You are on page 1of 19

Módulo 2

Física - Ceesvo

Módulo 2
MECÂNICA
MOVIMENTOS

A parte da Física que estuda os movimentos é a Mecânica. Ela está dividida em
três partes:
• Cinemática: estuda os movimentos, sem levar em conta as causas que os
produzem.
• Estática: estuda as forças e as leis que regem o equilíbrio dos corpos.
• Dinâmica: estuda as relações entre as forças e os movimentos por elas
produzidos.
NOÇÃO DE REPOUSO E MOVIMENTO
Para a Física, um mesmo objeto pode estar em repouso ou em
movimento. Tudo depende de “em relação a que”.
Este “em relação a que” chamamos de referencial.
Um corpo está em repouso quando sua posição não muda em relação ao
referencial com o passar do tempo.
Um corpo está em movimento quando a sua posição varia em relação ao
referencial com o passar do tempo.
A Terra e tudo o que está sobre ela está em movimento em relação ao Sol.
Quando você está sentado numa cadeira, está em repouso ou em movimento ao
mesmo tempo. Em repouso em relação à cadeira e em movimento em relação
ao Sol, porque a Terra está girando e você, junto com ela.

1

O caminho percorrido por um móvel é chamado de trajetória. quando o caminho percorrido é uma curva.Módulo 2 OBSERVE A FIGURA E TENTE RESPONDER : Física .Ceesvo A) B) C) Qualquer corpo em movimento é chamado de móvel. As trajetórias curvilíneas podem ser: circulares. quando o caminho percorrido é uma reta. • curvilíneas. parabólicas ou elípticas. As trajetórias podem ser: • retilíneas. 2 .

Em relação ao solo onde pisa. em relação ao Sol. cobre uma barreira e cai do outro lado. 3 . O menino está em repouso ou em movimento em relação ao cachorro? Porquê? 2.Ceesvo Quando uma bola é lançada partindo do chão. VELOCIDADE MÉDIA É a relação entre o espaço percorrido (∆S) e o intervalo de tempo (∆t) correspondente. está em repouso ou em movimento? 3. EXEMPLO: OBSERVE AS FIGURAS O cachorro e o menino estão à mesma velocidade. 1.O menino está em repouso ou em movimento em relação ao de pé de grama? Por quê? 1. O movimentos dos planetas em relação ao sol descrevem um movimento elíptico. ela está em repouso ou em movimento? CINEMÁTICA A Cinemática é o ramo da Física que estuda os movimentos. descrevendo uma trajetória parabólica. sem levar em consideração as causas que os produzem. Que tipo de trajetória realizou a pedra? 2. A menina. ou seja para calcularmos a velocidade média de um móvel dividimos o espaço percorrido pelo tempo.Módulo 2 Física . Já os ponteiros de um relógio descrevem uma trajetória circular.

Se você quiser saber qual a velocidade média que o carro desenvolveu. basta dividir o espaço percorrido (∆S) pelo tempo gasto (∆t). em 5 horas. ∆t ∆S = Variação do espaço ou distância percorrida ∆t = ∆S vm ∆t = Variação do tempo ou instante 4 .Ceesvo Suponhamos que um carro faça o percurso de São Paulo ao Rio de Janeiro. de 400 km.Módulo 2 Física . podemos calcular o espaço e o tempo: Vm = ∆S ∆t Onde: Vm = Velocidade média ∆S = vm . sua velocidade média será: Vm = 400 km = 40 km/h 10 h A partir da fórmula da velocidade. A fórmula abaixo resolve este problema: Vm = ∆S ou Vm= S ∆t t Vm = 400 km = 80 km/h 5h Se um outro veículo percorre esta distância em 10 h.

3.Com a unidade de tempo deveremos trabalhar de maneira semelhante. 3. transformar tudo em horas. Módulo 2 Física .6. Exemplo: 72km/h ÷ 3. devemos trabalhar com unidades semelhantes.2 km/h Para transformar de km/h (quilômetros por hora) para m/s (metros por segundo) dividimos por 3.Ceesvo Se num exercício os dados estiverem em metros (m) e quilômetros (km).6 = 43. Se um carro faz um movimento a 100 km/h durante 3 horas.6km/h = 1m/s Para transformar de m/s (metros por segundo) para km/h (quilômetros por hora) multiplicamos por 3. ∆t ∆S = 300 km 5 . que distância percorre? DADOS: Vm = 100km/h ∆t = 3h ∆S = ? Vm = ∆s ∆t Dados os termos: ∆S = 100km/h . Se um carro percorre a distância de 200 Km com a velocidade média de 100 Km/h.Em Física. precisaremos transformar tudo em metros ou tudo em quilômetros. qual o tempo gasto nesse movimento? Temos: DADOS: Vm = 100km/h ∆S = 200km ∆t = ? Vm = ∆s ∆t a ∆t = ∆s Vm Dos dados. temos: ∆t = 200 Km  100 Km/h ∆t = 2h B. Exemplo: 12m/s . num mesmo problema. 3h ∆S = Vm .6. tudo em minutos ou tudo em segundos.6 = 20m/s EXEMPLOS: A.

Um carro anda 600 Km em 5 horas. A 0 1 6 t(s) 2. Qual sua velocidade média? Qual a distância que ele percorre em 8 horas? Se esta velocidade for mantida. Como conseqüência da definição acima. t S = Espaço final S0 = Espaço incial V = Velocidade t = Tempo EXEMPLO: A. no MRU a aceleração é NULA. quanto tempo gastará para fazer a viagem entre São Paulo e Campo Grande (MS) cuja distância é de 1200 Km? MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME (MRU) Um móvel possui MRU quando sua trajetória é retilínea e a sua velocidade é CONSTANTE. com uma velocidade média de 75 km/h? 4. Qual o tempo gasto por um móvel para percorrer 375 km.Módulo 2 Física . Um objeto se desloca obedecendo a tabela abaixo. T(s) b) A posição para t = 30 s 0 c) O instante que a posição S= 136m 1 2 3 S(m) 8 16 24 32 6 . Calcule esse espaço percorrido. A equação que permite resolver qualquer problema que envolva MRU.Ceesvo EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 1. Um automóvel com velocidade média de 80 km/h gastou 3 horas para percorrer determinado espaço. determine: a) A função horária da posição. 3. Um corpo move-se em uma trajetória retilínea. denomina-se (equação horária) e é dada por: Onde: S = So + v . conforme o gráfico abaixo: V (m/s) a) Qual o valor de sua velocidade? b) Ache o espaço percorrido pelo móvel no 4 intervalo de 1 a 6s.

7 . na função ao lado. c) O instante em que a posição será S = 136m Temos a função: S = 8 + 8t 136 = 8 + 8t Substituímos o S (espaço) por 136m 136 − 8 = 8t 128 = 8t t= 128 = 16s 8 O instante (tempo) que a posição será 136m é: t = 16 segundos.Módulo 2 Física .Ceesvo RESOLUÇÃO DO EXEMPLO A: a) S = S0 + V .) S = 248m A posição no instante (tempo) t = 30 segundos é 248m. (Primeiro resolve a multiplicação e depois realizamos a soma. t Determinamos o espaço inicial quando o instante (tempo) for igual a 0 (zero). Ver tabela do exercício: T(s) 0 Nesse caso como o instante t(s) igual a 0 o espaço inicial S0 (m) igual a 8 S(m) 8 S0 = 8m Achamos a velocidade através da fómula da velocidade média (Vm) Onde: T(s) S(m) Vm = s – s0 = 24 – 8 = 16 = 8 m/s 0 8 2–0 2 t – t0 1 16 2 24 Então o espaço será: S=8+8t b) Posição para o instante (tempo) t =30s Temos a função: S = 8 + 8t S = 8 + 8 ⋅ 30 S = 8 + 240 Substituir o instante (tempo) 30 segundos no lugar da letra t(tempo).

o espaço S está na posição 20 m. O instante começa em 0 e termina em 6 segundos. onde ∆S é ∆t a variação do espaço sobre ∆t a variação do tempo. c) A função horária da posição.Módulo 2 Física . Analise o gráfico: A reta começa em 20m no eixo S e termina em 50m. 0 c) O instante no qual a posição vale 180m. Um carro se desloca obedecendo a tabela abaixo. 50 d) A posição do corpo para t = 20s e) Quando o corpo passa pela posição S = 170m. 1 2 3 S(m) 10 20 30 40 EXEMPLO: B. 20 0 6 t (s) RESOLUÇÃO DO EXEMPLO B: Para responder analise o gráfico: a) Para t = 0 ⇒ S0 = 20m b) Vm = s – s0 t – t0 Vm = 50 − 20 6−0 Vm = 30 6 Vm = 5 m/s c) Função horária da posição S = S0 + v t S = 20 + 5 t Quando o instante (tempo) t= 0(zero) segundo.Ceesvo EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 5. O S0 (espaço inicial) vale 20m e a velocidade é 5m/s. Determine: a) A função horária da posição. Um corpo se desloca em trajetória retilínea e suas “posições” com relação ao tempo estão no gráfico abaixo. ∆S A velocidade será Vm = . 8 . Determine: a) Sua posição no instante t = 0s S (m) b) Sua velocidade média. T(s) b) A posição instante t = 150s.

) Substituímos o S (espaço) por 170m EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 6.20 = 5 t 150 = 5 t t = 150 5 t = 30 s Física . c) Sua função horária da posição. (Primeiro resolve a multiplicação e depois realizamos a soma. na função ao lado. Um móvel se desloca em trajetória retilínea e suas posições com relação ao tempo estão no gráfico ao lado. d) A posição para t = 18s 14 e) O instante que o móvel passa pela posição S = 124m 4 0 2 t(s) 9 .Ceesvo Substituir o instante (tempo) 20 segundos no lugar da letra t (tempo).Módulo 2 d) Posição para t = 20s S = 20 + 5 t S = 20 + 5 . 20 S = 20 + 100 S = 120 m e) S = 20 + 5 t 170 = 20 + 5 t 170 . determine: a) A posição do móvel no tempo t = 0s S (m) b) Sua velocidade média.

10 . A variação da velocidade na unidade de tempo é denominada aceleração (a). • negativa. o aumento de velocidade é de 20 m/s. quando a velocidade diminui. km/h (quilômetro por hora) ou cm/s (centímetros por segundo) a velocidade aumenta ou diminui em cada segundo. saber quantos m/s (metros por segundo). pois: - - e 50 30 = 20m/s 30 10=20m/s Trata-se. quando a velocidade aumenta. de um movimento uniformemente variado. Cálculo da aceleração média Como a aceleração é a variação da velocidade ∆v (v – v0) na unidade de tempo. A aceleração pode ser: • positiva. Considere agora o seguinte movimento variado: 10 m/s 30m/s 50m/s 1s 1s Em cada segundo. para determiná-la basta dividir a variação total da velocidade ∆v pela variação do tempo ∆t (t – t0). porque o aumento da velocidade.Ceesvo ACELERAÇÃO MÉDIA Aceleração média é a grandeza física que relaciona a variação da velocidade com o tempo gasto nessa variação. No movimento exemplificado acima. a aceleração é de 20 m/s (metros por segundo) em cada segundo. portanto. é sempre igual. em cada segundo.Módulo 2 Física . Determinar a aceleração de um móvel significa. a = ∆v = v – v0 ∆t t – t0 a = Aceleração ∆V = Variação de velocidade ∆t= Variação do tempo A unidade da aceleração é o m/s2 (metro por segundo ao quadrado). portanto.

Módulo 2 Física .Ceesvo Para entender melhor. em m/s2.10 = 40 m/s) e o tempo total em que ocorre essa variação é de 2 s. de: a = ∆v = v – v0 ∆t t – t0 a= 18 . pois seu peso é maior que a resistência do ar. A variação total da velocidade é de 40 m/s (pois 50 . num mesmo sentido. Curiosidade Com que velocidade cai um pára-quedista? Ao saltar de um avião. varia sua velocidade de 4m/s para 28m/s em 6s. chegando suavemente ao solo.Um móvel em trajetória retilínea.6 = 12 = 4 m/s 3 2 3 Se o móvel partir do repouso. em m/s2: A) 6 B) 2 C) 4 D) 5 8 – Um carro parte do repouso e 15s depois atinge a velocidade de 420 m/s. Quando o pára-quedas se abre. num mesmo sentido. varia sua velocidade de 6 m/s para 18 m/s em 3 s. vamos retomar o exemplo anterior. 11 . e este continua a descer com velocidade constante. Calcule a aceleração adquirida pelo carro. Chega então um momento em que a resistência do ar e o peso do pára-quedista se tornam iguais. EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 7 – Um móvel em trajetória retilínea. do automóvel em movimento uniformemente variado. a velocidade inicial (v0 )será igual a zero. Para calcular a aceleração desse móvel fazemos assim: a= 50 . A sua aceleração média é. a resistência faz a velocidade diminuir. Sua aceleração média é. o pára-quedista cai com movimento acelerado.10 = 40 = 20 m/s 2 2 2 Exemplo: 1 .

dependendo assim. V0 = velocidade inicial. de t0 o tempo inicial. a < 0) Chamando de v0 a velocidade inicial. do sinal da aceleração. Este movimento pode ser ACELERADO (quando a velocidade aumenta) ou RETARDADO (quando a velocidade diminui). de v a velocidade final. t Equação ou função horária da velocidade usada para solução de problemas: Velocidade : V = V0 + a . temos: a = ∆v = v – v0 ∆t t – t0 Essa relação pode ser escrita também da seguinte forma: a = v – v0 = v – v0 = a (t – t0) = v – v0 = at – at0 t – t0 V = V0 + a . de t o tempo final e de a a aceleração. t Onde: V = velocidade final.Ceesvo MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – (MRUV) Um móvel possui MRUV quando sua trajetória é retilínea e sua aceleração é CONSTANTE e diferente de zero.Módulo 2 Física . 12 . Aceleração (positiva) Aceleração (negativa) ACELERADO (v . t = tempo. a > 0) RETARDADO (v . a = aceleração.

Módulo 2 Física .Ceesvo Gráficos da Cinemática: Outro método utilizado no estudo dos Movimentos é através das representações gráficas. 2) Movimento retardado V > 0 ou a<0 V (m/s) 20 0 5 V<0 a >0 t (s) 13 . com muita clareza. que mostram também. a relação entre as grandezas da Cinemática. Gráfico do MRU: V (m/s) a = 0 = velocidade constante 30 20 10 t (s) 0 1 2 3 Gráficos do MRUV: 1) V (m/s) Movimento acelerado v>0 ou v < 0 a>0 a<0 20 0 5 t (s) A inclinação ascendente representa numericamente a aceleração positiva do corpo.

D) Os móveis têm velocidades iguais. para dois móveis A e B.Módulo 2 Física . a mesma posição em t = O.Ceesvo A inclinação descendente observada no gráfico acima. é de: V (m/s) 10 0 A) 10 5 B)5 t (s) C)-1 D)-2 10 . ou seja. B) Os móveis têm. representa numericamente a aceleração negativa do corpo. EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 9 .cuja aceleração.O gráfico representa o movimento de um móvel.O gráfico da figura abaixo mostra como varia a velocidade em função do tempo. em m/s2. C) A aceleração de A é maior que a de B. Pode-se afirmar que: V (m/s) A B 0 t (s) A) Os móveis têm a mesma aceleração. obrigatoriamente. mostra um movimento retardado (exemplo: uma freada). 14 .

então o movimento é retardado. c) A velocidade no instante 6 s. b) Aceleração. c) O instante que o carro muda de sentido. A aceleração introduzida pelos freios em m/s2: Será: A)2 B) –3 C) –5 D) 5 15 . Pede-se: a) Velocidade inicial. 12 – Um carro se desloca com velocidade de 90 Km/h. Pede-se: a) A velocidade inicial.Módulo 2 Física . 6 v = -2 m/s d) V = 0 0 = 10 – 2 t 2 t = 10 t = 10 2 t=5s e) Retardado t = 4s V= 10-2. e) No instante 4 s o movimento é Acelerado ou Retardado? RESOLUÇÃO DO EXEMPLO A: a) V0 = 10 m/s b) a = -2 m/s2 c) v = 10 – 2 .Retardado) no instante 8 s. b) Aceleração. quando é brecado e pára após 5 segundos. d) Classifique o movimento ( Acelerado. EXERCÍCIOS – Resolva em seu caderno: 11 .Um carro em movimento adquire velocidade que obedece a função horária v = 30 – 5 t.4 V= 10-8 V = 2 m/s Como a aceleração é negativa e a velocidade no instante 4s é positiva (sinais contrários).Um ponto material em movimento adquire velocidade que obedece à expressão V = 10 – 2 t ( no SI ). d) O instante que o ponto material muda de sentido.Ceesvo EXEMPLO: A.

16 .Ceesvo 13 – A velocidade de um carro no decorrer do tempo é indicada na tabela abaixo: T (s) 0 2 4 6 V (m/s) 5 9 13 17 Ache a função horária da velocidade desse carro.Módulo 2 Física .

8 Exercício 5: a) S = 10 + 10 t b) 1510 m c) t = 17 s PÁG.CEESVO MÓDULO 1 Não tem gabarito dos exercícios do módulo 1 MÓDULO 2 PÁG.5 m/s2 c) t = 6s d) Acelerado Exercício 12: Letra C) -5 Exercício 13: v=5+2t 17 . 14 Exercício 9: Letra D) -2 Exercício 10: Letra C PÁG. 9 Exercício 6: a) So = 4 m b) Vm = 5 m/s c) S = 4 + 5 t d) 94 m e) t = 24 s PÁG. 11 Exercício 7: a = Letra C) 4 Exercício 8: a = 28 m/s2 PAG.Módulo 2 Física .Ceesvo GABARITO DE FÍSICA . 6 Exercício 1: a) V= 4m/s b) S = 20 m Exercício 2: S = 240 km Exercício 3: t=5h Exercício 4: Vm = 120 km/h S = 960 km t = 10 h PÁG. 15 Exercício 11: a) Vo = 30 m/s b) a = .

Editora Atual. Física. Ondulatória. Odair e FERNANDES. Clinton Marcico. Vol. Editora Ática.  MÁXIMO. Vol. Física – Termologia. Wilson Roberto. Valter e RAMOS. 2º grau. Ciências – O ecossistema – fatores químicos e físicos. Único. José Roberto e BONJORNO. Editora Moderna. Regina Azenha e BONJORNO.  CRUZ. Daniel. Carlos e PAULINO.  MONTANARI. Ótica Geométrica. Regina Azenha e BONJORNO. Clinton Marcico. Física.  BONJORNO.Módulo 2 Física . Editora Ática. 8ª S. Editora Scipione. Física.  Perspectivas para o Ensino de Física – SEE/CENP – São Paulo 2005.  LOPES. Valter e RAMOS. 2.Ceesvo BIBLIOGRAFIA  BONJORNO. Editora FTD.  FERRARO. Vol.  CARVALHO. Antônio e ALVARENGA. Napoleão. 2. Editora FTD. Editora FTD. 18 . Valdir. Plínio Carvalho Lopes.  Apostilas George Washington. Ciências e Educação Ambiental – Química e Física. Ciências em nova dimensão. Fundação Roberto Marinho.  Telecurso 2000. Volume único. Ensino Médio – Supletivo. Eletricidade – história e aplicações. Viagem ao interior da matéria. José Roberto e BONJORNO. Editora Saraiva.  BARROS. Beatriz. Física Fundamental. Física e Química. Nicolau Gilberto.

Kupper APOIO. Prefeitura Municipal de Votorantim.Neiva Aparecida Ferraz Nunes DIREÇÃO Elisabete Marinoni Gomes Maria Isabel R.Módulo 2 Física .CEESVO 2005 Geonário Pinheiro da Silva Jair Cruzeiro REVISÃO 2007.EQUIPE DE FÍSICA Bruno Bertolino Leite Brotas Jair Cruzeiro Marcos Tadeu Vieira Cassar Rita de Cássia de Almeida Ribeiro DIGITAÇÃO e COORDENAÇÃO PCP . 19 .Ceesvo ELABORAÇÃO:EQUIPE DE FÍSICA . de C.