You are on page 1of 4

Fonética Acústica

O som
O som consiste em oscilações (ondas) de pressão que se propagam através
de um meio material sólido, líquido ou gasoso. O som que se propaga
através do ar, ao entrar em contato com os ouvidos, causa vibrações que
resultam na sensação sonora. Sons são produzidos por fontes sonoras, as
quais podem ser as cordas vocais, a pele de um tambor, as cordas de um
piano ou violão, etc. Sons se propagam, necessariamente, em um meio
material, ou seja, o som não se propaga no vácuo. A figura abaixo mostra,
esquematicamente, regiões de compressão (alta pressão) e de rarefação
(baixa pressão) do ar, de forma a ilustrar uma onda sonora.

Amplitude, comprimento de onda, período e frequência
Esses termos físicos aplicam-se a qualquer grandeza física (ex. posição,
pressão, campos elétrico e magnético, etc.) que oscile periodicamente. No
caso do som, tais termos se referem à pressão do meio (ar, água, etc.). A
amplitude (A) se refere à diferença entre os valores máximo e médio de
pressão ao longo do tempo em um determinado ponto do espaço ou,
alternativamente, ao longo do espaço na direção de propagação da onda,
em um determinado instante de tempo. Quando a pressão varia do seu
valor máximo ao mínimo retornando novamente ao máximo, diz-se que ela
efetuou uma oscilação completa ou um ciclo. A distância entre dois picos de
pressão na direção de propagação da onda é chamada de comprimento de
onda (λ), enquanto que o tempo para que a pressão efetue esse ciclo é
chamado período (T) da onda. A freqüência (f) da onda refere-se ao número
de ciclos realizados por unidade de tempo. A unidade 1 ciclo/segundo é
denominada 1Hertz (1 Hz). Assim, um som cuja freqüência é de 200Hz é
uma onda periódica de pressão que completa 200 ciclos de vibração por
segundo. A figura abaixo ilustra os conceitos de amplitude e comprimento
de onda para os casos de duas ondas senoidais de mesma amplitude e
freqüências diferentes.

à esquerda. com nível de referência (0dB) definido como o limiar de audição humano na freqüência de 1kHz. normalmente. a pressão sonora em pascais (Pa) e. A unidade de medida de intensidade sonora é o bel (B).3 + 0.1B. o decibel (dB). Velocidade de propagação (c). quanto maior a amplitude. freqüência (f) e comprimento de onda (λ) estão relacionados através da equação: Velocidade = Comprimento x Freqüencia Intensidade e amplitude A intensidade do som é uma propriedade que relacionada à potência (energia por unidade de tempo) de vibração da fonte que emite a onda sonora. maior a intensidade sonora.606 · T) m/s onde T é a temperatura em graus centígrados.Velocidade do som A velocidade de propagação do som no ar é de 340m/s à temperatura de 15°C e cresce com a temperatura seguindo a relação: c = (331. . utiliza-se seu submúltiplo. A escala abaixo mostra. enquanto que sua freqüência é uma propriedade da fonte. É a intensidade do som que nos dá a sensação de volume do som. A quantidade de energia transportada por uma onda é proporcional ao quadrado da sua amplitude de forma que. Cabe observar que a velocidade de propagação de qualquer onda é uma propriedade do meio. mas. para um dado intervalo de tempo. a intensidade correspondente em decibéis. 1dB = 0. à direita.

mais grave é o som. . A altura está relacionada com a freqüência: quanto maior a freqüência. Dessa forma. ainda que tenham a mesma intensidade. os timbres das vozes de duas pessoas diferentes são diferentes. se refere à propriedade do som que nos permite classificá-lo como grave ou agudo. Em termos da forma de onda. é o timbre que diferencia duas ondas de mesma amplitude e freqüência. No caso da fala. altura e duração. Timbre O timbre se refere a todas as características do som que não sejam determinadas pela intensidade. altura e duração. altura e duração. ou a altura de um som. mais agudo é o som e. Assim. assim como são diferentes os timbres de um piano e de um violino. A figura abaixo mostra formas de onda de voz e de instrumentos de forma a ilustrar diferentes timbres.Freqüência e Pitch (Altura) O pitch. é através do timbre que se torna possível distinguir dois sons de mesma intensidade. quanto menor a freqüência. o timbre está diretamente ligado às características do locutor.