You are on page 1of 4

Iluminação - ceest07/2015

Projeto de Iluminação Interno - Método dos
Lumens
Iluminação comercial

1 Enunciado:
Projetar a Iluminação de um escritório com as seguintes dimensões:
Comprimento C = 18 m, Largura L= 9 m, Altura H = 3 m.

1.1 Considerar:
Teto e paredes Claras, Piso escuro, Altura do Plano de Trabalho 0,80m

2 Procedimento
2.1 Escolha do Tipo de Lampada
Dados da Lâmpada Escolhida:
Opção a) : Fluorescente Branca Confort de 32w, tonalidade Tc = 5.000K, IRC = 60 - 70%, D=28mm,
ϕ=2.700lm
Opção b) : Fluorescente T-5 de 28 w, tonalidade Tc = 5.000K, IRC = 85%, D=17mm, ϕ=2.700lm

2.2 Tipo de luminária
Opção a) : Comercial para 2 lâmpadas Fluorescente de 32 w, pintura interna branca. Aletas difusoras
metálicas, Tcs -029-232 philips ou similar
Opção b) : Substituição da pintura interna branca por refletor em Alumínio Refletal Anodizado.

2.3 Tipo de reator
Perda de 10% da Potência da Lâmpada - Reator duplo eletro magnético de Alto Fator de potência(0,95),
Partida Rápida, 220v, 60Hz
Perda de 3% da Potência da Lâmpada - Reator eletrônico p/ 2 lâmpadas, Alto Fator de potência(0,95),
Partida Rápida, 220v, 60Hz

2.4 Iluminância(Em)
Norma ABNT NBR ISO/CIE 8995-1 - Item 22) Escritórios => 500 lx (Escrever, teclar, ler, processar dados,
etc.), IRC=80%, UGRL=19%

2.5 Fator K ou do Local (K = (CxL)/(C+L)*h u) e hu = H - ϕT
Daí, temos: Comprimento C=18m e Largura L=9, logo
K = (18*9)/(18 + 9)*2,2 => K = 2,7
WellingtonJC 1/4

00 7 5 1 711 551 531 511 331 311 000 η=0. onde d é o fator de manutenção.500 0.00 2.53 d = 0.0.7 Fator de Fluxo Luminoso Total necessário ΦTotal = (ĒM x S) /η x d.85 (ambiente normal.8 Determinação do número de lâmpadas e de Luminárias Nlamp = ΦTotal/ Φlamp = 179.25 1.ϕT = 3 .Iluminação .60 0.00 5.53*0.80 1.91 0.00 4. S = 162 m2 η = 0.800/2500 = 72 lâmpadas que vão ser colocadas em luminárias de 2 lâmpadas.2 m onde: ϕT .85= 179.ceest07/2015 hu = H .57 ĒM = 500 lux. 2.80 0.500 5.80 0.91 0.00 1. daí: Nlum = 72 / 2 = 36 luminárias WellingtonJC 2/4 .é a altura do plano de trabalho.50 2.800 lm Tabela 1: Ambiente Limpo Normal Sujo Período de manutenção(h) 2. daí: ΦT otal = [500 x (18*9)] /0.95 0.50 3.88 0.6 Fator de Utilização(η) Luminárias com TCS-029-232 Fator K Fator de reflexão (Reflectância) 751 731 0.80 = 2.000 7.85 0.53 Piso (10%) Parede (50%) Teto (70%) 2.65 0. 5000h p/ manutenção) 2.

5 hu (Altura Útil). x=2y.10 Prova dos noves: Temos "a" e "b" <= 1. 2.5* hu = 1. veja a tabela abaixo: Total Quantidade nas coordenadas x y Combinação ideal x/y = 2 ou y/x = 2 X*Y 36 36 1 36 36 18 2 9 36 12 3 4 36 9 4 2 36 6 5 1 Como vemos acima.25 que também é menor que 3. distribuídas nas coordenadas X e Y. onde hu = 2.2m foi calculado no item 2. Daí: 1.5*2.20 e 2b = L / Y = 9 / 4 = 2.ceest07/2015 2.20. ou seja.2 = 3.são as luminárias no sentido da largura. WellingtonJC 3/4 . Através de um conjunto de combinações simples.  Y . segue que as coordenadas adotadas estão corretas.5. onde:  X . Como 2a = C / X = 18 / 9 = 2 que é menor igual a 3.9 Distribuição das lumináriasa a 2a b 2b Regras: Temos que distribuir 36 luminárias de 2 lâmpadas cada.são as luminárias no sentido comprimento. a regra é obedecida na 4º linha para x=9 e y=4.20m. podemos verificar o valor das coordenadas X e Y que vai nos dar a combinação ideal em X e Y para uma melhor distribuição.Iluminação .

Iluminação .25.125m Onde:  C .11 Distancia das luminárias nas coordenadas X e Y. Conforme cálculos na prova dos noves.distância do eixo da luminária a face interna da parede no sentido da largura WellingtonJC 4/4 .Largura  a . onde "2a" é a distância de entre-eixos das luminárias no sentido do comprimento e "2b" no sentido da largura.Comprimento  L . temos 2a = C / X = 18 / 9 = 2 e 2b = L / Y = 9 / 4 = 2. Temos então:  2a = 2m => a = 1m e 2b = 2.25m => b=1.ceest07/2015 2.distância do eixo da luminária a face interna da parede no sentido do comprimento  b .