You are on page 1of 2

folhas opostas, desprovidas de pedúnculo

,
simples, lineares, coriáceas, com pêlos
estelares na face inferior, de coloração
esbranquiçada e face superior verde escura.
As bordas recurvadas das folhas protegem os
estômatos na face inferior; grupo de flores
hermafroditas saindo da axila das folhas, de
coloração esbranquiçada a azul clara; frutos
simples, secos e que não se abrem, de cor
cinza.

ALECRIM
Originário da Europa, o alecrim, Rosmarinus
officinalis L. (LAMIACEAE), é uma das
espécies cultivadas e multiplicadas nas
unidades demonstrativas de plantas
medicinais da Embrapa Pantanal (Corumbá,
MS), Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE) e
nos Escritórios de Negócios de Dourados
(MS), Canoinhas (SC) e Petrolina (PE) da
Embrapa Transferência de Tecnologia,
vinculada ao projeto de pesquisa intitulado
"Produção, processamento e comercialização
de ervas medicinais, condimentares e
aromáticas" coordenado pela Embrapa
Transferência de Tecnologia - Escritório de
Negócios de Campinas, SP, o qual tem por
objetivo treinar técnicos e qualificar pequenos
agricultores e seus familiares em produção e
manipulação de ervas com boas práticas
agrícolas e de higiene que atendam às
demandas dos segmentos de fármacos e
condimentos.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA:
Arbusto perene com ramos tetragonais
quando jovens, podendo atingir até 2 m de
altura; caule lenhoso e muito ramificado;

COMPOSIÇÃO QUÍMICA:
Óleo essencial com pineno, canfeno, borneol,
cineol, taninos, alcalóides, saponinas,
flavonóides e ácido rosmarínico.
FORMAS DE PROPAGAÇÃO:
Sementes ou mudas produzidas a partir da
divisão de touceiras ou ramos.
CULTIVO:
Espaçamento de 50 x 70 cm entre plantas.
Desenvolve-se bem em locais ensolarados,
sem vento, não tolera excesso de umidade
mas precisa ser irrigada pelo menos uma vez
por dia. Tem preferência por solos permeáveis
e bem drenados, com pH em torno de 6,5.
Adapta-se bem a regiões com altitudes
elevadas, de até 1500 metros. Recomenda-se
uma adubação com esterco de gado bem
curtido, composto orgânico ou esterco de
galinha, quando necessário.
COLHEITA E BENEFICIAMENTO:
Devem ser colhidas apenas folhas adultas,
deixando-se 1/3 da planta para rebrota.

Unidade Demonstrativa de Plantas Medicinais, Condimentares e Aromáticas
da Embrapa Pantanal, Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária Infraero/Corumbá-MS

REQUISITOS BÁSICOS
PRODUÇÃO DE SUCESSO

PARA

UMA

Utilizar sementes e material propagativo de
boa qualidade e de origem conhecida: com
identidade botânica (nome científico) e bom
estado fitossanitário;
Focar a produção em plantas adaptadas ao
clima e solo da região;
O plantio deve ser realizado em solos livres de
contaminações (metais pesados, resíduos
químicos e coliformes);
A água de irrigação deve ser limpa e de boa
qualidade;
O cultivo deve ser preferencialmente
orgânico: sem aplicação de agrotóxicos, com
rotação de culturas, diversificação de
espécies, adubação orgânica e verde,
controle natural de pragas e doenças;

L. N. Marçal Henrique Amici Jorge Fotos: Marçal Henrique Amici Jorge Diagramação: Rosilene Gutierrez Corumbá/MS Novembro. BERESFORD. C.br Texto: Ana Paula Artimonte Vaz.embrapa. assim como no beneficiamento e armazenamento da matéria prima. W. de.br Embrapa Transferência de Tecnologia . SP: IBRASA.2430 http://www. Realização: Parceria: O mercado é bastante específico. MG: Aprenda Fácil.snt. SCHEFFER. L. il. 1994. é necessária uma unidade de secagem e armazenamento adequada para o tipo de produção. P. 279p. C. S. A qualidade do produto é dependente dos teores das substâncias de interesse. SP: NOBEL. Rio de janeiro. E. J.. T.. 2006 Tiragem: 200 exemplares . Glossário Ilustrado de Botânica. 1 ed. uma vez que a atividade requer um trabalho intenso. B. C. sendo importante a integração entre produtor e comprador. SP: NOBEL. MENEZES. MACHADO.. C. SP: FUNEP. RJ.1994. 2 ed.. T. R.cpap. Série Plantas Medicinais. Cultivo de plantas medicinais. evitando um número excessivo de intermediários. 2000. R. Viçosa. Cultivo de plantas medicinais. 197p. MONTEIRO-SCANAVACCA. R. TRINDADE.. M. 1981. Reader´s Digest Livros. L. Ervas: como cultivar e utilizar com sucesso. Condimentares e Aromáticas Embrapa Pantanal: (67) 3233. 215p. Alecri m Além dos equipamentos de cultivo usuais.1955 http://www.campinas. 1995.1997. condimentares e aromáticas. sendo fundamentais os cuidados no manejo e colheita das plantas. il.Escritório de Negócios de Campinas: (19) 3232. 28 ed. além da comercialização conjunta de vários agricultores. Informações: REFERÊNCIAS: CORRÊA JÚNIOR. LOW. 260p: il. JACOBS. RODD. Segredos e virtudes das plantas medicinais: um guia com centenas de plantas nativas e exóticas e seus poderes curativos. G. 416p. São Paulo. M. PANIZZA.É importante dimensionar a área de produção segundo a mão-de-obra disponível. SARTÓRIO. Plantas que curam. por meio de cooperativas ou grupos.embrapa.. RESENDE. M. FERRI.. São Paulo. M. Jaboticabal. MING.. il. São Paulo. 162p: il. il.