You are on page 1of 6

QUESTIONÁRIO EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA

EPIDEMIOLOGIA APLICADA À FARMÁCIA
1° Para que a epidemiologia é empregada?
2° Qual o papel do Farmacêutico nas aplicações de prevenção e controle da
epidemiologia?
3° Assinale a alternativa correta sobre a definição: O estudo da distribuição e
das determinantes dos estados ou eventos relacionados à saúde em
populações e a aplicação desse estudo para o controle dos problemas de
saúde.
(a) Saúde pública
(b) Vigilância sanitária
(c) Epidemiologia
(d) Política Nacional de Saúde
(e) Processo epidemiológico
4° Assinale a alternativa incorreta que não é aplicações da epidemiologia:
(a) Informar a situação da saúde da população
(b) Investigar fatores que influenciam na situação de saúde
(c) Avaliar o impacto das ações propostas para alterar a situação
encontrada
(d) Investigação etiológica
(e) Organização social e política das populações

HISTÓRIA DAS DOENÇAS
1° Cite sete principais doenças consideradas epidemiologias no Brasil.
2° Qual o significado social da história das doenças?
3° Representação sistêmicas dos elementos envolvidos no processo saúdedoença, os fatores relacionados ao agente etiológico ao susceptível e ao
ambiente que atua como fulcro de uma ... favorecendo a manifestação
patológica do agente ou resistência à doença. Esse definição refere-se a:
(a) Doenças respiratórias
(b) Estrutura epidemiológica
(c) Doenças do aparelho circulatório
(d) Doenças do Brasil
4° Assinale a alternativa correta:

esta doença é causada por um vírus que aparece nas vísceras no intestino ou na pele da pessoa (e) A AIDS é uma doença causada por fatores trasmissiveis PRCESSO EPIDEMIOLÓGICO 1° O que é um processo epidemiológico? 2° Em um determinado local o que indica necessariamente a existência de uma epidemia? 3°Trabalho de campo realizado a partir de casos notificados e seus contatos. sendo que o mais grave é o B. um excesso em relação à frequência esperada. . caracterizando. em um determinado lugar e período de tempo. que tem como principais objetos identificar fonte de infecção e modo de transmissão. A. B e C. é característica de: (a) Epidemia (b) Investigação epidemiológica (c) Surto (d) Endemia (e) Etiologia 4° Entende-se por epidemia: (a) É uma situação onde uma doença infecciosa se espalha de forma descontrolada para além dos limites da cidade. confirmar diagnóstico. quarteis. estado ou país em que se originou a doença. escolas). (c) O hospedeiro transmissor da malária é o mosquito Anopheles Darling (d) Leishimaniose. grupos expostos ao maior risco e fatores de risco. (c) Os casos se restringem a uma área geográfica pequena e bem delimitada ou a uma população institucionalizada tais como (creche. e determinar as principais características epidemiológicas. (d) É a elevação do número de casos de uma doença ou agravo. (b) É a não ocorrência de doença em uma área de abrangência.(a) Sarampo é uma doença contagiosa (b) Já foram registrados três tipos de hepatites virais. de forma clara.

permitidas as flutuações de valores tais como as variações sazonais. no decorrer de um largo período histórico.(e) Denomina-se epidemia a ocorrência coletiva de uma determinada doença que. mantém a sua incidência constante. acometendo sistematicamente grupos humanos distribuídos em espaços delimitados e caracterizados. METODOLOGIA DA PESQUISA EPIDEMIOLÓGICA 1° Quais são os objetivos básicos da metodologia da pesquisa epidemiológica? 2° Por que é importante a pesquisa epidemiológica? 3° Faz parte da metodologia da pesquisa epidemiológica: (a) Observação exata (b) Interpretação correta (c) Formulação de hipóteses (d) Isolamento do paciente (e) Explicação racional 4° Assinale V para verdadeiras e F para falsas quanto a natureza da pesquisas epidemiológicas: (a) Qualitativas ou constantes (b) Quantitativas ou qualitativas (c) Constantes ou humanas (d) Ordenadas e desordenadas (e) Descritivas e limitadas BENEFÍCIOS GERADOSCOM O ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO 1° Quais os benefícios que foram gerados com o estudo epidemiológico? 2° Por que a epidemiologia é um ramo muito importante na área da saúde? 3° A partir de que ano passou a vigorar o anexo técnico epidemiológico previdenciário? (a) 2002 (b) 2000 (c) 2007 (d) 2004 (e) 2005 4° Quem é capaz de provar a eficácia da correta estratégia de intervenção: .

são classificadas como doenças reemergentes: (a) AIDS (b) Hipertenção arterial (c) Malária (d) Toxoplasmose (e) Tétano 4° Assinale V para alternativas corretas e F para as incorretas. .(a) Saúde pública (b) Medicina preventiva (c) Epidemiologia (d) Medicina moderna (e) Benefícios epidemiológicos DOENÇAS TRASMISSÍVEIS EMERGENTES. socioeconômico e cultural. REEMERGENTES E CRÔNICAS 1° Com explicar o surgimento de doenças transmissíveis emergentes. demográfico. são exemplo de doenças crônicas: (a) Febre amarela (b) Diabetes (c) Sarampo (d) Dengue (e) Rubéola VIGILÂNCIA SANITÁRIA E EPIDEMIOLOGIA 1° Quais as funções da vigilância epidemiológica? 2° A epidemiologia restringia-se ao estudo de epidemias de doenças transmissíveis? 3° Qual a função da epidemiologia que contribui na saúde da população? (a) O estado de saúde da população ou condições de saúde de grupos populacionais específicos e tendências gerais do ponto de vista epidemiológico. reemergentes e crônicas? 2° O que pode ser feito para que haja prevenção e controle destas doenças? 3° Assinale a alternativa correta.

(b) A ciência de prevenir a doença. prolongar a vida. d) É nesse período que se cria e se fortalece o subsistema de atenção médico-suplementar. (d) Numero de casos existentes de uma doença num intervalo de tempo definido (e) A partir do conhecimento dos fatos que a determinam e provendo. a) O Ministério da Saúde pauta todas as suas políticas no respeito à diversidade e na promoção de direitos humanos. 4° Quais são os tipos de vigilância epidemiológica que existem? (a) Vigilância microbiológica (b) Vigilância pós alta do paciente (c) Vigilância por componentes (d) Todas as alternativas estão corretas (e) Apenas A e C estão corretas SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA 1° O preconceito é uma das grandes vulnerabilidades das pessoas? 2° A saúde no Brasil praticamente inexistiu nos tempos de colônia? 3° Para combater essa vulnerabilidade. consequentemente. qualificando a saúde pública no Brasil e incentivando trocas solidárias entre gestores. (c) Projetar e construir unidade de saúde. subsídios para a prevenção das doenças. trabalhadores e usuários. promover a saúde e a eficiência física e mental mediante o esforço organizado da comunidade. b) a únicas instituições que podemos destacar no vazio assistencial desse período é a criação das Santas Casas de Misericórdia. . e) Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Social 4° O que é a Política Nacional de Humanização da atenção e da gestão do SUS? (a) A Política Nacional de Humanização existe para efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e gestão. c) Quanto ao ministério. ele tomou medidas sanitaristas como a criação de órgãos de combate a endemias e normativos para ações sanitaristas.

do Ministério do Planejamento. esses saberes podem produzir saúde de forma mais corresponsável. orientado para resultados e que atenda às demandas da sociedade quanto aos serviços prestados pelas organizações públicas. A PNH busca transformar as relações de trabalho a partir da ampliação do grau de contato e da comunicação entre as pessoas e grupos. (c) No âmbito do Governo Federal. a Secretaria de Gestão – Seges. (d) Apenas a alternativa A esta correta (e) Todas as alternativas estão corretas .(b) A Política Nacional de Humanização deve se fazer presente e estar inserida em todas as políticas e programas do SUS. Transversalizar é reconhecer que as diferentes especialidades e práticas de saúde podem conversar com a experiência daquele que é assistido. tirando-os do isolamento e das relações de poder hierarquizadas. Orçamento e Gestão – MPOG tem. além de outras. a competência de imprimir à gestão pública um cunho empreendedor. Juntos.