Page 1

mrp.ase.ro

Aziri B.
A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA
INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86

A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Brikend Aziri
Faculdade de Economia e Negócios da Universidade do Sudeste Europeu, Ilindenska 1200, Tetovo, Makedonia
b.aziri@seeu.edu.mk

e
cEu
t
c
um
r
P
d
n
um
h
c
r
um
e
s
e
R
t
n
e
m
e
g
um
n
um
M

1
1
0
2
r
e
b
m
e
c
e
D
/
4
e
u
s
s
EU
,
3
e
m
lu
o
V

Resumo
A satisfação no trabalho representa uma das áreas mais complexas que enfrentam os gestores todayâ ™ € s quando se trata de gerir o seu
funcionários.
trabalhadores, enquanto que o nível de motivação tem um impacto sobre a produtividade, e também, por conseguinte, sobre o desempenho de negóc
Muitos estudos têm demonstrado uma invulgarmente grande impacto sobre a satisfação com o trabalho sobre a motivação dos
organizations.Unfortunately, em nossa região, a satisfação no trabalho ainda não recebeu a devida atenção do não
estudiosos nem os gestores de várias organizações empresariais.
Palavras­chave: satisfação no trabalho.

1. DEFINIÇÃO E IMPORTÂNCIA DA SATISFAÇÃO NO TRABALHO
Apesar de seu uso vide na investigação científica, bem como na vida cotidiana, ainda não há um acordo geral
a respeito do que a satisfação no trabalho é. Na verdade não existe uma definição final sobre o trabalho que representa.
Portanto, antes de um
definição sobre a satisfação no trabalho pode ser givven, a natureza ea importância do trabalho como atividade humana universal
deve ser considerada.
Diferentes autores têm abordagens diferentes para a definição de satisfação no trabalho. Alguns dos mais comumente
definições citadas sobre a satisfação no trabalho são analisadas no texto que folows.
Hoppock satisfação no trabalho definido como qualquer combinação de psicológicos, fisiológicos e ambientais
circunstâncias que fazem com que uma pessoa a verdade ao dizer que estou satisfeito com o meu trabalho (Hoppock, 1935). Conforme
esta abordagem, embora a satisfação no trabalho está sob a influência de muitos fatores externos, continua a ser algo
interno que tem a ver com a maneira como o funcionário se sente. Essa é a satisfação no trabalho apresenta um conjunto de fatores
que causam um sentimento de satisfação.
Vroom em sua definição sobre a satisfação no trabalho enfoca o papel do trabalhador no local de trabalho. Assim, ele
define a satisfação no trabalho como orientações afetivas por parte dos indivíduos em relação a papéis de trabalho Propicia eles são
presentemente ocupando (Vroom, 1964).
Uma das definições mais citadas sobre a satisfação no trabalho é uma quinta­feira dada pelo Spector acordo com trabalho whome
satisfação tem a ver com a maneira como as pessoas se sentem sobre o seu trabalho e os seus vários aspectos. Tem a ver com

ISSN
2067­ 2462

77

Page 2
mrp.ase.ro

Aziri B.
A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA
INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86

eo achèvement de outros objetivos que levam a um sentimento de fullfillment (Kaliski.a medida em que as pessoas não gostam de como o minério de seu trabalho. Pode. A satisfação no trabalho representa uma combinação de sentimentos positivos ou negativos que os trabalhadores têm para a sua trabalho. 2005). as organizações devem ser guiada por valores humanos. bem como para o bem­estar pessoal. Ele geralmente é percebido como e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . 2007). renda. seus colegas de trabalho. quando um trabalhador em uma organização empresarial.ase.ro Aziri B. desejos e experiências que determinantes expectativas que ele tem demitidos. Nesses casos. As satisfações emprego prazo refere­se ao attituted e sentimentos que as pessoas têm sobre o seu trabalho. ser associado a um sentimento de realização pessoal. por exemplo. A satisfação no trabalho está intimamente ligado a esse indivíduo de comportamento no local de trabalho (Davis et al. seja quantitativa ou kualitative (Mullins. 2008). o comportamento dos trabalhadores em função do seu nível de satisfação com o trabalho irá afectar o funcionamento e as actividades do . A importância da satisfação no trabalho especialmente emerge à superfície se tinha em mente a muitos negativo consequências de disstisfaction trabalho tal falta de lealdade. A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. desejos pessoais é muito boa ISSN 2067­ 2462 78 Página 3 mrp. supervisores ou suborinates e seu pagamento (George et al. o novo paradigma gerencial wich insiste que os empregados devem ser tratados e principalmente consideradas como feijão humanos que têm os seus próprios desejos. o assesment de satisfação no trabalho pode servir como um bom indicador da eficácia dos funcionários. 2008). especialmente em termos de motivacion intrínseco (Statt. 2004). Spector (1997) enumera três características importantes de satisfação no trabalho. E positiva atitudes favoráveis ​ para o trabalho indicam satisfação no trabalho. A satisfação no trabalho é o ingridient chave que leva ao reconhecimento. As atitudes negativas e desfavoráveis ​ ​ em relação ao ​ trabalho indicam insatisfação no trabalho (Armstrong. aumentou abstenteism. aumentar o número de acidentes etc. Enquanto isso. A satisfação no trabalho pode ser considerado como um dos principais fatores quando se trata de efficiancy e eficácia das organizações empresariais. A satisfação no trabalho é o conjunto de sentimentos e crenças que as pessoas têm sobre o seu trabalho atual. Consideramos que a satisfação no trabalho representa um sentimento que aparece como resultado da percepção de que o trabalho permite que as necessidades materiais e psicológicas (Aziri. Além de tendo atitudes sobre seus empregos como um todo. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 indicador para a importância da satisfação com o trabalho em empresas comtemporary. fazê­lo bem e ser recompensado por oneâ € ™ s esforços. traz consigo as necessidades. tais como o tipo de trabalho que fazem. um estado interno. Ao analisar a satisfação no trabalho a lógica de que um funcionário satisfeito é um funcionário feliz e um funcionário feliz é um empregado sucesful. Altos níveis de satisfação no trabalho pode ser sinal de um bom estado emocional e mental dos trabalhadores. A satisfação no trabalho é mais uma atitude. A satisfação no trabalho implica ainda mais o entusiasmo e felicidade com o trabalho oneâ € ™ s. A satisfação no trabalho pode ser definida também como a medida em que um trabalhador está contente com as recompensas que ele ou ela recebe fora de seu minério de seu trabalho. Satisfação não é o mesmo que motivaton. 1985). Satisfação no trabalho Thatswhy e disstatisfaction trabalho pode aparecer em qualquer situação de trabalho Givern. Essas organizações serão orientados para tratar os trabalhadores de forma justa e com respeito. Na verdade. promoção. A satisfação no trabalho é uma sensação de realização e sucesso no trabalho € ™ s workerâ. A satisfação no trabalho é um conceito complexo e multifacetado wich pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes. mas a natureza dessa relação não é clara. As pessoas também podem ter atitudes sobre vários aspectos da sua postos de trabalho. Níveis peopleâ € ™ s de graus de satisfação no trabalho pode variar de extrema satisfação a extrema insatisfação.. Trabalho satisfação é geralmente ligada a motivação. 2006). A satisfação no trabalho representa a extensão para que as expectativas são e combinar os prêmios reais. 3 e m lu o V directamente ligados a productitivty. Firts. Em segundo lugar.. A satisfação no trabalho implica fazer um trabalho único goza. necessidades.

 Figura 2. mas por sua vez pode servir como uma boa indicação sobre em que devem ser feitas alterações unidade organizacional que iria aumentar o desempenho. Locke e Latham (1990) fornecem um modelo um pouco diferente de satisfação no trabalho. 1967) AWLER E S POrterâ € ™ S MODELO DE SATISFAÇÃO NO TRABALHO De acordo com esse modelo as recompensas intrínsecas e extrínsecas não estão directamente relacionados com trabalho satisfação. Desempenho no trabalho + + O desempenho da empresa Fatores do trabalho + Problemas com papel + ­ A satisfação no trabalho percepções FIGURA 1 ­ CHRISTEN . A partir disso. Christen. Recompensas intrínsecas Atuação e cEu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . Em terceiro lugar. a insatisfação com o trabalho vai resultar em um comportamento negativo de funcionários. mrp. Eles procedem do pressuposto de que os objectivos estabelecidos ao mais alto nível e grandes expectativas para sucesso no trabalho fornece . por causa dos funcionários percepção sobre o nível de remuneração merecida. Percepções de função Desempenho no trabalho e O desempenho da empresa. LE YERSMODELO DE Oberman A SATISFAÇÃO NO TRABALHO (CHRISTEN ET . 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 Lawler e Porter (1967) dão o seu modelo de satisfação no trabalho wich ao contrário do modelo anterior coloca uma especial importância sobre o impacto das recompensas sobre a satisfação no trabalho.e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 11 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . 2006) ISSN 2067­ 2462 79 Page 4 Aziri B.ase. trabalho satisfação podem servir como indicadores de atividades organizacionais.ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. Recompensas eqüitativas percebidos A satisfação no trabalho Recompensas extrínsecas FIGURA 2 ­ L â € ™ (LE AWLER POrter . pode­se concluir que a satisfação no trabalho vai resultar em um comportamento positivo e vice­versa. Através de trabalho de avaliação da satisfação diferente níveis de satisfação em diferentes unidades organizacionais pode ser definida. Iyer e Soberman (2006) fornecem um modelo de satisfação no trabalho apresentado na Figura 1 em Propicia o folowing elementos estão incluídos: Fatores relacionadas com o trabalho. 3 e m lu o V negócios da organização.

 a idéia principal é que os funcionários em seu ambiente de trabalho estão sob a influência de fatores que causam satisfação no trabalho e fatores que causam a insatisfação com o trabalho. atrasos. tais como: A natureza do trabalho. fatores que têm al derivados de uma grande pesquisa empírica e devided em fatores que causam trabalho . Este modelo é apresentado na Figura 3. Fatores moderando Específica elevada objetivos Mediando mecanismos Alto atuação Recompensas Alta expectativa auto­eficiência Compromisso com o objectivos da Satisfação e organização antecipado FIGURA 3 ­ LE Ocke LAtham MODELO DE SATISFAÇÃO NO TRABALHO (LE Ocke LAtham .ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. Gestão. Dois Teoria Fator Herzbergâ € ™ s é provavelmente o ponto mais citado de vista. absenteísmo. grupos de trabalho e condições de trabalho. queixas. mrp.eg um n um M 3e m u l o V achèvement e sucesso na execução de tarefas. salário. 2003) Ao falar sobre os fatores de satisfação no trabalho o fato de que eles podem alo insatisfação no trabalho couse devem ser mantidos em mente. 3 e m lu o V ­ As relações sociais ­ Percepção de oportunidades de longo alcance ­ oppurtunities percebidos em outros lugares ­ Os níveis de aspiração e precisa conquista A satisfação no trabalho / Insatisfação Compromisso com a organização Rotatividade. sabotar etc. greves. a satisfação no trabalho questão de tempo e insatisfação no trabalho são dois opostos e excudable fenômenos? Não há consenso sobre esta questão entre os autores. acidentes. Figura 4. FACTORES DE SATISFAÇÃO NO TRABALHO A satisfação no trabalho está sob a influência de uma série de fatores. Portanto. Avanço oportunidades. Uma abordagem um pouco diferente com relação aos fatores de satisfação no trabalho é fornecida por Rue e Byars. profundidade de juros. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 2. FIGURA 4 DETERMINANTS de satisfação e insatisfação (RUE E BYaes. ­ Preocupação para as pessoas Managerâ € ™ s ­ Projeto Job (escopo. 1990) ISSN 2067­ 2462 80 Page 5 Aziri B. valor percebido) ­ Compensação (consistência interna e externa) ­ condições de trabalho e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . Sucesso é analisada como um fator que cria a satisfação no trabalho. Na verdade.ase. Portanto.

A versão 1967 da satisfação Minessota Questonaire usa as categorias de resposta folowing: Não satisfeito. mas ele não leva em consideração as diferenças de sexo. mrp. Respondendo a esta questonaire geralmente leva entre 15­20 minutos. .ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. ISSN 2067­ 2462 81 Page 6 Aziri B. Insatisfeito e Muito insatisfeito. Este tem questonaire um pequeno formulário e dois formulários longos que datam de 1967 e 1977. 3 e m lu o V Satisfação no trabalho Usualy é medida usando métodos gerais de investigação científica. Nem satisfeito nem insatisfeito. como a questonaire. Satisfeita. Muito satisfeito e Extremamente satisfeito. MEDIR A SATISFAÇÃO NO TRABALHO e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . 1976) Fatores de higiene Motivadores As políticas da empresa Realização Supervisão Reconhecimento Relações interpessoais O próprio trabalho Condições de trabalho Responsabilidade Salário Avanço Statuse Crescimento Seguro desemprego 3. Este questonaire dos aspectos seguintes de trabalho: Colegas de trabalho Realização Atividade ISSN 2067­ 2462 82 Página 7 Aziri B.ase. a Tabela 1. Um pouco satisfeito. Se comparado a sua evidente que de uma maneira a versão 1977 deste questonaire é mais equilibrada em relação ao Versão de 1967.satisfação (motivadores) e os fatores que causam a insatisfação no trabalho (fatores de higiene). 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 TABLE 1 ­ JFATORES DE SATISFAÇÃO OB (HErzberg. Algumas das técnicas mais utilizadas para medir a satisfação no trabalho incluem: Minnesota satisfação e questonaire Job índice descrição A satisfação Minnesota Questonaire é um tipo de papel­lápis de um questonaire e pode ser implementado tanto individualmente e em grupo. Satisfeita. 20 operações de trabalho em cinco níveis são medido com esta questonaire. A versão de 1977 do Satisfaction Minessota Questonaire usa as categorias de resposta folowing: Muito satisfeito. Na verdade.

Este questonaire alows acqquisition de informações sobre todos os principais aspectos do trabalho e leva as diferenças sexuais em consideração. Atitudes em relação ao supervisores. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 Uma das abordagens mais antigos para medir a satisfação no trabalho é o grau de expressões faciais apresentadas por Kunin. Na verdade. 3 e m u l o V Status Social Reconhecimento Responsabilidade Supervisão HumanRelations Supervisão Técnica­ Variedade Condições De Trabalho A Descrição do trabalho Index é uma das técnicas mais videly usado para medir a satisfação no trabalho.ase. de acordo com este Abordagem várias expressões faciais são apresentados ao funcionário e ele deve colocar uma verificação por baixo o expresion que decribes seu sentimento e opinião o melhor.ro Aziri B. As relações com os colegas de trabalho e Oportunidades de promoção.ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. Este questonaire foi introduzido pela primeira vez em 1969 e mede cinco grandes satisfação no trabalho aspectos com um total de mais de 70 descrições de trabalho potencial. ISSN 2067­ 2462 83 Page 8 mrp. A medição de força e fraqueza dentro de cada fator são um assinar como na melhoria campo wich e mudanças são neceseary.mrp. Figura 5. Os fatores considerados pela descrição do trabalho idex são: A natureza do trabalho. Compensação e benefícios. É um método simples e de fácil aplicação. Descritores em cada um dos cinco factores que podem ser avaliadas com três opções potenctial pelos empregados: 1 wich significa que a descrição é relevante. Talvez esta seja a forma mais simples de medição de satisfação no trabalho. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 Avanço Autoridade Políticas da Empresa Compensação Valores Morais Criatividade Independência Segurança Serviço Social e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. 2 wich significa que a descrição não é relevante e que 3 significa que o trabalhador não ter uma opinião.ase. .

o salário. Sua pesquisa mostrou que quanto maior o grau de satisfação no trabalho quanto maior é o nível de lealdade dos funcionários. doença. Abstenteism empregado provoca graves custos aditional forcompanies. a melhor maneira o reduvce ameployee abstenteism seria através de um aumento do nível de satisfação dos funcionários. 3 e m u l o V FIGURA 5 â € "F KUnin EXPRESSÕES ACIAL APRESENTADOS PELOS 4. embora a alta . e cEu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . a mais importante das quais parece ser ​ recompensas. especialmente uma vez que é potencialmente sob seu controle â € "ao contrário de alguns dos outros causas de abstenteism (por exemplo. ISSN 2067­ 2462 84 Page 9 Aziri B. Em outras palavras. a fidelidade ea continuidade normativa lealdade. mrp. há ainda é considerável satisfação clima debate leva a um desempenho ou desempenho leva à satisfação (Luthans. Há muitas variáveis ​ moderadoras possíveis. Usualy três typs de lealdade do empregado são considerados: a lealdade afetiva. Por exemplo. Trabalhadores satisfeitos. lealdade normativa é uma espécie de lealdade que aparece nos casos em que o empregado se sente como ele uxos algo para a fidelidade ea continuidade comapny vem como um resultado do fato de que o empregado não faz têm a oportunidade de encontrar um emprego em outro lugar. Como gerente. não estão moderando variáveis. (Sweney e McFarlin. como com os outros relações com satisfação. Empregado lealdade OS usualy medido com o Loyalty Questonaire e pode causar negativo sério consequências quando não está em um nível elevado.ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. No entanto. Probabbly. Finalmente. e se eles devem ser â € œused ou Losta € isto é bastante forte incentivo para os funcionários estarem ausentes. os gestores estão em permanente busca continua de maneiras de como diminuir e reduzi­la ao mínimo. você pode ser implicitamente incentivando absteenteism por inforcing políticas da empresa. é importante lembrar que. EFEITOS DA SATISFAÇÃO NO TRABALHO A satisfação no trabalho provoca uma série de onfluences sobre vários aspectos da vida organizacional. eles serão satisfaz e é provável que resulte em maior esforço de desempenho. Ainda que os efeitos são modestos o facto de satisfação no trabalho contribui para diminuir o nível de e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s abstenteism empregado remaines. mas leva a Departamental e nível organizacional melhorias. evidências recentes pesquisas indicam que a satisfação não necessariamente conduzir a uma melhoria de desempenho individual. Mas disse aswe circunstâncias Caan alterar essa equação. Então satisfação vale payng atenção. as oportunidades de promoção e as pessoas com quem trabalha. não será o necessearily mais altos produtores. tais como o grau em wich as pessoas se sentem seus empregos são importantes. Além disso. abstenteeism tende a ser baixa; quando a satisfação é baixa. A principal idéia por trás disso abordagem é que quanto maior o grau de satisfação no trabalho é o menor abstenteism empregado deve ser. incluindo o trabalho. 1998). portanto. acidentes). deve ter em mente. A lealdade do empregado é um dos fatores mais significativos que os gestores de recursos humanos. O proponderance de evidências de pesquisas indica que não há nenhuma ligação forte entre satisfação e produtividade. o youâ € ™ ve ajudou a criar uma cultura de absteenteism que pode superar o â € efeito œsatisfactionâ €. Além disso. tais como a influência da satisfação com o trabalho sobre a produtividade dos funcionários. a supervisão.Coloque uma verificação sob a face que expressa como você se sente sobre o seu trabalho em geral.ase. 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 A investigação conduzida pela Vanderberg e Lance (1992) durante wich que entrevistou 100 profesionists no serviços de informação por cinco meses showd fortes relações entre satisfação no trabalho e lealdade do empregado. Se as pessoas recebem recompensas que consideram equitativa. abstenteeism tende a ser alta. uma meta­análise comprehesive da literatura de pesquisa encontra apenas A. Alguns deles. lealdade e abstenteism são analisados ​ como parte de ​ este texto. Se as pessoas são pagas para dias de doença.17 best­ estimar correlação entre satisfação no trabalho e produtividade. Lealdade afetiva tem ver com os casos quando um funcionário se sente uma conexão emocional com o companhia. em particular. 2005) Quando a satisfação é alta.

 Comportamento Organizacional. Terceira Edição. p. LW (1967). Examinando a Ordem Causal de satisfação no trabalho e Organizacional Commitmenâ € ™ t. sobre o desempenho de organizações empresariais. (2006).ro A SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UMA REVISÃO DA LITERATURA INVESTIGAÇÃO DE GESTÃO E PRÁTICA VOL. JL (2005). Detroit.. Comportamento Organizacional. R. p. GR (2008). p. p. ISSN 2067­ 2462 85 Page 10 Aziri B. Encyclopedia of Business e Finanças. Thompson Gale.109 e c Eu t c um r P d n um h c r um e s e R t n e m e g um n um M 1 1 0 2 r e b m e c e D / 4 e u s s EU . 3 Edição 4 (2011) PP: 77­86 Referências Armstrong. pp. Satisfaksioni nga puna dhe motivimi i Puna« Tora «ve. desempenho no trabalho. causas e consequências. Nova Iorque. Thousand Oaks. McGraw­ Hill / Irwin. M. p. 10 ed. Comportamento Organizacional. Soluções para Gerenciamento. McGraw Hill. avaliação. 137­150 Davis. EA e Latham. Gestão. Kogan Página Publishing. JW (1985) comportamento humano no trabalho:. CONCLUSÕES A satisfação no trabalho representa uma das áreas mais complexas que enfrentam os gestores todayâ ™ € s quando se trata de gestão de seus empregados. RJ e Lance. JM e Jones. Apesar de milhares de documentos e pesquisas têm sido realizados sobre trabalho satisfação de todo o mundo. 3 e m u l o V Herzberg. enquanto que o nível de motivação tem um impacto sobre a produtividade. Iyer. Jornal of Management. 264 Aziri. O efeito do desempenho no Satisfação no Trabalho. décima edição. Menaxhimi i burimeve njerà«Zore. Seventh Edition. Comportamento Organizacional.. p. 78 Hoppock. Sage Publications. no. p. BS (2007). Relações Industriais. 46 Christen. Competências e Aplicação. p. p. 70. 20­28 Locke. (2006). 20 George.tn e m e g um n um M EU . (1935). Essex. mrp. GP (1990). M. Soluções para Gerenciamento. (2008). por conseguinte. Nova Iorque. Aplicação. Vol. Londres.. HF (1976). 57 Sweney. PD e McFarlin.. Harper and Brothers. Um Manual de Práticas de Gerenciamento de recursos humanos. Fifth Edition. Satisfação no trabalho. Inc Statt. DB (2005). 700 Rue. 3 e m u l o V satisfação no trabalho não irá necessariamente resultar em baixo abenteeism. 147 Mullins. Nova Iorque. (2004). 57 Vanderberg. e de esforços: Reexame Usando Teoria da Agência. McGraw­Hill / Irwin. Tringa Design. p. 153­167 . LW e Byars. O Dicionário Routledge de Gestão Empresarial. 8 Edição. Ch. (1992). edição 7. L. Motivação­Higiene Profiles. Nova Iorque. EE III e Porter. pp. Compreensão e Gestão do comportamento organizacional. Compansation financeiro tem um grande impacto sobre a satisfação no trabalho global de funcionários. D. Muitos estudos têm demonstrado uma invulgarmente grande impacto sobre a satisfação com o trabalho sobre a motivação dos trabalhadores. PD e McFarlin. Pearson / Prentice Hall. e também. 446 Lawler. B. (1998).ase. Vol. p. G. A teoria do estabelecimento de metas e desempenho da tarefa.18. Pearson Education Limited. Prentice Hall. McGraw­Hill / Irwin. Satisfação no trabalho. na República da Macedónia esta é uma das áreas de investigação menos estudados. DB (2005). CA. K. pp. Boston. Januaryr. 259 Spector. Há um considerável impacto das percepções empregados para a natureza de seu trabalho eo nível de satisfação no trabalho global. Gostivar. p.4 Luthans. (2003). 47 Kaliski. p. Gestão e comportamento organizacional. D. e Soberman. Detroit. McGraw­ Hill / Irwin. New Yersey. e Nestrom. New York. 78 Sweney. Journal of Marketing. Segunda edição. F.1. PE (1997) A satisfação no trabalho:. Routledge Publishing.E. p. 5. baixa satisfação no trabalho é susceptível de provocar alta absentismo.

 New York. John Wiley and Sons.99 ISSN 2067­ 2462 86 . p.Vroom. VH (1964). Trabalho e motivação.