You are on page 1of 7

Marcelo Batalioto

PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0812678/CA

A ressurreição de Jesus a partir de Andrés
Torres Queiruga

Dissertação de Mestrado

Dissertação apresentada como requisito parcial para
obtenção do grau de Mestre pelo Programa de Pósgraduação
em
Teologia
Sistemático-Pastoral
do
Departamento de Teologia da PUC-Rio.

Orientador: Prof. Paulo Cezar Costa

Rio de Janeiro
Fevereiro de 2010

26 de fevereiro de 2010 . Aprovada pela Comissão Examinadora abaixo assinada. Paulo Fernando Carneiro de Andrade Coordenador Setorial de Pós-Graduação e Pesquisa do Centro de Teologia e Ciências Humanas – PUC-Rio Rio de Janeiro.Marcelo Batalioto PUC-Rio . Paulo Cezar Costa Orientador Departamento de Teologia – PUC-Rio Prof. Carlos Antonio da Silva Instituo Paulo VI Prof.Certificação Digital Nº 0812678/CA A ressurreição de Jesus a partir de Andrés Torres Queiruga Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo Programa de PósGraduação em Teologia do Departamento de Teologia do Centro de Teologia e Ciências Humanas da PUC-Rio.ª Janura Clothilde Boff Departamento de Teologia – PUC-Rio Prof. Prof.

30 cm Dissertação (Mestrado em Teologia)–Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Título. pela FEBE (Fundação Educacional de Brusque) em 1998. Jesus histórico. Rio de Janeiro. Exerce atividades pastorais como vigário paroquial na paróquia Sagrado Coração de Jesus. Marcelo Batalioto PUC-Rio . Bultmann. 4. – 2010. Graduado em Teologia. Sepulcro vazio. em Belo Horizonte. Cristologia. na cidade do Rio de Janeiro – RJ. É proibida a reprodução total ou parcial do trabalho sem a autorização da universidade. 5. . do autor e do orientador. Teologia – Teses. pela FAJE (Faculdades Jesuítas). Aparições. Ressurreição.Certificação Digital Nº 0812678/CA Graduo-se em Filosofia. 2.Todos os direitos reservados. CDD: 200 . É membro da comissão de assessoria na área de educação dos padres Dehonianos. orientador: Paulo Cezar Costa. 2010. Departamento de Teologia. em 2004. III. II. I. Marcelo A ressurreição de Jesus a partir de Andrés Torres Queiruga / Marcelo Batalioto . Costa. 3. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Ficha Catalográfica Batalioto. 6. Inclui bibliografia 1. 8 Queiruga. licenciatura. bacharelado. 105 f. 7. Paulo Cezar.

Agradecimento especial a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro. amigos e amigas pelo incentivo. A todos. orientar a pesquisa desenvolvida nessa dissertação. . o professor Paulo Cezar Costa. E agradeço.PUC-Rio . que soube entender minha ausência e me disponibilizou o tempo necessário para a dedicação aos estudos. que se dispôs. troca de ideias e sugestões. pela bolsa concedida. Aos meus familiares. Agradeço minha comunidade religiosa.Certificação Digital Nº 0812678/CA Agradecimentos Minha gratidão aos professores e funcionários do departamento de Teologia da PUC-Rio. o meu muito obrigado. com muita solicitude. FAPERJ. com muito apresso.

Paulo Cezar. Queiruga. sintetizada no pensamento de Rudolf Bultmann. que acreditava ser possível chegar até o Jesus da história. permite constatar a ausência das provas históricas da ressurreição de Jesus. que dispensava a história de Jesus para a formulação do querigma. construções teológicas que buscam interpretar o sentido do evento da ressurreição numa comunidade de fé. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Esses textos são.Certificação Digital Nº 0812678/CA principalmente. que atinge e marca a história. Bultmann. aparições. dentro da história. Uma releitura profunda e equilibrada dos textos bíblicos. realizado pela iniciativa de Deus. Queiruga busca encontrar o equilíbrio na reflexão bastante intrincada sobre o Jesus histórico. Em consonância com autores relevantes da cristologia recente. ele critica o otimismo da teologia liberal. É nesse sentido que Queiruga. Jesus histórico. no sentido empírico do termo. sepulcro vazio. Costa. . é certo que se trata de um acontecimento. com o intuído de evidenciar o seu significado dentro do atual contexto teológico.Resumo Batalioto. 105p. A ressurreição de Jesus a partir do pensamento de Andrés Torres Queiruga. principalmente das narrativas do sepulcro vazio e das aparições. O tema da Ressurreição de Jesus é repensado pelo teólogo Andrés Torres Queiruga. PUC-Rio . Rio de Janeiro. cristologia. ressurreição. Embora a ressurreição de Jesus não seja um evento constatável em si mesmo. Dissertação de Mestrado – Departamento de Teologia. 2010. entende a ressurreição de Jesus. Marcelo. Da mesma forma são criticadas as pretensões da teologia querigmática. Num caminho de síntese. amparado por outras reflexões cristológicas. Palavras chave Teologia.

that dispense Jesus’ history to the formulation of the kerygma. Queiruga try to find a balanced reflection about this so complex theme: historical Jesus. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Marcelo. historical appearances. Dissertation – Departamento de Teologia. In this way Queiruga. in the empirical meaning. Keywords Theology. Bultmann. Queiruga. Although the resurrection of Jesus is not an itself observable event. to strengthen the importance of this theme in the current theological context. Following the relevant authors of the current christology. which reaches and impresses the history. Jesus. empty tomb. 105p. Rio de Janeiro. 2010. which believe to be possible reach the Jesus of history. it is a fact happened in the history. Queiruga criticizes the optimism of liberal theology. The Jesus’ resurrection theme is rethought by theologian Andrés Torres Queiruga. A balanced and thorough review of biblical texts. Christology. Paulo Cezar (Advisor). The Jesus’s resurrection in Andrés Torres Queiruga’s theology. . understands the Jesus’ resurrection. Through the way of synthesis.Abstract Batalioto.Certificação Digital Nº 0812678/CA aim to interpret the meaning of the resurrection event in a community of faith. supported by other christological reflections. especially the narratives of the empty tomb and the appearances. summarized in the Rudolf Bultmann’s thought. accomplished by God’s initiative. resurrection. Similarly. the pretensions of theology kerygmatic are criticized. These texts are mainly theological constructs that PUC-Rio . can attest the absence of historical evidence of Jesus’ resurrection. MSc. Costa.

1.5.2. O pensamento de Bultmann 2. O significado da ação de Deus na ressurreição de Jesus 4.1. A ação de Deus. Apresentando Andrés Torres Queiruga 14 14 15 19 21 24 28 33 37 3. A ressurreição no contexto do Novo Testamento 3.1. continuidade e envio 4.7. Sobre as narrativas da ressurreição 3. Andrés Torres Queiruga e a historicidade da ressurreição na revelação de Deus 4. A problemática da cristologia moderna: o Jesus histórico 2. A primazia do querigma em Bultmann 2.5.3. A ressurreição de Jesus. Conclusão 69 69 70 73 78 81 82 84 86 89 91 95 5.4.5.5 A historicidade da ressurreição de Jesus 4.4.10.6.9.3. A ressurreição no contexto do Antigo Testamento 3. Os críticos de Bultmann 2. Buscando interpretar o relato do túmulo vazio e seu sentido 3.3. Edward Schillebeeckx e a historicidade do querigma 4. Walter Kasper e a historicidade do testemunho 4.2.5. Introdução 08 2.5. Introdução 2.3.4. A sobriedade dos relatos 3.1.Certificação Digital Nº 0812678/CA Sumário 1. As aparições 3.PUC-Rio .5.3.5.6. um enfoque a partir de Andrés Torres Queiruga 3. Questões preliminares 3. Identidade. Referências Bibliográficas 103 . Pannenberg e a historicidade da ressurreição 4.5. O sepulcro vazio 3.4.8. Conclusão 40 40 44 46 48 50 50 52 54 55 58 61 66 4. Joseph Moingt e a historicidade na presença do “corpo” do ressuscitado 4.2.1.2. a revelação e a historicidade da ressurreição de Jesus 4.5. O início da problemática – Reimarus 2. As tradições pascais 3. Introdução 4. A cruz e a ressurreição no pensamento bultmanniano 2. Repensando a cristologia 2.3.6. A revelação de Deus na ressurreição de Jesus 4. Sobre as aparições e o seu sentido 3.2.5.2.1. Considerações Finais 97 6. Uma reflexão sobre o sentido da ressurreição do corpo 3.