You are on page 1of 2

Universidade Federal de Alagoas

Campus Arapiraca
Plano de Aula
Dados gerais
Professor: Andrea Yumi Sugishita Kanikadan
Disciplina: Gestão das Organizações Associativas e Empreendimentos Solidários
Tema da aula: Aspectos Conceituais de Sociedade Civil, Terceiro Setor, ONG e
Movimentos Sociais
Duração da aula: 50 minutos
Objetivos

Objetivo Geral: abordar aspectos conceituais de Sociedade Civil, Terceiro Setor,
ONG e Movimentos Sociais, de modo que seja possível compreender a inserção de
tais definições no contexto onde são utilizados.
Objetivos específicos: destacar o lugar da sociedade civil e cada um de seus
elementos no contexto da sociedade como um todo. Trazer exemplos de cada um dos
conceitos abordados, de modo a facilitar a compreensão pelo aluno.
Conteúdo

1. Contexto do surgimento da sociedade civil organizada
2. Definição conceitual de cada um dos elementos presentes na sociedade civil
organizada

3. Exemplos
4. Entendimento da sociedade global
Metodologia de ensino

1. Aula expositiva dos conceitos
2. Uso de ilustrações da vida prática
3. Uso de vídeo síntese sobre os movimentos sociais
Avaliação do processo de ensino e aprendizagem

FERNANDES. Economia Social. FRANÇA FILHO.br/home/index. n. SEI.org. p. 1993 Manual do Terceiro Setor (s/d). 3º Setor: desenvolvimento social sustentado. 2002. junho 2002. 2005. In: Educação e Movimentos Sociais. 2004 LANDIM.abong. Paulo Afonso Barbosa de. TVEscola e Ministério da Educação. (2005) Movimentos sociais: aspectos históricos e conceituais. Bahia Análise & Dados. KOGA. 1998. BRITO. Evelyn Berg. O que é o terceiro setor? In: IOSCHPE. Resumo de texto indicado sobre Movimentos Sociais (BRITO. 2. 25-33.br. 2005. . As diferentes dimensões da sustentabilidade em uma organização da sociedade civil brasileira: o caso do GAPA. Paulo Haus. São Paulo: Instituto Pró-Bono.ecoterrabrasil. Institutos. Disponível em: < http://www. Salvador. FGV. Natália Massaco. Leilah. Atividade para próxima aula: Exercício de busca de Organizações da Sociedade Civil e análise conforme os conceitos expostos em aula Recursos materiais Projetor tipo Datashow Bibliografia BRESSER P. p. ONGs. Leilah. ed. 1998. OSCIPs e filantrópicas: ou os nomes e os fatos. Dissertação de Mestrado. Dissertação de Mestrado. v. São Paulo: GIFE/Paz e Terra.1.php?pg=temas&tipo=temas&cd=219>. 2005) 2. fundações. Tacilla da Costa e Sá Siqueira.9-19. “Experiência militante”: histórias das assim chamadas ONGs. Reforma do Estado para a cidadania.12. LANDIM. Disponível em www. Brasil. São Paulo: Editora 34.1. UFBA.com. Terceiro Setor. Acesso em 08/10/13 SANTOS. 1997. Genauto. Economia Solidária e Economia Popular: traçando fronteiras conceituais. Rubem César. MARTINS. Boletim 3. Acesso em 01 de out 2013. Rio de Janeiro: UFRJ. As organizações não governamentais no Brasil. Rio de Janeiro: ISER. AS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO (OSCIPS) E OS TERMOS DE PARCERIA: Uma reflexão sobre a relação entre Estado e sociedade civil. RITS.