You are on page 1of 4

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA SANDVIK-MGS

CLIENTE ............................:

S11D - REJEITO - CARAJAS - VALE

CÁLCULO DE VOLANTE DE INÉRCIA COM EIXO BI-APOIADO

PROP./ ENCOMENDA .......:

K-3175

NORMA DE REFERÊNCIA: ANSI B-105.1 / SKF

IDENTIFICAÇÃO (TAG) .....:

TR-1082KS-01 (1800)

BOLETIM TECNICO N : 004/06
DATA DE EMISSÃO: 10/04/2013

REVISÃO ...........................:
DATA .................................:

2
15/07/15

REVISÃO: 10

RESPONSÁVEL ................:
OBSERVAÇÃO ..................:

Marcelo Gelais

o

DETERMINAÇÃO DO VOLANTE
Diâmetro externo da casca

1120

mm

0

mm

Largura da casca

[B]

0

mm

Diâmetro externo do cubo

[de]

0

mm

Diâmetro interno do cubo
Largura do cubo

[di]
[b]

120
170

mm
mm

Espessura do disco

[e]
[a]

0

mm

0

o

GEOMETRIA

Conicidade interna do casco

VOLANTE

[De]
[t]

Espessura da chapa na casca

Massa própria
Inércia do casco externo

[W v]

Inércia do cubo
Inércia do disco central
Inércia total do volante
Verificação

[J]

1299,7
0,000

kg
kg*m2

206,126
0,000

kg*m2
kg*m2

206,126

kg*m2

OK

1/4

897 1.745 Confiabilidade Temperatura [Kc] [Kd] 0.800 Dimensão [Kb] 0.00 N/mm2 N/mm2 Tensão flexão atuante Tensão cisalhamento atuante Flecha atuante <= OK OK 2/4 mm .000 0.24 N/mm2 N/mm2 [s] [t] 8 83 Fator de comparação Flecha admissível (LC/2000) [da] 0.24 mm [d] 0.00 <= 0.714 2.64 0.00 <= 1.0 1. tensão na flexão rebaixo [Ke] [Kf] 1. tensão cisalhamento rebaixo [Kt] 1. rolamento (mancal) [W ad] [Lmin] 2060 60000 N h MATERIAL DO EIXO [np] Torque de frenagem para uma pinça Inclinação da pinça em relação a vertical Raio de atuação do freio [Tf] [f] [R] Força de frenagem de uma pinça [Ff] Nm o mm 0 N [d] 110 mm 7186884 mm 4 Diâmetro eixo entre mancais [di] 120 mm 10178760 mm 4 [r] 10 mm 150 mm Distãncia total de encosto Distãncia entre mancais [c] [LC] 5 475 mm mm 275 mm Massa própria do eixo [W s] 78.01 mm Verificação 1. fadiga s/ concentração [sae] 103 N/mm2 Tensão adm.64 OK <= 1. fadiga no rebaixo [sae] 64 N/mm2 Tensão adm.1) [Nm] [Cp/Cn] Tensão flexão atuante [s] 2 Tensão cisalhamento atuante Fator de comparação [t] 84 0.88 SAE-1045 Módulo de elasticidade do aço Tensão de ruptura [E] [su] 206010 576 N/mm2 N/mm2 Tensão de escoamento [sy] 343 N/mm2 Tensão adm.000 Diversos [Kg] 1. transmitido ao sistema [n] [W ae] 895 2060 rpm N Peso do acoplamento a direita Vida adm.9 kg INTERFERÊNCIA Acabamento superficial [Ka] 0.625 Concentr.50 Raio de arredondamento filete FADIGA (ANSI B105.000 Funcionamento cíclico Concentr.000 Segurança [FS] 1.50 1. fadiga na chaveta [sae] 110 N/mm3 Tensão admissível a flexão [sab] 229 N/mm2 [ta] 132 N/mm2 Reação vertical no mancal esquerdo [Rve] 7792 N Reação horizontal no mancal esquerdo [Rhe] 0 N Reação vertical no mancal direito [Rvd] 7792 N N/mm2 Reação horizontal no mancal direito [Rhd] 0 N Tensão admissível a cisalhamento EIXO NO MANCAL Qtde de pinças de freio num disco Diâmetro no mancal Tipo EIXO FILETE kW Rotação do eixo motriz Peso do acoplamento a esquerda Fixação do cubo ao eixo EIXO NO MEIO VÃO 1350.CALCULO DO EIXO Potência do motor GERAL Pico torque máx.40 Verificação Tensão flexão atuante máxima Tensão cisalhamento atuante máxima N/mm2 [s] [t] Fator de comparação Verificação 6 84 0.03 Concentração tensão a flexão na chaveta [Kf] 0.

9 2 mm /s 2 mm /s [k] 5.5 9.25 Viscosidade mínima adotada Viscosidade nominal operação 56.7 [aSKF] 50.0 Vida básica nominal [L10h] 42557300 Vida esperada em operação [Lnmh] 2133650600 h Razão de viscosidade Fator de ajuste de vida modificada Verificação > h OK 3/4 7650 N .00 Fator contaminação ambiental [hc] [n] [n1] 0. rolamento (mancal) Confiabilidade Fator de ajuste confiabilidade [a1] 1.DADOS CATÁLOGO CALCULO DO ROLAMENTO Designação do rolamento 22224 K+H 3124 Grau viscosidade lubrificante Carga estática admissivel ISO VG 220 [Co] 765000 N [C] 630000 N Carga limite de fadiga [Pu] 73500 N Carga mínima admissível (1%) [Pm] 7650 N Rotação de referência admissível [nref] 2800 rpm Carga de trabalho mínima atuante [Pm] 7792 N Carga estática máxima atuante [Po] 7792 N [P] 7792 N [Lmin] 60000 h 90 % Carga dinâmica admissível Carga dinâmica máxima atuante Vida adm.

O fator de concentração de tensão (1/Kf) para o eixo chavetado deve ser informado pelo calculista. adotar: ou [t = 0. Devido a não simutaneidade de aplicação da força de frenagem pela pinça (atuação de duas pinças sobre um mesmo disco). O dimensionamento do eixo é baseado na norma ANSI-B105. Fa = 0 2. no calculo do eixo será considerado a pior condição de trabalho.1.Obs. externo do rolam. A inercia da casca cônica foi calculada de modo discreto. ou quando n >= 0. Para volante cujo diâmetro for superior a 1000 mm. Para determinação da folga consultar o fabricante. segundo NBR-8400: Classe de funcionamento segundo NBR-8400: Classificação do grupo de mecanismo segundo NBR-8400: 4/4 . o A temperatura máxima de trabalho do mancal foi adotado igual a: 85 C O fator de correção de ajuste da vida modificada é limitado a: 0. A atuação do motor e do freio sobre o eixo não é simultanea e será analisado separadamente pelo programa de calculo do eixo. O peso do conjunto eixo / volante deve ser maior que a carga mínima do rolamento (1% da carga estática básica . dint=diam.Co).5 x diâmetro eixo no mancal N Foi desprezado o ressalto do eixo no volante para a determinação da flecha no meio do vão entre mancais. interno do rolam. Aplicação de folga C3 ao rolamento quando: 0.1 <= askf <= 50. onde dext=diam. O peso do conjunto eixo / volante deve ser maior que a carga mínima do rolamento (1% da carga estática básica .1 O diâmentro interno da casca deve ser provido de conicidade para evitar acúmulo de material no interior do volante. adotadar espessura mínima de disco (e) igual a 30.20 a 0. O grau de balanceamento do volante deve ser no mínimo igual a G-6.0) é válido para o intervalo de: -54 C a 204 C.0 mm.577). o o O fator de fadiga devido a temperatura (Kd=1.0) sempre que houver fadiga envolvida na análise. Para o calculo do eixo foi adotado metade do peso de cada acoplamentos sobre as extremidades. onde nref=velocidade de referência indicado na tabela do catálogo de rolamentos (rpm). Estado de solicitação.3 (ISO-1940 ou NBR-8008/83) Para volante maciço. com exceção da tensão admissível a cisalhamento (*0.5*(De-de)] ou [B = e].30 ppm. cada lado da flange foi dividindo em 10 parte iguais. deve-se diminuir a folga do rolamento apertando a porca da bucha de desmontagem conica. cujo valor 1/Kf < 1.(rpm).5*(dext+dint)*n >= 250000.0.75*nref.(mm). O rolamento selecionado pelo programa deve ser verificado em relação ao tipo de caixa de rolamento adotado para projeto.Co). Quando a reação no rolamento é menor que a carga mínima recomendada (1%). O fator de concentração de tensão deve ser inserido (<= 1. O comprimento do eixo em balanço (após o mancal) foi adotado como: A força axial no rolamento foi considerada nula.(mm) n= rotação do rolam. O rolamento do mancal de apoio do eixo / volante deve ter folga normal ou C2. O nível de contaminantes ambiental para a´rea de mineração foi estimado em: 0.