You are on page 1of 34

1

FORRoooooooooooooooooooooooooo
oooooooooooooooooooooooooooooo
oooooooooooooooooooooooooooooo
oooooooooooo

Asa Branca-G
G
C
Quando olhei a terra ardendo
G
D7/F# G
Qual fogueira de São João
G7
C
(Eu perguntei a Deus do céu, ai
D7
G
Por quê tamanha judiação) (2x)
C
Que braseiro, que fornaia
G
D7/F# G
Nem um pé de plan-ta-ção
G7
C
(Por farta d'água perdi meu gado
D7
G
Morreu de sede, meu alazão) (2x)
C
Inté mesmo a asa branca
G
D7/F# G
Bateu asas do sertão
G7
C
(entonce eu disse, adeus Rosinha

viu? D7 G Que eu vortarei. meu coração)2X (intro tocando a parte 3 .2x) (terminando com a cadência) F/A G (solo .D7 G Guarda contigo meu coração) (2x) C Hoje longe muitas léguas G D7/F# G Nessa triste so-li-dão G7 C (Espero a chuva cair de novo D7 G Pra mim voltá pro meu sertão) (2x) C Quando o verde dos teus olhos G D7/F# G Se espalhar na plan-ta-ção G7 C (Eu te asseguro.em intervalos de 6ª) (parte 1) . nao chores não. viu.

SE EU TE PEGO MIC.AI. AI. SE EU TE PEGO SÁBADO NA BALADA A GALERA COMEÇOU A DANÇAR E PASSOU A MENINA MAIS LINDA TOMEI CORAGEM E COMECEI A FALAR NOSSA. SE EU TE PEGO. AI. AI. SE EU TE PEGO AI. SE EU TE PEGO DELÍCIA.B NOSSA. NOSSA ASSIM VOCÊ ME MATA AI. DELÍCIA ASSIM VOCÊ ME MATA AI. NOSSA ASSIM VOCÊ ME MATA AI. TELÓ. AI SE EU TE PEGO . SE EU TE PEGO AI.

SE EU TE PEGO . SE EU TE PEGO AI.DELÍCIA. AI. DELICIA ASSIM VOCÊ ME MATA AI.

AI QUE SAUDADE DE OCÊ ELBARAMALHO-G NÃO SE ADMIRE SE UM DIA UM BEIJA-FLOR INVADIR A PORTA DA TUA CASA TE DER UM BEIJO E PARTIR FUI EU QUE MANDEI UM BEIJO QUE É PRA MATAR MEU DESEJO FAZ TEMPO QUE EU NÃO TE VEJO AI QUE SAUDADE D´OCÊ AI QUE SAUDADE D´OCÊ AI QUE SAUDADE D´OCÊ TIME SE UMA DIA "OCÊ" SE LEMBRAR ESCREVA UMA CARTA PRA MIM BOTE LOGO NO CORREIO COM FRASES DIZENDO ASSIM FAZ TEMPO QUE EU NÃO TE VEJO QUERO MATAR MEU DESEJO TE MANDO UM MONTE DE BEIJO .

AI QUE SAUDADE SEM FIM AI QUE SAUDADE SEM FIM AI QUE SAUDADE SEM FIM TIME E SE QUISER RECORDAR AQUELE NOSSO NAMORO QUANDO EU IA VIAJAR VOCÊ CAIA NO CHORO E EU CHORANDO PELA ESTRADA MAS O QUE POSSO FAZER? TRABALHAR É MINHA SINA E EU GOSTO MESMO É D´OCÊ E EU GOSTO MESMO É D´OCÊ E EU GOSTO MESMO É D´OCÊ .

ANUNCIAÇÃOALCEU VALENÇAG G Am Na bruma leve das paixões que vem de dentro C G Tu vens chegando prá brincar no meu quintal bis Am No teu cavalo peito nu cabelo ao vento C G E o sol quarando nossas roupas no varal G7 Em Tu vens tu vens bis F C G Eu já escuto os teus sinais .

refrão ...Am A voz do anjo sussurou no meu ouvido C G E eu não duvido já escuto os teus sinais Am Que tu virias numa manhã de domingo C G Eu te anuncio nos sinos das catedrais .

IÊ. SINTO TEU CALOR À NOITE ACORDADO SONHO COM VOCÊ.COLO DE MENINA FALAMANSA-E E B7 C#m7 A A LUA QUANDO BRILHA. NÃO. Ê O SOM LIGADO E FICO PERTURBADO SEM TER O QUE FAZER (A B7) E B7 C#m7 A E TENTO SAIR DESSA ROTINA NÃO QUERO. IÊ. COLO DE MAMÃE SÓ QUERO COLO DE MENINA E POUCO A POUCO CONQUISTAR SEU CORAÇÃO G# C#m . Ê. FALO DE AMOR NO GINGADO DESSE XOTE.

No outro dia agente se vê A E Vou pro um lugar Que lembre do sertão G# C#m E canto um xote Para te convencer B7 E Vou te ensinar Como viver é bom B7 C#m E amar até Amar até (2x) A E Até quando Deus quiser COMO DOIS ANIMAIS´-E ALCEU VALENÇA .

UMA MOÇA BONITA DE OLHAR AGATEADO DEIXOU EM PEDAÇOS MEU CORAÇÃO UMA ONÇA PINTADA E SEU TIRO CERTEIRO DEIXOU OS MEUS NERVOS DE AÇO NO CHÃO MAS UMA MOÇA BONITA DE OLHAR AGATEADO DEIXOU EM PEDAÇOS O MEU CORAÇÃO UMA ONÇA PINTADA E SEU TIRO CERTEIRO DEIXOU OS MEUS NERVOS DE AÇO NO CHÃO [REFRÃO] FOI MISTÉRIO E SEGREDO E MUITO MAIS FOI DIVINO BRINQUEDO E MUITO MAIS SE AMAR COMO DOIS ANIMAIS .

(REPETE 2X) MEU OLHAR VAGABUNDO DE CACHORRO VADIO OLHAVA A PINTADA E ELA ESTAVA NO CIO E ERA UM CÃO VAGABUNDO E UMA ONÇA PINTADA SE AMANDO NA PRAÇA COMO OS ANIMAIS UMA MOÇA BONITA DE OLHAR AGATEADO DEIXOU EM PEDAÇOS MEU CORAÇÃO UMA ONÇA PINTADA E SEU TIRO CERTEIRO DEIXOU OS MEUS NERVOS DE AÇO NO CHÃO (REPETE 2X) [REFRÃO] (REPETE 2X) .

COM.BR /ALCEU-VALENCA/COMO-DOISANIMAIS.VAGALUME... LINK: HTTP://WWW.MEU OLHAR VAGABUNDO DE CACHORRO VADIO OLHAVA A PINTADA E ELA ESTAVA NO CIO E ERA UM CÃO VAGABUNDO E UMA ONÇA PINTADA SE AMANDO NA PRAÇA COMO OS ANIMAIS SE AMANDO NA PRAÇA COMO OS ANIMAIS.HTML#IXZZ2F5IKOZOL .

Eu só quero um xodó- .

[Intro:] A D A A Que falta bem D Que falta A Mas como ninguém D Eu levo a só E F#m C#m eu sinto de um E A me faz um xodó F#m C#m eu não tenho Em E A vida assim tão A .

Eu só quero um amor Em B7 Que acabe o meu sofrer F#m B7 Um xodó pra mim F#m B7 Do meu jeito assim D E A Que alegre o meu viver A D A E ESPERANDO NA JANELAGILBERTO GIL- .

D A AINDA ME LEMBRO DO SEU CAMINHAR SEU JEITO DE OLHAR. AH E ESSE APERTO AUMENTA MEU DESEJO EU NÃO VEJO A HORA DE PODER LHE FALAR Em7 POR ISSO EU VOU NA CASA DELA. MAS ELA NÃO VEM E ESSE APERTO NO FUNDO DO PEITO DESSES QUE O SUJEITO NÃO PODE AGUENTAR. EU ME LEMBRO BEM FICO QUERENDO SENTIR O SEU CHEIRO É DAQUELE JEITO QUE ELA TEM O TEMPO TODO EU FICO FEITO TONTO SEMPRE PROCURANDO. AI. .

A F#M B7 FALAR DO MEU AMOR PRA ELA.Tran. VAI Em7 TÁ ME ESPERANDO NA JANELA. p/ Am ntro: Dm G7 C F Bm5-/7 E7 Am Dm G7 C B7 E7 Am . AI. A7 D B7 NÃO SEI SE VOU ME SEGURAR Homem com H.

Am Nunca vi rastro de cobra Dm Nem couro de lobisomem Se correr o bicho pega Am Se ficar o bicho come Am/G Porque eu sou é home F#º Porque eu sou é home E7 Menino eu sou é home Am Menino eu sou é home G7 C E7 Quando eu estava pra nascer Am Dm De vez em quando eu ouvia Am Dm Eu ouvia mãe dizer Am Dm Ai meu Deus como eu queria Am Dm Que essa cabra fosse home Am Cabra macho pra danar Dm G7 C Ah! Mamãe aqui estou eu .

F Bm5-/7 Mamãe aqui estou eu E7 Am Sou homem com H E7 E como sou Estribilho G7 C E7 Eu sou homem com H Am Dm E com H sou muito home Am Dm Se você quer duvidar Am Dm Olhe bem pelo meu nome Am Dm Já tô quase namorando Am Namorando pra casar Dm G7 C Ah! Maria diz que eu sou F Bm5-/7 Maria diz que eu sou E7 A Sou homem com H Magamalabares ntro: A / A / F#m / G: / .

A Magamalabares D Acqua Marã G A O parquinho oxáiê Quem esteve aqui D via barquinho de gazeta G A Ancorar no mistério Notas musicais D Dentre bolas de sabão G A que de nossas serenatas vieram Flores que ofertamos D e que nunca morrerão .

G A em vasos e jarros se bronzeiam D Dm A G A Os anjos de onde vem sua vida bemvinda D A Os livros não são sinceros D A Quem tem Deus como império G7 F#7 Bm7 No mundo não está sozinho E7 A Ouvindo sininhos O Xote das Meninas-A Luiz Gonzaga--Tom: A Intro: Bm E7 A F#m Bm C#7 F#m E7 A F#7 B7 E7 A E7 .

A D7 A Mandacaru. não quer mais sapato baixo F#m Bm Vestido bem cintado E7 A Não quer mais vestir timão Abm7 C#7 F#m Ela só quer. quando "fulóra" na seca A7 D É o sinal que a chuva chega no sertão Bm E7 C#m7 Toda menina que enjoa da boneca F#m Bm É sinal de que o amor E7 A A7 Já chegou no coração D E7 C#m7 Meia comprida. só pensa em namorar (2x) Bm E7 A De manhã cedo já tá pintada Abm7 Só vive suspirando C#7 F#m Sonhando acordada Abm7(b5) O pai leva ao doutô C#7 F#m A filha adoentada .

não quer nada Abm7 C#7 F#m Ela só quer.C#7 Não come nem estuda. só pensa em namorar (2x) Bm E7 A Mas o doutô nem examina Abm7 Chamando o pai de um lado C#7 F#m Lhe diz logo em surdina Abm7 Que o mal é da idade C#7 F#m Que pra tal menina C#7 Não tem um só remédio F#m Em toda medicina Abm7(b5) C#7 F#m Ela só quer. só pensa em namorar (2x) TROPICANA-Am Am Em . F#m Não dorme.

é carne de cajú G C Saliva doce.Da manga rosa quero gosto e o sumo Bm7/5.E Am Melão maduro sapoti joá Em Jabuticaba seu olhar noturno Bm7/5E Am Beijo cravoso de umbú cajá G C Pele macia. mel de uruçu Bm5E7 Am Linda morena fruta de vez temporana Bm5Caldo de cana caiana E7 Am Vem me desfrutar Bm5E7 Am Linda morena fruta de vez temporana Bm5Caldo de cana caiana E7 Am Vou te desfrutar . doce mel.

Em Morena tropicana eu quero teu sabor Dm E7 Am Ai. ai Tem pouca diferença Gal Costa . ai. ai. ai. ai Em Morena tropicana eu quero teu sabor Dm E7 Am Ai. ai.

que eu vou dizer meu bem Bb É que o homem tem cabelo no peito Bº C F Tem o queixo cabeludo.Tom: F TRANSPOR PARA A F MUITO BAIXO F C7 Que diferença da mulher o homem tem F Espera aí. e a mulher não tem C7 No paraíso um dia de manhã Adão comeu maçã F Eva também comeu Então ficou Adão sem nada C7 Eva sem nada Se Adão deu mancada F .

Eva deu também F7 Bb Mulher tem duas pernas Bbm Am Tem dois braços. tem pouquinha diferença Xote da Alegria-G Falamansa Tom: G# . duas coxas D7 Gm Um nariz e uma boca C7 Cm F7 E tem muita inteligência Bb Bbm Am O bicho homem também tem do mesmo jeito D7 Gm C7 F Se for reparar direito.

.(versão simplificada) (intro 2x) G D Em D G D Em Bm C Se um dia alguém mandou ser o que sou e que gostar G D não sei quem sou e vou mudar G e ser aquilo que eu sempre quis D Em Bm C E se acaso você diz que sonha um dia em ser feliz G D vê se fala sé.rioooooooooo C G D Pra que chorar sua mágoa? ‘C G D Se afogando em agonia C G D Contra a tempestade em copo d'água C G Am Bm C D ..

Dance o xote da alegria aaah haa hei hei G D Em um dêrum dêrum dêrum dêrum dererê um dêrum dêrum Bm C G D dêrum oi iê iê um dêrum dêrum derêrê (repete tudo de novo) C G D Pra que chorar sua mágoa? C G D Se afogando em agonia C G D Contra a tempestade em copo d'água C G Am Bm C D Dance o xote da alegria aaah haa hei hei Xote Dos Milagres Falamansa--Tom: G Intro 3x: G D Am C G D Am Escrevi seu nome na areia .

mas péra aê. mas não tenho nada. Am C D Ouça o forró tocando e muita gente aê G D Am Não é hora pra chorar Bm Am Porém não é pecado se eu falar de amor Bm Am Se eu canto sentimento seja ele qual for Bm Me leva onde eu quero ir C Se quiser também pode vir Bm Escuta o meu coração .G D Am O sangue que corre em mim sai da tua veia G D Em C D Veja só você é a única que não me dá valor G D Am C Então por que será que este valor é o que eu ainda quero ter G D Em Tenho tudo nas mãos. C D G Então melhor ter nada e lutar pelo que eu quiser G D Ê.

pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. G D Am C D G Ê pra surdo ouvir.Am D G Que bate no compasso da zabumba de paixão G D Am C D G Ê pra surdo ouvir. pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. pra cego ver que este xote faz milagre acontecer. G D Am C D G Ê pra surdo ouvir. ( G D Am C ) (3x) (Repete tudo) ( G D Am C ) (3x) . G D Am C D G Ê pra surdo ouvir. pra cego ver Falamansa faz milagre acontecer.