You are on page 1of 24

Emerson Marcos Furtado

Mestre em Métodos Numéricos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Graduado
em Matemática pela UFPR. Professor do Ensino
Médio nos estados do Paraná e Santa Catarina desde 1992. Professor do Curso Positivo de
Curitiba desde 1996. Professor da Universidade
Positivo de 2000 a 2005. Autor de livros didáticos
destinados a concursos públicos nas áreas de matemática, matemática financeira, raciocínio lógico
e estatística. Sócio-diretor do Instituto de Pesquisas e Projetos Educacionais Praxis de 2003 a
2007. Professor sócio do Colégio Positivo de Joinville desde 2006. Sócio-diretor da Empresa Teorema – Produção de Materiais Didáticos Ltda. desde
2005. Autor de material didático para sistemas de
ensino do Grupo Positivo de 2005 a 2009. Professor do Concursos e Editora de Curitiba (CEC)
desde 1992, lecionando as disciplinas de raciocínio lógico, estatística, matemática e matemática
financeira. Consultor da Empresa Result – Consultoria em Avaliação de Curitiba de 1998 a 2000.
Consultor em Estatística Aplicada com projetos de
pesquisa desenvolvidos nas áreas socioeconômica, qualidade, educacional, industrial e eleições
desde 1999. Membro do Instituto de Promoção de
Capacitação e Desenvolvimento (Iprocade) desde
2008. Autor de questões para concursos públicos
no estado do Paraná desde 2003.

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.,
mais informações www.iesde.com.br

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.,
mais informações www.iesde.com.br

com. é dado por: IN = {0.. 1. que cada vez mais aprimoram os sistemas de segurança. por exemplo. Existe. O conjunto dos números naturais. nesses casos. nos quais a privacidade no uso de senhas e dados sigilosos de países e grandes corporações é revestida por algoritmos cada vez mais complexos.Aritmética Introdução A Aritmética é um dos mais antigos ramos da Matemática e trata dos números e das operações entre esses números.. Apesar de os primeiros registros escritos indicarem que os egípcios e babilônios já utilizavam operações aritméticas elementares há mais de 2 000 anos. uma benéfica corrida entre os que tentam ultrapassar as barreiras dos sigilos bancários. . quando efetuamos uma compra no supermercado. e as instituições. e adicionamos os preços dos produtos adquiridos para obter o custo total da compra. representado por M(5). mais informações www. é dado por: Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. por exemplo. O universo da Aritmética é basicamente relacionado aos números naturais. Apenas para termos uma ideia. Múltiplos e divisores Observe este conceito: O múltiplo de um número natural n é o produto de n por outro número natural.} Logo. o conjunto dos números naturais múltiplos de 5..br 3 . 4.iesde. 2. A Matemática presente na Aritmética é utilizada também nos Sistemas de Informação. representado por IN. sua presença atual não se restringe às operações mais simples. estamos utilizando a Aritmética em sua forma mais elementar. por exemplo. Vamos iniciar nossa aula explicando conceitos sobre múltiplos e divisores.A. 3.

5.. Essas regras são chamadas de critérios de divisibilidade. logo. não é divisível por 2.} Critérios de divisibilidade É possível estabelecer algumas regras que permitam verificar se um número natural qualquer é divisível por outro. . 4 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. A terceira maneira é utilizar os critérios de divisibilidade.. 4 = 20 .br ... 20. 2. Exemplo: O número 87 é divisível por 3? Podemos responder a essa pergunta de diferentes maneiras. Os números que são divisíveis por 2 são denominados pares e aqueles que não são divisíveis por 2 são denominados ímpares. Outra é dividir 87 por 3 e verificar se o resto da divisão é igual a zero. Uma delas é verificar se 87 pertence ao conjunto dos múltiplos de 3. Divisibilidade por 2 Um número natural é divisível por 2 quando o algarismo das unidades for igual a 0. 2 = 10 5 . M(5) = {0.. 4. 10. 3 = 15 5 .A. mais informações www.Aritmética 5 . Exemplo: O número 754 é par. O número 863 é ímpar. 1 = 5 5 . 15.com. E assim sucessivamente.iesde. é divisível por 2. 6 ou 8. ou seja. 0 = 0 5 .

A. pois termina com 0. Logo. Divisibilidade por 5 Um número natural é divisível por 5 se o algarismo das unidades for 0 ou 5. Divisibilidade por 4 Um número natural é divisível por 4 se o número formado pelos dois últimos algarismos da direita for divisível por 4. conclui-se que 54 também é divisível por 6. O mesmo vale para a divisibilidade por 9. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. pois a dezena final. 16.Aritmética Divisibilidade por 3 (ou por 9) Um número natural é divisível por 3 (ou por 9) quando a soma dos valores absolutos de seus algarismos for divisível por 3 (ou por 9). Exemplo: O número 75 916 é divisível por 4. Exemplo: O número 930 é divisível por 5. ou seja.com. 54 também é divisível por 3. é divisível por 4. pois a soma dos algarismos de 756 resulta em um número divisível por 3. Divisibilidade por 6 Um número natural é divisível por 6 se for divisível simultaneamente por 2 e por 3. observe: 7 + 5 + 6 = 18 Como 18 é divisível por 3. por ser divisível por 2 e por 3. Exemplo: O número 54 é divisível por 2. pois termina com 5. Além disso. mais informações www. 756 também é divisível por 3. Exemplo: O número 756 é divisível por 3..iesde. O número 345 é divisível por 5. pois é par. a soma dos algarismos de 54 resulta em um número divisível por 3.br 5 .

br . A seguir.Aritmética Divisibilidade por 10 Um número natural é divisível por 10 se o algarismo das unidades for zero. 5 6 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. Quando um número natural admitir exatamente dois divisores distintos (ele próprio e a unidade).com. são denominados números compostos. a tabela dos números naturais primos menores que 100: 2 3 5 7 11 13 17 19 23 29 31 37 41 43 47 53 59 61 67 71 73 79 83 89 97 Os números naturais que não são primos. A decomposição de um número natural em fatores primos pode ser realizada por meio de sucessivas divisões por números primos. 90 = 2 . 32 .. Exemplo: 90 90 2 45 3 15 3 5 5 1 Portanto. Decomposição em fatores primos Um número composto pode ser escrito como produto de dois ou mais números primos. Números primos Qualquer número natural não nulo é divisível pelo número 1 (unidade) e por si próprio. será então denominado número primo. pois termina em 0. mais informações www. com exceção do 0 e do 1.A.iesde. Exemplo: O número 540 é divisível por 10.

o conjunto dos divisores naturais de 90 é dado por: d(90) = {1. 4. 30. 8} d(9) = {1. 6 15 3 9. 45.iesde. 5..com. 2. multiplica-se cada fator primo por todos os números que estão à direita e acima desse fator primo. mais informações www. 1 90 2 2 45 3 3. é possível determinar todos os seus divisores. Exemplo: 90 90 2 45 3 15 3 5 5 1 Escreve-se o número natural 1 e. pois: d(8) = {1. 6. em seguida. 60 1 Logo. 9} d(8) ∩ d(9) = {1} Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. 10. 90} Números primos entre si Dois números são primos entre si se o único divisor natural comum for a unidade. 15.Aritmética Divisores de um número Por meio da decomposição de um número natural em fatores primos. 18 5 5 5. 45. Exemplo: Os números 8 e 9 são primos entre si. 3. 10. Os produtos constituem-se nos divisores de 90.A. 3. 15. 18.br 7 . 30. 2. 9.

8. Observação: É possível obter-se o máximo divisor comum entre dois números pela decomposição em fatores primos.com. d(24) = {1. 4.Aritmética MDC e MMC Máximo Divisor Comum (MDC) O máximo divisor comum entre dois números naturais pode ser obtido a partir dos divisores comuns aos dois números. 3. 3 MDC{24. 12. 26} = máximo {1. 2. 36} MDC{24. 6. 24} d(36) = {1. mais informações www. A partir da decomposição desses números em fatores primos. 2. 26} = máximo {1. 26} = 22 ..iesde. 3. 2. 12. 6. 12} MDC{24. 24} ∩ {1. o máximo divisor comum entre os números 24 e 36 é igual a 12. 32 24 = 23 . 6. 26} = 12 Portanto. 18. 3. 8. 9. 3. 6. 4. o MDC é obtido multiplicando-se os fatores primos comuns de menores expoentes: 36 = 22 . 26} = máximo {d(24) ∩ d(36)} MDC{24. No caso dos números 24 e 36.br . 18. 3. 12. Exemplo: Obter o máximo divisor comum entre os números 36 e 24. 2. 4. 12. 36} O máximo divisor comum entre 24 e 36 é o maior número natural que é divisor de 24 e de 36: MDC{24. 2.A. 4. 4. 3 = 12 8 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. podemos obter os divisores naturais de cada um deles. 9. 6.

36. 72. 32 = 36 Dica de estudo No estudo da Aritmética é necessário compreender os conceitos de divisor.iesde. 18} = mínimo {12.. procure outras fontes e diversifique. 60.. 90. . além do domínio dos critérios de divisibilidade.. Os testes selecionados neste capítulo são uma boa escolha para começar. .com...} MMC{12. 60. múltiplo. 36..} ∩ {18. 18} = 22 . 108.} MMC{12. . pratique resolvendo muitos exercícios. o menor elemento. 72.. 24. mais informações www. 3² MMC{12. 36.Aritmética Mínimo Múltiplo Comum (MMC) Obter o mínimo múltiplo comum entre dois ou mais números naturais consiste em determinar.br 9 .. 24. MDC e MMC.. 36. 18} = mínimo {M(12) ∩ M(18)} MMC{12.} MMC{12. Além desses. . 54.. 54. números primos. 18} = 36 Observação: É possível obter-se o mínimo múltiplo comum entre dois números pela decomposição em fatores primos. Exemplo: 12 e 18 M(12) = {12.A. 18} = mínimo {36. a partir da interseção entre os conjuntos dos múltiplos. 48.. No caso dos números 12 e 18. . o MMC é obtido multiplicando-se os fatores primos de maiores expoentes: 12 = 22 . Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. 72. 90.} M(18) = {18. 48. Uma vez absorvidos esses conhecimentos. 3 18 = 2 .

em que X e Y representam os algarismos das centenas e das unidades..br . Nessas condições.A.Aritmética Resolução de questões 1. a maior quantidade de documentos que poderá ser colocada em cada caixa é: a) 8 b) 12 c) 24 d) 36 e) 48 2. 3n é 360. de modo que todas fiquem com a mesma quantidade de documentos. d) m . (FCC) Seja o número inteiro 5X7Y. (Cesgranrio) O MMC entre os números inteiros 2m . respectivamente. O total de pares de valores (X.iesde. mais informações www. (FCC) Um auxiliar judiciário foi incumbido de arquivar 360 documentos: 192 unidades de um tipo e 168 unidades de outro. c) m + n é ímpar. n é múltiplo de 4. Para a execução dessa tarefa recebeu as seguintes instruções:  todos os documentos arquivados deverão ser acomodados em caixas.Y) que tornam tal número divisível por 18 é: a) 8 b) 7 c) 6 d) 5 e) 4 10 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. e) m = 2n 3.com.  cada caixa deverá conter apenas documentos de um único tipo. então: a) m = n b) m . se a tarefa for cumprida de acordo com as instruções. 15 e 4 . n é múltiplo de 15.

(FCC) Seja N o menor número inteiro positivo que multiplicado por 33 dá um produto cujos algarismos são todos iguais a 7. (Esaf ) Ana e Júlia. consideradas as idades em número de anos completados. são iguais a números primos. Segue-se que a idade de Ana – a filha de olhos azuis –. Tanto o produto como a soma das idades de Ana e Júlia. ou seja. tem olhos castanhos. b) ao triplo da idade de Júlia. ambas filhas de Márcia. que têm exatamente três divisores positivos. p2. é igual a a) 25 b) 87 c) 112 d) 121 e) 169 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. p1. (Esaf ) Sabe-se que todo número inteiro n maior do que 1 admite pelo menos um divisor (ou fator) primo. c) à idade de Júlia mais 5 anos. fazem aniversário no mesmo dia... c) o algarismo das dezenas de N é menor que 4. e) a soma dos algarismos de N é igual a 25. então 1.. mais informações www. a saber. 5. a mais velha. Se n é uma potência de um primo p. é igual a) à idade de Júlia mais 7 anos. Segue-se então que a soma dos números inteiros positivos menores do que 100. em número de anos completados. então tem somente dois divisores. Se n é primo. d) ao dobro da idade de Júlia. Júlia. 6.br 11 .A. É correto afirmar que a) N é par. d) o algarismo das centenas de N é maior que 5. e) à idade de Júlia mais 11 anos. Ana. . é da forma ps. b) o algarismo das unidades de N é 7.com. a mais nova. tem olhos azuis.. 1 e n. ps são os divisores positivos de n.Aritmética 4.iesde.

.. 6.. 8. (Cesgranrio) Em um site de compras coletivas foi anunciada uma oferta para um jantar em um restaurante de luxo.  validade: de segunda a sexta-feira.º) mantendo a situação dos demais.º. aberto e aberto. Curiosamente.. Com certeza. após a passagem de todos os enfermeiros pelo vestiário. fechado e fechado.º.º. . aberto e aberto.º. respectivamente. 4..  não é válido para entrega ou viagem. a) aberto. ocorreu sucessivamente o procedimento dos demais enfermeiros. abriu os que estavam fechados e fechou os que estavam abertos. dentro de uma determinada semana. mantendo a situação dos demais. metade dos compradores compareceu ao restaurante Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. 6.. c) fechado. os armários de números 9. As regras para utilização dos cupons eram as seguintes:  limite de uso de um cupom por pessoa. aberto e fechado. na semana destinada à utilização da oferta. 28..º. .br . da mesma forma. 12 Sabendo-se que foram vendidos N cupons e que.  o terceiro inverteu a situação a cada três armários (3. gasto em uma única visita.  e.  o quarto inverteu a situação a cada quatro armários (4. 9. certo dia em que todos os armários estavam fechados. 30) e manteve a situação dos demais.. (FCC) No vestiário de um hospital há exatamente 30 armários que são usados por exatamente 30 enfermeiros. b) aberto.. 8. tais enfermeiros entraram no vestiário um após o outro. fechado e aberto. mais informações www.  o segundo fechou todos os armários de números pares (2. 12.Aritmética 7.com.º. e) fechado.A. d) aberto. . 30. 16 e 28 ficaram. ou seja.iesde.º).. adotando o seguinte procedimento:  o primeiro a entrar abriu todos os armários.

Se todos os compradores utilizaram o cupom. e que.iesde. o 23 de janeiro ocorrerá em a) um domingo. (Fepese) Em uma empresa de segurança há duas turmas: uma com 42 vigias e a outra com 30. sem misturar vigias de turmas diferentes. é correto afirmar que.Aritmética na segunda-feira. Com base nessa afirmação. um terço do restante foi na terça-feira. c) uma sexta-feira. se 23/01/2012 ocorreu em uma segunda-feira. todos esses vigias serão organizados em grupos com o mesmo número de elementos.br 13 . na quarta-feira. último dia da oferta. a quinta parte do restante.. Qual é o número máximo de vigias que pode haver em cada grupo? a) 3 b) 5 c) 6 d) 7 e) 12 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A. restavam menos de 20 clientes para utilizar o cupom. a quarta parte do que faltava. 10. então. na sexta-feira.com. o número de compradores que foram atendidos na sexta-feira foi: a) 10 b) 12 c) 14 d) 16 e) 18 9. mais informações www. Para fazer a segurança de um evento. b) um sábado. d) uma quinta-feira. no ano de 2019. (FCC) Todo ano bissexto é um número múltiplo de 4. e) uma quarta-feira. na quinta-feira.

Gabarito 1.br . v. Rio de Janeiro: Record.. 1995. 40. Elon L. Carl B. O número mínimo desses alunos da escola que faz aniversário no mesmo dia (e mês) e que nasceu no mesmo dia da semana é: a) 36 b) 38 c) 42 d) 46 e) 54 Referências BOYER. de modo que todas fiquem com a mesma quantidade de documentos e. além disso. Elon L. certamente haverá pastas com diferentes quantidades de documentos. ed. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática. Malba. LIMA.Aritmética 11. 1996. 14 Se as instruções indicam ainda que a quantidade de documentos seja a maior possível. LINTZ. então a quantidade de documentos em cada caixa deve ser um divisor comum de 168 e 192. ed. 2 e 3.. (Coleção do Professor de Matemática. 1999. et al. São Paulo: Edgard Blücher Ltda. 1. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática. Essa condição é obrigatória. 1. Meu Professor de Matemática e outras Histórias. (FGV) Uma escola possui 2 600 alunos que nasceram em anos de 365 dias. O Homem que Calculava. TAHAN.iesde. além Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. Rubens G. então a quantidade de documentos em cada pasta. Se todos os documentos arquivados deverão ser acomodados em caixas. 2001. se cada caixa deve conter apenas documentos de um único tipo. Blumenau: FURB.com. História da Matemática. A Matemática do Ensino Médio. História da Matemática. mais informações www. pois se o número de documentos em cada caixa não for um divisor comum de 168 e 192. o que não é possível acontecer.) LIMA. 12.A. v.

a quantidade de documentos em cada pasta deve ser o MDC de 168 e 192. também deve ser o maior de todos. Assim. 32 . m = 3 e n = 2. 3n = 22 . o MDC é dado por: MDC {168.Aritmética de ser um divisor comum de 168 e 192. Assim. 15 = 2m . 5 Os números dados podem ser assim escritos como produto de números primos: 2m . 192} = 2 . m + n = 3 + 2 = 5 e 5 é ímpar.iesde. temos: 360 = 23 . O maior divisor comum de dois números dados chama-se Máximo Divisor Comum (MDC). 192} = 24 Resposta: C 2. Vamos encontrá-lo. Assim. 3 MDC {168. pois o único divisor natural comum é a unidade. 3n Quando os números são decompostos separadamente. Resposta: C Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. 2 . não há mais necessidade de decompor em fatores primos. mais informações www. 3 . o produto dos fatores primos de maior expoente resulta no MMC. 2 . Pela decomposição simultânea.A. Logo.br 15 . 5 4 . 168 – 192 2 84 – 96 2 42 – 48 2 21 – 24 3 7–8 Os números 7 e 8 são primos entre si. Decompondo o número 360 em fatores primos..com.

Vamos. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. 0) é solução. pois 12 + 6 = 18 e 18 é divisível por 9. deve ser par.  Y = 0 → 5X70 → é par Para que um número seja divisível por 9. o algarismo das unidades deve ser 0.Aritmética 3. então. Esse raciocínio serve para os demais casos possíveis para Y. porque 16 + 2 = 18 e 18 é divisível por 9. ou seja.br . 6 ou 8. 5X72 = 5 + X + 7 + 2 = 14 + X Nesse caso. então a soma dos algarismos deve ser divisível por 9. analisar cinco casos. pois 14 + 4 = 18 e 18 é divisível por 9.  Y = 2 → 5X72 → é par O número 5X72 deve ser divisível por 9. Y) = (6. 2. 5X74 = 5 + X + 7 + 4 = 16 + X Assim. a soma dos algarismos deve ser divisível por 9. Para ser divisível por 2. ou seja: 5X70 = 5 + X + 7 + 0 = 12 + X Se 12 + X deve ser divisível por 9. o par (X. cada um levando em consideração um valor de Y possível. 4) é solução. X = 2.iesde. Para que um número seja divisível por 18. Vejamos o próximo.com. o par (4. Logo. temos X = 4. deve ser divisível separadamente por 2 e por 9.  Y = 4 → 5X74 → é par 16 O número 5X74 deve ser divisível por 9. então X deve ser igual a 6. O par (2.A. mais informações www. então a soma dos algarismos deve ser divisível por 9. Portanto. 2) é solução. 4..

(2. 0). dá um produto cujos algarismos são todos iguais a 7. então 18 + 9 = 27 e 27 é divisível por 9. pois 20 + 7 = 27 e 27 é divisível por 9. Vamos testar a divisibilidade iniciando com os números que possuem as menores quantidades de algarismos iguais a 7: Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. como o produto de N por 33 deve ser igual ao número formado exclusivamente por algarismos iguais a 7. 2). 7 Se N deve ser o menor inteiro positivo possível a satisfazer essa equação. então o número formado apenas pelo algarismo 7 deve ser divisível separadamente por 3 e por 11. deve-se ter X = 7.iesde. (0. 33 = 77 . existem dois valores possíveis para X. Se X = 0.  Y = 8 → 5X78 → é par A soma dos algarismos é igual a: 5X78 = 5 + X + 7 + 8 = 20 + X Para que 20 + X seja divisível por 9. então o menor N deve satisfazer a seguinte equação: N .A. 6) e (9. (9. Os pares podem ser então (0. 8). Resposta: C 4. Logo.. então 18 + 0 = 18 e 18 é divisível por 9.com. Se N é o menor número inteiro positivo que. 4). 6).Aritmética  Y = 6 → 5X76 → é par A soma dos algarismos é dada por: 5X76 = 5 + X + 7 + 6 = 18 + X Nesse caso. 8). Além disso. O par é (7. mais informações www. então o número formado exclusivamente por algarismos iguais a 7 também deve ser o menor possível. 6). como 33 é o produto dos números primos 3 e 11.. (4. E. então esse número deve ser divisível por 33. Se X = 9. 6) e (7. multiplicado por 33..br 17 . os pares podem ser: (6.

mas não é divisível por 3.J=P Em que P é um número primo. Como Ana é a mais velha. entre as idades de Ana e Júlia. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.  777 → é divisível por 3. Vamos considerar que A e J representam as idades atuais de Ana e Júlia.A. respectivamente. Se a soma das idades de Ana e Júlia é representada por um número primo. então: A+J=P A+1=P Em que P é um número primo. 18 Se o produto das idades de Ana e Júlia é representado por número primo. 5. uma delas é representada por um número primo e a outra é o número 1. o produto de números naturais resulta em um primo somente quando um dos números é primo e o outro é o número 1. N = A soma dos algarismos de N é dada por: 2 + 3 + 5 + 6 + 9 = 25 Resposta: E 777 777 33 = 23 569. portanto. 33 = 777 777 e. então: A.com. mas não é divisível por 11. então Júlia tem 1 ano de idade. Assim.  77 777 → não é divisível por 3. Logo.  77 → é divisível por 11..Aritmética  7 → não é divisível por 3. Entretanto. nem por 11.  7 777 → é divisível por 11. mais informações www. necessariamente. nem por 11. N . mas não é divisível por 3.iesde.  777 777 → é divisível por 3 e por 11.br .

Aparentemente o problema apresenta grande complexidade. nesse caso. 9. mas com um pouco de análise podemos responder sem tanta dificuldade. então as opções são 4. Vamos começar pensando no seguinte: enfermeiros de quais números abrem ou fecham a porta de número 9? Os enfermeiros de números 1. A soma desses números é dada por: 4 + 9 + 25 + 49 = 87 Resposta: B 7. a idade de Ana é igual ao dobro da de Júlia. se esse número é positivo e menor do que 100. Ana tem 2 anos e Júlia tem 1 ano de idade e. E. Outra forma de analisar é observar que 1. com exceção do número 1.A. mais informações www. De uma forma geral. 3 e 9 são os únicos divisores naturais de 9. Um número da forma p2. então não pode ser igual a 2. 25 e 49. Assim. pois estes são os únicos números naturais que possuem 9 como um de seus múltiplos. possui exatamente três divisores naturais: 1.. podemos concluir que o armário de número X será aberto ou fechado pelos enfermeiros cujos números são divisores de X. em que p é um número natural primo. natural e primo é o número 2. as idades de Ana e Júlia seriam ambas iguais a 1: 1+1=2 Assim.Aritmética Se P é primo. Resposta: D 6. então A deve ser par.br 19 . observamos que P é um primo ímpar.iesde. assim. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. o número que possui exatamente três divisores naturais deve ser quadrado de um primo. Portanto.com. 3 e 9 são os únicos que mudam a situação do armário 9. já que o único número par. então necessariamente A = 2. pois. Se A é também um número primo. Se P é ímpar. p1 e p2.

mais informações www.A. a situação do armário de número 9 será mudada apenas pelos enfermeiros de números 1. aberto. 3 e 9. 8 e 16. 4. o armário 9 estará aberto. 2. 14 e 28. uma vez que estes são os únicos divisores naturais de 16.br . Logo: Enfermeiro 1 → abriu o armário 28 Enfermeiro 2 → fechou o armário 28 Enfermeiro 4 → abriu o armário 28 Enfermeiro 7 → fechou o armário 28 Enfermeiro 14 → abriu o armário 28 Enfermeiro 28 → fechou o armário 28 Dessa forma.Aritmética 20 Assim. os armários de números 9. 4. 2. o armário 28 ficará fechado. pois estes são os únicos divisores naturais de 28. que será aberto ou fechado somente pelos enfermeiros de números 1. aberto e fechado. Resposta: A Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.com.. Portanto: Enfermeiro 1 → abriu o armário 16 Enfermeiro 2 → fechou o armário 16 Enfermeiro 4 → abriu o armário 16 Enfermeiro 8 → fechou o armário 16 Enfermeiro 16 → abriu o armário 16 O armário 16 ficará aberto. respectivamente. Portanto. 16 e 28 ficarão. O raciocínio vale também para o armário de número 16. 7. após a passagem dos 30 enfermeiros.iesde. O armário de número 28 será aberto ou fechado apenas pelos enfermeiros de números 1. então: Enfermeiro 1 → abriu o armário 9 Enfermeiro 3 → fechou o armário 9 Enfermeiro 9 → abriu o armário 9 Logo. Como os armários estavam inicialmente fechados. após a passagem dos 30 enfermeiros.

(N/3) = N/12 compareceu na quarta. Se na quinta-feira.A. até quarta. a quantidade de compradores que compareceu é dada por: N/2 + N/6 = 3N/6 + N/6 = 4N/6 = 2N/3 Logo. mais informações www. se a quantidade de pessoas presentes deve ser necessariamente um número natural. compareceu N/4. 6. Logo. 12 e de 20 a partir do menor deles. 12 e de 20.br 21 . (N/2) = N/6 De segunda a terça.. Se um terço do restante foi na terça-feira. então compareceram na quinta: (1/5) . N/2.com. Então: X + (4N/5) = N X = N – (4N/5) X = (5N/5) – (4N/5) X = N/5 Observe que. Vamos equacionar o problema. Logo. a metade restante. então (1/4) . Observe que. Esse número é o mínimo múltiplo comum. a quinta parte do restante compareceu. 5.iesde. 6. então um terço de N compareceu após terça.Aritmética 8. após quarta. então N/2 foram os que compareceram. 5. Logo. N/6. Se na quarta-feira compareceu a quarta parte dos que faltavam. N/12. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. N/20 e N/5 indicam que N deve ser simultaneamente múltiplo comum de 2. os números N/2. vamos encontrar o conjunto dos múltiplos comuns de 2. então (1/3) . havia comparecido 2N/3 + N/12 = 8N/12 + + N/12 = 9N/12 = 3N/4. não compareceu na segunda-feira. se dois terços de N compareceram até terça. (N/4) = N/20 Até quinta compareceram 3N/4 + N/20 = 15N/20 + N/20 = 16N/20 = 4N/5 Seja X a quantidade de pessoas que compareceu na sexta-feira. Se metade dos compradores compareceu ao restaurante na segunda-feira.

5. Se 23/01/2012 foi segunda-feira e 2012 é um número múltiplo de 4.Aritmética 2 – 5 – 6 – 12 – 20 2 1 – 5 – 3 – 6 – 10 2 1–5–3–3–5 3 1–5–1–1–5 5 1–1–1–1–1 A decomposição simultânea dos números 2. Os demais anos.} Como a quantidade de pessoas presentes na sexta é igual a N/5 e deve ser menor que 20.com. . 12 e 20 indicou que o MMC desses números é igual a: 2 . por exemplo. 6. o dia da semana se repete. teremos dois anos bissextos e cinco anos não bissextos.. mais informações www. 12 e 20 são os múltiplos de 60. Os anos bissextos são os que apresentam 366 dias. 365 = 2 557 A cada sete dias. Resposta: B 9. A afirmação “todo ano bissexto é um número múltiplo de 4” é verdadeira para o intervalo que vai de 2012 a 2019. de 2012 a 2019. Logo. pois: N/5 = 60/5 = 12 < 20 Assim. 60. 5 = 60 Assim. O mesmo ocorrerá com 2016. mas não é verdadeira. 180. Assim. portanto..iesde. os múltiplos comuns de 2. 5. de 2090 a 2110. 2014.A. 2 . 2018 não serão bissextos. cada um deles terá 365 dias.. o valor de N deve ser necessariamente 60. 2015. 6.br . em função da existência do dia 29 de fevereiro. 2013. 2017. Logo. 366 + 5 . a quantidade de dias de 23/01/2012 a 23/01/2019 será: 2 . 120. 3 . então 2012 é um ano bissexto. ou seja: M(60) = {0. 12 compradores compareceram na sexta-feira. vamos dividir a quantidade total de dias por 7: 2 557 – 2 555 7 365 2 22 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.

dia da semana). no mínimo. se cada um desses 45 alunos fizer aniversário em um dia diferente do ano.Aritmética A partir da divisão. MDC {42.. Resposta: E 10. 365 + 45. Assim. apenas os dois dias excedentes. na pior das hipóteses. seriam 45 . mais informações www. ou seja. será quarta-feira. e que nasceram no mesmo dia da semana. Se 23/01/2012 foi uma segunda-feira. teremos 365 semanas (sete dias) e ainda mais dois dias. 30} = 2 . mês e da semana. o que aumentaria em apenas uma unidade a quantidade de alunos com as mesmas datas. então 23/01/2019 será um dia da semana que se encontra dois dias após a segunda-feira. Observe inicialmente que 2 600 = 7 . pode-se garantir que.iesde. mais um aluno com a mesma data de nascimento. Resposta: D Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S. mês e da semana. mês. Se isso ocorresse. Portanto. em 2 557 dias. 6 é o número máximo de vigias em cada turma. na pior das hipóteses. 46 (45 + 1) alunos fazem aniversário no mesmo dia (e mês). sem misturar vigias de turmas diferentes. 3 = 6. duplicaríamos a quantidade de alunos com a mesma data do ano. Se todos os vigias serão organizados em grupos com o mesmo número de elementos. 2 = 90 os alunos com mesmas datas. Resposta: C 11.A.com. temos: 42 – 30 2 21 – 15 3 7–5 Logo. Entretanto. Em vez disso. Assim. existem 45 alunos a mais do que 2 555. Efetuando a decomposição simultânea dos números 42 e 30. haveria. então o número máximo de vigias é igual ao MDC entre os números 42 e 30. ou seja. mês ou da semana. haveria outro aluno com a mesma data do ano. Nesse caso. 365 + 2 Assim. As 365 semanas não alterarão o dia da semana. se a escola tivesse 2 555 alunos poderia ocorrer de não haver qualquer coincidência de nascimento no mesmo dia do ano. pode-se escrever: 2 557 = 7 . todos os 45 alunos restantes poderiam ter a mesma data de nascimento (ano. Ou seja. mês e da semana.br 23 .

.Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.iesde.br . mais informações www.com.