You are on page 1of 12

Sistema Linfático

Anatomia Fisiológica
Fisiopatologia do Linfedema
Tratamento do Linfedema
www.sogab.com.br

Dr. Pablo Flôres Dias
Vice-Presidente da SBRTO
______________________
Dr. Flôres Dias
www.floresdias.com.br

www.sogab.com.br

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

www.sogab.com.br

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

Veias:

São Amareladas ou cinzento azuladas
Saem do Coração em direção aos tecidos
( Aorta)
Há muita Pressão dentro delas (120/80 mm hg)
Arteríolas: Menores divisões das artérias, com
divisòes de 100 microns, porém com parede
relativamente espessa. São responsáveis pela
máxima resistência ao fluxo sanguíneo
São Alvo da arterioesclerose.

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

O Sistema Linfático
Compreende os vasos linfáticos e o
tecido linfático ou linfóide.
Histórico:Aselli 1627 primeira
descrição (mesentério de cão)
Batholin 1653 o termo linfáticos

www.sogab.com.br

Descoberta por Willian Harvey em 1628
Vasos Sanguíneos
Artérias e Veias
Carregam :Sangue Arterial ( Rico em O2)
Carregam :Sangue Venoso ( Pobre em O2)

SBRTO - Sociedade Brasileira
de Reabilitação
Traumatológica e Ortopédica

Artérias:

www.sogab.com.br

Circulação Sanguínea

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

Cor azul escuro
São mais numerosas que as artérias
Diâmetro maior
Paredes mais finas
Capacitância maior ( maior elasticidade)
Vênulas: Recolhe o sangue dos plexos
capilares
www.sogab.com.br

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

Desenvolvimento do Sistema
Linfático
Os primeiros vasos aparecem no mesênquima
do embrião como espaços ou fendas
denominados sacos linfáticos.
Parecem surgir como brotos endoteliais de
veias, mas na opinião de outras correntes da
embriologia, teriam se associado ao sistema
venoso posteriormente a serem desenvolvidos
de forma independente.

www.sogab.com.br

Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias
CREFITO51432 F

1

Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Espaço Extra-Celular : Espaço Intersticial Extra-celular www.brCoração Dr.sogab.Coração Equilíbrio do Meio Interno Intracelular – Intersticial – Intravascular Em direção ao Coração através da anastomose com o sistema venoso Arterí Arteríolas Vênulas www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.com.com.com.br Dr.com.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Interstício www.sogab.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 2 . Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.sogab.br Dr.br Dr.br Dr.com.com.br Vaso sanguí sanguíneo Vaso linfá linfático (capilar) (capilar) Dr.

Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfonódios www.com.sogab. que se distribuem por todo o corpo e recolhem o líquido tissular que não retornou aos capilares sangüíneos..br Dr.sogab. www.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfonódios: Estrutura Diâmetro oscila de 1 a 20 mm ou mais.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Órgãos linfáticos: Órgãos linfáticos: amígdalas (tonsilas). constituído por uma vasta rede de vasos semelhantes às veias (vasos linfáticos).sogab. baço. Coloração: Os Nodos que drenam o fígado são marrons. Localizam no trajeto dos vasos sanguíneos. sendo que muitos se situam ao longo do tubo digestivo. os que drenam os pulmões sào pretos e os que drenam o intestino são brancos ou leitosos. adenóides.com.Linfáticos : Sistema linfático Orgãos e Tecidos Sistema paralelo ao circulatório.br Dr. www. órgãos linfáticos mais numerosos do organismo. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. www. vasos e órgãos linfáticos Baço Linfonódios Túnicas Mucosas Timo Medula Óssea www. podendo aleatoriamente ocorrer isolados. filtrando-o e reconduzindo-o à circulação sangüínea.br Dr.. macrófagos e plasmócitos. É constituído pela linfa.com. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfonodos ou nódulos linfáticos: Formações nodulares dispostas em cadeias ganglionares ao longo da rede de vasos linfáticos.br Dr. linfonodos ( nódulos linfáticos) e timo (tecido conjuntivo reticular linfóide: rico em linfócitos).br Dr. Ocorrem em grupos . Nele ocorrem linfócitos.sogab.sogab.com. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 3 . Amígdalas (tonsilas palatinas): produzem linfócitos.com.com.

www. que se tornam dolorosos. Responsável pela tolerância imunológica. www.sogab. obrigatoriamente.com. um grande nódulo linfático. células do sangue em circulação já desgastadas como eritrócitos. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 4 . O baço também tem participação na resposta imune. restos de tecido.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Baço: Cemitério de Hemáceas órgão linfático.com.sogab.sogab.Linfonódios: Adenopatia A proliferação dessas células provocada pela presença de bactérias ou substâncias/organismos estranhos determina o aumento do tamanho dos gânglios. excluído da circulação linfática. é considerado por alguns cientistas.sogab. substâncias estranhas. leucócitos e plaquetas. Inclusive.br Dr.com. interposto na circulação sangüínea e cuja drenagem venosa passa. pelo fígado. involui desde o nascimento até a puberdade Berçario dos Linfócitos T Responsável pela maturação dos linfócitos.br Dr. reagindo a agentes infecciosos. através da fagocitose.sogab.com.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. Esplenomegalia: A Esplenomegalia é o aumento do tamanho do baço em condições patológicas. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.com. Possui grande quantidade de macrófagos que.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Vasos Linfáticos: Timo: Órgão linfático mais desenvolvido no período prenatal.br Dr.com. destroem micróbios. formando a íngua.br Dr. Rede de vasos que coletam um ultrafiltrado de plasma sanguíneo por uma rede alternativa apartir dos capilares Capilares (endotélio) Vasos Linfáticos (três camadas) Troncos (túnica adventícia mais reforçada por tecido conjuntivo e musc lisa) www.

É claro e incolor.br Dr. exceto nos vasos do intestino nos quais é leitoso. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Medula Óssea Responsá Responsável por Produzir os Linfó Linfócitos B ( cé célula do sistema linfá linfático) www.com.com.br Dr.br Dr. principalmente após a digestão.com. Líquido Corporal Semelhante ao Plasma Sanguíneo porém é Pobre em Hemáceas Linfa : Intersticial(Extra Celular) e Circulante(propriamente dita).Linfa Linpha (latim água ou rio claro) Líquido viscoso e transparente que trajeta através dos vasos linfáticos sendo recolhido no espaço intesticial. www.sogab.com.com.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 5 . Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.br Dr. Nos intestinos (rica em proteinas).sogab. No sangue os linfócitos representam cerca de 50% do total de glóbulos brancos.br Dr.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfa: Composição Depende da região anatômica. www. Nos Tecidos endócrinos é rica em hormônios.br Dr.sogab.com. mas não possui hemácias. apesar de conter glóbulos brancos dos quais 99% são linfócitos. Semelhante a do Sangue www.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfa: líquido que circula pelos vasos linfáticos Sua composição é semelhante à do sangue.

com...com. Ligeiro desequilíbrio das forças das membranas capilares provocando uma filtração maior do que reabsorção. . pleura. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Edema Edema Intersticial Espaç Espaço Intersticial Normal www.brCoração Dr..br Dr.sogab.br Coração Dr.Formação da Linfa EDEMA Starling Mechanism Quase .com.com. Pode se apresentar nas cavidades do corpo ( articulação.sogab. pericárdio.O equilíbrio final é dado pela ação do sistema linfático www.Equilíbrio entre membrana capilar. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Fisiologia Normal Fisiopatologia Em direção ao Coração através da anastomose com o sistema venoso Arterí Arteríolas Vênulas www. Resulta de um desequilíbrio das pressões que atuam para mover o líquido externamente ao capilar sanguíneo www.sogab.).sogab..sogab. quantidade de flúido filtrado e quantidade de flúido reabsorvido. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 6 .br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Acúmulo anormal de líquido no espaço intercelular.com.

br Dr.sogab.sogab. Alterações Hormonais) Por Hipoproteinemia (Diminui a pressão oncótica) Por Aumento da Pressão Capilar (obstrução venosa) www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Edema: Sem Cacifo * Fibredema www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Edema : Com Cacifo Linfedema www. www. Infecção / Parasitose ? Alterações Congênitas Por Aumento da Permeabilidade Capilar Arterial (Queimaduras. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Tipos de Edema Tipos de Edema Por Obstrução Venosa ( ? ) ObstruçãoTrombótica ou Tumoral Por Obstrução Linfática (?) Neoplasias.br Dr.com.Edema: Etiologia Obstrução venosa Obstrução linfática Aumento da permeabilidade capilar arterial Hipoproteinemia Aumento da pressão capilar.com.sogab. Inflamação.br Dr.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 7 .com.br Dr.com.

Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfedema Congênito : Hereditário ou doença de Milroy: Presente desde o nascimento. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Filariose Por lesões teciduais locais Por filariose Recidivas de erisipela e celulite Por êstase venosa.com.br Dr. Primário: Precoce e Congênito Linfedemas secundários: vários O linfedema decorre porque os limites de drenagem fisiológica do sistema são extrapolados.com.Linfedema Linfedema : Classificação A capacidade de drenagem diária do Sistema Linfático é de até 30 litros por dia. Congênito: Divide-se em Simples e Hereditário www. predisposição a lesões traumáticas cutâneas.com. idiopático.sogab.com.sogab.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 8 .br Dr.( condições extremas) Normalmente é drenado 2 a 3 litros por dias (condições fisiológicas). Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Linfedema: Primário Precoce: comum no sexo feminino no início da puberdade.sogab. diminuição do numero de linfáticos. mas sem padrão hereditário. Outros www.sogab. linfangiectasia.br Linfedemas Secundários Dr.com. www. www.sogab.br Dr. Congênito Simples: Identico a doença de Milroy.br Dr.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www. se caracteriza por insuficiência valvular.com.

Mecanoterapia: Compressas e enfaixamento. soluções hipertônicos e dilatadores.br Tratamento Conservador Tratamento Medicamentoso Drogas simpatomiméticas. Por lesões teciduais locais: Linfagite Aguda por estreptococos beta hemolítico e em casos mais graves linfadenite. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Dr. Dr.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias www.Linfedemas Secundários: Outros Metástases de tumores malignos Ressecção cirúrgica de gânglios e vasos linfáticos Fibrose após radioterapia.sogab. Eletroterapia As botas ou a massagem apenas retiram os líquidos deixando lá as macromoléculas e os resíduos celulares que vão voltar a absorver água inchando de novo os tecidos.br Dr. Objetivo: Combater as infecções e inflamações e redução do edema através do aumento do fluxo linfático. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.sogab.com. www. diuréticos. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Tratamento Conservador www. Dr. www.sogab. Massoterapia e Drenagem Linfática.com. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Fisioterapia Cinesioterapia: Exercícios Isométricos e Cinesioterapia Específica. antibióticos.br CREFITO51432 F 9 .sogab.br Linfedema www.sogab.com. antinflamatórios.com.br Abdomem com linfedema intersticial Dr.com.com.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Tratamento do Linfedema Tratamento Cirúrgico Tratamento Conservador Mama reconstituida com o músculo reto abdominal.

com.com.sogab.sogab. Dr.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Avaliaç Avaliação do Linfedema: Linfedema: Volumetria www. Pablo Fabrício Flôres Dias www.sogab. As botas ou a massagem apenas retiram os líquidos deixando lá as macromoléculas e os resíduos celulares que vão voltar a absorver água inchando de novo os tecidos.Tratamento Conservador Tratamento Conservador Fisioterapia: Objetivos Melhora da Drenagem Linfática Melhora e manutenção da amplitude de movimento.br Dr.sogab.sogab.br Dr.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.com. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Avaliaç Avaliação do Linfedema: Linfedema: Perimetria www. Melhora e manutenção da força muscular Prevenção de complicações Massoterapia Massoterapia de Drenagem Linfática Massagem de Ativação Ganglionar Drenagem Linfática Massagem Relaxante e Terapêutica Objetivos: Melhora da Drenagem Linfática Fisiológica Melhora e manutenção da amplitude de movimento.com. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.com.com.br CREFITO51432 F Compressor Pneumático www.br Dr.sogab. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 10 .

Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 11 .com. Realizada somente quando não há resultao no tratamento conservador. Cardio.sogab.br Dr. www. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.Ativação dos Linfonodos Drenagem Linfática “. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F www.. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Drenagem Linfá Linfática: Contra Indicaç Indicações Flebites: Risco de Embolia Varicosas: Varicosas: Surgimento de Varizes HAS: Não Controlada (Contra indicaç indicação Relativa) Quadros Infecciosos Drenagem Linfática com Corrente Russa www..br Dr.br Dr.sogab.sogab..uma técnica de compressão manual dos tecidos. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Tratamento Cirúrgico Anastomoses veno-linfáticas Técnica de Thompson: remoção do tecido fibroedematoso. www.com.com.. que utiliza pressões intermitentes e tem como objetivo o aumento da circulação linfática.com.br Dr. Retardo na cicatrização em até 40% dos casos.. Cadiopatas: Cadiopatas: Liberaç Liberação do Cardio.br Dr.com.com..sogab.sogab.br Dr. Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F Drenagem Linfá Linfática: Contra Indicaç Indicações Inflamaç Inflamação na Fase Aguda Febre Neoplasia Maligna (Cancer ): Liberaç (Cancer): Liberação do Oncologista...sogab.” www.

Pablo Fabrício Flôres Dias CREFITO51432 F 12 .br Dr.sogab.Escola de Massoterapia (51) 30668930 Novo Hamburgo RS Brasil www.com.