You are on page 1of 36

Universidade de Brasília – UnB

Campus Gama – FGA
Engenharia Eletrônica

Implementação e Análise de um Circuito
Para Aquisição de Medidas Relacionadas a Vibrações
em Veículos, com Localização Geográfica Sincronizada

Wellington Júnio Rodrigues
Orientador: Dr. Cristiano Jacques Miosso
Coorientadora: Dr. Rita de Cássia Silva

Wellington Júnio Rodrigues

Implementação e Análise de um Circuito para Aquisição
de Medidas Relacionadas a Vibrações em Veículos, com
Localização Geográfica Sincronizada

Monografia submetida ao curso de graduação em Engenharia Eletrônica da Universidade de Brasília, como
requisito parcial para obtenção do Título de Bacharel
em Engenharia Eletrônica.

Orientador: Dr. Cristiano Jacques Miosso

Coorientadora: Dra . Rita de Cássia Silva

Brasília, DF
2015

Brasília/DF, Junho de 2015

Ficha Catalográfica
Rodrigues, Wellington Júnio
Implementação e Análise de um circuito para aquisição de medidas Relacionadas a
Vibrações em Veículos, com Localização Geográfica Sincronizada

35p., 210 × 297 mm (FGA/UnB Gama, Engenharia Eletrônica, 2014)
Trabalho de graduação em engenharia eletrônica
Universidade de Brasília, Campus Gama – FGA/UnB
1. Vibração de corpo inteiro
3. Processamento de Sinais
I. FGA UnB/UnB.

2. Circuito de Aquisição
4. Eletrônica Embarcada
II. Título (série)

Referência
Rodrigues, Wellington Júnio (2015). Implementação e Análise de um Circuito para
Aquisição de Medidas Relacionadas a Vibrações em Veículos, com Localização Geográfica
Sincronizada. Dissertação de graduação em engenharia eletrônica, Universidade de Brasília,
Campus Gama, DF, 35p.

3

PhD (Orientador) Prof.. . ... (Examinador interno) .. Aprovada por: Prof. com Localização Geográfica Sincronizada Wellington Júnio Rodrigues Monografia submetida ao curso de graduação em Engenharia Eletrônica da Universidade de Brasília. (Examinador interno) Prof. como requisito parcial para obtenção do título de Bacharel em Engenharia Eletrônica.FGA/UnB – Universidade de Brasília. Campus Gama Implementação e Análise de um Circuito para Aquisição de Medidas Relacionadas a Vibrações em Veículos. Cristiano Jacques Miosso.

Resumo Palavras-chave: .

Abstract Keywords: .

. .Vibração . . . . . . . 2.3. . . . . . . . . . 24 4 Resultados Preliminares 31 5 Próximas Etapas e Cronograma 32 7 24 26 26 26 26 27 28 28 . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. . .1 Sistema de Aquisição . . . . . . . . . . . .1 Objetivo Geral .3 Pastilhas piezoelétricas . .2. . . . . . . 2 Fundamentação teórica 2. . .2. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. .4 Instrumentos utilizados . . . . . . . 2. .2. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1. . . . . 2.3 Norma de Higiene ocupacional No 09 . . .4. . . . . 2. . .3 Justificativa . . . . . . . . . . . . . . . .2 Norma Regulamentadora No 09 Anexo 1. .1. . . . .Sumário 1 Introdução 1. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2 Objetivos . . . . . . . . . . . . . . .1. . . . . . . . . . . . .1 Acelerômetros . . . . . . . . . . . . . .2 Objetivos Específicos . . . . . . . . . . . . . . .Vibração . . . . . . .2. . . . . . . . . . . . . . .2 Normas específicas e Diretivas sobre vibração . . . . . . . 3. . . . . 3. . . . . . . . 3. 16 16 17 20 21 21 21 22 23 23 23 23 3 Metodologia 3. . . . . . . . . . . . . . 3. . . . . . . . . . . . . 1. . . . . . . . . .1 Metodologia de um sistema microcontrolado para aquisição e análise de dados de vibração com localização geográfica sincronizada . . . . . . . . . . .2 Valor da Dose de Vibração da quarta potência . . . . . . . . 3. . . . .3 Sistemas de medição de vibração . . . . . .4 Estrutura da dissertação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2. .3 Técnicas para análise de dados relacionados a vibração .2 Sistema de Processamento . . . . 2. . . . . . . . . . . . . . .3. . . . . . . .1 Root Mean Square . .4. . . . .2 Sensores de pressão . .1 Vibração de Corpo inteiro (Whole Body Vibration-WBV) . . . . . . . . . .1 Norma Regulamentadora No 15 Anexo 8 . . . 2. 11 11 13 13 13 14 14 . . . 2. . . . . . . . . . . . . . .VDV 2.3. . . . . . . . . . . .1 Contextualização e Problematização 1.2 Análise experimental do sistema desenvolvido para adquirir os dados relacionados a vibração e localização geográfica sincronizada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3 Sistema de registro de dados . . . 3. . . . 1. .4 Desenvolvimentos do Circuito . . .4. . . . . . . . . . . . . . . . 3. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Lista de Tabelas 8 .

. Fonte: ISO 2631:1997 . . . . . . . Vista geral do circuito . sensores de entrada do circuito geral. . . . . . (Foto Forquharson .3 3. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2008 .2 3. . . . . . . . . . . . . . . . Diagrama de Blocos do equipamento. . .2 2. . Regiões de risco Fonte : ISO 2631 . . . . . . . .3 3. . . . . . .4 3. . . . . . .1 3. . . . . . . Fatores de ponderação na frequência. . .University of Washington). . Vistas do Arduino Uno . . 9 12 16 18 19 25 27 27 29 30 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1997. . Historical Photography Collection. . .Lista de Figuras 1. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Modelo do circuito inicial . . . . . . . . . . . . . . .1 2. .5 Ponte Tacome Narrows durante vibração induzida pelo vento . . . . . . . .1 2. . . . . . . Direções dos eixos ortogonais para medição de vibração de corpo inteiro na posição Fonte: Good Pratice Guide Whole Body Vibration. . . . . . . . .

Lista de Símbolos SVM LOG Máquina de vetores suporte Laplacian of Gaussian 10 .

Essa vibração transmitida ao corpo pode provocar algumas doenças que pode ser visto logo abaixo : Vibração de corpo inteiro: • Problemas na audição [16].características do movimento. A vibração é um fator inerente a todo veículo de transporte [3]. vão definir o quão nocivo a saúde poderá ser essa exposição a vibração do veículo [18]. como os de ônibus. Nos últimos anos muitas pesquisas vem sendo aperfeiçoadas de modo a entender o comportamento do corpo humano quando exposto a essas vibrações .1 Introdução 1. Os transportes terrestres em particular.1 Contextualização e Problematização Os níveis de vibração dos veículos durante o transporte são complexos e apresentam um papel importante quando se menciona os estudos dos danos na saúde que os motoristas sofrem durante as longas viagens. estão submetidos de forma contínua a vibração durante a execução das suas funções. • Problemas na região da lombar [19] [4] • Distúrbios vasculares [5] • Problemas digestivo e de circulação [15] • Problemas musculares nos membros superiores [14] Vibração de braço-mão : • Distúrbios nos nervos periféricos [11] • Distúrbios musculares [1] • Problemas ósteo articulares [11] • Problemas circulatórios [11] O estudo das vibrações é de suma importância e não pode ser negligenciado de forma alguma. o que vai diferenciar é as doses em que os usuários do veículo estão submetidos. Motoristas. são os que apresentam maior risco de vibração. este maior risco está associado as más condições das vias brasileiras. Um fator que provocou a queda dessa ponte foi a 11 . haja vista que a exposição a essas vibrações causa danos a saúde [15]. Essa exposição à vibração pode ser dividida em vibração nas extremidades conhecida também como vibração braço-mão e a vibração de corpo inteiro. ambas prejudiciais a saúde humana. aliada com tempo de exposição. um exemplo que foi reconhecido mundialmente foi a queda de ponte de Tacoma Narrows em 7 de novembro de 1940. Quando a pessoa está submetida a vibração.

a proposta desse trabalho é avaliar e quantificar o quão prejudicial é a vibração provocada pelos ônibus nos grandes centros urbanos. Um segundo fator é falta de localização geográfica para vincular a posição com sinal da vibração para poder mapear os pontos do trajeto onde existem maiores potenciais de riscos para a saúde do condutor. Uma limitação apresentada foi a baixa taxa de aquisição dos valores.ressonância. Ponte Tacome Narrows durante vibração induzida pelo vento . já que doses excessivas de vibração podem podem provocar a aposentadoria antes dos 45 anos [6]. Existe um equipamento chamado HVM100 que ele já exerce essa função de avaliar o valor da vibração em que os condutores de veículos estão expostos mas ele tem algumas limitações que se fossem sanadas poderia ter um equipamento mais completo e eficaz.1. 12 . Outro fator que torna o funcionamento do HVM100 um pouco precário são as ferramentas de visualização. (Foto Forquharson . Figura 1. O transporte rodoviário é o modal de maior representatividade no Brasil [9] e tem uma importância significativa para o país seja ela um transporte de carga ou de pessoas. esse é um dos principais pontos fracos do equipamento porque essa taxa de amostragem é muito baixa não tem como fazer análise adequada sobre a vibração durante todo o trajeto.1. O ato de poder relacionar os pontos de GPS com o sinal de posição pode possibilitar que as empresas de transporte viabilizem rotas distintas para poder evitar trajetórias que possam gerar doses elevadas de vibração que podem proporcionar a longo prazo a impossibilidade do trabalhador exercer suas atividades fim. em que o equipamento recebe uma amostra a cada um minuto de funcionamento. que é quando a frequência natural da estrutura coincide com a frequência a que a estrutura está sendo exposta que no caso da ponte foi devido aos fortes ventos que atingiram a ponte provocando a queda inesperada da ponte como pode ser visto na Figura 1.University of Washington). Historical Photography Collection.

criar um produto robusto que possa fazer uma coleta de dados eficiente e com segurança de modo a poder fazer uma análise segura das doses de vibração transmitidas. indicando a qual dose o produto está sendo submetido e gerando alertas quando o trabalhador estiver submetido a níveis acima do permitido de acordo com as normas vigentes. Um ponto diferencial do produto a ser gerado é a adição dos sensores de GPS que possibilitarão uma integração entre os sensores de pressão ou sensores de aceleração que no final vai proporcionar um relação harmoniosa entre dados de posição e vibração que vai possibilitar uma análise mais ampla dos dados de vibração com vinculação do respectivo dado de localização. essa vinculação pode auxiliar grandes empresas de transporte a calcular novas rotas.2. o que possibilita o mapeamento dos locais com maiores índices de doses de vibração possam ser evitados em futuras rotas do veículo. um custo de elaboração menor mas com a mesma qualidade funcional ou superior e um sistema de GPS que possa associar o dado da vibração com o respectivo posicionamento geográfico possibilitando assim uma melhor controle das doses de vibração durante o trajeto estabelecido pelas empresas de viação que é o principal público alvo. sensores de pressão. A possibilidade de gerar novas rotas é um fator importante pois proporciona a 13 .2. Suas principais vantagens serão a melhor taxa de aquisição dos sinais de vibração e um melhor mapeamento junto as rotas percorridas pelo veículo. Outro ponto de destaque da proposta desse produto é a possibilidade de um produto que possa ter uma taxa de coleta de amostras maior já que a taxa de coleta do atual produto é muito baixa. mas com vantagens que o tornem mais vantajoso em relação ao utilizado no mercado.2 Objetivos Específicos A finalidade desse estudo é a criação de um sistema que possa adquirir sinais relacionados a vibração de veículos de transporte de pessoas. essa possibilidade de aumento na taxa de coleta é muito interessante pois proporciona um melhor mapeamento do trecho onde o produto transite. O principal diferencial da criação desse sistema em relação ao atual HVM100 é a criação de hardware e um algoritimo para associação do valor do sinal de vibração com o respectivo ponto de localização geográfica. 1. um sistema de interface mais instrutivo. sistema de GPS e posteriormente está sendo analisado a introdução de um sensor para adquirir o valor da rotação do motor.nesse sistema existirá componentes simples tais como acelerômetros. 1.1 Objetivo Geral Criação de um produto que consiga desenvolver as mesmas funções do equipamento HVM100.2 Objetivos 1.Diante desses fatores expostos fica simples evidenciar que existem várias lacunas na forma operação do atual equipamento então a proposta desse estudo é simples. sensores de velocidade. Por final haverá um display que possibilitará uma comunicação mais fácil com os usuários do equipamento.

condutores de veículos de transporte de pessoas ou de carga. Esse equipamento poderá adequar os índices de vibração com as normas vigentes no país e com uma vantagem considerável. Após a aquisição desse novo hardware será testado em condições semelhantes para tentar quantificar o quão melhor é o novo produto e se ele pode ser um produto funcional para viabilizar as condições de vibração de acordo com as normas existentes no país tais como o anexo número 8 da NR-15 Portaria SSMT no 12. ele vai possuir uma taxa mais adequada de modo que possa ser analisado os dados do sinal de vibração durante todo o trajeto. No Capítulo 3. Vai poder contribuir como base para estudo de vibração e para o aperfeiçoamento das condições de trabalho dos diversos setores . Esse maior prolongamento possibilita mais tempo pra produção do trabalhadores. serão abordados conceitos sobre vibração de corpo inteiro. adequando assim uma melhor atividade de trabalho e prolongando a vida útil de muitos trabalhadores no mercado de trabalho. o baixo custo. deixando o mercado sempre aquecido com muita mão de obra. A taxa de coleta que é um problema existente no atual produto vai ser sanada com a criação desse dispositivo pois ele vai ter uma taxa bem superior a uma amostra por minuto.3 Justificativa Com a obtenção do produto final muitos setores da sociedade serão beneficiados . serão abordados os resultados preliminares de vibração do novo hardware 14 .escolha de novos trajetos o que viabiliza uma menor exposição a vibração. 1. serão abordados todos os procedimentos para criação do hardware e algoritimos utilizados para a aquisição de todos sinais envolvidos e diagramas de blocos para proporcionar uma ideia mais ampla do circuito a ser desenvolvido.forma de aquisição do sinal de vibração e do sinal de GPS e análise dos componentes que serão utilizados no projeto. No Capítulo 4. donos de empresas e outros setores da indústria que estão relacionados de alguma forma a vibração. já que a vibração está muitas vezes relacionadas as más condições das rodovias.Com uma amostra por minuto muitas vezes sinais importantes são negligenciados durante o trajeto mas com o aumento da taxa esse negligenciamentos de dados vai ser consideravelmente reduzida. tais como operadores de máquinas.4 Estrutura da dissertação No Capítulo 2. consequentemente uma melhor saúde ocupacional para os condutores e um menor desgaste para o veículo. Esse novo produto vai poder auxiliar as grandes empresas a mapearem as rodovias mais perigosas e no campo de Engenharia Civil poderá auxiliar na quantificação da vibração em que alguns trabalhadores possam estar expostos. normas vigentes no país. tais como . 1. de 06 de junho de 1983 [13]. passageiros .

em comparação com os dados do equipamento comercial difundido nas grandes empresas e uma análise funcional dos pontos semelhantes entre os dois produtos. serão abordados os cronogramas e os adicionais que poderão ser introduzidos em um projeto futuro que vise aperfeiçoar o que já vai ser produzido. No Capítulo 5. 15 .

Essa transmissão de vibração mencionada anteriormente ocorre muitas vezes por superfícies de suporte. No caso de condutores de veículos de transporte urbano eles estão expostos diariamente e continuamente a exposição de corpo inteiro. De certo modo a vibração de corpo inteiro é prejudicial a saúde humana mas 16 . pode ser recepcionada pelo trabalhador esteja ele em pé ou sentado como pode ser visto na figura 2.2 Fundamentação teórica Nesta seção serão apresentados os fundamentos essenciais de vibração de corpo inteiro e suas consequências sobre saúde humana. exposição teórica dos instrumentos utilizados na aquisição dos sinais de vibração e de localização e normas relacionais a vibração de corpo inteiro que tenham eficácia nacional e internacional.1.2008 de corpo inteiro é um fator praticamente inerente a muitas atividades dos trabalhadores nas grandes industrias e a exposição prolongada a fator pode contribuir para problemas de saúde [15]. essa exposição contínua deve ser limitada já que a exposição desse motoristas a exposição de vibração de corpo inteiro e a vibração relacionada a ruídos de buzina e ruído relacionado aos carros de propaganda que estão em grandes centros urbanos podem proporcionam uma maior probabilidade de causar danos a saúde [2] [16].1 Vibração de Corpo inteiro (Whole Body Vibration-WBV) A vibração de corpo inteiro é conceituada como sendo toda vibração transmitida ao corpo como um todo e não analisando apenas apenas extremidades como ocorre na análise de vibração braço-mão(Hand Arm vibration-HAV). 2.1. A vibração Figura 2. Direções dos eixos ortogonais para medição de vibração de corpo inteiro na posição Fonte: Good Pratice Guide Whole Body Vibration.

Identificação dos fatores de ponderação e suas respecitivas aplicações Ponderações nas Frequências Aplicação Wh Wk Wd Ponderação de extremidades nos eixos x. e essa aceleração rms pode ser expressa em termos de m/s2 e a sua representação matemática é descrita pela equação (2. Os valores de vibração são representados em forma de aceleração.1 Root Mean Square Os valores dessa vibração devem ser quantificados e analisados de acordo com as normas vigentes.1) s Z 1 T 2 aw (t) = a (t)dt. 2. (2.1.existe ocasiões em que tal exposição de modo controlado pode prover soluções para alguns problemas como a osteoporose [17]. logo.1. De acordo com essa norma todos os valores de aceleração devem ser ponderadas. como base na equação (2. Ponderação de corpo inteiro no eixo z-ISO2631.1) T 0 w • a2w é a aceleração ponderada em m/s2 • T é a duração da vibração em s A sensibilidade dos membros do corpo humano é diferente nas diversas faixas de frequência. a aferição desses valores devem ser realizada nos três eixos e o método de aquisição é usando a técnica Root Mean Square(rms). Como essa vibração apresenta essas duas polaridades de efeitos sobre a saúde humana o mais adequado a ser realizar é uma adequada medição dos níveis em que os trabalhadores podem ser submetidos a essa vibração sem que provoquem danos a saúde. essa é uma técnica adequada pois retorna um valor que representa o valor eficaz da vibração por um período determinado.a2wz . dos eixos X . esta é a técnica mais básica mencionada pela norma ISO 2361-1. A tabela 2.2 a seguir relaciona os fatores de ponderação e na figura 3. Quando se obtém os valores de aceleração nos três eixos Tabela 2. 17 (2.a2wx + ky2 .Muitas pesquisas apontam que existe a possibilidade de exercícios que utilizam como princípio vibrações de corpo inteiro podem ser utilizados para fortalecer membros inferiores [7].Y e Z da forma da manifestação da vibração seja ela vibração braco-mão ou vibração de corpo inteiro. pode-se obter um valor de aceleração total .2) .2) q at = kx2 . não pode-se tratar como a vibração de corpo inteiro como um fator apenas negativo.a2wy + kz2 . Ponderação de corpo inteiro no eixo x e y -ISO2631.4 são apresentadas as curvas que auxiliam na determinação desses fatores. Logo quando for realizada uma análise ocupacional os valores de aceleração serão correlacionados ou corrigidos em função da frequência.y e z-ISO 5349.

(a) Vibração braço mão (b) Vibração de corpo inteiro Figura 2. em cada uma das direções dos eixos ortogonais.i )2 .2.l = t (wi × wl.onde .3) descrita em sequência v u n uX aw.y e z. são obtidos pela equação (2.awy e awz são as acelerações ponderadas nas direções dos eixos ortogonais x. ky e kz são os fatores multiplicadores dos respectivos eixos ortogonais x. Fonte: ISO 2631:1997 Os valores das acelerações ponderadas dadas em rms .3) i=1 18 . (2. Fatores de ponderação na frequência. • kx . • awx .y e z .

To (2. Os parâmetros atuais de vibração de corpo inteiro é estabelecido de acordo com os limites para efeitos sobre a saúde e o conforto do trabalhador.2 e as curvas da figura 3. r A(8) = Aeq T . atualmente equivale a 8 horas diárias. (2. o atual gráfico pode ser interpretado tendo uma visualização de três regiões distintas e que cada região pode gerar um problema especifico: 19 .4 Quando a exposição é distinta em dois ou mais turnos de trabalho utiliza-se a aceleração equivalente.1.• l indica a representação das direções dos eixos ortogonais x.y e z • i indica os valores distintos de frequência para as quais a ponderação w é determinada de acordo com os dados dispostos na tabela 2.4. No anexo B da ISO 2631 estabelece um guia que orienta o quão prejudicial está sendo a exposição a vibração conforme pode ser visto na figura 3. s a21 × t1 + a22 × t2 + · · · + a2n × tn Aeq = . conforme a seguinte equação 2.3.1997.4) t1 + t2 + · · · + tn • Aeq representa a aceleração ponderada equivalente. Regiões de risco Fonte : ISO 2631 . Conforme a referida ISO. • an representa o valor de aceleração para para o tempo de exposição tn A aceleração normalizada para uma jornada de trabalho de 8 de trabalho é dada pela equação 2.5) Onde T corresponde à duração diária e o tem To corresponde ao tempo de duração de uma jornada de trabalho normal.de acordo com a ISO 2631.5. Figura 2.

O valor dose de vibração pode ser descrito como s Z V DV = 4 T [aw (t)]4 dt (2.7) i=1 onde . umas das normas vigentes no Brasil que trata sobre a exposição do trabalhador a exposição de vibração de corpo inteiro [13]. Todos esses valores de limites estão dispostos na NR 15 anexo 8 . esse métodos é um pouco mais adequado pois proporciona uma sensibilidade maior à presença de picos no sinal sinal de vibração.75 .1 m/s2 . ações corretivas e exemplos serão discutidos com mais enfoque.• Região A • Região B • Região C 2. Mas se o trabalhador estiver submetido a uma vibração ocupacional em diferente diferentes períodos e em diferentes turnos.75 e t é simplesmente o tempo de duração da medição.6) 0 onde . b) Valor da dose resultante de vibração como foi visto na equação (2. O limite de exposição a vibração ocupacional diária de corpo inteiro pode ser visto logo em sequência: a) Valor da aceleração normalizada como descrito na equação (2.1. Na seção de normas específicas os valores de limites de exposição.75 .y e z . V DVi equivale ao valor de dose de vibração de corpo inteiro para o período i em questão que é dado em m/s1.0 m/s1. 20 . esta nova equação é dada como V DVtotal = s X V DVi 4 (2. deve-se utilizar uma técnica similar que possibilite adicionar os valores de vibração nos diferentes períodos em que existe a vibração de corpo inteiro.5) e tem um valor de 1.Esse método vai poder fornecer o valor da dose para cada direção ortogonal x .VDV Outro método utilizado para avaliar a exposição de vibração de corpo inteiro é o método de valor dose de vibração também conhecido pelos usuários da língua inglesa como Vibration Dose Value. o valor de aw (t) corresponde ao valor de aceleração instantânea ponderada em frequência dada em m/s1.2 Valor da Dose de Vibração da quarta potência .7) possui um valor de 21.Após obter esse valor da dose de vibração pode se comparar se o trabalhador está submetido a níveis de vibração previsto nas normas que estabelecem os valores máximos de doses diárias em que os funcionários devem ficar expostos.

de modo que tal exposição seja com segurança e não afete a saúde dos funcionários . tais valores serão descritos quando iniciar o estudo sobre a Norma de higiene Ocupacional. Essa norma como pode ser visto é bem geral.2 Normas específicas e Diretivas sobre vibração Existem inúmeras normas que tratam do tema de exposição de vibração de corpo inteiro. diante de tais condições fica o empregador tomar as devidas precauções visto que o de ultrapassar o limite enseja um grau de insalubridade médio .Vibração Esse anexo é bem parecido em termo de estrutura com o anexo citado anteriormente.Essa norma estabelece os limites de exposição a vibração de corpo inteiro e vibração braço-mão.2. mas agora trate-se das formas de prevenir doenças e distúrbios ocasionados devido a exposição ocupacional as vibrações de corpo inteiro e braço . essas normas estão dispostas logo abaixo e no decorrer será devidamente explicados os trechos de maior importância. Tais medidas de prevenção devem ser adotadas na ausência de tecnologias que limitem a exposição a vibrações de corpo inteiro e braço-mão. O objetivo desse trecho é proporcionar uma visão ampla das seguintes normas vigentes seja em território nacional ou internacional. 2. visto que essa 21 . esses valores limites são os mesmos encontrados anteriormente no anexo 8 da norma regulamentadora No 15.Anexo 8 : Vibração • Norma Regulamentadora No 09 . mas ela está vinculada a outras normas que possuem um profundeza de detalhes consideravelmente maior. isso proporciona um adicional na remuneração final do trabalhador. Os empregadores devem adotar medidas que visem assegurar o controle da exposição dos trabalhadores à vibrações mecânicas. Esse anexo também estabelece os limites em que os trabalhadores podem ficar expostos de modo que os potencias de riscos a saúde sejam mínimos.2. foi selecionado um conjunto de normas que estruturam todas as regulamentações no que refere-se a vibração transmitida ao corpo como um todo.1 Norma Regulamentadora No 15 Anexo 8 .2 Norma Regulamentadora No 09 Anexo 1. essas medidas preventivas enquadram-se no no Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. • Norma Regulamentadora No 15 .Vibração O objetivo do anexo 8 da norma em questão é o estabelecimento de critérios para avaliar se exposição às vibrações de corpo inteiro e braço-mão se enquadram em condições insalubres de trabalho.Anexo 1 : • Norma de Higiene Ocupacional 09 • ISO 2631-1/1997 • Diretiva Européia 2002/44/EC 2.2.

.8) sendo A(8) o valor da aceleração resultante normalizada que utilizada como parâmetro para os limites de exposição a vibração ocupacional.Algumas medidas simples que se tomadas de forma adequada podem reduzir de forma significativa a exposição de vibração de corpo inteiro. tais como. s X V DVtotal = V DVi 4 (2. tais fórmulas já foram dispostas anteriormente mas serão disponibilizadas novamente para uma melhor compreensão do procedimento r A(8) = Aeq T To (2. Com base nos critérios dispostos nessa normas 22 Limite do Nível de açãom/s2 VDVR limi . É necessário avaliar constantemente a exposição. evitar quando possível superfícies irregulares ou estradas com má qualidade e ajustar o assento do veículo em relação ao posicionamento e ao peso do condutor do veículo [8].9) i=1 Tabela 2. . Os principais parâmetros utilizados nessa norma em questão são os dados de aceleração resultante normalizada em m/s2 e o valor da dose de vibração em que o trabalhador está exposto. que são valores abaixo dos limites aceitáveis mas já merece uma atenção especial do empregador em tomar medidas preventivas em relação a exposição do trabalhador à vibrações de corpo inteiro.3 Norma de Higiene ocupacional No 09 Essa norma técnica em questão foi desenvolvida pela Fundacentro e estabelece os valores de nível de ação.2.Quando o nível de ação é superado o potencial de ocorrer algum problema de saúde é bem maior principalmente na região da lombar [4]. 2. Identificação dos fatores de ponderação e suas respecitivas aplicações Vibrações mecânicas Limite de exposiçãom/s2 Wh Wk Wd . pense no exemplo de um motorista de ônibus ou de trator ele estão expostos a vibração de forma continua medidas preventivas como adotar velocidades adequadas no uso do veiculo. comunicar e auxiliar os trabalhadores. vibração.2. além de implementar o controle médico e de novas tecnologias com foco no agente. T e To são respectivamente 8 horas e o valor de tempo em que o trabalhador fica exposto a vibração durante o dia.normas trata com mais vigor os dados dos limites e traz consigo os métodos para avaliar esses limites.

basta criar um determinado capacitor em que a distância entre as placas dependa do valor de aceleração sentido pelo conjunto A figura ?? mostra o esquemático um um acelerômetro capacitivo em que o valor da tensão nos terminais varia de acordo com a distância entre as placas. vista que o sensor recebe qualquer tipo de energia(luz.3 Sistemas de medição de vibração Inicialmente foi feita uma análise em todos os equipamentos disponíveis no mercado para medição de sistemas de vibração e quais eram seus principais componentes. Analisando o manual de usuário de alguns sistemas para medir vibração constatou a presença de alguns componentes essenciais para o seu funcionamento básico . este é um dispositivo que tem como característica transformar determinado tipo de energia em outra.vibração) mas transforma sempre em energia elétrica. Literalmente. temperatura. Os sensores podem ser entendidos como um tipo transdutor. a voltagem nos terminais de saída vai alterar de acordo com a variação da distância entre as placas. como por exemplo. tais como sensores de aceleração. os sensores que vão ter uma análise um pouco mais detalhada pode ser visto no decorrer dos próximos blocos 2. menores serão os valores de voltagem nos terminais.3.sensores de pressão e muitos outros sensores. Diante da importância e da forte presença dos sensores em sistemas de vibração. Esse conceito pode ser utilizado como base para criação de um acelerômetro. Entre essas placas está ar ou algum tipo de material isolante apropriado. temperatura. Um dos equipamentos que teve maior destaque foi o HVM100] [?].2. Enquanto o 23 . luminosidade. o sensor é uma particularidade do transdutor. Inserindo cargas elétricas de sinais opostos nessas placas . necessária para a interpretações das condições ou características do ambiente onde o sensor está fixado [?]. devido sua grande utilização no mercado e sua facilidade de manuseio. Em eletrônica. após a inserção dessas cargas surge uma diferença de potencial elétrico entre as placas. Um exemplo prático do transdutor pode ser visto no funcionamento dos motores dos automóveis. pode-se definir o termo sensor como "aquilo que sente" [?]. Entretanto. foi escolhido alguns sensores para ter uma explicação mais alongada para uma melhor compreensão do funcionamento dos sistemas de medição de vibração. Se as cargas nas placas permanecerem constantes. onde tem-se como entrada a energia química proveniente dos combustíveis e tem a transformação em energia mecânica para existir o deslocamento do veículo. sensor é qualquer tipo de dispositivo ou circuito eletrônico que possibilita a análise de uma determinada situação do meio ambiente. Estes equipamentos possuem uma vasta gama de sensores mas esses ditos anteriormente são o que compõe a estrutura básica de um sistema para aquisição de sinais relacionados a vibração. vibração ou até mesmo a umidade relativa do ar. Quanto mais próximo estiver as placas.1 Acelerômetros 1) Acelerômetros capacitivos Um capacitor simples é composto por duas placas metálicas afastadas por uma distância pequena.

4. Esquemático de um acelerõmetro capacitivo Fonte [?].3. a mola é pressionada(comprimida) e as placas do capacitor se aproximam uma da outra. 2) 3) 2.3.2 Sensores de pressão 2. Figura 2.3 Pastilhas piezoelétricas 24 . a mola segura a placa superior e gera uma voltagem de saída V2 . se o conjunto sofre uma aceleração. Mas .conjunto está em repouso. fornecendo uma voltagem V1 menos que a voltagem V2 .

Outro sensor de suma importância é o de localização .3 3. bateria de 9V. principalmente como esses parâmetros influenciavam na saúde das pessoas que estavam submetidas a vibrações mecânicas.Nessas pesquisas contatou-se que era necessário pesquisar com mais afinco os parâmetros mais relevantes a cerca da vibração de corpo inteiro. Para completar foi realizada também uma pesquisa para a escolha do microcontrolador em que foi decidido o uso do Arduino Uno. do cartão de memória e do programa desenvolvido inicialmente para aquisição dos dados de vibração e posteriormente os sinais de localização. o microcontrolador em questão pode ser alimentado por uma fonte de energia externa. O sensor de aceleração escolhido para compor o projeto foi o acelerômetro tri-axial(ADXL 3xx).1 onde já possui um slot de cartão SD. tais como sensores de pressão e os inúmeros acelerômetros(sensor de aceleração) disponíveis no mercado.conectado por um adaptador adequado. é importante salientar que pode ser preciso utilizar um Arduino Mega. ele é um modelo similar ao famoso ADXL 335 que é mundialmente utilizado devido a facilidade de manuseio e obtenção dos dados. Para o estudo da vibração foi necessário conhecer como surge a vibração e como isso influência na saúde das pessoas que estão expostas a determinada vibração. onde já são gravados os dados de vibração dos eixos x. Posteriormente foi realizado pequenos testes em uma protoboard de 830 furos. que é o número de portas analógicas dispostas no Arduino Uno. do acelerômetro.1. tais como . As especificações técnicas do arduino adotado podem ser observadas na tabela 3.vibração de corpo inteiro.sendo assim . A implementação do circuito para aquisição de sinais de vibração foi desenvolvida inicialmente guiando o seguinte esquemático desenvolvido por um software conhecido como Fritzing. nesses pequenos testes iniciais foram verificados o funcionamento adequado do microcontrolador. No código desenvolvido na 25 .1 Metodologia Metodologia de um sistema microcontrolado para aquisição e análise de dados de vibração com localização geográfica sincronizada O procedimento inicial para dar início ao projeto foi primeiramente o devido levantamento bibliográfico com pesquisas em artigos internacionais e nacionais publicados em grandes centros de pesquisa com notário saber na área em questão. isso vai ser necessário quando o número de portas analógicas for superior a 6.Porém. Para capturar os dados relacionados a vibração foram feitas diversas pesquisas sobre sensores comerciais que poderiam ser utilizados no projeto . foram feitas pesquisas sobre vibração de corpo inteiro e o quão prejudicial é a saúde e como esse fator pode ser prejudicial ao cotidiano das pessoas. Valor de Dose de Vibração e aceleração resultante normalizada.y e z e os respectivos dados de posição geográfica que vai possibilitar uma adequada análise posteriormente. uma análise de mercado foi realizada e optou-se por escolher uma shield de GPS Itea studio V1.

o escolhido foi o MatLab. nessa plotagem foi possível constatar alguns picos que indicavam os pontos da gravação no cartão SD e a disposição dos valores de aceleração com o decorrer do tempo. Após obter os valores finais do circuito constatou-se que o pleno funcionamento dos trechos e a próxima tarefa foi analisar esses dados obtidos em um software adequado.1.Tabela 3. tendo em vista que os sensores de aceleração e o sensor de localização são as entradas primordiais do circuito. gravação e leitura no cartão SD e posteriormente foi adicionado o código para a sincronização dos dados de vibração com a respectiva posição geográfica.12 Vdc IDE do Arduino consta um trecho para aquisição dos dados analógicos advindos das eixos x. a próxima etapa foi adicionar o sensor de GPS para fazer uma análise completa do circuito .y e z do acelerômetro. Modelo do circuito inicial Após fazer os diversos testes para validar alguns trechos do circuito.1 tem o seu funcionamento resumido da seguinte forma. Características técnicas do Arduino Uno especificações técnicas Arduino Uno Microcontrolador Portas digitais Portas PWM Portas analógicas Memória Conexão Tensão de operação Corrente máxima portas E/S Alimentação ATmega328 14 6 6 32K USB 5V 40 mA 7 . utilizando o software mencionado anteriormente foi realizado a plotagem dos sinais adquiridos . O circuito descrito na figura 3. Figura 3. 26 .1.

2 Análise experimental do sistema desenvolvido para adquirir os dados relacionados a vibração e localização geográfica sincronizada 3.y e z.quando o usuário pressiona o push button inicia o processo para gravação que é indicado a partir do auxilio dos LEDS. 3. em que esses sensores vão fazer a aquisição do sinal de vibração e localização respectivamente. Um acelerômetro é basicamente um sensor analógico transdutor que pode detectar as variações de aceleração nos eixos.2. o parâmetro Valor de Dose de Vibração.. calculo da dose. Este por sua vez quantifica a dose em que a pessoas está submetida durante determinado período. no caso em especifico foi utilizado um acelerômetro que coleta os valores das acelerações nos três eixos ortogonais x. 27 .3 Técnicas para análise de dados relacionados a vibração 3.. A aceleração é uma medida da variação de velocidade e pode ser obtido em varias direções. colisão e gravidade [10]. biaxiais e triaxiais.. essa dose é calculada a partir dos dados de aceleração transferidos pelas saídas analógicas do acelerômetro adotado.. módulo de processamento dos sinais e por último o módulo de registro dos dados 3. Após saber sobre o modo de aquisição nada mais adequado do que compreender agora um dos principais parâmetros utilizados nos estudos sobre vibrações mecânicas. no código foi implementado um algoritimo que é capaz de quantificar esse valor de dose. onde o LED vermelho indica que está ocorrendo a gravação no exato momento e o LED verde indica que a gravação já foi finalizada e está pronto para iniciar outra aquisição e posteriormente a gravação.Este possui uma estrutura dividida basicamente em três blocos básicos: módulo de aquisição dos sinais de vibração e GPS.1 Sistema de Aquisição Módulo de aquisição é composto basicamente por acelerômetro e um módulo de GPS . existem alguns acelerômetro que são uniaxiais.4. vibração..Os acelerômetro além de obterem os valores de aceleração podem adquirir também sinais de inclinação.]pausa[ 3.4 Instrumentos utilizados Nessa seção serão listados os os equipamentos que serão utilizados na montagem do equipamento.

este nome deve-se a um bar local bastante frequentado por membros do corpo docente e alunos do Instituto de Ivrea. para equipamento em 28 .Figura 3. bem como era uma excelente forma de interação com a programação de microcontroladores [12] (a) (b) Figura 3. Vistas do Arduino Uno Com o decorrer do tempo muitas versões do arduino foram criadas. 3.2 Sistema de Processamento O Arduino teve sua origem na cidade de Ivrea. na Itália.3. Então o professor junto com o pesquisador David Cuartielles criaram a plataforma arduino.de baixo custo e que poderia proporcionar a realização de grandes projetos.4.2. O professor Massimo Banzi tinha como intuito criar um dispositivo que tivesse um baixo custo e que possibilitasse uma interação entre os estudantes de design com a tecnologia de microcontroladores. A popularidade do arduino cresceu quando o grande público percebeu que o arduino seria um sistema d fácil trato. em meados de 2005. Diagrama de Blocos do equipamento.

O acelerômetro escolhido foi o ADXL 3XX que pode ser visto na imagem em sequência onde também pode ser visto o sensor de de localização selecionado.2. as especificações técnicas do arduino Uno tem as especificações técnicas descritas na tabela 3.3 Sistema de registro de dados Os dados coletados após a conversão analógico-digital do acelerômetro e do sensor de localização serão armazenados em um cartão SD a partir de um módulo que está contido na shield no GPS que foi utilizado. nesse bloco todo o processamento necessário para uma completa compreensão dos sinais de entrada é realizada e os sinais processados são enviados para o próximo módulo para haver o respectivo registro. Esse sensor de localização é mais compacto pois ele acopla na placa do microcontrolador tornando o circuito final mais versátil. 3. tendo em vista que esses dois elementos compõem os sinais de entrada do circuito.4. Devido ao fato de que o ATmega328 pode ser programada em linguagem c++.desenvolvimento optou-se em utilizar o Arduino uno e ou ATmega. 3.4.4 Desenvolvimentos do Circuito A construção do circuito para aquisição dos sinais de GPS e de valores de aceleração teve seu início com a escolha dos sensores de aceleração e dos sensores de localização.12 Vdc Nesse módulo os dados gerados no módulo de aquisição de sinais são as entradas. foram utilizadas bibliotecas específicas de acordo com o módulo aquisição de sinal. 29 . os dados são gravados na mesma taxa em que são adquiridos. Características técnicas do Arduino Uno especificações técnicas Arduino Uno Microcontrolador Portas digitais Portas PWM Portas analógicas Memória Conexão Tensão de operação Corrente máxima portas E/S Alimentação ATmega328 14 6 6 32K USB 5V 40 mA 7 . este poderá ser utilizado caso seja necessário adicionar mais sensores o que vai requisitar mais portas analógicas. Tabela 3. O formato em que é realizado a gravação pode ser visto na tabela [citar tabela]. visto que trabalha com muitos sinais de entrada. que possibilitaram o desenvolvimentos dos atuais programas que apresentam um grau de sofisticação maior .2. devido ao Arduino ser uma plataforma open source facilitou a obtenção de programas modelos.

como pode ser visto na figura [citar] o compartimento onde vai o cartão SD está destacado na imagem com um quadrado vermelho. GPS. consequentemente em lugares como carros e ônibus os dados de GPS podem ser adquiridos sem maiores dificuldades . mas com o decorrer do projeto ele vai ser transferido para uma placa mais compacta tende em vista uma aquisição de sinal mais limpa e segura. visto que essa junção de sinais de entrada é que torna esse circuito um diferencial em relação aos existentes no mercado. Após iniciar a aquisição depois de pressionar o botão. esse modelo de disposição dos LEDS e botão é uma disposição intermediária.5. sensores de entrada do circuito geral. O sensor de localização .O atual circuito que está fazendo as coletas dos dados está desenvolvido em uma protoboard simples. quando o LED vermelho está em nível lógico alto indica que está ocorrendo a gravação naquele exato momento e um LED verde indica que a gravação está encerrada e que está pronto para fazer outra aquisição.(a) Sensor de Aceleração (b) Sensor de Localização Figura 3. e dois LEDS para indicarem se está ocorrendo gravação ou não . No circuito desenvolvido foi adicionado um botão para selecionar o momento em que o usuário quer que inicie a aquisição do sinal. todos os dados são lidos pela pelas portas analógicas e convertidas para valores digitais que são gravados no cartão SD. 30 .4. tem que ter uma antena de GPS para ajudar na captura do sinal de localização. o circuito desenvolvido pode ser visto na imagem que se segue na figura 3. já que a existência de muitos cabos pode prejudicar no sinal adquirido devido a presença de ruídos. esses dado de GPS tem que ser vinculado ao dado do acelerômetro. pois o circuito final vai ser em uma placa de circuito impresso. com a adição dessa antena à shield do gps proporciona que os dados de localização possam obtidos até mesmo em locais fechados.

Figura 3. Vista geral do circuito 31 .5.

4 Resultados Preliminares 32 .

5 Próximas Etapas e Cronograma 33 .

1999. International archives of occupational and environmental health. 90(3):195–206. Aplicações de acelerómetros. [10] Lígia J Figueiredo.gov. 39(9):585–589. [3] Tiago Becker. atividades e operações insalubres-anexo no 8 vibrações. Caracterização dos níveis de vibração em motoristas de ônibus: um enfoque no conforto e na saúde. The effects of whole body vibration on humans: dangerous or advantageous? Acta Physiologica Hungarica. Medical aspects of the hand-arm vibration syndrome.com.connapa. [5] Massimo Bovenzi. Normas sobre Vibração.html/. [13] Norma Regulamentadora No. Orvosi hetilap. 1990. Desenvolvimento de uma mesa vibratória para estudos sobre vibração no corpo humano. accessed 05-Junho-2015]. 2010. Ana R Gafaniz. 2014. 34 . 2013. 2007. [8] Connapa. [clinical features of the hand-arm vibration syndrome in miners]. Applied ergonomics. Monografia. 2001. Transporte Rodoviário. Whole body vibration exercise: are vibrations good for you? British journal of sports medicine. Ronnie Lundström. 2006. Portugal. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. [Online. Lisboa. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. and Rúben Pereira. 37(6):793–799. Hand-arm vibration syndrome (havs) and musculoskeletal symptoms in the neck and the upper limbs in professional drivers of terrain vehicles?a cross sectional study. [6] M Cardinale and MH Pope. 2003. Börje Rehn. accessed 16-Maio-2015]. Doutorado. br/transporte-rodoviario. and K Kardos. L Nemeth. Tohr Nilsson.transportes. Lage Burström. 6(1):61–73.Referências [1] Charlotte Åström. [4] M Bovenzi and CTJ Hulshof. [Online. 147(18):833–839. G Kiss. 2011. 2006. Arduino básico. An updated review of epidemiologic studies on the relationship between exposure to whole-body vibration and low back pain (1986–1997). 2005. [7] MAJW Cardinale and J Wakeling.br/ normas-sobre-vibracao/. [12] Michael McRoberts. http://www. Gustavo S Lopes. [11] T Kakosy. 2006. 15. Novatec Editora. M Lászlóffy. [9] Ministério dos Transportes. [2] Alexandre Balbinot. http://www. International Journal of Industrial Ergonomics. Escola de Engenharia. medições em um grupo de motoristas e ajuste de um modelo biodinâmico. and Gunnevi Sundelin. 72(6):351–365.

2005.[14] B Rehn. [19] Bengt-Olov Wikström. Health effects of longterm occupational exposure to whole-body vibration: a review. [15] Helmut Seidel. 1993. muscle strength. 2004. 52(10):1240–1247. 35 .F Silva and René Mendes. [18] Márcio Walber and Alberto Tamagna. 19(3):352– 359. International Journal of Industrial Ergonomics. 2009. Journal of bone and mineral research. Mats Hagberg. 39(1):9–17. Ergonomics. Selected health risks caused by long-term. and L Burström. and Ulf Landström. 1994. Anders Kjellberg. 14(4):273–292. and Steven Boonen. T Nilsson. Christophe Delecluse. 11(15). American Journal of Industrial Medicine. Avaliação dos níveis de vibração existentes em passageiros de ônibus rodoviários intermunicipais. whole-body vibration. Neck pain combined with arm pain among professional drivers of forest machines and the association with whole-body vibration exposure. 2010. Effect of 6-month whole body vibration training on hip density. Machteld Roelants. R Lundström. and postural control in postmenopausal women: A randomized controlled pilot study. Revista Liberato. [17] Sabine MP Verschueren. análise e modificação projetual. Exposição combinada entre ruído e vibração e seus efeitos sobre a audição de trabalhadores. Dirk Vanderschueren. [16] L. 23(4):589–604. Revista de Saúde Pública. Stephan Swinnen.

Apêndices .