You are on page 1of 16

B

BO
OL
LE
ET
TIIM
M IIN
NFFO
OR
RM
MA
AT
TIIV
VO
O // A
AN
NO
O 0033// N
Nºº 0099// JJaanneeiirroo aa M
Maarrççoo 22001144

EPAL comemora mais um
aniversário ao serviço do
cidadão

1

órgãos de comunicação social. Actualmente a cidade de Luanda. dê vida à EPAL. para além dos trabalhos do quotidiano que nos fazem existir como empresa de direito público. depois de vários meses sem o líquido por motivo de “ garimpo de água “ na rede técnica da EPAL. cuja tónica foi a reflexão sobre os preceitos para o crescimento e desenvolvimento da empresa. nunca esquecerá dos encantos da cidade de Luanda em particular e de Angola no geral e. construção do centro de formação de ponta ao serviço exclusivo da melhoria da performance de cada quadro da empresa. aos munícipes da Maianga. Dezassete actividades. Com o desígnio de estar cada vez mais próxima dos clientes. os exercícios de 2014 e 2015. foi o total de tarefas realizadas. as metas são muito exigentes. desde o primeiro trimestre do corrente ano. Lionídio Gustavo Ferreira de Ceita Presidente e Director Geral Parabéns. quer do ponto de vista ético. pagando o seu consumo. Num outro prisma.P). parabéns e feliz aniversário… No início da fundação da cidade de Luanda as fontes de abastecimento de água. concurso infantil de pintura sobre a EPAL. programa de formação reforçada e transversal em todos os sectores e valências da empresa. orientada pela missão.P. a EPAL pós a disposição. Diz o ditado popular que quem beber da água do rio Bengo. sendo de assinalar os célebres “ Poços da Maianga do Rei e Maianga do Povo ” construídos provavelmente entre os anos de 1641 e 1648. investigação e concretização dos objectivos. quer do ponto de vista de inovação. que serviram a cidade durante 3 séculos. realização de palestras internas e externas. eram riachos e poços. os citadinos de Luanda. que encurtará a distância que os clientes se deparavam para efectuarem o pagamento do consumo da água. serão de forte reengenharia do capital humano da EPAL-E. De realçar que as referidas actividades foram realizadas com desígnio de proporcionar a interacção entre os funcionários e os nossos parceiros.Editorial Parabéns. valor e nos objectivos que regem a Empresa Pública de Águas (EPAL-E. concretamente os moradores do bairro da Corimba. Neste momento crucial da empresa.P Rui Tito Administrador Lisete Pascoal Administradora Francisco Tálino Administrador António Canito Administrador 2 . como resultado dos investimentos do Executivo no sector das águas. foi com este sentimento que os funcionários da EPAL comemoraram mais um aniversário com a realização de várias actividades durante o mês de Março.” Membros do Conselho de Administração da EPAL-E. agência comercial da Maianga. exposição fotográfica e a festa em alusão ao aniversário da empresa. tem 6 Estações de Tratamento de Água e 19 Centros de Distribuição que servem para o fornecimento de água nos diferentes municípios. “ Água é vida. das quais se destacaram visitas a indústria. tornaram a ver jorrar água nas respectivas torneiras. actividades desportivas. parabéns e feliz aniversário.

realçou o palestrante. no Centro de Conferência do Royal Plaza. de compartilhar alguns pontos de vista com o palestrante. em declarações a imprensa. estudantes do ciclo base e do ensino médio pelo que terá como desígnio a melhoria da prestação dos serviços aos nossos clientes ”. hoje e amanhã ”. a palestra sob o tema “ Relações Laborais”. Inspector – Geral do Trabalho afecto ao MAPESS. Assistiram a palestra cerca de 150 funcionários que tiveram a oportunidade. Emanuel Molengue. momento humorístico com o grupo “Trio Rir” que proporcionou aos presentes momentos de entretinimento com a peça “ EPAL ontem.Destaque No âmbito das festividades… Funcionários participam da palestra sobre “ Relações Laborais” Paula Paulo No âmbito das festividades da EPAL realizou-se. chefes de departamentos. durante 5 horas. realçou que “ a EPAL tem como objectivo a construção de um centro de formação para trabalhadores. Membros do Conselho de Administração. Lionídio Gustavo Ferreira de Ceita. A margem da palestra o Presidente do Conselho de Administração. Plateia atenta a dissertação do representante do MAPESS PCA da EPAL falando à imprensa Representantes do MAPESS e da EPAL Intervenção da plateia aquando da palestra 3 . directores. Directores Gerais Adjuntos. no dia 10 de Março do corrente ano. chefes de secção e funcionários de base. em Talatona. Constavam do cronograma da palestra a exposição fotográfica que retratou o historial da empresa. “ Falar de relações laborais é falar de relações interpessoais para constituição das equipas para objectivos comuns da empresa e uma relação saudável”. Estiveram presentes convidados.

“ Não faz isto Be. cumpriram e demonstraram com abnegação as tarefas laborais. como ouvia . Concomitantemente houve a entrega de diplomas de antiguidade. que deixou desguarnecido o posto comando e as tropas. Xico Maria. As cores brancas e azul coloriram o cenário decorativo. às 06 horas da manha. na festa. Com ou sem parceiro. mas com um pendor direccionado para as mulheres que demostraram se lisonjeadas. em alusão ao aniversário da EPAL. Comida e bebida se tornaram em condimentos favoráveis para que a festa decorresse conforme os objectivos traçados pela coordenação do evento. electrizaram os presentes para a pista de dança até. O momento e o lema era “ Março mulher EPAL em Festa “. que aguardavam pelos funcionários. soltar o espírito mau e as calorias desnecessárias no corpo. Bela” PCA da EPAL (ao centro) e os responsáveis das equipas do torneio interno de Futsal 19 horas.se. O Semba. Bela “. mas trouxe outros exímios dançarinos que demostraram que as responsabilidades laborais e o estrato social não são impedimentos para exercitar o físico. No calor do esgotamento físico e das emoções. poetas e convidados à festa. às 6 horas da manhã. troféus as equipas que disputaram o torneio de Futsal. quando os portões do Cine Tropical começaram a registar a entrada de funcionários. a kizomba e o Rock também motivaram a invasão do salão de dança. Lulas da Paixão. para além do costume de levar as bebidas em casa. pretendiam levar o “ boi no espeto “. os superiores hierárquicos da EPAL e os respectivos subordinados interagiram harmoniosamente de forma intensa e cordial sem limitações. A ocasião foi aproveitada pelo responsável pela Protecção e Segurança. Pedro Cabenha acompanhados pela Banda Movimento e ao som do DJ. Be. Os cantores Don Caetano. dia 29 de Março.Reportagem Março mulher EPAL em festa Com ou sem parceiro. que se deslocaram com propósito de comemorar o aniversário da Empresa Púbica de Águas (EPAL – E. Be. afinal o momento era festivo. Entre a sala. retirou algumas pessoas da pista de dança. no final da festa. no exercício das funções.P). primeiro andar. no bar. que “ já estava pago ”. Alguns funcionários e convidados. e entrega de diplomas de mérito aos funcionários que ao longo do ano de 2013. com cerca de 50 metros de comprimentos e 30 de largura. e não só. cantores. dia seguinte. houve quem não quisesse parar de dançar Bernardino N’gola Eram A dança era “ Não faz isto Be.4 . género musical kuduro. no recinto. para demonstrar a arte de recitar poemas aos presentes. houve quem não quisesse parar de dançar.

Jacob Milonga. Lourdes Counsol Direcção Comercial. Lina Ferreira Direcção Comercial. Ladislau Afro.reportagem A intensidade da música. funcionários observadores realçaram. Silvina Cruz. Joana Escórcio. Direcção de Estudos e Projectos. Casimiro Justino. dificultava as comunicações e como alternativa só restou a comunicação gestual. como umas das melhores festas de todos os tempos. Catarina Zacarias Lino. Mérito aos destacados João Bengue recebe o certificado pelo Administrador Rui Tito PCA entrega diploma ao Isaías Cristóvão funcionários Foram condecorados com diplomas de mérito os funcionários Filisberto Catumbela Direcção de Abastecimento. onde decorreu a festa. Direcção de Produção e Ambiente. Eugênia Coussul. Manuel Fula. José Manuel. Albino Lote. Isabel Venâncio de Sousa. e possivelmente algumas esperanças sentimentais ilusórias durante e no final da festividade. Gomes Pereira Direcção de Abastecimento.I. Direcção de Recursos Humanos. Direcção de Produção e Ambiente. Isaías Jaime Cristovão. Antonio Kinemuna. Direcção Comercial. Direcção Geral Adjunta Contabilidade e Finanças. Gabinete do PCA. o piscar dos olhos e os beijos à distância proporcionaram a interacção. Direcção de Rede e Distribuição. Gabinete Jurídico. Maria Manuela. Direcção de Produção e Ambiente. e a coordenação do evento. O acenar. Direcção de Recursos Humanos. João Bengui. Direcção de Rede e Distribuição. Abílio Hóssi Wassuca. Direcção de Rede e Distribuição.T Comida e bebida foram condimentos para efectivação da festa Música e dança contribuíram para alegria dos presentes 5 . no local. na festa. Direcção de Relações Públicas. Glamour e requinte caracterizaram a festa que alguns. devido a factores como o espaço geográfico. Departamento de Protecção e Segurança. João Domingos. afecto ao G. no momento.

trabalhadores com 30 anos de serviço. se tivemos que comemorar o aniversário da empresa. dentre as quais. Manuel Mendes da Conceição Baptista. Ausência de processo disciplinar ou criminal de que a Empresa tomou conhecimento. Domingos M.reportagem Bernardino N’gola. Henriques Ferreira de Pedro.” ilustrou o coordenador das festividades. Convívio entre colegas durante a festa Dr. Direcção de Produção. disse que divertiuse bastante e dançou mais de 25 músicas. Jeremias Bernardo. Que não tenha contraído 12 faltas injustificadas no ano anterior. Luís S. Espírito de equipa. E doravante.T. Assiduidade. dos Santos. 15 anos de trabalho Departamento de Transportes e Oficinas (DTO). filantrópica. afecto à área do D. Relações interpessoais. Domingos Januário. Conhecimento relativo a função que desempenha. comeu e bebeu muita água paga pela EPAL. corrobora com as declarações de alguns entrevistados que afirmaram que foi uma das melhores festas realizada em todos os tempos e. Helena Isabel Chiuca e Inocêncio Salvador Pacheco. Comprometimento com a Empresa. trabalhadores que completaram 25 anos de serviço. Gabinete de Gestão de Dados. vamos separar as águas. afectos as Direcções Geral. almoço é almoço. funcionário da Direcção de Produção e Luís Lima com 35 anos dedicado ao serviço da comunidade através da EPAL. Realizamos actividades desportivas. palestras. “ Relativamente ao horário e o local da realização da festa. preferimos dar maior realce a divulgação interna e externa de questões de objecto social da empresa nas universidades e na media. Iniciativa e Autonomia. Trabalhadores a mesa EPAL em festa Distinguidos pelo tempo de trabalho Josefa Lucas de Paula.ª Deolinda Andrade faz entrega do certificado ao Ladislau Afro Março mulher EPAL em festa “A melhor festa de todos os tempos ” Luís Sebastião Bernardo. Direcção de Rede e Distribuição. Correia António Paulo afecto ao D. DRH e Direcção de Projectos. porcento. concurso de pintura infantil. será comemorado com dignidade e comodidade para os trabalhadores. daí alguma das razões da mudança do horário e do local.O. “ Para o cronograma alusivo as festividades a coordenação preparou 17 acções e. 41 anos. Domingos januário. G. Departamento de Desenvolvimento Organizacional e Ernesto Carvalho. visitas aos órgãos de comunicação social e em fábrica. Carlos Francisco João. frisou que “ festa é festa e. 5 anos de serviço afecto à Direcção de Produção. Domínio das ferramentas de trabalho. Outrora realizávamos o almoço em alusão ao aniversário da empresa nalgumas instalações.T. Portanto de forma geral cumprimos com as actividades na ordem de 95%. nos CD’s ou nas ETA’s e no final deixávamos o local sujo. Moisés Bamba Dala. Departamento de Comunicação e Imagem. Critérios de atribuição diploma de mérito de Disponibilidade para realização de trabalho. Bernardo. Bernardino N’gola 6 . por outra vertente o sol. Direcção comercial. o vento e os insectos dificultavam o convívio. ambos com 20 anos de trabalho. Agostinho Manuel Vunge. realçou que desta vez a coordenação acertou.O. pontualidade e produtividade.

oito electrobombas e três balões “anti-arieth”. director do ambiente. o engenheiro Filipe Mayomona. Na agência comercial. O Administrador Rui Tito afirmou. efectuou uma dissertação exaustiva sobre a gestão de resíduos nos casos da ETAP – Kifangondo e ETAR – ZEE. na qual estiveram presentes delegações de Moçambique. Sul e Kicuxi. Filipe Mayomona. a Estação de Tratamento de Água. apresentado pelo Director do Ambiente. sala de operações. Pedro Chuvila. No decorrer da visita a delegação percorreu as infraestruturas e constatou. São Tomé e Príncipe e Cabo Verde. O encerramento coube ao Director Geral Adjunto (DGA) para área de Produção e Ambiente. Começando por fazer uma breve analise sobre a distribuição da água na terra. no dia 26 do corrente mês. que a questão ambiental tem tratamento privilegiado na EPAL-EP. os visitantes percorreram os edifícios administrativos onde constataram a sala de cloração. durante o discurso de abertura do acto. No Centro de Distribuição de Água do Camama. data em que se realizou. sala de transformadores. agência comercial respectivamente localizadas na centralidade do Kilamba e o Centro de Distribuição de Água do Camama. O evento teve lugar na sala de projecções da Estação de Tratamento de Águas de Luanda Sudeste. que fez uma breve panorâmica sobre a situação ambiental das Estações da EPALEP. “A matéria-prima da produção da nossa empresa vem do ambiente e a EPAL tem consciência que deve utiliza-lo com responsabilidade”. sala de operadores e sala de baterias. Funcionários da EPAL-E. afirmou o responsável. De realçar que o dia nacional do ambiente é celebrado em alusão o dia 31 de Janeiro de 1976. com a realização de uma palestra subordinada ao tema “Gestão de resíduos derivados da produção e uso de água potável”. Guiné-Bissau. sala de bombagem e a subestação eléctrica. A Estação de Kassaque envia água bruta para as ETA’s Sudeste. reservatório principal com capacidade de 10 metros cúbicos de água. Perante uma sala cheia e uma plateia atenta. Responsáveis seniores da EPAL aquando da abertura da palestra em alusão o dia do ambiente Funcionários visitam áreas da empresa Paula Paulo No dia 13 do corrente mês.Produção qualidade e ambiente EPAL realiza palestra em alusão o dia do ambiente Hélder Guimarães O dia nacional do ambiente foi comemorado na EPAL-EP. Outros funcionários visitaram. o primeiro colóquio da Semana de Conservação da Natureza. a comitiva observou detalhadamente apresentação da estrutura comercial e os serviços prestados a população. em Luanda.P 7 . o prelector dissertou ainda sobre subtemas como “ Sistema de Tratamento Aplicado na EPAL” e “ Problemas Ambientais Ligados a Produção de Água Potável ”. funcionarios visitaram à Estação de kassaque no âmbito das festividades do aniversário da empresa.

Samba e Belas De realçar que o município da Samba. condutas e ramais de PVC. desconhecidos por nós. Os técnicos da rede Sul da EPAL. lamentou o director de exploração da rede técnica Sul. município da Samba. Apelamos o apoio das comunidades para nos ajudarem a solucionar e a detectar alguns constrangimentos. realizaram trabalho de medição do caudal de água na rede técnica. saneamento básico. roturas e obstrução das condutas por motivos de construção anárquicas de residências. abrange os municípios da Maianga. trabalharam durante 1 mês. fechos e reabertura de válvulas. comunicações. substituição de ventosas. nós realizamos trabalhos de prospecção com objectivo de procurar solucionar a situação e constatamos que o fornecimento irregular na zona era derivado de actos de garimpo de água “. . na zona da Corimba. Ingombotas. devido a insuficiência do fornecimento de água por motivos de “ roubo de água “ na rede técnica. na zona da Corimba. A rede técnica de exploração Sul.P) procedeu a trabalhos de prospecção. sondagem de fuga de água. concretamente na avenida da Samba. “ Reconhecemos também que em outras zonas da cidade existem problemas do fornecimento de água resultante do garimpo de água. arruamentos e arborização da zona José Sebastião de Carvalho Panorâmica da zona de influência do Centro de Distribuição de água da Maianga 8 . “ Como resultado das constantes reclamações dos nossos clientes sobre a falta de água. apelou José Sebastião de Carvalho. José Sebastião de Carvalho. iluminação. que dificultam o fornecimento de água nas referidas zona”. Com o trabalho realizado. foi alvo do projecto do Executivo sobre a empreitada de reabilitação das vias estruturantes que abrangeu a substituição das redes técnicas de água.Rede e distribuição GARIMPO DE ÁGUA DIFICULTA DISTRIBUIÇÃO Reposição da água à zona da Corimba Técnicos da EPAL durante a empreitada de reposição de água à zona da Samba Bernardino N’gola e Agostinho de Carvalho A Empresa Pública de Águas (EPAL-E. mais de 500 famílias estão a beneficiar do fornecimento de água da EPAL após vários meses de interrupção devido o garimpo de água na Corimba.

marcou presença com actuação da peça tradicional típica da cultura Bantu. e os respectivos Membros do Conselho de Administração e Convidados. 1 sala dos técnicos e 1 balcão de atendimento personalizado. Estiveram presentes chefes de departamento. Citadinos de Luanda têm mais uma agência para o pagamento da água “Njila Ya Mweuenho”. João Baptista Borges. Jorge Jeremia. Adjacente a infra – estrutura comercial inaugurada está o Banco de Comercio e Indústria que prestará outros serviços aos clientes da EPAL. A infra-estrutura inaugurada contém 1 balcão de atendimento composto por 4 caixas. Concomitantemente o grupo humorístico “Trio Rir” proporcionaram aos presentes momentos de humor com o tema “ O Desenvolvimento da EPAL e Novos Métodos de Trabalho ”. agência comercial da Maianga. 2 gabinetes para o chefe da agência e o sub chefe. Lionídio Gustavo Ferreira de Ceita. no distrito da Maianga. fazendo assim a necessidade do aumento no controle da gestão. 1 sala de espera. inaugurou no dia 20 de Fevereiro do corrente ano. P). chefes de secção e entidade administrativa local tradicional.Serviços comerciais EXPANSÃO DOS SERVIÇOS COMERCIAIS Munícipes da Maianga têm nova agência comercial da EPAL Paula Paulo A Empresa Pública de Águas (EPAL-E. estamos a implementar o módulo comercial de negócio “Business Inteligence”. este aplicativo vai permitir avaliar em “on-line” o desempenho de área comercial”. localizada na travessa comandante Gika. Uma das inovações que será prestado pela estrutura inaugurada é existência do gabinete técnico que terá a missão de apoiar os clientes relativamente a recepção das reclamações dos serviços prestados pela empresa. “ Estamos a aumentar o nosso volume de negócios. grupo de dança tradicional. realçou aos presentes a Directora Geral Adjunta para área Comercial e Marketing da EPAL. O corte da fita coube ao Ministro da Energia e Águas. que esteve ladeado pelo Administrador Adjunto do Distrito da Maianga. o Presidente do Conselho de Administração da EPAL. Ministro da Energia e Águas saúda responsáveis da EPAL aquando da inauguração da agência comercial 9 .

Foto reportagem EPAL EM FESTA 10 .

Foto reportagem EPAL EM FESTA 11 .

600 DESPORTO Hélder Guimarães Em alusão ao 30 de Março.000m3 de água/dia.200 41.492 156.650 136.536 192.Situação operacional Situação Operacional da Produção de Água Relativamente aos meses de Janeiro.428 3.209 436.184 78. cuja missão é a recepção de reclamações proveniente dos clientes e colaboradores. Luanda Sul. No jogo de abertura a EPAL venceu os Polivalentes por 4 a 3.740 125. Todos os jogos decorreram no complexo desportivo da cidadela. de Luanda Sul é de 57. a Direcção de Produção informou que o volume de água bombeado para Luanda.300 48.313 267.240 605. Luanda Sudeste.280 567.600 738.277 231.394. As individualidades presentes fizeram a entrega dos prémios as equipas participantes ao torneio.168 178.570 34.750 319.500 310.468 85.360 523.771 261. arrebatado pela Empresa Nacional de Electricidade (ENE) que venceu na final a EPAL por 5 a 2.600m3 de água/dia e do Sistema 3 é de 216.950. A cerimónia de encerramento contou com as presenças dos responsáveis da EPAL-EP e da Associação de 12 Futebol salão.400 12.672 48.900 357. No segundo jogo da primeira jornada a ENE derrotou a formação da RNA por 5 a 3 nos pontapés de grande penalidade.169.960 273. na quadra multiuso do pavilhão principal do complexo.000 813. O terceiro lugar coube a formação dos Polivalentes que venceram a RNA por 2 a 1.124 282.422 943.402 502. cabendo ao Presidente do Conselho de Administração da EPAL-EP.136.800 41.200 446.696.200 1.300 1.173 33.800 13.900 15.487. EPAL versus Polivalentes e Rádio Nacional de Angola (RNA) contra ENE. De recordar que a capacidade instalada do Sistema 1 é de 60.600 43.680 64.758 332.800 1.250 Fevereiro 2.000 ENE vence EPAL no torneio quadrangular Março 2.234 166.000m3 de água/dia.150 987760 637.895.498 327.468 2.500 1. o Grupo Desportivo (GRUDE) da EPAL organizou o torneio quadrangular em futebol salão (Futsal).700 453.237 327.000m3 de água/dia.992 7.014. entregar o troféu de vencedor a formação da ENE. com desígnio de alcançar excelentes níveis de atendimento e satisfação de todos aqueles que procuram os serviços da EPAL. pelos sistemas 1 e 2 em Kifangondo. A equipa de arbitragem foi a primeira a ser premiada. do Sistema 2 é de 140.808 177.044 801.898 176. Candelabro.367.950 154. O sorteio ditou os seguintes encontros para a primeira jornada. vicepresidente da Associação de Futsal de Luanda.800 3.318 96.400 413. Lionidio de Ceita.096 1.944 35. com lembranças entregues por Lúcio Palma.658 m3 de água tratada. MÊS Números de roturas DRN 107 DRS 198 DRE 159 DCA 3 DDF 24 Fevereiro 68 55 107 2 16 Março 67 67 191 1 24 Janeiro Centros de Distribuição de Água Marçal Maianga Cazenga Mulemba Golfe I Cidade Alta Benfica I Viana Morar Talatona Nova Vida Mulenvos Benfica II Camama Kilamba Zango Zango III Futungo Cacuaco Quantidade de água distribuída (m3) Janeiro 2. Kicuxi e Bom Jesus foi de 39. Fevereiro e Março de 2014. dia de aniversário da EPAL-EP.833 770743 103. depois do empate a dois no tempo regulamentar.320 282.880 1.700 228.878 942.600 Total 6.416 156. Centro de Distribuição do Camama Situação Operacional da Rede De Janeiro a Março do corrente ano o Departamento de Controlo do Piquete.950 151.253.312.710 96.523 334.101 287. .338 101.700 133.

a visão e a estratégia da organização. liderança e princípios. situada no município de Viana. autoridade do líder. Trabalhadores durante a palestra 13 . liderar a mudança por meio da definição de rumo. no âmbito das festividades do aniversário da EPAL-EP. garantir o envolvimento de todos através de plano de gestão de mudança. sumos e bebidas alcoólicas. O líder deve construir uma visão para a organização e agir de forma consistente para a realização gerando a energia necessária para o sucesso. Djalmina da Fonseca. e Assessores. Tendo em consideração a missão. O líder tem que ter a capacidade de orientar. para o sucesso da organização que lidera por meio da comunicação. no refeitório do kikuxi. Nome: António Cassanga Em alusão as festividades… Trabalhadores dialogam sobre “Profissionalismo “ Amélia Chissuco No dia 21 de Março realizou-se a palestra. O trabalho do líder consiste em influenciar motivar e capacitar. A delegação da EPAL-E. Data de Nascimento: 01/12/1957 Filiação: Pedro Dala e de Caculo Estado Civil: Solteiro Naturalidade: Huíla Habilitações literárias: 6 ª Classe Função Actual: Supervisor Religião: Apostólica Virtude: Ser amigo dos amigos Defeito: Prudente Sonho: Continuar com os estudos Política: Não comento Desporto: Hóquei Patins Línguas: Português Filmes: Romance Prato preferido: Funje com carne seca Música: Semba Vestuário: Formal Literatura preferida: Bíblia Sagrada Opinião sobre a EPAL-EP de hoje: . Durante a visita na Refriango. gestão de mudança.P foi recebidos pela. com o tema ” O profissionalismo “ A Directora Geral Adjunta dos Recursos Humanos. responsável da área de responsabilidade social e cooperativa. A Refriango é uma empresa Angolana especializada na produção e distribuição de refrigerantes. DGA`s. Os membros da comitiva da EPAL-EP gostaram da visita e saíram da Refriango com algumas ideias sobre o processo de produção e tiram dúvidas relativamente ao controlo de qualidade dos produtos. descentralização e delegação de tarefas. os funcionários realizaram visita as instalações da fábrica Refriango. os valores. frisou Constantino José. deu início a actividade e o palestrante foi o Director dos Recursos Humanos. Estiveram presentes na palestra.Empresa em perspectiva de crescimento e desenvolvimento. EPAL-EP. Dulce Martins. o papel do líder na organização. existe no mercado desde 2002. pela motivação e reconhecimento. os 18 funcionários da EPAL.Breves… Amélia Chissuco Trabalhadores da EPAL visitam à Refriango NOSSA GENTE No dia 20 de Março do corrente ano. A palestra foi realizada com o objectivo de capacitar os funcionários com técnicas e métodos de liderar com responsabilidade através de conceitos de liderança. Constantino José. Directores. desafios e risco na gestão. receberam informações sobre o funcionamento da fábrica e constataram os equipamentos e as substâncias que servem para a fabricação dos produtos comercializados. Mas também gostaria de ver os clientes a pagarem com regularidade o consumo de água para continuarmos a distribuir mais água à Luanda. competências do líder. “ O papel do líder e a importância de liderar com responsabilidade. através da combinação da estratégia e carácter. apoiar e dar exemplo”. na Sede da Empresa Pública de Águas.

empregadores e empregados vêm-se obrigados a cumprir com os procedimentos disciplinares. O PODER DISCIPLINAR DO EMPREGADOR O poder disciplinar do empregador é uma faculdade que lhe é atribuída por lei. DISCIPLINA DO TRABALHO O fundamento do poder disciplinar assenta na necessidade de manter a ordem e disciplina no seio da organização empresarial do empregador. OBJECTO E PROCESSO DISCIPLINAR FIM O procedimento disciplinar começa com a emissão de uma convocatória. Significa que o trabalhador pode ser punido “por fazer o que é proibido” ou “por deixar de fazer o que é devido”. o empregador tem o poder de instaurar processo disciplinar contra o trabalhador que lhe presta trabalho subordinado. aqueles dos quais ele tem de se defender. havendo ou não contrato de trabalho. Por isso. na qual o empregador expõe as razões por que pretende aplicar uma sanção disciplinar. Poder de direcção é a faculdade ao empregador de atribuída determinar o modo como a actividade do empregado. mas também pretende educá-lo a não cometer novas infracções disciplinares. porque viola os seus deveres profissionais. Compreende o poder de qualificar comportamentos como infracções. Nos termos do artigo 49º da Lei Geral do Trabalho. e tem como fim a necessidade de realização da justiça disciplinar.°1 e 2 da Lei Geral do Trabalho. para que o trabalhador compareça a entrevista (artigo 51º da LGT). dever ser exercida. O poder disciplinar tem como fundamento a relação de trabalho existente entre o empregador e o trabalhador. O trabalhador deve ser disciplinado para que seja produtivo. *Departamento laboral de contencioso Caro trabalhador! Esta página é sua envie o seu texto para redacção do “ ADUTOR “ para ser publicado nesta rubrica 14 . ENTREVISTA Seguidamente na data marcada realiza-se a entrevista. mesmo em caso de não haver contrato de trabalho escrito. da LGT).Especial Relação jurídico-laboral Poderes. excepto se a medida a aplicar for admoestação simples ou admoestação registada. direitos e deveres das partes (II) Eliseu Maria * INFRACÇÃO DISCIPLINAR PODER DE DIRECÇÃO EMPREGADOR DO Na relação de emprego o trabalhador está subordinado ao poder de direcção do empregador. Tudo o que for alegado pelo trabalhador na entrevista deve ser reduzido a escrito (artigo 51º. em decorrência do contrato de trabalho. Ou seja. é o facto ou comportamento voluntário (uma acção ou uma omissão) praticado pelo trabalhador com violação dos seus deveres profissionais. através da correcção do arguido e do restabelecimento na empresa da organização e disciplina perturbados. n. A convocatória deve conter discriminadamente todos os factos imputados ao trabalhador. todos. bem como chamar atenção ao trabalhador e seus colegas para evitarem a violação dos deveres profissionais. Isso vem escrito no Artigo 48. seguindo-se a argumentação do trabalhador.nº2. CONVOCATÓRIA SANÇÕES DISCIPLINARES A sanção disciplinar é uma medida administrativa que tem em vista não só reprimir o comportamento negativo do trabalhador. DO O processo disciplinar tem como objecto analisar o comportamento culposo do trabalhador subordinado. instaurar processos disciplinares e de punir o trabalhador que viola os seus deveres profissionais.

pois os gases podem danificar as roupas espaciais. o que facilita a localização do alimento. nadando e depositando detritos na área em volta dos seus lábios. » Se teclar Ctrl+Shift+seta em cima de um texto. coelhos) possuem os olhos do lado da cabeça para perceber a aproximação de um possível predador. leões) possuem os olhos na parte da frente da cabeça. » As moscas domésticas vivem apenas 2 semanas. ingredientes 1/2 quilo de carne moída 1/2 xícara pimentão verde. cortada em cubos 2 colheres de sopa de azeite de oliva 2 dentes de alho picados 3/4 xícaras de arroz cozido branco Sal e pimenta preta Coentro picado Azeitona picada modo de preparo Aqueça o azeite em uma panela adicione o alho e a cebola e refogue até que fique bem dourado Adicione a carne moída e os demais ingredientes reservando somente o arroz. »"J" é a única letra que não aparece na tabela periódica. » O material mais resistente criado pela natureza é a teia de aranha. cortados em cubos 1/2 xícara de salsão. Deixe que a caner moída cozinhe bem. » Os astronautas não podem comer feijão antes das viagens. Bom apetite Com o esforço colectivo.000. » Meninos com nomes estranhos geralmente tem mais problemas mentais que as meninas. mais água para todos 15 .000 microorganismos se alimentando. cortado em cubos 1/2 cebola branca. o cursor selecionará palavra por palavra. » Napoleão Bonaparte calculou que as pedras usadas para a construção das pirâmides do Egito seriam suficientes para construir um enorme muro ao redor da França. » A maneira mais fácil de diferenciar um animal carnívoro de um herbívoro é olhando nos seus olhos. » Nesse exato momento há mais de 100. quando estiver cozida acrescente o arroz e cubra com água. se reproduzindo. Os carnívoros (cachorros. » Os chipanzés são os únicos animais capazes de se reconhecer á frente de um espelho.Lazer Carolina da Silva ARROZ DE CARNE MOIDA Curiosidades » Os ratos não vomitam. Já os herbívoros (aves. » Você pisca os olhos aproximadamente 25 mil vezes por dia.

Ana Generosa.co. pagando o seu consumo Genérico Director Dr. Paula Paulo e Agostinho de Carvalho Tiragem 1000 exemplares Direitos reservados: EPAL – E. Amélia Chissuco. dê vida à EPAL. Bernardino N’gola. Domingos Paciência. Hélder Guimarães.gv. Leonidio Gustavo Ferreira de Ceita Editor e Designer Bernardino N’gola Fotografia Miguel Tomás Redacção Kátia Viegas.ao Fecebook: epal de luanda.P Endereço Direcção Geral: Estaleiro do Kikuxi.Água é vida. Pascoal Mundo.município de Viana Caixa postal 1387 Telefones 222/335001 Fax 222/330380 WEB SITE: epal. Carolina da Silva.ao Luanda – Angola 16 .