles ou até mesmo em Nova Iorque! De lá você toca seu imenso empreendimento!" "Quanto tempo isso iria levar?", perguntou o mexicano. "Uns vinte, quem sabe vinte e cinco anos", responde o americano. "E depois?" "E depois? Aí é que começa a ficar bom", responde o americano, rindo. Quando seu negócio começar a crescer de verdade, você abre o capital e faz milhões!!!" "Milhões? Sério? E depois disso?"

"Depois disso você se aposenta e vai morar numa vilazinha da costa mexicana, dorme até tarde, pega uns peixinhos, descansa ao lado da esposa, brinca com seus filhos e passa as noites se divertindo com os amigos..."

A FÁBULA DOS PORCOS ASSADOS:

23

Luiz Antônio Uma das possíveis variações de uma velha história sobre a origem do assado é a seguinte: Certa vez, aconteceu um incêndio num bosque onde havia alguns porcos, que foram assados pelo fogo. Os homens, acostumados a comer carne crua, experimentaram e acharam deliciosa a carne assada. A partir daí, toda vez que queriam comer porco assado, incendiavam um bosque... até que descobriram um novo método. Mas o que quero contar é o que aconteceu quando tentaram mudar o SISTEMA para implantar um novo. Fazia tempo que as coisas não iam lá muito bem: às vezes os animais ficavam queimados demais ou parcialmente crus. O processo a todos preocupava muito, porque quando o SISTEMA falhava, as perdas ocasionadas eram muito grandes - milhões eram os que se alimentavam de carne assada e também milhões os que se ocupavam com a tarefa de assá-los. Portanto, o SISTEMA simplesmente não podia falhar. Mas, curiosamente, quando mais crescia a escala do processo, tanto mais parecia falhar e tanto maior eram as perdas causadas. Em razão das inúmeras deficiências, aumentavam as queixas. Já era um clamor geral a necessidade de reformar profundamente o SISTEMA. Congressos, seminários, conferências passaram a ser realizadas anualmente para buscar uma solução. Mas parece que não se acertavam os melhoramentos do mecanismo. Assim, no ano seguinte repetiam-se os congressos, seminários, conferências. As causas do fracasso do SISTEMA, segundo os especialistas, eram atribuídas à indisciplina dos porcos, que não permaneciam onde deveriam, ou à inconstante natureza do fogo, tão difícil de

24

controlar, ou ainda às árvores, excessivamente verdes, ou à umidade da terra, ou ao serviço de informações meteorológicas, que não acertava o lugar, o momento e a quantidade das chuvas... A causa era como se vê, difícil de se determinar na verdade, o sistema para assar porcos era muito complexo. Fora montada uma grande estrutura: maquinário diversificado; indivíduos dedicados exclusivamente a acender o fogo - incendiadores que eram também especializados(incendiadores da Zona Norte, da Zona Oeste etc; incendiadores noturnos e diurnos - com especialização em matutino e vespertino incendiador de verão, de inverno etc.). Havia especialistas também em ventos - os anemotécnicos. Havia um Diretor Geral de Assamento e Alimentação Assada, um Diretor de Técnicas Ígneas (com seu Conselho Geral de Assessores), um Administrador Geral de Reflorestamento, uma Comissão Nacional de treinamento Profissional em Porcologia, um instituto Superior de Cultura de Técnicas Alimentícias (ISCUTA) e o Bureau Orientador de Reformas Igneooperativas. Havia sido projetada e encontrava-se em plena atividade a formação de bosques e selvas, de acordo com as mais recentes técnicas de implantação - utilizando-se regiões de baixa umidade e onde os ventos não soprariam mais que três horas seguidas. Eram milhões de pessoas trabalhando na preparação dos bosques, que logo seriam incendiados. Havia especialistas estrangeiros estudando a importação das melhores árvores e sementes, fogo mais potente etc. Havia grandes instalações para manter os porcos antes do incêndio, além de mecanismo para deixá-los sair apenas no momento oportuno. Foram formados professores especializados na construção dessas instalações. Pesquisadores trabalhavam para as universidades que preparavam os professores especializados na construção das instalações para porcos; fundações apoiavam os pesquisadores que

trabalhavam para as universidades que preparavam os professores especializados na construção das instalações para porcos etc. As soluções que os congressos sugeriam eram, por exemplo, aplicar triangularmente o fogo depois de atingida determinada velocidade do vento, soltar os porcos 15 minutos antes que o incêndio médio da floresta atingisse 47 graus, posicionar ventiladores - gigantes em direção oposta à do vento, de forma a direcionar o fogo etc. Não é preciso dizer que poucos especialistas estavam de acordo entre si, e que cada um embasava suas idéias em dados e pesquisas específicos. Um dia um incendiador categoria AB/SODM-VCH (ou seja, um acendedor de bosque especializado em sudoeste diurno, com bacharelado em verão chuvoso), chamado João Bom-Senso, resolveu dizer que o problema era mais fácil de ser resolvido bastava, primeiramente, matar o porco escolhido, limpando cortando adequadamente o animal, colocando-o então sobre uma armação metálica sobre brasas, até que o efeito do calor- e não das chamas - assasse a carne. Tendo sido informado sobre as idéias do funcionário, o Diretor Geral de Assamento mandou chamá-lo ao seu gabinete, e depois de ouvi-lo pacientemente, disse-lhe: - Tudo que o senhor disse está muito bem, mas não funciona na prática. O que o senhor faria, por exemplo, com os anemotécnicos, caso viéssemos a aplicar sua teoria? Onde seria empregado todo o conhecimento dos acendedores de diversas especialidades? - Não sei - disse João. - E os especialistas em sementes? Em árvores importadas? E os desenhistas de instalações para porcos, com suas máquinas purificadoras automáticas de ar? - Não sei. - E os anemotécnicos que levaram anos especializando-se no exterior, e cuja formação custou tanto dinheiro ao País? Vou

25

26

mandá-los limpar porquinhos? E os conferencistas estudiosos, que ano após ano tem trabalhado no programa de Reforma e Melhoramentos? Que faço com eles, se a sua solução resolver tudo? Hein? - Não sei, repetiu João, encabulado. - O senhor percebe agora que sua idéia não vem ao encontro daquilo de que necessitamos? O senhor não vê, que se tudo fosse tão simples, nossos especialistas já teriam encontrado a solução há muito tempo atrás? O senhor com certeza compreende que eu não posso simplesmente convocar os anemotécnicos e dizer-lhes que tudo se resume a utilizar brasinhas, sem chamas! O que o senhor espera que eu faça com os quilômetros e quilômetros de bosques já preparados, cujas árvores não dão fruto nem tem folhas para dar sombras? Vamos, diga-me. - Não sei, não senhor. - Diga-me, nossos três engenheiros em porcopirotecnia, o senhor não considera que sejam personalidades cientificas do mais extraordinário valor? - Sim, parece que sim. - Pois então. O simples fato de possuirmos valiosos engenheiros em porcopirotecnia indica que nosso sistema é muito bom. O que eu faria com indivíduos tão importantes paras o País? - Não sei. - Viu? O senhor tem que trazer soluções para certos problemas específicos - por exemplo, como melhorar as anemotécnicas atualmente utilizadas, como obter mais rapidamente acendedores de Oeste (nossa maior carência), como construir instalações para porcos com mais de sete andares. Temos que melhorar o sistema, e não transformá-lo radicalmente, o senhor me entende? Ao senhor, falta-lhe sensatez? - Realmente, eu estou perplexo! - respondeu João.

- Bem agora que o senhor conhece as dimensões do problema, não saia dizendo por aí que pode resolver tudo. O problema é bem mais sério e complexo que o senhor imagina. Agora, entre nós, devo recomendar-lhe que não insista nessa sua idéia isso pode 27 trazer problemas para o senhor no seu cargo. Não por mim, o senhor entende. Eu falo isso para o seu próprio bem, porque o compreendo, entendo perfeitamente seu posicionamento, mas o senhor sabe que pode encontrar outro superior menos compreensivo, não é mesmo? João Bom-Senso, coitado, não falou mais um "A". Saiu sem se despedir, meio atordoado, meio assustado com sua sensação de estar caminhando de cabeça para baixo, saiu de fininho e ninguém nunca mais o viu. Por isso é que até hoje se diz, quando a reunião é de Reformas e Melhoramentos, que o que falta é o bom senso... Avaliação: Essa é boa. Foi enviada pelo Hildebrando (CNPq). Tem muito de realismo nessa fábula. Basta verificarmos o quanto os países desenvolvidos gastam por ano em armamentos (mais de US$ UM TRILHÃO, principalmente os EUA).Para satisfazer (garantir o emprego dos) os fabricantes de armas, matam-se milhões de seres humanos em várias partes do mundo (os porcos da fábula). Seria mais de BOM SENSO (o João Bom-Senso da fábula), se usássemos esses recursos para o controle da natalidade e melhoria do nível de vida de todos os seres humanos desse sofrido planeta. Outro grande exemplo disto é o nosso Congresso, Senado, Câmara dos Deputados e Todas as Assembléias legislativas Estaduais e Municipais. João Bom Senso nunca consegue ser eleito, por isto mesmo gastam-se rios de dinheiro e o povo cada vez mais pobre e miserável. Além da corrupção e outras falcatruas. As Empresas de vez em quando utilizam este método para resolver seus problemas, principalmente quando envolve redução de custo. Põe fogo na florestas e assam-se p...

Podem crer, há espaço para todos neste "lugar" onde vivemos, se todos respeitarem uns aos outros.

" Clama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes. " (Jeremias 33:3)

LIÇÃO DE VIDA 28
Se você colocar um falcão em um cercado com um metro quadrado e inteiramente aberto por cima, o pássaro, apesar de sua habilidade para o vôo, será um prisioneiro. A razão é que um falcão sempre começa seu vôo com uma pequena corrida em terra. Sem espaço para correr, nem mesmo tentará voar e permanecerá um prisioneiro pelo resto da vida nessa pequena cadeia sem teto. O morcego, criatura notavelmente ágil no ar, não pode sair de um lugar nivelado; se for colocado em um piso completamente plano, tudo que ele conseguirá fazer é andar de forma confusa, dolorosa, procurando alguma ligeira elevação de onde possa se lançar. Um zangão, se cair em um pote aberto, ficará lá até morrer ou ser removido. Ele não vê a saída no alto; por isso, persiste em tentar sair pelos lados, próximo ao fundo. Procurará uma maneira de sair onde não existe nenhuma, até que se destrua completamente, de tanto atirar-se contra o fundo do vidro. Há pessoas como o falcão, o morcego e o zangão: atiram-se obstinadamente contra os obstáculos, sem perceber que a saída está logo acima. Se você está como um zangão, um morcego ou um falcão, cercado de problemas por todos os lados, olhe para cima! Deus é a solução de TODOS os problemas. Creia em Jesus e no poder redentor da Cruz. O Senhor morreu para que você tenha vida abundante. Nunca duvide disso. Olhe para o alto, busque a Deus. Dobre seus joelhos e derrame seu coração aos pés da cruz. Deus nunca deixa de responder àqueles que vão até Ele.

MULHERES SÃO PARALELAS

Lilian e Stephen Kanitz Homens gostam de se gabar que possuem 23 bilhões de neurônios enquanto a mulher possui “somente” 19 bilhões, 4 bilhões a menos. Consideram este fato, comprovado cientificamente, um sinal de superioridade. As mulheres respondem imediatamente, que não faz a menor diferença, no que elas estão absolutamente corretas. Do ponto de vista da seleção natural, não há como a natureza selecionar mulheres “burras” e homens “inteligentes”. Ambos os sexos tinham que ser igualmente espertos para fugirem dos predadores nos primórdios, na África. Mulheres compensam esta diferença processando a informação de forma diferente. Homens pensam seqüencialmente, etapa por etapa, logicamente trilhando o caminho da racionalidade, comparando fatos com regras preestabelecidas. Suas conclusões dão do tipo “sim-não”, “certo-errado”. Mulheres raciocinam em paralelo, avaliam dezenas de variáveis simultaneamente, suas conclusões são do tipo “melhor-pior” ou uma simples sensação visceral de certeza da conclusão. Por isto, dizem que as mulheres são “intuitivas”. Elas processam informação mais rapidamente, são mais abrangentes, mais holísticas. Ou seja, mulheres são paralelas, homens são seriais. Recentemente, um estudo descobriu que as mulheres possuem 13% mais sinapses do que homens, o que compensa a diferença e muda a forma de pensar. Homens têm mais neurônios, mulheres têm mais sinapses. Talvez seja por isto, que as mulheres conseguem cuidar de 20 coisas ao mesmo tempo. São excelentes enfermeiras, mães de 5 filhos, administradoras de equipes, administradoras de escolas, hospitais e associações, onde ninguém

29

30

fica quieto um minuto. Homens adoram gerenciar planos, números e orçamentos que precisam ser obedecidos. Por serem seriais e lógicos tendem a ser arrogantes e donos da verdade, mesmo estando errados. Mulheres, por serem paralelas, sempre sofrem a incerteza da dúvida, mesmo estando certas. São inseguras sem razão. Suas conclusões são corretas, mas não seguem a lógica masculina serial. Homens tendem a ver tudo preto ou branco, esquerda ou direita. Mulheres tendem a ver o cinza, são muito menos dogmáticas e mais conciliatórias. Homens arriscam um tudo ou nada com enorme facilidade, mulheres tendem a procurar a opção mais segura. Numa briga de casal, homens discutem causa e efeito. Mulheres discutem sentimentos e emoções, ambos de acordo como seus cérebros processam informações. Um dos problemas desta teoria é que não sabemos exatamente como funciona o cérebro paralelo. A maioria dos estudos neurológicos tem sido feito em cérebros de soldados mortos em combate, não em cérebros de mulheres. Na realidade, ambos os sexos são seriais e paralelos e o que estamos sugerindo, para uma reflexão mais aprimorada por cientistas, é que talvez os homens tendem a ser mais seriais, as mulheres tendem a ser mais paralelas. Estas características, às vezes, são descritas erroneamente como cérebro direito e cérebro esquerdo. O lado do cérebro não tem nada a ver com estas diferenças. A verdadeira explicação não é o lado, mas sim se está sendo processado pela parte do cérebro que é paralela, ou a parte que é serial. Se esta teoria for correta, e está longe de ser aceita, explicaria porque é tão difícil a comunicação entre os sexos. Homens ficam num canto falando de dinheiro, mulheres do outro falando de emoções. Para diminuir esta distância, mulheres teriam de tentar explicar suas conclusões de forma mais serial. Homens deveriam escutar mais os sentimentos (paralelos) das mulheres e falar com analogias e

cenários e não com deduções lógicas. Na medida que o mundo se torna cada vez mais complexo, exigindo o processamento de centenas de variáveis ao mesmo tempo, aumentam as vantagens competitivas das mulheres sobre os homens. Já se falava que este milênio seria das mulheres, e hoje mais mulheres se formam em administração de empresas do que homens. Seu próximo chefe tem muita chance de ser uma mulher. Quase tivemos uma presidenta em 2002, esperem para ver 2006. Portanto, não são as mulheres que possuem 4 bilhões de neurônios a menos, são os homens que precisam de 4 bilhões de neurônios a mais, para processarem as mesmas informações.

LIÇÃO DE MARKETING
Nos Estados Unidos, a maioria das residências têm por tradição ter em sua frente um lindo gramado e diversos jardineiros autônomos para fazer aparos nestes jardins. Um dia, um executivo de marketing de uma grande empresa dos Estados Unidos contratou um desses jardineiros. Chegando em sua casa, o executivo viu que estava contratando um garoto de apenas 13 anos de idade; mas, como já havia contratado o mesmo, ele pediu para que o garoto executasse o serviço. Quando o garoto terminou o serviço, solicitou ao executivo a permissão para utilizar o telefone, no que foi prontamente atendido. Contudo, o executivo não pode deixar de ouvir a conversa. O garoto havia ligado para uma senhora e perguntara: - A senhora está precisando de um jardineiro? - Não. Eu já tenho um ? respondeu. - Mas além de aparar, eu também tiro o lixo! - Isso meu jardineiro também faz. - Eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço ? disse ele. - Mas isso o meu jardineiro também faz.

31

- Eu faço a programação de atendimento o mais rápido possível! - Não, o meu jardineiro também me atende prontamente. - O meu preço é um dos melhores! - Não, muito obrigada! O preço do meu jardineiro também é muito bom! 32 Quando ele desligou o telefone, o executivo lhe disse: - Meu rapaz, você perdeu um cliente? - Não! ? respondeu o garoto ? Eu sou o jardineiro dela? Eu apenas estava medindo o quanto ela estava satisfeita! "Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço."

O QUE O CLIENTE “NÃO ESPERA”?
O maior desafio de uma empresa é transformar o seu cliente em seu “vendedor ativo” sem ter, é claro que pagar a ele comissão de vendas ou salário. Quanto vale para um banco, um de seus clientes ficar falando a seus amigos o quanto ele (cliente) admira o banco e todas as razões que o fazem cliente? Quanto vale para uma marca de automóvel um de seus clientes passar horas a fio falando bem de seu carro e criticando o carro do amigo no qual esteja passeando? Quanto vale para um hotel ou companhia de aviação, no retorno de uma viagem, os seus clientes ficarem falando e contando maravilhas sobre o hotel, o avião, a agência de viagens, etc.? Por mais e melhores vendedores que as empresas tenham, elas precisam que seus “clientes” sejam seus vendedores ativos. E esse é o desafio de qualquer empresa, de qualquer tamanho, de qualquer ramo. E qual é o grande problema para transformar nossos clientes em nossos vendedores ativos? O problema é que o cliente só vende o que ele “não espera”! Pergunte a alguém que tenha visitado a Disney sobre a sua experiência. Ninguém falará:

“ - Vi o Mickey!” – É claro que viu o Mickey. Você tropeça em “mickeys” na Disney. Com certeza a pessoa falará de coisas que não havia esperado ter visto na Disney. Assim, na pesquisa que fizemos sobre a Disney, as pessoas falaram de fontes luminosas, 33 de banheiros limpos, de atendimento rápido, de coisas, enfim, que as surpreenderam e encantaram e não de coisas que já esperavam e sabiam existir. Da mesma forma ninguém fala sobre um supermercado dizendo as coisas óbvias – “ – Tem produtos nas gôndolas, carrinhos emperrados, caixas demorados....”. Isso é o que todo mundo “espera” de um supermercado. As pessoas só vendem o que elas “não esperam”. Ninguém fala sobre uma companhia de aviação que os aviões “ – decolam, voam, aterrissam...” . Irão sempre dizer de coisas que não esperavam e que, muitas vezes, nada têm a ver diretamente com a aviação – como um piano tocando na sala de embarque, um sorteio no vôo, etc. Assim, a pergunta que temos que fazer é: “O que o cliente ‘NÃO ESPERA’ de nossa empresa?” E não – como todos fazem – perguntar o que o cliente espera. O que o cliente espera ele está dizendo a todo mundo e principalmente a nossos concorrentes. Por isso está essa “mesmice” no mercado. Todas as empresas iguais. Todas fazem as mesmas coisas que os clientes esperam. É preciso surpreender o cliente fazendo o que ele não espera! Nesta semana, pense nisso. Reuna seu pessoal e tente descobrir o que o seu cliente “não espera” de sua empresa. Tente pensar além das coisas óbvias que um cliente deseja de sua empresa. Em seguida dê a ele essa surpresa e com certeza. Só assim você o tornará um seu vendedor ativo.

INCENTIVANDO QUEM COMPRA MENOS!
Luiz Marins Vou ao supermercado e faço uma compra grande – dois carrinhos cheios. Para pagar entro numa fila enorme. Ao meu lado vejo um

34

caixa vazio com a placa "Caixa Rápido – Somente 10 itens". Logo em seguida vi uma senhora contando no seu carrinho, com poucas mercadorias, quantos itens havia. Tinham 12 produtos. Ela tirou dois para que ficassem somente os 10 para poder passar no "Caixa Rápido" de somente 10 itens. Confesso que nunca entendi esse absurdo dos supermercados. O cliente que compra muito é penalizado. O que compra pouco tem à sua disposição um "caixa rápido". É a lógica do incentivo ao contrário. Você é incentivado a comprar menos e não mais! Já sugeri a vários supermercados que façam um checkout (caixa) duplo para quem faz uma compra com mais de um carrinho, por exemplo. Assim, teriam duas esteiras, uma de cada lado do seu carrinho, com dois caixas. Você colocaria os produtos nas duas esteiras e dois caixas simultaneamente passariam os produtos. O total dos dois caixas seria somado e você teria o valor total de sua compra na metade do tempo como incentivo por ter comprado muito. Mas acho que o negócio dos supermercados é incentivar quem compra menos e punir quem compra mais.... O Brasil está cheio de incentivos ao contrário. As tais "anistias fiscais" que todos os governos fazem aos maus pagadores e devedores são outro exemplo. Quem não pagou seus impostos com a "anistia fiscal" pode pagar tudo sem juros, sem correção, sem multa, em 200 meses, etc. etc. E quem pagou seus impostos em dia, às vezes com muito sacrifício, para cumprir o seu papel de cidadão? É claro que se sente um verdadeiro idiota. E ainda os que não pagaram dizem aos que pagaram que eles são idiotas mesmo, porque de cinco em cinco anos todos os governos fazem "anistias fiscais". Outro dia vi um anúncio de uma Prefeitura do interior que para receber os impostos atrasados estava "sorteando um carro" entre os devedores que pagassem. E quem pagou em dia? Nem direito ao sorteio do carro tem! Assim, a anistia é um incentivo para não pagar os impostos em dia.

Para conquistar um cliente novo, oferecemos muitos benefícios e incentivos. E para aquele cliente que já compra de nós há mais de 10 anos? O que estamos oferecendo a ele para que ele continue 35 nosso cliente? O cliente que não reclama, tratamos com displicência. Afinal ele é "bonzinho" e "compreende os nossos problemas". O cliente reclamão, criador de caso, tratamos com o maior respeito, porque ele pode "criar problemas" para nós. "É um chato!" O que estamos incentivando? Faça uma análise de suas atitudes e comportamentos. Será que sua empresa e Você não estão incentivando justamente o contrário do que realmente desejam? Pense nisso. Boa Semana. Sucesso!

BENÇÃO ESPECIAL
Imagine que há um anjo de Deus a seu lado neste momento . Feche os olhos, silencie, fique tranqüilo e pense em todos os problemas que gostaria de solucionar. Tudo o que te angustia, te faz chorar, te oprime, te preocupa, te deixa triste. Até mesmo seu medo do futuro, de errar, de escolher o caminho errado ... Pense agora em tudo isso .. Abra seu coração e se imagine entregando tudo isso a Deus. Coloque as suas mãos em posição de entrega, ainda de olhos fechados. Se não der, imagine-se entregando agora, como alguém que entrega um saco bem pesado para outra pessoa levar. Agora, imagine tudo de bom, que você quer que aconteça, ou que já tenha acontecido. Momentos de felicidade, de amizade, de carinho, de paz, de romance. Coloque tudo em suas mãos, imaginariamente, e faça o gesto de guardar no seu coração, como se guarda uma jóia numa caixinha. Coloque aquele tesouro guardado lá dentro, diga um obrigado, com muita fé, de coração. Agradeça por tudo isso de bom que ficou, e pelo ruim que saiu. Agora abra seus olhos, conte
36

até três e respire bem fundo e agora, imagine que o Anjo voou e levou tuas orações para Deus. Agora, como maior agradecimento, envie esta benção a quem você puder, não custa nada. Mesmo àquelas pessoas, que você acha que estão maravilhosamente bem. E, que DEUS OS ABENÇÕE...

Lembre-se que o universo, sempre conspira a seu favor, quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.

O PESO DA ORAÇÃO

O TEMPO CERTO
De uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas. Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto. Mas a natureza humana não é muito paciente. Temos pressa em tudo! Aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer: - Mas qual é esse tempo certo? Bom, basta observar os sinais. Geralmente quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano, enviarão sinais indicando o caminho certo. Pode ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer. Mas com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa! Basta você acreditar que nada acontece por acaso! E talvez seja por isso que você esteja agora lendo essas linhas. Tente observar melhor o que está a sua volta. Com certeza alguns desses sinais já estão por perto, e você nem os notou ainda.

Uma pobre senhora, com visível ar de derrota estampado no rosto, entrou num armazém, se aproximou do proprietário conhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiado alguns mantimentos. Ela explicou que o seu marido estava muito doente e não podia trabalhar e que tinha sete filhos para alimentar. O dono do armazém zombou dela e pediu que se retirasse do seu estabelecimento. Pensando na necessidade da sua família ela implorou: "Por favor senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver...". Ele lhe respondeu que ela não tinha crédito e nem conta na sua loja. Em pé no balcão ao lado, um freguês que assistia a conversa entre os dois se aproximou do dono do armazém e lhe disse que ele deveria dar o que aquela mulher necessitava para a sua família por sua conta. Então o comerciante falou meio relutante para a pobre mulher: "Você tem uma lista de mantimentos?" "Sim", respondeu ela. "Muito bem, coloque a sua lista na balança e o quanto ela pesar, eu lhe darei em mantimentos"! A pobre mulher hesitou por uns instantes e com a cabeça curvada, retirou da bolsa um pedaço de papel, escreveu alguma coisa e o depositou suavemente na balança. Os três ficaram admirados quando o prato da balança com o papel desceu e permaneceu embaixo. Completamente pasmado com o marcador da balança, o comerciante virou-se lentamente para o seu freguês e comentou contrariado: "Eu não posso acreditar!". O freguês sorriu e o homem começou a colocar os mantimentos no outro prato da balança. Como a escala da balança não equilibrava, ele continuou colocando mais e mais mantimentos até não caber

37

38

mais nada. O comerciante ficou parado ali por uns instantes olhando para a balança, tentando entender o que havia acontecido... Finalmente, ele pegou o pedaço de papel da balança e ficou espantado pois não era uma lista de compras e sim uma oração que dizia: "Meu Senhor, o senhor conhece as minhas necessidades e eu estou deixando isto em suas mãos..." O homem deu as mercadorias para a pobre mulher no mais completo silêncio, que agradeceu e deixou o armazém. O freguês pagou a conta e disse: "Valeu cada centavo..." Só mais tarde o comerciante pode reparar que a balança havia quebrado. Entretanto, só Deus sabe o quanto pesa uma oração. Quando você receber esta mensagem, faça uma oração. É só isso o que você deve fazer. Não há mais nada anexado. Isto é poder! Então encaminhe esta mensagem para algumas pessoas com as quais você se importe. Se DEUS falou ao seu coração, abençoe alguém, enviando-lhe esta fantástica lição! Não existe impossível para DEUS! DEUS DIZ: - EU SUPRIREI TODAS AS SUAS NECESSIDADES (Filipenses 4.19) “Jamais desista daquilo que você realmente quer. A pessoa que tem grandes sonhos é mais forte do que aquela que possui todos os fatos".

"AO MEU FILHO,
Apenas nesta manhã, eu vou sorrir quando vir o seu rosto, e rir mesmo sentindo vontade de chorar. Apenas nesta manhã, eu vou deixar você escolher o que vai vestir, e sorrir e dizer o quanto você está ótimo. Apenas nesta manhã, eu vou deixar a roupa para lavar de lado, pegar você e levá-lo ao parque para brincar. Apenas nesta manhã, eu vou deixar a louça na pia e deixar você me ensinar a montar seu quebra-cabeças. Apenas nesta tarde, eu vou desligar

o telefone, manter o computador fora do ar e sentar-me com você no quintal e soltar bolhas de sabão. Apenas nesta tarde, eu não vou gritar nenhuma vez, nem mesmo resmungar, quando você gritar e acenar para o carrinho de sorvetes; e vou comprar um se ele passar. Apenas nesta tarde, eu não vou me preocupar com o que você vai ser quando crescer. Apenas nesta tarde, eu vou deixar você ajudar-me a assar biscoitos e não vou ficar atrás de você tentando consertá-los. Apenas nesta tarde, vamos ao McDonald's e comprar um Mc Lanche Feliz para nós dois, para que você possa ganhar dois brinquedos. Apenas nesta noite, vou segurá-lo em meus braços e contar-lhe uma história sobre como você nasceu e como eu amo você. Apenas nesta noite, eu vou deixar você espirrar a água do banho e não ficar nervoso. Apenas nesta noite, vou deixar você ficar acordado até tarde, enquanto ficamos sentados na soleira, contando todas as estrelas. Apenas nesta noite eu vou me aconchegar ao seu lado por horas e perder meus shows favoritos na TV. Apenas nesta noite, enquanto eu passar meus dedos entre seus cabelos enquanto você reza, eu vou simplesmente ser grato a Deus por ter me dado o maior presente do mundo. Eu vou pensar nas mães e pais que procuram por seus filhos perdidos, nas mães e pais que visitam a sepultura de seus filhos ao invés de suas camas, nas mães e pais que estão em hospitais vendo seus filhos sofrerem sem que isto tenha sentido e gritando por dentro que não podem mais suportar isto. E, quando eu te dar um beijo de boa noite, eu vou te segurar um pouquinho mais forte por um pouquinho mais de tempo. E é então que eu vou agradecer a Deus por você e não pedir nada a Ele, exceto mais um dia.”

39

QUANTO CUSTA UM MILAGRE
Uma garotinha esperta de apenas seis anos de idade, ouviu seus pais conversando sobre seu irmãozinho mais novo. Tudo que ela sabia era que o menino estava muito doente e que estavam completamente sem dinheiro. Iriam se mudar para um apartamento num subúrbio, no próximo mês, porque seu pai não tinha recursos para pagar as contas do médico e o aluguel do apartamento. Somente uma intervenção cirúrgica muito cara poderia salvar o garoto, e não havia ninguém que pudesse emprestar-lhes dinheiro. A menina ouviu seu pai dizer a sua mãe chorosa, com um sussurro desesperado: "somente um milagre poderá salvá-lo." Ela foi ao seu quarto e puxou o vidro de gelatina de seu esconderijo, no armário. Despejou todo o dinheiro que tinha no chão e contou-o cuidadosamente, três vezes. O total tinha que estar exato. Não havia margem de erro. Colocou as moedas de volta no vidro com cuidado e fechou a tampa. Saiu devagarinho pela porta dos fundos e andou cinco quarteirões até chegar à farmácia. Esperou pacientemente que o farmacêutico a visse e lhe desse atenção, mas ele estava muito ocupado no momento. Ela, então, esfregou os pés no chão para fazer barulho, e nada! Limpou a garganta com o som mais alto que pôde, mas nem assim foi notada. Por fim, pegou uma moeda e bateu no vidro da porta. Finalmente foi atendida! "O que você quer?" perguntou o farmacêutico com voz aborrecida. "estou conversando com meu irmão que chegou de Chicago e que não vejo há séculos", disse ele sem esperar resposta. "Bem, eu quero lhe falar sobre meu irmão", respondeu a menina no mesmo tom aborrecido. "Ele está realmente doente... E eu quero comprar um milagre."

40

"Como?", balbuciou o farmacêutico admirado. "Ele se chama Andrew e está com alguma coisa muito ruim 41 crescendo dentro de sua cabeça e papai disse que só um milagre poderá salvá-lo. "E é por isso que eu estou aqui. Então, quanto custa um milagre?" "Não vendemos milagres aqui, garotinha. Desculpe, mas não posso ajudá-la", respondeu o farmacêutico, com um tom mais suave. "Escute, eu tenho o dinheiro para pagar. Se não for suficiente, conseguirei o resto. Por favor, diga-me quanto custa, insistiu a pequena. O irmão do farmacêutico era um homem gentil. Deu um passo à frente e perguntou à garota: "que tipo de milagre seu irmão precisa?" "Não sei", respondeu ela, levantando os olhos para ele. "Só sei que ele está muito mal e mamãe diz que precisa ser operado. Como papai não pode pagar, quero usar meu dinheiro." "Quanto você tem?", perguntou o homem de Chicago. "Um dólar e onze centavos", respondeu a menina num sussurro. "É tudo que tenho, mas posso conseguir mais se for preciso." "Puxa que coincidência" - sorriu o homem. "Um dólar e onze centavos!!! Exatamente o preço de um milagre para irmãozinhos." O homem pegou o dinheiro com uma mão e, dando a outra mão à menina, disse: "Leve-me até sua casa. Quero ver seu irmão e conhecer seus pais. Quero ver se tenho o tipo de milagre que você precisa." Aquele senhor gentil era um cirurgião, especializado em Neurocirurgia. A operação foi feita com sucesso e sem custos. Alguns meses depois Andrew estava em casa novamente, recuperado. A mãe e pai comentavam alegremente sobre a seqüência de acontecimentos ocorridos. "A cirurgia", murmurou a mãe, "foi um milagre real. Gostaria de saber quanto custou!"
42

A menina sorriu. Ela sabia exatamente quanto custa um milagre... Um dólar e onze centavos... Mais a fé de uma garotinha... Não há situação, por pior que seja, que resista ao milagre do amor. Quando o amor entra em ação, tudo vence e tudo acalma. Onde o amor se apresenta, foge a dor, se afasta o sofrimento e o egoísmo bate em retirada.

RESPEITAI-VOS UNS AOS OUTROS
Stephen Kanitz - Dez/02 “Amai-vos uns aos outros” (João 15,2) é um comando religioso claro e inequívoco, mais conhecido do que os outros dez mandamentos. É um mandamento exigente, difícil de cumprir. Se a paz mundial do universo depender da incorporação deste valor, o futuro do mundo não será muito otimista. Estamos nestes 2000 anos, a cada dia que passa, caminhando no sentindo inverso. Não sou estudioso de religião. Portanto, aceitem estes comentários com as devidas reservas. Minha singela observação é repetir o que todo administrador constata na sua vida secular: metas muito elevadas acabam tendo um efeito contrário do que se deseja. Talvez, seja isto que esteja acontecendo no mundo cristão, a meta é ambiciosa demais. Ou talvez, alguém 2.000 anos atrás inadvertidamente errou na tradução do hebraico. Em vez de “amai-vos uns aos outros” a tradução correta deveria ter sido “respeitai-vos uns aos outros”. Um mandamento mais brando, mais fácil, um bom começo para vôos maiores. Respeitar as nossas diferenças como seres humanos, nossas culturas, nossas religiões e nossos tiques individuais é bem diferente do que amar a cultura, a religião e os tiques nervosos do próximo. Posso perfeitamente respeitar uma pessoa diferente e estranha, embora nunca pretenda amá-la. Não vejo como alguém criado com preconceitos possa passar a amar o seu concidadão, um salto quântico impossível. Mas ensinar nossos jovens à pelo menos
43

respeitar o negro, o japonês, o gay, é uma meta mais factível do que amá-los. “Você não precisa amar aquele nosso vizinho chato meu filho, basta respeitá-lo como um ser humano que ele é.” Isto seria um excelente primeiro passo, em vez de exigir de imediato o amor. Nunca ouvi um líder negro exigir ou pedir o amor dos brancos. O que ouvimos das lideranças negras é um pedido por mais respeito. Alguns, chegam a exigir um mínimo de respeito, a que ponto chegamos. Por que não tentar criar uma sociedade onde haja o máximo de respeito e deixar o amor para os jovens apaixonados? Eles certamente irão se apaixonar por pessoas de outra raça, e só precisamos respeitar esta decisão. Teólogos ortodoxos irão argumentar que ser cristão é para quem pode, não para quem quer. Padrões éticos e religiosos são para serem seguidos e não relaxados, só porque são difíceis de se cumprir. Seria um desastre reduzir o nível ético só para aumentar o número de devotos, algo que muitas religiões estão fazendo. Mas, não deixa de ser um desastre a falta generalizada de respeito mútuo que o mundo atravessa hoje. Um dos empresários mais bem sucedido do Brasil, Rolim Amaro, um amigo de quem sinto enorme saudade, nasceu extremamente pobre. Ele me confessava que o pior da pobreza não era a fome, o frio ou as privações materiais. “O pior é o desrespeito. O desrespeito dos mais ricos, dos funcionários públicos, da classe média arrogante”. Ninguém é pobre porque quer. A pobreza já traz uma enorme baixa autoestima, que reforça a condição da pobreza, e a última coisa que um pobre precisa é ter de aturar o nosso desrespeito. Pobres respeitam pessoas bem sucedidas, como Pelé e Roberto Carlos que ganharam tudo honestamente. A riqueza, na ausência de penúria flagrante, é mais do que aceita pelos pobres, que no fundo almejam a mesma coisa. Quem não aceita acumular riqueza e poupança para a velhice é intelectual de universidade com seu salário e aposentadoria integral garantida. O Brasil vem sendo
44

governado por oligarquias intolerantes e intelectuais arrogantes, que não respeitam nem ouvem a opinião de ninguém. Não é por acaso que nossa auto-estima como nação está lá em baixo, e a arrogância dos donos do poder está lá em cima. Governos que não respeitam a opinião de seus cidadãos acabam com populações que não respeitam governos, é o fim da democracia. Vamos começar o ano de 2003 com uma meta mais light, menos exigente, como “respeitar uns aos outros” . Feliz Natal e Ano Novo para todos, com todo o respeito.

que AGORA MESMO... Lembre-se: "Felicidade é uma viagem, não um destino". (Henfil)

OS PROFETAS DAS CRISES
Luiz Marins Há meses leio nos jornais que o Papa está muito doente. Vai renunciar. Vai morrer. Leio também que os conflitos mundiais irão piorar. Que o dólar vai subir ainda mais. Que as bolsas vão cair. Que o preço do ouro vai oscilar muito. Que a violência nas grandes cidades está incontrolável, etc.,etc. Tudo é verdade! E essas verdades podem ser comprovadas. É só querer. Ou é só dar um tempo para que elas sejam comprovadas pelos fatos em algum tempo ou lugar deste imenso planeta. O Papa, com certeza morrerá um dia ou renunciará por causa de seu estado de saúde. E quando isso acontecer os "profetas" dirão – "- Estamos dizendo isso há meses!" Com certeza teremos no mundo conflitos crescentes – não só porque eles são crescentes mesmo mas também porque a informação é tão rápida que ficamos sabendo de qualquer conflito que ocorra no mundo, instantaneamente, o que não ocorria há décadas atrás. A cada novo conflito os "profetas" dirão – "Há meses vimos dizendo que os conflitos no mundo aumentarão...". O dólar – que é flutuante – subirá e descerá. Todas as vezes que subir, os "profetas" dirão – "Já dizíamos que o dólar iria subir...". Sem dúvida teremos crimes hediondos ocorrendo no Brasil e no mundo sendo divulgados pela imprensa. E os "profetas" sempre dirão – "Como já prevíamos, a violência só aumenta no mundo...". Os "profetas das crises" nunca erram. E nunca errarão. Sempre encontrarão na realidade fatos que comprovarão suas nefastas profecias. E vivem disso. E vivem para isso. Mas o contrário também seria verdadeiro. Se desejassem ser "profetas positivos"
46

A VIDA
"Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga. Aí sim, a vida de verdade começaria. Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho! Assim, aproveite todos os momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém. Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade; Até que você volte para a faculdade; até que você perca 5 quilos; até que você ganhe 5 quilos; até que você tenha tido filhos; até que seus filhos tenham saído de casa; até que você se case; até que você se divorcie; até sexta à noite; até segunda de manhã; até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova; até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos; até o próximo verão, outono, inverno; até que você esteja aposentado; até que a sua música toque; até que você tenha terminado seu drink; até que você esteja sóbrio de novo; até que você morra; E decida que não há hora melhor para ser feliz do
45

também encontrariam na realidade fatos que comprovariam suas profecias. A ciência tem evoluído. Doenças antes fatais são curáveis hoje. Temos enorme facilidade em nos comunicar pelo mundo inteiro graças ao avanço da tecnologia – cada vez mais barata. Hoje falamos de um "pré-pago" em qualquer lugar do mundo. A expectativa de vida vem aumentando no mundo inteiro e vai aumentar. A inflação está controlada em praticamente todos os países do mundo, etc., etc. Tem muita coisa ruim que acontece e vai acontecer. Tem muita coisa boa que acontece e vai acontecer no futuro. Os "profetas" sempre acertarão porque a massa de informação sobre o mundo e sobre o que acontece no mais distante país é tão grande que sempre poderemos encontrar fatos que comprovem nossas "profecias". Será sempre questão de tempo ou lugar. Mas sempre ocorrerá. Assim, é preciso tomar cuidado com a nossa visão de mundo – visão da realidade. A política vai mal, mas também vai bem. Há corruptos, mas há honestos também. Há pessoas que roubam, mas há pessoas que devolvem um dinheiro achado na rua. O mundo vai mal, mas também vai bem. Há empresas quebrando e há empresas abrindo e crescendo. Há empresas demitindo e há empresas contratando. Há gente morrendo e há gente nascendo. Há gente ficando doente e há gente sendo curada de males antes fatais. Temos, pois, que ter a nossa própria lente de ver a realidade e não nos deixar influenciar pelas lentes dos "profetas das crises" que sempre acertarão prevendo que crianças inocentes virarão adultos desconfiados, que jovens ficarão velhos, que pessoas saudáveis ficarão doentes e um dia morrerão e que novas "crises" afetarão o mundo e as pessoas. Assim como não podemos nos deixar levar pelos que não querem ver as dificuldades e as mazelas do mundo e das pessoas. E Você? Você tem a sua lente de ver a realidade ou se deixa levar pela visão dos outros? Você tem uma consciência crítica da
47

realidade ou uma consciência ingênua se deixando levar pelos "profetas" que querem manipular sua visão da realidade e sua consciência? Nesta semana, pense nisso. Boa semana. Sucesso!

QUANTO VALE UM BOM PROFISSIONAL?
Luiz Marins Recebi do amigo Jorge Rezala, que por sua vez parece ter recebido de um seu amigo da Telemar do Rio Grande do Norte, a seguinte estória: " Um navio carregado de ouro, revestido de todo o cuidado e segurança atravessava o oceano quando, de repente, o motor enguiçou. Imediatamente, o comandante mandou chamar o técnico do porto mais próximo. O técnico chegou de helicóptero e trabalhou durante uma semana, porém sem resultados concretos. Chamaram então o melhor engenheiro naval do país. O engenheiro trabalhou três dias inteiros, sem descanso, mas nada conseguiu. O navio continuava enguiçado. A empresa proprietária do navio mandou, então, buscar o maior especialista do mundo naquele tipo de motor. Ele chegou, olhou detidamente a casa das máquinas, escutou o barulho do vapor, apalpou a tubulação e, abrindo a sua valise, retirou um pequeno martelo. Deu uma martelada em uma válvula vermelha (que estava emperrada) e guardou o martelo de volta na valise. Mandou ligar o motor e este funcionou perfeitamente na primeira tentativa. Dias depois, chegaram as contas ao escritório da empresa de navegação. Por uma semana de trabalho, o técnico cobrou US$ 700. O engenheiro naval cobrou, por três dias de trabalho, US$ 900. Já o especialista, por sua vez, cobrou US$10,000.00 pelo serviço. Atônito com esta última conta, o Diretor Financeiro da empresa enviou um telegrama ao especialista, perguntando: "Como
48

você chegou a esse valor de US$10 mil por cerca de 1 minuto de trabalho e uma única martelada?" O especialista, então, enviou as seguintes especificações, no cálculo dos seus honorários profissionais à empresa : - Por dar uma martelada........................................... US$1 - Por saber exatamente onde bater o martelo....... US$ 9.999 O que vale, na prática, não é dar a martelada, mas saber onde bater o martelo. A martelada você pode até, delegar para outro...". Fonte: Adm Potiguar" Pense nisso. Quanto realmente vale um profissional que sabe exatamente onde bater o martelo?

POR QUE FAZEMOS ASSIM?
Luiz Marins A bitola das ferrovias (distância entre os dois trilhos) nos Estados Unidos é de 4 pés e 8,5 polegadas. Por que esse número foi utilizado? Porque era esta a bitola das ferrovias inglesas e como as americanas foram construídas pelos ingleses, esta foi a medida utilizada. Por que os ingleses usavam esta medida? Porque as empresas inglesas que construíam os vagões eram as mesmas que construíam as carroças, antes das ferrovias e se utilizavam do mesmo ferramental das carroças. Por que das medidas (4 pés e 8,5 polegadas) para as carroças? Porque a distância entre as rodas das carroças deveria servir para as estradas antigas da Europa, que tinham esta medida. E por que tinham esta medida? Porque essas estradas foram abertas pelo antigo império romano, quando de suas conquistas e tinham as medidas baseadas nas antigas bigas romanas. E por que as medidas das bigas foram definidas assim? Porque foram feitas para acomodar dois traseiros de cavalos!
49

Agora veja: o ônibus espacial americano, o Space Shuttle, utiliza dois tanques de combustível sólido (SRB - Solid Rocket Booster) que são fabricados pela Thiokol, em Utah, nos EUA. Os engenheiros que os projetaram queriam fazê-los mais largos, porém tinham a limitação dos túneis das ferrovias por onde eles seriam transportados, e que tinham suas medidas baseadas na bitola da linha férrea. Assim, um dos projetos mais avançados da engenharia mundial em design e tecnologia acabou sendo afetado pelo tamanho do traseiro dos cavalos da Roma antiga! Será que nós, no nosso dia-a-dia, seja na empresa, seja na nossa vida pessoal e profissional, nas coisas simples e complexas não somos afetados por coisas que nem sequer sabemos porque são feitas daquela maneira? Apenas fazemos, sem questionar, sem pensar, sem saber? Será que muitas coisas não poderiam ser mudadas? E será que nós, quando fazemos alguma coisa ou tomamos uma decisão em nossa empresa ou em nossa vida pessoal ou profissional pensamos nas conseqüências de longo prazo que aquela decisão poderá acarretar? Pense nisso. Boa Semana. Sucesso!

AMOR.EXE - INSTRUÇÕES PARA INSTALAR O PROGRAMA GRÁTIS
Representante : Alô? Você acabou de contatar o serviço de informações da "Coração Sistemas." Cliente : Sim, recebi seu mais recente programa, AMOR v4.0 sabe como é ... grátis né? ... risos... Não entendi muito bem... Pode me ensinar como instalá-lo? Representante: Claro! Você está com o disco de instalação e o manual de instruções à mão?
50

Cliente: Sim, mas primeiramente quero saber a que este programa se refere? Representante: Certo. AMOR é um programa único, não há nenhum outro semelhante no mundo. AMOR é ligado ao seu sistema operacional e funciona silenciosamente. Você não verá AMOR no seu monitor, nem na sua barra de ferramentas, mas você observará seus efeitos em todas as aplicações que você tiver. AMOR faz os bons programas correrem... suavemente, e restringe ou cancela os maus. Cliente: Puxa! Isto soa muito bem. Como AMOR pode fazer minha máquina trabalhar suavemente? Representante: Bem, os bons arquivos, como por exemplo, CUMPRIMENTO.WAV, ENCORAJAMENTO.WAV e GENTILEZAWORD.WAV, estarão freqüentemente em jogo. Também o PERDÃO.EXE será invocado toda vez que alguma violação externa ocorrer, inclusive os mais comuns erros de sintaxe. Ainda mais: aqueles erros agravantes que dizem "impossível desconectar" desaparecerão por completo. AMOR permite uma suave conexão com os devices externos, independentemente do país de procedência, da marca, do tempo de uso, ou do modelo. Cliente: É disso realmente o que preciso. Minha máquina tem ficado isolada por tanto tempo. Mas, diga-me, o que acontece com os maus programas já instalados? Representante: Boa pergunta. AMOR busca em sua memória, programas como ODIO.COM ... REPRESSÃO.EXE ... ORGULHO.COM e OFENSA.EXE Esses programas não podem ser cancelados completamente de seu disco rígido, mas AMOR tem mais potência do que eles e os supera. AMOR impede a execução dos seus comandos e lhes da novas instruções. Você não vai mais ouvir INSULTO.WAV assim como não poderá escrever com fontes tais como "RUDEZA12" ou "INDELICADEZA10".
51

Cliente: Fantástico esse seu programa! Você também o atualiza gratuitamente? Representante: Sim, com certeza ... Cliente: Como conseguir as atualizações? Representante: Muito fácil ! Uma vez tendo AMOR instalado e funcionando, ele automaticamente copia um módulo, ou uma parte dele próprio, em todo o Hardrive Email And Remote terminal (HEART) que ele entre em contato. Em troca, aqueles devices funcionarão com qualquer versão de AMOR que eles tenham e retornam o módulo para seu HEART. Você estará sendo atualizada com todo e qualquer módulo que receba. Porém você deve lembrar sempre de que, para receber as atualizações, você deve estar com o programa AMOR funcionando e que deve estar em contato com outra máquina enquanto o programa funciona. Cliente: Acho que posso fazer isso. Não sou muito técnica mas acho que já estou pronta para instalar este programa agora. Que devo fazer primeiro? Representante: Bem, a primeira coisa a ser feita é abrir seu Coração. Achou seu coração? Cliente: Sim, achei. Mas existem muitos programas funcionando nele agora. Não tem problema instalar AMOR enquanto os outros programas estão funcionando? Representante: Quais os programas que estão aí? Cliente: Ah! deixa eu ver... Tenho... ah... MÁGOAS ANTIGAS.EXE... BAIXO ESTÍMULO.EXE... APEGO.EXE... e... RESSENTIMENTO.COM Todos estão trabalhando agora... Representante: Nenhum problema ... AMOR apagará MÁGOAS ANTIGAS.EXE automaticamente do seu sistema operacional. Talvez ele ainda fique um pouco na sua memória permanente, mas não danificará outros programas daqui pra frente. AMOR eventualmente irá sobrepor BAIXO ESTIMULO.EXE com um módulo chamado AUTO ESTIMULO.EXE. Agora, você tem que
52

cancelar, definitivamente, APEGO.EXE e RESSENTIMENTO.COM. Esses programas não permitem que AMOR seja devidamente instalado. Pode anular esses programas? Cliente: Eu não sei como desligá-los ... Pode me ensinar como? Representante: Ok. Vá no Iniciar e click em PERDAO.EXE. Faça isto quantas vezes for necessário, até que APEGO.EXE e RESSENTIMENTO.COM tenham sido completamente apagados. Cliente: Ok, já consegui. AMOR começou a instalação por si mesmo, automaticamente. Isto é normal? Representante: Sim, é. Você deverá receber uma mensagem dizendo que este programa está sendo instalado para sempre no seu Coração. Tá vendo a mensagem? Cliente: Sim. Eu a vejo. Está tudo pronto? Representante: Sim, mas lembre-se de que você tem apenas o programa básico. Agora você precisa se conectar com outros Corações para ter acesso às atualizações. Cliente: Oops!... Já me apareceu uma mensagem de erro! Que devo fazer? Representante: O que ela diz? Cliente: Diz: "Erro 412 - O programa não está funcionando nos componentes internos." O que isto significa? Representante: Não se preocupe, isto é um problema comum. Significa que o programa do AMOR foi instalado para funcionar no Coração externo, mas ainda não foi instalado no seu Coração. Isso é uma dessas coisas complicadas que acontecem com programas, e, tecnicamente falando - me permita - isto significa que você tem que AMAR sua máquina primeiro, antes que ela possa AMAR outras. Cliente: Chiiii! E agora? que faço? Representante: Tente encontrar o arquivo "AUTOACEITAÇÃO" Achou? Cliente: Sim. Achei!
53

Representante: Excelente! Você tá ficando boa nisso heim? Cliente: Obrigada ... hum... estou gostando... Representante: De nada! Eu também estou gostando... Agora click nos seguintes arquivos e os copie no diretório "MEU CORAÇAO" PERDÃO A SI PRÓPRIO.DOC, AUTO ESTIMA.TXT, REALIZAÇÃO MATERIAL.TXT, e BONDADE.DOC. O sistema irá sobrepor qualquer arquivo que esteja em conflito com Coração, e começará a consertar todas e quaisquer falhas. Você também precisa cancelar AUTOCRITICA.EXE de todos os diretórios, assim como se certificar de que o restaurar está completamente desativado. Cliente: Peguei tudo! Hey! MEU CORAÇÃO já está começando a se encher com os novos arquivos, SORRISO.MPG já está aparecendo no meu monitor e mostra também que EMOÇÃO.COM, PAZ.EXE, e COTENTAMENTO.COM estão se copiando por todo o MEU CORAÇÃO! Representante: Isto quer dizer que AMOR está perfeitamente instalado e funcionando. Você está pronta para começar a trabalhar com ele. Uma coisinha mais preciso dizer antes de desligar. Cliente: Sim? Representante: AMOR é um programa grátis! Esteja certa de repassá-lo, assim como os seus variados módulos, para todas as pessoas que você encontrar. Em troca, elas o passarão a outros, e estes a outros e mandarão de volta mais alguns módulos de AMOR pra você ... !!! Cliente: Farei isto! Muito obrigada por sua ajuda... Representante: Nos veremos de novo? Cliente: Sempre ... Beijo! Representante: ... Beijo... até... Cliente: Até... Seja Feliz! Você merece!!!
54

O CARPINTEIRO E A CASA
Um velho carpinteiro que estava para se aposentar, contou ao seu patrão sobre seus planos de deixar o serviço de carpintaria e construção de casa, para viver uma vida tranqüila com sua família. Obviamente sentiria falta do salário no final do mês, porém necessitava e merecia a tão sonhada aposentadoria. O patrão lamentou o desligamento de um de seus melhores funcionários, entretanto considerou justa sua reivindicação. Como última tarefa a desempenhar, o patrão solicitou que construísse uma última casa e então, poderia afastar-se da labuta diária. O carpinteiro obedeceu, mas percebia-se nitidamente que seu pensamento e seu coração não estavam no trabalho. Ele não se empenhou no serviço, utilizou mão de obra barata e matéria-prima de qualidade inferior. Foi uma maneira lamentável de encerrar sua carreira... Quando o carpinteiro terminou o trabalho, o patrão inspecionou a casa e entregou a chave da porta dizendo: " Esta casa é sua! É meu presente para você. Que vergonha!!! Se soubesse que estava construindo a sua própria casa, teria feito completamente diferente, não teria sido tão relapso! Agora, iria morar numa casa feita de qualquer maneira. Assim acontece conosco... Construímos nossa vida de maneira distraída, reagindo mais do que agindo, desejando colocar menos do que o melhor. Nos assuntos importantes, não empenhamos nossos melhores esforços. Então, em choque, olhamos para as situações que criamos e descobrimos que estamos morando na casa que construímos. Pense em você como um carpinteiro... Pense em sua casa. Cada dia você martela um prego novo, coloca uma armação ou levanta uma parede...
55

Construa sabiamente, pois da qualidade desta construção, depende diretamente o seu futuro! A vida é um projeto de "Faça Você Mesmo (a)"... Sua Vida de hoje é o resultado das atitudes e escolhas feitas no passado. Sua vida de amanhã é o resultado de suas atitudes e escolhas que fizer hoje.

O NÓ DO AFETO
Em uma reunião de pais numa escola da periferia, a diretora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos; pedia-lhes também que se fizessem presentes o máximo de tempo possível... Ela entendia que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deveriam achar um tempinho para se dedicar e entender a crianças. Mas a diretora ficou muito surpresa quando um pai se levantou e explicou, com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vêlo, durante a semana, porque quando ele saía para trabalhar era muito cedo e o filho ainda estava dormindo... Quando voltava do serviço já era muito tarde e o garoto não estava mais acordado. Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família, mas também contou que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho e que tentava se redimir indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa. E, para que o filho soubesse da sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria. Isso acontecia religiosamente todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, através dele, que o pai tinha estado ali e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles. A diretora emocionou-se com aquela singela história e ficou surpresa quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da escola. O fato nos faz refletir sobre as muitas maneiras das pessoas se fazerem presentes, de se comunicarem com os outros. Aquele pai
56

encontrou a sua, que era simples, mas eficiente. E o mais importante é que o filho percebia, através do nó afetivo, o que o pai estava lhe dizendo. Por vezes, nos importamos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos o principal, que é a comunicação através do sentimento, simples gestos como um beijo e um nó na ponta do lençol, valiam, para aquele filho, muito mais do que presentes ou desculpas vazias. É válido que nos preocupemos com as pessoas, mas é importante que elas saibam, que elas sintam isso. Para que haja a comunicação é preciso que as pessoas "ouçam" a Linguagem do nosso coração, pois, em matéria de afeto, os sentimentos sempre falam mais alto que as palavras. É por essa razão que um beijo, revestido do mais puro afeto, cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o medo do escuro. As pessoas podem não entender o significado de muitas palavras, mas SABEM registrar um gesto de amor. Mesmo que esse gesto seja apenas um nó... Um nó cheio de afeto e carinho. . . . E você?... Já deu algum nó afetivo hoje?

O VALOR DO TEMPO E DOS AMIGOS
Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã você acorde com um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo do dia para o dia seguinte. Todas as noites o seu saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastálo durante o dia. O que você faz? Você irá gastar cada centavo, é claro! Todos nós somos cliente deste banco que estou falando. Esse banco se chama TEMPO. Todas as manhãs, é creditado para cada um 86.400 segundos. Todas as noites o saldo é debitado, como perda. Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte. Todas as manhãs a sua conta é reinicializada, e todas as noites as sobras do dia se evaporam. Não há volta. Você precisa gastar
57

vivendo no presente o seu depósito diário. Invista, então, no que for melhor, na saúde, felicidade e sucesso! O relógio está correndo. Faça o melhor para o seu dia-dia. Para você perceber o valor de UM ANO, pergunte a um estudante que repetiu de ano. Para você perceber o valor de UM MÊS, pergunte para uma mãe que teve o seu bebê prematuramente. Para você perceber o valor de UMA SEMANA, pergunte a um editor de um jornal semanal. Para você perceber o valor de UMA HORA, pergunte aos amantes que estão esperando para se encontrar. Para você perceber o valor de UM MINUTO, pergunte a uma pessoa que perdeu um trem. Para você perceber o valor de UM SEGUNDO, pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar um acidente. Para você perceber o valor de UM MILISSEGUNDO, pergunte a alguém que venceu a medalha de prata em uma Olimpíada. Valorize cada momento que você tem! E valorize mais porque você deve dividir com alguém especial, especial suficiente para gastar o seu tempo junto com você. Lembre-se o tempo não espera por ninguém. Ontem é história. O amanhã é um mistério. O hoje é uma dádiva. Por isso é chamado de PRESENTE!!! Como está o Saldo do seu TEMPO até agora???

ALGO SOBRE O AMOR
Para meus amigos que estão... SOLTEIROS. O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela estará ali do seu lado. O amor poderá te fazer feliz, mas às vezes também poderá te
58

ferir. E ele, o amor, só será verdadeiramente especial, quando você tiver por objetivo dá-lo somente a um alguém, que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher melhor. Para meus amigos... NÃO TÃO SOLTEIROS. Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes e nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo quando encontramos alguém, que nos transforme no melhor que podemos ser. Para meus amigos que gostam de... PAQUERAR. Nunca diga "te amo" se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca Toque numa vida, se não pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-los se derramar em lágrimas por causa de ti. A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo. Para meus amigos... CASADOS. O amor não te faz dizer "a culpa é sua", mas o amor te faz dizer "me perdoe". Não é "onde você está?", mas "estou aqui". Não é "como pôde fazer isso?", mas "eu te compreendo". Não é "eu gostaria que você fosse", mas "te amo, porque você é". Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores. A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos, mas sim de quantos desses anos vocês foram bons um para o outro. Para meus amigos que têm um... CORAÇÃO PARTIDO. Um coração assim dura tanto tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir. Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom. Mas não permita que ele chore para sempre. Permita-se rir e conhecer outros corações.
59

Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida. A dor de um coração partido é inevitável, mas o sofrimento é opcional. E lembre-se: é melhor ver alguém que você ama feliz com outra pessoa, do que vê-la infeliz ao seu lado. Para meus amigos que são... INOCENTES. Ela se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade. Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado, mas pode descobrir que ela é uma ótima pessoa e pode vir se tornar uma grande amiga. Para meus amigos que tem... MEDO DE TERMINAR. Às vezes é duro terminar com aquele alguém, e isso dói em você. Mas dói muito mais quando aquela pessoa rompe contigo, não é verdade? O amor também dói muito quando ela não sabe o que você sente. Não engane tal pessoa, não seja grosso e rude esperando que ela adivinhe o que você quer. Não a force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitar. E a melhor forma de respeitá-la é sendo verdadeiro e sincero. A TODOS OS MEUS AMIGOS eu desejo que sejam pessoas com muito amor, sejam honestos, fortes, maduros, que mudem sempre para melhor, e que isso os ajude a crescer como Homens e Mulheres, cheios de virtudes e defeitos.

ENCONTREI UM ANJO
Um Dia desses eu estava sentado numa sala de espera aguardando a minha vez para cortar o cabelo. Estava muito distraído, lendo uma daquelas revistas que sempre existem em sala de espera, quando adentrou uma menina, linda, magra, muito branquinha e aparentemente, de uns sete anos de idade. Ela usava um arco a lhe prender os cabelos finos e lisos que iam até os ombros, roupas que
60

denunciavam a origem pobre, mas que também mostravam um cuidado materno especial, pois estavam muito limpas e cheirosas. Era uma criança impossível de não ser notada, sorriso aberto, carisma à flor da pele e trazia numa das mãos um cartão de loteria instantânea, dessas conhecidas como "raspadinha". Já completamente cativado não me preocupei em disfarçar o meu encanto e fiquei ali torcendo para que ela me dirigisse a palavra. Era como se eu soubesse que algo especial estava para acontecer. - O senhor compra pra ajudar? É dez real... - Reais, disse eu para ver a reação dela. - É mesmo. Minha mãe sempre me corrige: dez reais. Mas o senhor compra? - A minha vontade era comprar o cartão, mas não queria acabar logo com a conversa e continuei: - Depende... Para ajudar o quê? - É para ajudar a gente lá em casa. Meu pai está desempregado e a minha mãe está muito doente. Eu estou vendendo essa raspadinha aqui para poder comprar leite pro meu irmãozinho. Ele tem dois anos e meio. - A essa altura eu já tinha certeza de que compraria o cartão. Não que me comovesse além do normal com essa história tão comum, mas por que a menina era um encanto. Como é o seu nome? - Amanda... Nossa! Como o senhor ficou vermelho! - É que eu tive uma filha que se chamava Amanda... A última lembrança que eu tenho dela, ela era assim como você... Sabe? Em todo lugar que vou sempre encontro uma Amanda. - Onde está a sua filha agora? - Ela morreu num acidente faz algum tempo. Talvez ela esteja "vendendo cartões" no céu pra ajudar lá em casa.. - O senhor ficou triste, né? Desculpa... - Não, eu não estou triste. Mas o que é que a sua mãe tem?
61

- Eu não sei dizer não senhor. Mas o meu pai vive chorando escondido. Ele bem que tenta disfarçar. Eu também finjo que não noto, mas eu sei que ele está chorando. Eu não gosto de ver meu pai chorando... O senhor vai comprar, não vai? Eu vou contar um segredo: este cartão aqui está premiado, sabia? - É? Onde você conseguiu este cartão? E como você sabe que ele está premiado? - Foi um anjo que desceu lá do céu e me entregou para eu vender. Ele disse que é um cartão premiado. - Um anjo? - É! Por quê? O senhor não acredita? - Acredito sim. Mas se o anjo lhe deu o cartão e disse que é premiado, por que você o está vendendo? Por que você não raspa ele e fica com o prêmio? Assim você vai poder ajudar toda a sua família, a sua mãe... - Mas eu não posso ficar com ele não senhor. - Por que não? - O anjo me disse que era para eu vender por dez real. - Reais! - É, Por dez reais. E que não era para eu raspar ele, senão eu estaria sendo gananciosa. Eu não sei o que quer dizer essa palavra "gananciosa", o senhor sabe? - Eu também não sei não. Esse anjo fala muito difícil... Mas eu tenho certeza que você não é isso não... - Ele falou que eu tinha de dar a sorte para alguém quem eu gostasse, e eu gostei do senhor. O senhor compra? - Como você sabia que era um anjo de verdade? - Ele tinha duas asas bem grandes e desceu voando lá do céu. - Como era o nome dele? - Ele não falou o nome dele não senhor. - E você não perguntou?
62

- Se o senhor visse um anjo o senhor ia ficar fazendo pergunta? Eu fiquei foi mudinha. - E por que esse anjo apareceu logo pra você? - É que eu estava rezando para o menino Jesus, pedindo para meu pai arranjar um emprego e pedindo para Ele curar a minha mãe, então o anjo apareceu para mim. Ele disse que se eu vendesse esse cartão que ele me deu, por dez real... - Reais! - É, reais... Se eu vendesse, Jesus já tinha autorizado ele a curar a minha mãe e a arranjar um emprego para o meu pai, mas, que se eu ficasse com o cartão só ia acontecer coisa ruim. - Então se eu comprar o cartão que o anjo deu para você, só vai me acontecer coisa ruim? - Não. O senhor não entendeu. Eu é que não posso ficar com o cartão. A pessoa que comprar, vai estar sendo boa e vai estar acreditando no anjo. Então, para quem comprar, só vai acontecer coisas boas. O senhor vai receber o prêmio e não vai mais ser triste. - Quem disse para você que eu sou triste? - O seus olhos e o seu jeito de falar. O senhor parece uma pessoa triste, sabia? - Sabia... Tá bom. Eu compro o seu cartão. Deixando escapar um breve suspiro, Amanda agarrou os dez "real" e, num gesto que me deixou surpreso e muito feliz, me deu um beijo no rosto. Ela parou na minha frente e ficou olhando eu guardar o cartão no bolso, com um sorriso bobo nos meus lábios. Um tanto decepcionada ela perguntou: - O senhor não vai raspar para ver se está mesmo premiado? - Não. Eu tenho certeza de que está. - Mas se o senhor não raspar não vai poder receber o prêmio. - Eu já recebi quando você entrou aqui.
63

- Eu não entendi o que o senhor quis dizer. - Mas o seu anjo entendeu, minha filha. O seu anjo entendeu, meu anjo... Ela foi embora meio que desconfiada, olhou pra trás algumas vezes e eu nunca mais a vi. Sempre que volto ao Toninho, ou paro na super quadra para alguma coisa, corro os olhos pelas calçadas. Tenho certeza de que a verei um dia. Quero saber se sua mãe está melhor e se seu pai já "arranjou" um emprego. Quanto ao cartão, eu ainda não me atrevi a raspá-lo e creio que nunca o farei. Gosto de acreditar que sou o único homem no mundo que ganhou um cartão de loteria premiado, dado por um anjo e trazido por outro. Quanto ao prêmio, penso que não pode haver um mais valioso do que esta história toda.

O EQUILÍBRIO DA VIDA
Imagine a vida como um jogo em que você faz malabarismo com cinco bolas lançadas ao ar. Essas bolas são o trabalho, a família, a saúde, os amigos e o espírito. O trabalho é uma bola de borracha: se cair, bate no chão e pula para cima. Mas as quatro outras são de vidro: se caírem no chão, quebram e ficam permanentemente danificadas. Entenda isso e busque o equilíbrio na vida. Como? Não diminua seu próprio valor, comparando-se a outras pessoas. Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial. Não fixe seus objetivos em bases que os outros acham importantes. Só você tem condições de escolher o que é melhor para você mesmo. Dê valor e respeite as coisas mais queridas ao seu coração. Apegue-se a elas como à própria vida. Sem elas, a vida carece de sentido. Não deixe que a vida escorra entre os dedos, vivendo no passado ou no futuro. Se você viver um dia de cada vez, viverá todos os dias de sua vida.
64

Não desista quando ainda for capaz de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar. Não tema admitir que não é perfeito. Não tema enfrentar riscos. É correndo risco que aprendemos a ser valentes. Não exclua o amor de sua vida, dizendo que não pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida der ficar sem amor é apegar-se demais a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas. Não corra tanto pela vida, a ponto de esquecer onde esteve e para onde vai. Não tenha medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente. Não use imprudentemente o tempo ou as palavras. Isso não se pode recuperar. A vida não é uma corrida, mas, sim, uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo. E lembre-se: ontem é história; amanhã é mistério; hoje é uma dádiva. Por isso se chama “presente”. Brian Dyson, ex-presidente da Coca-Cola, em uma conferência a uma universidade americana

A CARTA DE DEUS
Tu és um ser humano, és o Meu milagre. E és forte, capaz, inteligente, e cheio de dons e talentos. Conta teus dons e talentos. Entusiasma-te com eles. Reconhece-te. Aceita-te. Anima-te. E pensa que desde este momento podes mudar tua vida para o bem, se assim te propões e se te enches de entusiasmo. Tu és minha criação maior. És meu milagre.
65

Não temas começar uma nova vida. Não te lamentes nunca. Não te queixes. Não te atormentes. Não te deprimas. Como podes temer se és meu milagre ? Estás dotado de poderes desconhecidos para outras criaturas do Universo. És ÚNICO. Ninguém é igual a ti. Só em ti está aceitar o caminho da felicidade e enfrentá-lo seguindo sempre adiante. Até o fim. Simplesmente porque és livre. Em ti está o poder de não amarrar-te às coisas. As coisas não fazem a felicidade. Te fiz perfeito para que aproveitasses tua capacidade, e não para que te destruísses com teus enganos mundanos. Te dei o poder de PENSAR. Te dei o poder de AMAR. Te dei o poder de IMAGINAR. Te dei o poder de CRIAR. Te dei o poder de PLANEJAR. Te dei o poder de REZAR. E te situei o poder dos anjos quando te dei o poder da escolha. Te dei o domínio de escolher o teu próprio destino usando tua vontade. O que tens feito destas tremendas forças que te dei ? Não importa ! De hoje em diante esqueça o teu passado, usando sabiamente este poder de escolha. Opta por SORRIR em lugar de chorar.
66

Opta por CRIAR em lugar de destruir. Opta por DOAR em lugar de roubar. Opta por ATUAR em lugar de adiar. Opta por CRESCER em lugar de consumir-te. Opta por BENDIZER em lugar de blasfemar. Opta por VIVER em lugar de morrer. E aprende a sentir a Minha presença em cada ato de sua vida. Cresça a cada dia um pouco mais no otimismo e na esperança ! Deixa para trás os medos e os sentimentos de derrota. Eu estou ao teu lado. Sempre. Chama-me. Busca-me. Lembra-te de mim. Vivo em ti desde sempre e sempre te estou esperando para amarte. Se hás de vir até Mim algum dia.. que seja hoje, neste momento ! Cada instante que vives sem Mim, é um instante infinito que perdes de Paz. Procura tornar-te criança... simples, generosa doadora, com capacidade de extasiar-te e capacidade para comover-te ante à maravilha de sentir-te humano. Porque podes conhecer Meu amor, podes sentir uma lágrima, podes compreender uma dor. Não te esqueças de que és Meu milagre. Que te quero feliz, com misericórdia, com piedade, para que este mundo em que transitas possa acostumar-se a sorrir, sempre que tu aprendas a sorrir. E se és Meu milagre, então usa os teus dons e muda o teu meio ambiente, contagiando esperança e otimismo sem temor porque... EU ESTOU AO TEU LADO ! DEUS. (Desconheço o Autor)

VALE A PENA LER... E REFLETIR!!!
Passava do meio dia, o cheiro de pão quente invadia aquela rua, um sol escaldante convidava a todos para um refresco... Ricardinho não agüentou o cheiro bom do pão e falou: - Pai, tô com fome!!! O pai, Agenor, sem ter um tostão no bolso, caminhando desde muito cedo em busca de um trabalho, olha com os olhos marejados para o filho e pede mais um pouco de paciência... - Mas pai, desde ontem não comemos nada, eu tô com muita fome, pai!!! Envergonhado, triste e humilhado em seu coração de pai, Agenor pede para o filho aguardar na calçada enquanto entra na padaria a sua frente... Ao entrar dirige-se a um homem no balcão: - Meu senhor, estou com meu filho de apenas 6 anos na porta, com muita fome, não tenho nenhum tostão, pois sai cedo para buscar um emprego e nada encontrei, eu lhe peço que em nome de Jesus me forneça um pão para que eu possa matar a fome desse menino, em troca posso varrer o chão de seu estabelecimento, lavar os pratos e copos, ou outro serviço que o senhor precisar!!! Amaro, o dono da padaria estranha aquele homem de semblante calmo e sofrido, pedir comida em troca de trabalho e pede para que ele chame o filho... Agenor pega o filho pela mão e apresenta-o a Amaro, que imediatamente pede que os dois sentem-se junto ao balcão, onde manda servir dois pratos de comida do famoso PF (Prato Feito) arroz, feijão, bife e ovo... Para Ricardinho era um sonho, comer após tantas horas na rua... Para Agenor, uma dor a mais, já que comer aquela comida maravilhosa fazia-o lembrar-se da esposa e mais dois filhos que ficaram em casa apenas com um punhado de fubá... Grossas lágrimas desciam dos seus olhos já na primeira garfada...
68

67

A satisfação de ver seu filho devorando aquele prato simples como se fosse um manjar dos deuses, e a lembrança de sua pequena família em casa, foi demais para seu coração tão cansado de mais de 2 anos de desemprego, humilhações e necessidades... Amaro se aproxima de Agenor e percebendo a sua emoção, brinca para relaxar: - Ô Maria!!! Sua comida deve estar muito ruim... Olha o meu amigo está até chorando de tristeza desse bife, será que é sola de sapato?!?! Imediatamente, Agenor sorri e diz que nunca comeu comida tão apetitosa, e que agradecia a Deus por ter esse prazer... Amaro pede então que ele sossegue seu coração, que almoçasse em paz e depois conversariam sobre trabalho... Mais confiante, Agenor enxuga as lágrimas e começa a almoçar, já que sua fome já estava nas costas... Após o almoço, Amaro convida Agenor para uma conversa nos fundos da padaria, onde havia um pequeno escritório... Agenor conta então que há mais de 2 anos havia perdido o emprego e desde então, sem uma especialidade profissional, sem estudos, ele estava vivendo de pequenos "biscates aqui e acolá", mas que há 2 meses não recebia nada... Amaro resolve então contratar Agenor para serviços gerais na padaria, e penalizado, faz para o homem uma cesta básica com alimentos para pelo menos 15 dias... Agenor com lágrimas nos olhos agradece a confiança daquele homem e marca para o dia seguinte seu início no trabalho... Ao chegar em casa com toda aquela "fartura", Agenor é um novo homem - sentia esperanças, sentia que sua vida iria tomar novo impulso... Deus estava lhe abrindo mais do que uma porta, era toda uma esperança de dias melhores...
69

No dia seguinte, às 5 da manhã, Agenor estava na porta da padaria ansioso para iniciar seu novo trabalho... Amaro chega logo em seguida e sorri para aquele homem que nem ele sabia porque estava ajudando... Tinham a mesma idade, 32 anos, e histórias diferentes, mas algo dentro dele chamava-o para ajudar aquela pessoa... E, ele não se enganou - durante um ano, Agenor foi o mais dedicado trabalhador daquele estabelecimento, sempre honesto e extremamente zeloso com seus deveres... Um dia, Amaro chama Agenor para uma conversa e fala da escola que abriu vagas para a alfabetização de adultos um quarteirão acima da padaria, e que ele fazia questão que Agenor fosse estudar... Agenor nunca esqueceu seu primeiro dia de aula: a mão trêmula nas primeiras letras e a emoção da primeira carta... Doze anos se passam desde aquele primeiro dia de aula... Vamos encontrar o Dr. Agenor Baptista de Medeiros, advogado, abrindo seu escritório para seu cliente, e depois outro, e depois mais outro... Ao meio dia ele desce para um café na padaria do amigo Amaro, que fica impressionado em ver o "antigo funcionário" tão elegante em seu primeiro terno... Mais dez anos se passam, e agora o Dr. Agenor Baptista, já com uma clientela que mistura os mais necessitados que não podem pagar, e os mais abastados que o pagam muito bem, resolve criar uma Instituição que oferece aos desvalidos da sorte, que andam pelas ruas, pessoas desempregadas e carentes de todos os tipos, um prato de comida diariamente na hora do almoço... Mais de 200 refeições são servidas diariamente naquele lugar que é administrado pelo seu filho, o agora nutricionista Ricardo Baptista...
70

Tudo mudou, tudo passou, mas a amizade daqueles dois homens, Amaro e Agenor impressionava a todos que conheciam um pouco da história de cada um... Contam que aos 82 anos os dois faleceram no mesmo dia, quase que a mesma hora, morrendo placidamente com um sorriso de dever cumprido... Ricardinho, o filho mandou gravar na frente da "Casa do Caminho", que seu pai fundou com tanto carinho: "Um dia eu tive fome, e você me alimentou. Um dia eu estava sem esperanças e você me deu um caminho. Um dia acordei sozinho, e você me deu Deus, e isso não tem preço. Que Deus habite em seu coração e alimente sua alma. E, que te sobre o pão da misericórdia para estender a quem precisar!!!" (História verídica) Se acharem que vale a pena repassem, pois nunca é tarde para começar e sempre é cedo para parar!!!

MILHO PREMIADO
(texto extraído da Agenda + Atitude Nova Manhã 2003) Conta a história, que um fazendeiro bem sucedido, ano após ano, ganhava o troféu "Milho Gigante", na feira de agricultura do município. Não dava outra; ele chegava à exposição com seu milho e saia com a faixa azul no peito. E seu produto era cada vez melhor. Em uma dessas ocasiões, um repórter ao entrevistá-lo após mais um prêmio, ficou intrigado com a informação do fazendeiro, de que compartilhava a semente de seu milho - de tanta qualidade com seus vizinhos. - Porque o senhor compartilha a sua melhor semente com seus vizinhos quando, a cada ano, eles estão competindo com o seu produto? - quis saber o repórter. O fazendeiro pensou por alguns instantes, e respondeu:
71

- Você não sabe, mas o vento apanha o pólen do milho maduro e o leva de campo em campo. Se meus vizinhos cultivarem milho inferior, a polinização degradará continuamente a qualidade do meu milho. Por isso, se eu quiser cultivar milho bom, de qualidade, eu tenho que ajudar meus vizinhos a cultivarem milho bom e de qualidade também. O fazendeiro estava atento à conexão da vida: o milho cultivado por ele só poderia melhorar se o produto do vizinho também tivesse a qualidade melhorada. Esse exemplo vale para todos, e em diversas dimensões da vida. Quem escolhe estar em paz, deve fazer com que seus vizinhos também estejam em paz. Quem quer viver bem, deve ajudar os outros para que também vivam bem. E quem quer ser feliz, deve fazer de tudo para que os outros também encontrem a felicidade. O bem estar de cada um está ligado ao bem estar de todos. Que todos vocês consigam ajudar seus vizinhos a cultivarem um milho cada vez melhor! (autor desconhecido)

SE DEUS TE MANDASSE UM E-MAIL ASSIM ?
Oi , Como você acordou esta manhã? Eu vi você e esperei pensando que falaria comigo, mesmo que fossem apenas umas poucas palavras, querendo saber minha opinião sobre alguma coisa ou mesmo Me agradecendo por algo bom que aconteceu em sua vida ontem. Mas notei que estava muito ocupado tentando encontrar uma roupa que ficasse boa em você para ir para o trabalho. Então, esperei outra vez. Quando correu pela casa de um lado para outro já pronto, Eu sabia, estava lá. Seriam certamente poucos minutos para parar e dizer alô, mas você estava realmente muito ocupado.
72

Mas por um momento, você pensou que tinha que esperar 15 minutos e gastou este tempo apenas sentado em uma cadeira fazendo nada, estava apenas sentado. Então, o vi se mexer rapidamente olhando para os seus pés que se movimentavam, e pensei que queria falar Comigo, mas você correu para o telefone e ligou para um amigo para contar as últimas fofocas. Vi você quando foi para o trabalho, e esperei pacientemente o dia inteiro. Com todas as sua atividades achei que você estaria realmente muito ocupado para dizer-me alguma coisa. Notei que antes do almoço você olhou ao seu redor, talvez se sentiu sem jeito ou com vergonha de falar Comigo, isto é porque não inclinou sua cabeça. Observou três ou quatro mesas e notou alguns de seus amigos falando Comigo, reverentemente, antes de começarem a comer, mas você não falou Comigo. Tudo bem! Ainda existe mais tempo que sobrará hoje, e tenho esperança que você irá falar Comigo ainda. Mas você foi para casa e parecia que tinha muitas e muitas coisas pra fazer ainda hoje. Depois de ter terminado algumas delas, você ligou a televisão. Não sei se gosta ou não de ver televisão, mas apenas por estar lá assistindo, você gastou muito do seu tempo, quase todo o seu tempo em frente da TV, não pensando em nada mais , apenas curtindo o programa. Esperei pacientemente outra vez enquanto você estava assistindo TV e comendo a sua comida, mas mais uma vez não falou Comigo! Hora de ir para cama, hora de dormir... Acho que você deve estar muito cansado .... Depois disse boa noite para a sua família, pulou na sua cama, caiu no sono e dormiu rapidamente.
73

Tudo bem, ok, porque talvez não saiba que Eu sempre estou lá com você, sempre do seu lado, disponível para você. Tenho muita paciência muito mais do que você pode imaginar. Eu mesmo quero ensinar pra você como ser paciente com as outras pessoas e como ser bom. Amo tanto você que espero todos os dias por um sinal seu, um simples inclinar de cabeça, uma oração, um pensamento ou um agradecimento por parte de seu coração. Sabe, é muito difícil em uma conversa só existir um lado, só um conversar. Bem, você vai se levantar outra vez para um novo DIA, e mais uma vez, e mais outra vez, e outra vez, e serão muitas vezes ainda que estarei lá, talvez esperando por nada, mas com muito amor para você, esperando que hoje você possa Me dar alguma atenção, um pouco de seu tempo. Tenha uma boa semana! E lembre-se sempre... mesmo que você não perceba... ESTOU AQUI ...... E AMO VOCE !!!! Seu sempre PAI E AMIGO, DEUS

AMIGO FIEL
Ruth, olhou em sua caixa de correio, mas só havia uma carta. Pegou-a e olhou-a antes de abri-la. Mas logo parou, para observar com mais atenção. Não havia selo nem marcas do correio, somente seu nome e endereço. Ela decidiu ler a carta: "Querida Ruth. Estarei próximo de sua casa, no sábado à tarde, e passarei para visitá-la. Com amor, Jesus."
74

As mãos da mulher tremiam quando colocou a carta sobre a mesa. "Porque o Senhor vai querer visitar-me? Não sou ninguém especial, não tenho nada para oferecer-lhe..." - pensou. Preocupada, Ruth recordou o vazio reinante nas estantes de sua cozinha. "Ai, não!, não tenho nada para oferecer-lhe. Terei que ir ao mercado e comprar alguma coisa para o jantar." Ruth abriu a carteira e colocou o conteúdo sobre a mesa: US 5,40. "Bom, comprarei pão e alguma outra coisa, pelo menos." Ruth colocou um abrigo e se apressou em sair. Um pão francês, um pouco de peru e uma caixa de leite... Ruth ficou somente com US0,12 que deveriam durar até a segunda-feira. Mesmo assim, sentiu-se bem e saiu a caminho de casa, com sua humilde compra debaixo de um dos braços. - Olá, senhora, pode nos ajudar? Ruth estava tão distraída pensando no jantar, que não viu as duas pessoas que estavam de pé no corredor. Um homem e uma mulher, os dois vestidos com pouco mais que farrapos. - Olhe, senhora, não tenho emprego. Minha mulher e eu temos vivido ali fora na rua. Bom, está fazendo frio e estamos sentindo fome. Se a senhora pudesse nos ajudar, ficaríamos muito agradecidos... Ruth olhou para eles com mais cuidado. Estavam sujos e tinham mal cheiro e, francamente, ela estava segura de que eles poderiam conseguir algum emprego se realmente quisessem. - Senhor, eu queria ajudar, mas eu mesma sou uma mulher pobre. Tudo que tenho são umas fatias de pão, mas receberei um hóspede importante para esta noite e planejava servir isso a Ele. - Sim, bom, sim senhora, entendo... De qualquer maneira, obrigado respondeu o homem. O pobre homem colocou o braço em volta dos ombros da mulher, e os dois se dirigiram para a saída. Ao vê-los saindo, Ruth sentiu um forte pulsar em seu coração.
75

- Senhor, espere! O casal parou e voltou à medida que Ruth corria para eles e os alcançava na rua. - Olhem, querem aceitar este lanche? Conseguirei algo para servir ao meu convidado - dizia Ruth, enquanto estendia a mão, com o pacote do lanche. - Obrigado, senhora, muito obrigado. - Obrigada, disse a mulher. Foi aí que Ruth pôde perceber que a mulher tremia de frio. - Sabe, tenho outro casaco em minha casa, tome este - ofereceu Ruth. Ela desabotoou o próprio casaco e o colocou sobre os ombros da mulher. Sorrindo, voltou a caminho de casa...sem casaco e sem nada para servir a seu convidado. - Obrigado, senhora, muito obrigado - despediu-se, agradecido, o casal. Ruth estava tremendo de frio quando chegou à porta de casa. Agora não tinha nada para oferecer ao Senhor. Procurou a chave rapidamente na bolsa, enquanto notava outra carta na caixa de correio. "Que raro, o carteiro nunca vem duas vezes em um dia" - pensou. Ela então apanhou a carta e abriu-a: "Querida Ruth. Foi bom vê-la novamente. Obrigado pelo delicioso lanche e pelo esplêndido casaco. Com amor, Jesus." O ar estava frio, porém, ainda sem se agasalhar, Ruth nem percebeu.

76

JOGUE FORA SUAS BATATAS
O professor pediu aos alunos que levassem batatas e uma bolsa de plástico para a aula. Durante a aula, ele pediu-lhes que separassem uma batata para cada pessoa de quem sentiam mágoa, escrevessem o nome de cada uma delas em cada batata e as colocassem dentro da bolsa. Algumas das bolsas ficaram muito pesadas. A tarefa consistia em levar, para todos os lados, a bolsa com as batatas, durante uma semana. Naturalmente, as batatas foram se deteriorando com o tempo. O incômodo de carregar a bolsa, a cada momento, mostrava-lhes o tamanho do peso espiritual diário que a mágoa ocasiona, bem como o fato de que, ao colocar a atenção na bolsa para não esquecê-la em nenhum lugar, os alunos deixavam de prestar atenção em outras coisas que eram importantes para eles. Essa é uma grande metáfora do preço que se paga, todos os dias, para manter a dor, a bronca e a negatividade. Principalmente quando damos importância aos problemas não resolvidos ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos enchem-se de mágoa, aumentando o estresse e roubando nossa alegria. Perdoar e deixar esses sentimentos irem embora é a única forma de trazer de volta a paz e a calma. Vamos lá....Jogue fora suas batatas e sorria !!!! (Texto extraído da Revista da OAB – Goiás no. 51)

A BOLSA E A BONECA
Certa noite eu estava fazendo de tudo para ajudar uma mãe em trabalho de parto. Apesar do esforço ela não resistiu e nos deixou com um bebê prematuro e uma filha de dois anos em prantos. Era muito complicado manter o bebê vivo sem uma incubadora (não tínhamos eletricidade para ativar uma incubadora). Também não tínhamos recursos adequados de alimentação.
77

Mesmo orando na linha do equador, as noites eram, não raro, frias com aragens traiçoeiras. Uma das aprendizes de parteira foi buscar a caixa que reservávamos a tais bebês e os panos de algodão para envolvê-los. Uma outra foi alimentar o fogo para aquecer uma chaleira de água para a bolsa de água quente. Sem demora retornou desconsolada pois a bolsa havia rompido. Borracha estraga fácil em clima tropical. "Era nossa última bolsa", disse-me. Assim como no ocidente se diz que "não adianta chorar sobre o leite derramado", na África central poderia ser que "não adianta chorar sobre bolsas estragadas". Elas não crescem em árvores, e não existem farmácias no meio das florestas ... "Muito bem", disse eu, "coloque o bebê em segurança tão próximo quanto possível do fogo e durmam entre a porta e o bebê para protegê-las das lufadas de vento frio. Mantenham o bebê aquecido." Na tarde seguinte, fui orar com as órfãs que eventualmente quisessem reunir-se comigo. Fiz uma série de sugestões que pudessem despertá-las a orar e, também, contei-lhes sobre o bebê. Expliquei nossa dificuldade em manter o bebê aquecido em função da única bolsa de água quente que havia estourado. E que o bebê poderia morrer se pegasse frio. Mencionei a irmãzinha de 2 anos que não parava de chorar a perda e ausência da mãe. Durante as orações, uma das meninas de 10 anos, com aquela clarividência estonteante das nossas crianças africanas, orou: "Por favor, Deus, manda-nos uma bolsa de água quente. Amanhã talvez já vai ser tarde, Deus, porque o bebê pode não agüentar. Por isso, manda a bolsa ainda hoje." Enquanto eu ainda procurava recuperar o ar diante de tamanha audácia, num corolário, acrescentou: "E já que, Deus, estás cuidando disso, por favor, manda junto uma boneca para a maninha dela, para que saiba que também a amas de verdade."
78

Como acontece muito com crianças, me colocaram em apuros. Poderia eu, honestamente, dizer "Amém" ? Eu simplesmente não podia acreditar que Deus poderia fazê-lo. A Bíblia diz isso. Mas há limites. Ou não? O único jeito de Deus atender tal pedido seria por encomenda à minha terra natal, via correio. Eu estava então na África, por 4 anos. E jamais havia recebido uma encomenda postal de casa. De qualquer forma, se alguém mandasse algo, poria nela uma bolsa de água quente? Eu morava na linha do equador. À meia tarde, durante uma aula da escola de enfermagem, veio um recado dizendo que um carro estacionara no portão de minha casa. Ao chegar em casa, o carro havia partido, mas deixara um pacote de 11 kg na varanda. Meus olhos lacrimejaram. Não consegui abrir o pacote sozinho, e solicitei que algumas crianças do orfanato me ajudassem. Tudo foi feito com muito cuidado para que nada fosse danificado. Os corações batiam forte. Trinta a quarenta olhos acompanhavam arregaladamente cada ação. A camada de cima era composta de roupas coloridas e cintilantes. Os olhinhos das crianças brilhavam à medida em que as distribuía. Depois vieram as ataduras para os leprosos, caixinhas de passas de uva e farinha, que dariam gostosos bolos para o fim de semana. Quando pus as mãos de novo na caixa, pasmem ... "Uma bolsa de água quente, novinha em folha" eu gritei! Eu não havia feito nenhuma encomenda neste sentido. Rute, que estava no banco da frente, saltou e começou a gritar: "Se Deus mandou a bolsa, ele também mandou a boneca !" Enfiando as mãos na caixa, se pôs à procura da boneca. E lá estava ela, maravilhosamente vestida! Rute nunca duvidara. Olhando para mim, perguntou: "Posso ir junto levar a boneca para aquela menina, para que ela saiba que Jesus também a ama muito?" Este pacote estivera a caminho por 5 meses. Foi uma iniciativa da minha ex-professora de escola bíblica, cuja líder atendeu a voz do
79

Senhor de enviar uma bolsa de água quente. E uma das meninas da turma decidiu mandar junto uma boneca cinco meses antes, em resposta a uma oração de outra menina de 10 anos que acreditou fielmente que Deus atenderia a sua oração, ainda naquela tarde. " E será que, antes que clamem, eu responderei ... (Is 65.24) " A oração que segue leva menos de 1 minuto. Ao recebê-la, faça-a. É só o que peço. Nada mais. Passe a mesma adiante para quem desejar. Mas não deixe de fazê-lo, por favor. A oração é um dos maiores presentes gratuitos que temos. Ela não custa nada, mas tem muitas recompensas. Continuemos orando uns pelos outros. "Pai, peço-te que abençoes meus amigos ao lerem esta oração. Atenta para sua mente e corações. Onde houver dor, concede paz e misericórdia. Onde houver dúvidas, renova a confiança de que podes agir por meio deles. Onde houver canseira e esgotamento, dá compreensão, orientação e força para se colocarem sob a tua liderança. Onde houver estagnação espiritual, peço-te que os renoves mostrando-lhes que estás perto e queres que se aproximem de ti e busquem intimidade contigo. Onde houver medo, revela teu amor, e concede-lhes tua coragem. Onde houver qualquer pecado criando bloqueios, dá-lhes o poder de enxergá-lo para que as amarras se soltem em favor dos seus amigos. Abençoa tudo que somos e temos, abrindo nossos olhos e coração para onde a necessidade nos orientar. Dá-nos discernimento para reconhecer os obstáculos e a superá-los pelo teu poder e amor. Peço-te isto em nome de Jesus. P.S.: Passando isto adiante para quem você considerar amigo, será uma bênção para ambos. Passando-o adiante para quem não considerar amigo, é fazer algo que o próprio Jesus faria. O texto acima é tradução feita pelo rev. Oscar Lehenbauer

80

NÃO HÁ NADA A PERDOAR
A crença de que os outros não deveriam nos ter tratado como o fizeram é, obviamente, um erro. Em vez de ficarmos com raiva da forma como fomos tratados, precisamos aprender a ver tal tratamento de outra perspectiva. Eles fizeram o que sabiam fazer, dadas as condições de suas vidas. Aprender a perdoar envolve aprender a corrigir as más interpretações que criamos com nossa própria visão das coisas. Quando compreendermos que somos nós que fazemos acontecer tudo que ocorre em nossa existência, então estaremos numa posição de saber que até fazemos os outros acontecerem em nossas vidas para termos a quem culpar. Quando tivermos nossos pensamentos claros, chegará ao ponto em que não será mais necessário praticar o perdão. Teremos percebido que a vida é uma série de acontecimentos que criamos ou atraímos para nós mesmos. Assim, perceberemos que não há nada a perdoar, porque não há nada a julgar e ninguém para culpar. Wayne Dyer

Quando falar... sobre sonhos, acorde para vivê-los na melhor lucidez do seu dia. Quando falar... de amizade, estenda a mão aos seus inimigos, para que possa provar a si mesmo aquilo que gosta de dizer aos outros. Quando falar... de fome, faça um minuto de jejum, para lembrar daqueles que jejuam todos os dias, mesmo sem querer... Quando falar... de frio, abrace alguém. Quando falar... de calor, estenda a mão. Quando falar... de felicidade, acredite nela. Quando falar... de fé, cerre os olhos para encontrar a razão daquilo em que crê. Quando falar... de si mesmo, aprenda a calar, para entender o amor, a dor, a paz, os sonhos... Quando falar... de DEUS, faça-o pelo silêncio do seu testemunho.

QUANDO FALAR ...
Quando falar... sobre amor, finja nada conhecer, para absorver cada frase que brote do coração. Quando falar... sobre a dor, deixe abertas as janelas da alma para compreender que amor e dor são tão parecidos que até os confundimos, ao vêlos bem de pertinho. Quando falar... sobre a paz, faça-o no rumor da guerra, para ser ouvido na mais alta voz.
81

UMA MENSAGEM PARA A VIDA
Nasceste no lar que precisavas, vestiste o corpo físico que merecias, moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento. Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas. Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização. Teus parentes, amigos são as almas que atraístes, com tua própria afinidade. Portanto, teu destino está constantemente sobre teu controle.
82

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência. Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes... São as fontes de atração e repulsão na tua jornada, a vivência. Não reclames nem te faças de vítima. Antes de tudo, analisa e observa. A mudança está em tuas mãos. Reprograme tua meta, busque o bem e viverás melhor. " Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim ". Chico Xavier

A HISTÓRIA DO BURRO...
O burro de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que o burro já estava muito velho e que o poço já estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o burro de dentro do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço. O burro não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele, e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o burro aquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou. O camponês olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. A cada pá de terra que caía sobre suas costas o burro a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando.
83

A vida vai lhe jogar muita terra, todo o tipo de terra, principalmente se você já estiver dentro de um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela. Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra que te jogam para seguir adiante! Recorde as 5 regras para ser feliz: 1. Liberte o seu coração do ódio. 2. Liberte a sua mente das preocupações. 3. Simplifique a sua vida. 4. Dê mais e espere menos. 5. Ame mais e... aceite a terra que lhe jogam, pois ela pode ser a solução, não o problema.

SOBREVIVEMOS
Não posso acreditar que fizemos isso! Olhando para trás, é duro acreditar que estejamos vivos até hoje. Nós viajávamos em carros sem cintos de Segurança ou air bag. Não tivemos nenhuma tampa à prova de crianças em vidros de remédios, portas, ou armários e andávamos de bicicleta sem capacete, sem contar que pedíamos carona. Bebíamos água direto da mangueira e não da garrafa. Nós gastamos horas construindo nossos carrinhos de ladeira abaixo e só então descobríamos que tínhamos esquecido dos freios. Depois de colidir com algumas árvores, aprendemos a resolver o problema. Saíamos de casa pela manhã e brincávamos o dia inteiro, só voltando quando se acendiam as luzes da rua. Ninguém podia nos localizar. Não havia telefone celular. Nós quebramos ossos e dentes, e não havia nenhuma lei para punir os culpados. Eram acidentes. Ninguém para culpar, só a nós mesmos.
84

Nós tivemos brigas e esmurramos uns aos outros e aprendemos a superar isto. Nós comemos doces e bebemos refrigerantes mas não éramos obesos. Estávamos sempre ao ar livre, correndo e brincando. Compartilhamos garrafas de refrigerante e ninguém morreu por causa disso. Não tivemos Playstations, Nintendo 64, vídeo games, 99 canais a cabo, filmes em vídeo, surround sound, celular, computadores ou Internet. Nós tivemos amigos. Nós saíamos e os encontrávamos. Íamos de bicicleta ou caminhávamos até a casa deles e batíamos à porta. Imagine tal uma coisa! Sem pedir permissão aos pais, por nós mesmos! Lá fora, no mundo cruel! Sem nenhum responsável! Como fizemos isso? Nós fizemos jogos com bastões e bolas de tênis e comemos minhocas e, embora nos tenham dito que aconteceria, nunca nossos olhos caíram ou as minhocas ficaram vivas na nossa barriga para sempre. Nos jogos da escola, nem todo o mundo fazia parte do time. Os que não fizeram, tiveram que aprender a lidar com a decepção... Alguns estudantes não eram tão inteligentes quanto os outros. Eles repetiam o ano! Que horror! Não inventavam testes extras. Éramos responsáveis por nossas ações e arcávamos com as conseqüências. Não havia ninguém que pudesse resolver isso. A idéia de um pai nos protegendo, se desrespeitássemos alguma lei, era inadmissível! Eles protegiam as leis! Imagine só isso! Nossa geração produziu alguns dos melhores compradores de risco, criadores de soluções e inventores. Os últimos 50 anos foram uma explosão de inovações e novas idéias. Tivemos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade, e aprendemos a lidar com Isso. Você é um deles. Parabéns!
85

ARRANJE UM AMANTE
Dr. Jorge Bucay - tradução do original "Hay que buscarse un Amante") Muitas pessoas têm um amante e outras gostariam de ter um. Há também as que não têm, e as que tinham e perderam. Geralmente são essas últimas as que vêem ao meu consultório para me contar que estão tristes ou que apresentam sintomas típicos de insônia, apatia, pessimismo, crises de choro ou as mais diversas dores. Elas me contam que suas vidas transcorrem de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver e que não sabem como ocupar seu tempo livre. Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente perdendo a esperança. Antes de me contarem tudo isto, elas já haviam visitado outros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: "Depressão", além da inevitável receita do anti-depressivo do momento. Assim, após escutá-las atentamente, eu lhes digo que elas não precisam de nenhum anti-depressivo; digo-lhes que elas precisam de um AMANTE! É impressionante ver a expressão dos olhos delas ao receberem meu conselho. Há as que pensam: "Como é possível que um profissional se atreva a sugerir uma coisa dessas?!" Há também as que, chocadas e escandalizadas, se despedem e não voltam nunca mais. Àquelas, porém, que decidem ficar e não fogem horrorizadas, eu explico o seguinte: AMANTE é "aquilo que nos apaixona". É o que toma conta do nosso pensamento antes de pegarmos no sono e é também aquilo que, às vezes, nos impede de dormir. O nosso AMANTE é aquilo que nos mantém distraídos em relação ao que acontece à nossa volta. É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida.
86

Às vezes encontramos o nosso amante em nosso parceiro, outras, em alguém que não é nosso parceiro, mas que nos desperta as maiores paixões e sensações incríveis. Também podemos encontrá-lo na pesquisa científica ou na literatura, na música, na política, no esporte, no trabalho, na necessidade de transcender espiritualmente, na boa mesa, no estudo ou no prazer obsessivo do passatempo predileto... Enfim, é "alguém" ou "algo" que nos faz "namorar" a vida e nos afasta do triste destino de "ir levando". E o que é "ir levando"? Ir levando é ter medo de viver. É o vigiar a forma como os outros vivem, é o se deixar dominar pela pressão, perambular por consultórios médicos, tomar remédios multicoloridos, afastar-se do que é gratificante, observar decepcionado cada ruga nova que o espelho mostra, é se aborrecer com o calor ou com o frio, com a umidade, com o sol ou com a chuva. Ir levando é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje, fingindo se contentar com a incerta e frágil ilusão de que talvez possamos realizar algo amanhã. Por favor, não se contente com "ir levando"; procure um amante, seja também um amante e um protagonista ... da SUA VIDA... Acredite: o trágico não é morrer; afinal a morte tem boa memória e nunca se esqueceu de ninguém. O trágico é desistir de viver; por isso, e sem mais delongas, procure um amante ... E quando o encontrar, viva por ele e não o deixe fugir. A psicologia, após estudar muito sobre o tema, descobriu algo transcendental: "PARA SE ESTAR SATISFEITO, ATIVO E SENTIR-SE JOVEM E FELIZ, É PRECISO NAMORAR A VIDA."

A VERDADE
Certa vez um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Ele acordou assustado e mandou chamar um sábio para que interpretasse o sonho. - Que desgraça, senhor! - exclamou o sábio. Cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade! - Mas que insolente, gritou o sultão. Como se atreve a dizer tal coisa?! Então, ele chamou os guardas e mandou que lhe dessem cem chicotadas. Mandou também que chamassem outro sábio para interpretar o mesmo sonho. E o outro sábio chegou e disse: - Senhor, uma grande felicidade vos está reservada!! O sonho indica que ireis viver mais que todos os vossos parentes! A fisionomia do sultão se iluminou e ele mandou dar cem moedas de ouro ao sábio. Quando este saía do palácio um cortesão perguntou ao sábio: - Como é possível? A interpretação que você fez foi a mesma do seu colega. No entanto, ele levou chicotadas e você, moedas de ouro! - Lembre-se sempre, amigo - respondeu o sábio, TUDO DEPENDE DA MANEIRA DE DIZER AS COISAS... E esse é um dos grandes desafios da humanidade. É daí que vem a felicidade ou a desgraça; a paz ou a guerra. A verdade sempre deve ser dita, não resta a menor dúvida, mas a forma como ela é dita... é que faz a diferença. A verdade deve ser comparada a uma pedra preciosa. Se a lançarmos no rosto de alguém, pode ferir, provocando revolta. Mas se a envolvemos numa delicada embalagem e a oferecermos com ternura, certamente será aceita com mais facilidade.
88

87

VIVER É DIFERENTE DE SOBREVIVER
É triste ver tanta gente lutar para sobreviver. E não estou falando apenas daqueles que ganham salário mínimo, mas de executivos que vivem angustiados com tantas pressões, de empresários que fogem de suas famílias, pois não aprenderam a amar, de pessoas de todos os níveis sociais que estão sempre assustadas perante a vida. São pessoas que não vivem. Apenas sobrevivem, como se estivessem numa crise asmática permanente: aquela eterna falta de ar e, de vez em quando, o alívio rápido e passageiro. Logo depois sentem de novo o sufoco insuportável. Essas pessoas não vivem, sobrevivem. E apenas sobreviver é trabalhar em algo sem sentido só para manter o salário; é fazer joguinhos de poder para manter o emprego; é sair com alguém que não se ama somente para aplacar a solidão; é ter relações sexuais só para manter o casamento; é não conseguir desgrudar os olhos da TV, com medo de escutar a voz da consciência; é ter de tomar alguns drinques para conseguir voltar para casa. A sociedade nos pressiona diariamente para nos transformar em máquinas. Todos os dias, pela manhã, uma multidão liga seu corpo como se fosse mais uma máquina e sai pela porta para uma repetição infinita de ações rotineiras sem nenhuma relação com sua vocação e seu talento. E muita gente chama a isso livre-arbítrio. Depois vão a massagens, saunas, fazem um monte de ginástica em busca de um pouco de energia extra para, no dia seguinte, voltar a fazer o mesmo trabalho que não tem nenhuma relação com sua alma. Muitos estados de depressão são, na realidade, frutos de uma terrível sensação de inutilidade. Esse olhar vago do deprimido é muitas vezes o olhar de quem poderia ter aproveitado as oportunidades da vida, mas não soube valorizar o que era realmente importante. Se, por acaso, você se identificou com a

descrição acima, está na hora de mudar. Aproveite o início de um novo ano ! O filósofo espanhol Julián Marías escreveu que a infelicidade humana está em não preferir o que preferimos. Quando uma pessoa não prefere o que prefere, acaba se traindo. As escolhas de nossa vida têm sempre de privilegiar a nossa essência. Nossa vocação não tem nada a ver com ações sem afeto. O ser humano nasceu para realizar a sua vocação divina. No entanto, quantas vezes acabamos nos dedicando exclusivamente à sobrevivência! Sobreviver e viver são experiências completamente distintas. Viver é ser dono do próprio destino. É saber escrever o roteiro da própria vida. É ser participante do jogo da existência, e não mero espectador. É viver as emoções, é ter os próprios pensamentos e viver os seus sonhos. Sobreviver é administrar o tempo para que o dia acabe o mais rápido possível. É conseguir ter dinheiro até o próximo pagamento. É respirar de alívio porque chegou o final do expediente. É ir resignado de casa para o trabalho e do trabalho para casa. É adiar o máximo possível as mudanças para não ter de arriscar nada... Chega de migalhas da vida! Chega de viver como um fugitivo, olhando para os lados, com medo de tudo e de todos! O ser humano merece mais do que simplesmente completar seus dias. Merece a plenitude da vida. Desejo que em 2003 você VIVA ! Roberto Shinyashiki

MILHO DE PIPOCA QUE NÃO PASSA PELO FOGO CONTINUA A SER MILHO PARA SEMPRE.
Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o
90

89

fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor. Pode ser fogo de fora: Perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. Pode ser fogo de dentro: Pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos. Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também. Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer. Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM! E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado. Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva. Não vão dar alegria para ninguém. (extraído do livro "O amor que acende a lua", de Rubem Alves Editora Papirus)

A MALA
Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão... A medida em que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes... A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesa demais... Então você pode escolher: Ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem... Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem... Ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala. Mas, o que tirar ? Você começa tirando tudo para fora... Veja o que tem dentro: Amor, Amizade... nossa! Tem bastante... curioso, não pesa nada... Tem algo pesado... você faz força para tirar... Era a Raiva - como ela pesa! Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a Incompreensão, o Medo, o Pessimismo... Nesse momento, o Desânimo quase te puxa pra dentro da mala... Mas você puxa-o para fora com toda a força, e no fundo aparece um Sorriso, sufocado no fundo da sua bagagem... Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade... Então você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira pra fora a Tristeza... Agora, você vai ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante...
92

91

Procure então o resto, a Força, Esperança, Coragem, Entusiasmo, Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância e o Bom e Velho Humor. Tire a Preocupação também. Deixe-a de lado, depois você pensa o que fazer com ela... Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo. Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein? Agora é com você! E não se esqueça de fazer isso mais vezes, pois o caminho é longo... muito longo... Lembre-se disso sempre!

E QUEM NUNCA TEVE?
Essa crônica não teria o mesmo impacto se não fosse de Luís Fernando Veríssimo.... Ela confirma que a 'autenticidade da ação depende da autenticidade da pessoa'....trata-se realmente da linguagem universal. Quem é que nunca teve um Marcelo, um Felipe, um Ricardo, um Júlio ou um Alexandre na vida? Tudo bem, pode ser uma Juliana, uma Ana, uma Patrícia ou uma Aline... Paquerar é bom, mas chega uma hora que cansa! Cansa na hora que você percebe que ter 10 pessoas ao mesmo tempo é o mesmo que não ter nenhuma, e ter apenas uma, é o mesmo que possuir 10 ao mesmo tempo! A "fila" anda, a coleção de "figurinhas" cresce, a conta de telefone é sempre altíssima. Mas e ai? O que isso te acrescenta? Nessas horas sempre surge aquela tradicional perguntinha: Por que aquela pessoa pela qual você trocaria qualquer programa por um simples filme com pipoca abraçadinho no sofá da sala não despenca logo na sua vida??? Se o tal "amor" é impontual e imprevisível que se dane! Não adianta: as pessoas são impacientes! São e sempre vão ser! Tem
93

gente que diz que não é... "Eu não sou ansioso, as coisas acontecem quando tem que acontecer." Mentira! Por dentro todo ser humano é igual: impaciente, sonhador, iludido... Jura de pé junto que não, mas vive sempre em busca da famosa cara metade! Pode dar o nome que quiser : amor, alma gêmea, par perfeito, a outra metade da laranja... No fim dá tudo no mesmo. Pode soar brega, cafona... Mas é a realidade. Inclusive o assunto "amor" é sempre cafonérrimo. Acredito que o status de cafona surgiu porque a grande maioria das pessoas nunca teve a oportunidade de viver um grande amor. Poucas pessoas experimentaram nesta vida a sensação de sonhar acordada, de dormir do lado do telefone, de ter os olhos brilhando, de desfilar com aquele sorriso de borboleta azul estampado no rosto... Não lembro se foi o "Wando" ou se foi o "Reginaldo Rossi" que disse em uma entrevista que se a Marisa Monte não tivesse optado pelo "Amor I love you" e que se o Caetano não tivesse dito "Tô me sentindo muito sozinho.." eles não venderiam mais nenhum disco. Não adianta, o público gosta e vibra com o "brega". Não adianta tapar o sol com a peneira. Por mais que você não admita: - Você ficou triste porque o Leonardo di Caprio morreu em Titanic" e ficou feliz porque a Julia Roberts e o Richard Gere acabaram juntos em "Uma Linda Mulher"; * Existe pelo menos uma música sertaneja ou um pagodinho" que te deixe com dor de cotovelo; * Quando você está solteiro e vê um casal aos beijos e abraços no meio da rua você sente a maior inveja; * Você já se pegou escrevendo o seu nome e o da pessoa pelo qual você esta apaixonada no espelho embaçado do banheiro, ou num pedacinho de papel;
94

* Você já se viu cantando o mantra "Toca telefone toca" em alguma das sextas-feiras de sua vida, ou qualquer outro dia que seja; * Você já enfiou os pés pelas mãos alguma vez na vida e se atirou de cabeça numa "relação" sem nem perceber que você mal conhecia a outra pessoa e que com este seu jeito de agir ela te acharia um tremendo louco; * Você, assim como nos contos de fada, sonha em escutar um dia o tal "E foram felizes para sempre..." Bem, preciso continuar? Ok, acho que não... Negue o quanto quiser, mas sei que já passou por isso, e se não passou, não sabe o quanto esta perdendo.... O problema de resistir a uma tentação é que você pode não ter uma segunda chance. "Falo a língua dos loucos, porque não conheço a mórbida coerência dos lúcidos." (Luiz Fernando Veríssimo)

A LIÇÃO DO FOGO
Um membro de um determinado grupo, ao qual prestava serviços regularmente, sem nenhum aviso deixou de participar de suas atividades. Após algumas semanas, o líder daquele grupo decidiu visitá-lo. Era uma noite muito fria. O líder encontrou o homem em casa sozinho, sentado diante da lareira, onde ardia um fogo brilhante e acolhedor. Adivinhando a razão da visita, o homem deu as boas-vindas ao líder, conduziu-o a uma grande cadeira perto da lareira e ficou quieto, esperando. O líder acomodou-se confortavelmente no local indicado, mas não disse nada. No silêncio sério que se formara, apenas contemplava a dança das chamas em torno das achas de lenha, que ardiam.
95

Ao cabo de alguns minutos, o líder examinou as brasas que se formaram. Cuidadosamente selecionou uma delas, a mais incandescente de todas, empurrando-a para o lado. Voltou então a sentar-se, permanecendo silencioso e imóvel. O anfitrião prestava atenção a tudo, fascinado e quieto. Aos poucos a chama da brasa solitária diminuía, até que houve um brilho momentâneo e seu fogo apagou-se de vez. Em pouco tempo o que antes era uma festa de calor e luz, agora não passava de um negro, frio e morto pedaço de carvão recoberto de uma espessa camada de fuligem acinzentada. Nenhuma palavra tinha sido dita desde o protocolar cumprimento inicial entre os dois amigos. O líder, antes de se preparar para sair, manipulou novamente o carvão frio e inútil, colocando-o de volta no meio do fogo. Quase que imediatamente ele tornou a incandescer, alimentado pela luz e calor dos carvões ardentes em torno dele. Quando o líder alcançou a porta para partir, seu anfitrião disse: - Obrigado. Por sua visita e pelo belíssimo sermão. Estou voltando ao convívio do grupo. Deus te abençoe! Reflexão : Aos membros vale lembrar que eles fazem parte da chama e que longe do grupo eles perdem todo o brilho. Aos lideres vale lembrar que eles são responsáveis por manter acesa a chama de cada um e por promover a união entre todos os membros, para que o fogo seja realmente forte, eficaz e duradouro.

MANTENHA ESTA VELA ACESA...
Pedi a Deus água, E ele me deu o Oceano. Pedi a Deus uma flor, E ele me deu um Jardim!!!
96

Pedi a Deus uma árvore, E ele me deu uma floresta. Pedi a Deus um amigo, E ele me deu VOCÊ... "Não existe escuridão no planeta que possa apagar a luz de uma vela." A vela do amor, da esperança, da amizade.... Esta vela foi acesa em 11 de setembro de 2001. As pessoas que têm amor a estão enviando, a seus amigos, mantendo-a acesa... Para você, desejo que a vela do amor, da esperança e da amizade nunca se apague! "Uma vela não perde sua chama ou seu calor se com ela se acende outra..." Acenda a sua também, e tenha certeza de que a corrente de amigos que lhe querem bem, estará sempre iluminada, não apenas pela luz desta vela, mas pelos raios divinos e abençoados do Senhor.

CONECTADOS NA ALMA...
Certa vez recebi uma mensagem a qual dizia que receber e-mails faz bem à saúde. Inclusive parece que isto já foi até comprovado. Se isto tem algum embasamento científico não sei, mas se eu olhar para os meus sentimentos não tenho duvida alguma de que isto é uma realidade. Nos últimos tempos tenho tido o privilégio de conhecer pessoas simplesmente fantásticas que entraram na minha vida (e eu na delas) nos momentos mais inesperados trazendo mensagens de otimismo, de qualidade de vida, de humor, de exemplos. Todos os dias tenho estado perto, mesmo que a milhares de quilômetros, de pessoas que se tornaram importantes em minha vida através do computador e da boa vontade. Fico impressionada por conhecermos pessoas com disposição e disponibilidade para serem generosas e afetivas, dizendo-nos
97

palavras de conforto, ajuda e incentivo. Algumas pessoas, mesmo quando me escrevem para criticar algum artigo ou parte dele, são fantásticas na forma delicada e cuidadosa com que dão suas preciosas contribuições e opiniões, as quais vejo como uma visão diferenciada de determinado assunto que, pela forma respeitosa, só nos faz crescer. Quem não gosta do computador é porque ainda não se familiarizou com as possibilidades de aconchego que ele pode proporcionar. Já me disseram que ele não substitui um bom abraço. Mas vou lhes dizer que nas últimas semanas tenho me sentido muito abraçada. São pessoas que me encaminham poemas, músicas e crônicas. Há aquelas que já me apresentaram suas famílias, além de outras que já me presentearam com suas habilidades. Chamam isto de amizade virtual???? Pois vou lhes dizer que algumas pessoas de virtual não têm nada, pois já colocaram no concreto, de maneira palpável, seu afeto. Onde eu poderia imaginar uma coisa assim? Em pouco tempo muitas pessoas entraram no meu computador, deram o seu recado e saíram. Outras se mantém constantes e já não fazem somente parte da agenda do computador. Confesso que ocupam um lugar cativo no meu coração. Espero suas mensagens como se eu fosse uma adolescente a espera dos "amigos". Se isto realmente é coisa de adolescente vou lhes dizer que para algumas coisas não deveríamos crescer nunca! Lógico, como tudo na vida, a intensidade e a freqüência com que usamos este recurso, este tipo de possibilidade de encontro e relacionamento, devem ser levados em consideração. O inesperado de sermos surpreendidos com uma mensagem carinhosa que vem carregada de afeto causa uma verdadeira corrente interna de energia, a qual pode, em muitos momentos, ser terapêutica. Num determinado momento pode até parecer enfadonha ou sem propósito, extensa demais, demorada demais para "abrir", mas podem ter certeza que quando você menos espera lá estará você
98

precisando daquela palavrinha ou daquela imagem. Às vezes você já nem espera um retorno e de repente lá está a mensagem que tanto esperava. Você pode até dizer que também recebemos muita porcaria através do computador. Mas não é assim também na vida? Nossa tarefa é fazermos a seleção do que é bom ou ruim. O que sei é que não tenho esquecido muitos nomes devido a duas palavras fundamentais: iniciativa e investimento. Estas pessoas passaram a ter espaço garantido na minha vida. Algumas vezes fica difícil responder a todos na hora em que se quer. Mas estou certa que vale a pena dedicarmos parte do nosso tempo para espalhar carinho e amor com um simples comando de enviar. Maria Cristina Manfro - Psicoterapeuta - acmanfro@zaz.com.br Novo Hamburgo, RS

Um homem que havia escutado as duas conversas perguntou ao velho: “Como é possível dar respostas tão diferentes à mesma pergunta?” Ao que o velho respondeu: “Cada um carrega no seu coração o meio ambiente em que vive. Aquele que nada encontrou de bom nos lugares pôr onde passou, não poderá encontrar outra coisa pôr aqui. Aquele que encontrou amigos ali, também os encontrará aqui. Somos todos viajantes no tempo e o futuro de cada um de nós está escrito no passado. Ou seja, cada um encontra na vida exatamente aquilo que traz dentro de si mesmo. O ambiente, o presente e o futuro somos nós que criamos e isso só depende de nós mesmos”.

RELACIONAMENTOS
Conta uma popular lenda do Oriente, que um jovem chegou à beira de um oásis, junto a um povoado e, aproximando-se de um velho, perguntou-lhe: “Que tipo de pessoas vive neste lugar?” Que tipo de pessoa vive no lugar de onde você vem? - Perguntou pôr sua vez o ancião. Oh! Um grupo de egoístas e malvados - replicou-lhe o rapaz estou satisfeito de haver saído de lá. A isso o velho replicou: a mesma coisa você haverá de encontrar pôr aqui. No mesmo dia, um outro jovem se acercou do oásis para beber água e vendo o ancião perguntou-lhe: “Que tipo de pessoas vive pôr aqui?” O velho respondeu com a mesma pergunta: “Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem?” O rapaz respondeu: “Um magnífico grupo de pessoas, amigas, honestas, hospitaleiras. Fiquei muito triste pôr ter de deixá-las”. “O mesmo encontrará pôr aqui”, respondeu o ancião.
99

GOSTO MUITO DE VOCÊ!
Era uma vez, um rapaz - primeiro em tudo: melhor atleta, melhor estudante... Mas, o que nunca soubera era se tinha sido um bom filho, um bom companheiro ou um bom amigo. Num dia de depressão o rapaz se deixou morrer. A caminho do céu, encontrou um anjo que lhe perguntou: " -Por que fizeste isso se sabias que te amavam ?.." Ele respondeu: "- Há vezes em que vale mais uma só palavra de consolo do que tudo se possa sentir...Em tão longo tempo eu nunca escutei: * Estou orgulhoso de ti, obrigada por ser meu amigo ..... nem, sequer ,um *Eu gosto muito de você *....." Como o anjo ficou pensativo, o rapaz disse: "- E sabes o que mais dói??" O anjo, triste, lhe perguntou: : "O que? Ele respondeu: "que apesar disso ainda espero escutar algum dia um *EU GOSTO DE VOCÊ !!!!!* Em seguida, o anjo o abraçou e disse que não se preocupasse porque dele se aproximava a única pessoa que sempre lhe havia dito aos ouvidos que o amava, mas a quem ele nunca havia escutado
100

e quem, agora, recebia-o de braços abertos. É importante que se diga às pessoas o quanto elas são importantes para você. Sempre! Não importa onde nem quando. Apenas diga.

FELICIDADE REALISTA
(Mário Quintana) A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos. Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio. Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.
101

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.

SE EU MORRER ANTES DE VOCÊ
Se eu morrer antes de você, faça - me um favor, chore o quanto quiser, mas, não brigue com Deus por ele haver me levado. Se não quiser chorar, não chore, se não conseguir chorar, não se preocupe, se tiver vontade de rir, ria. Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão. Se me elogiarem demais, corrija o exagero, se me criticarem demais, defenda-me. Se me quiserem fazer um santo, só porque eu morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam. Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo.
102

Se falarem mais de mim do que de Jesus Cristo, chame a atenção deles. Se sentir saudade e quiser falar comigo, fale com Jesus e eu ouvirei, espero estar com ele o suficiente, para continuar sendo útil a você, esteja aonde estiver. Se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase: "Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus!" Aí então, derrame uma lágrima, eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal, outros amigos farão isso no meu lugar, e, vendo - me bem substituído, irei cuidar de minha nova tarefa no céu. Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus, você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para ele, e, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver em Deus, a amizade que aqui nos preparou. Você acredita nessas coisas? Então reze, para que nós dois, vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morreremos como quem soube viver fato e direito. Amizade só faz sentido, se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo, mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu. "Ser seu amigo já é um pedaço dele..." Música: Stairaway to Heaven (Escada para o Céu ). Led Zeppellin.

DAQUI PRA FRENTE
03 de Fevereiro de 2003 "Eu sou rebelde porque o mundo quis assim..." Você não vai lembrar dessa música, e se lembrar, vai ser esperto e mentir que não lembra. É o choramingo de alguém que acha que foi injustiçado na sua tenra infância, e que agora o mal está feito. Tá assim, ó, de gente que credita seu insucesso ao passado: "meu pai não me
103

amou, minhas roupas eram todas de segunda mão, meus professores faziam piada com o meu nariz e o primeiro garoto por quem me apaixonei disse que preferiria namorar uma dragqueen paraguaia a ter que me encarar". Putz, é de frustrar qualquer esperança no futuro. Todo mundo tem uma história triste pra contar. Todos, não escapa um. E é muito natural a gente justificar as besteiras que a gente faz culpando o episódio a, b ou c da nossa biografia. Você simplesmente é assim desse jeito ( fútil, ou agressivo, ou inseguro) por causa do que fizeram com você. Pois outro dia um amigo virtual me escreveu um e-mail muito interessante. Ele, que é humano como nós, teve lá seus percalços durante sua criação, e teria todos os motivos pra enfiar a cabeça dentro de um fogão e declarar-se inapto para a felicidade. Mas descartou essa atitude covarde. Diz ele: "não importa o que fizeram com você, importa o que você vai fazer com o que fizeram de você". Adorei. É isso aí. Dane-se que não lhe deram carinho, que não se interessaram pelas suas dores. Uma banana para os que lhe fecharam a porta, para todas as respostas negativas que você ouviu. A melhor vingança é não se deixar abater, é transformar este pote até aqui de mágoa em combustível para seguir viagem sozinho. Até mesmo os que estão no topo do ranking dos bem sucedidos já levaram seus trancos no passado. E no entanto estão lá em cima da pirâmide, abanando para os vampiros e canibais que deixaram pra trás. Sem desculpa: você sofreu, todo mundo sofreu, e vem mais provação por aí, que vida é isso, paz e chumbo grosso, alternadamente. O que foi, afinal, que fizeram com você? Se ainda não chorou toda esta dor, chore agora, chore até o fim da vida, mas não deixe que isso lhe paralise. O que importa é o que você fez e faz consigo mesmo. Martha Medeiros

104

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful