You are on page 1of 2

Tema: O processo de crescimento e amadurecimento espiritual do

cristão.
- O Evangelho segundo Marcos é repleto de fatos milagrosos do Senhor Jesus durante sua vinda em
forma de homem. Mas existe um trecho no qual queremos nos deter e aplicar, através da orientação do
Espírito Santo de Deus;
TEXTO BASE: Marcos 8.22-26 (A cura do cego de Betsaida)
- O Senhor Jesus realizou muitos milagres, mas é perceptível que os milagres eram realizados em uma
única etapa, mas nesse momento o milagre foi realizado em duas etapas;
1ª Etapa: nos v. 23-24 Jesus tomou o cego pela mão e o levou para fora da aldeia, aplicou-lhe saliva aos
seus olhos e perguntou o que ele via. A resposta foi: “Vejo os homens, porque como árvores os vejo,
andando”;
2ª Etapa: no v. 25 Jesus passa mais uma vez as mãos nos olhos do cego, e agora o ex-cego passa a ver
claramente, ficou restabelecido; e tudo distinguia de modo perfeito;
- Mas, porque Jesus realizou esse milagre em duas etapas? Tem algo nesse texto que pode ser extraído
como ensinamento para nós?
- Nos versos 14-21 do próprio capítulo 8 de Marcos, Jesus fala sobre o fermento dos fariseus e o de
Herodes;
- No evangelho de Lucas 17.20-21 vamos ver os fariseus questionando a cerca do Reino de Deus.
Lucas 17.20-21 – “Não vem o reino de Deus com visível aparência”. Os fariseus acreditavam que o triunfo
do Messias seria imediato. Eles desejavam que ele viesse, vencesse Roma e estabelecesse o reino. As
etapas de Cristos eram totalmente diferentes. Ele estava inaugurando uma era na qual o reino seria
manifesto no governo de Deus no coração dos homens por meio da fé no Salvador (v. 21; Rm 14.17).
Esse reino não está confinado a uma localização geográfica particular e nem era visível aos olhos
humanos. Chagaria quietamente, de maneira invisível e sem a pompa e o esplendor comumente
associados à chegada de um rei. Jesus não sugeriu que as promessas do AT de um reino terreno
estariam anuladas dali em diante. Em vez disso, essa manifestação terrena e visível do reino era algo que
ainda estava por acontecer. (Ap 20.1-6) – (adaptação – Nota da Bíblia John MacArthur)
- Nesse texto do evangelho de Lucas entendemos sobre o fermento dos fariseus. Fermento, no NT tem
uma conotação (uma ilustração) de influência, e na maioria das vezes significa a influência maligna do
pecado.
- Jesus exortava aos discípulos a não serem influenciados pelos pensamentos e práticas pecaminosas dos
fariseus e de Herodes. O fermento de Herodes Antipas era sua conduta imoral e corrupta (Mc 6.18-26);
- Jesus estava falando aos discípulos que eles precisavam se separar do pensamento do reino terrestre. E
deu exemplos bem claros aos discípulos, Mc 8.17-21;
- No evangelho de Marcos 1.8, João Batista afirma: “Eu vos tenho batizado com água, mas Ele vos
batizará com o Espírito Santo.”. No verso 15 Jesus diz: “O reino de Deus está próximo, arrependei-vos e
crede no evangelho.”;
- Em nosso texto base, no v. 25 percebemos que na segunda etapa da cura o cego passa a ver
claramente, e tudo se distinguia de modo perfeito;

O cristão vai conseguindo distinguir o que correto e o que é errado. o que é limpo e o que é imundo. Além de que a sua esperança não está nessa vida (I Pe 2.1-2).11).A nossa vida como cristãos não pode ficar estagnada. .6.18. Fp 1. . Caso fiquemos parados e não buscarmos a cada momento enxergarmos o que Deus tem nos revelado através de sua Palavra ficaremos como os discípulos naquele momento. (Pv 4. I Pe 3. E assim o cristão passa a enxergar que é totalmente dependente da Soberana providência de Deus. não há uma única etapa e pronto..18). .Quando o cristão é salvo pelo Espírito Santo de Deus ele é Justificado (Rm 5.