FORMAÇÃO DE GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE A

COMPREENSÃO

DE

TEXTOS

DE

ESPANHOL

COMO

LÍNGUA

ESTRANGEIRA À LUZ DOS PRINCÍPIOS DA ANÁLISE DO DISCURSO

Raimundo Nonato Moura Furtado

Introdução - Nesse apresentamos a proposta de estruturação de um grupo de estudos e pesquisa e
atividades de formação, desenvolvidas junto à graduação como exigência do programa PROPAG
aos seus bolsistas. Essas atividades consistiram na formação de grupo de estudo e pesquisa com
alunos da graduação, acompanhamento de uma disciplina no curso de Letras (português-espanhol)
da UFC e atividades de formação. Nas atividades de formação, participamos da Coordenadoria de
Aprendizagem Cooperativa – COFAC. Na COFAC, coordenamos um grupo de monitores da
graduação que desenvolvem projetos com aprendizagem cooperativa em seus respectivos cursos e,
ainda, participamos de atividades de formação que incluem leitura, debate e participação em
palestras e oficinas.
A formação do grupo de estudo e pesquisa envolve estudantes do curso de graduação em Letras da
UFC. Junto com esses estudantes estamos realizando estudos sobre a compreensão de textos de
Espanhol como Língua Estrangeira à luz dos princípios da Análise do Discurso a fim de promover a
literacidade crítica.

Justificativa - O presente grupo de estudo e pesquisa desenvolverá reflexões em torno do processo
de ensino, aprendizagem e aquisição do espanhol como língua estrangeira, doravante E/LE, à luz
dos princípios da Análise do Discurso Francesa-AD e estudos do texto e do discurso. Destacamos
que a AD possibilita que a linguagem seja estudada não apenas em relação ao sistema interno, mas
também em relação ao contexto sócio-histórico. Percebe-se, pois, a importância da relação entre
linguagem e exterioridade para a AD. Entende-se por exterioridade as condições de produção do
discurso, isto é, os sujeitos, a situação e a memória discursiva.
No que concerne à formação do grupo, é importante registrar que esse grupo é uma reestruturação
de um grupo pré- existente, do qual fui participante enquanto aluno da graduação do curso de Letras
(português-espanhol) da UFC. O grupo anterior, bem como este, tem a orientação da professora
Dra. Lívia Márcia Tiba Radis Baptista. A professora segue como nossa orientadora no Mestrado em
1

destacamos as que tratam das diferentes teorias de ensino. Daí. Diante do exposto. pretendemos que a estruturação desse grupo colabore para a formação crítica dos estudantes de Letras. Isso se torna mais perceptível. Também. foi a de que é pouca participação dos estudantes do curso de Letras em grupos de estudo e/ou pesquisa. exigindo do profissional de Letras um posicionamento mais crítico e comprometido com a transformação social. permeiam nossas discussões questões relacionadas à produção escrita e à constituição do processo de autoria e da produção textual.Lingüística da UFC. Assim. pretendemos avançar e aprofundar algumas inquietações que surgiram durante as discussões do grupo. O que nos motivou a retomar as discussões com os estudantes da graduação. Nesse grupo. dentro e fora do estado. aprendizagem. tão presente nos cursos de graduação da UFC. Nesses espaços. além das reflexões inerentes ao grupo. dentre muitos fatores. as taxas de evasão no curso de letras são expressivas e verifica-se um distanciamento dos alunos de graduação da pesquisa. 2 . Dentre essas. além de publicarmos resumos simples e completos. Objetivo geral • Trabalhar aspectos da compreensão de textos de Espanhol como Língua Estrangeira à luz dos princípios da Análise do Discurso. futuros professores e para redução da evasão educacional. comunicações. Destacamos que. De modo análogo. do curso de Letras. se levarmos em consideração a quantidade de alunos matriculados nas diferentes licenciaturas dentro do curso. a partir da metodologia de trabalho da aprendizagem cooperativa a fim de promover a literacidade crítica. eram e sempre serão constantes no grupo as muitas reflexões sobre a prática docente. e em particular. os participantes participarão de encontros na universidade e em outros espaços onde seja possível a socialização de experiências de pesquisas e ou relatos de experiências em grupos de estudos. uma vez que o grupo é formado por futuros professores de espanhol. Essas discussões levam em consideração as diversas transformações na sociedade contemporânea e suas influências no exercício da prática docente. Em nossa dissertação. eles terão a oportunidade de publicar seus trabalhos e interagir com outros pesquisadores. a ênfase na literacidade crítica e na formação de professores e práticas letradas. participamos de vários eventos. aquisição e sua aplicação em diversos contextos. apresentamos mini-cursos. sentimos a necessidade de retomarmos algumas discussões que consideramos fundamentais para o estudante de E/LE. Além disso. oficinas.

• Compreender e questionar a noção de autoria na produção de textos em espanhol numa perspectiva discursiva. • Integração dos estudantes do curso de Letras da UFC. • Verificar as principais dificuldades de estudantes brasileiros na produção escrita e na compreensão leitora em espanhol como LE. • Publicação de trabalhos simples e expandidos em eventos acadêmicos. Metas • Acompanhamento da disciplina Leitura e produção escrita em Língua Espanhola. • Apresentar e publicar trabalhos no diversos eventos acadêmicos realizados pela UFC e demais universidades. 3 . • Trabalhar alguns princípios da aprendizagem cooperativa com os estudantes. • Apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos. de modo a facilitar a integração entre graduação e pós-graduação. • Formação de grupo de estudo e pesquisa para estimular a iniciação científica dos alunos da graduação. • Redução do índice de evasão dos estudantes de Letras da UFC.Objetivos específicos • Promover a interação entre os estudantes do curso de Letras da UFC. • Investigar a construção do conceito de “sujeito” numa perspectiva histórica. • Examinar as diversas teorias de aquisição e aprendizagem no ensino de espanhol como língua estrangeira. • Examinar as diferentes práticas letradas dos futuros professores de línguas e suas repercussões práticas.

Metodologia . A participação dos mesmos se deu por ocasião de observação nossa dessa disciplina durante o semestre 2009. mas cada participante será um sujeito ativo nesse processo de ensino-aprendizagem. Eulália Vera Lúcia Fraga Leurquin Número de alunos atendidos . acompanhamos. ressaltamos que temos a orientação da professora Dra. e expositivo. Destacamos que a maioria dos estudantes participantes do grupo é oriunda dessa disciplina. Período de atuação e horário(s) das atividades • Período de atuação: • De março de 2009 a fevereiro de 2011. Essas discussões obedecem a um cronograma de estudos previamente discutido entre os participantes.10 (dez) alunos do curso de graduação em Letras da UFC. 4 . Dra. Curso(s) /disciplina (s) a serem atendidas . Professores envolvidos . durante todo o semestre as atividades da disciplina. Dra. As discussões terão caráter dialogal. Os participantes realizam um encontro semanal para socialização e discussão de textos previamente distribuídos.O grupo se fundamenta nas estratégias da aprendizagem cooperativa para desenvolvimento de suas atividades. Assim.Curso de Letras (Português-Espanhol) da UFC e disciplina de Compreensão produção oral em espanhol. nos momentos em que cada participante apresentará textos específicos.1. Essa observação faz parte de nossa pesquisa para fundamentação da nossa dissertação.Orientadora: Profa. Então. não teremos o conhecimento centralizado na figura do professor ou coordenador do grupo. Lívia Márcia Tiba Radis Baptista. Livia Marcia Tiba Rádis Baptista Co-Orientadora: Profa. na maioria dos encontros.

Local (is) das atividades • Salas de aula do Bloco didático do Centro de Humanidades – CH1. já apresentaremos trabalhos nos encontros promovidos pela universidade. por já termos estruturado o grupo. Outras informações • Nesse segundo semestre.• Grupo de estudo e pesquisa: • Às segundas-feiras das 11h00 às 12h30 e das 17h30 às 19h00. • Acompanhamento da disciplina: • Às quartas e sextas-feiras das 16h00 às 18h00. 5 .