You are on page 1of 2

Plano de Ensino

Impresso em: 29/06/2015 14:00:09

PERÍODO: 2014 - JULHO A DEZEMBRO
ESCOLA: ESCOLA DA SAÚDE
CURSO: ENFERMAGEM
SÉRIE: 8ª SÉRIE
TURMA: ENF 8 TB
DISCIPLINA: GESTÃO E GERÊNCIA EM ENFERMAGEM (60 h)
PROFESSOR: NAEDJA NARA DE ARAÚJO NEVES
EMENTA
Processos de trabalho da enfermagem e ações de gerenciar do(a) enfermeiro(a). Gestão em saúde. O papel do(a) enfermeiro(a) frente às novas
demandas de gestão e gerência dos serviços de saúde/enfermagem.
HABILIDADES E COMPETÊNCIAS
- Desenvolver ações e intervenções de saúde com senso ético e humanístico, estando consciente de suas responsabiliaddes nas esferas social e
técnica;
- compreender a articulação entre o trabalho em enfermagem e o trabalho coletivo em saúde
- Conhecer a transformação histórica da organização do trabalho e os desdobramentos na prática da enfermagem;
- Identificar a lógica que orienta a organização dos serviços de saúde e enfermagem;
- Intervir na dinâmica do processo de gestão na enfermagem
- Articular o processo de gerenciar da enfermagem aos demais processos de trabalho (asssitir/intervir, ensinar/aprender e investigar/avaliar);
- Manusear e aplicar instrumentos e ferramentas do processo de administrar/gerenciar;
- Compreender a coordenação do trabalho da enfermagem com responsabilidade do enfermeiro.
VALORES E ATITUDES
- Desenvolver um trabalho cooperativo;
- Pensar criticamente diante da realidade;
- Construir a capacidade da criação;
- Saber ouvir “o outro” nas relações estabeleciads na Universidade e no trabalho em saúde/enfermagem
- Construir estratégias de intervenção na adminsitração em enfermagem de modo integrado, reconhecendo a importância da interdisciplinaridade
no contexto das práticas em saúde.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - UNIDADE 1
- Organizacão e gerência do trabalho de enfermagem
- Concepções filosóficas do cuidado
- Instrumentos e recursos para a administração em enfermagem
- Diagnóstico e planejamento em saúde e em enfermagem
- Gestão de pessoas
- Liderança e processo decisório
- Negociação de conflitos
- Supervisão e educação permanente
- Dimensionamento de pessoal de enfermagem
- Escala de pessoal
- Avaliação de desempenho
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - UNIDADE 2
- Avaliação do cuidado
- Qualidade
- gerenciamento de risco e segurança do paciente
- Avaliação e indicadores em saúde e em enfermagem
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
- Vislumbrando estabelecer um processo dinâmico e integrado de construção do conhecimento, a disciplina será trabalhada em um perspectiva
interdisciplinar, buscando dialogar com as demais disciplinas do período a partir da realização de atividades integradas; atividades avaliativas
interdsiciplinar entre outras. Utilizará a abordagem prática teórico prática, reconhecendo os conhecimentos acumulados pelos discentes. Faremos
uso de ferramentas necessárias para a construção individual e coletiva. Enquanto recursos tecnológicos faremos uso de equipamentos de som,
projetor multimídia, aparelhos de DVD dentre outros.
ATIVIDADES DISCENTES
1

João Catarin. Gerência de processo: mais de um passo para a excelência.CHIAVENATO. 9ª reimp. . Rio de Janeiro: Campus. Sao Paulo: Edgard Blücher. 189p.Participação em sala de aula através de discussão e debates. 2009. São Paulo: Editorial UnG.ARAUJO. São Paulo: Pioneira. 1992. . 3 reimp. Gestão da qualidade na saúde: princípios básicos.Reimp. 144p. José Roberto Whitaker. . Liderança e desenvolvimento de equipes. . .).Realizar a leitura de textos e documentos. 2 reimp. . Gerenciamento da qualidade. 282p. Gerenciamento em enfermagem.Assiduidade e pontualidade REFERÊNCIAS NA INTERNET . Idalberto. Administração nos novos tempos. . 170p.HARVARD BUSINESS REVIEW.LOHN. Introdução à teoria geral da administração. Paulina (Coord.PENTEADO FILHO. Vanderléia Martins. 2ª ed. 301p. .KURCGANT. 2002. Rio de Janeiro: Elsevier. 14 reimp. Gestão de pessoas: estratégias e integração organizacional.Trabalhos em grupo. Técnica de chefia e liderança. José Carlos. habilidades.Realizar atividades avaliativas específicas dentro dos prazos . Colin F. 1978.2010. A nova era da administração. . 332p. Controle total de qualidade. 196p.BERGAMINI.Avaliação teóricas e/ou práticas.Construção das competências. . Antonio Vico. 1999. 6ª ed. O que faz um líder. Rio de Janeiro: Elsevier. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR . Administração: introdução ao estudo. . Idalberto. 1997.Envolvimento e participação do discente nas atividades. 2009.FARIA. 2004.BROCKA. . Paulina (Coord. 2010.Estudos de casos.KURCGANT. Rio de Janeiro: Qualitymark. São Paulo: Pioneira. 5ª ed. São Paulo: Futura.2008. 2ª ed. 3ª ed.Scientific Eletronic Library Online . de. 198p. 610p. São Paulo: Makron Books do Brasil.ALMEIDA. Universidade Potiguar . . . 2009. 2005. 2004. Idalberto. Bruce. 122p. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Adriana Amadeu. São Paulo: Atlas.KURCGANT. 4ª ed. 2008. 4 reimp.Biblioteca Virtual em Saúde . São Paulo: Érica. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária. 1994. 579p.UNP Laureate International Universities 2 . 1991. 243p. . Gestão de pessoas. Léo G. . Luis César G.. São Paulo: Pioneira. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. . 2ª ed. 436p.CHIAVENATO. Administração em enfermagem. Rio de Janeiro: Elsevier. . Administração de sistemas de informação.CHIAVENATO.). 1994. Jean Pierre. Natal: Edunp.PALMER. . 1993. 185p. . . atitudes e valores previstos no plano de ensino.MARRAS. 168p. São Paulo: Atlas. Cecília Whitaker. Gerenciamento em enfermagem. . 2011. GARCIA. 634p. 1974. 2003. 2010. . Paulina (Coord.Realizar práticas previstas para a disciplina PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO . . Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.Banco de teses da USP . 3ª ed. 236p.DRUCKER.MANÃS. Peter. O líder eficaz. 7ª ed. 237p.Centro Cochrane do Brasil BIBLIOGRAFIA BÁSICA . 2002.MEZONO.). 2002. 427.