You are on page 1of 64

2015

2015

4 BSC / Gleison Rezende .

a medida passou a ser permanente e. pautada por temas como competitividade. assim. Embora o governo tenha reduzido a alíquota em 2015. em parceria com a Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O primeiro ano da Ibá começou com um produtivo esforço interno para ampliar as sinergias entre os diversos segmentos do setor de árvores plantadas.Mensagem da Ibá A publicação do Relatório Ibá 2015.375. celulose. nos próximos dez anos. pisos laminados. Pecuária e Abastecimento (MAPA). painéis de madeira e pisos laminados. marca o primeiro ano de atuação da Indústria Brasileira de Árvores após a consolidação das quatro entidades que a ela deram origem. A atuação conjunta visa à realização do CAR em mais de quatro mil municípios brasileiros. em abril de 2015 a Ibá assinou o Termo de Cooperação Técnica e Financeira. papel. que transferiu em dezembro de 2014 o locus institucional da atividade de árvores plantadas do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para o Ministério da Agricultura. por meio da Política Nacional de Florestas Plantadas (PNFP). além dos produtores independentes de árvores plantadas e os investidores institucionais. mudanças climáticas. que apresenta o desempenho do setor em 2014. inclui agora celulose. que estabelecerá metas de produção florestal. Um importante tema institucional nesse período foi a publicação do Decreto Presidencial nº 8. economia verde e novas tecnologias. sempre a partir dos princípios da sustentabilidade. defesa comercial. segurança jurídica. uma excelente oportunidade para apresentarmos um balanço dos principais temas que nortearam a agenda da associação neste período. iniciativa do MMA cujo objetivo é agilizar a implementação do novo Código Florestal Brasileiro. Na área industrial. além do papel. A partir da integração às demais políticas do agronegócio. 5 . Aprendemos muito ao elaborar uma agenda comum. Oferece. As empresas associadas e a Ibá também atuaram para fortalecer a implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Como resultado. carvão vegetal e outras biomassas para fins energéticos –. o MAPA coordenará o processo de expansão do setor. Os resultados mostram que caminhamos na direção certa para valorizar e fortalecer o setor de árvores plantadas e os produtos dele derivados – painéis de madeira. entre outros parceiros privados. uma importante conquista buscando ganhos de competitividade foi o retorno ao mercado do Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra).

o foco foram as negociações para regulamentar o Registro e Controle das Operações com o Papel Imune Nacional (RECOPI Nacional). que envolveram o esforço das empresas e da associação. Destacamos aqui algumas das conquistas deste primeiro ano de atividades da Ibá. em 5 de maio de 2015.A Ibá atuou para combater a concorrência desleal que afeta principalmente os segmentos de papel e pisos laminados. Ao lado de outras entidades do setor privado. Esta é a primeira vez que uma entidade do Hemisfério Sul é eleita para esse posto. além do Distrito Federal. Ressaltamos que a Ibá completa seu primeiro aniversário como integrante do Conselho Consultivo do Setor Privado (CONEX). foram negociadas medidas para evitar a falsa classificação do produto importado. Lira Aguiar Presidente do Conselho Deliberativo 6 . que em dezembro de 2015 deverá definir um novo acordo internacional para mitigar os efeitos do aquecimento global. órgão da Câmara de Comércio Exterior (CAMEX) do Ministério do Desenvolvimento. 19 Estados brasileiros. Temos o que celebrar cientes de nossa responsabilidade de atuar cada vez mais pelas empresas associadas. buscando coibir uma prática que causa prejuízos significativos às empresas. Na agenda de competitividade. Em relação ao primeiro. o CONEX colaborará na construção da política brasileira para o fomento das exportações. Ao lado das empresas associadas. a desoneração da folha de pagamentos continua a ser de extrema importância para nossas empresas. a COP21. Indústria e Comércio Exterior (MDIC). debatendo propostas para contribuir para a construção dos compromissos que o governo brasileiro deverá assumir nesse encontro. criando condições justas de mercado. Além disso. a Ibá vem se preparando para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. a Ibá manterá sua atuação pela manutenção da medida. valorizando as árvores plantadas como agente fundamental para os objetivos de mitigação e adaptação do País. Apesar de o tema estar sendo revisto pelo governo dentro dos atuais ajustes fiscais. Em relação aos pisos laminados. já haviam aderido ao sistema. Desde seu lançamento. sobretudo em meio às adversidades do atual momento econômico nacional. a Ibá assumiu a presidência do International Council of Forest and Paper Associations (ICFPA). que exigirá foco. o principal órgão institucional da indústria de base florestal no mundo. a Ibá participa de diversos fóruns. Até maio de 2015. Boa leitura! Carlos A. produtividade e eficiência para ampliar o debate sobre as oportunidades e desafios do setor de árvores plantadas no contexto nacional e internacional. o que mostra o reconhecimento da relevância de nossas empresas e do Brasil diante dos demais mercados internacionais.

an important gain toward advances in competitiveness was the return of the Special Tax Reintegration Regime for Exporting Companies (Reintegra) to the market. Ibá and its member companies also worked to strengthen the introduction of the Rural Environmental Register (CAR). which will establish goals for forest production. which in December 2014 transferred the institutional locus of planted tree activities within the federal government from the Ministry of the Environment (MMA) to the Ministry of Agriculture. charcoal and other biomass for energy uses). trade defense. Although the government reduced the tax rate in 2015. paper.375. the measure became permanent. Livestock. laminate flooring. 7 . and besides paper. it now includes pulp. Ibá’s opening year began with a productive internal effort to increase synergy between the various segments of the planted tree industry. In the area of industry. detailing the industry’s performance in 2014.Message from Ibá The publication of Ibá 2015. wood panels and laminate flooring. marks the first anniversary of the Brazilian Tree Industry after the consolidation of the four associations that came together to form this organization. As a result. The results show that we are moving in the right direction with our efforts to strengthen the planted tree industry and its various products (wood panels. A key institutional topic during this period was the publication of Presidential Decree 8. This integration into other policies aimed at agribusiness will permit MAPA to coordinate the process of expansion in the industry over the next ten years through the National Policy on Planted Forests (PNFP). the green economy and new technologies. with sustainability always present as an underlying theme. in April 2015 Ibá signed an Agreement for Technical and Financial Cooperation with the Brazilian Foundation for Sustainable Development (FBDS) and the Brazilian Agricultural Research Corporation (Embrapa). It is an excellent opportunity to present the results of the major issues which guided the organization’s agenda during this period. This joint action will accelerate CAR in more than four thousand municipalities across Brazil. a MMA initiative designed to speed the deployment of the new Brazilian Forest Code. and Food Supply (MAPA). We learned a great amount by arriving at a common agenda. climate change. among other private partners. guided by topics like competitiveness. pulp. along with independent producers of planted trees and institutional investors. legislative security.

Ibá took steps to combat unfair competition that principally affects the
paper and laminate flooring segments. In the first case, the focus was on
negotiations to regulate the Registration and Control of Tax-Exempt Paper
(RECOPI Nacional), seeking to curb a practice that has caused significant
damage to companies. Till May 2015, 19 Brazilian states and the Federal
District have joined the system. With regard to laminate flooring, measures
were negotiated to avoid the false classification of imported products,
creating fair conditions in the market.
On the agenda in the area of competitiveness, payroll exemptions
continue to be extremely important for our member companies. Although
the topic is being reviewed by the government in the context of current fiscal
adjustments, Ibá will continue its efforts to retain this measure.
Since its inception, Ibá has been preparing for the United Nations
Conference on Climate Change, COP21, which in December 2015 will
define a new international accord to mitigate the effects of global warming.
Alongside its member companies, Ibá participates in various forums,
discussing proposals to assist in constructing commitments that the Brazilian
government should enter into during this meeting, duly recognizing planted
trees as a fundamental resource for meeting the country’s objectives for
mitigation and change.
We also would like to stress that Ibá is celebrating its first anniversary
as a member of the Private Sector Advisory Council (CONEX), an extension of
the Chamber of Foreign Trade (CAMEX) within the Ministry of Development,
Industry and Foreign Trade (MDIC). Together with other private sector
representatives, CONEX will contribute to the development of policies that
promote Brazilian exports.
Furthermore, on May 5, 2015, Ibá was appointed to chair the
International Council of Forest and Paper Associations (ICFPA), the premier
institutional agency for the global forest-based products industry. This is
the first time that an organization from the Southern Hemisphere has been
elected to this post, which illustrates the importance and relevance of our
companies and Brazil in international markets.
This report highlights some of the more significant strides in Ibá’s first
full year of activities, which involve the efforts of member companies as well
as the association. While there is plenty to celebrate, Ibá’s responsibility
to take further and decisive steps on behalf of its membership must not be
forgotten, especially given the current adversities in the national economic
scenario that demand focus, productivity and efficiency to broaden
discussion of the opportunities and challenges provided by the planted tree
industry, both domestically and internationally.
Happy reading!

Carlos A. Lira Aguiar
Chairman

8

“Caminhamos na
direção certa
para valorizar e
fortalecer o setor de
árvores plantadas
e os produtos
dele derivados.”

“We are moving in
the right direction
with our efforts
to strengthen
the planted tree
industry and its
various products.”

9

Índice / Table of Contents

CApítulo I / Chapter I
12 associadas da ibá

IBÁ MEMBERS
CApítulo II / Chapter II
14 o setor brasileiro de árvores plantadas

The Brazilian Planted Tree Industry
CApítulo III / Chapter III
19 a importância das associações estaduais

The Importance of State Associations
CApítulo IV / Chapter IV
23 desafios setoriais

Challenges in the Industry
CApítulo V / Chapter V
27 área de árvores plantadas

Areas with Planted Trees
28 Áreas certificadas

Certified areas
30 Área plantada por segmento industrial

Planted area by industrial sector
31 Produtividade florestal

Forest productivity
CApítulo VI / Chapter VI
33 desempenho industrial

Industrial Performance
34 Celulose e papel

Pulp and paper
37 Painéis de madeira reconstituída e pisos laminados

Wood panels and laminate flooring
39 Produtos sólidos de madeira

Solid wood products
40 Carvão vegetal

Charcoal

10

CApítulo VII / Chapter VII 42 importância econômica do setor Economic Importance of the Industry 43 Produto Interno Bruto setorial Industrial Gross Domestic Product 44 Arrecadação de tributos Corporate taxes 45 Contribuição para a balança comercial Contribution to the trade balance 47 Investimentos produtivos Productive investments 47 Geração de emprego e renda Employment and income generation CApítulo VIII / Chapter VIII 49 indicadores socioambientais Social and Environmental Indicators 50 Proteção de hábitats naturais Protection of natural habitats 52 Investimentos socioambientais Social and environmental investments 54 Mudanças climáticas Climate change 55 Matriz energética do setor Energy in the industry 56 Gestão de resíduos sólidos Management of solid waste Listas / List 59 Listas de figuras List of figures 60 Listas de siglas List of acronyms 11 .

Celulose Irani / Sirnei Strapassola Capítulo I associadas da ibá Chapter I IBÁ MEMBERS 12 .

A.A. TTG Brasil Investimentos Florestais Ltda. MD Papéis Ltda. ArborGen Tecnologia Florestal FuturaGene Brasil Tecnologia Ltda. Ibema – Cia. Trombini Embalagens S. Klabin S. de Papel e Celulose Santher – Fábrica de Papel Santa Therezinha S. Associações Estaduais / State Associations Abaf – Associação Baiana das Empresas de Base Florestal Associação Mineira de Silvicultura – AMS Abaf – Forest Plantation Producers Association of Bahia The Silviculture Association of Minas Gerais – AMS Aretins – Associação dos Reflorestadores do Tocantins Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal – APRE Tocantins Foresters Association – Aretins Paraná Forest Companies Association – APRE Associação Catarinense de Empresas Florestais – ACR Associação Paulista de Produtores de Florestas Plantadas – Florestar São Paulo Santa Catarina Association of Forest Entreprises – ACR Associação de Reflorestadores de Mato Grosso – AREFLORESTA São Paulo State Forest Plantation Producers Association – Florestar São Paulo Association of the Planted Forest Mato Grosso – AREFLORESTA Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas – Reflore MS Associação Gaúcha de Empresas Florestais – Ageflor Mato Grosso do Sul Planted Forest Producers and Consumers Association – Reflore MS Rio Grande do Sul Forest Companies Association – Ageflor Empresas Colaboradoras / Partners Akzo Nobel Pulp and Performance Química Ltda. Facepa – Fábrica de Papel da Amazônia S. Lwarcel Celulose Ltda.A.A.A.A. Pisa Indústria de Papéis Ltda. – Cenibra CMPC Celulose Riograndense CMPC Melhoramentos Copapa – Cia. (Eucatex) Eldorado Brasil Celulose S. Ramires Reflortec S.A. Papirus Indústria de Papel S.A. International Paper do Brasil Ltda. Brasileira de Papel Iguaçu Celulose. Albany International Tecidos Técnicos Ltda. Stora Enso Sudati Painéis Ltda. Celulose Nipo-Brasileira S. Empresas Produtoras / Companies Adami S. ECTX S. Paduana de Papéis Duratex S. Floresteca Gerdau Aços Longos S. Suzano Papel e Celulose S. Painéis e Serrados Bignardi Indústria e Comércio de Papéis e Artefatos Ltda.A. Brookfield BSC – Bahia Specialty Cellulose Celulose Irani S.A. – Madeiras Ahlstrom Brasil Indústria e Comércio de Papéis Especiais Amata Aperam BioEnergia Arauco Forest Brasil S. The Brazilian Tree Industry (Ibá) unites companies and state associations from the planted tree sector and its many areas of operation.A. Plantar Primo Tedesco S.A.A. Vallourec Veracel Celulose S.A. Fibria Floraplac MDF Ltda. Papel S. Melhoramentos Florestal Munksjö Brasil Indústria e Comércio de Papéis Especiais Ltda. 13 .A. SWM Schweitzer-Mauduit do Brasil Indústria e Comércio de Papéis Ltda.A. Sonoco do Brasil Ltda.A. MWV Rigesa Oji Papéis Especiais Ltda. RMS do Brasil Administração de Florestas Santa Maria Cia. Unilin Arauco Pisos Ltda.A.A. ArcelorMittal BioFlorestas Berneck S. Kimberly-Clark Brasil Indústria e Comércio de Produtos de Higiene Ltda. Pöyry Tecnologia Ltda. Fedrigoni Brasil Papéis Ltda.A Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) reúne empresas e associações estaduais do setor de árvores plantadas e seus diversos segmentos de atuação.A.A. Guararapes Painéis S. Fibraplac Painéis de Madeira S.

Acervo Veracel / Clio Luconi Capítulo II o setor brasileiro de árvores plantadas Chapter II The Brazilian Planted Tree Industry 14 .

recuperam áreas degradadas. water. são fontes de energia renovável e contribuem para a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa por serem estoques naturais de carbono (Figura 2). recover degraded areas. Besides their productive functions. With a planted area of only 7. various types of paper (packaging and wrapping. cardboard. papelcartão. since they naturally store carbon (Figure 2). demais produtos sólidos de madeira. As empresas do setor vêm intensificando ainda mais os investimentos para o desenvolvimento de bioprodutos inovadores. Companies in the industry have been further intensifying their investments to develop innovative bioproducts. the equivalent of 0. provide renewable energy and help to reduce greenhouse gas emissions. carvão vegetal e outras biomassas para fins energéticos. plywood panels. imprensa e especiais –. preserve the soil and river sources.9% of all of Brazil’s territory. which are essential to meeting future demands for food. furniture. It is important to note that among the different productive sectors in the Brazilian economy. the Brazilian planted tree industry is responsible for 91% of all the wood produced for industrial purposes in the country. É importante ressaltar que entre os diversos setores produtivos da economia brasileira. O setor de árvores plantadas reúne uma gama de empresas. laminate flooring. newsprint and special-use papers).74 million hectares. protegendo assim a biodiversidade. de imprimir e escrever. The main products of this activity are: pulp. Além das funções produtivas. os plantios de árvores desempenham importante papel na prestação de serviços ambientais: evitam o desmatamento de hábitats naturais. tree harvesting and wood transportation to transformation of wood into intermediate and end products. The planted tree industry brings together a wide range of companies. o que corresponde a 0. other solid wood products. água. colheita de árvores e transporte de madeira até a transformação da madeira em bens intermediários e finais. o setor brasileiro de árvores plantadas é responsável por 91% de toda a madeira produzida para fins industriais no País − os demais 9% vêm de florestas nativas legalmente manejadas. from specialized services such as producing and planting seedlings.9% do território nacional. painéis de madeira reconstituída. painéis compensados. Os principais produtos da atividade são: celulose.74 milhões de hectares. o setor de árvores plantadas é o que apresenta maior potencial de contribuição para a construção de uma economia verde. since companies in the industry are committed to using the best social and environmental practices. para fins sanitários (tissue). preservam o solo e as nascentes de rios. the remaining 9% comes from legally-managed native forests.Com área ocupada de apenas 7. the planted tree industry presents the greatest potential for constructing a green economy. passando pela prestação de serviços especializados como a produção e plantio de mudas. land and energy (Figure 1). wood panels. investidores e empreendedores que atuam desde o fornecimento de insumos e máquinas específicas para a atividade florestal. charcoal and other biomass for energy purposes. pois as empresas do setor estão comprometidas em utilizar as melhores práticas socioambientais. planted trees play an important role in providing environmental services: they prevent deforestation of natural habitats and protect biodiversity. pisos laminados. printing and writing. terra e energia (Figura 1). diversos tipos de papel – para embalagens. hygienic tissue. essenciais para atender à demanda futura da população por alimento. investors and entrepreneurs which provide inputs and infrastructure specific to forest activities. móveis. 15 .

de Oliveira Madeira fina e lenha Pulpwood and firewood Arquivo Ibá Klabin / Zig Koch Cavaco / Woodchips Fibria / Marcio Schimming Arquivo CMPC Riograndense Celulose Pulp Imprimir e escrever Printing and writing Embalagens Packaging Papelcartão Paperboard Tissue / Tissue Imprensa / Newsprint Especiais / Special Indústria gráfica Graphic industry 16 Indústria de embalagem Packaging industry Construção civil Housing Unilin Arauco / Agência Frame 1 123RF / Kasia Bialasiewicz Arquivo Ibá Ibá / Guilherme Balconi Consumo final / Final consumption Indústria moveleira Furniture industry . de Oliveira Áreas disponíveis Available areas Melhoramento genético Genetic improvement BSC / Gleison Rezende Arquivo Cenibra Arquivo International Paper BSC / Gleison Rezende BSC / Gleison Rezende Plantio de árvores e produção de madeira / Tree planting and wood production Mudas Seedlings Indústria Mill Plantio e manutenção Planting and maintenance Papel Paper Arquivo Ibá Fibra curta Hardwood pulp Fibra longa Softwood pulp Pasta de alto rendimento High-yield pulp Celulose solúvel Dissolving pulp Pesquisa e desenvolvimento Research and development Madeira grossa Logs BSC / Richard Mas Klabin / Mario V. Castello Cenibra / Paulo S.figura 1 / Figure 1 Setor brasileiro de árvores plantadas / Brazilian Planted Tree Industry Preparo do solo Soil preparation Cenibra / Paulo S.

Klabin / Marcio Bruno Arquivo CMPC Riograndense BSC / Gleison Rezende Colheita Harvesting Transporte Transportation Árvores plantadas Planted trees Segmentos industriais e principais produtos e serviços / Industrial sectors and main products and services Indústria química Chemical industry Ferro-gusa Pig iron Ferro-ligas Steel alloy Aço / Steel Indústria têxtil Textile industry Veracel / Eduardo Moody Pellets / Pellets Calor / Heat Eletricidade Electricity Indústria farmacêutica Pharmaceutical industry 123RF / welcomia Carvão vegetal Charcoal Arquivo Plantar Berneck Serrado Lumber Compensado Plywood Energia Energy Ibá / Guilherme Balconi Piso laminado Laminate flooring Cenibra / Paulo Sérgio de Oliveira MDF / MDF MDP / MDP HDF / HDF Hardboard Hardboard 123RF / robertsj Reprodução Duratex Divulgação Eucatex Painéis de madeira Wood panels Siderurgia a carvão vegetal Charcoal-fired steelworks Arquivo Ibá Serrados e compensados Lumber and plywood Indústria de energia Energy industry Fonte: Ibá e Pöyry (2014) / Source: Ibá and Pöyry (2014) 17 .

perseguir um ciclo de produção cada vez mais limpo e diversificar o uso econômico das árvores plantadas para ampliar os benefícios sociais gerados. figura 2 / Figure 2 Proteção de nascentes River sources protection Suzano / Ricardo Teles Arquivo International Paper BSC / Gleison Rezende Arquivo Celulose Irani Exemplos de Serviços Ambientais Prestados pelo Setor de Árvores Plantadas Examples of Environmental Services Provided by the Planted Tree Industry Proteção da biodiversidade Biodiversity protection Programas de fomento florestal Outgrower programs Klabin / Marcio Bruno Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 18 . seja no envolvimento de pequenos produtores por meio de programas de fomento florestal. maximize energy efficiency in the productive processes.Na prática isso se traduz em conservar a biodiversidade. maximizar a eficiência energética de seus processos produtivos. or by involving small producers through outgrower programs. pursue an ever-cleaner productive cycle and diversify the economic use of planted trees to boost the social effects they produce – whether through job opportunities and income. seja a partir de oportunidades de emprego e renda. It means to protect biodiversity.

BSC / Gleison Rezende Capítulo III a importância das associações estaduais Chapter III The Importance of State Associations 19 .

which favors the effectiveness of actions and demands. Brazil is composed of different cultures. The main benefit of this shared work is the strengthening of the institutions through aligning strategies at the federal and state levels. Ao lado das empresas. Consequently. the associations also seek to improve knowledge and perceptions about the planted tree industry among interested parties. Because of this structure. starting from a profound knowledge of this economic activity and its unique regional characteristics. 20 . mesmo que muitos desafios setoriais sejam comuns. atingindo frentes de desenvolvimento regional. and act as intermediaries so that regional topics can be handled on a national level. compartilhando boas práticas e experiências. social scenarios. state-focused activities demand a knowledge of regional policies and legislation. competitiveness and development of the planted tree industry. State associations also cooperate to improve interaction between all Ibá members. Assim. Bem estruturadas. a garantia da competitividade e o desenvolvimento do setor de árvores plantadas. as operações das empresas. quando necessário. atuando também como interlocutoras para que temas regionais sejam tratados nacionalmente. working together to facilitate company operations in this context. A articulação regional enriquece as decisões e estratégias de atuação. they also promote the reach and connectedness of industry initiatives throughout the productive chain.A consolidação do setor de árvores plantadas no País The consolidation of the planted tree industry in Brazil As nove associações estaduais que integram a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) contribuem para a promoção. as associações estaduais − que também se reúnem em um Comitê próprio − examinam temas da agenda setorial e oferecem insumos para o alinhamento das demandas nacionais. As associações estaduais também colaboram para ampliar a integração entre todos os associados da Ibá. a atuação com foco nos Estados favorece o conhecimento de políticas e regulamentações estaduais. nesse contexto. colaborando para viabilizar. O conhecimento das peculiaridades permite uma atuação focada no desenvolvimento de Estados e municípios. offer input towards complying with national demands. expanding the frontiers of regional development. Through the information and topics discussed in Ibá’s Thematic Committees. promovem ainda a capilaridade de iniciativas setoriais em toda a cadeia produtiva. On the corporate side. as well as organized and balanced decision-making. Aprofundam o debate de assuntos de caráter nacional que impactam nos Estados e de temas transversais aos diferentes segmentos da indústria de árvores plantadas. a partir de um profundo conhecimento dessa atividade econômica e de suas particularidades regionais. even though many challenges in this industry are shared. tornando-as mais assertivas e favorecendo o crescimento da cadeia produtiva de base florestal e a tomada de decisões de maneira organizada e equilibrada. Knowledge of these particularities allows for actions focused on the development of states and municipalities. They deepen the discussion of domestic issues that influence the states and themes that cut across the various sectors of the planted tree industry. o que favorece a efetividade de ações. O principal benefício dessa atuação em parceria é o fortalecimento institucional. the state associations (which also comprise their own Committee) examine themes on the sectorial agenda. por meio do alinhamento das estratégias em nível federal e estadual. O Brasil é formado por diferentes culturas. physical and geographic characteristics. sharing good practices and experiences. Regional connections enrich decisions and strategies. pleitos e demandas. cenários sociais e características físicas e geográficas. making them more assertive and favoring the organized growth of the forest-based production chain. Por meio de informações e temas debatidos nos Comitês Temáticos da Ibá. as associações buscam ainda melhorar o conhecimento e a The nine state associations affiliated with the Brazilian Tree Industry (Ibá) contribute to the promotion. when necessary. In their relations with public agencies.

que tratam de questões ambientais. By demonstrating that industry activities are often conducted in regions with a lower Human Development Index (HDI). No relacionamento com órgãos públicos. which enhances the contributions made by the industry to the Brazilian economy. Wood is always a valuable 21 . participam e apoiam eventos para apresentar a atividade e as boas práticas do setor. infrastructure. A ação conjunta entre as associações estaduais e a Ibá dá peso e representatividade compatível com a contribuição do setor para a economia brasileira. apesar das dificuldades econômicas a serem enfrentadas no curto prazo. entre outros temas. In major regional discussion forums. oferecendo subsídios e soluções técnicas para o encaminhamento de questões. ao demonstrar que as atividades são realizadas em áreas de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). infraestrutura. Nos principais fóruns decisórios regionais. participate in and support events to present the industry’s activities and good practices. reforçam a importância do setor para a economia nacional e regional.percepção sobre o setor de árvores plantadas entre as partes interessadas. the future of the industry is positive and promising. associations show the positive and multiplying effect that forest-based companies have in these municipalities and in the states. employment generation and quality of life in rural communities. Também promovem. they reinforce the industry’s importance to the national and regional economy. despite the economic difficulties that must be faced in the short term. a geração de empregos e a qualidade de vida nas comunidades rurais. the news media and organized civil society. Além disso. legisladores. fiscal incentives and investment promotion among other topics. legislators. A madeira sempre será uma For state associations. incentivos fiscais e promoção do investimento. offering support and specific technical solutions. which address environmental issues. imprensa e sociedade civil organizada. associations debate legislation and public policies related to the industry. o cenário futuro do setor é positivo e promissor. as associações debatem legislações e políticas públicas sobre o setor. mostram o efeito positivo e multiplicador das empresas de base florestal nesses municípios e nos Estados. Visão de futuro Vision of the future Para as associações estaduais. Associations also promote. Joint activities undertaken between the state associations and Ibá lend strength and representation to these actions.

municípios com baixo IDH. which are located in regions where the industry is active. A evolução dos conceitos de pagamentos por serviços ambientais permitirá que o manejo sustentável e certificado seja também um provedor de negócios ambientais. As árvores plantadas terão papel de destaque no cumprimento das metas nacionais. Com o crescimento da demanda. terão novas oportunidades de trabalho e geração de riqueza. atendendo diferentes setores produtivos. Assim. As a result. isso poderá levar a uma mudança no conceito do uso da madeira e. a partir do cultivo de árvores plantadas como alternativa econômica e ambientalmente viável. it will be possible to increase participation by smaller and mediumsized producers in the productive chain. from traditional ones to new areas that utilize wood as a key input. a emissão de gases que causam o efeito estufa. Planted trees will play an important role in meeting these national goals. renovável e ambientalmente correta. na preferência do consumidor por um produto proveniente de árvores plantadas. legal and environmental variables that surround activities related to planted trees at a national and state level is necessary. No longo prazo. as a result of Brazil’s commitments to reducing greenhouse gases. municipalities scoring low on the Human Development Index. greenhouse gas emissions.matéria-prima valiosa para a sociedade. Para isso. Além disso. making the importance of planted trees to environmental conservation ever clearer. Brazil has shot to the top of the worldwide planted tree industry. o Brasil se tornará expoente na indústria de árvores plantadas mundial. fortalecendo a remuneração pela manutenção dos serviços ecossistêmicos. deixando cada vez mais clara a importância das árvores plantadas para a conservação do meio ambiente. deforestation and consequently. With growing demand. renewable and environmentally correct raw material. strengthening compensation for maintaining the services that ecosystems perform. pois os cultivos se tornarão uma das principais fontes de matéria-prima. consequentemente. will have new opportunities for employment and generation of wealth. para que não se tornem barreiras ao desenvolvimento sustentável do setor. Dessa forma. é primordial que haja uma reflexão sobre as variáveis políticas. The change in the concepts of payments for environmental services will allow sustainable and certified management to also be an environmental business provider. valuing sustainable regional development based on growing planted trees as an economically and environmentally viable alternative. reinforcing the fact that they reduce pressure on native forests. O setor também buscará uma integração ainda maior com a sociedade. since its crop has become one of the top sources of raw materials that supplies various productive sectors. também. To do so. por conta dos compromissos do Brasil de redução dos gases de efeito estufa. so that these do not become barriers to sustainable development within the industry. reforçando que elas reduzem a pressão sobre as matas nativas. o desmatamento e. this activity will continue to grow in importance. reflection on the political. o que também impactará de forma positiva a demanda. 22 raw material for society. a atividade ganhará mais importância. The industry will pursue even greater integration with society. which will also lead to positive impacts on demand. this may lead to a change in the concept of wood use and in consumer preference for products derived from planted trees. legais e ambientais que envolvem as atividades de árvores plantadas em nível nacional e estadual. valorizando o desenvolvimento regional sustentável. Furthermore. será possível incrementar a participação dos pequenos e médios produtores na cadeia produtiva. . they are a low impact. nos quais o setor atua. In the long term. Consequently. In addition. Mais que isso: são uma matéria-prima de baixo impacto. dos tradicionais a novos segmentos que utilizarão a madeira como principal insumo.

BSC / Gleison Rezende Capítulo IV desafios setoriais Chapter IV Challenges in the Industry 23 .

A estabilidade econômica resultou na redução do desemprego e no aumento da renda das famílias (Figura 3). The population has grown from 141 million to 204 million. Democracy has strengthened. A democracia consolidou-se e as taxas de escolaridade. One of the effects of this process was the loss of overall industrial competitiveness. no entanto. Um efeito colateral desse processo. o Produto Interno Bruto brasileiro (PIB) quase dobrou.2 trilhão para US$ 2. passando de US$ 1. 1994-2014 Feedback Cycle in the Brazilian Economy. em especial da indústria brasileira de árvores plantadas. Over this period. infant mortality and life expectancy have improved significantly. A população cresceu de 141 milhões para 204 milhões de pessoas. mortalidade infantil e expectativa de vida melhoraram significativamente. foi a perda drástica de competitividade da indústria nacional. é obrigada a conviver com desafios específicos. Nesse período. que trouxe a economia brasileira para a situação de fragilidade em que se encontra atualmente. no longo prazo.O Brasil mudou substancialmente nos últimos 20 anos. including in the planted tree industry which has been forced to deal with structural issues and specific challenges such as: • complex environmental legislation which is difficult to implement. and the rates of education. que além de questões estruturais. the Brazilian Gross Domestic Product (GDP) has almost doubled. This economic stability has resulted in reduced unemployment rates and higher family incomes (Figure 3).2 trillion to US$ 2. During this period.2 trilhões. 1994-2014 Expansão do crédito Expansion of credit Programas sociais Social programs Bônus demográfico Aumento da renda Crescimento do consumo Increased income Growth in consumption Previsibilidade Demographic bonus Predictability Geração de emprego Estabilidade econômica Job creation Economic stability Política econômica Economic policy Crescimento da economia Aumento dos investimentos Growth in the economy Increased investment Demanda externa por commodities External demand for commodities Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 24 . however. • credit policies which are incompatible with the figura 3 / Figure 3 Ciclo de Retroalimentação da Economia Brasileira. growing from US$ 1. the Brazilian government did not complete the structural reforms and infrastructure investments required to maintain the positive performance of a national economy.2 trillion. O Brasil. não soube tirar vantagem desse ciclo virtuoso para realizar as reformas estruturais e os investimentos em infraestrutura tão necessários para a manutenção do bom desempenho da economia de um país. por exemplo: Brazil has changed substantially over the past 20 years.

particularly in Brazil.5 bilhões de habitantes em 2050. • restrições para aquisição de terras por empresas brasileiras com maioria de capital estrangeiro.2 billion cubic 25 . o custo de produção de madeira no Brasil era 40% inferior ao custo dos Estados Unidos. biotechnology and genetic improvements. como inovação. porém. projeta que a demanda por madeira para uso industrial e geração de energia long-term reality of forest cultivation.) com a estagnação da produtividade da mão de obra. • restrictions on land acquisition by Brazilian companies with a majority share of foreign capital. houve uma valorização de 20% do Real em relação ao Dólar.) with no increasing in labor productivity.9%. o desafio de atender à demanda por alimentos e recursos naturais de um planeta cada vez mais demandante gerará oportunidades em muitos países. medida pelo Índice Nacional de Custos da Atividade Florestal (INCAF-Pöyry). enquanto a inflação nacional medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) atingiu 6. aproximadamente. while national inflation as measured by the National Consumer Price Index (IPCA) reached 6.5 billion hectares of land with agricultural crops.5 billion by 2050. a partir do aumento da população e do consumo per capita. o que mais pesou foi a combinação do aumento real dos salários (12% a. During this period. Apesar de mundialmente ser incontestável a liderança tecnológica do setor brasileiro de árvores plantadas. por já ser um país de destaque no mercado internacional de commodities agrícolas e florestais. in the last 14 years it has become more expensive to produce wood in the country. Considering current levels of productivity. Considerando os níveis atuais de produtividade. o que exigirá aumentar em 70% a produção de alimentos do planeta. especialmente no Brasil. but by the end of 2014 the Brazilian advantage did not reach 10%.9%. Em 2000.5 bilhões de hectares de terras. based on projected population and per capita consumption increases. foi de 7. • the existence of stimulus for consumption of fossil fuels and their byproducts (gas and crude oil) to the detriment of renewables and forest biomass.• legislação ambiental complexa e de difícil aplicabilidade. A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) prevê uma população mundial de. Ainda nesse âmbito. • a lack of financial backing for research in strategic areas such as innovation. the challenge of meeting demands for food and natural resources for an ever more demanding planet will generate opportunities in many countries. since it is already a nation that stands out in the international market for agricultural and forest-based commodities. On the other hand. • falta de amparo financeiro às pesquisas em áreas estratégicas. Por outro lado.4% (Figure 4). biotecnologia e melhoramento genético. this would mean occupying an additional 2. • escassez de acordos internacionais. nos últimos 14 anos tornou-se caro produzir madeira no País.a. este acréscimo significaria ocupar adicionalmente com culturas agrícolas cerca de 2. Inflation in the planted tree industry in 2014 alone as measured by the National Index for Forest Activity Costs (INCAFPöyry) was 7. mas no final de 2014 a vantagem brasileira não chegava a 10%.a. Nesse período. Somente em 2014. In 2000. there was a 20% appreciation of the Real in relation to the US Dollar. Although the Brazilian planted tree industry’s technological leadership is undeniable around the world. • política de crédito incompatível com a realidade de longo prazo da silvicultura.4% (Figura 4). a inflação do setor de árvores plantadas. but an even sharper impact came from the combination of the real increase (minus inflation) in salaries (12% p. Furthermore. • scarcity of bilateral and multilateral trade agreements involving Brazil. The United Nations Food and Agriculture Organization (FAO) foresees a global population of 9. the cost of producing wood in Brazil was 40% less than in the United States. FAO estimates that the demand for wood for industrial purposes and energy generation will reach 5. 9. which will require a 70% increase in worldwide food production. a mesma instituição. • existência de estímulos ao consumo de derivados de petróleo (gás e óleo bruto) com prejuízo aos renováveis e à biomassa florestal.

O Brasil. Para se adaptar a esse novo contexto mundial. In this direction. a biotecnologia. better shape. particularmente relevantes por conta dos efeitos das mudanças climáticas.figura 4 / Figure 4 Aumento do Custo de Produção da Madeira versus Inflação Brasileira (IPCA) Increase in the Cost of Wood Production versus Brazilian Inflation (IPCA) INCAF (R$) 500 Número índice / Index INCAF (US$) IPCA 400 300 200 100 0 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 2014 Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) chegará a 5.2 bilhões de metros cúbicos por ano. cold or salinity. conciliando a produção sustentável dos chamados 4Fs (do inglês food. é um dos poucos países capazes de fornecer ao mundo commodities limpas. disease. associada às técnicas convencionais de melhoramento genético. graças às suas condições edafoclimáticas (relação espécie-solo-clima para plantio). In order to adapt to this new worldwide context. ao frio ou à salinidade. energy and a wide range of bioproducts that are currently being developed. which will require the additional planting of nearly 210 million hectares of eucalyptus worldwide. as empresas do setor estão se debruçando sobre o desafio de aprimorar as técnicas de uso da terra. land availability and the technology developed by its companies. reconciling sustainable production of the 4Fs (food. drought. fiber. Nesse sentido. considering current production levels. fuel and forests). da água e dos demais recursos. energia e uma gama de bioprodutos que estão em fase de desenvolvimento. 26 meters per year. energy and other resources. biotechnology associated with conventional genetic improvement techniques has been standing out as an instrument for overcoming these challenges. um acréscimo de 40% nos próximos 35 anos. A inovação tecnológica levará ao cultivo de árvores com características específicas. à seca. but also to performance in the continuous search for viable solutions. companies in the industry are addressing the challenge of updating their techniques concerning the use of land. fuel and forests). Technological innovation will lead to the cultivation of trees with specific characteristics such as greater productivity. . fiber. higher density or greater quantity of fibers and resistance to pests. mais quantidade de fibras e resistência a pragas e doenças. vem se destacando como instrumento para superar esse desafio. sua disponibilidade de terras e à tecnologia desenvolvida pelas empresas nacionais. o que torna importante não só o diagnóstico dos entraves para o desenvolvimento do setor. with these last few characteristics particularly relevant considering the effects of climate change. water. melhor forma. mais densidade. mas também o empenho para a busca contínua de soluções viáveis. Brazil is one of the few countries capable of providing the world with clean commodities. which adds importance not only to the diagnosis of the bottlenecks standing in the way of industrial development. tais como mais produtividade. considerando os níveis atuais de produtividade. Due to its soil and climatic conditions. o que exigiria o plantio adicional de cerca de 210 milhões de hectares de eucalipto em todo o mundo. a 40% increase over the next 35 years.

Klabin / Zig Koch Capítulo V área de árvores plantadas Chapter V Areas with Planted Trees 27 .

an increase of 1. teak.2%). 1. 23.60 million hectares (53%) are certified exclusively by FSC. este último representado no Brasil pelo Programa Nacional de Certificação Florestal (Cerflor).9% of the Brazilian territory.59 million hectares and are concentrated in Paraná (42.1%). Besides the planted tree areas. The area of planted trees for industrial purposes in Brazil totaled 7.2% por agricultura e 3.1% estavam cobertos por hábitats naturais.9% of the total. 66. dos 851 milhões de hectares do território nacional. Of the area of planted trees with certification in Brazil. environmental services and community 28 . Além das árvores plantadas.60 milhões de hectares (53%) são certificados exclusivamente pelo FSC e outros 0.1%). rubber and paricá are among the other species planted in the country (Figure 5).58 milhão de hectares (12%) exclusivamente pelo Cerflor/PEFC (Figura 6).4%) and in Santa Catarina (34. como o Forest Stewardship Council (FSC) e o Programme for the Endorsement of Forest Certification Schemes (PEFC).6%) and Mato Grosso do Sul (14.5% por redes de infraestrutura e áreas urbanas.74 milhões de hectares de árvores plantadas no Brasil.A área de árvores plantadas para fins industriais no Brasil totalizou 7. Eucalyptus plantations covered 5.3% were used as pasture.59 milhão de hectares e concentram-se no Paraná (42. of the 851 million hectares of land in Brazil.74 million hectares of planted trees in Brazil.6%) e Mato Grosso do Sul (14. 66. 6.8% over 2013. São Paulo (17. Áreas Certificadas Certified Areas Uma das ferramentas adotadas pelas empresas do setor para demonstrar a sustentabilidade da cadeia produtiva de árvores plantadas e o comprometimento com as questões ambientais e sociais é a certificação florestal. teca. 4.56 million hectares of the total area of planted trees in the country. 2. representing 71. Os plantios de pinus ocupam 1. Acacia. seringueira e paricá estão entre as outras espécies plantadas no País (Figura 5).58 million hectares (12%) are exclusively certified by Cerflor/PEFC (Figure 6).74 million hectares in 2014. Esse total corresponde a apenas 0. A certificação é uma garantia. and are located mainly in the states of Minas Gerais (25.56 milhões de hectares da área de árvores plantadas no País. represented in the country by the Brazilian Forest Certification Program (Cerflor).1% were covered with natural habitat.74 milhões de hectares em 2014. e estão localizados principalmente nos Estados de Minas Gerais (25.2%). Da área certificada. o que representa 71. Pine plantations occupy 1. 23. serviços ambientais e engajamento de comunidades.70 milhão de hectares (35%) são certificados conjuntamente pelos programas FSC e Cerflor/PEFC.88 million hectares (63%) are certified by independent organizations such as the Forest Stewardship Council (FSC) and the Programme for the Endorsement of Forest Certification Schemes (PEFC). Of a total of 7.4%) e em Santa Catarina (34. São Paulo (17.5% accounted for infrastructure networks and urban areas. 1. São passíveis One of the tools adopted by companies in the industry to demonstrate the sustainability of the planted tree productive chain and its commitment to environmental and social issues is forest certification. aumento de 1.2% were planted with crops and 3.88 milhões de hectares (63%) são certificados por organizações independentes. Certifications are internationally recognized schemes that allow for the identification of goods produced through sharply restrictive and specific practices in various aspects related to natural resources. Do total de 7.70 million hectares (35%) are certified jointly by the FSC and Cerflor/ PEFC programs.3% ocupados por pastagens.9% do território brasileiro. and another 0.8% em relação a 2013. 4.5%).9% do total. The total planted area corresponds to only 0. 6.5%). Os plantios de eucalipto ocupam 5. Acácia. que permite identificar bens produzidos por meio de práticas restritivas e específicas nos vários aspectos ligados aos recursos naturais. 2. internacionalmente reconhecida.

249 300.674 5.302 MT 187.2% 3.592 597.653 1.751 RS 309.936 61.087 5.74 PI TO 5.660 15.588.334 PA 125.334 - - 211.564 430 45.8% AP 0.996 90.769 16.025 - 1.089 673.944 541.736.figura 5 / Figure 5 Área de Árvores Plantadas no Brasil.157 - 56.961 PI 31.147 1.57 1.56 0.876 161.329 PR 224.47 BA MT GO 2013 MG MS 2014 ES SP Eucalipto / Eucalyptus Pinus / Pine PR Outras / Others SC RS Área de árvores plantadas por Estado e espécie Area of planted trees by state and species Representação da dimensão da área plantada Representation of the dimension of planted area Área plantada com árvores (ha) Area of planted trees (ha) Estado State Eucalipto Pinus Outras Eucalyptus Pine Others Eucalipto / Eucalyptus 1. 2014 Evolução da área de árvores plantadas Evolution of the area of planted trees Distribuição das árvores plantadas por Estado Distribution of planted trees by state milhões (ha) / million (ha) ∆ = + 1.384 AP 60.190.997 588.558.56 5.59 1.162 6.585 103.000 833.232 39.699 7.808 6.9% Áreas naturais / Natural areas Áreas urbanas / Urban areas Pastagens / Pastures Árvores plantadas Planted trees Agricultura / Agriculture Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 29 .368 197.60 7.5% 0.171 Uso do solo no Brasil Land use in Brazil 66. 2014 / Areas of planted trees in Brazil.297 5.521 Outras / Others Total Total MG Total Total Pinus / Pine 7.135 23.186 123.307 SC 112.339 ES 228.000 246.000 671.781 2.1% 23.400.297 9.090 - 113.113 MS 803.499 34.834 BA 630.212 - - 31.255 914.125 184.645 660.478 TO 115.140 74.3% 6.313 1.870 GO 124.445.000 138.212 Outras Others 18.110 - 72.441 MA 211.219 SP 976.59 MA PA 7.

For example. que são os estágios da produção.88 million (ha) 35% FSC / FSC FSC e Cerflor FSC and Cerflor 53% Cerflor / Cerflor Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) de certificação o manejo florestal e a cadeia de custódia. The second largest share. Certification applies to both forest management and the chain of custody. The mean productivity of Brazilian .74 milhões (ha) 7. The charcoal-fired steelworks and wood panel and laminate flooring segments complete the distribution of the area planted with trees (Figure 7). distribution and sales of a forest-based product. 2014 Área não certificada Non-certified area Área certificada Certified area 37% 63% 7.74 million hectares of planted trees in Brazil. is held by independent operators and participants in outgrower programs (small and medium-sized producers) who invest in forest plantations as a source of income based on the sale of roundwood. in Brazil 140 thousand hectares of land are demanded to produce 1. In this case.2% of the planted trees in Brazil. 26. the country is the second most significant destination for investments in this area. the wood is tracked from a certified forest through to the final product. 2014 Certified Area. the manufacturer undergoes a detailed process of evaluation and audit.74 million (ha) Planted Area by Industrial sector 12% 4. a madeira é rastreada de uma floresta certificada até o produto final. Neste caso. Área Plantada por Segmento Industrial Do total de 7. para receber o selo. Forest Productivity The global success of the Brazilian planted tree industry is the result of the high productivity of the plantations in the country. a fifth of the area needed in Scandinavia (Figure 8). 30 engagement. uma empresa aumenta sua credibilidade e se diferencia das demais pelo fato de apresentar garantias quanto à adoção do manejo florestal adequado e passa a dispor de um instrumento importante para conquistar novos mercados e aprimorar a gestão corporativa já que.88 milhões (ha) 4. o fabricante passa por um processo de avaliação e auditoria. Currently. Of the 7. it also acquires a significant instrument for conquering new markets and updating corporate management. By certifying processes and products. since in order to receive the seal. distribuição e venda de um produto de origem florestal.5 million tons of pulp per year. behind the United States.figura 6 / Figure 6 Área Certificada. which consists of the stages of production.74 milhões de hectares de árvores plantadas no Brasil.8%. which concentrates 66%. Brazil again retained its leading position in the global rankings of forest productivity. Ao certificar processos e produtos. In 2014. It is important to note that financial investors or Timber Investment Management Organizations (TIMOs) hold 10. 34% pertencem a empresas do segmento de celulose e papel. a company increases its credibility and stands out from the competition because it reaffirms its efforts with regard to the adoption of appropriate forest management. with 29% of the total invested in timberland. 34% belong to companies in the pulp and paper segment.

while the productivity of pine plantations was 31 m³/ha. um quinto da área necessária na Escandinávia (Figura 8). entre 2008 e 2014. Brazilian forestry-based companies have prioritized maintaining significant investments in research and development. Historicamente. com 26.2% 7.7% per year from 1970 to 2008) compared to 2.3% per year. Os segmentos de siderurgia a carvão vegetal e de painéis de madeira reconstituída e pisos laminados completam a distribuição das áreas de árvores plantadas (Figura 7).6% for Latin America.8% 3. o Brasil manteve mais uma vez sua liderança no ranking global de produtividade florestal.6% da América Latina.3% ao ano. que concentram 66%.9% para o conjunto de países em desenvolvimento (Figura 10). 0.4% 3.year. no Brasil.2% dos plantios de árvores no Brasil.2% 34.8%. A produtividade média dos plantios brasileiros de eucalipto atingiu 39 m³/ha. 0.ano (Figura 9). primarily seeking to improve the genetics of the plantations and forest management techniques. between 2008 and 2014 eucalyptus productivity in Brazil grew around 0. eucalyptus plantations reached 39 m³/ha. Por exemplo. O melhor exemplo do sucesso dessa estratégia foi o impressionante desenvolvimento da produtividade do eucalipto no Brasil – 5.year (Figure 9).6% Celulose e papel / Pulp and paper Produtores independentes e fomentados Independent forest producers and outgrowers Siderurgia a carvão vegetal / Charcoal-fired steelworks Investidores financeiros / Financial investors Painéis de madeira e pisos laminados Wood panels and laminate flooring Serrados.No segundo lugar. Em 2014. The best example of the success yielded by this initiative was the marked increase in productivity of eucalyptus in Brazil (5. buscando primordialmente a melhoria da genética dos plantios e das técnicas de manejo florestal.7% ao ano no período de 1970 a 2008 – comparativamente aos 2. com 29% do montante total de investimentos na atividade. encontram-se proprietários independentes e fomentados (pequenos e médios produtores) que investem em plantios florestais como fonte de renda a partir da comercialização da madeira in natura.74 milhões (ha) 7.8% 15. Hoje.74 million (ha) 10. É importante ressaltar que os investidores financeiros ou TIMOs – do inglês Timber Investment Management Organizations – detém 10. Produtividade Florestal O sucesso global da indústria brasileira de base florestal é resultado da alta produtividade das árvores plantadas no País. atrás somente dos Estados Unidos.0% 6. furniture and other solid products Outros / Others Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 31 . as empresas brasileiras do setor priorizaram a manutenção de investimentos em pesquisas e desenvolvimento. Historically.9% in developed countries and 1. móveis e outros produtos sólidos Lumber. a produtiividade do eucalipto no Brasil cresceu por volta de 0. 2014 Composition of Planted Trees Area per Sector. Em decorrência da natural redução dos ganhos incrementais de programas de melhoramento clássico ao longo do tempo. a área florestal necessária para a produção de 1.5 milhão de toneladas de celulose por ano é de 140 mil hectares. 2014 26.9% for developing countries overall (Figure 10). figura 7 / Figure 7 Composição da Área de Árvores Plantadas por Segmento. As a result of the natural reduction in incremental gains from classic improvement programs over time.9% dos países desenvolvidos e 1.ano e a produtividade dos plantios de pinus foi de 31 m³/ha. o País já é o segundo principal destino dos investimentos em ativos florestais.

figura 8 / Figure 8 Área para Abastecer uma Planta de Celulose de 1.year Eucalipto / Eucalyptus Pinus / Pine 39 31 22 15 18 20 18 14 EUA USA África do Sul South Africa 23 22 Chile Chile 16 Austrália Australia 18 China China Brasil Brazil Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) figura 10 / Figure 10 Evolução da Produtividade do Eucalipto no Brasil. 1970-2014 m³/ha.ano / m³/ha. 1970-2014 Development in Eucalyptus Productivity in Brazil.5 million t/year Capacity Escandinávia Scandinavia 720 mil (ha) 720 thousand (ha) China China 300 mil (ha) 300 thousand (ha) Brasil Brazil 140 mil (ha) 140 thousand (ha) Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) figura 9 / Figure 9 Produtividade Florestal no Brasil versus Outros Importantes Players Mundiais Forest Productivity in Brazil versus Other Significant Players Worldwide m³/ha.ano / m³/ha.5 milhão de t/ano Area Demanded to Supply a Pulp Mill with 1.year 60 45 30 15 0 1970 2014 Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 32 .

Arquivo Plantar Arquivo ibá Capítulo VI desempenho industrial Chapter VI Industrial Performance 33 Divulgação Eucatex Reprodução Duratex Veracel / Eduardo Moody Klabin / Mario V. Castello BSC / Richard Mas Fibria / Marcio Schimming .

O volume exportado totalizou 10. o Brasil manteve-se no quarto lugar no ranking dos países produtores de celulose de todos os tipos e como primeiro produtor mundial de celulose de eucalipto.40 milhões de toneladas em 2014.46 million tons. enquanto o volume consumido no mercado interno cresceu 2.61 million tons and the volume consumed in the internal market grew 2. a soma das riquezas produzidas no ano passado chegou a R$ 5. the sum of wealth produced in the past year reached R$ 5. Brazil maintained fourth place among countries that produce pulp of all types.1% em 2014. which in 2014 reached 9. considering short-fiber (eucalyptus).4 7. practically stable compared to 2013. registrando o pior resultado entre as principais economias do mundo.A economia brasileira cresceu apenas 0.1 0. long-fiber (pine) and high-yield pulp.84 million tons (-1. 8.1% in 2014.1%). o setor brasileiro de árvores plantadas encerrou 2014 com resultado positivo em seus principais indicadores de desempenho.4 % por ano / % per year Argentina Argentina Brasil Brazil Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) Celulose e Papel Pulp and Paper A produção nacional de celulose em 2014. Despite the adverse economic scenario.2%. The Brazilian economy grew only 0. This is the worst result since 2009.52 trilhões e o PIB per capita caiu a R$ 27.52 trillion and GDP per capita fell to R$ 27.81 million tons (-0. ano da crise internacional. and first place in worldwide production of eucalyptus pulp.5 1. Em valores correntes.2% (Figura 12).46 milhões de toneladas. As razões que explicam esse desempenho são a retração do consumo doméstico.2% (Figure 12). 8.7% (Figura 11). mantendo-se praticamente estável em relação a 2013. was 16. que em 2014 atingiu Domestic pulp production in 2014.2 7.2 2. Em 2013. Esse é o pior resultado desde 2009.40 million tons in 2014. With this result.2%.8% greater than in 2013.61 milhões de toneladas. figura 11 / Figure 11 Variação do PIB por País / Variation in gdp by country China China Índia India EUA USA México Mexico Chile Chile 0. foi de 16. Exported volumes totaled 10. In 2013. when the global financial crisis occurred and the Brazilian economy retracted 0. the economy had grown 2. Com esse resultado. the Brazilian planted tree industry closed 2014 with positive results for its main performance indicators. The reasons that explain this performance are the retraction in the domestic economy. registering one of the worst performances among the world’s major economies.2 mil.2 thousand.4%) and the drop in exports to 1. In current values.8 2.8% maior do que em 2013. a economia havia crescido 2. Apesar do cenário econômico adverso. Brazilian paper production totaled 10. 34 . considerando-se fibra curta (eucalipto) e longa (pinus) e pasta de alto rendimento. A produção brasileira de papel totalizou 10. quando a economia recuou 0.7% (Figure 11).

em 2.1%). A maior parte das empresas brasileiras produtoras de celulose e/ou papel estão localizadas nas regiões Sul e Sudeste do País (Figura 14). A produção de papéis para imprimir e escrever permaneceu praticamente estável.50 Fibra curta / Hardwood pulp Fibra longa / Softwood pulp Pasta de alto rendimento / High-yield pulp Milhões (t) Million (t) 64% 36% Exportação / Exports Mercado doméstico / Domestic market Fonte: ibá. respectivamente.0% and 3.88 3º Canadá Canada 17.2% respectively.2%. the tissue and packaging segments expanded production by 2. The majority of Brazilian companies producing pulp and/or paper are located in the South and Southeast regions of the country (Figure 14).81 milhões de toneladas (-0.figura 12 / Figure 12 Principais Indicadores do Segmento de Celulose / Main Indicators in the Pulp Sector Produção de celulose Pulp production Principais países produtores Main producers Destino da celulose brasileira Destination of Brazilian pulp milhões (t) / million (t) País / Country ∆ = + 8.84 milhão de toneladas (-1. acompanhando uma tendência mundial. e a queda das exportações para 1.52 1.4% respectively. Já o desempenho dos segmentos de imprimir e escrever e de papel imprensa.84 16.77 2013 14. A maior queda foi observada na produção de papel imprensa que. Entre os diversos produtos da indústria brasileira de papel. respectivamente. performance in the printing and writing paper and newsprint segments was negatively impacted by macroeconomic factors as well as the migration from print media outlets to digital media and electronic reading devices (Figure 13). while production of cardboard and special papers fell by 5.46 15. também foi negativamente impactado pela substituição de parte dos veículos de comunicação e produtos impressos por mídias digitais e dispositivos de leitura eletrônicos (Figura 13). os segmentos de papéis para fins sanitários (tissue) e para embalagens expandiram a produção em relação a 2013. 35 . cardboard and special papers.46 5º Suécia Sweden 11. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá.49 1.42 2º China China 18.4%). Newsprint production suffered the largest drop at 18%. o desempenho dos segmentos de papéis para embalagem. As produções de papelcartão e papéis especiais apresentaram retração de 5. Em 2014. Among products made by the Brazilian paper sector.29 4º Brasil Brazil 16. Lower consumption of Brazilian families and droping in the production of non-durable goods were directly related to weak performance in the segments of packaging. At the same time. além do impacto dos aspectos macroeconômicos.0% e 3. papelcartão e papéis especiais esteve diretamente relacionado com a retração do consumo das famílias brasileiras e com a redução da produção de bens não duráveis no País.15 2014 1º EUA USA 57.82 12.13 0.4%. keeping step with a global trend.8% 0.4% and 0.4% e 0. retraiu 18%. secex and Pöyry (2014) 9. The production of paper for printing and writing remained stable.

40 Mercado doméstico / Domestic market Variação da produção (2013. secex and Pöyry (2014) figura 14 / Figure 14 Distribuição Geográfica das Empresas Produtoras de Celulose e Papel Geographic Distribution of the Companies Producing Pulp and Paper RR AP AM MA PA CE RN PB PE AL PI AC TO RO SE BA MT GO MG MS ES SP RJ PR SC RS Fonte: ibá.88 25. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá.49 82% Exportação / Exports 10.44 2º 4º 5º 2013 Milhões (t) Million (t) País / Country ∆ = – 0.0% Papel imprensa / Newsprint Fonte: ibá. 2014) / Production variation (2013.4% 0. secex and Pöyry (2014) 36 .61 72.4% Papéis especiais / Special paper -5.10 11. 2014) 2.0% Papelcartão / Cardboard -18.2% Embalagem / Packaging Papel de imprimir e escrever Printing and writing paper -3. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá.figura 13 / Figure 13 Principais Indicadores do Segmento de Papéis / Main Indicators in the Paper Sector Produção de papéis Paper production Principais países produtores Main producers milhões (t) / million (t) 1º 3º 10.12 22.2% Tissue / Tissue -0.40 10.4% 9º 2014 Destino do papel brasileiro Destination of Brazilian paper China China EUA USA Japão Japan Alemanha Germany Suécia Sweden Brasil Brazil 18% 106.

2%. cuja variação foi de -2.5% e 5.38 3. MDF and HDF: Medium Density Fiberboard and High Density Fiberboard are composed of wood fibers with less than 20% humidity in the production line.79 5º Turquia Turkey 8. 37 . Larger particles are placed in the center and thinner ones on the outside surfaces. que se intensificou ao longo de 2014.89 7. / 1.36 4.6% em relação a 2013 (Figura 15). alta de 1. combined with changes in federal government programs to encourage consumption and led to reduced purchases of various products including furniture. using a dry process. levaram à redução das compras de diversos produtos.1% in relation to 2013.98 95% Exportação / Exports Mercado doméstico / Domestic market Fonte: ibá. a construção civil brasileira foi duramente afetada pelo pessimismo em relação à economia nacional. e densidade ao redor de 600 kg/m³ a 900kg/m³. exports of panels reached 421 thousand cubic meters. No entanto. incluindo móveis.98 million cubic meters in 2014. and a density of around 600 kg/m³ to 900 kg/m³. which intensified throughout 2014. an increase of 1.Painéis de Madeira Reconstituída e Pisos Laminados Wood Panels and Laminate Flooring A produção de painéis de madeira reconstituída atingiu 7.2%. principal segmento consumidor de painéis de madeira no Brasil. These panels are essentially produced by the action of heat and pressure. creating three layers. Em 2014.5% and 5.48 3º Alemanha Germany 10.15 2013 MDF / MDF 2014 MDP / MDP HDF / HDF China 1º China Milhões (m³) Million (m³) Destino dos painéis brasileiros Destination of Brazilian wood panels 5% 148. Nevertheless.5% respectivamente. the reduction in credit and workdays figura 15 / Figure 15 Principais Indicadores do Segmento de Painéis de Madeira Reconstituída Main Indicators in the Wood Panel Sector Produção de painéis de madeira reconstituída / Production of wood panels Principais países produtores Main producers País / Country milhões (m3) / million (m3) ∆ = + 1. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá. In this context. MDF e HDF: Medium Density Fiberboard e High Density Fiberboard são constituídos por fibras de madeira com umidade menor que 20% na linha de formação. sales of wood panels in the domestic market shrank by 2. with the addition of a synthetic adhesive. alta de 20.7%. Deteriorating confidence in the Brazilian economy.61 2º EUA USA 18. no mesmo período. A deterioração da confiança na economia brasileira. A produção de MDF1 aumentou 6. enquanto as produções de HDF1 e MDP2. Nesse contexto. pela redução do crédito imobiliário The production of wood panels reached 7.62 7º Brasil Brazil 7.6% compared to 2013 (Figure 15). por processo seco. while production of HDF1 and MDP2 fell 2. MDP: Medium Density Particleboard is a panel produced by the agglomeration and compacting of wood particles positioned in different ways under the joint action of heat and pressure. the principal segment consuming wood panels in Brazil. as exportações atingiram 421 mil metros cúbicos. / 2. In 2014.50 4º Canadá Canada 8. somada a alterações nos programas do governo federal para incentivo ao consumo.98 milhões de metros cúbicos em 2014.43 4.1% 0. as vendas domésticas de painéis de madeira reconstituída recuaram 2.1% em relação a 2013. com as maiores dispostas ao centro e as mais finas nas superfícies externas formando três camadas. Esses painéis são produzidos basicamente sob a ação de calor e pressão com adição de adesivo sintético. respectively.8%.7%.20 7. MDP: Medium Density Particleboard é um painel produzido pela aglutinação e compactação de partículas de madeira posicionadas de forma diferenciada sob a ação conjunta de pressão e calor.8%.98 0.5% in the same period. diminuíram 2. Production of MDF1 increased 6. 2.35 3. secex and Pöyry (2014) 1. Brazilian housing was strongly affected by pessimism related to the domestic economy. this segment retracted by 2. a gain of 20.

87 million square meters. Existem no Brasil 18 unidades produtoras de painéis de madeira reconstituída e/ou pisos laminados. In Brazil. which were lost because of the soccer World Cup. the production of laminate flooring totaled 13.87 14. sendo que a maior parte está localizada nas regiões Sul e Sudeste do País (Figura 17).10 ∆ = – 1. a produção de pisos laminados totalizou 13.6% em relação à produção de 2013 (Figura 16).6% compared to 2013 (Figure 16). down 1.6% 2013 2014 Fonte: ibá (2014) / Source: ibá (2014) figura 17 / Figure 17 Distribuição Geográfica das Unidades Produtoras de Painéis de Madeira Reconstituída e Pisos Laminados / Geographic Distribution of Companies Producing Wood Panels and Laminate Flooring RR AP AM MA PA CE RN PB PE AL PI AC TO RO SE BA MT GO MG MS ES SP RJ PR SC RS Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 38 .e pela perda de dias úteis em função da Copa do Mundo de futebol. o que equivale a uma redução de 1. Nesse contexto.87 milhões de metros quadrados. there are 18 units producing wood panels and/or laminate flooring. Divulgação Eucatex figura 16 / Figure 16 Produção de Pisos Laminados Production of Lamitate Flooring milhões (m2) / million (m2) 13. the majority of these are located in the South and Southeast regions of the country (Figure 17). In this context.

battens. que atingiram no ano 1. como tábuas.1% no consumo doméstico de madeira serrada3. production of plywood panels from planted trees increased 5. In this scenario. influenciada positivamente pelo aumento de 22. que passou de 8. secex and Pöyry (2014) Em 2014. recuo de 1.24 million cubic meters in 2014.4%.6% gain compared to 2013 (Figure 18). Brazilian production of lumber from planted trees declined to 9. caibros.5% 87% Exportação / Exports 2013 2014 Mercado doméstico / Domestic market Fonte: ibá.23 milhões de metros cúbicos. planks. and joists. which totalled 1. sales of plywood panels on the domestic market fell 9.23 9. In 2014. rafters. totaling 1. a produção de painéis compensados de árvores plantadas aumentou 5. this total was positively influenced by the 22. atingindo 2. laths.32 milhão de metros cúbicos. in transporting goods. Meanwhile.3% increase in exports of this product. sarrafos. The lumber segment is comprised of products obtained from the processing of roundwood. vigas.40 million cubic meters.51 million cubic meters in 2013 to 7. figura 18 / Figure 18 Principais Indicadores do Segmento de Madeira Serrada Main Indicators in the Lumber Sector Produção de madeira serrada Lumber production Destino da madeira serrada brasileira Destination of Brazilian lumber milhões (m3) / million (m3) 13% 9. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá.51 milhões de metros cúbicos em 2013 para 7. which fell from 8.99 milhões de metros cúbicos em 2014.08 milhão de metros cúbicos em 2014. O segmento de madeira serrada agrupa produtos obtidos por meio do processamento da madeira in natura.32 million cubic meters this year. these products are used in housing. and in producing all types of furniture and decorative objects. a 43. Nesse cenário.5% drop in relation to 2013. um crescimento de 43. pranchas. a 1. such as boards.7% em relação a 2013. 3. Normally.99 million cubic meters in 2014.4% in relation to 2013. as vendas de painéis compensados no mercado doméstico recuaram 9. a produção de serrados de árvores plantadas atingiu 9. 39 .23 million cubic meters. Normalmente.37 ∆ = – 1. no transporte de mercadorias e na produção de móveis de todos os tipos e componentes de decoração.3% das exportações do produto. / 3. Por outro lado.24 milhão de metros cúbicos em 2014.6% em relação a 2013 (Figura 18). Exports of lumber from planted trees reached 1.40 milhões de metros cúbicos.Produtos Sólidos de Madeira Solid Wood Products A desaceleração da construção civil nacional levou a uma queda de 6. esses produtos são utilizados na construção civil. beams. totalizando 1.1% drop in domestic consumption of lumber3.5% em relação a 2013. As exportações de madeira serrada de árvores plantadas alcançaram 1. reaching 2. ripas e vigotes.7% in comparison with 2013.08 million cubic meters in 2014. The slowdown in Brazilian housing led to a 6.

especially in the automotive sector and low competitiveness of Brazilian steel products in the international market resulting from the large expansion in steel exports from China. secex e Pöyry (2014) / Source: ibá. secex and Pöyry (2014) O carvão vegetal é um dos redutores energéticos mais importantes da indústria siderúrgica nacional. but may restart their operations. em especial do setor automotivo. steel-alloys and steel.30 milhões de toneladas. figura 19 / Figure 19 Localização dos Principais Consumidores de Carvão Vegetal no Brasil Location of the Main Charcoal Consumers in Brazil RR AP AM PA CE MA RN PB PE AL PI AC TO RO SE BA MT GO MG MS ES SP PR RJ SC RS Fonte: ibá. ferro-ligas e aço. 4% menor do que a produção de 2013. with 81% of the wood involved in charcoal production derived from planted trees (Figure 20). existem cerca de 125 indústrias que utilizam carvão vegetal no processo de produção de ferro-gusa.0% drop in production from 2013. Among the reasons behind this result are the strong reduction in Brazilian industrial activity. considerando-se que alguns dos produtores de ferro-gusa e ferro-liga à base de carvão vegetal não estão operando no momento. Nearly all of Brazil’s charcoal production . e a baixa competitividade dos produtos siderúrgicos brasileiros no mercado internacional pressionados pela grande expansão de exportação de aços pela China. mas podem voltar a operar. The state of Minas Gerais concentrates 80% of these industries (Figure 19). O Estado de Minas Gerais concentra 80% dessas indústrias (Figura 19). In 2014. Em 2014. Entre os motivos que explicam esse resultado estão a forte redução da atividade industrial brasileira. A produção brasileira de carvão vegetal é praticamente 40 Charcoal is one of the most significant thermal reducers in the domestic steelworks industry. representing a 4. In Brazil. taking into account the fact that some of these producers are not operating at the current time. charcoal consumption in Brazil reached 5. com 81% de participação de madeira oriunda de árvores plantadas (Figura 20). there are close to 125 companies that use charcoal in the production of pig iron. Esse percentual representa 4. o consumo de carvão vegetal no Brasil alcançou 5.Carvão Vegetal Charcoal No Brasil.29 milhões de toneladas.30 million tons.29 million tons. The consumption of charcoal from planted trees totaled 4.

is used internally.29 2006 49% 6.5 7.3 73% 76% 81% 2012 2013 2014 60% 2008 2009 Carvão de árvores plantadas / Charcoal from planted trees Carvão de florestas nativas / Charcoal from native wood Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) Consumo de Carvão Vegetal de Árvores Plantadas no Brasil Consumption of Planted Trees Charcoal in Brazil milhões (t) / million (t) ∆ = – 4. figura 20 / Figure 20 Consumo Nacional de Carvão Vegetal.1 2007 65% 69% 2010 2011 5.5 35% 44% 24% 27% 31% 5.4 42% 19% 40% 5.47 Arquivo Ibá figura 21 / Figure 21 4.0% 4. 2006-2014 Domestic Consumption of Charcoal.1 7. although some products from this chain are exported (Figure 21).toda destinada ao mercado interno apesar de vários produtos da cadeia serem exportados (Figura 21).9 58% 56% 2013 2014 Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 41 . 2006-2014 milhões (t) / million (t) 51% 7.0 5.5 4.

123RF / robertsj Ibá / Guilherme Balconi Capítulo VII importância econômica do setor Chapter VII Economic Importance of the Industry 42 123RF / welcomia Cenibra / Paulo Sérgio de Oliveira Unilin Arauco / Agência Frame 1 123RF / Kasia Bialasiewicz Arquivo Ibá Ibá / Guilherme Balconi .

4%).7% 0.7% in 2014.62 ∆ = + 1. 2014 Growth in GDP of the Planted Tree Industry versus Other Activities of the Brazilian Economy. se comparada ao crescimento histórico do setor (3.a.8% a. (Figura 23).2% Setor de árvores plantadas / Planted tree industry Setor de serviços / Services Agropecuária / Agriculture and livestock Economia brasileira / Brazilian economy Indústria em geral / General industry Fonte: ibge e Pöyry (2014) / Source: ibge and Pöyry (2014) Industrial Gross Domestica Product The Gross Domestic Product (GDP) for the Brazilian planted tree industry grew 1.5% do PIB industrial.62* 60.1% of all the wealth generated in the country and 5. Em termos marginais. sendo que a expansão do volume de exportações de celulose (12. R$ 2.5% of the industrial GDP.8% p.7%). As a comparison. a expansão do PIB do setor brasileiro de árvores plantadas em 2014 é excepcional quando confrontada com o desempenho da agropecuária (0.).9 mil/ano por hectare plantado.7 thousand/year. *Value adjusted for inflation (IPCA . Embora modesta. 2013-2014 bilhões (R$) / billion (R$) 59. 2014 1. 43 . 17 times greater than that of Brazil’s GDP (0. the expanded volume of pulp exports (12.6%) played an important role in this performance (Figure 22). Para efeito de comparação. A participação do setor de árvores plantadas no PIB brasileiro tem crescido a cada ano e fechou 2014 representando 1. O crescimento 17 vezes maior do que o PIB brasileiro (0. 2013 2014 Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) figura 23 / Figure 23 Crescimento do PIB do Setor de Árvores Plantadas versus Outros Setores da Economia Brasileira.1%) comprova a importância do setor para a economia nacional. indústria (-1.7 mil/ano.4%). soybeans.7% em 2014.7% 0. while ranching added R$ 2. especially when compared to the performance of agriculture and cattle raising (0. closing 2014 with 1.9 thousand/year per planted hectare. added R$ 4.7% *Valor ajustado pela inflação (IPCA . 2013-2014 Industrial Gross Domestic Product at Market Prices.2%) e do setor de serviços (0. each hectare of planted trees added R$ 7. em 2014. This growth.IBGE).4% 0.7%). enquanto a pecuária. a significant domestic reference.).1% -1.6%) exerceu importante papel nesse desempenho (Figura 22). Although modest when compared to historical growth in the industry (3.2%) and the service sector (0.1% de toda a riqueza gerada no País e 5. cada hectare de árvores plantadas adicionou R$ 7.8 thousand to the domestic GDP in 2014. In marginal terms. illustrates the importance of the industry to the national economy (Figure 23). the expanded GDP for the Brazilian planted tree industry in 2014 was exceptional.1%). o complexo soja – importante referência nacional – adicionou R$ 4. The planted tree industry’s share of the Brazilian GDP has grown each year.Produto Interno Bruto Setorial O Produto Interno Bruto (PIB) do setor brasileiro de árvores plantadas cresceu 1. industry (-1.8 mil ao PIB nacional.IBGE). figura 22 / Figure 22 Produto Interno Bruto Setorial a Preços de Mercado.a.

a carga tributária do setor brasileiro de árvores plantadas é. que equivale a 17% de seu PIB. R$ 1. o que corresponde a 0.2% (Figura 24). In relation to 2013. R$ 8.52 billion were paid indirectly through the purchase of supplies and equipment. Chile e Uruguai). R$ 8.2% *Valor ajustado pela inflação (IPCA . while R$ 0.23 bilhões em tributos federais. 2013-2014 bilhões (R$) / billion (R$) 9. Among the factors that negatively have influenced the competitiveness of the Brazilian planted tree industry are taxes on inputs for production and a steep overall tax burden. ou seja. R$ 1.8% of all domestic taxes collected. and municipal taxes in 2014. Chile.IBGE).23 billion in federal.29 bilhão foi gerado de forma induzida. 2013 2014 Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 44 Arquivo CMPC Riograndense figura 24 / Figure 24 .42 billion refer to taxes on income and capital gains. the tax burden in the Brazilian planted tree industry is on average 30% higher. *Value adjusted for inflation (IPCA . which is the equivalent of 17% of the industry’s GDP. os tributos pagos pelo setor aumentaram 9.37* 10.Arrecadação de Tributos Corporate Taxes O setor brasileiro de árvores plantadas foi responsável pela geração de R$ 10. pelos salários pagos aos colaboradores do setor. which represents 0.52 bilhão foi pago indiretamente na aquisição de insumos e equipamentos e R$ 0. taxes collected from the industry increased 9. state. through the payment of salaries to employees in the industry.IBGE). estaduais e municipais em 2014. Na comparação com outros importantes players do setor florestal da América do Sul (Argentina. The Brazilian planted tree industry generated R$ 10.23 ∆ = + 9. Of the total of tax revenue collected. por exemplo. Em relação a 2013.29 billion was generated in an induced manner. 30% mais alta. Do total de tributos arrecadados.42 bilhões referem-se à tributação de receita e lucro. and Uruguay). estão a tributação de insumos de produção e sua alta carga tributária. Entre os fatores que impactaram negativamente a competitividade do setor brasileiro de árvores plantadas.2% (Figure 24). em média. Compared with other significant South American players in the forest products industry (Argentina. Arrecadação de Tributos pelo Setor. 2013-2014 / Taxes Collected by the Planted Tree Industry.8% da arrecadação nacional.

20 2008 2009 Fonte: secex (2014) / Source: secex (2014) 45 .40 Outros / Others Evolução do saldo comercial / Change overtime in balance bilhões (US$) / billion (US$) 4.85 bilhão.49 bilhões 8. A receita das exportações atingiu US$ 8.37 6. Revenues reached a record US$ 8.44 1.1% from US$ 1.5% em comparação ao recorde de US$ 8.26 Painéis compensados / Plywood 0. aumento de 2.70 5. figura 25 / Figure 25 Balança Comercial do Setor de Árvores Plantadas.85 billion. um desempenho positivo.10 2006 4.4% em relação a 2013.65 bilhões (Figura 25).65 2013 2014 4. passando de US$ 1.90 4.35 5.49 bilhões.1%.30 1. 2014 Importações / Imports Exportações / Exports 1.02 Papel / Paper 0. as exportações dos produtos do setor brasileiro de árvores plantadas apresentaram.65 billion (Figure 25).17 Painéis de madeira reconstituída Wood panels 0.28 billion in 2013.28 bilhões de 2013. In 2014.4% in comparison with 2013.44 Celulose / Pulp 0.91 bilhão em 2013 para US$ 1.49 billion bilhões (US$) / billion (US$) 0. As importações diminuíram 3.50 2007 5. de forma geral.70 2010 2011 2012 6.92 - 0. The forest products trade balance increased 4.49 billion.Contribuição para a Balança Comercial Contribution to the Trade Balance Em 2014.91 billion in 2013 to US$ 1.01 Serrados / Lumber 0.03 0. a 2.5% increase over the old record of nearly US$ 8.90 5. O saldo da balança comercial setorial aumentou 4. 2014 Trade Balance for the Planted Tree Industry. exports of products from the Brazilian planted tree industry showed a generally positive performance.85 billion 8.85 bilhão 1. fechando o ano com US$ 6. Imports fell 3. closing the year at US$ 6.

the recovering economy in the United States. Paraguay. contribuiu positivamente para o aumento das exportações de madeira serrada e de painéis compensados.6% em volume).49 billion China / China Estados Unidos / USA Argentina / Argentina Demais países4 / Other countries4 19% 23% 5% Europa / Europe Celulose / Pulp Estados Unidos USA Celulose / Pulp Papel / Paper Painéis de madeira reconstituída Wood panels Serrados / Lumber China / China Celulose / Pulp Argentina e Chile Argentina and Chile Papel / Paper Fonte: secex (2014) / Source: secex (2014) 4. a recuperação da economia dos Estados Unidos. Chile. 2014 Main Destinations of the Brazilian Planted Tree Products. que.49 bilhões US$ 8. which together add up to 39% of the total of countries comprising this category. 2014 31% 22% Exportação / Exports Europa / Europe US$ 8.O novo recorde positivo da balança comercial do setor brasileiro de árvores plantadas em 2014 está diretamente relacionado ao forte aumento das exportações de celulose (12. o segundo principal país comprador dos produtos florestais brasileiros (Figura 26). which in turn was positively impacted by China’s continued growth in demand for paper and by more closings of old pulp factories in the Northern Hemisphere. Principal among these are Japan. Additionally. por sua vez. Venezuela.6% by volume). que somam cerca de 39% do total dessa classificação. figura 26 / Figure 26 Principais Destinos dos Produtos do Setor de Árvores Plantadas. Além disso. contributed positively to the increase in exports of lumber and plywood panels. foi positivamente influenciado pela manutenção do crescimento da demanda por papel na China e por mais fechamentos de fábricas antigas de celulose no Hemisfério Norte. “Other countries” includes 156 nations. Venezuela e México. “Demais países” contempla 125 países com destaque para Japão. 46 . The new positive record in the trade balance for the Brazilian planted tree industry in 2014 is directly related to the strong increase in pulp exports (12. Mexico. the second largest purchaser of Brazilian forest products (Figure 26). / 4. Chile. Coréia do Sul. South Korea. Paraguai.

No entanto. with a strong contribution from the R$ 3. o investimento privado do setor de árvores plantadas aumentou 8% em relação a 2013.14 billion 89% R$ 4.14 bilhões R$ 4.24 billion 5% 3% 1% 3% 1% 10% Formação de plantio / Planting Expansão da capacidade produtiva / Expansion of production capacity Renovação de máquinas e equipamentos / Machinery and equipment Renovação de máquinas e equipamentos / Machinery and equipment Aquisição de terras / Land acquisition Pesquisa e desenvolvimento / Research and development Estradas para operação florestal / Roadways Pesquisa e desenvolvimento / Research and development Fonte: Ibá e Pöyry (2014) / Source: Ibá and Pöyry (2014) 47 .77 billion invested in the deployment of new industrial units or the expansion of existing mills (Figure 27). na contramão dessa tendência. In an uncertain environment. o número de empregos mantidos de forma direta pelo setor de árvores plantadas foi de 610 mil. com destaque para os R$ 3.4% em 2014.4% in 2014.09 trillion. 610 thousand jobs were directly maintained by the planted tree industry.24 bilhões R$ 4. However. Geração de Emprego e Renda Employment and Income Generation Em 2014. Considerando-se os In 2014. investments in Brazil fell 4. os investimentos no Brasil caíram 4. totaling R$ 1. totalizando R$ 1.09 trilhão.Investimentos Produtivos Productive Investments Em meio a um ambiente de incertezas.77 bilhões investidos na implantação de novas unidades industriais ou expansão de unidades existentes (Figura 27). private investment in the planted tree industry increased 8% compared to 2013. running counter to this trend.38 billion Produção florestal Forest production Indústria Industry 88% R$ 4.38 bilhões R$ 8. figura 27 / Figure 27 Investimentos Realizados em 2014 pelas Associadas à ibá Investments Made in 2014 by Ibá Member Companies 51% 49% R$ 8.

16 bilhão R$ 1. R$ 10. Considering the multiplication factors from the 1999 Brazilian Development Bank (BNDES) model5. À medida que as atividades do setor de árvores plantadas se concentram fora de centros urbanos.60 bilhões R$ 11. There is another advantage with relation to quality of employment in the planted tree industry compared to similar rural activities. Modelo de Geração de Empregos: Metodologia e Resultados.indicadores de multiplicação do modelo de geração de empregos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de 19995. / 5. Textos para Discussão nº 72. As the majority of employment posts are directly or indirectly linked to large domestic or foreign capital companies. Assumindo o número de empregos gerados diretamente pelo setor brasileiro de árvores plantadas e o salário médio líquido de seus trabalhadores.44 billion Poupança Savings Consumo das famílias Household consumption = Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 5. BNDES. o número de postos de trabalho diretos. Rio de Janeiro. figura 28 / Figure 28 Geração Direta de Renda pelo Setor Brasileiro de Árvores Plantadas. o setor contribui de forma significativa para fixar a população no meio rural e gerar renda para as comunidades do entorno de suas unidades de negócio. enquanto a quantia restante foi direcionada à poupança nacional (Figura 28). Of this.60 bilhões. it is estimated that for the year. Textos para Discussão nº 72.44 billion were added to family consumption while the rest went into domestic savings (Figure 28). Desse total. R$ 10. the industry makes significant contributions to keeping the population in the rural environment and generating income for communities in the areas surrounding its business units.44 bilhões foram agregados ao consumo das famílias. Modelo de Geração de Empregos: Metodologia e Resultados. estima-se que no ano.60 billion Número de empregos Number of jobs x Salário líquido Net salary – R$ 1. Rio de Janeiro. Como a maioria dos empregos do setor estão diretamente ou indiretamente ligados a grandes corporações de capital nacional ou estrangeiro. sobretudo a agricultura tradicional. indirectly and through the income effect totaled approximately 4. 2014 Geração de renda Income generation R$ 11. BNDES.23 million. 2014 Direct Income Generated by the Brazilian Planted Tree Sector. As activities in the planted tree industry are concentrated outside of urban centers. a renda gerada pela atividade em 2014 foi de R$ 11. Há ainda uma vantagem relativa à qualidade do emprego do setor de árvores plantadas em relação às atividades similares no meio rural.23 milhões. 48 .60 billion.16 billion R$ 10. a maior parte dos postos de trabalho do setor são formais com benefícios que superam as obrigações normais do marco trabalhista brasileiro. most jobs in the industry are formal.44 bilhões R$ 10. A detailed explanation of the methodology used in the job creation model can be found in Najberg and Ikeda (1999). Uma exposição detalhada da metodologia do MGE pode ser encontrada em Najberg e Ikeda (1999). the number of jobs that forest product activities generated directly. indiretos e resultantes do efeito renda da atividade florestal seja da ordem de 4. the income generated by the activity in 2014 was R$ 11. Using the number of jobs directly generated by the Brazilian planted tree industry and the mean net salary for workers in the industry. especially rural agriculture. with benefits that exceed the lawful obligations of the Brazilian labor market.

Acervo Ecofuturo Capítulo VIII indicadores socioambientais Chapter VIII Social and Environmental Indicators 49 .

no Chile. creation of ecological corridors and attention to buffer zones.07 hectare preservado por hectare utilizado. basta observar que. Além disso. 6. 40 mil hectares de áreas degradadas foram restaurados pelas empresas do setor (Figura 29). além do atendimento à legislação em vigor. the area preserved by the planted tree industry represents 13. and in this context. companies in the industry also manage plantations in what are known as mosaics. 50 . por iniciativas próprias. formação de corredores ecológicos e atenção a zonas de amortecimento. por meio de Áreas de Preservação Permanente (APPs) e áreas de Reserva Legal (RL).07 hectare is preserved per productive hectare. a relação entre área protegida e produtiva é inferior a 0. Na Austrália. LRs and RPPNs. 0. as atividades de árvores plantadas buscam a excelência nas práticas ambientais. Além da proteção de uma área significativa de hábitats naturais. As empresas associadas à Ibá contribuíram com a proteção de 2. outro importante player sul-americano do setor.65 hectare é destinado à preservação. como a criação de Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs). From an environmental point of view.3% dos 50.Proteção de HÁBITATS Naturais Protection of Natural Habitats Do ponto de vista ambiental. para cada hectare plantado com árvores para fins industriais.25 hectare é preservado. Para enfatizar a importância desses números. RLs e RPPNs. Besides protecting a significant area of natural habitats. / 6.3 million hectares. It should be noted that in 2014. ao proteger 5.05 hectare.43 million hectares of natural areas 6 in the form of APPs. Ressalta-se que.25 hectares for each hectare planted with trees for commercial purposes. Brazil stands out as the country where the planted tree industry protects the most natural areas. A título de comparação. interweaving swaths of native forests with tree plantations. 40 thousand hectares of degraded areas were restored by companies in the industry (Figure 29). Furthermore. Steps taken by the industry are guided by efficient and sustainable land use. enquanto na agropecuária. To emphasize the importance of these numbers.65 hectare is dedicated to preservation. a relação entre área protegida e área produtiva é de apenas 0. contribui de forma significativa para a preservação e recuperação de ecossistemas no Brasil. intercalando os plantios com florestas nativas. a área preservada pelo setor de árvores plantadas representa 13.3% of the 50. preserves 0. but also with initiatives such as the creation of Private Natural Heritage Reserves (RPPNs). o Brasil destaca-se como o país onde o setor de árvores plantadas mais protege áreas naturais. these are known as “ecological corridors”.10 million hectares of natural habitats preserved in Brazil outside of conservation units. Internationally. em 2014. Ibá member companies contributed by protecting 2. 0. e também. one need only observe that for each hectare planted with trees for industrial purposes. para cada hectare ocupado por plantios de árvores. this rate of protected area per productive hectare is less than 0. The nearest runner-up. No contexto internacional. A atuação é pautada pela busca do uso eficiente e sustentável da terra e. planted tree activities are currently pursuing excellence in environmental practices not only in terms of complying with current legislation with regard to Permanent Preservation Areas (APPs) and Legal Reserves (LR).05 hectare. Chile (another important South American player in the industry).3 milhões de hectares. the sector has made significant contributions to the preservation and recovery of ecosystems in Brazil by protecting 5. nesse contexto.43 milhões de hectares de áreas naturais6 na forma de APPs. 0.10 milhões de hectares de hábitats naturais preservados no Brasil fora de unidades de conservação. while in livestock ranching only 0. In Australia. as empresas do setor cultivam as árvores plantadas sob a forma de mosaicos. criando os chamados “corredores ecológicos”.

An initiative of the Ministry of the Environment. Implementation of this measure. possibilitará definições de políticas públicas. Instituído pelo Ministério do Meio Ambiente.88 Arquivo Celulose Irani milhões (ha) / million (ha) 5. expansion and conservation projects throughout the country.figura 29 / Figure 29 Áreas Conservadas e Restauradas pelo Setor de Árvores Plantadas. 51 . which is supported by Ibá. credits. Uma demonstração disso é que durante 2014 as empresas do setor se engajaram na inclusão das informações de seus imóveis no Cadastro Ambiental Rural (CAR). working on the landscape scale to plan productive activities while at the same time protecting natural ecosystems and the services these ecosystems provide. ao mesmo tempo. The concept of forest mosaics takes into account forest landscaping like a “puzzle” composed of different land uses. An example is how companies took action to register data from their properties in the Rural Environmental Register (CAR) during 2014.36 1.04 Reserva Legal / Legal Reserves Áreas de Preservação Permanente (APPs) Permanent Preservation Areas (APPs) Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) Private Natural Heritage Reserves (RPPNs) Restauração / Restoration Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) O conceito de mosaicos florestais considera a paisagem florestal como um “quebra-cabeças” de diferentes usos do solo. 2014 3. Another principle underlying activities in the Brazilian planted tree industry is unconditional compliance with land use regulations. will help define public policies. CAR is one of the main triumphs of the new Brazilian Forest Code and a fundamental instrument for aiding in the process of environmental tracking of rural holdings and properties. Outro princípio que pauta a atuação do setor brasileiro de árvores plantadas é o cumprimento incondicional da regulamentação sobre o uso da terra. créditos e projetos de expansão e de conservação em todo o País. proteger os ecossistemas naturais e os serviços por eles oferecidos. o CAR é uma das principais conquistas do novo Código Florestal Brasileiro e um instrumento fundamental para auxiliar no processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais. trabalhando na escala de paisagens para planejar as atividades produtivas e.43 million 0. apoiada pela Ibá. Sua implementação.15 0.43 milhões 5. 2014 Areas Conserved and Restored by the Planted Tree Industry.

Forest outgrower programs are an essential strategic tool for promoting development in areas where the planted tree industry is established (Figure 31). 17. The integration of small and mediumsized rural producers into the productive chain of the planted tree industry provides economic benefits. os investimentos em programas de responsabilidade social e ambiental realizados pelas empresas do setor de árvores plantadas totalizaram cerca de R$ 177 milhões e beneficiaram cerca de 2 milhões de pessoas (Figura 30). A integração dos pequenos e médios produtores rurais à cadeia produtiva de árvores plantadas proporciona vantagens econômicas. service providers and community members.8 mil famílias foram beneficiadas por programas de fomento em 2014. cultura e qualidade de vida aos colaboradores do setor. O fomento florestal é o principal instrumento estratégico do setor de árvores plantadas para promoção do desenvolvimento das regiões em que atua (Figura 31). prestadores de serviços e membros da comunidade. 2014 Investimentos Investments R$ 177 milhões R$ 177 million Pessoas atendidas People benifited 2 milhões 2 million Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 52 Klabin / Marcio Bruno figura 30 / Figure 30 . culture and quality of life for employees in the industry. 2014 Investments in Social Programs Carried Out by Ibá Member Companies. while the area of planted trees related to these programs amounted to 519 thousand hectares (Figure 32). Investimentos em Projetos Sociais Realizados pelas Empresas Associadas à Ibá. investments in social and environmental responsibility programs carried out by companies in the planted tree industry totaled nearly R$ 177 million and benefited nearly 2 million people (Figure 30). 17. enquanto a área de árvores plantadas para esses programas somou 519 mil hectares (Figura 32). Ibá’s members support practices that improve health. In 2014. education.8 thousand families were benefited from outgrower programs. In 2014. educação. As empresas associadas à Ibá mantêm práticas que procuram assegurar saúde. No total.Investimentos Socioambientais Social and Environmental Investments Em 2014.

6 Outros / Others 3. and nutritional services Sociocultural Social and cultural 9. providing seedlings and inputs and technical assistance Desenvolvimento econômico Economic development 42.0 17.0 Treinamento.3 22. ecology trails.7 Item / Item 519* 2014 Fonte: Pöyry (2014) / Source: Pöyry (2014) 53 .8 177.figura 31 / Figure 31 Investimentos em Programas Socioambientais. scholarships. 2014 Investimento (R$ milhões) Investment (R$ million) Pessoas beneficiadas (mil) People benefited (thousand) Fomento Outgrower programs 96. and providing educational materials 7.062.9 Campanhas contra as drogas.5 700.0 913.3 Total / Total Voluntariado / Volunteering Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) figura 32 / Figure 32 Famílias Beneficiadas por Fomento Florestal / Families Benefiting from Outgrower Programs mil famílias / thousand families *mil (ha) / thousand (ha) ∆ = + 0. and environmental control programs Capacitação profissional.4 205.0 Educação ambiental. oferecimento de bolsas de estudos e fornecimento de material didático Professional training.6% 512* 2013 17. 2014 Investments in Social and Environmental Programs.8 Educação e cultura Education and culture Exemplo de ações / Example of activities 17.2 Apicultura e programas de desenvolvimento rural Beekeeping and rural development programs Saúde / Health 11. trilhas ecológicas e programas de controle ambiental / Environmental education. encouraging physical fitness.3 2.0 129.8 Comunidade em ação e projetos esportivos Community action and sports projects Meio ambiente Environment 8.1 73. fornecimento de mudas e insumos e assistência técnica / Training. incentivo à atividade física e serviços de nutrição / Campaigns against drugs.

In 2014. and Private Natural Heritage Reserves (RPPNs). Carbon absorption by the industry results from the growing cycles of planted trees. baseado na formação e manutenção de estoques de carbono das árvores plantadas e nativas conservadas pelas empresas.40 billion tons of CO2 in its Permanent Preservation Areas (APPs). Various areas of the industry are already figura 33 / Figure 33 Estoque de Carbono / Carbon Stocks 1. áreas de Reserva Legal (RL) e em Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). Além do carbono das árvores plantadas. Em 2014. o setor estoca cerca de 2. os 7. o que caracteriza um processo renovável que dá perenidade aos estoques de carbono ao longo do tempo.67 1.74 milhões de hectares de árvores plantadas no Brasil foram responsáveis pelo estoque de aproximadamente 1.Mudanças Climáticas Climate Change O setor brasileiro de árvores plantadas oferece grande contribuição para o combate à mudança do clima.40 bilhões de toneladas de CO2 em Áreas de Preservação Permanente (APPs). In its factories. A positive example of this is the steelworks sector. Para se ter uma ideia da relevância desse montante para o Brasil.69 bilhão de toneladas de dióxido de carbono (tCO2).2% em relação a 2013 (Figura 33).69 Acervo Veracel / Clio Luconi bilhão (t) de CO2 / billion (t) of CO2 2013 2014 Fonte: plantar carbon e Pöyry (2014) / Source: plantar carbon and Pöyry (2014) 54 . the planted tree industry has pursued innovation and expanded efficiency of the technology it uses throughout the productive process. trees are harvested and planted. ele equivale a um ano das emissões nacionais. It is the equivalent of a full year of emissions from the entire nation.69 billion tons of carbon dioxide (tCO2).74 million hectares of planted trees in Brazil were responsible for storing approximately 1. Os produtos originários de árvores plantadas também podem substituir o uso de produtos de matérias-primas fósseis. an increase of 1. árvores são colhidas e plantadas. Products derived from planted trees can also replace goods produced from fossil fuels. que substitui o coque mineral por carvão vegetal renovável no processo de redução do minério de ferro e outros metais. which has substituted mineral coke with charcoal in the reduction process for iron ore and other metals. O estoque de carbono do setor é resultado dos ciclos de cultivos das árvores plantadas. Besides the carbon from its plantations. The Brazilian planted tree industry offers a significant contribution towards combating climate change. Each year. A cada ano. based on the carbon stocks in the planted trees as well as in the native forests preserved by the industry. Um bom exemplo é a indústria siderúrgica. Legal Reserve areas (LRs). the industry also stores around 2. the 7. which comprises a sustainable process that makes carbon storage continuous over time. representando incremento de 1.2% compared to the amount stored in 2013 (Figure 33).

3 milhões de gigajoules. 55 . 2014 / Energy Sources Used by the Sector. Increasing energy efficiency in the processes and adopting renewable sources for energy generation are two major concerns in the planted tree industry. Additionally. Ampliar a eficiência energética dos processos e adotar fontes renováveis para geração de energia são duas das principais preocupações do setor de árvores plantadas.2 95. but also generate large amounts of excess energy to be sold to local distribution grids.7% 1. as empresas do setor utilizam quase exclusivamente subprodutos de seus processos. 2014 milhões (gigajoules) / million (gigajoules) 11.Nos parques fabris. com foco especial na substituição de fontes fósseis por renováveis. the planted tree industry generates most of the energy it requires.3% 1. como por exemplo. companies almost exclusively utilize waste materials from their own processes. contributing to the increase of renewable energy consumption in the country (Figure 34).1% Licor preto / Black liquor Óleo combustível / Fuel oil Gás natural / Natural gas Carvão mineral / Mineral coal Biomassa florestal Forest biomass Outras / Others Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) Unlike other industries in the domestic economy.5 107. e biomassa florestal. o que representa 67% do consumo de energia do setor.3 Compra da rede Purchased from grid Venda para a rede Sale to the grid Energia produzida Energy produced Consumo da operação Consumed in operations Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 2.6% Matriz Energética do Setor 12. As indústrias de celulose mais modernas. o setor de árvores plantadas gera a maior parte da energia que demanda.8 64.5 43. figura 34 / Figure 34 Energy in the Industry Balanço Energético Setorial. principalmente biomassa florestal e licor preto para geração de energia térmica e elétrica (Figura 35). accounting for 67% of energy consumption by the industry. approaching energy self-sufficiency. contribuindo para o aumento do consumo de energia renovável no País (Figura 34). In 2014.3 million gigajoules of clean energy were generated. geram grandes excedentes para comercialização. mainly forest biomass and black liquor to generate thermal and electrical energy (Figure 35). which focuses especially on substituting fossil fuel sources with renewables. o setor de árvores plantadas tem buscado inovar e aumentar a eficácia da tecnologia utilizada em todo o processo produtivo.9% 12. Diversos ramos do setor já se aproximam da autossuficiência energética. such as black liquor. figura 35 / Figure 35 Fontes de Energia Utilizadas pelo Setor. Em 2014. a byproduct of pulp production and forest biomass.4% Diferentemente de outros setores da economia nacional. o licor preto. 2014 Energy Balance in the Sector. 2014 69. the modern pulp mills are not only self-sufficient in energy. 64. To this end. foram produzidos 64. Nesse sentido. subproduto da produção de celulose. além de serem autossufientes em energia.7 107.

Gestão de Resíduos Sólidos Management of Solid Waste As empresas do setor de árvores plantadas adotam como prática a gestão rigorosa de resíduos sólidos de suas atividades. In forest activity.57 milhões de toneladas de papel. por exemplo. a recovery rate of 56. residue from producing lumber like chips. 65.8% of waste is used to generate energy. Na atividade florestal. são mantidos no campo.40 milhões de toneladas (28. foram reciclados 4.2% of waste (mainly. Other wastes such as lime sludge and boiler ash account for 5. tanto florestais quanto industriais. 65. electricity for the production process. 99. Remaining wastes account for 3.60 million tons (71. 99.5%) by industrial activities. avoiding the use of fossil fuels. the sector generated around 47.5%) pelas atividades industriais. 25.5% and are sent to industrial landfills. It should be emphasized that Brazil is among the main paper recyclers in the world.8% dos resíduos são destinados para geração de energia.5% and are reused as raw materials by other industrial sectors.6% de todo o papel consumido no País passível de reciclagem (Figura 37). graxas e embalagens de agroquímicos – são encaminhados atendendo aos critérios legais até a sua destinação final. Os demais resíduos representam 3. galhos e folhas. predominantly bark. Os demais 0.60 milhões de toneladas (71. o que equivale a uma taxa de recuperação de 56.0 milhões de toneladas de resíduos sólidos. such as in the production of cement and recycled fuel oil. in order to reduce waste generation. 56 . sawdust and paper scraps) are used as raw materials by companies in the planted tree industry.3% (oils. 4. Além disso. Furthermore. visando a reduzir a geração e assegurar a melhor destinação dos mesmos e atendendo aos requisitos legais e de certificação relativos ao assunto.40 million tons (28. principalmente. Na indústria.7% dos resíduos sólidos. eliminando a utilização de combustível fóssil. sendo que 33. como proteção e adubação do solo.0 million tons of solid waste. In 2014. In industry. Em 2014. energia elétrica para o processo produtivo. 33.5% e são encaminhados para aterros industriais atendendo aos critérios legais (Figura 36). Em 2014. por meio da queima em caldeiras que geram vapor e. grease and agrochemical packaging) are dispatched to their final destination according to legal requirements. o setor gerou cerca de 47.5%) of which were generated in forestry activities and 13. como matéria-prima para. eventualmente.5% e são reutilizados por outros setores industriais.57 million tons of paper were recycled. a produção de cimento e óleo combustível reciclado. In 2014. branches and leaves. é importante ressaltar que o Brasil figura entre os principais recicladores de papel do mundo. Além disso. ultimately. Outros resíduos como a lama de cal e a cinza de caldeira representam 5. 25. in compliance with legal requirements (Figure 36).7% of the solid wastes. The other 0. ensure the best possible destination for the residues and comply with legal and certification-related requirements. by burning in boilers to generate vapor and. casca.2% dos resíduos – principalmente da produção de serrados (cavacos e serragem) e aparas de papel – são reutilizados como matéria-prima por empresas do setor de árvores plantadas. Companies in the planted tree industry have adopted rigorous management of solid wastes in their activities.5%) foram gerados pelas atividades florestais e 13.6% of all the recyclable paper consumed throughout the country (Figure 37).3% – óleos. both in forestry and industry. are left in the field to protect and fertilize the soil.

0 47. por meio da queima em caldeiras que geram vapor e.9 9º Brasil / Brazil 56.7 2º Alemanha / Germany 84.0 Item / Item Subtotal / Subtotal Cavacos.7 Mantidos no campo. 2014 Resíduos sólidos (milhões t) Solid Wastes (million t) % Cascas.8 65.4 100. branches and leaves 33.4 25.2 6º Espanha / Spain 66.2 Reutilizados como matéria-prima por empresas do setor de árvores plantadas Reused as raw materials by companies in the planted tree industry Lama de cal e cinza de caldeira Lime sludge and boiler ash 0. sawdust and black liquor Atividade industrial (28.7 5.4 Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) 57 . 2014 / Wastes Generated and Disposal Method.3 Encaminhados atendendo critérios legais até a sua destinação final Dispatched to final destination according to legal criteria 33. electricity Cavacos. eventualmente.figura 36 / Figure 36 Produção e Destinação de Resíduos.5 99.1 0. grease and agrochemical packaging 0.3 5º Inglaterra / England 68. energia elétrica Used for energy generation.5 Reutilizados como matéria-prima por outros setores industriais Reused as raw materials by other industrial sectors Compostos químicos e outros Chemical compounds and others 0.5%) Total / Total 8.8 8º Itália / Italy 62. sawdust and paper scraps 3.5%) Industrial activity (28. graxas e embalagens de agroquímicos Oils. 2014 / Ranking of Recyclable Paper Recovery. como proteção e adubação do solo Kept in the fields to protect and fertilize the soil Óleos.0 Fonte: ibá e Pöyry (2014) / Source: ibá and Pöyry (2014) figura 37 / Figure 37 Klabin / Enio Tavares Atividade florestal (71.3 4º Suécia / Sweden 69.8 3º Japão / Japan 79.5 7º EUA / USA 63.6 100.5%) Destinação final / Final destination Ranking de Recuperação de papéis recicláveis.5 3. serragem e licor preto Chips.8 Destinados para geração de energia.6 10º Canadá / Canada 54. 2014 País / Country Taxa de recuperação (%) Recovery rate (%) 1º Coréia do Sul / South Korea 91.5%) Forest activity (71. through burning in boilers to generate vapor and ultimately.5 Encaminhados para aterros industriais atendendo aos critérios legais Sent to industrial landfills according to legal criteria Subtotal / Subtotal 13. galhos e folhas Bark. serragem e aparas de papel Chips.

listas list 58 Arquivo Celulose Irani .

2014 ÁREA PARA ABASTECER UMA PLANTA DE CELULOSE DE 1. 2013-2014 TAXES COLLECTED BY THE PLANTED TREE INDUSTRY. 2014 COMPOSIÇÃO DA ÁREA DE ÁRVORES PLANTADAS POR SEGMENTO. 2013-2014 CRESCIMENTO DO PIB DO SETOR DE ÁRVORES PLANTADAS VERSUS OUTROS SETORES DA ECONOMIA BRASILEIRA. 1970-2014 VARIAÇÃO DO PIB POR PAÍS VARIATION IN GDP BY COUNTRY PRINCIPAIS INDICADORES DO SEGMENTO DE CELULOSE MAIN INDICATORS IN THE PULP SECTOR PRINCIPAIS INDICADORES DO SEGMENTO DE PAPÉIS MAIN INDICATORS IN THE PAPER SECTOR DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DAS EMPRESAS PRODUTORAS DE CELULOSE E PAPEL GEOGRAPHIC DISTRIBUTION OF THE COMPANIES PRODUCING PULP AND PAPER PRINCIPAIS INDICADORES DO SEGMENTO DE PAINÉIS DE MADEIRA RECONSTITUÍDA MAIN INDICATORS IN THE WOOD PANEL SECTOR PRODUÇÃO DE PISOS LAMINADOS PRODUCTION OF LAMITATE FLOORING DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DAS UNIDADES PRODUTORAS DE PAINÉIS DE MADEIRA RECONSTITUÍDA E PISOS LAMINADOS / GEOGRAPHIC DISTRIBUTION OF COMPANIES PRODUCING WOOD PANELS AND LAMINATE FLOORING PRINCIPAIS INDICADORES DO SEGMENTO DE MADEIRA SERRADA MAIN INDICATORS IN THE LUMBER SECTOR LOCALIZAÇÃO DOS PRINCIPAIS CONSUMIDORES DE CARVÃO VEGETAL NO BRASIL LOCATION OF THE MAIN CHARCOAL CONSUMERS IN BRAZIL CONSUMO NACIONAL DE CARVÃO VEGETAL. 2014 MAIN DESTINATIONS OF THE BRAZILIAN PLANTED TREE PRODUCTS. 1994-2014 AUMENTO DO CUSTO DE PRODUÇÃO DA MADEIRA VERSUS INFLAÇÃO BRASILEIRA (IPCA) INCREASE IN THE COST OF WOOD PRODUCTION VERSUS BRAZILIAN INFLATION (IPCA) ÁREA DE ÁRVORES PLANTADAS NO BRASIL. 2006-2014 DOMESTIC CONSUMPTION OF CHARCOAL. 2014 / GROWTH IN GDP OF THE PLANTED TREE INDUSTRY VERSUS OTHER ACTIVITIES OF THE BRAZILIAN ECONOMY. 2013-2014 INDUSTRIAL GROSS DOMESTIC PRODUCT AT MARKET PRICES. 2014 DIRECT INCOME GENERATED BY THE BRAZILIAN PLANTED TREE SECTOR. 1994-2014 FEEDBACK CYCLE IN THE BRAZILIAN ECONOMY. 2014 ÁREA CERTIFICADA. 2014 PRINCIPAIS DESTINOS DOS PRODUTOS DO SETOR DE ÁRVORES PLANTADAS.5 MILHÃO DE T/ANO AREA DEMANDED TO SUPPLY A PULP MILL WITH 1. 2006-2014 CONSUMO DE CARVÃO VEGETAL DE ÁRVORES PLANTADAS NO BRASIL CONSUMPTION OF PLANTED TREES CHARCOAL IN BRAZIL PRODUTO INTERNO BRUTO SETORIAL A PREÇOS DE MERCADO.5 MILLION T/YEAR CAPACITY PRODUTIVIDADE FLORESTAL NO BRASIL VERSUS OUTROS IMPORTANTES PLAYERS MUNDIAIS FOREST PRODUCTIVITY IN BRAZIL VERSUS OTHER SIGNIFICANT PLAYERS WORLDWIDE EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE DO EUCALIPTO NO BRASIL. 2014 TRADE BALANCE FOR THE PLANTED TREE INDUSTRY. 2014 ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS PELO SETOR. 2013-2014 BALANÇA COMERCIAL DO SETOR DE ÁRVORES PLANTADAS. 2014 AREAS OF PLANTED TREES IN BRAZIL. 2014 COMPOSITION OF PLANTED TREES AREA PER SECTOR.Lista de figuras / List of Figures FIGURA 1 FIGURE 1 FIGURA 2 FIGURE 2 FIGURA 3 FIGURE 3 FIGURA 4 FIGURE 4 FIGURA 5 FIGURE 5 FIGURA 6 FIGURE 6 FIGURA 7 FIGURE 7 FIGURA 8 FIGURE 8 FIGURA 9 FIGURE 9 FIGURA 10 FIGURE 10 FIGURA 11 FIGURE 11 FIGURA 12 FIGURE 12 FIGURA 13 FIGURE 13 FIGURA 14 FIGURE 14 FIGURA 15 FIGURE 15 FIGURA 16 FIGURE 16 FIGURA 17 FIGURE 17 FIGURA 18 FIGURE 18 FIGURA 19 FIGURE 19 FIGURA 20 FIGURE 20 FIGURA 21 FIGURE 21 FIGURA 22 FIGURE 22 FIGURA 23 FIGURE 23 FIGURA 24 FIGURE 24 FIGURA 25 FIGURE 25 FIGURA 26 FIGURE 26 FIGURA 27 FIGURE 27 FIGURA 28 FIGURE 28 SETOR BRASILEIRO DE ÁRVORES PLANTADAS BRAZILIAN PLANTED TREE INDUSTRY EXEMPLOS DE SERVIÇOS AMBIENTAIS PRESTADOS PELO SETOR DE ÁRVORES PLANTADAS EXAMPLES OF ENVIRONMENTAL SERVICES PROVIDED BY THE PLANTED TREE INDUSTRY CICLO DE RETROALIMENTAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA. 2014 INVESTIMENTOS REALIZADOS EM 2014 PELAS ASSOCIADAS À IBÁ INVESTMENTS MADE IN 2014 BY IBÁ MEMBER COMPANIES GERAÇÃO DIRETA DE RENDA PELO SETOR BRASILEIRO DE ÁRVORES PLANTADAS. 2014 16 18 24 26 29 30 31 32 32 32 34 35 36 36 37 38 38 39 40 41 41 43 43 44 45 46 47 48 59 . 1970-2014 DEVELOPMENT IN EUCALYPTUS PRODUCTIVITY IN BRAZIL. 2014 CERTIFIED AREA.

2014 PRODUÇÃO E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS.FIGURA 29 FIGURE 29 FIGURA 30 FIGURE 30 FIGURA 31 FIGURE 31 FIGURA 32 FIGURE 32 FIGURA 33 FIGURE 33 FIGURA 34 FIGURE 34 FIGURA 35 FIGURE 35 FIGURA 36 FIGURE 36 FIGURA 37 FIGURE 37 ÁREAS CONSERVADAS E RESTAURADAS PELO SETOR DE ÁRVORES PLANTADAS. 2014 INVESTMENTS IN SOCIAL PROGRAMS CARRIED OUT BY IBÁ MEMBER COMPANIES. 2014 Lista de siglas / List of Acronyms SIGLA / ACRONYM A. 2014 RANKING OF RECYCLABLE PAPER RECOVERY. 2014 FAMÍLIAS BENEFICIADAS POR FOMENTO FLORESTAL FAMILIES BENEFITING FROM OUTGROWER PROGRAMS ESTOQUE DE CARBONO CARBON STOCKS BALANÇO ENERGÉTICO SETORIAL. 2014 AREAS CONSERVED AND RESTORED BY THE PLANTED TREE INDUSTRY. 2014 INVESTIMENTOS EM PROJETOS SOCIAIS REALIZADOS PELAS EMPRESAS ASSOCIADAS À IBÁ. 2014 WASTES GENERATED AND DISPOSAL METHOD. APP APP CAGED CAGED CAMEX CAMEX CAR CAR CERFLOR CERFLOR CO2 CO2 COFINS COFINS CONEX CONEX COP21 COP21 CSLL CSLL EMBRAPA EMBRAPA EUA USA FBDS FBDS FSC FSC GEE GHG HA HA 60 SIGNIFICADO / MEANING AO ANO PER ANNUM ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE PERMANENT PRESERVATION AREA CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS GENERAL REGISTER OF EMPLOYED AND UNEMPLOYED WORKERS CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR EXTERIOR CHAMBER OF COMMERCE CADASTRO AMBIENTAL RURAL RURAL ENVIRONMENTAL REGISTER PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL THE BRAZILIAN FOREST CERTIFICATION PROGRAM DIÓXIDO DE CARBONO CARBON DIOXIDE CONTRIBUIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL CONTRIBUTION TO SOCIAL SECURITY FINANCING CONSELHO CONSULTIVO DO SETOR PRIVADO PRIVITE SECTOR ADVISORY BOARD CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS UNITED NATIONS CONFERENCE ON CLIMATE CHANGE CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO SOCIAL CONTRIBUTION ON NET PROFITS EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA BRAZILIAN AGRICULTURAL RESEARCH CORPORATION ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA UNITED STATES OF AMERICA FUNDAÇÃO BRASILEIRA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL BRAZILIAN FOUNDATION FOR SUSTAINABLE DEVELOPMENT FOREST STEWARDSHIP COUNCIL FOREST STEWARDSHIP COUNCIL GASES DO EFEITO ESTUFA GREENHOUSE GASES HECTARES HECTARES 51 52 53 53 54 55 55 57 57 .A. 2014 FONTES DE ENERGIA UTILIZADAS PELO SETOR. 2014 INVESTIMENTOS EM PROGRAMAS SOCIOAMBIENTAIS. 2014 ENERGY SOURCES USED BY THE SECTOR. 2014 INVESTMENTS IN SOCIAL AND ENVIRONMENTAL PROGRAMS.A. P. 2014 ENERGY BALANCE IN THE SECTOR. 2014 RANKING DE RECUPERAÇÃO DE PAPÉIS RECICLÁVEIS.

INDUSTRY AND FOREIGN TRADE MEDIUM DENSITY PARTICLEBOARD MEDIUM DENSITY PARTICLEBOARD MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MINISTRY OF THE ENVIRONMENT OXIGÊNIO OXYGEN ORIENTED STRAND BOARD ORIENTED STRAND BOARD PASTA DE ALTO RENDIMENTO HIGH-YIELD PULP PROGRAMME FOR THE ENDORSEMENT OF FOREST CERTIFICATION SCHEMES PROGRAMME FOR THE ENDORSEMENT OF FOREST CERTIFICATION SCHEMES PRODUTO INTERNO BRUTO GROSS DOMESTIC PRODUCT PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL SOCIAL INTEGRATION PROGRAM POLÍTICA NACIONAL DE FLORESTAS PLANTADAS NATIONAL POLICY ON PLANTED FORESTS REAL BRAZILIAN REAL REGISTRO E CONTROLE DAS OPERAÇÕES COM O PAPEL IMUNE NACIONAL REGISTER AND CONTROL OF OPERATIONS WITH THE NATIONAL IMMUNE PAPER RESERVA LEGAL LEGAL RESERVE RESERVA PARTICULAR DO PATRIMÔNIO NATURAL PRIVATE NATURAL HERITAGE RESERVE SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR FOREIGN TRADE SECRETARIAT TONELADA TON DÓLAR US DOLLAR 61 .PÖYRY NATIONAL INDEX OF FORESTRY ACTIVITY COSTS .HDF HDF IBÁ IBÁ IBGE IBGE ICFPA ICFPA ICMS ICMS IDH IDH INCAF-PÖYRY INCAF-PÖYRY IPCA IPCA IRPJ IRPJ M2 M2 M3 M3 MAPA MAPA MDF MDF MDIC MDIC MDP MDP MMA MMA O2 O2 OSB OSB PAR HYP PEFC PEFC PIB GDP PIS PIS PNFP PNFP R$ R$ RECOPI NACIONAL RECOPI NACIONAL RL LR RPPN RPPN SECEX SECEX T T US$ US$ HIGH DENSITY FIBERBOARD HIGH DENSITY FIBERBOARD INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES BRAZILIAN TREE INDUSTRY INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA BRAZILIAN INSTITUTE OF GEOGRAPHY AND STATISTICS INTERNATIONAL COUNCIL OF FOREST AND PAPER ASSOCIATIONS INTERNATIONAL COUNCIL OF FOREST AND PAPER ASSOCIATIONS IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS TAX ON CIRCULATION OF GOODS AND SERVICES ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO HUMAN DEVELOPMENT INDEX ÍNDICE NACIONAL DE CUSTOS DA ATIVIDADE FLORESTAL . PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MINISTRY OF AGRICULTURE. LIVESTOCK AND FOOD SUPPLY MEDIUM DENSITY FIBERBOARD MEDIUM DENSITY FIBERBOARD MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO.PÖYRY ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR AMPLO EXTENDED NATIONAL CONSUMER PRICE INDEX IMPOSTO DE RENDA DE PESSOA JURÍDICA CORPORATE INCOME TAX METRO QUADRADO SQUARE METER METRO CÚBICO CUBIC METER MINISTÉRIO DA AGRICULTURA. INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MINISTRY OF DEVELOPMENT.

Relações Governamentais e Sustentabilidade e das empresas associadas. Reproduction is permitted.Presidente do Conselho Consultivo President of the Consultive Council Daniel Feffer Presidente do Conselho Deliberativo Chairman Carlos A. Elaboração / Developed by Pöyry Consultoria em Gestão e Negócios Ltda.org . Lotes 1/2 Edifício Terra Brasilis. L. A reprodução das informações é permitida desde que citada a fonte. Ibá Corporate Communication Team. Assuntos Políticos e Institucionais. Ibá 2015 is a report of the Brazilian Tree Industry. 66 – 9⁰ andar CEP 04551-000 – São Paulo – SP Tel.: (55 61) 3224-0108 / 3224-0109 Fax: (55 61) 3224-0115 www. Relações com Stakeholders. supported by the following areas: Forestry/Foreign Affairs. salas 1205/1206 CEP: 70070-010 – Brasília – DF Tels.: (55 11) 3018-7800 Brasília SAS. Stakeholders Relations. Aguiar Presidente Executiva Executive President Elizabeth de Carvalhaes O Relatório Ibá 2015 é uma publicação da Indústria Brasileira de Árvores. Estatística. Quadra 1. Statistics. Negociações Internacionais. Coordenação / Coordination Equipe de Comunicação Corporativa da Ibá com apoio das seguintes áreas: Assuntos Florestais/Relações Externas. Political and Institutional Affairs. International Negotiations.iba. Tradução / Translation Tracy Smith Miyake Projeto gráfico e editoração / Design and DTP Studio 113 Endereços / Addresses São Paulo Rua Olimpíadas. provided the source is mentioned. Bloco N. Government Relations and Sustainability and member companies.

.

Klabin / Leandro Taques .