You are on page 1of 16

Projeto instalação elétrica – Parte 1

Eng ° Everton Moraesmaio 3, 201327 comentáriosInstalações

313
Você já deve ter ouvido falar que o dimensionamento elétrico de uma
instalação elétrica depende de vários pré requisitos para o atendimento de
normas que focam o bem estar dos indivíduos e o bom funcionamento da
instalação, certo?
Se já ouviu este assunto, com certeza deve estar se perguntando como deve
ser projetada uma instalação elétrica de maneira que seja atendida todos estes
pré requisitos Bom, neste artigo iniciaremos esta discussão.
No dimensionamento da instalação elétrica em uma residência deve seguir uma
série de pré-requisitos e cálculos que são definidas por normas como, por
exemplo, a NBR 5410, NBR 5444 e NBR 5419. Para darmos início ao
dimensionamento elétrico de uma residência deveremos relembrar alguns
conceitos básicos como, por exemplo, cálculos simples e muito importantes, de
área e perímetro, estes são fundamentais para darmos início ao nosso
desenvolvimento das atividades abordadas neste artigo.

A NBR5410 – Instalação elétrica em
Baixa Tensão
A partir desta norma podemos estruturar todos nossos conceitos referente a
instalação elétrica de baixa tensão, desde o simples cálculo de área visando o
dimensionamento de potência de iluminação e o cálculo de perímetro para
quantificarmos a potência estabelecida para as famosas TUG’s de nossa
instalação elétrica até conceitos de dispositivos de proteção e aterramento.
Click aqui para acessar o conteúdo da NBR 5410.

Área e Perímetro
Para darmos início ao dimensionamento elétrico de uma residência deveremos
relembrar alguns conceitos básicos como, por exemplo, cálculos simples e
muito importantes, são eles:

Área
Perímetro

Cálculo de Área

Podemos considerar a área como sendo a determinação da superfície de um elemento trigonométrico. Assim. Para que possamos entender o dimensionamento elétrico de uma residência devemos conhecer no mínimo o cálculo de três figuras geométricas. a saber:   Área do quadrado Área do retângulo  Área do triângulo Área do quadrado e retângulo Sabemos que o quadrado ou o retângulo são representados por uma figura plana com quatro lados onde estes formam ângulos retps entre sí. teremos o seguinte cálculo a ser considerado: Exemplos [one_half] Exemplo de Calculo de Área do quadrado [/one_half] [one_half_last] Exemplo de calculo de área do retângulo .

Sendo assim. Exemplos [one_half] Exemplo de cálculo de perímetro do quadrado [/one_half] [one_half_last] Exemplo de cálculo de perímetro do retângulo . podemos considerar o exemplos abaixo.[/one_half_last] Perímetro do quadrado e do retângulo Considera-se como perímetro a dimensão obtida através da somatória dos lados de um símbolo trigonométrico.

[/one_half_last] PLANTA BAIXA Não perca nosso próximo artigo: Dimensionamento de área e perímetro de planta baixa residencial. Nele consideraremos como exemplo a planta a seguir: Esta planta foi obtida no site: Monte sua Casa PROJETO INSTALAÇÕES ELÉTRICA RESIDENCIAL – PARTE 3 .

 Eng ° Everton Moraesjulho 29. a própria NBR5410 adverte que os valores indicados são para efeito de dimensionamento dos circuitos. inclusive realizamos os cálculos de área e perímetro para os cômodos cujo quais iremos estimar a potência de tomadas e iluminação. mais muito importante mesmo. com potência nominal de lâmpadas. ILUMINAÇÃO Vamos então começar com os detalhes da Norma em relação dimensionamento de iluminação. portanto. você ainda se lembra deles? O primeiro foi a apresentação do projeto com a planta baixa e respectivas dimensões (Acesse aqui o artigo). as vezes parece não refletir a realidade. Para isto utilizaremos os conceitos abordados nos dois primeiros artigos que publicamos anteriormente. tratamos sobre a determinação potência de iluminação e tomadas. se você ainda não leu este artigo recomento que o faça antes de iniciarmos (Acesse aqui). Se você ainda não leu este artigo aconselho que o faça. Falo isso porque muitos acabam questionando os valores encontrados. pois a partir deste é que solicitaremos o ponto de entrega da energia elétrica pela concessionária de energia. temos Na NBR 5410 os seguintes dizeres: ao . Dentro do assunto de dimensionamento de instalações elétrica. não havendo qualquer vínculo. 201351 comentáriosInstalações Voltamos a nossa série de artigos de dimensionamento de instalações elétrica residencial e neste nosso terceiro artigo vamos realizar o dimensionamento da demanda instalada de acordo com a Norma NBR 5410. vamos então entender do princípio… 1 DETERMINAÇÃO DE POTÊNCIA DE ILUMINAÇÃO E TOMADAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICA RESIDENCIAL Eu gostaria de começar este ponto observando que o dimensionamento da iluminação deve ser seguido de acordo com o que veremos aqui. Já no segundo artigo falamos sobre a Norma NBR5410 e a visão desta em relação a determinação de área e perímetro. o dimensionamento da demanda é algo muito. no entanto.

2 b) em cômodo ou dependências com área superior a 6 m². deve-se atentar para a possibilidade de que um ponto de tomada venha a ser usado para alimentação de mais de um equipamento. Estas tomadas são na verdade as tomadas que utilizaremos de forma aleatória em nossa instalação.5. ou fração. deve ser prevista uma carga mínima de 100 VA para os primeiros 6 m². sendo que acima da bancada da pia devem ser previstas no mínimo duas tomadas de corrente. sendo recomendável equipá-lo. copas-cozinhas.5.2. atendidas as restrições de 9. ou fração. [alert type=”yellow”]Admite-se que o ponto de tomada não seja instalado na própria varanda. quando sua profundidade for inferior a 0. por razões construtivas. Em salas e dormitórios devem ser previstos pelo menos um ponto de tomada para cada 5 m. também chamadas de TUG’s.1. mas próximo ao seu acesso.5. não comportar o ponto de tomada. ou seja. deve ser previsto pelo menos um ponto de tomada.2. quando sua área for inferior a 2 m2 ou.[/alert] d.9. TOMADAS DE USO GERAL (TUG’S) Antes de iniciarmos devemos ter em mente que o dimensionamento de tomadas que aplicaremos a partir da técnica abaixo descrita.2.5 m.1 Número de pontos de tomada O número de pontos de tomada deve ser determinado em função da destinação do local e dos equipamentos elétricos que podem ser aí utilizados.5. lavanderias e locais análogos. áreas de serviço. com a quantidade de tomadas julgada adequada. copas.1 Em cada cômodo ou dependência deve ser previsto pelo menos um ponto de luz fixo no teto. devendo esses pontos ser espaçados tão uniformemente quanto possível. c. no mesmo ponto ou em pontos distintos. Em varandas. observando-se no mínimo os seguintes critérios: [tabgroup] a.2 Pontos de tomada 9. Em cozinhas. quando a varanda.2. deve ser previsto pelo menos um ponto de tomada. [alert type=”yellow”]Particularmente no caso de salas de estar. acrescida de 60 VA para cada aumento de 4 m² inteiros.1.[/alert] . próximo ao lavatório. Para tomadas de uso geral (TUG’s) devemos resgatar alguns conceitos de diferentes área que iremos abordar em nosso dimensionamento 9. ainda. b. deve ser previsto no mínimo um ponto de tomada para cada 3.80 m. de perímetro. cozinha-área de serviço. de perímetro. aplica-se para Tomadas de Uso Geral. 9.1. as tomadas que não possuem um equipamento específico a ser instalado naquele ponto. portanto. comandado por interruptor. Em banheiros.

se a área do cômodo ou dependência for superior a 6 m².80 m no máximo de sua porta de acesso. se a área do cômodo ou dependência for igual ou inferior a 2.1 . se a área do cômodo ou dependência for superior a 2.e. [/tabgroup] Tendo em vista que nosso projeto de dimensionamento tem com base uma planta baixa de quatro cômodos + banheiro + Varanda e as dimensões já calculadas no Artigo 2. selecione abaixo o artigo que deseja: [one_half] [button size=medium style=less_round color=blue align=center]Parte 1 – Planta Baixa[/button] [/one_half] [one_half_last] [button size=medium style=less_round color=green align=center]Parte 2 – Área e Perímetro[/button] [/one_half_last] 1.25 m² e igual ou inferior a 6 m² . – um ponto de tomada. ou fração.25 m². devendo esses pontos ser espaçados tão uniformemente quanto possível. a até 0. de perímetro. – um ponto de tomada para cada 5 m. Admite-se que esse ponto seja posicionado externamente ao cômodo ou dependência. iniciaremos com o dimensionamento dos cômodos baseado na tabela a seguir: Antes de continuar certifique-se de ja ter lido os outros dois artigos que compões esta série. Em cada um dos demais cômodos e dependências de habitação devem ser previstos pelo menos: – um ponto de tomada.

64m². utilizaremos como fator determinante no dimensionamento de iluminação a área da Sala que é representada por 8. calculando teríamos o seguinte: [one_half] [/one_half] [one_half_last] O resultado 2. sendo assim.DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DA SALA Potência de Iluminação Teremos 100VA de potência de iluminação na Sala Como a própria Norma menciona. ou seja. sendo assim os primeiros 6m² determina 100VA de iluminação e os 2. mais 60VA em relação a parcial de 2.36).36 representa para nós a instalação de três pontos uma vez que a norma indica que será considerado um ponto a cada cinco metros (2) mais fração (0.8m e conhecendo que este ambiente possuirá como base de cálculos a divisão dos pontos de tomadas em uma extensão de 5 metros no perímetro deste ambiente. No entanto a Norma NBR5410 deixa claro que no caso em particular deste cômodo (sala) deve-se considerar o mínimo calculado ou a quantidade de equipamentos que será utilizado/instalado neste cômodo. por exemplo. quatro pontos no total. Pontos de Tomada de Uso Geral – TUG Para o perímetro da sala com dimensão de 11.86m² restantes por não completar 4m² não se faz necessário contabilizarmos o acréscimo de 60VA. [/one_half_last] . consideraremos na sala de nosso projeto um ponto de tomada para cada parede. nada impede de você acrescer. Vale lembrar que estamos considerando as recomendações de dimensionamento onde a norma defini o valor mínimo de potência a ser dimensionada.86m² restantes da área da sala.

Potência das Tomadas de Uso Geral – TUG [one_half] Considerando que a norma define para a cozinha a necessidade de dimensionarmos uma tomada a cada 3.12m² e a previsão de potência de iluminação deverá ficar próximo ou idêntica do que consideramos para a sala.25m.1. [/one_half] [one_half_last] . permite que não seja adicionado mais 60VA na potência prevista a este ambiente.2 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DA COZINHA Potência de Iluminação Na Cozinha.5 metros e que em nosso projeto temos um um perímetro de 11. Observe que a norma define a quantidade mínima. 100VA de potência de iluminação Como podemos observar a cozinha possui uma área de 8.) + 1 tomada em função da fração de 0. por não completar os 4m² adicionais. A norma NBR5410 define para este ambiente uma quantidade de 4 tomadas sendo 3 tomadas definidas no cálculo (3.40m. sendo assim temos: Para os primeiros 6m² da cozinha consideraremos 100VA e os 2. possuiremos como resultado uma quantidade de 4 tomadas de uso geral localizadas na cozinha já que o cálculo resulta em um valor igual a 3.12m².25. nada impede de ser adicionados pontos adicionais.

3 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DO QUARTO 1 Potência de Iluminação . com base em pesquisa que realizamos. portanto teremos 3 tomadas de 600VA e um de 100 VA prevista para este cômodo.[/one_half_last] É importante que tenha sempre em mente a NBR5410 e no caso da cozinha temos que considerar as três primeiras tomadas sendo de 600VA e as demais de 100VA. uma torneira elétrica pode ser considerada com uma potência média de 3250W (segundo a Eletrobras neste link). 1. Poderíamos considerar outros consumidores como por exemplo um forno elétrico ou mesmo um forno microondas de potência superior a 1200VA mas para TUE’s deste cômodo teremos em nosso projeto somente esta torneira. Tomadas de Uso Específico – TUE Para este ambiente consideraremos que será utilizado um ponto de torneira elétrica.

este cômodo contará com 4 pontos de tomadas de uso geral.05m² não definem a quantidade mínima para o acréscimo de potência de iluminação adicional. Neste cômodo possuímos um perímetro de 12. Potência de Tomadas de Uso Geral – TUG É compreensível através da NBR5410 que o dimensionamento das tomadas do quarto seguem o mesmo padrão das tomadas da sala e para tanto podemos definir que.No Quarto 1. 100VA de potência de iluminação Baseado nas condições estabelecidas para o dimensionamento da sala iremos agora determinar a potência de iluminação e tomadas do quarto n° 1. no entanto.42.) e outro ponto de tomada definido pela parcial representada pelo valor 0. sendo assim teríamos três pontos de tomadas.42 que resulta em dois pontos de tomadas definidos pelo cálculo (2. consideraremos então um ponto por parede. [one_half] [/one_half] [one_half_last] Podemos observar que o resultado de nosso cálculo foi de 2. [/one_half_last] . no mínimo. a cada cinco metros de perímetro teremos um ponto de tomada. logo.1m.05m² e consideramos 100VA para os primeiros 6m² e os demais 3. Para isto podemos observar que a norma NBR5410 define para a potência de iluminação um valor definido para este ambiente como sendo de 100VA uma vez que a área do quarto n°1 é de 9. a norma NBR5410 deixa bem claro que este cálculo define um número mínimo.

como podemos observar as dimensões destes cômodos são bastante semelhantes.08 e este valor refletiria em dois pontos de tomadas que se torna. Sendo assim adotaremos para este quarto também um ponto de TUG (Tomada de Uso Geral) para cada parede. dvd entre outros.4 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DO QUARTO 2 Potência de Iluminação No quarto 2. [/one_half] [one_half_last] . logo.1. talvez. um abajur e dependendo de quem vai usufruir deste cômodo pode existir a necessidade de um videogame. Potência de Tomadas de Uso Geral – TUG A lógica adotada para o dimensionamento da quantidade de pontos de tomadas de uso geral neste ambiente será idêntico ao quarto 1 e por isto temos o seguinte: [one_half] Conhecemos o perímetro do quarto 2 correto? É de 10. onde para os primeiros seis metros quadrados teremos esta potência. Observe que a área deste ambiente é de 6.40m e através do cálculo podemos deduzir que possuiremos um resultado de 2. quatro pontos. 100VA de potência de iluminação Neste cômodo você poderá perceber que todo os fatores adotados para o seu dimensionamento será idêntico ao que tivemos para o Quarto 1. algo inviável uma vez que em qualquer quarto a ideia é ter um televisor.70m² e a potência de iluminação também será de 100VA definida pela NBR5410.

34m² teremos que prever uma potência mínima de 100VA como segue na norma NBR5410. tomadas de uso geral temos normalmente um único ponto. . Lembre-se que em muito dos casos temos a iluminação do armário do lavatório além da iluminação de teto normal. 100VA de potência de iluminação Considerando que nosso banheiro possui uma área de 2. lembre-se que este ponto de tomada é comumente utilizado para aparelhos de potência elevadas. estes equipamentos que prometem transformar a “mulherada” são consumidores agressivos da energia elétrica.[/one_half_last] 1. Potência das Tomadas de Uso Geral – TUG É de conhecimento que no banheiro. no entanto. correto? Vou provar para você! Onde é que é utilizado a prancha de alisar cabelo (famosa Chapinha) ou mesmo o secador de cabelo? É.5 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DO BANHEIRO Potência de Iluminação No banheiro.

consideraremos um único ponto de tomada de uso geral. neste cômodo deve ser previsto pelo menos um ponto de Tomada de Uso Geral considerando este com 100VA. Tomadas de Uso Geral – TUG Como a NBR5410 sugere. porém. lembre-se que em ambientes como este pode ocorrer de possuirmos iluminações diferenciadas como por exemplo lâmpadas Halógenas em refletores ou algo parecido. vamos considerar que neste ambiente será instalado um chuveiro de uma potência de 6800W. 1.Neste caso então. Potência de Tomadas de Uso Específico – TUE Sabendo da atual tendência de possuir em casa um chuveiro de maior potência. neste nosso projeto em execução irei propor uma potência de 1200VA para esta TUG já que a potência máxima para TUG estipulada na NBR4510 é deste valor. . consideraremos. neste caso deve-se considerar a potência destes equipamentos.6 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DA VARANDA Potência de Iluminação Na Varanda. 100VA de potência de iluminação Para este ambiente levamos em consideração sua área de 9m² e por isso a potência de iluminação será novalor de 100VA como prevê a norma NBR5410.

Como este local possui somente 1.1. 100VA de potência de Iluminação Primeiramente observamos que o hall é.6 DIMENSIONAMENTO DA ILUMINAÇÃO E TOMADAS DO HALL Iluminação e Tomadas de Uso Geral (TUG) No Hall. a parte da casa que interliga os cômodos.08m² consideraremos uma potência mínima de 100VA como solicita a NBR5410. o ponto responsável pelo acesso de vários ambientes. na verdade. ou seja. VISÃO GERAL DO DIMENSIONAMENTO . Também consideraremos aqui um único ponto de Tomadas de Uso Geral .

clique abaixo: . Até a próxima. para manter-se informados de nossas publicações e ser o primeiro a receber nossos artigos assinem nosso Feed.Agora que já temos a potência de todos os cômodos podemos agrupar todos em uma tabela separando cada potência por ambiente e tipo de potência a ser considerada. mas enquanto isso confira nossos outros dois artigos anteriores que completam esta série. não percam os próximos artigos. no próximo artigo desta série faremos este cálculo. A partir de agora podemos mobilizar o cálculo de demanda de nosso instalação já que será necessário exatamente estes valores acima mencionados. Veja a tabela abaixo com todos os dados levantados anteriormente.